Releases

0
0
0
s2sdefault

A Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) comunica que, por volta das 10h30 desta sexta-feira (07), placas de gesso alocadas no teto da sede da pasta, situada na Avenida Miguel Calmon, Comércio, se romperam, atingindo duas pessoas que se feriram levemente.  

Essas duas pessoas foram atendidos pela equipe médica do Samu, e liberadas em seguida, sem que precisassem ser encaminhados para unidades médicas. O prédio foi imediatamente evacuado. Foram acionadas a Defesa Civil de Salvador (Codesal) e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), além do Corpo de Bombeiros, para avaliações técnicas e, consequentemente, os reparos necessários.  

O prédio ficará fechado até que seja concluída a manutenção. A Sempre lamenta o ocorrido e salienta que os serviços oferecidos na sede podem ser realizados em qualquer uma das 10 Prefeituras-Bairro, nos 29 Centros de Referência da Assistência Social espalhados por Salvador e no posto da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), no bairro de Periperi.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado ontem (5), a Escolab Coutos realizou na tarde desta quinta-feira (6) uma programação intensa de atividades para reforçar com os alunos a importância de cuidar do planeta. A ação reuniu mais de 40 crianças que cursam do 1º ao 5º ano para uma tarde de autógrafos e roda de conversa com o criador da revista Turminha Sustentável, além de uma apresentação e batalha de hip-hop com o coletivo São Caetano Resistência.

Thauan Bacelar dos Santos, 11 anos, cursa o 4º ano na Escola Municipal de Paripe e participa das atividades de contraturno no Escolab. Para ele foi uma grande surpresa a participação do grupo de hip-hop na escola. “Eu achei muito legal essa apresentação porque meu sonho é ser um MC. Essa foi a primeira vez que eu participei de uma batalha e eu gosto porque a gente fala coisas sobre o mundo, que são importantes para todos. A história em quadrinho mesmo fala da importância da gente cuidar do nosso mundo e de envolver todos nisso”, contou Thauan.

A HQ Turminha Sustentável pretende trabalhar as temáticas ambientais e sociais de uma forma mais descontraída. A edição autografada hoje para os alunos é a terceira lançada pela Prefeitura e tem como tema a Mata Atlântica. Para o criador da história em quadrinho, William Leão, as revistas transmitem conhecimentos importantes além de estimularem novos hábitos nas crianças. “Sempre que tenho oportunidade de estar nas escolas faço questão desse momento. A criançada sempre se anima e é uma atitude que incentiva a leitura. Além disso, eles sempre se interessam pela parte da criação das histórias em quadrinho então a gente sempre bate um papo sobre as etapas de construção da revista”, afirmou.

A diretora da Escolab, Cassia Góes, explicou que a atividade proposta foi além da abordagem sobre a temática do zelo pelo meio ambiente. A proposta é que as crianças adquiram uma visão de colaboração e integração na vida em comunidade. “Este momento representa a união com expressões culturais e ideias de preservação da natureza. Tentamos passar uma ideia da importância da preservação do meio ambiente mas também juntando a ancestralidade, música, poesia em uma movimentação que permeia a integração. Mostramos que só sobrevive quem tem um convívio em comunidade”, detalhou.

Atualmente, a Escolab em Coutos conta com 200 alunos distribuídos nos turnos vespertino e matutino e que realizam atividades no contraturno da escola regular. As crianças contempladas para estudar no local vêm de oito escolas da região do Subúrbio Ferroviário. As instituições de ensino são as escolas municipais Oito de Maio, Alto de Coutos, Francisco Sande, Colina do Mar, Paripe, Dom Pedro I, Fernando Presídio e Presidente Médici.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Três dias após a implantação do novo modelo de cobrança de Zona Azul na Barra e no Rio Vermelho, motoristas que fazem uso das vagas rotativas credenciadas pelo município nesses locais aprovaram a inovação do sistema. Se antes o condutor recebia do operador de Zona Azul uma cartela preenchida à mão com o tempo de estacionamento requerido, agora tíquetes impressos em tempo real, por máquinas portáteis com acesso à internet, fazem parte da transação.

