Releases

0
0
0
s2sdefault

Pessoas infiltradas entre os ambulantes agridem fiscais, guardas e apedrejam veículos oficiais

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) informa que a operação realizada na manhã de hoje (5) na Av. Joana Angélica (Centro) foi uma ação de fiscalização programada, com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), do Corpo de Bombeiros, do sindicato e associações dos ambulantes da região.

O objetivo foi assegurar ordenamento da via pública para garantir o direito de ir e vir dos pedestres e a fluidez do trânsito, o que é uma demanda da população, dos ambulantes licenciados que atuam no local e também da imprensa, que vem denunciando a situação crítica em que se encontra o local ao longo dos últimos meses.

Com base na Lei 5.503/99 e no Decreto 12.016/98, a Semop notificou todos os ambulantes irregulares desta região nas últimas duas semanas, como forma de alertá-los para desocuparem a via por estarem em locais proibidos, como faixas de pedestres, calçadas e a pista principal, forçando os transeuntes a andarem no meio da rua, podendo a qualquer momento ocasionar um acidente.

Na ação de hoje, fiscais da Semop foram coagidos e agredidos por pessoas infiltradas que se passam por ambulantes, que usaram armas como facas e facões, além de pedras. Veículos oficiais da Prefeitura foram apedrejados.

Após constante monitoramento das equipes de fiscalização, a Semop esclarece que entre os ambulantes trabalhadores e pais de família que atuam na região da Avenida Joana Angélica existem revendedores infiltrados, donos de caminhões, que rotineiramente descarregam produtos para revenda, colocando os próprios ambulantes e também a imprensa contra a Semop, descaracterizando a ação de ordenamento.

Desde o início da atual gestão, a Semop preza pelo diálogo com os ambulantes, sobretudo neste momento de crise econômica que abala o país, mas não vai permitir que impere a desordem, prejudicando toda a coletividade.

Aos vendedores informais não licenciados que atuam no local, a Semop dará a possibilidade de escolha em outras áreas possíveis na cidade, que estão disponíveis e que são viáveis para cada tipo de atividade, com a condição de todos se licenciem junto à Prefeitura.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Para avançar com as obras que irão melhorar o acesso e a saída de Stella Maris, acabando com os engarrafamentos que começam na Avenida Luiz Viana Filho, a Transalvador interditou o trecho entre as avenidas Dorival Caymmi e Carybé. Em decorrência disso, os condutores que forem de Itapuã sentido aeroporto precisam seguir direto pelo Viaduto Mário Andreazza, fazer os retornos pelas alças de acesso até chegar na Av. Carybé de onde podem seguir direto.

Se as condições climáticas permanecerem favoráveis, já na próxima segunda-feira (10) o trecho será completamente liberado para o tráfego. Enquanto isso, a Transalvador mantem a sinalização e agentes de trânsito na região orientando os condutores.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Transalvador já registrou este ano 46.654 abordagens de agentes da autarquia municipal durante as blitze de alcoolemia realizadas em 2018. Segundo a superintendência, 4.331 motoristas se recusaram a realizar o teste e 134 foram flagrados cometendo crime de trânsito – quando o teor alcoólico é maior ou igual a 0,3mg por litro de ar expelido. 

Ainda segundo a pasta, foram emitidos 4.486 autos de infração e 4.214 CNHs foram recolhidas. Neste ano, as equipes da Transalvador abordaram 9,2% a mais em relação ao ano passado: em todo o ano de 2017 foram abordados 42.341 condutores. À época, foram registradas 302 recusas, 40 crimes de trânsito e 5.138 autos de Lei Seca. 

A Transalvador ressalta que as blitze continuarão a ser realizadas diariamente durante a alta estação, como já ocorre nos outros períodos do ano. A autarquia busca fazer as operações nos principais eixos e vias com maior velocidade, visando garantir uma redução efetiva do risco de acidentes e na preservação da vida dos cidadãos. 

