Releases

0
0
0
s2sdefault

Rápido, RT-PCR, antígeno, swab nasal. São diversos os nomes e siglas, mas o resultado é o que mais importa. Afinal, estes são os testes feitos para identificar se o indivíduo contraiu a Covid-19 e a reação dos anticorpos ao novo coronavírus. 

No entanto, o cidadão precisa prestar atenção: alguns dos exames só podem ser feitos três dias após os sintomas, com risco de informar falso negativo. Isso quer dizer que, a pessoa pode estar contaminada, mas ainda não é possível detectar a presença do vírus no organismo. 

Segundo a infectologista da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Adielma Nizarala, quem vai identificar qual o exame a ser feito naquele momento é um médico. “Ele vai identificar se há indicação para a detecção”, disse. 

O teste rápido de três dias, com resultado divulgado em 40 minutos, avalia a proteína viral do Sars-CoV-2 no organismo através de uma gota de sangue. A estratégia poderá diagnosticar infecção viral atual, mas não detectar os anticorpos adquiridos. 

Já o teste rápido dos anticorpos exige um tempo maior para ser feito, pois ele vai identificar se o corpo criou imunidade diante da infecção. De acordo com Adielma, o tempo médio para realização deste exame varia de uma semana a dez dias após os primeiros sintomas. 

Atendimento – Para quem tem sintomas leves, a infectologista recomenda procurar qualquer unidade de atenção básica de saúde. Inclusive, quatro delas funcionam em esquema 24h: IAPI, Itapuã, Imbuí e Pirajá. 

Já pacientes com sintomas mais graves, com febre persistente e piora no quadro por mais de cinco dias, a indicação é de buscar atendimento nos gripários, localizados nas UPAs de São Cristóvão, Barris, Paripe, Pirajá/Santo Inácio e Pau Miúdo e, ainda, na Ilha de Bom Jesus dos Passos. Nas UPAs e também nos gripários, o paciente pode fazer o swab nasal, que vai identificar a presença do vírus e com resultado em até sete dias. 

Os testes rápidos estão disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Também são realizados nos bairros que possuem medidas restritivas para conter a propagação do vírus. São feitos aproximadamente 150 testes por dia, em cada localidade. 

É possível fazer a detecção, das 8h às 13h, em Brotas, no final de linha do bairro; na Fazenda Grande do Retiro, na Escola Municipal Fazenda Grande; na Liberdade no Plano Inclinado; em Pernambués, na Escola Municipal Hildete Bahia; em Paripe, na Escola Municipal de Paripe; e em São Caetano, na quadra poliesportiva de São Caetano. 

 

Unidades que fazem testes rápidos para Covid-19 

Centro Histórico: UBS Pelourinho e UBS Santo Antônio. 

Itapagipe: USF Joanes Leste, UBS Ministro Alckmin e USF São José de Baixo. 

São Caetano/Valéria: USF Deputado Luiz Braga, USF Alto Do Peru, USF San Martin II, USF Boa Vista do Lobato, USF Boa Vista de São Caetano e USF Lagoa da Paixão. 

Liberdade: USF San Martin I e USF IAPI. 

Brotas: USF Vale do Matatu e UBS Mario Andrea. 

Barra/Rio Vermelho: USF Sabino Silva, USF Garcia, USF Alto das Pombas e USF Calabar. 

Boca do Rio: USF Imbuí, UBS Cesar de Araújo e USF Parque de Pituaçu. 

Itapuã: USF Itapuã, USF KM 17, USF Jardim das Margaridas, USF Parque São Cristóvão, USF Vila Verde (Jardim Campo Verde) e USF Ceasa I e II. 

Cabula/Beiru: USF Professor Humberto Castro Lima – Pernambuezinho, USF Raimundo Agripino - Sussuarana, USF Mata Escura, USF Padre Mauricio Abel - São Gonçalo, USF Barreiras e UBS Calabetão. 

Pau da Lima: UBS Doutora Cecy Andrade, USF João Inácio Roma Filho, USF Cambonas, USF Canabrava, USF Sete de Abril, USF São Marcos e USF Vila Nova Pituaçu. 

Subúrbio Ferroviário: USF Itacaranha, USF Alto de Coutos II, USF Ilha Amarela, USF Teotônio Vilela II, USF Fazenda Coutos 3 USF São João do Cabrito, USF Bate Coração, USF Rio Sena, USF Estrada da Cocisa e USF Vila da Fraternidade. 