O corretor de seguros Antônio Carlos Macambira, 61 anos, estacionou na manhã desta quinta-feira (6) em uma das vagas de Zona Azul situada na Avenida Marques de Leão, na Barra. Foi a primeira transação que ele fez, desde quando a nova forma de cobrança foi implementada pela Prefeitura em parceria com o Sindicato dos Guardadores de Veículos do Estado da Bahia (Sindguarda). “O guardador disse que não preciso colocar mais nada no vidro da frente do carro, diferente da antiga cartela de papel. Percebo que está mais prático o processo de pagamento da tarifa. É uma ótima inovação”, disse.

O vendedor Sérgio Lima, 27 anos, também aprovou a mudança. “Uma vantagem que acho significativa é que, se eu estacionar numa vaga credenciada que esteja vários metros do guardador, eu posso realizar a transação com ele distante do veículo sem precisar voltar para o meu carro para colocar comprovante à mostra da fiscalização”, observou.

A fiscalização nos estacionamentos públicos é feita pelo agente de trânsito nos mesmos moldes do que já é praticado para quem utiliza aplicativos do Zona Azul Digital. Ou seja, ao fazer a leitura da placa no sistema, o agente, munido de um smartphone, verifica se a situação do veículo no local está regular ou não.

Facilidades – Atualmente, são 30 máquinas sendo usadas, sendo 16 na Barra e 14 no Rio Vermelho. A partir de julho, os mesmos equipamentos eletrônicos que estão sendo usados para operações de Zona Azul em ambos os bairros começarão a aceitar cartões de débito e crédito, o que diminuirá a obrigatoriedade do cidadão de pagar com dinheiro, evitando problemas com falta de troco, e trazendo mais facilidade na forma de pagamento. Até outubro, o novo modelo vai valer em toda cidade.

As maquinetas são recolhidas diariamente, no final da noite, para sede do Sindguarda (Tororó) para carregamento de bateria e devolvido logo pela manhã aos operadores de Zona Azul. Natanael Ferreira, 47 anos, atua como guardados da área há 30 anos e percebe que a implantação dessa tecnologia facilitou o trabalho.

“Havia certa dificuldade em manusear o talão da Zona Azul em dias chuvosos. Também era comum acontecer rasuras. A maquina é mais eficiente e tirou o problema dos clientes confundirem a gente com flanelinhas clandestinos. Sem contar que já houve casos de falsificação das cartelas. Ganhamos mais credibilidade”, ressalta.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Os dez agentes de empreendedorismo e orientador de campo que atuam na região de Cajazeiras vão visitar as instalações do Hub Salvador, no Comércio, nesta sexta-feira (7). Os participantes foram selecionados por terem obtido o melhor escore de metas do programa Agente de Empreendedorismo, nos quesitos atendimento, encaminhamento ao microcrédito, ações transversais e de divulgação.

Durante a visita, os participantes vão assistir a uma palestra sobre Gestão e Liderança, a ser ministrada pelo empreendedor Frederico Machado. Além disso, terão a oportunidade de conhecer algumas startups que estão buscando soluções para as áreas de mobilidade, segurança, educação, saúde e sustentabilidade. “A intenção é unir conhecimento e lazer que agreguem conteúdos ao programa e à formação dos agentes”, explica a coordenadora do Agente de Empreendedorismo, Maiana Brandão.

Funcionamento – Idealizado e coordenado pelo Parque Social, o programa Agente de Empreendedorismo é desenvolvido em parceria com as secretarias de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) e de Trabalho, Esportes e Lazer (Semtel). Integrante do 7º eixo do programa Salvador 360, tem como propósito fomentar o desenvolvimento socioeconômico por meio de estímulo ao empreendedorismo, apoiando os empreendedores e potenciais empreendedores no acesso ao crédito e na aquisição de conhecimentos específicos para que possam desempenhar com maior profissionalismo e autonomia no próprio negócio.

O Agente de Empreendedorismo é realizado com o apoio do Banco do Nordeste, através do Crediamigo, e do Sebrae Bahia, que disponibiliza a participação dos empreendedores em palestras e oficinas relacionadas ao tema empreendedorismo. O programa está presente em 43 bairros, 79 escolas, dez Prefeituras-Bairro e no Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra (Simm). A atuação nesses locais é feita por 90 agentes, estudantes do curso de Administração, e nove orientadores de campo.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Após se tornar a cidade do Norte/Nordeste com mais startups, o empreendedorismo em Salvador ganhará mais um incentivo. Nesta sexta-feira (7), às 17h, no Colabore, no Parque da Cidade (Itaigara), será lançada a plataforma online “All Saints Bay”, que vai reunir e mapear os membros do ecossistema de startups da cidade e proporcionar a interação entre eles. A inciativa é da Prefeitura, por meio da Secretaria de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), e da Associação Baiana de Startups (ABAStartups).

