Releases

0
0
0
s2sdefault

 

As mudanças no itinerário das 22 linhas que trafegavam pelo corredor exclusivo da Ligação Iguatemi-Paralela (LIP), assim como o bloqueio da via, tiveram início nesta segunda-feira (6). A intervenção visa proporcionar o avanço das obras do viaduto que vai ligar o BRT ao metrô. A estrutura possuirá extensão entre a Praça Newton Rique até as proximidades da estação do metrô da todoviária e terá mão dupla para tráfego apenas dos ônibus articulados do novo modal de transporte.

“Tivemos que interditar a via exclusiva (LIP) onde passavam essas 22 linhas, pois ela dará lugar aos pilares do viaduto que vai ligar BRT ao sistema metroviário. Essas linhas, que vêm das avenidas Bonocô, Barros Reis e Rótula do Abacaxi, agora param no ponto do GBarbosa. Em seguida, 18 delas passam em frente à Igreja Universal e fazem o giro para parada no ponto novo criado ao redor da Praça Newton Rique”, explicou o titular da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), Fábio Mota. Equipes do órgão e da Transalvador ficarão no entorno da praça para orientar à população sobre as alterações.

Outras quatro linhas, com destino à Avenida Tancredo Neves, após passarem pelo ponto do GBarbosa, irão seguir direto e parar no ponto do Centro Empresarial Iguatemi. O tempo para conclusão do viaduto é de seis meses. Depois disso, haverá uma nova via exclusiva para os ônibus, paralela à antiga.

Segundo a Semob, mais de um milhão de pessoas fazem uso das 22 linhas mensalmente. “O impacto para os passageiros existe, mas analisando do ponto de vista prático, as mudanças são bem poucas. Os usuários que desciam na via exclusiva agora descem na frente do Shopping da Bahia, bastando apenas atravessar a sinaleira”, ponderou Mota.

Ainda de acordo com o titular da Semob, a expectativa é que toda a obra do BRT seja concluída até novembro. “Aí, sim, definitivamente entregaremos na cidade um novo complexo viário, com vias novas, com mobilidade bem melhor. Até lá, teremos que passar por alguns desses transtornos temporários”.

Linhas - As 18 linhas que param no novo ponto ao lado da Praça Newton Rique são: 0131-Lapa x Patamares R1, 0132-Lapa x Patamares R2, 0219-Ribeira x Rodoviária, 1052-Estação Mussurunga x Barra 2, 1060-Estação Mussurunga x São Joaquim, 1102-Cabula 6 x Lapa, 1215-Engomadeira x Lapa, 1225-Sussuarana x Lapa, 1231-Sussuarana x Barra R2, 1236-Novo Horizonte/Nova Sussuarana x Lapa e 1302-Trobogy/Vila 2 de Julho x Lapa; 1306-Colina Azul x França/Campo Grande, 1334-Sete de Abril x Lapa, 1413-Boca da Mata x Lapa, 1443-Fazenda Grande 4 x Lapa, 1612-Paripe x Rodoviária, 1635-Joanes/Lobato x Rodoviária e 1637-Mirante de Periperi x Boca do Rio/Rodoviária.

As quatro linhas restantes, após passarem pelo ponto do Detran/GBarbosa, param no ponto do Centro Empresarial Iguatemi. São elas: 1611-Paripe x Pituba, 1616-Plataforma x Pituba, 1634-Alto de Coutos x Pituba e 1644-Base Naval x Pituba.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) abriu, nesta segunda-feira (6), o licenciamento para os ambulantes que desejam trabalhar na Lavagem do Bonfim, que acontecerá no próximo dia 16 de janeiro. O credenciamento acontecerá até o próximo dia 10 exclusivamente de forma presencial, das 8h às 16h30, na sede da Semop, na Avenida Cardeal Avelar Brandão Vilela, 2562, em Mata Escura.

Para o cadastro, os comerciantes deverão levar original e cópia do RG, CPF e comprovante de residência. Serão 784 lotes (licenças) distribuídos entre barracas tradicionais, isopores, carrinhos de água de coco, bebidas, de gelo e de lanches, entre outros.

