Releases

0
0
0
s2sdefault

 

A prevenção de doenças imunobiológicas é uma luta constante em nosso país. A imunização é uma estratégia da saúde no combate às doenças como sarampo, febre amarela e paralisia infantil, que podem deixar sequelas ou mesmo custar a vida. Nesse contexto, e em alusão ao Dia Nacional de Vacinação, celebrado nesta quinta-feira (17), são realizadas campanhas de conscientização quanto à importância da imunização e atualização da caderneta de vacina.

A enfermeira Irenaldia Azevedo, de 43 anos, orienta que, mesmo em casos de doenças consideradas simples, é importante estar imunizado. “As doenças chamadas imunopreveníveis têm grande gravidade e podem provocar sérias complicações no indivíduo. No caso da Influenza (gripe), por exemplo, a gravidade varia muito de uma pessoa para outra. Os mais vulneráveis são crianças, idosos, gestantes e puérperas (fase de pós-parto), por isso esse público é classificado como grupo de prioridade. Isso é determinado por estudos epidemiológicos, que indicam quais os grupos e faixas etárias podem ser acometidos com mais facilidades por determinada doença”, disse.

Não existe uma vacina para todas as doenças, logo, a necessidade de ficar atento ao calendário e à caderneta de vacina. O cidadão que se esquecer de tomar determinada dose na data descrita na caderneta, pode se dirigir ao posto de saúde e não necessita reiniciar o esquema de vacinação. É dada continuidade ao que já foi iniciado, sem prejuízo na resposta imunológica.

Além da frequente conscientização nos postos de saúde, as unidades de saúde também realizam campanhas para reforço à imunização. Até o próximo dia 25, acontece a campanha de vacinação contra o sarampo. Os animais também não podem ficar de fora: a vacinação antirrábica para cães e gatos prossegue vai até a próxima sexta-feira (18), para evitar a transmissão da raiva para humanos.

Tipos – No calendário vacinal é possível ter acesso aos tipos de imunização e quais as faixas etárias indicadas para cada uma delas. São elas: BCG, tríplice bacteriana, hepatite B, influenza sazonal, meningocócica, pneumocócica, tetravalente, poliomielite e VORH (Oral contra Rotavírus Humano). É importante comparecer a um posto de saúde para atualizar e verificar se existe alguma pendência.

Sistema Vida – Em 2019, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através do Núcleo de Tecnologia da Informação, iniciou o Projeto Vida. O sistema de gestão em saúde pública gerencia as ações de forma integrada, facilitando assim o processo de planejamento, monitoração e avaliação dos indicadores de saúde do município.

Além disso, desde a implantação do sistema, é feito o registro virtual das vacinas ministradas. O cidadão também pode fazer o acompanhamento on-line de solicitações de exames. A ferramenta disponibiliza, ainda, o histórico clínico do SUS.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A temporada de cruzeiros na capital baiana será aberta nesta quinta-feira (17), com a chegada do navio World Explorer, às 14h, no Porto de Salvador, no Comércio. A embarcação, que tem capacidade para 200 passageiros, saiu de Recife (PE) e terá como destino final Búzios (RJ). Ao todo, 63 navios turísticos passarão pela cidade durante toda a temporada, que termina em 18 de abril do próximo ano.

A estimativa é receber 165 mil cruzeiristas, o que representa 10% de aumento em relação ao fluxo de visitantes da temporada 2018/2019, segundo a Associação Internacional de Cruzeiros (Cruise Lines International Association - Clia). A alta deve refletir consequentemente na economia local, já que o gasto médio de cada passageiro com alimentação e serviços no período passado foi de R$ 485 reais, proporcionando uma movimentação econômica de mais de R$ 70 milhões.

Além de embarcações que atracarão em Salvador, proveniente de destinos nacionais como Santos, Búzios, Maceió, haverá outras que partirão de diversas partes do mundo a exemplos do MSC Seaview, que virá de Santa Cruz de Tenerife, da Espanha; do MSC Magnifica, que sairá de Cabo Verde; e o Coral Princess que chegará do Caribe.