Esse tipo de portal, que já é uma tendência em outros lugares do Brasil, servirá em Salvador para que os membros do ecossistema de inovação possam mostrar o próprio trabalho, se conectar, interagir, divulgar eventos e oportunidades. Representantes de universidades, poder público, aceleradoras, incubadoras e outras empresas podem fazer parte da plataforma. “Não só quem faz parte de uma startup é considerado membro do ecossistema, mas todos aqueles que contribuem para o seu desenvolvimento na cidade. Sem dúvida, esse é mais um avanço para Salvador no campo da inovação”, explicou o secretário da Secis, André Fraga.

Funcionamento – O acesso ao portal deve ser feito pelo site www. allsaintsbay. com. br, no qual já é possível realizar o cadastro. No entanto, o funcionamento completo da plataforma só se dará nesta sexta-feira, após o lançamento oficial. As instituições que compõem o ecossistema serão mapeadas a partir do cadastro e a localização delas aparecerá no Mapa do Ecossistema, um serviço da plataforma que vai facilitar o contato dessas instituições com possíveis clientes e parceiros.

No portal, também vai haver fórum de debates e agenda de eventos unificada, que vai centralizar todas as ações de empreendedorismo e inovação que estão acontecendo na cidade. A ideia é que todo o conteúdo da plataforma seja disponibilizado de forma colaborativa pelos membros. “Isso vai tornar rápido e democrático o acesso aos eventos, oportunidades e cursos que acontecem no ecossistema de Salvador. Qualquer pessoa interessada na área pode acessar a plataforma e ficar sabendo de tudo”, disse Eduardo Lobo, diretor da ABAStartups.

Evolução – O All Saints Bay, em português “Baía de Todos-os-Santos”, é o termo escolhido em 2017 por votação democrática para denominar o Ecossistema de Empreendedorismo e Inovação de Salvador. A Secis tem promovido uma série de estímulos ao ecossistema na cidade. Mais de 6 mil pessoas já foram impactadas em 22 eventos do grupo apoiados ou realizados pela secretaria.

Além do portal online, a construção do Centro Municipal de Inovação, o Colabore, que vai receber o evento de lançamento da plataforma All Saints Bay, e as Chamadas Cidade Inteligente, Cidade Resiliente, Cidade Sustentável e Cidade Conectada são alguns dos exemplos de ações da secretaria em apoio às startups. “Possibilitar o desenvolvimento desse ecossistema é fundamental para que o empreendedorismo inovador se expanda em nossa cidade”, disse André Fraga.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O bairro de Alto do Cabrito foi alvo de um mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, realizado nesta quinta-feira (6). A ação retirou cerca de duas toneladas de inservíveis, entre geladeiras, fogões, colchões, armários, madeiras e sofás, descartados em locais inadequados nas ruas Ana Piedade e Maria Amaral. A intenção foi de eliminar os locais e situações que possam servir de criadouro para o inseto.

Com base nos dados levantados pela equipe do CCZ, que frequentemente realizam inspeção zoosanitária para o foco do mosquito, a localidade apresenta Índice de Infestação Predial de 6%, percentual considerado elevado para o risco das doenças. A iniciativa conjunta envolveu agentes da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) e do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), vinculado à Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

“O mutirão é uma operação de grande impacto na limpeza urbana pelo tipo de material que é retirado das ruas para impedir a infestação do Aedes aegypti. Além disso, estamos reforçando a ação com equipes de educação ambiental que fazem um trabalho de porta em porta para conscientizar a população sobre a necessidade e importância de descartar corretamente os resíduos”, afirmou o presidente da Limpurb, Marcus Passos.

O gerente operacional da Limpurb, Cleyton Leal, explicou que os órgãos municipais fazem a parte deles, mas a colaboração da população é fundamental. "É feito o trabalho de limpeza, eliminação dos focos e aplicação de larvicida, e também é realizada uma conversa educativa com os moradores. No entanto, é necessário que a população também se ajude e cuide do espaço em que convive. Cada um fazendo sua parte, será melhor para todos nós", afirmou.

