Releases

0
0
0
s2sdefault

Mais uma etapa da Fábrica de Musicais, iniciativa da Fundação Gregório de Mattos (FGM), com o objetivo de promover o intercâmbio entre artistas locais e de outras regiões do país para fomentar esse gênero, aconteceu na tarde desta terça-feira (13), no Teatro Gregório de Mattos, localizado na Praça Castro Alves. Foi realizada a oficina Criação de Trilhas Sonoras e Plataformas Musicais, com o produtor, arranjador e diretor musical Yacoce Simões.

Na oficina, que foi aberta a 50 pessoas, profissionais de diversas áreas, incluindo setores fora da arte, ouviram o que Yacoce tinha a dizer e compartilhar. A segunda parte do curso sobre trilhas sonoras será realizada nesta quarta-feira (14). "O objetivo desta oficina de hoje é trazer uma luz pra quem pretende abrir seu campo musical pra criação de trilhas. Através do compartilhamento de experiências sobre o que é um músico migrar pra área de atuação diversa, shows, publicidade, quais são os desafios que eles têm ao trazer o universo musical pro campo do teatro, da arte, que tem algumas especificidades", explicou Yacoce Simões.

A artista Odete Cardoso, de 58 anos, conhece bem essas especificidades das quais Yacoce tanto fala. Ela, que saiu de Itororó, no Sul da Bahia, para Salvador, Rio de Janeiro e até Paris, para viver da arte, espera conseguir fazer parte do espetáculo Sonho de Uma Noite de Verão, peça baseada na adaptação de Adriana Falcão da peça de William Shakespeare. "Acredito que vou sair daqui levando uma boa experiência. Ele é um grande músico, um 'artista de nome' na cidade. Nunca tive a oportunidade de tocar com ele, nem conhecê-lo pessoalmente. É uma coisa muito primorosa o que ele faz", acredita Odete.

Subjetivo e objetivo - Antes de dar início à oficina, Yacoce Simões não conhecia os alunos que chegariam ao Teatro Gregório de Mattos. Mas ele sabia de uma coisa: essas pessoas tinham que estar abertas à mistura entre subjetividade e objetividade. "Porque é um processo criativo, que naturalmente demanda uma interpretação. A pessoa que faz a trilha é alguém que capta aquelas sensações através do ouvido, tem que ser capaz de interpretar o que um roteiro, diretor 'tá' querendo, e não jogar apenas sua vontade no processo. Não só entender a subjetividade, mas ser capaz de transformar objetivamente um produto que faça parte em um contexto de forma coerente", explica.

A cantora e violinista Geovanna Costa, 40, acredita ser uma dessas pessoas que Yacoce descreve; ela admite criar uma alta expectativa para participar da montagem do espetáculo. "Sou da área da música, espero que essa oficina venha a agregar muito pro meu trabalho e pro espetáculo. Quem sabe eu seja selecionada? Espero muito que role. Tô torcendo, acompanhando, me aprimorando também", confessa.

Programação:

Mesa-redonda

17/11 – 14h às 17h - Produção de Musicais no Brasil e no Mundo, com Tânia Nardini (coreógrafa, diretora e produtora de musicais, tendo sido responsável pelas montagens de O Rei Leão e Chicago ao redor do mundo) e Clayton Marques (produtor e diretor assistente de João Falcão, que vai expor um pouco do trabalho específico desenvolvido por este artista pernambucano).

Laboratórios interativos

17/11 – 18h às 21h - Produção de Musicais no Brasil e no Mundo, com Tânia Nardini e Clayton Marques com o objetivo de aproximar as pessoas do exercício criativo da organização para a produção de espetáculos teatrais.

26/11 – 14h às 21h - O Intérprete nos Musicais, com Laila Garin, que vai promover um exercício coletivo com alguns exemplos práticos e dicas para um bom andamento dos trabalhos de criação de personagem e de manutenção da técnica vocal.

Oficinas

14/11 – 15h às 19h - Criação de Trilhas Sonoras e Plataformas Musicais, com Yacoce Simões – 1 turma para 50 pessoas.