Dirigir sob o efeito de bebidas alcoólicas é infração considerada gravíssima, agravada 10 vezes. A penalidade é multa no valor de R$2.934,70, remoção do veículo e sete pontos na CNH.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Programação deste ano está repleta de novidades tecnológicas

Salvador ganhou, oficialmente, o brilho das luzes do Natal nesta terça-feira (04). O prefeito ACM Neto lançou a nova iluminação, decoração e as novidades natalinas no Dique do Tororó e na Praça Dois de Julho, no Campo Grande, acompanhado do secretário municipal de Ordem Pública (Semop), Marcus Passos, e do diretor de Iluminação Pública, Júnior Magalhães, entre outras autoridades, ao som da música “Boas Festas”, tocada pela Banda da Guarda Civil Municipal (GCM). 

No total, são mais de 4 milhões de microlâmpadas em LED, com investimento de R$4,5 milhões, além de uma decoração toda especial, valorizando os pontos turísticos da cidade, a exemplo do Elevador Lacerda e Farol da Barra. Entre as inovações está a projeção mapeada de imagens e vídeos na fachada do Farol da Barra e nas águas do Dique do Tororó, contando a história do Natal, um aplicativo de realidade aumentada, além da Vila do Natal montada no Campo Grande.  

“Esse vai ser o Natal mais iluminado da história de Salvador, com muita alegria e brilho, tudo para nossa cidade ficar ainda mais bonita nesse fim de ano e, claro, preparando o clima para o começo de 2019. E o bacana é que essa iluminação está espalhada por toda a cidade, em várias avenidas e diversos bairros. É uma oportunidade de lazer para todas as famílias, de alegria”, afirmou o prefeito ACM Neto, ao lado das filhas Lívia e Marcela, que ficaram encantadas com a decoração natalina do Dique. 

Já no Campo Grande, o prefeito e as filhas percorreram a Vila do Natal e assistiram à apresentação do coral da Escola Municipal de Paripe, que entoou canções natalinas para o público presente. Todos também tiveram a chance de receber as bênçãos do padre Luis Simões, da Paróquia da Vitória, que levou mensagens de paz e comunhão para essa época do ano, em que é lembrado e comemorado o nascimento de Cristo. Na ocasião, o prefeito pediu a todos que zelem pela iluminação e decoração da cidade. 

Morador do Imbuí, o tecnólogo Marcos Vinícius Leite, 50 anos, a esposa Ana Paula Ribeiro, de 39, e a filha Maria Clara, de 10, foram conhecer a nova decoração de Natal e ficaram encantados com o brilho e a beleza do que viram. “A iluminação está magnífica, algo realmente diferente do que já foi visto, com muita inovação. O Dique ficou fantástico e a projeção mapeada é algo inusitado para a cidade de Salvador. Isso inspira até os turistas, que vão querer conhecer nosso Natal. Está muito bom”, avaliou Marcos, enquanto a pequena se deslumbrava com a árvore natalina no Campo Grande. 

Aplicativo – Em tempos de redes sociais, o aplicativo Natal Salvador é um dos atrativos para o público. Simples e fácil, o download está disponível nas plataformas Play Store e na Apple Store – é só buscar pelo nome do aplicativo. Uma vez instalado no celular, é só apontar o aparelho para um totem e então visualizar uma animação em 3D com o tema natalino. O usuário tem a possibilidade de criar seu próprio cartão personalizado. São 25 totens espalhados pela cidade. O aplicativo possibilita ainda a interação através de fotos e vídeos para compartilhamento nas redes sociais. 

A proposta é que a ferramenta proporcione a sensação de realidade aumentada. O aplicativo foi desenvolvido pela Prefeitura em parceira com a empresa paulista RD3 Marketing Digital. Idealizador do aplicativo, o design, engenheiro de computação e diretor da empresa RD3, Raphael Magri, atesta que o público vai gostar da experiência. “É muito simples. Após as pessoas baixarem o aplicativo, é só apontar e então aparece a interação em 3D, que possibilita tirar foto e fazer as brincadeiras nas redes”, explica. 

São quatro totens na praça do Campo Grande; dois no Farol da Barra; um no Elevador Lacerda; dois no Dique do Tororó; dois na Estação da Lapa; um no Largo da Mariquita (Rio Vermelho); um no Cristo (Barra); um na Praça Municipal (Centro); um na Praça do Panteão (Pirajá); um na Praça Irmã Dulce (Roma); um na rotatória de Paripe; um no Largo do Tanque (São Caetano); um no Canteiro Central do Imbuí; um na Praça Baixinha do Santo Antônio (São Gonçalo); um na Praça Ana Lucia Magalhães (Pituba); um na rotatória principal de Fazenda Grande III; um na rotatória de São Marcos; um na Praça Nossa Senhora da Luz (Pituba); um na Praça Miriam Fraga (Itaigara). 