Cajazeiras: UBS Nelson Piauhy Dourado, USF Yolanda Pires, USF Cajazeiras V, USF Boca da Mata, USF Jaguaripe, USF Cajazeiras XI e USF Fazenda Grande III.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Secretaria de Manutenção da Cidade (Seman) vem reforçando uma série de ações em diversos pontos de Salvador, dentro da Operação Chuva, de modo a reduzir os danos causados pelas precipitações comuns nesse período entre abril e junho. Para evitar alagamentos e também combater as arboviroses (dengue, zika e chikungunya), os prepostos do órgão realizam ações periódicas de limpeza e dragagem dos rios, riachos e córregos que cortam a cidade. 

Somente nos primeiros meses de 2021, mais de 15 ações de limpeza já foram realizadas ou estão em execução no município. Dentre os locais beneficiados estão o Rio Trobogy, em Patamares, e os canais do Bairro da Paz; Terracom, em Valéria; Saboeiro, em Narandiba; e na Rua da Creche, em Castelo Branco, contabilizando uma extensão de quase 4km. 

De acordo com o secretário da Seman, Luciano Sandes, as ações de limpeza são continuadas e atendem a uma programação prévia. “A duração de cada intervenção é variada e depende da extensão do rio ou canal. Infelizmente, por conta do despejo de esgoto indevido nos canais, aumenta a proliferação de algas e outros microrganismos que contribuem para a infestação de mosquitos, pernilongos e muriçoca”, disse. 

Este problema, segundo a Seman, é ambiental e sazonal, pois é verificado em determinadas épocas do ano e geralmente ocorre após os períodos de chuva. Isso faz com que os mosquitos se reproduzam em locais onde as águas se encontram paradas e poluídas por fossas e esgotamento sanitário. 

Outro problema comum nas ações de limpeza é o material constantemente retirado dos canais, a exemplo de sacos plásticos com lixo, sofás, colchões, sucatas, pneus e até carcaças inteiras de veículos. Esse montante, descartado de forma irregular pela população, acaba obstruindo as redes de drenagem que, no período chuvoso, provoca alagamentos e até mesmo o retorno desse lixo acumulado à superfície. 

Solicitações – O trabalho da Seman é realizado durante todo o ano. Existe uma programação prévia que pode variar de acordo com a necessidade ou emergência de cada local. Os serviços do órgão podem ser solicitados através do Fala Salvador pelo número 156, pelo site www. falasalvador. ba. gov. br e também pelo aplicativo Fala Salvador Cidadão.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Cerca de 6 mil pessoas buscaram os 115 pontos de imunização durante o primeiro dia da campanha contra gripe em Salvador, nesta segunda-feira (12). No total, foram 3.317 crianças entre seis meses e menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias) e 2.014 trabalhadores da saúde, além de 676 gestantes e puérperas que tiveram acesso à dose do imunizante. 

Um dos pontos de grande procura foi o drive thru instalado no Shopping Barra. Profissional da saúde, Líliam Paixão, de 34 anos, quis levar logo o filho Lucas, de 2 anos, para se proteger contra a gripe. “Trabalhando nessa área, eu sei da importância da imunização. Por isso, eu o trouxe logo no primeiro dia, pois ele já fica protegido”, contou. 

Já o Multicentro de Saúde Carlos Gomes, um dos pontos fixos, o clima era bem mais tranquilo. Por morar próximo, a dona de casa Ana Cláudia dos Santos, de 39 anos, levou logo Levi Miguel, de 2 anos, para se vacinar. “Estou feliz agora em ver meu filho livre de doenças gripais. Eu fiquei com um pouco de receio, por causa da Covid-19, mas achei melhor trazer ele por uma questão de segurança”. 

Nessa primeira fase da campanha, que vai até o dia 10 de maio, estão sendo contempladas crianças com idade até seis anos, gestantes em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias). A meta é vacinar 90% do público alvo da primeira fase, que conta com aproximadamente 320 mil pessoas. 

Postos – A imunização acontece de segunda a sexta-feira (exceto feriados), em 115 pontos, das 8h às 17h. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) teve o cuidado de separar os postos de imunização da influenza para evitar aglomerações. Desse modo, três pontos de drive thru e 112 pontos fixos foram dedicados exclusivamente para a vacinação contra a gripe, enquanto a vacinação contra a Covid-19 ocorre em outros locais. 

O drive thru do Shopping Barra está atendendo crianças com idade de até seis anos; o shopping Bela Vista, trabalhadores da saúde e o Shopping da Bahia segue com a imunização de puérperas e gestantes. Os postos fixos estão atendendo os três públicos. Uma lista com a relação de todos os postos está disponível para download no site da SMS. 