Morador da localidade, o aposentado Jorge Ramos, 65 anos, ressaltou que a falta de consciência do restante dos moradores acaba atrapalhando as ações de prevenção. "Eu descarto meu lixo de forma correta, não deixo água acumulada e faço o possível para evitar a proliferação desse mosquito. Muitas coisas acontecem por falta de educação e ignorância do povo. É o caso da dengue. Se não cuidarmos, nós seremos os maiores prejudicados. A população precisar se atentar. A dengue mata e nós precisamos cada vez mais combater isso", declarou.

Programação - Iniciado no último dia 30, no bairro de Vista Alegre de Baixo, o “faxinaço” terá continuidade nesta sexta-feira (7), a partir das 8h, no bairro Bela Vista do Lobato, na rua 1º de Novembro e na Travessa Charmosa. Já nos próximos dias 13 a 15, as ações prosseguem no Subúrbio Ferroviário, mais precisamente nas ruas Pedro Ortiga, em Rio Sena, e Direta do Cruzeiro e Carlos Gomes, ambas em Praia Grande.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A partir desta quinta-feira (6), a Avenida Edgard Santos, uma das principais vias de tráfego da cidade, vai passar por intervenções promovidas pela Prefeitura para a melhoria da infraestrutura e mobilidade na região de Narandiba e adjacências. A ordem de serviço para início imediato das obras foi assinada no local pelo prefeito ACM Neto, acompanhado pelo vice-prefeito e secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Bruno Reis, demais gestores municipais, vereadores e comunidade.

O prefeito destacou que o motivo principal para a intervenção na avenida é promover uma solução de mobilidade para a região, melhorando as condições de tráfego. “Aqui é uma via muito movimentada, pois faz a integração entre a Avenida Paralela com bairros muito populosos como Narandiba, Doron, Cabula e Tancredo Neves, que possuem forte característica residencial e comercial. Essas intervenções vão ter um impacto direto para melhorar o trânsito e a qualidade de vida das pessoas. Além disso, vamos também fazer essa intervenção importante na rotatória, urbanizando, dando melhor aspecto visual e preservando a presença de ambulantes e feirantes”, relatou ACM Neto.

Trânsito – Com investimento na ordem de R$4 milhões, a previsão é de que as obras sejam concluídas em cinco meses e fazem parte de um conjunto de intervenções para melhorar a mobilidade nos bairros de Salvador, conforme informou o vice-prefeito e secretário Bruno Reis.

De acordo com o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, para atender ao volume de tráfego intensificado pela estação de metrô, será criada mais uma faixa de trânsito entre o viaduto de Narandiba e o acesso ao Doron, com a redução do canteiro central. Em frente à Coelba, será criado um outro ponto de ônibus com baia para abrigar melhor os usuários de ônibus, assim como instalação de semáforo e faixa para passagem de pedestres.

Atendendo a solicitações antigas da comunidade local, também será criado um novo acesso ao Doron pela Edgard Santos, nas proximidades do condomínio Solar do Parque, sem a necessidade de passar pela rotatória de Narandiba, também conhecida como rotatória do Juliano Moreira. Nessa rotatória, será feita a ampliação dos pontos de ônibus, construção de novas baias, criação de travessia segura de pedestres com a implantação de uma faixa elevada e a ampliação com organização dos estacionamentos públicos.

Requalificação asfáltica e lazer – O vice-prefeito e titular da Seinfra informou ainda que será promovida a requalificação da quadra de esportes e a instalação de equipamentos públicos de ginástica e lazer, assim como o reordenamento dos comerciantes que atual no local. A lista de melhorias contempla, ainda, a requalificação asfáltica dos cerca de 5km da Avenida Edgard Santos.