Festival de luzes – Um show de luzes terá como palco o tradicional Elevador Lacerda. E mais uma vez a tecnologia se faz presente. O cartão postal ganha o moving light, tecnologia para criar movimentos e uma iluminação espetacular que pode ser vista a longas distâncias. A novidade segue até o final de dezembro, todos os dias, das 18h à 0h. 

No Campo Grande, o destaque fica por conta de uma grande Vila de Natal, que passa a funcionar diariamente até o final do mês, de segunda a quarta, das 18h às 22h, e de quinta a domingo, das 18h às 23h. Além das barracas de artesanato, santeiros e espaços para gastronomia, há um túnel e luz com som sincronizado. As luzes e artefatos natalinos também dão vida à decoração da Praça Nossa Senhora da Luz, Largo da Mariquita, e das principais ruas e avenidas, como Mario Leal Ferreira (Bonocô), Centenário, Vasco da Gama, Avenida Sete, Baixa dos Sapateiros e alguns pontos da Orla de Salvador. 

Bairros – Além dos pontos turísticos, a Prefeitura montou a decoração natalina em bairros como Narandiba (Rotatória do Juliano Moreira), Imbuí (canteiro central), Pituba (Praça Ana Lúcia Magalhães), Paripe (Praça João Martins), Fazenda Grande 3 (rotatória principal), Pirajá (Praça Panteão), Roma (Praça Irmã Dulce), Largo do Tanque e Praça de São Marcos (rotatória após o Hospital São Rafael). 

Vídeo natalino – Como parte da programação, o vídeo “Luzes de Natal” será exibido numa parede flutuante dentro do Dique do Tororó – mantida por bombas que impulsionarão as águas – até o dia 10. Serão várias apresentações, sempre a cada 20 minutos, das 18h às 22h. A tecnologia de projeção mapeada se utilizará também da fachada do Farol da Barra, que servirá como uma espécie de grande telão. Neste local, as exibições serão do dia 7 a 23, também de 18h às 22h, com intervalos de 20 minutos. 

Responsável pela concepção e roteiro das obras audiovisuais que serão exibidas no Dique do Tororó e Farol da Barra, o VJ (operador de vídeo), Davi Cavalcanti, mais conhecido como Gabiru, explica que os vídeos trazem uma mensagem de Natal ressaltando sentimentos como amor, paz e esperança. “São as luzes que nos iluminam para um mundo melhor. São imagens para alegrar as noites da cidade”, diz. 

A exibição do Farol dura nove minutos; já no Dique, são cinco. A trilha sonora é de Jarbas Bitencourt e o material contou com a participação de muitos artistas multimídias brasileiros. Além de Gabiru, contribuíram para a produção o VJs Quick Lee, Motion Graphics, Manuhell (Potugal), Homem Gaiola (Belo Horizonte), P4Nick (Bahia), VJ Astronauta Mecânico (São Paulo) e VJ Jarbas Bittencourt, que tem mais de 100 produções audiovisuais no currículo. 

“Acho importante para cidade ocupar as ruas com arte tecnologia trazendo arquiteturas digitais, que proporcionam às pessoas novos olhares sobre o espaço urbano. Desejo ver a cidade toda acesa com obras multimídia, o que coloca Salvador num roteiro internacional de arte e tecnologia, assim como acontece em algumas cidades do mundo, a exemplo de Sidney, que tem um festival de luzes. A Prefeitura abriu espaço ampliando as ações da iluminação de Natal. Espero que sigamos em frente para trazer mais luzes e o lúdico a essa cidade, que transpira beleza, ancestralidade e universalidade”, afirma o artista. 

Caixa Mapeada – No Campo Grande e no Farol da Barra, a Prefeitura instalou ainda uma caixa mapeada, que parece com uma grande televisão de 4x4 metros. Nesta caixa, passam a ser exibidos vários vídeos natalinos e, ao final, o público pode projetar a própria imagem no fundo do telão. A atração está disponível até o final de dezembro, de 18h às 23h, todos os dias.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Um dia depois de serem anunciadas como as duas novas profissionais a atuarem na rede municipal de saúde de Salvador pelo programa Mais Médicos, Thiara Pereira Prates, 28 anos, e Gabriela Vieira, 33, começaram nesta terça-feira (4) os trabalhos nas Unidades de Saúde da Família (USF) Boca da Mata e Periperi, respectivamente.