Documentação – Para ter acesso à dose, no caso das crianças, é necessário levar identidade ou certidão de nascimento. Já as gestantes e puérperas devem apresentar, além da identidade, o exame ou certidão de nascimento da criança. Os trabalhadores da saúde devem levar qualquer documento que comprove o vínculo laboral, além de RG. 

Proteção – Embora as atenções estejam voltadas para a Covid-19 neste momento, a vacinação contra a Influenza também é importante, pois evita uma sobrecarga no sistema de saúde, visto que a gripe também pode ter complicações e levar o indivíduo à morte. Além disso, a vacinação contra a gripe facilita um eventual diagnóstico para a Covid-19 e evita os riscos de coinfecção, que é quando dois vírus diferentes atacam a pessoa ao mesmo tempo. 

“O vírus influenza tem potencial para causar complicações e óbitos, principalmente em grupos prioritários como crianças, idosos, puérperas e portadores de doenças crônicas. A partir do momento em que eu vacino as pessoas e elas não adoecem, elas não vão precisar procurar o sistema de saúde, que já está no limite por causa do coronavírus”, explicou a subcoordenadora de Imunização da SMS, Doiane Lemos. 

De acordo com Doiane, a circulação do vírus H1N1 começa em maio. A vacinação é feita a partir de abril para que, no inverno, a maioria das pessoas já esteja vacinada.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

Cerca de 6 mil pessoas buscaram os 115 pontos de imunização durante o primeiro dia da campanha contra gripe em Salvador, nesta segunda-feira (12). No total, foram 3.317 crianças entre seis meses e menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias) e 2.014 trabalhadores da saúde, além de 676 gestantes e puérperas que tiveram acesso à dose do imunizante.

Um dos pontos de grande procura foi o drive-thru instalado no Shopping Barra. Profissional da saúde, Líliam Paixão, de 34 anos, quis levar logo o filho Lucas, de 2 anos, para se proteger contra a gripe. “Trabalhando nessa área, eu sei da importância da imunização. Por isso, eu o trouxe logo no primeiro dia, pois ele já fica protegido”, contou.

Já no Multicentro de Saúde Carlos Gomes, um dos pontos fixos, o clima era bem mais tranquilo. Por morar próximo, a dona de casa Ana Cláudia dos Santos, de 39 anos, levou logo Levi Miguel, de 2 anos, para se vacinar. “Estou feliz agora em ver meu filho livre de doenças gripais. Eu fiquei com um pouco de receio, por causa da Covid-19, mas achei melhor trazer ele por uma questão de segurança”.

Nessa primeira fase da campanha, que vai até o dia 10 de maio, estão sendo contempladas crianças com idade até seis anos, gestantes em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias). A meta é vacinar 90% do público alvo da primeira fase, que conta com aproximadamente 320 mil pessoas.

Postos – A imunização acontece de segunda a sexta-feira (exceto feriados), em 115 pontos, das 8h às 17h. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) teve o cuidado de separar os postos de imunização da influenza para evitar aglomerações. Desse modo, três pontos de drive thru e 112 pontos fixos foram dedicados exclusivamente para a vacinação contra a gripe, enquanto a vacinação contra a Covid-19 ocorre em outros locais.

O drive thru do Shopping Barra está atendendo crianças com idade de até seis anos; o shopping Bela Vista, trabalhadores da saúde e o Shopping da Bahia segue com a imunização de puérperas e gestantes. Os postos fixos estão atendendo os três públicos. Uma lista com a relação de todos os postos está disponível para download no site da SMS.

Documentação – Para ter acesso à dose, no caso das crianças, é necessário levar identidade ou certidão de nascimento. Já as gestantes e puérperas devem apresentar, além da identidade, o exame ou certidão de nascimento da criança. Os trabalhadores da saúde devem levar qualquer documento que comprove o vínculo laboral, além de RG.

Proteção – Embora as atenções estejam voltadas para a Covid-19 neste momento, a vacinação contra a Influenza também é importante, pois evita uma sobrecarga no sistema de saúde, visto que a gripe também pode ter complicações e levar o indivíduo à morte. Além disso, a vacinação contra a gripe facilita um eventual diagnóstico para a Covid-19 e evita os riscos de coinfecção, que é quando dois vírus diferentes atacam a pessoa ao mesmo tempo.