A farmacêutica Solange Santana Filha, que há 30 anos trabalha no Hospital Juliano Moreira e faz trabalhos comunitários em Narandiba, afirmou que a intervenção municipal chegou em boa hora. “Aqui é uma comunidade que precisa muito de ações de melhoria. Inclusive, já aproveitei para pedir a limpeza do canal e a colocação de uma geomanta em uma rua próxima daqui. Vai ser uma coisa maravilhosa essa obra, pois eu já cheguei a pegar congestionamento de uma hora e meia em um pedacinho de percurso para chegar ao hospital. Tô pensando até em não me aposentar para aproveitar um pouquinho essa melhoria. Espero também que as pessoas possam ajudar a conservar a praça”, declarou, sorridente.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Superintendência de Obras Públicas (Sucop) informa que o buraco que surgiu no canteiro central da Avenida Adhemar de Barros, próximo ao monumento As Meninas do Brasil, em Ondina, na manhã desta quinta-feira (6), não tem qualquer relação com a obra de requalificação que a Prefeitura realiza na orla do bairro. A autarquia já está providenciando a solução do problema. 

A cratera foi provocada pela fuga de material decorrente do rompimento da rede de drenagem e de esgoto. Uma equipe da Secretaria de Manutenção (Seman) está no local para fazer a retirada de um coqueiro que caiu no canteiro em decorrência do surgimento do buraco. O trânsito não foi afetado. 

A previsão para a conclusão de todo o reparo que compete à Prefeitura, que envolve a recomposição a rede de drenagem, novo aterro e plantação de gramado, é de uma semana, variando de acordo com as condições climáticas.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Uma turma muito animada, composta por 26 alunos da Escola Municipal Ruy de Lima Maltez, participou na tarde desta quarta-feira (5) de uma visita guiada ao Parque da Cidade (Itaigara). A atividade foi proposta pela escola como forma de simbolizar o término de uma fase dos estudos sobre preservação ambiental na data em que é celebrada o Dia Mundial do Meio Ambiente. As crianças, que cursam o 3º ano, foram guiadas por uma bióloga da Caravana da Mata Atlântica, que mostrou espécies nativas deste bioma presentes no parque, além de contar curiosidades sobre a vegetação, abordar a importância de preservar o meio ambiente e seus recursos. 

A ação de hoje foi coordenada pela professora de ciências Vandrea Costa. Para ela, a atividade é parte de um trabalho que vem sendo desenvolvido desde o início do ano letivo, e que terá continuidade no próximo semestre. “Em sala trabalhamos com recursos lúdicos, música, dança, experimentos. Aqui, o objetivo é comemorar o Dia do Meio Ambiente, mas também fazer com que eles percebam a natureza e ampliem seus conhecimentos. É uma aula de campo mesmo”, detalhou a professora. 

No projeto interdisciplinar desenvolvido na escola são envolvidos cerca de 190 estudantes do 1º ao 3º ano, com idade entre seis e oito anos. A escola mantém uma plantação de girassóis, semeada pelos estudantes em casa e na unidade de ensino. Após o recesso junino, a ação de plantio deverá repetir mas, desta vez, com a semeadura de rosas. 

Para Eduardo Correia Aranha, de oito anos, a experiência da visita foi indescritível. “Eu amei tudo. Nunca tinha vindo e vou chamar minha família para voltar aqui comigo. Eu gostei de brincar no meio da natureza, é muito bonito”, contou. Os espaços que mais chamaram a sua atenção foi a pista de skate e a ciclovia.  

Uma parceria com a Secretaria de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), através da Caravana da Mata Atlântica, vai à escola no segundo semestre deste ano para verificar a viabilidade da criação de uma horta e espaço para jardinagem. 

De acordo com o coordenador do Parque da Cidade, André Júnior, a visitação das crianças possibilita um olhar diferenciado sobre a vida e o meio ambiente. “Este trabalho é importante porque proporciona as crianças a ter contato com o verde. Salvador é privilegiada por ter no seu coração uma área como essa com espécies da Mata Atlântica. É preciso que eles cresçam conhecendo, criando o hábito de preservação”, explicou. 

Plantio orientado – O projeto de hortas escolares desenvolvido pela Secis com a coordenação do Parque da Cidade busca envolver toda a comunidade acadêmica no projeto, manuseio e manutenção dos espaços implementados sem custo para as unidades escolares. Segundo André Júnior, mais de dez escolas já foram contempladas com o projeto. Dentre as instituições beneficiadas estão as escolas municipais Alfredo Amorim (Ribeira), Fernando Presídio (Tubarão) e a Escolab (Coutos). 

 

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...