Releases

0
0
0
s2sdefault

 

 

Aqueles que vêm trilhando um longo caminho têm hoje, 26 de julho, uma data dedicada só para eles: o Dia dos Avós. Para marcar o momento, a Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre) preparou uma programação especial para os idosos do Abrigo D. Pedro II. Chá servido com quitutes e música ao vivo deram esperança e levaram ternura à tarde dos acolhidos, tornando o momento muito especial.

O titular da Sempre, Kiki Bispo, ressaltou que também é papel da assistência social proporcionar esses momentos para os que estão em situação de vulnerabilidade. “Nos abrigos, infelizmente, nem todos possuem esse aconchego dos seus netos, familiares, em especial nesse período de pandemia. Então, cumprindo nossa função, buscamos proporcionar o máximo de alegria e amor para suprir a tristeza que eles trazem em seus corações”, declarou.

Dona Leda Maia, 63 anos, não escondeu a emoção. Acolhida há 18 meses, declarou que é triste ficar longe da família e dos netos, mas é necessário por causa da pandemia. “Tenho contato com eles por telefone. Quando puder encontrá-los vai ser muita alegria”, projetou.

A programação ocorreu após todos os idosos estarem com o ciclo de vacinação contra a Covid-19 completo, com a presença apenas deles e dos técnicos que os acompanham diariamente. As atividades foram realizadas seguindo todos os protocolos sanitários de enfrentamento à pandemia.

 

 



 

--

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O mutirão de aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 prossegue nesta terça-feira (27) em Salvador. Todos os pontos de imunização, entre drives e fixos, funcionarão exclusivamente, das 8h às 16h, para o fechamento do esquema vacinal das pessoas que já tomaram a primeira aplicação.

Os cidadãos que estão com a data de reforço da vacina contra a Covid-19 da Oxford programada para até o dia 7 de agosto já podem procurar os pontos de imunização para receber a vacina. No caso da CoronaVac, a imunização abrange aqueles que tiverem a data marcada no cartão de vacinação até o dia 27 de julho.

A vacinação com primeira dose para o público habilitado segue suspensa. A Prefeitura, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), aguarda o envio de um novo lote de imunizantes por parte do governo federal para retomar esta estratégia.

2ª DOSE OXFORD – 8h às 16h

Drive-thrus: Universidade Federal da Bahia – Campus Ondina, Shopping da Bahia, FBDC Brotas, Faculdade Universo (Avenida ACM), Shopping Bela Vista, Universidade Católica (Pituaçu), Vila Militar (Dendezeiros), Parque de Exposições (Paralela) e Arena Fonte Nova (Nazaré).

Pontos fixos: USF Vale do Matatu, FBDC Brotas, USF Santa Luzia, USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Resgate, USF Teotônio Vilela II (Fazenda Coutos II), USF Vista Alegre, USF Plataforma, USF Colinas de Periperi, USF Cajazeiras X, Universidade Católica (Pituaçu), USF Pirajá, Clube dos Oficiais da Polícia Militar (Dendezeiros), Parque de Exposições (Paralela), UBS Ramiro de Azevedo (Campo de Pólvora) e USF Vila Nova de Pituaçu.

2ª DOSE CORONAVAC – 8h às 16h

Drive-thrus: Barradão (Canabrava), 5º Centro de Saúde (Barris), Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos), Centro de Convenções de Salvador (Boca do Rio) e FBDC Cabula.

Pontos fixos: Barradão (Canabrava), 5º Centro de Saúde (Barris), USF Federação, USF Curralinho, USF Cajazeiras V, Nelson Piauhy Dourado (Águas Claras).

 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Noções de primeiros socorros com exercícios práticos foram apresentados, nesta segunda-feira (26), por integrantes do Corpo de Bombeiros aos técnicos da Defesa Civil de Salvador (Codesal) que atuam nos Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil (Nupdec), programa educativo voltado às comunidades que vivem em áreas de risco.