“O vírus influenza tem potencial para causar complicações e óbitos, principalmente em grupos prioritários como crianças, idosos, puérperas e portadores de doenças crônicas. A partir do momento em que eu vacino as pessoas e elas não adoecem, elas não vão precisar procurar o sistema de saúde, que já está no limite por causa do coronavírus”, explicou a subcoordenadora de Imunização da SMS, Doiane Lemos.

De acordo com Doiane, a circulação do vírus H1N1 começa em maio. A vacinação é feita a partir de abril para que, no inverno, a maioria das pessoas já esteja vacinada.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

As chuvas intensas que caíram na capital baiana no fim de semana ocasionaram quase duas mil ocorrências, registradas pela Defesa Civil de Salvador (Codesal). Para auxiliar o órgão no rápido atendimento aos cidadãos em áreas de risco, a Secretaria Municipal de Articulação Comunitária e Prefeituras-Bairro (SACPB) procura orientar a população como proceder nessas situações de risco. Pela localização em pontos estratégicos da cidade, as equipes da pasta, muitas vezes, são as primeiras representantes da Prefeitura em situações emergenciais.

"Nossa equipe foi a primeira a chegar ao local onde houve desabamento na noite de quinta-feira (8), em Novo Marotinho, na região de Pau da Lima. Na última sexta-feira (9), só aqui no bairro, foram cerca de 40 pessoas ligadas diretamente na operação. Toda essa articulação que está sendo feita nas comunidades é realizada através dos subprefeitos", ressaltou o titular da SACPB, Humberto Viana.

Ele destacou também o trabalho integrado com outros órgãos da Prefeitura no intuito de preservar a vida dos cidadãos. "A secretaria já está em sistema de alerta, com toda a estrutura acionada através dos subprefeitos e as equipes que foram articuladas, dando apoio à Codesal e demais órgãos na prevenção e no contato diário com as comunidades”, completou Viana.

Atendimento focal – Uma das situações relatadas pelos moradores foi uma escadaria que apresentava sinais de risco de desabamento “Chegando lá, entramos em contato com a Sucop (Superintendência de Obras Públicas), que já foi ao local e realizou os procedimentos necessários. Isso mostra como nossa função é de grande importância atuando como a ‘ponta’ dos serviços prestados pela Prefeitura”, garante o subprefeito de Pau da Lima, Edmar Fernandes.

A moradora Mariene Oliveira, que teve a casa alagada com o temporal, relatou emocionada toda a situação e agradeceu à Prefeitura pelo apoio. "Perdi tudo, documento, roupa. Ouvi a sirene e tive que sair correndo de casa. Estou aqui no abrigo com minha esposa e meus dois filhos, fui acolhida, estão nos tratando bem. Agora é só esperar pra que resolvam nossa situação”.

Vistoria – Além de Novo Marotinho, outra comunidade fortemente afetada pelas chuvas – a de Bosque Real, em Sete de Abril – também foi foco de vistoria das equipes municipais. A ação teve a presença da vice-prefeita e secretária de Governo (Segov), Ana Paula Matos.

"As Prefeituras-Bairro são de extrema importância para que possamos entrar na região. Não só durante a chuva, mas ao longo de todo o ano temos o vínculo com a comunidade. Assim, as necessidades de cada localidade podem ser atendidas com mais brevidade, fazendo com que, nesses momentos difíceis, essas pessoas confiem em nós para que saiam de suas casas para receber o acolhimento necessário", afirmou Ana Paula.

Contato – Os cidadãos que perceberem qualquer situação de risco, a exemplo de alagamento e ameaças de desabamento e deslizamento, devem entrar em contato imediato com a Codesal pelo número 199. A ligação é gratuita.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A vacinação contra a Covid-19 segue em Salvador apenas com aplicação da segunda dose para idosos e trabalhadores da saúde, nesta terça-feira (13). A estratégia acontecerá das 8h às 16h, em sete drives e seis pontos fixos. A aplicação da primeira dose será retomada quando uma nova remessa de imunizantes for encaminhada pela gestão federal para a cidade.

Para completar o esquema vacinal, basta ser observada a data de retorno no site da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), no endereço www. saude. salvador. ba. gov. br , ou verificar no cartão de vacina obtido na ocasião da primeira aplicação. Os cidadãos que receberam a primeira dose através do serviço Vacina Express não precisam fazer novo agendamento – as equipes retornarão às residências de acordo com a data de reforço programada no sistema.