Para a Lavagem do Bonfim, a Semop irá disponibilizar 50 fiscais que vão realizar a verificação da autorização para trabalho dos ambulantes (licença), o ordenamento e a distribuição dos mesmos nos espaços físicos durante todo o trajeto do evento. Além disso, haverá a fiscalização de produtos não permitidos pela Prefeitura, como materiais perfurocortantes, espetos, garrafas de vidro, louças e todo material que venha causar perigo à população. As equipes irão atuar em um turno de 12 horas, das 7h às 19h. Para essa festa, não haverá restrição de marca de bebidas.

Poluição sonora – A Semop também vai disponibilizar 20 profissionais para o controle e combate à poluição sonora no festejo. Os profissionais vão realizar a medição dos decibéis dos veículos de som, minitrios e estabelecimentos comerciais, durante todo o circuito, para garantir os limites de volume permitidos pela Lei do Silêncio (Lei 5.354/98).

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Guarda Civil Municipal (GCM) adiou para sexta-feira (10) o fim do prazo para entrega dos documentos encontrados por agentes do órgão no circuito do Festival Virada Salvador, evento que aconteceu entre o dia 28 de dezembro a 1º de janeiro, na orla da Boca do Rio.

Com isso, quem perdeu algum documento durante a festa e ainda não fez o resgate poderá reaver os itens comparecendo à sede da GCM, na Avenida San Martin, ao lado do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, das 8h às 17h.

Após esse período, os documentos que não forem retirados serão devolvidos para os respectivos órgãos emissores. Apenas 114 dos quase 900 documentos encontrados foram devolvidos durante e após os dias de festa. Entre os materiais perdidos estão carteiras de identidade, habilitação e de trabalho, além de cartões de crédito e de planos de saúde.

Para garantir a presença do documento ou pertence perdido, a Guarda orienta que os cidadãos, antes de irem à sede do órgão, consultem a listagem disponível site oficial da instituição. Caso o cidadão não encontre o nome na relação, é importante que seja feito um Boletim de Ocorrência (BO) para evitar o uso indevido dos dados.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

O condutor que passar pela região do Shopping da Bahia a partir desta segunda-feira (6) deve ficar atento às alterações no trânsito. Em frente ao centro de compras, a via principal da Avenida ACM foi segregada. Por conta disso, condutores que estiverem no sentido Avenida Tancredo Neves devem permanecer do lado direito da via. Já aqueles com destino à Avenida Luís Viana Filho (Paralela) devem permanecer nas faixas à esquerda.

Outra pequena alteração implementada na região ainda hoje é para veículos oriundos da Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô) ou da Rótula do Abacaxi com sentido à Paralela. Nestes casos, as faixas livres à esquerda serão deslocadas para mais à direita da via.

Ainda para os veículos que trafegam pela Bonocô ou Rótula do Abacaxi com destino ao Shopping da Bahia, os condutores devem permanecer nas duas faixas à direita da Avenida ACM e seguirem pelo novo acesso entre o pilar o viaduto Raul Seixas e a Praça Newton Rique.

Cabe esclarecer que o retorno que fica em frente à Igreja Universal foi reaberto apenas para a circulação de ônibus. Outros veículos continuarão tendo de fazer o retorno mais à frente, na altura do Hiperposto.

Essas alterações são necessárias para avançar com as obras do BRT, realizadas pela Prefeitura. Os agentes da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) estão na região para orientar condutores, pedestres e passageiros.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

As matrículas de novos alunos no Ensino Fundamental da rede pública municipal começam na próxima segunda-feira (6). Visando atender melhor aos alunos e familiares, a Secretaria Municipal de Educação (Smed) organizou por data os segmentos a serem atendidos. Dessa forma, a segunda-feira (6) será destinada aos alunos oriundos de escolas comunitárias, filantrópicas e confessionais que têm convênio com a Smed, e das escolas privadas credenciadas pelo projeto Pé na Escola.

 

No dia 7, poderão se matricular pessoas com deficiência, transtornos globais de desenvolvimento ou com altas habilidades/superdotação. Para os demais interessados em se matricular no 1º ano do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos I, o dia da solicitação será a próxima quarta-feira (8). Aqueles que pretendem cursar o 2º ou 3º anos do Ensino Fundamental podem se matricular na próxima quinta-feira (9) e os que irão para o 4º e 5º anos devem se matricular no dia 10. Atualmente, 335 escolas da rede dispõem de Ensino Fundamental.