Receptivo turístico – Como já vem acontecendo nos últimos anos, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) disponibilizará um estande no porto com atendentes que falam três idiomas para dar as boas-vindas aos visitantes durante toda a temporada de cruzeiros. Os guias tirarão dúvidas e orientarão os visitantes sobre opções rápidas de turismo, distribuindo cartilhas com mapas contendo informações de acesso ao Centro Histórico, por exemplo. A região, aliás, está muito mais atrativa com a requalificação de espaços públicos como a Praça da Inglaterra e Rua Miguel Calmon, no Comércio, e do Largo do Terreiro de Jesus, no Pelourinho.

Mesmo sendo mais rápidas, as visitas funcionam como um incentivo para que esses excursionistas voltem a Salvador em uma outra oportunidade, permitindo uma experiência turística mais duradoura e, portanto, mais vantajosa à cadeia produtiva do turismo. “A nossa intenção é fidelizar esse visitante pra que ele possa voltar à cidade em uma outra oportunidade, e aí, sim, passar mais dias e conhecer melhor a capital", destaca o titular da Secult, Cláudio Tinoco

 

 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Os motoristas e os operadores de vagas Zona Azul em Salvador já estão totalmente inseridos na era digital do serviço. Desde a terça-feira (15), as cartelas de papel da Zona Azul não são mais comercializadas para as mais de 12 mil vagas do estacionamento rotativo da capital baiana, diante do vencimento do prazo de 12 meses de adaptação desde o lançamento da tecnologia.

As cartelas que já estão em circulação poderão ser utilizadas até o dia 30 desse mês sem que o condutor seja multado, segundo a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador). Condutores e guardadores já estão se adaptando ao sistema digital e aponta os benefícios.

João Victor Souza, de 24 anos, começou a usar o aplicativo da Zona Azul Digital há mais ou menos quatro meses e aponta que usar as vagas tornou-se mais fácil. “Semana passada eu estacionei o carro na Baixa dos Sapateiros e não tinha guardador. A minha sorte foi o aplicativo. Além disso, teve a questão da flexibilidade, pois as minhas duas horas venceram e eu pude fazer a renovação de onde eu estava, sem a necessidade de ir para onde estava o carro pegar uma nova cartela”, conta.

Para a guardadora de carros Lucineide Santos, 54 anos, a principal vantagem do sistema digital está na segurança para os clientes. “Agora nós não temos mais problema com a falsificação de cartela. Antes tinha muita cartela falsa circulando. O cliente confiava em pagar, mas era multado por conta da cartela falsa. Agora está uma maravilha”, opina.

Exercendo a função há 20 anos, ela reitera que agora consegue até ir ao banheiro mais despreocupada. “Antes o cliente podia chegar e não nos encontrar, agora é só comprar pelo aplicativo”, diz.

Adaptação – Algumas pessoas ainda estão se adaptando à mudança. A comerciante Nalva Oliveira, de 44 anos, é moradora de Praia do Forte, mas vem a Salvador com frequência. Na manhã desta quarta-feira (16), ela ficou surpresa ao saber da existência dos aplicativos da Zona Azul Digital.

“Eu ainda não sabia. A Prefeitura de Salvador fez algo bacana, porque muitas vezes eu me sentia refém dos flanelinhas. Agora vou passar a adotar, porque é maravilhoso, sem falar que eu não preciso me preocupar em ter dinheiro na mão, pois posso pagar com o cartão”, afirma.

Aplicativos – Atualmente, a Transalvador conta com 11 aplicativos cadastrados para oferecer os tíquetes de estacionamento em vagas de Zona Azul na cidade – toda a lista pode ser encontrada no site www. transalvador. salvador. ba. gov. br . Até o dia 30 de setembro, quase 124 mil usuários já haviam baixado um ou mais apps nos smartphones, e o sistema contava com 712 mil utilizações.

Para quem ainda não possui um destes aplicativos, o passo a passo é simples. Depois de baixar o app escolhido, basta cadastrar login e senha. Será necessário informar o CPF ou CNPJ e alguns dados pessoais. Neste modelo, os pagamentos podem ser feitos via cartão de crédito, débito ou boleto bancário.