20 e 21/11 - 15h às 19h - Áudio e Microfonista, com Andrea Zeni – 1 turma de 50 pessoas.

27 a 30/11 – 15h às 19h - Preparação e Interpretação Vocal, com Angelo Rafael e Carlos Eduardo Santos – 2 turmas para 40 pessoas cada.

04 a 07/12 – 15 às 19h - Corpo e Coreografia, com Roberto Montenegro – 2 turmas para 40 pessoas cada.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Encerram nesta quarta-feira (14) as inscrições para a quarta turma do curso presencial e gratuito de Acessibilidade Aplicada, que pretende capacitar agentes públicos municipais, estudantes e profissionais que trabalham com engenharia e arquitetura em Salvador. A atividade é promovida pela Prefeitura através da Unidade de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência (UPCD). As inscrições podem ser efetuadas através do e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou pelo telefone 3202-6136.

Já foram capacitados através desta atividade mais de 300 profissionais. A ação integra o Planejamento Estratégico da Prefeitura de Salvador, inserida no eixo Desenvolvimento Social. O curso terá início na segunda-feira (19) e prossegue na terça-feira (20), das 8h30 às 18h30. Os encontros ocorrerão no Edifício Ranulfo de Oliveira, na Rua Guedes de Brito, nº 1 – Centro (mesmo prédio onde funciona a Prefeitura-Bairro Centro/Brotas). Foram disponibilizadas para esta turma 80 vagas.

O curso abordará a acessibilidade voltada para a elaboração de projetos, laudos e obras 100% acessíveis. As aulas serão ministradas pelo arquiteto e professor, formado pela Universidade Mackenzie, Eduardo Ronchetti. O gestor é especialista em acessibilidade e na realização de projetos de adaptação de ambientes públicos e privados. Hoje ele se dedica à capacitação de profissionais de engenharia e arquitetura pelo país. Ronchetti contabiliza 67 cursos de acessibilidade ministrados em diferentes estados, tendo capacitado mais de 2 mil profissionais.

De acordo com a diretora-geral do UPCD, Risalva Telles, a proposta é que todos os profissionais possam desenvolver habilidades e um olhar mais apurado ao realizar projetos nas áreas públicas e privadas. “É importante que todos tenhamos conhecimento e sejam capacitados para aplicar as leis de acessibilidade e pensar nelas para elaborar projetos. É essencial compreendermos esses elementos, ter a consciência de pensar nas pessoas com deficiência e todos os seus direitos”, afirmou.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Técnicos da Defesa Civil de Salvador (Codesal) fizeram na manhã desta terça-feira (13) inspeção no cenário onde será realizado o Festival Virada Salvador 2019, na Arena Daniela Mercury, Boca do Rio. Coordenados pelo diretor geral da Codesal, Sosthenes Macêdo, e pela subcoordenadora de Áreas de Riscos, Rita Jane Moraes, dez profissionais do órgão promoveram uma varredura na área.

Com esse trabalho, o órgão vai gerar informações para subsidiar as ações do Gabinete do Prefeito, Casa Civil, Secult e Saltur, além dos demais órgãos e secretarias envolvidas, na realização das intervenções que possam garantir a segurança dos participantes do evento. O Festival da Virada, que ocorre entre os dias 28 de dezembro a 1º de janeiro, é o segundo produto de atração turística para a capital baiana, ficando atrás apenas do Carnaval.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A chegada do verão intensifica a circulação de visitantes em Salvador, além de ser o cenário ideal para a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Para evitar que isso aconteça, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), montou o Plano de Intensificação do Controle do Aedes durante a estação mais quente do ano.

Nesta quarta-feira (14), às 8h30, os agentes de limpeza vão intensificar as ações de revisita aos imóveis focados, aplicar Ultra Baixo Volume (UBV) e realizar ações educativas no Largo São Domingos, na Liberdade. Ainda neste mês, acontecerá a “Semana de Mobilização contra o mosquito Aedes”, entre os dias 26 e 30, sendo que esta última data será o “Dia D” contra as arboviroses.