Pontos de vacinação da segunda dose – idosos e trabalhadores da saúde

Drive e fixo: FTC – Paralela, Barradão – Canabrava e 5º Centro de Saúde Clementino Fraga – Barris.

Drive-thru: Faculdade Universo – Iguatemi, Universidade Católica do Salvador – Campus Pituaçu, Fundação Bahiana para o Desenvolvimento das Ciências (FBDC) – Unidade Brotas e USF San Martin III.

Fixo: Unidade Básica de Saúde Virgílio de Carvalho – Bonfim, Centro de Saúde Ramiro de Azevedo – Campo da Pólvora e USF Colinas de Periperi.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Resíduos diversos como copos descartáveis, embalagens de isopor, garrafas PET, sacolas plásticas, madeira e papéis foram retirados, nesta segunda-feira (12), de canaletas, bueiros e das margens do canal situado na Avenida Vasco da Gama, na altura do viaduto Juscelino Kubitschek, que dá acesso à Avenida Anita Garibaldi. A intensificação da limpeza nesses locais faz parte das ações da Operação Chuva, realizadas pela Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) com o intuito de evitar os alagamentos na cidade. 

Uma equipe composta por 24 agentes de limpeza está atuando com o auxílio de vassouras, enxadas, foice, carros de mão e rastelos. Uma varredeira mecânica também dá suporte com o serviço de sucção e de desobstrução de bueiros. O reforço nas ações ocorre justamente devido às fortes chuvas na capital baiana, que acabam levando os resíduos das ruas para os bueiros e canaletas. 

“Estamos realizando quatro serviços de limpeza aqui: a manual das canaletas, a mecanizada das canaletas, a das laterais das vias e a de toda a lateral do córrego. Esses são serviços de prevenção que evitam a ocorrência de alagamentos durante as chuvas”, explicou o presidente da Limpurb, Omar Gordilho. 

Ele lembrou que o órgão vem trabalhando desde março, na fase preparatória da Operação Chuva. Agora que a operação foi iniciada, há intensificação do trabalho em diversos locais, como os bairros de São Caetano, Mata Escura, Periperi, Paripe e Pirajá. Os córregos têm tido uma atenção especial com a limpeza lateral realizada pela Limpurb e a limpeza interna mecanizada feita pela Secretaria Municipal de Manutenção (Seman), melhorando o escoamento das águas pluviais. 

Gordilho pediu à população que também faça a sua parte com o descarte correto de resíduos. “A maioria dos materiais que a gente retira desses locais é jogada pela população nas ruas e acaba vindo para as canaletas, por isso é importante que o cidadão também colabore e evite os transtornos ocasionados pela chuva”. 

O servidor público aposentado Raimundo Nonato, de 55 anos, ficou surpreso ao ver a quantidade de resíduos retirados da canaleta. “É bastante lixo. A gente costuma reclamar da administração pública quando ocorrem os desastres, mas cada um também precisa fazer a sua parte. Que bom que a Prefeitura está fazendo essa limpeza, porque senão o alagamento seria inevitável”. 

Operação – Durante a Operação Chuva, de abril a junho, a Limpurb também realiza serviços de capinação, roçagem, sacheamento e gancheamento, retirada de entulho, poda e limpeza nas encostas, enlonamento, relonamento em áreas de risco e de difícil acesso, limpeza de valetas e bocas de lobo e remoção de terra. 

Três equipes atuam no plantão permanente no turno diurno e duas equipes estão disponíveis para atender situações de emergência no turno da noite, de domingo a domingo. Equipamentos como caminhões de carroceria, caminhões munck, caçambas, pá carregadeira e caminhões-pipa também são utilizados para dar suporte às demandas operacionais.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

No primeiro fim de semana após o plano de retomada do comércio em Salvador, a força-tarefa da Prefeitura realizou 2.673 mil vistorias, com o objetivo de coibir aglomerações e desrespeitos às medidas de combate à Covid-19. Conforme o plano municipal, diversos segmentos puderam funcionar em dias e horários específicos, neste sábado (10) e domingo (11). 

As ações de fiscalização dessas medidas foram lideradas pela Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), com o apoio da Guarda Civil Municipal. Durante as atuações realizadas no período de sexta-feira (9) a domingo (11), 19 aglomerações foram dispersadas nos bairros de Stella Maris, Garcia, Engenho Velho de Brotas, Santa Mônica, Uruguai, Bela Vista do Lobato, Paripe, Periperi, Luís Anselmo, Sussuarana Nova, São Marcos, Fazenda Grande III, Nova Brasília, Itapuã, Cassange e Ceasa. Quatro equipamentos de som foram apreendidos. 