As médicas foram selecionadas no último edital lançado pelo Ministério da Saúde, após o governo de Cuba anunciar a saída do programa de cooperação. Nesta manhã, Thiara conheceu toda a estrutura da USF Boca da Mata, seu novo local de trabalho. Embora tenha nascido em Guanambi, no Centro-Sul baiano, a profissional mora na capital baiana há quase nove anos e é formada pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) há três, possuindo especialização em Clínica Geral.

Thiara conta que ingressou no programa Mais Médicos assim que o último edital foi aberto pelo governo federal no final de novembro, em substituição aos colegas cubanos que deixaram a cidade rumo ao país de origem. Revela ainda que optou por Salvador porque reside na cidade, sem saber exatamente para qual bairro iria.

Na USF Boca da Mata, Thiara vai atuar como generalista no atendimento às gestantes, crianças, adultos e idosos. “O que motivou a entrar no Mais Médicos, antes de tudo, foi a boa oportunidade de trabalho associada à possibilidade de atuação na atenção primária em uma comunidade que necessita de assistência, além de exercer medicina de uma forma ampla”, destaca ela, que já chegou a trabalhar em um hospital público de Salvador e numa empresa de atendimento domiciliar.

A expectativa para desenvolver um trabalho de qualidade, acrescenta, são as melhores possíveis. “Espero poder agregar à equipe a qual estou ingressando, e espero contribuir com a saúde das pessoas. Gostei bastante da estrutura daqui da unidade, que tem salas amplas e oferta a possibilidade de atendimento para todos os públicos”.

A USF Boca da Mata possui três equipes, com três médicos e três enfermeiros, e outras duas de odontologia. Com quatro consultórios, o posto recebe em média entre 350 a 400 pacientes diariamente. O local dispõe de atendimento médico, enfermagem, odontológico, incluindo oferta de serviços de vacina, administração e dispensação de medicamentos, realização de curativos, aferição da pressão arterial e glicemia, peso e altura, além de coletas de exames laboratoriais.

Médica em Periperi - Gabriela Vieira, 33, atenderá na USF Nova Constituinte, em Periperi. Formada há seis meses, ela fez a inscrição assim que o processo foi aberto pelo site e conseguiu ser selecionada. Nesta segunda-feira (3), durante solenidade de inauguração da USF São Marcos, ela declarou que não vão faltar dedicação e responsabilidade na condução dos trabalhos.

“Acho que é muito importante a Prefeitura investir na Atenção Básica, esse modelo atua não apenas no tratamento, mas também na prevenção de doenças. É interessante ter uma unidade próxima à residência do paciente, que poderá ser acompanhado durante um tempo e não apenas de forma pontual. Isso reflete na qualidade de vida do cidadão e diminui custos com internamento", disse.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A comunidade do Rio Sena, no Subúrbio, recebeu, na manhã desta terça-feira (4), serviços do Prefeitura-Bairro Itinerante. Foram, no total, 193 atendimentos à população, durante o evento "Tenda Esportiva: Saúde e Cidadania”, realizado na Associação Criança e Família na (Espaço Jovem em Ação).

A maior parte da procura foi para atendimentos odontológicos (113). Em seguida, ficaram serviços do Bolsa Família (35), Minha Casa Minha Vida (18), Primeiro Passo (12), e Codecon (3).

Moradora do bairro de Escada, Maria de Lourdes, de 37 anos, aproveitou a presença do serviço odontológico gratuito e próximo de casa. “Estava passando e fiquei sabendo que era de graça. Fui logo, né? Foi rápido, nem tinha muita fila. Legal que a gente não precisa pegar ônibus, enfrentar engarrafamento. Resolve logo tudo aqui”, afirmou.

A diretora-geral das Prefeituras-Bairro, Ana Paula Matos, comemorou o sucesso de mais uma edição do projeto itinerante. “Conseguimos, novamente, chegar mais perto e facilitar a vida dos nossos cidadãos. Nosso objetivo é realizar cada vez mais atendimentos, com maior qualidade e comodidade para a população”, declarou.