Os créditos podem ser comprados com antecedência ou apenas no momento em que o motorista for estacionar o veículo. Não haverá alteração nos valores já cobrados atualmente, de R$3 por 2h, R$6 por 6h e R$9 por 12h. Em eventos, a cobrança pode variar entre R$10 e R$20, dependendo da sinalização. Além disso, o usuário poderá utilizar uma tolerância de 15 minutos. Caso saia da vaga dentro deste prazo, o valor adquirido ficará com crédito para uma nova utilização.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Criado com o objetivo de facilitar a emissão de licenças e outros serviços, o Portal Simplifica, desde que foi lançado em dezembro de 2017, tem sido a principal ferramenta de desburocratização em Salvador. Cerca de 4,5 mil atendimentos já foram realizados desde a sua criação. A solicitação do Termo de Viabilidade de Localização (TVL) é a responsável por cerca de 90% das demandas, com média de 4 mil termos já emitidos. O canal pode ser acessado por meio do link www. simplifica. salvador. ba. gov. br.

Desenvolvido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), o Portal é uma das ações do eixo Simplifica, do programa Salvador 360. A ferramenta é um grande aliado para o cidadão e o empreendedor que podem, de forma online, ter acesso a procedimentos como licenciamentos para construções, reformas, obras em logradouros públicos e muitos outros.

O Portal, além de gerar economia de tempo e recursos para a administração pública e para a população, contribui para impulsionar o desenvolvimento econômico e social da capital baiana.

Agilidade – Os serviços do Salvador Simplifica podem ser emitidos em até 48 horas após a compensação bancária do Documento de Arrecadação Municipal (DAM). O sistema conta com uma linguagem autoexplicativa e de fácil acesso, facilitando o preenchimento correto de todas as informações solicitadas.

Para que o processo de liberação seja agilizado, é importante ficar atento a alguns detalhes. As partes envolvidas devem concluir o preenchimento das informações do sistema o mais rápido possível. Nos casos de obtenção do Termo de Viabilidade de Localização, quando o contador assume o papel de procurador, o requerente deve ser informado para que autorize o prosseguimento do processo aberto para que possa dar continuidade ao procedimento.

Para o licenciamento de obras, é importante que o proprietário do imóvel e o responsável técnico estejam alinhados para que cada um possa acessar o sistema no tempo correto para não comprometer a continuidade do processo.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura, por meio da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), já retirou 200 quilos de petróleo encontrados na praia de Jardim de Alah, na manhã desta quarta-feira (16). Neste momento, o material também está sendo retirado das praias do Jardim dos Namorados e Boca do Rio, no trecho do Centro de Convenções de Salvador. Também estiveram presentes no local representantes de outros órgãos municipais, como as secretarias de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis) e Casa Civil, e de demais esferas de governo. 

O presidente da Limpurb, Marcus Passos, salientou que não houve novas praias atingidas desde as primeiras manchas encontradas em Salvador e, mesmo com a grande quantidade de material encontrada hoje pela manhã, a operação de retirada do petróleo foi feita com bastante agilidade. “De quinta-feira à noite para cá, haviam sido removidos apenas 37 quilos. Hoje, no Jardim de Alah, o montante foi retirado em 40 minutos, desde que apareceu com a maré baixa. No Jardim dos Namorados, a estimativa é de que o material seja retirado em uma hora e meia”, afirmou. 

O gestor ainda salientou que o papel da Prefeitura nos casos de mancha de óleo nas praias têm sido a de retirada e observação de presença da substância na areia. “Desde a quinta-feira, as equipes trabalham dia e noite nos locais, com ronda e observação de novas manchas. As três esferas (municipal, estadual e federal) estão unidas, sempre realizando reuniões diárias e trocando informações”, completou. Somente nesta quarta-feira, foram mobilizados 275 agentes do órgão, sendo 225 distribuídos entre Jardim de Alah, Jardim dos Namorados e Pituba, e os outros 50 na região de Itapuã/Stella Maris. 