Ministrado no Complexo de Ensino e Instrução de Bombeiros (Ceib), em Simões Filho, o treinamento teve como facilitador o tenente do Corpo de Bombeiros Paulo Batista, auxiliado pelos aspirantes Leonardo, Maltês e Fernando José. Foram abordados os temas gerenciamento de risco, acionamento do socorro, desmaios, convulsão, ferimentos, queimaduras, engasgo e manejo de botijões de gás.

"A atividade teve como objetivo capacitar os técnicos da Codesal que atuam nas comunidades para serem multiplicadores nas capacitações do Nupdec e para situações de emergência em períodos de evacuação", explicou a subcoordenadora de Ações Comunitárias e Educativas, Fabiana Santana.

Ela acrescentou que o curso foi realizado graças a uma parceria feita com o diretor do Departamento de Ensino e Pesquisa (DEP) do Corpo de Bombeiros, o tenente-coronel Nelzito Coelho Oliveira Filho. A iniciativa integra o programa de ações sociais e educativas da Codesal.

 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O Castramóvel, serviço municipal gratuito de castração de cães e gatos, está dando continuidade à implantação de microchips em animais, por meio de cirurgia. A medida é aplicada desde 2013, quando o serviço de castração teve início na capital, com o objetivo de mapear os animais beneficiados e obter dados para melhorar as políticas públicas ofertadas pelo setor, na capital baiana.

De acordo com a titular da Diretoria de Promoção à Saúde e Proteção Animal (Dipa), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e responsável pelo Castramóvel, Tainara Ferreira, o microchip é um recurso importante, por fornecer o histórico do pet. Além disso, é possível identificar quais deles passaram pela castração por meio do serviço público.

Quando o cidadão solicita a cirurgia do cão ou gato, são anexadas ao Registro Geral de Animais (RGA) – um cadastro municipal para controle animal – informações como nome, porte, cor da pelagem, histórico de vacinação e informações do tutor. Esses dados podem ser obtidos por meio da leitura do chip do animal, realizada com um aparelho específico de controle, pertencente à Dipa.

Mesmo não sendo usado como recurso para localizar o pet, caso ele se perca, o microchip pode ser instrumento de conferência do tutor, para checar se o animal que encontrou é de fato o seu. Caso o responsável encontre seu pet perdido e queira confirmar se ele é mesmo o seu amigo, é possível entrar em contato com a diretoria para solicitar que a equipe faça a leitura do chip do animal. A solicitação pode ser feita através do e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou ainda pelo Fala Salvador, no telefone gratuito 156.

A recomendação da diretoria é que os animais usem coleiras de identificação e, caso possuam o microchip, tenham o número do registro gravado na plaquinha. Esse cuidado auxilia caso alguém localize o animal perdido e entre em contato com a diretoria em busca do tutor.

Castrações – Apenas no ano de 2020 foram realizadas 8.843 castrações de cães e gatos em Salvador, por meio do Castramóvel. Este ano já foram efetuadas 7.958 cirurgias. Os procedimentos são efetuados em duas unidades móveis do Castramóvel e em clínicas conveniadas com a Prefeitura.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A capital baiana possui 763 luminárias do seu parque luminoso conectadas à telegestão. A tecnologia gera economia de até 35% no consumo de energia e possibilita o monitoramento da iluminação pública, através de dispositivos como tablets e smartphones. Por meio da telegestão, as luminárias são acionadas automaticamente, conforme a intensidade de iluminação da via.

Até 2024, a Prefeitura prevê instalar 54 mil pontos de iluminação conectados ao sistema. Estratégia para tornar Salvador uma cidade inteligente, a tecnologia já funciona nas avenidas Luís Eduardo Magalhães e Mãe Stella de Oxóssi, túnel Américo Simas, fortes Santa Maria e São Diego, Colina Sagrada, no bairro do Bonfim, e Tribunal de Contas do Município.

A Diretoria de Serviços de Iluminação Pública (Dsip) da capital, vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), já estuda a ampliação do projeto em mais cinco novas vias, dentre elas a Avenida Cônego Pereira, e regiões como a Orla Marítima. "Salvador está investindo em modernização. Em 2022, teremos uma cidade com 100% de lâmpadas led, utilizando apenas recursos municipais”, previu o diretor de Serviços de Iluminação Pública, Júnior Magalhães.