Entre novembro próximo e abril de 2019, mais 1,5 mil agentes de combate às endemias vão promover uma série de medidas nas áreas mais afetadas por focos de mosquitos na capital baiana. De acordo com o último LIRAa, os bairros de Amaralina, Caminho das Árvores, Itaigara, Pituba, Rio Vermelho apresentaram o maior índice de infestação (5,3).

Entre as ações do plano estão 100% de revisitas a imóveis onde foram encontrados focos. Também integram a lista o levantamento das bocas de lobo e canaletas de drenagem de águas pluviais no combate as arboviroses e outros agravos; aplicação a Ultra Baixo Volume de inseticida nas áreas onde ocorrerão as festas populares; e inspeção e borrifação, caso necessário, na área externa das UPAs e hospitais.

A subcoordenadora de arboviroses do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Isolina Miguez, esclarece que o ciclo de transmissão do mosquito sempre inicia em novembro. "Esse é o momento do ano ideal tanto para o desenvolvimento mais rápido do inseto quanto para a transmissão da doença, que é o favorecimento desse clima de sol com chuvas espaçadas. O objetivo é deixar o ambiente na melhor condição possível para erradicar os focos de Aedes", explicou.

LIRAa – Pela segunda vez consecutiva, o Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa) apresentou redução da infestação do mosquito em Salvador. O Índice de Infestação Predial (IIP) da cidade passou de 2,6% (julho/2018) para 2,1% agora em outubro. Ou seja, a cada 100 imóveis visitados, pouco mais de dois deles apresentaram focos do vetor.

Apesar da redução do indicador, Salvador permanece em estado de alerta para ocorrência de uma epidemia de dengue, zika vírus e chikungunya. De janeiro a outubro, a capital baiana registrou 1.310 casos prováveis de dengue, sendo 41 confirmados. Foram notificados ainda, 82 casos de chikungunya e 75 de zika, com confirmação de 11 e 18 casos, respectivamente.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Em missão nos Estados Unidos, o prefeito ACM Neto visitou, nesta terça-feira (13), a Perry Street Preparatory Public Charter School, uma das escolas públicas de destaque em Washington. Acompanhado de secretários municipais, o gestor afirmou que a intenção foi conhecer o sistema de ensino público da capital norte-americana, que é referência para todo o continente, através do modelo adotado pela escola.

“A instituição tem um modelo diferente de gestão, que traz a parceria da sociedade para fazer uma educação pública de ainda mais qualidade. Então, a gente veio aqui conhecer boas práticas para serem aplicadas em nossa cidade”, afirmou o prefeito. A Perry Street Prep atende a alunos a partir dos 3 anos e a maioria dos estudantes é de negros ou afrodescendentes.

Ele ainda lembrou que uma das principais ações na área da Educação foi lançada recentemente pela Prefeitura: o programa Pé na Escola. “Com o programa, pretende-se criar, já no próximo ano, 11 mil vagas da Educação Infantil para as crianças da cidade. Ou seja, quando não der para matricular na escola pública, serão adquiridas vagas em parceria com a sociedade. O que importa é a criança na escola estudando e aprendendo”, completou ACM Neto.

Missão – Desde a sexta-feira passada (9), a comitiva municipal está nos Estados Unidos para apresentar a situação de Salvador após seis anos de gestão e tentar atrair investimentos, a fim de promover novos negócios e aquecer a economia local, gerando emprego e renda. A agenda já contemplou uma apresentação para investidores e diplomatas, em encontro na Câmara de Comércio Brasil Estados-Unidos, e uma reunião com diretores do Banco Mundial (Bird) para tratar do contrato de financiamento de US$125 milhões, destinados ao programa Salvador Social. Estão previstos para acontecer, ainda hoje, novo encontro com a diretoria do BID e um jantar na Embaixada do Brasil nos EUA.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prazo de conclusão das obras de requalificação viária no bairro de Stella Maris foi reduzido pela metade, graças ao aumento de produção e duplicação da equipe que atua no local. O anúncio foi feito pelo secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Almir Melo, durante vistoria realizada nesta terça-feira (13), acompanhado do secretário de Manutenção (Seman), Virgílio Daltro. Com isso, a entrega da intervenção, que estava prevista para fevereiro, deverá ocorrer em dezembro, conforme propôs o prefeito ACM Neto durante assinatura da ordem de serviço, no último dia 27.