O secretário da Secis, André Fraga, ressaltou o prejuízo causado pelo petróleo no meio ambiente e aproveitou para reforçar o alerta à população. “Os impactos (do petróleo) são visíveis, seja pela fauna ou flora, para biota ou vegetação, por ser um material extremamente tóxico. É importante que as pessoas saibam que não podem tocar sem uma proteção, uma luva, por exemplo. A cidade tem dado uma resposta muito rápida e os cidadãos devem ficar atentos a qualquer situação do tipo, ou seja, se surgir uma mancha é necessário comunicar aos órgãos competentes”, pontuou. 

Orientação – Em todo o trecho de atuação da Coordenadoria de Salvamento Marítimo (Salvamar), que vai de Ipitanga ao Jardim de Alah, os salva-vidas estão orientando os banhistas para, caso encontrem alguma mancha de óleo na água ou na areia, evitem tocar o material e informem a situação a um salva-vidas ou através do telefone 156. 

Em situações que envolvam animais afetados pelo petróleo, o contato pode ser feito com a Guarda Civil Municipal pelo telefone (71) 3202-5312, ou com a Polícia Ambiental, no número 190, a qualquer hora do dia. O Ibama também poderá ser acionado pelo (71) 3172-1650. 

Os agentes da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) também estão de plantão 24h para fazer a limpeza em todas as praias da cidade. O órgão também pode ser acionado pelo número 156. Em caso de reação alérgica no toque ou ingestão do óleo, basta entrar em contato com uma unidade de saúde.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Disciplina e determinação para realizar sonhos é o tema central da palestra motivacional que será realizada para os alunos da Arena Aquática Salvador neste sábado (19), a partir das 9h. O encontro acontecerá no próprio equipamento, no bairro da Pituba, e terá o ex-nadador e atual gerente de Esportes da Arena, Edvaldo Valério, como palestrante. 

O objetivo da palestra é motivar os alunos e conscientizá-los de, que apesar das dificuldades, é possível alcançar os sonhos. Na ocasião, o ex-atleta, que durante 29 anos praticou a natação, contará a própria trajetória esportiva, contando como as dificuldades, desafios e esforço contribuíram para a formação e conquista da medalha olímpica. 

Para Valério, que em muitas situações vê a sua história refletir na vida desses jovens, ter esse momento de bate-papo é de grande relevância para a formação desses novos atletas. “O nosso objetivo é lapidar e formar futuros campeões. Todo mundo em sua trajetória tem uma referência, e o meu intuito é mostrar para eles de como é possível alcançar seus objetivos, ainda que pareça impossível. Mas, para isso, é preciso idealizar, se esforçar e correr atrás. Será um momento motivacional para impulsionar ainda mais esses jovens”, afirma. 

Estrutura – A Arena Aquática possui 15 mil m² de área e abriga piscina olímpica de 50m x 25m, academia, sala de fisioterapia, sala de atendimento médico, sala para exames antidoping, vestiários para atletas e paratletas e sala de técnicos, dentre outros ambientes. Os alunos contam com uma equipe formada por cinco professores de educação física com especialização em natação e mais seis estagiários que atuam na Arena.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com a proximidade do Verão, a Prefeitura deu início a uma série de mutirões de revitalização nas praças espalhadas pela cidade. As melhorias visam preparar os equipamentos para a chegada da alta estação, que coincide com a época de férias escolares e maior movimentação nos espaços. Os trabalhos foram iniciados em cinco praças localizadas em Castelo Branco e já estão em fase final. 

O próximo bairro a ser beneficiado, ainda nesta semana, é Cosme de Farias. As intervenções diversas estão sendo realizadas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), órgão vinculado à Secretaria de Manutenção (Seman), em conjunto com outros órgãos, a exemplo da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) e da Secretaria de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis). 

Em Castelo Branco, já foram realizados serviços de recuperação de pergolados, troca de brinquedos e equipamentos das academias de lazer, limpeza de pichações e pintura reparadora, além de substituição das placas de comunicação visual e realização de ações de roçagem e jardinagem. As praças beneficiadas nessa localidade foram a dos Profetas e as localizadas na 1ª, 2ª e 3ª Etapas. 