Segundo ele, a telegestão é o segundo passo após a modernização, utilizada como tecnologia aliada à iluminação pública e porta de entrada para outros serviços do conceito de cidade inteligente, como wi-fi e monitoramento por câmera. “A telegestão vai possibilitar que esses serviços sejam implantados e agregados futuramente," assegurou.

"O sistema possibilita que a luminárias de inteligência possam regular o fluxo luminoso, de acordo com a necessidade da avenida. Se uma determinada via estiver recebendo uma iluminação natural, de 5h30 às 6h, e o protocolo da Prefeitura for ligar as luminárias às 5h30, observada a incidência de iluminação natural maior, a telegestão permite regular a quantidade de luz que a lâmpada emite", exemplificou Rafael Guedes, coordenador da Modulus One, empresa que executa a tecnologia em Salvador.

A telegestão começou a ser difundida no Brasil em 2016. A capital baiana foi uma das primeiras a investir na tecnologia. "A iluminação pública é a gênese de uma cidade inteligente, porque ela cria uma malha de conectividade para outros dispositivos. Uma cidade inteligente é aquela onde o cidadão interage com o equipamento público, criando uma sinergia quase perfeita. Salvador está caminhando para ser a primeira cidade inteligente do país", afirmou Guedes.

Monitoramento em tempo real – O gerente de Planejamento e Projetos, Igor Moreira, explicou o processo operacional de monitoramento da telegestão. "O sistema gera alarmes, o que permite eficientizar bastante nosso trabalho. Recebemos notificação de lâmpadas apagadas, instabilidade e fornecimento de energia. O sinal dispara no celular e e-mail.”

Pelo sistema, é possível ainda fazer um monitoramento em tempo real, criando interatividade com o controlador. “Com um treinamento rápido, a gente consegue criar parâmetros e perfis, além de monitorar toda situação da avenida,” concluiu.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A partir desta segunda-feira (26), a capital baiana dá mais um importante passo para o desenvolvimento da economia na cidade considerando um importante setor: o náutico. Uma das ações foi a implantação do Comitê Náutico de Salvador, reunindo membros das esferas municipal, estadual, federal e da sociedade civil com o objetivo de discutir e de sugerir estratégias para o fortalecimento do turismo e atividades náuticas na capital baiana. A cerimônia de instalação do comitê e de posse dos membros ocorreu durante a manhã, no Palácio Thomé de Souza, e contou com as presenças do prefeito Bruno Reis, do secretário de Cultura e Turismo (Secult), Fábio Mota, e dos membros empossados.

Durante o evento, foi apresentado um estudo feito pela Secult, contendo estratégias para o desenvolvimento econômico náutico no Município previstas para os próximos quatro anos. Uma dessas estratégias – a revitalização dos píeres de Salvador, começando pelo de Santa Maria situado na Barra – foi autorizada pelo prefeito durante o evento. A ação vai viabilizar a criação de uma via náutica para a cidade.

 O prefeito Bruno Reis ressaltou o estudo e o lançamento do comitê como um importante passo para o aproveitamento de toda a potencialidade que a Baía de Todos-os-Santos tem para oferecer, impulsionando o desenvolvimento econômico e sustentável e a geração de emprego e renda na cidade.

“Nestes sete primeiros meses de gestão e de enfrentamento da pandemia, mesmo com o envolvimento para resolver uma série de questões, nós não deixamos de planejar e preparar a cidade. E agora que a pandemia começa a ceder, chegou o momento de avançarmos. Então, foi lançado esse comitê e realizado esse planejamento, por meio do Prodetur, para dinamizar e aproveitar esse potencial para Salvador”.