O Projeto Prefeitura-Bairro Itinerante foi realizado no Rio Sena junto às atividades esportivas e sociais para crianças e jovens dos bairros do Subúrbio de Salvador, com o Tenda Esportiva: Saúde e Cidadania.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Dar asas à imaginação de jovens através da leitura se tornou mais fácil com a Plataforma Caminhos Digitais da Leitura, lançada na noite desta segunda-feira (03) pela Fundação Gregório de Mattos (FGM), por meio da Gerência de Bibliotecas e Promoção do Livro e Leitura e em parceria com a Casa Salvador (Casa do YouTube). O evento contou com a presença do presidente da FGM, Fernando Guerreiro, do titular da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), Cláudio Tinoco, do presidente da Cogel, Alberto Braga, subsecretária de educação, Rafaela Pondé, do sócio da Califórnia Media House, Felipe Rartz, e de uma turma da Escola Municipal Visconde de Cairu.

Com a apresentação da titular da Gerência de Bibliotecas e Promoção do Livro e Leitura, Jane Palma, o público conheceu o projeto que tem o intuito não apenas de facilitar o acesso de jovens à leitura com uso de tecnologias ,mas também estimular que os soteropolitanos desenvolvam interesse pela arte da escrita e se arrisquem a publicar na internet os próprios conteúdos dentro dos gêneros romance, conto, crônica, cordel ou poesia.

Para Fernando Guerreiro, uma das características mais importantes da plataforma é o sentido agregador, no qual autores e leitores estarão mais próximos podendo ler e trocar experiências sobre as obras publicadas com maior dinamismo e proximidade. "Nessa plataforma, será possível dialogar diretamente com o autor. O que a internet traz de mais interessante? Primeiro, a democratização absoluta, dando mais espaço para dialogar com pessoas e escritores do mundo inteiro; e segundo, ter uma velocidade", avaliou.

O site é composto por um acervo digital, com títulos disponíveis para leitura em tablet, celular e computadores. A ferramenta também abre espaço para quem tem o sonho de publicar as próprias obras, num ambiente virtual dentro dos gêneros romance, conto, crônica, cordel ou poesia. A ideia é incentivar o hábito da leitura e estimular a produção literária. A publicação só acontece após validação feita pelo moderador técnico da plataforma. Sendo assim, o interessado deve ler atentamente o Termo de Compromisso, bem como as instruções, para ter o livro disponibilizado ao público na biblioteca digital da FGM.

Programa – O Caminhos da Leitura é um programa de arte-educação da Prefeitura, através da FGM, por meio da Gerência de Bibliotecas e Promoção do Livro e Leitura, que visa incentivar o hábito e o prazer da leitura. São promovidas circulação de livros, exposições, contação de histórias, encontros com escritores, oficinas de produção de bonecos e apresentação de Contos Cantados em escolas, bibliotecas e praças da cidade. Apenas este ano, em dois eventos realizados no Dia do Escritor e em outro momento, o projeto distribuiu 22 mil livros.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Entre os meses de agosto deste ano, quando foi inaugurado, até novembro passado, o Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua (Centro Pop) Dois de Julho já realizou 517 atendimentos e 274 cadastros. Localizado na Rua Augusto França, no Dois de Julho, o serviço possui capacidade para realizar até 200 atendimentos por mês.

Esses espaços são destinados principalmente para a oferta de serviços, como orientação e atendimento em grupo; atendimento psicossocial; orientação jurídica individual; orientação e suporte para acesso à documentação pessoal; encaminhamentos para a rede de serviços locais (saúde e assistência) e unidades de acolhimento. Além disso, são ofertadas oficinas e atividades coletivas de convívio e socialização, lanche (manhã e tarde), higiene pessoal (banheiro individualizado com chuveiros), guarda de pertences e espaço de convivência.

A técnica de referência dos Centros POP, Ravena Lima, explica que nem toda pessoa em situação de rua assistida por uma unidade do programa tem o cadastro feito pela equipe da unidade, o que causa a disparidade entre o número de atendimentos – que pode ser feito mais de uma vez pela mesma pessoa – e a quantidade de cadastros. "Alguns utilizam todo o espaço disponível no Centro Pop, mas não são atendidos individualmente por psicólogos ou assistentes sociais, então não possuem o perfil cadastrado", esclarece.