“Temos trabalhado de forma conjunta com outros órgãos municipais para colocar tudo em ordem. As praças são muito utilizadas em dezembro, janeiro e fevereiro, período de férias escolares. Sabemos que são opções de lazer para as crianças das comunidades, por isso, estamos trabalhando para deixar todos esses espaços revitalizados”, disse o presidente da Desal, Marcílio Bastos. 

Próximos locais - Após a localidade de Cosme de Farias, constam no cronograma reparos nas praças Lord Cochrane (Garibaldi), João Mangabeira (Barris), ACM (São Caetano), da Bíblia Sagrada (Ogunjá) e em espaços localizados no Retiro e na Avenida Barros Reis. Além das melhorias, os mutirões preveem ainda a instalação de Dog Parks (espaço especializado para cães), academia de ginastica e espaço de jogos naquelas praças que ainda não foram contempladas com esses atrativos. 

Balanço e preservação – O trabalho de construção e requalificação de praças, promovido pela Prefeitura desde 2013, já englobou mais de 400 áreas e vem possibilitando uma melhoria da qualidade de vida das comunidades, transformando o clima da cidade. Com intuito de preservar os equipamentos, a Prefeitura promove ainda o projeto Desal vai à Escola. Trata-se de um programa motivacional em que a Desal ensina, orienta os estudantes a cuidarem e zelarem pelos equipamentos públicos.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

No próximo domingo (20) acontece a primeira celebração no Brasil pela Canonização de Irmã Dulce, a partir das 12h30, na Arena Fonte Nova. A expectativa dos organizadores é que 55 mil pessoas compareçam à cerimônia. Para garantir a comodidade dos fiéis na chegada ao estádio, a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) montou um esquema especial de trânsito, que será alterado na região a partir das 10h no dia da missa.  

Como muitos fieis chegarão de outras cidades, a Transalvador reservou 400 vagas próximas à Arena para estacionamentos de ônibus que trarão esses devotos. Esses locais foram definidos como prioridade da operação pensando na segurança e no menor deslocamento do público e viabilizando a fluidez do tráfego de veículos. Cada ônibus receberá, antecipadamente, por meio das respectivas paróquias, credenciais que darão direito ao estacionamento num desses espaços. Só será permitido o desembarque e embarque de fiéis nos espaços autorizados. 

Os espaços estão distribuídos da seguinte maneira: 75 vagas na Avenida Vasco da Gama, trecho do Dique do Tororó, sentido Barris; 60 vagas na Avenida Vasco da Gama, trecho do Dique do Tororó, sentido Bonocô; 20 vagas na Avenida Joana Angélica; 40 vagas no Vale de Nazaré, sentido Bonocô; 55 vagas no Vale de Nazaré, sentido Comércio; 30 vagas na Rua Djalma Dutra; 52 vagas na Bonocô, sentido Comércio; e 68 vagas no estacionamento da Arena Fonte Nova. Não serão disponibilizadas as vagas de estacionamento Zona Azul que tradicionalmente funcionam em dias de jogos na Arena Fonte Nova. 

Alterações no trânsito – Um perímetro de segurança de trânsito será estabelecido, através de barreiras de trânsito fixas e móveis, a partir das 10h. A iniciativa engloba as seguintes vias: Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô), a partir da entrada do Ogunjá; Avenida Castelo Branco (Vale de Nazaré), a partir do acesso à Rua Marquês de Barbacena; Avenida Presidente Costa e Silva, Avenida Vasco da Gama, a partir do acesso ao Dique, sentido Djalma Dutra; Rua Professora Anfrísia Santiago e Rua Prof. Hugo Baltazar da Silveira (Ladeira da Telebahia - Jardim Baiano). 

Após o estabelecimento do perímetro de segurança de trânsito, a partir das 10h, o tráfego será modificado em algumas vias. Nas avenidas Bonocô e Vale de Nazaré, a circulação ficará restrita a veículos credenciados e de transporte público, em ambos os sentidos. Na Avenida Vasco da Gama (trecho do Dique), no sentido Bonocô, a circulação ficará restrita a veículos credenciados e de transporte público, até a chegada dos ônibus para estacionamento. 