“A partir de agora, queremos tirar as iniciativas estudadas e planejadas do papel. Vamos aproveitar a transversalidade com os órgãos estaduais e federais, pois muitas dessas ações dependem da licença de outros órgãos, e sentar também com a sociedade civil para validar as estratégias. A primeira ação nossa será a recuperação dos píeres, que irá permitir que façamos a via náutica, ligando toda a Baía de Todos-os-Santos e servindo para o turismo e transporte público”, explicou Mota.

“Sem dúvida, Salvador tem um potencial muito grande para toda essa economia que gira em torno dos eventos, esportes e da própria atividade náutica como um todo, pois somos contemplados com a segunda maior baía de águas mornas do mundo. Portanto, esse é um ativo que a cidade precisa e começa a potencializar, gerando bons resultados para a cidade”, opinou a integrante do comitê e titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), Mila Paes.

Expectativa – Para Mário Dantas, presidente da Associação Comercial da Bahia (ACB) e um dos membros do comitê, a dinamização das atividades náuticas na cidade vai ajudar a potencializar o turismo e, com isso, gerar emprego e renda na cidade. “Essa é uma iniciativa brilhante da Prefeitura. Realmente, Salvador e a Bahia são presenteadas por Deus por ter a Baía de Todos-os-Santos costeando a cidade, e essa iniciativa da Prefeitura visa fortalecer toda e qualquer iniciativa que vai gerar emprego. A indústria do turismo é socialmente justa e inclusiva na sua essência e gera emprego e renda em todos os níveis da sociedade e em vários setores da economia”.

O titular da Superintendência do Patrimônio da União na Bahia (SPU), Antônio Eduardo Abreu, definiu a iniciativa como astuta e competente. “Realmente é uma ação muito importante da Prefeitura no sentido de reconquistarmos essa linda baía que precisa produzir muito mais em nível econômico. Tenho certeza que dará um dinamismo significativo, com a instalação de píeres e revitalização de equipamentos outros em tratativa de repasse para a Prefeitura, a exemplo do forte São Marcelo e Mercado Modelo”.

Estratégias – O planejamento para o desenvolvimento da economia náutica de Salvador prevê estratégias como a recuperação e modernização de rampas públicas de acesso ao mar; o apoio e incentivo à construção e adequação de espaços para novas marinas; o apoio institucional à legalização das marinas existentes; o planejamento para a criação de uma via náutica em Salvador e a realização de iniciativas para a recuperação ambiental do mar.

Também estão em pauta o programa de saneamento e a implementação de projetos náuticos sociais, por meio da criação de escolas de atividades náuticas e de cursos e qualificação profissional em náutica para jovens carentes; investimento na revitalização dos passeios náuticos desenvolvidos pelas escunas; resgate e revitalização socioeconômica dos saveiros; criação de projetos para a captação de eventos náuticos nacionais e internacionais; realização do primeiro salão náutico de Salvador; valorização da arqueologia subaquática e da etnografia do mar e criação do SAC náutico da cidade para ajudar o navegante que chega à capital.

Outras ações importantes estão previstas no documento, a exemplo da criação do Parque Marinho Cavalo Marinho; da requalificação do trecho de orla entre a Boa Viagem e Calçada; da realização da dragagem do canal da Ribeira; da recuperação do antigo hidroporto do Porto dos Tainheiros, também na Ribeira; da implantação de uma zona livre de comércio de produtos náuticos e da criação do Samu náutico e da Guarda Costeira Municipal.

Comitê – O comitê náutico municipal conta com cerca de 20 membros das esferas municipal, estadual, federal e da sociedade civil. Entre os membros está o engenheiro e velejador Aleixo Belov, ucraniano que tem no currículo cinco voltas ao mundo, já ajudou a construir importantes projetos marítimos para a cidade, entre eles a construção de alguns terminais e do Museu do Mar previsto para ser inaugurado ainda esse ano no Santo Antônio Além do Carmo.