Ela conta que as equipes das unidades incentivam os assistidos a frequentarem os espaços e os atendimentos individuais. "Monitoramos e conversamos com eles. Como sempre voltam, com o tempo aceitam e fazem o atendimento com os especialistas", garante.

Legislação – O Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua, previsto no Decreto Nº 7.053/2009 e na Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais, constitui-se em uma unidade de referência da Proteção Social Especial (PSE) de média complexidade e de natureza pública e estatal. O Centro POP volta-se, especificamente, para o atendimento especializado à população em situação de rua, devendo ofertar, obrigatoriamente, o Serviço Especializado para Pessoas em Situação de Rua.

O acesso dos usuários às unidades poderá ser feito por meio de demanda espontânea, tendo em vista que o serviço deve ser ofertado em unidade de referência de fácil localização pelas pessoas em situação de rua e encaminhamentos realizados pelo Serviço Especializado em Abordagem Social. O encaminhamento também pode ser feito através de outros serviços, programas ou projetos da rede socioassistencial, demais políticas públicas setoriais ou órgãos de defesa e garantia de direitos.

Atualmente, a capital baiana conta com outros três Centros Pop. Eles estão localizados na Avenida Dorival Caymmi, 635, Itapuã; Avenida Aliomar Baleeiro, s/n, Pau da Lima; e Avenida Vasco da Gama, 2257, Engenho Velho de Brotas.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

As ruas do Centro Histórico de Salvador foram tomadas por pétalas vermelhas, cheiro de alfazema e milhares de fiéis que, na manhã desta terça-feira (4), participaram da tradicional festa de Santa Bárbara. Um grande tapete vermelho e branco formado pelos devotos no Largo do Pelourinho homenageava a santa para os católicos e a orixá Iansã para os adeptos do candomblé.

Os festejos marcam a abertura do calendário oficial das festas populares da capital baiana, que até o mês de fevereiro contará com celebrações como a de Nossa Senhora da Conceição da Praia (8 de dezembro), Santa Luzia (13 de dezembro), Bom Jesus dos Navegantes (1º de janeiro), Festa de Reis (6 de janeiro), Lavagem do Bonfim (17 de janeiro) e Iemanjá (2 de fevereiro), encerrando no Carnaval. Para dar mais conforto aos participantes da festa, a Prefeitura montou um esquema especial que envolve ordenamento do trânsito, transporte e ambulantes, além de limpeza, iluminação e controle da poluição sonora.

As homenagens à Santa Bárbara, que é conhecida por proteger os devotos das grandes tempestades, começaram cedo, às 5h com a alvorada de fogos, seguidas pelo repique de sinos e a missa campal, às 8h. Logo após a celebração, os fiéis seguiram em procissão em direção ao quartel do Corpo dos Bombeiros, localizado na Rua José Joaquim Seabra, conhecida como Baixa dos Sapateiros, onde Santa Bárbara é considerada padroeira da corporação.

Vestida de vermelho como pede a tradição, a auxiliar de enfermagem Marisa do Santos, de 66 anos, conta que é devota desde os 13 anos, quando viu a mãe pedir à santa para que conseguisse sobreviver, junto com os seis filhos, enquanto a casa onde morava foi invadida e derrubada pelas fortes chuvas em Pau Miúdo. “Santa Bárbara deu um grande livramento a mim e a minha família. Se hoje estou aqui é graças a ela, que já me livrou de várias enxurradas. A cada ano que passa minha fé continua mais viva e hoje vim agradecer e pedir para que ela nos conceda muita saúde, paz e que, com sua espada, corte todos os males que possam vir em direção da nossa população”, afirmou.

Devota há mais de 40 anos, a aposentada Heloísa Barbosa, de 65 anos, moradora de Nazaré das Farinhas, participava pela primeira vez da celebração e não conseguia esconder a surpresa e emoção com o momento. “Por alguns motivos nunca consegui participar dessa celebração e jamais passou pela minha cabeça que encontraria essa grande quantidade de pessoas juntas por um único motivo, a fé. É muito lindo de ver e tem uma energia única. Eu só tenho a agradecer”, declarou.

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...