A partir das 18h será organizada uma fila de táxi no lado direito, iniciando em frente a Ladeira do Pepino. No Dique do Tororó, sentido Barris, o tráfego será totalmente interditado para acomodação dos ônibus no lado direito da via. Haverá interdição total da Ladeira da Fonte das Pedras. Na parte baixa da Ladeira dos Galés (parte baixa) será feito o desvio do tráfego para Rua Djalma Dutra e Ladeira de Nazaré.  

Será montada uma barreira seletiva no Campo da Pólvora/Rua do Carro, para disciplinar o fluxo de veículos para o Jardim Baiano. Na Avenida Joana Angélica, sentido Centro, haverá restrição de circulação no trecho entre o Sesc e o Convento do Desterro, em função do estacionamento dos ônibus e ponto de táxi. 

Na Rua Professora Anfrísia Santiago será proibido o estacionamento de veículos, para acesso de um público específico. Haverá barreira fixa no acesso para Ladeira da Fonte das Pedras, ficando o tráfego em sentido duplo para acesso e saída através da Rua Professor Hugo Baltazar da Silveira. Na Avenida Joana Angélica, sentido Nazaré, e a partir do Campo da Pólvora, sentido Centro, o tráfego não será alterado.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Professora na rede municipal, Cláudia Mattos, de 39 anos, teve que driblar o racismo e o preconceito para se tornar educadora e vencer na profissão, servindo de incentivo para quem sofre ou já passou pela mesma situação. Docente da Escola Municipal Consul Schindler, no bairro de São Caetano, e prestes a completar duas décadas de carreira – todas elas na rede municipal, ela celebra com reflexão e alegria o dia dedicado aos professores, celebrado nesta terça-feira (15). 

“Nunca quis ser professora, mas minha mãe sempre me dizia que a profissão de professor era a mais nobre e verdadeira. Hoje agradeço de todo meu coração a ela, por me aconselhar e poder chegar até onde cheguei”, lembra. Hoje na posição de educadora, ela conta que se sente mais forte para fortalecer os alunos na luta diária contra todos os tipos de discriminação. “Faço da minha sala de aula a extensão do meu lar e tenho orgulho em dizer que sou professora”, pontua.   

Para romper as barreiras do preconceito sofridos na infância, ela criou o projeto “Rei e Rainha Azeviche” que pretende conscientizar e valorizar a cultura afro-brasileira. O objetivo é enfrentar e minimizar o preconceito racial entre as crianças, fazendo com que elas se reconheçam como descendentes de povos que foram escravizados e esquecidos historicamente. “Eu sentia que precisava mudar isso e impedir que os meus alunos não passassem pelas mesmas angústias que passei”, conta. 

O projeto é realizado há oito anos e destinado a crianças de 5 a 14 anos. Além de trabalhar e mostrar a história do povo negro entre os meses de fevereiro a novembro, datas importantes que não constam nos livros didáticos também são comemoradas. Estética afro com desfiles de turbantes, dança afro e concurso de rei e rainha são algumas das atividades desenvolvidas pela iniciativa. 

A professora afirma ainda que, ações educativas como essas, ajudam na transformação e na construção do conhecimento. "O que eu quero mesmo é que minha turminha entenda que eles podem ser o que quiserem. Que são lindos com o cabelo crespo e com a pele negra que têm", conta emocionada. 

Destaque – A ideia chamou a atenção de vários artistas como a cantora Daniela Mercury, que convidou as crianças do projeto para participar da gravação do clipe “Pantera Negra Deusa”, lançado em 2018. Também entraram na lista de admiradoras personalidades como a atriz Edvana Carvalho; a designer de moda afro e empresária Madalena Negrif; e a escritora brasiliense Gisele Gama, que veio até Salvador para conhecer as crianças e, em breve, lançará um livro chamado “A Rainha Azeviche”, inspirado no projeto. 

Sobre a relação com os alunos, ela lembra que o professor é mais que um educador: é um amigo que os estudantes podem contar a qualquer hora. “Nós professores temos o papel de potencializar o aprendizado dos alunos, trocar conhecimentos e ajudar nas descobertas, como mediador”, finaliza Cláudia.

 

 

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...