“Eu faço com muito gosto as obras aqui da Baía de Todos-os-Santos. Onde eu puder ajudar com as pequenas coisas que eu já faço, será um prazer, porque essa baía está ligada a minha história. Eu cheguei aqui na Bahia sem falar uma palavra em português e essa sociedade permitiu que eu crescesse, que estudasse, me formasse, casasse com baianas, como eu sempre quis. Aprendi a navegar e a mergulhar. Cresci rodeado por essa baía e eu tenho que devolver um pouco o carinho que recebi ao chegar aqui, pois eu sou resultado dela”, contou o velejador.

Além das secretarias municipais de Cultura e Turismo (Secult), Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), e de Sustentabilidade e Resiliência (Secis), além da Empresa Salvador Turismo (Saltur) e Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), o grupo é formado também pela Secretaria de Turismo do Estado, Superintendência do Patrimônio da União na Bahia (SPU), Associação Comercial da Bahia (ACB), Indústria Náutica, Comércio Náutico, Yacht Clube da Bahia (YCB), Aratu Iate Clube, Astramab, Bahia Marina, Socicam, Fundação Bahia Viva, Sebrae, Câmara de Turistas da Bahia de Todos-os-Santos e Universidade Federal da Bahia (Ufba).

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

As vistorias de veículos de transporte particular serão retomadas pela Prefeitura, através da Secretaria de Mobilidade (Semob), a partir do próximo dia 2 de agosto. Táxis, mototáxis e veículos de transporte escolar deverão passar pela inspeção, que será feita de forma escalonada, de acordo com a categoria e o alvará de cada veículo.

No ano passado as vistorias foram suspensas em razão da pandemia, e a última inspeção foi realizada em 2019. Para passar pelo processo é necessário fazer o agendamento prévio no site www.agendamentomobilidade.salvador.ba.gov.br . Os atendimentos acontecerão de segunda a sexta, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 16h30, na sede da Coordenadoria de Transportes Especiais (Cotae), na Avenida Vale dos Barris, ao lado do Estacionamento São Raimundo.

“A inspeção anual é a garantia de que o usuário está utilizando um transporte com segurança, regulamentado, com autorização do poder público para prestar o serviço de transporte de pessoas. Ano passado as vistorias foram suspensas, mas, agora, com a retomada das atividades, o avanço da vacinação e a consequente redução no número de casos de Covid-19 em Salvador, podemos retomar essas inspeções com mais segurança para todos”, afirma o secretário da Semob, Fabrizzio Muller.

Táxis – A primeira categoria a ser atendida será a de táxis comuns, a partir do próximo dia 2. Para o processo, os motoristas deverão ter em mãos a documentação exigida, como carteira de identidade (RG), carteira de habilitação (CNH), certificado da última aferição, cartão de identificação, comprovante de residência, selo GNV, licenciamento atualizado e licença de veiculação do engenho de publicidade em táxi. Durante a inspeção serão observados os itens de padronização obrigatórios, como as faixas laterais e o número de alvará, além dos itens de segurança, higiene e conservação do veículo.

Mototaxistas – No período de 4 a 21 de outubro, será a vez dos mototaxistas e veículos de transporte escolar passarem pela inspeção. Será necessário apresentar o cartão de identificação – caso esteja vencido deverá ser renovado –, comprovante de residência, licenciamento atualizado, CNH e apólice de seguro da motocicleta.

Transporte escolar – Já os veículos de transporte escolar serão inspecionados entre os dias 25 de outubro a 8 de novembro. No ato da vistoria deverão ser apresentados o cartão de identificação, comprovante de residência, licenciamento do veículo atualizado, habilitação do condutor na categoria D, pagamento da taxa de vistoria, “nada consta” de multas de trânsito e selo GNV.

Também serão observados itens como padronização obrigatória dos veículos (conforme artigo 136 do Código de Trânsito Brasileiro), condições de tráfego e de higiene, estado de conservação, controlador de velocidade (tacógrafo) já devidamente aferido pelo Ibametro, equipamentos de segurança (extintor de 4kg, macaco, triângulo e chave de roda) e câmera de ré. Caso seja identificado algum problema, o permissionário terá um prazo de 10 a 30 dias para solucionar e retornar à Cotae para uma nova vistoria.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

As equipes de educação para o trânsito da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) estarão nas ruas, nesta terça-feira (27), para realizar uma ação especial no Dia do Motociclista. Com faixas em alusão à data e de alerta, eles passarão por quatro regiões da cidade parabenizando a esses condutores e os conscientizando.