Por descumprirem as normas gerais de funcionamento e os protocolos setoriais, previstos no plano de retomada escalonada do comércio, 36 estabelecimentos foram interditados. Dentre eles, dez comércios de rua, nos bairros de Boca da Mata e Águas Claras; 23 bares em Itapuã, São Cristóvão, Engenho Velho de Brotas, Parque Bela Vista, Canela, Mares, Ribeira, Nazaré, Tororó, São Marcos, Fazenda Grande III, Uruguai e Massaranduba; um depósito de bebidas em Itapuã e dois mercados nos bairros de Stella Maris e Uruguai. 

Nesse momento, a capital baiana vive a fase vermelha, que prevê a retomada dos serviços não essenciais de forma escalonada e suspensão de alguns setores por pelo menos dois dias da semana. As ações seguem o decreto estadual do toque de recolher, que saiu de 18h às 5h para 20h às 5h. 

Feira do Rolo - A  Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) realizou, no domingo (11), a operação de combate à Feira do Rolo, na Baixa do Fiscal. Logo pela manhã, fiscais da Semop apreenderam quatro sacos com materiais diversos e duas gaiolas. A presença contínua dos prepostos da Semop, nas proximidades da feira, durante todo o dia, coibiu o comércio no local, não sendo registradas outras apreensões. 

Balanço da retomada – Desde a última segunda-feira (5), quando foi iniciado o plano de retomada do comércio, os órgãos municipais realizaram 7.946 vistorias. Desse total, ocorreram 62 interdições de estabelecimentos, 24 aglomerações foram dispersadas e quatro equipamentos de som apreendidos. Não houve cassação de alvará.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com cerca de 30% de avanço, as obras do Arquivo Público Municipal e da Casa da História de Salvador seguem em ritmo acelerado. Neste momento, a intervenção está na fase de concretagem dos dois blocos de fundação do Arquivo Público, na última sexta-feira (9), foi iniciada a aplicação de um volume de 280 metros cúbicos – correspondente a 35 caminhões betoneira de concreto. 

Além disso, outras intervenções foram realizadas no local, a exemplo da conclusão da fundação, estrutura metálica e a restauração da fachada do prédio, que terá 11 andares no total. A obra é realizada pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), através do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo em Salvador (Prodetur). 

A Casa da História e o Arquivo Público constituem um complexo arquitetônico de valor histórico e cultural que está sendo implantado na Rua da Bélgica, no bairro do Comércio. O chamado Centro de Interpretação do Patrimônio é o ponto de convergência dos dois equipamentos, constituído por duas edificações de características distintas arquitetonicamente, mas que terão serviços e atividades funcionando de maneira interligada e integrada. 

O projeto prevê instalações modernas e adequadas à organização, conservação, preservação, difusão e acesso ao importante acervo sobre a história e cultura de Salvador e do Brasil. O novo prédio vai contar com laboratório de restauro e depósito de documentos recebidos, salas de oficinas, coordenação de cursos e secretaria de cursos, salas de fotografias, registros magnéticos e arquivos audiovisuais, atendimento ao usuário, arquivos impressos, biblioteca do acervo e sala de projeção, dentre outros. 

Na lista de documentos textuais que fazem parte do acervo estão os registros de Compra e Venda de Escravos em Salvador, informando os nomes e endereços dos proprietários e compradores, além da nacionalidade dos negros escravizados. Em outros conjuntos documentais estão registrados diversos feitos históricos, como o A Independência do Brasil na Bahia, em 2 de julho de 1823, a Aprovação da Lei Áurea e a Proclamação da República. 

Para o secretário da Secult, Fábio Mota, os equipamentos vão fortalecer ainda mais o turismo na capital baiana. “A preservação da história do Arquivo Público de Salvador é a preservação da história do Brasil. Esses equipamentos vão abrigar um acervo de mais de 4 milhões de documentos, um dos mais importantes da América Latina, proporcionando um maior conhecimento ao soteropolitano e ao visitante. Além de se tornar um grande indutor de turismo para nossa cidade,” ressaltou. 

Investimento – As obras de construção e restauração da Casa da História e do Arquivo Público Municipal possuem investimento do Prodetur, por meio de Empréstimo junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no valor de R$34,7 milhões. As obras estão sendo executadas pelo Consórcio Prodetur – Salvador, formado pelas empresas Metro Engenharia e Consultoria e Construtora BSM. O complexo está previsto para ser entregue em fevereiro de 2022.

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...