 

Para fazer a matrícula, o estudante maior de 18 anos ou o responsável deverá ir a qualquer instituição de ensino da rede municipal, das 8h às 17h, com a certidão de registro civil ou RG, CPF, comprovante de residência, cartão de saúde, duas fotos 3x4 e histórico escolar (quando se tratar de alunos do 2º ano do Ensino Fundamental ou do Tempo de Aprendizagem II da Educação de Jovens e Adultos). Em casos excepcionais, o atestado de escolaridade poderá ser aceito em substituição ao histórico escolar.

 

“Esse é um momento muito importante para a organização do ano letivo. É o primeiro contato realizado entre a escola e a comunidade. É um momento de acolhimento e de confiança recíproca. Todo o nosso planejamento tem como objetivo prestar um bom atendimento às famílias. A Prefeitura está preparada para atender a demanda dos estudantes e seus responsáveis em todas as escolas”, disse Joelice Braga, diretora pedagógica da Smed.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault


As pancadas de chuvas que caem sobre Salvador deverão continuar nas próximas horas, no entanto com intensidade de fraca a moderada, informa o boletim meteorológico da Defesa Civil de Salvador (Codesal), indicando ainda que o volume pluviométrico deverá reduzir gradativamente, principalmente no período noturno. Para o final de semana, a previsão é de variação de nebulosidade com abertura de sol e pouca chance de ocorrência de chuvas. A recomendação da Prefeitura é que os soteropolitanos fiquem alertas e entrem em contato com o órgão em caso de emergência por meio do telefone gratuito 199.

Em 72 horas, os maiores acumulados de chuvas foram registrados em Fazenda Coutos (130,6 mm), em Valéria (117,6 mm) e Periperi (110, 6 mm), localidades onde houve ocorrência de alagamento. Neste período, choveu quase o dobro da média histórica esperada para todo o mês de janeiro, que é de 82,5 mm. As chuvas tiveram início na noite do dia 30 para a madrugada de 31, quando foram registrados 55 mm na área da Boca do Rio, o que obrigou a organização do show da virada a cancelar as últimas apresentações por motivos de segurança.

As chuvas decorrem do fenômeno Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), que faz com que os ventos nos níveis mais altos da atmosfera girem no sentido horário, fazendo com que o ar seco desses níveis mais altos desça para a superfície, provocando a queda de água. Nesta sexta-feira (3), os maiores acumulados registrados no intervalo de uma hora concentraram-se na região do Subúrbio, nas localidades de Periperi (58,8mm), Fazenda Coutos (56,4mm), Valéria (53,2 mm), Mirante de Periperi 50,4mm, Palestina (36,2) mm e Praia Grande (35,8).

Ocorrências - A Codesal recebeu 210 solicitações até as 15h20 desta sexta-feira. Foram 66 alagamentos de imóveis, três alagamentos de área, 27 ameaças de desabamento, uma ameaça de desabamento de muro, 17 ameaças de deslizamento, cinco árvores ameaçando cair, uma árvore caída, uma avaliação de área, 21 imóveis alagados, um desabamento de imóvel, dois desabamentos de muro, três desabamentos parciais, 45 deslizamentos de terra, dois destelhamentos, um incêndio, oito infiltrações e seis orientações técnicas.

Banho de mar - Mesmo com o tempo instável, as praias de Salvador ainda atraem muitos banhistas, em especial turistas que lotam à capital baiana nesse período da alta estação. Com a mudança do tempo, o ideal é evitar os banhos de mar, alerta a Coordenadoria de Salvamento Marítimo de Salvador (Salvamar), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop). De acordo com o coordenador da Salvamar, Yuri Carlton, é preciso ficar atento à mudança constante de temperaturas. “Se começa a chover forte, é melhor não entrar. Com fortes chuvas, o salvamento fica mais difícil”, assinala.

Segundo a Salvamar, as pessoas devem ficar atentas aos símbolos disponíveis ao longo da orla. A bandeira verde indica local apropriado para banho, a amarela onde há um posto de salvamento e a vermelha mostra que a praia oferece perigo. Além das bandeiras nessas três cores, existem placas de sinalização em toda a extensão da orla, com descrições em português e inglês sobre a condição do mar naquela localidade.