A ação educativa acontecerá durante o fechamento de semáforos na Calçada, Avenida Sete de Setembro, no Dique do Tororó e na Avenida Centenário (em frente ao Shopping Barra), a partir das 8h. A iniciativa é promovida pela Prefeitura em parceria com a Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária e integra o projeto Vivo na Moto, programa de educação mantido permanentemente pela Transalvador.

Segundo um levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e SPC Brasil divulgado em maio deste ano, 55% dos internautas realizaram pedidos por delivery nos últimos 12 meses. O número é quase que o dobro do registrado em 2019, quando era de 30%. Essa alta na demanda intensificou a atuação dos motociclistas nas cidades de todo o Brasil.

Diante deste cenário, a Transalvador tem investido em ações de sensibilização com o objetivo de prevenir acidentes com motociclistas, e essas iniciativas têm contribuído para frear o número de casos. De janeiro a maio deste ano houve uma redução de sinistros, se comparado com o mesmo período de 2020. Este ano, a Transalvador registrou 686 acidentes envolvendo motocicletas na cidade, contra 703 nos cinco primeiros meses de 2020.

“É um grande desafio conseguir frear as ocorrências de trânsito envolvendo motociclistas diante desse cenário de alta demanda devido à pandemia, além do crescimento da circulação de motos na cidade, o que poderiam acarretar num aumento de acidentes. Por isso, investimos em ações para sensibilização e, consequentemente, prevenção de sinistros”, afirma o superintendente da Transalvador, Marcus Passos.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com a fase verde do Plano Salvador de retomada das atividades econômicas, as bibliotecas municipais voltam a receber o público a partir de agosto. Nas bibliotecas Reitor Edgar Santos, localizada na Ribeira, e na unidade Denise Tavares, na Liberdade, a visitação será realizada por meio de agendamento via endereço eletrônico, com acesso de até dez pessoas a cada uma hora. Já a biblioteca Nair Goulart, situada no bairro de Valéria, por ter uma demanda menor, a reserva não será necessária, no entanto o limite é de até cinco pessoas a cada uma hora.

A museóloga responsável pela Gerência de Bibliotecas Fomento à Leitura e o Livro da Fundação Gregório de Mattos (FGM), Jane Palma, reforça os cuidados realizados pelos espaços para receber o público. "Tomamos todos os cuidados, adicionando dispensers de álcool em gel, higienizando os espaços e trabalhando na conscientização dos nossos colaboradores. Também será obedecido o distanciamento de 1,5m e o uso de máscara a todo momento. Além disso, fica proibida a alimentação dentro dos espaços, sendo possível levar apenas água", alertou.

Para agendar um horário na Edgar Santos, os interessados devem enviar e-mail para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , em caso de dúvidas ligar para (71) 3202-7878. Já os atendimentos na unidade Denise Tavares serão marcados nos e-mails O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

No ato da reserva, o interessado deve registrar o objetivo da pesquisa e assunto a ser pesquisado, para que os profissionais se organizem e separem quais livros podem contemplar a leitura e, assim, possam reservar uma data e horário.

Visita escolar – As visitas escolares, que costumavam ocorrer antes da pandemia, podem ser realizadas com agendamento prévio e divisão de turma, para não exceder o número de pessoas permitidas nos espaços. "Estamos abertos para receber a visitação de alunos, porém deve ser feita com agendamento e divisão de turmas, que podem ser feitas no mesmo dia, em turnos diferentes", acrescentou Jane Palma.

Com a aproximação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no mês de novembro, estão previstas para iniciar em agosto as rodas de conversas, com temáticas que auxiliem os alunos na preparação para fazer as provas. Cada roda terá a presença de professores para elucidar as principais dúvidas dos alunos.

 

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...