Ao todo, 90% da terraplanagem da obra já foi realizada e 70% do meio-fio já foi implantado. Os componentes da via, como base, sub-base e asfalto foram reciclados, o que proporcionou economia e sustentabilidade. “Trabalhamos com o número máximo de pessoas e equipamentos e o resultado foi essa antecipação. A obra trará grandes benefícios, visto que o engarrafamento na região reflete até o Bairro da Paz, no sentido Aeroporto, principalmente em horário de pico, fins de semana e verão”, disse Melo.

A construção da nova Avenida Alameda Praia do Flamengo, que vai passar a ligar a Paralela à Orla, desafogando o fluxo da Alameda Dilson Jatahy Fonseca, vai trazer melhoria para toda a cidade. Isso porque deve acabar com a retenção de tráfego nas avenidas Luís Viana Filho (Paralela), Carybé e Dorival Caymmi, proporcionando melhoria para a mobilidade e qualidade de vida a quem trafega pela região. Segundo a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), o congestionamento de cerca de 3km existente entre o Bairro da Paz e a entrada de Stella Maris vai deixar de existir, após a intervenção.

Diariamente, cerca de 25 mil veículos passam pela Alameda Dilson Jatahy Fonseca – também conhecida como Alameda da Praia. A via terá sentido único em direção à Paralela. Já a Alameda Praia do Flamengo, que também hoje é mão dupla, terá sentido único para a orla após as intervenções. Com 10,5m de largura e duas faixas nos cerca de 3,2km de extensão, a via terá o dobro da capacidade de tráfego, ganhando inclusive ciclofaixa e estacionamento com 1.108 vagas após as obras.

O projeto das mudanças viárias foi elaborado pela Transalvador e as obras de infraestrutura estão sendo executadas pela empresa Campbell, sob coordenação da Superintendência de Obras Públicas (Sucop), autarquia vinculada à Seinfra. Além da pavimentação da avenida, as melhorias contemplam iluminação em LED, sistema de drenagem e construção de 11,7km de passeios com piso tátil.

Outras melhorias – Um contrato de financiamento com o Banco Mundial, através do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), vai permitir a requalificação do trecho de Orla Stella Maris/Praia do Flamengo e Ipitanga. Os recursos já estão assegurados e, em breve, as intervenções terão início.

Também está prevista a realização da segunda etapa da requalificação da Orla de Itapuã – ação em fase de captação de recursos. No Conjunto Marissol, em Ipitanga, já foi implantada nova iluminação, limpeza e pavimentação de algumas vias.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

As comunidades inseridas na poligonal do projeto Novo Mané Dendê - que abrange os bairros de Santa Terezinha, Plataforma, Ilha Amarela, Itacaranha e Rio Sena -, conhecerem no último fim de semana, o resultado da pesquisa socioeconômica, realizada pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), que entrevistou aproximadamente 4 mil famílias, entre abril e outubro deste ano, e revela o retrato da comunidade. A Fundação também disponibilizou os mapas das áreas de intervenção para que os moradores pudessem localizar seus imóveis.

“É muito importante que a comunidade saiba porque fizemos esse trabalho, porque fomos até as suas casas entrevistá-las. Com essa devolutiva do cadastramento, as pessoas vão conhecer mais detalhadamente o projeto e poderão opinar. O mais importante é que os moradores tenham conhecimento pleno do projeto”, avalia Tânia Scofield, presidente da FMLF.

Durante a manhã, a reunião aconteceu na Escola Municipal Senador Antônio Carlos Magalhães, no bairro do Rio Sena. Inicialmente foram apresentados os dados sócio-econômicos – a exemplo de números de imóveis residenciais e comerciais; percentual de jovens que não frequentam a escola; índice de adultos que não possuem nível fundamental completo; número de desempregados, entre outras informações. Logo em seguida, os moradores tiveram acesso à planta da área onde haverá intervenção, e puderam esclarecer suas dúvidas com os arquitetos e urbanistas da equipe da FMLF, localizando, exatamente onde estão suas respectivas casas.