Existem 32 postos fixos da Salvamar distribuídos do Jardim de Alah até Ipitanga, cada um deles com dois salva-vidas. Funcionam diariamente das 9h às 18h. Além desses, quatro postos móveis percorrem a região com supervisores para auxiliar os trabalhos e atendimentos. Na lista das praias mais perigosas para banho estão Piatã e Jaguaribe.

A Salvamar orienta ainda que banhistas sigam sempre as orientações dos profissionais sobre os melhores locais para banho. É recomendado também observar o nível da água até a cintura para o banho seguro e que seja evitado o uso de bebida alcoólica antes de entrar no mar. Atualmente, o órgão tem 239 funcionários entre os setores administrativo e operacional.

Semanalmente, o efetivo participa de capacitações e treinamentos físicos e técnicos intensivos através do Setor de Treinamento (Setre), no intuito de prepará-los para atender os banhistas de forma mais ágil e eficiente. Em caso de emergência, é necessário ir ao posto mais próximo ou ligar para a sede do grupamento, localizada na Avenida Otávio Mangabeira, Patamares, através do número (71) 3363-5333.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Celebrada nos dias 5 e 6 de janeiro, no bairro da Lapinha, a Festa dos Santos Reis relembra e comemora a visita dos três reis magos ao menino Jesus após o seu nascimento. A festa – prevista no Calendário Oficial de Eventos de Salvador – foi trazida ao Brasil pelos colonizadores portugueses e, ao longo dos anos, tem preservado as características iniciais, como o desfile pelas ruas de grupos fantasiados, dançando e tocando músicas típicas com instrumentos musicais.

A programação deste domingo (5) inclui a celebração de uma missa às 7h30, almoço servido às 11h30 e celebração de missa solene às 18h, seguida pela bênção das barracas e a queima das palhas do presépio às 19h. É na noite do dia 5 que ocorre o tradicional desfile do Terno de Reis pelas ruas da Lapinha.

No dia 6, a celebração inicia com uma alvorada de fogos às 6h, seguida por missa com batizados às 7h30, na Igreja da Lapinha. O ponto alto da festa será a missa presidida no local pelo capelão da Marinha, padre Érico Pitágoras, às 19h. Os fiéis também farão doação de copos descartáveis, produtos de higiene pessoal, alimentos não perecíveis e cobertores para pessoas carentes à noite.

Trânsito – Para garantir o funcionamento da festa, a Transalvador montou um esquema especial de trânsito. As alterações começam no domingo (5), a partir das 17h, quando ficam proibidos a circulação e o estacionamento de veículos nas vias laterais da Praça da Lapinha, proibição que segue até as 3h da segunda-feira (6).

A partir das 17h do domingo (5) e da segunda (6), o tráfego de veículos será interditado nas seguintes vias: Estrada da Liberdade (trecho compreendido entre a Rua Pero Vaz e o Largo da Lapinha), Corredor da Lapinha, Largo da Soledade, Ladeira da Soledade, Rua São José de Cima, Rua Emídio dos Santos (trecho compreendido entre a Rua São José de Cima e o Ifba).

Os condutores que circulariam pelo trecho interditado terão como opção de tráfego no sentido Centro as ruas Pero Vaz, Doutor Eduardo Santos e Conde de Porto Alegre, Largo do Tamarineiro e Rua Rodrigo de Menezes para chegar à Baixa de Quintas (Rua General Argolo / Estrada da Rainha). Já no sentido contrário, a opção é seguir pelas ruas Emídio dos Santos, dos Perdões e Vital Rêgo (acesso à direita Ladeira da Água Brusca ou acesso à esquerda Barbalho / Nazaré / Baixa de Quintas).

Ônibus – Em função da interdição das ruas próximas ao evento, algumas linhas de ônibus terão o roteiro modificado. As linhas que circulam sentido Nazaré/Joana Angélica vão seguir pela Rua Lima e Silva, Rua Pero Vaz, Rua Conde de Porto Alegre, Largo do Tamarineiro, Rua Saldanha Marinho, Via Portuária, Estrada da Rainha, Rua General Argolo, Dois Leões, Rua Cônego Pereira, Aquidabã, Vale de Nazaré e Joana Angélica, seguindo a partir daí o itinerário normal.