“A metodologia usada hoje foi muita boa. Tranquiliza muito a gente quando disponibilizam os mapas das áreas de intervenção. A gente se identifica e se situa”, observou o rodoviário José Gilson Pereira de Jesus, 58 anos, morador de Ilha Amarela e fundador da Associação Nova Esperança de Ilha Amarela e da Biblioteca Parque de São Bartolomeu.

O encontro da tarde, na Escola Municipal Manoel Barradas, teve o mesmo formato e objetivos, dando oportunidade para os moradores que não puderam participar no turno da manhã. “São vocês que irão apontar para a Prefeitura quais os projetos de capacitação que desejam. O próximo ano, 2019, será de trabalho conjunto”, afirmou a presidente da FMLF.

A partir de janeiro serão realizadas reuniões individuais com moradores que poderão ter suas casas relocadas.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Essa é a última semana do mutirão de mamografias no Hospital Municipal de Salvador. O atendimento vai até a próxima quarta-feira (14), das 8h às 18h. Pouco mais de 1,6 mil mamografias e 450 Ultrassonografias (USG) mamárias foram realizadas durante o período de intensificação dos exames na unidade. A ação faz parte da campanha do Outubro Rosa realizada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS_ com atividades de prevenção ao câncer de mama.  

"Se conseguirmos identificar um câncer de mama em estágio precoce, a chance de cura é acima de 90%. Por isso, é importantíssimo que as mulheres que fazem parte do grupo de risco, que são aquelas acima de 50 anos de idade ou com histórico da patologia na família, procurem periodicamente o serviço de saúde para realização do exame", alertou Geruza Morais, diretora de Atenção à Saúde.  

Após o fim da estratégia, as mulheres podem buscar o agendamento do exame nas 128 unidades básicas de saúde, das 8h às 17h, para realização do procedimento com os prestadores contratualizados da rede municipal.  

Novembro Azul – No mês que promove a prevenção da saúde do homem, o HMS está oferecendo 600 atendimentos até o dia 30 de novembro para investigação e diagnóstico do câncer de próstata, com consultas e exames. Os atendimentos acontecerão às segundas, quartas e sextas-feiras, das 7h às 19h, para homens com idade a partir dos 45 anos. 

O agendamento e a orientação aos pacientes serão feitos através do Sistema Vida, da Prefeitura de Salvador. O paciente deve se dirigir até uma das 128 Unidades Básicas de Saúde da cidade a fim de agendar data para a coleta de amostra do PSA (Antígeno Prostático Específico) e posterior consulta no HMS. O PSA é um exame de sangue feito para auxiliar no diagnóstico de alterações na próstata.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Nos dias 19 e 21 deste mês, dois cruzeiros atracarão no porto de Salvador, trazendo 7.125 turistas. Os navios são oriundos de Santa Cruz de Tenerife, na Europa, e de Recife, respectivamente. O primeiro chegará às 13h e partirá para Ilhéus às 21h. Já o segundo atracará às 11h, seguindo para o Rio de Janeiro às 17h. 

Entre outubro deste ano e abril de 2019, exatos 49 navios passarão pela capital baiana, transportando 165.039 turistas. Esta temporada apresenta um aumento de 8% no fluxo de turistas pelo porto marítimo, em relação à temporada anterior. 

Segundo a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), aproximadamente 85% dos passageiros desta modalidade de viagem descem do navio para visitar a cidade e fazer compras. Estima-se que eles tenham um gasto médio individual de R$ 485/dia. Na temporada passada, a movimentação econômica chegou a R$ 62,5 milhões no comércio local. 

Além de intensificar a movimentação econômica da cidade, a visita rápida, de algumas horas, funciona também como um incentivo para que esses excursionistas voltem a Salvador em outra oportunidade. “A nossa intenção é fidelizar esse turista para que ele possa voltar à cidade, e aí, sim, passar mais dias e conhecer melhor a capital", afirmou o titular da Secult, Claudio Tinoco.

 

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...