Os ônibus com destino à Baixa dos Sapateiros/Barroquinha e Lapa deverão seguir pela Rua Lima e Silva, Rua Pero Vaz, Rua Conde de Porto Alegre, Largo do Tamarineiro, Rua Saldanha Marinho, Via Portuária, Estrada da Rainha, Rua General Argolo, Dois Leões, Rua Cônego Pereira e Aquidabã, seguindo o itinerário normal.

Já as linhas que partem do Centro em direção a outros bairros, vão circular pelas avenidas Joana Angélica e Vale de Nazaré, Aquidabã, Sete Portas, Rua Cônego Pereira, Avenida Glauber Rocha, Estrada da Rainha, Via Portuária, Rua Saldanha Marinho, Largo do Tamarineiro, Rua Conde de Porto Alegre, Rua Pero Vaz e Rua Lima e Silva para seguir o itinerário normal.

Banheiros e limpeza – A Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) vai disponibilizar 15 banheiros químicos para o Largo da Lapinha e outros 15 para o Largo da Soledade. Ao todo, 60 profissionais irão atuar na limpeza da região com o auxílio de dois compactadores, um caminhão e dois caminhões-pipas, com início da operação às 5h.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

A Fundação Cidade-Mãe (FCM) promove, a partir da próxima terça-feira (7), o projeto "Férias na Fundação Cidade Mãe é Bem Melhor!". Até o dia 31 deste mês, os Centros de Convivência Socioassistencial (CCS) do Rio Vermelho, Periperi e Saramandaia vão promover, de segunda a sexta-feira, oficinas lúdicas gratuitas destinadas a crianças e adolescentes de 7 a 17 anos. No total, são oferecidas 350 vagas.

Os interessados devem ir acompanhados do responsável até um dos Centros de Convivência fazer a inscrição, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h e das 13h30 às 16h. São exigidos os originais da carteira de identidade do candidato e do responsável, comprovante de endereço atual, Cartão do SUS e Número de Inscrição Social (NIS).

Os Centros de Convivência Socioassistencial funcionam nos seguintes endereços: Cristo é Vida, na Rua Antonio Carlos Pedreira, 1 – Chapada do Rio Vermelho (próximo ao Mercado do Rio Vermelho/antigo Ceasa e no mesmo prédio da Escola Municipal Cristo é Vida); Periperi, na Rua Almáchio Vasconcelos, 13, Periperi (no mesmo prédio do Conselho Tutelar IX); e Saramandaia, na Rua Maria Tereza Bernardina, s/n – Saramandaia (próximo à Escola Municipal Risoleta Neves).

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

A capital baiana vai receber, pelo mar, mais de 43 mil turistas nacionais e estrangeiros já no primeiro mês do ano. A estimativa é que o Porto de Salvador receba 13 escalas de transatlânticos luxuosos, como o MSC Fantasia, que atracou ontem (02), desembarcando quase 4 mil passageiros. Geralmente, esse público faz questão de visitar cartões postais da cidade como Mercado Modelo, Pelourinho, Bonfim e Farol da Barra.

Em fevereiro, somente no período de Carnaval, mais de 15 mil turistas vão desembarcar na cidade. Estima-se que até abril mais de 114 mil turistas desembarquem em Salvador.

Além de embarcações que vão atracar na capital, proveniente de destinos nacionais como Rio de Janeiro, Búzios, Ilha Grande, Ilhabela, Recife, Maceió, Natal, haverá outras que partirão de diversas partes do mundo, a exemplos do MSC Seaview, que virá de Santa Cruz de Tenerife, na Espanha; do MSC Magnifica, que sairá de Cabo Verde; e o Coral Princess, que chegará do Caribe.

A estimativa é receber 165 mil turistas via cruzeiros em toda temporada 2019/2020, o que representa 10% de aumento em relação ao fluxo de visitantes da temporada 2018/2019, segundo a Associação Internacional de Cruzeiros. A alta deve refletir consequentemente na economia local, já que o gasto médio de cada passageiro com alimentação e serviços no período passado foi de R$ 485, proporcionando uma movimentação econômica de mais de R$ 70 milhões.

 

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...