Releases

0
0
0
s2sdefault

No Carnaval de Salvador 2020, a ideia é reforçar o não à violência contra a mulher e ao assédio e importunação sexual, ainda presente no dia a dia da população feminina no Brasil e no mundo. Por isso, o “Pare! Não à Importunação Sexual!” é uma das campanhas de conscientização do Observatório da Discriminação Racial, LGBT e Violência Contra a Mulher, coordenado pela Secretaria Municipal de Reparação (Semur) e que vem ganhando a adesão dos foliões.

Segundo Joseane Reis, que estava curtindo as atrações do Circuito Osmar (Centro) neste domingo (22), o trabalho de conscientização é um grande avanço – ela mesma já sofreu importunação em carnavais passados. “Eu me lembro que me escondia quando os blocos mais famosos de assédio passavam para não passar pelo desprazer dos homens me arrancarem um beijo. Hoje acredito que, com a luta social, com a mulher conhecendo mais seus direitos, os homens estão tomando mais precaução. Este ano eu não fui assediada”. 

Ela complementou que campanhas como a da Prefeitura para conscientizar também os assediadores é um grande apoio às mulheres. “A redução do feminicídio e a instrução sobre o direito das mulheres são uma resposta positiva dessas campanhas públicas. É a preservação da vida humana. A mulher faz parte de um grupo mais vulnerável, mas as campanhas colaboram no geral”, avaliou Joseane.

Para a foliã Neucimar Barros, que estava brincando com o filho na Passarela Nelson Maleiro, no Campo Grande, os homens estão respeitando mais este ano. “Antigamente, era muito pior. Assédio não é brincadeira. Acho que essas campanhas são ótimas para a população se conscientizar”, pontuou.

Dinâmica – A campanha “Pare!” envolve 90 agentes de campo nos dias oficiais do Carnaval até a meia-noite, observando, registrando e/ou encaminhando situações de ato racista ou violência. O Observatório dispõe de 150 profissionais espalhados em um posto central, no Campo Grande, e seis mirantes, três deles distribuídos no Circuito Osmar e outros três no Circuito Dodô (Barra/Ondina).

Caso seja presenciada alguma situação de violência contra a mulher, basta fazer a denúncia através do WhatsApp do Observatório, no número (71) 98622-5494, ou através do site reparacao. salvador. ba. gov. br.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Mais uma vez presente no Carnaval de Salvador, o sertanejo Danniel Vieira apostou em um repertório diversificado para o público do Circuito Dodô, na Barra/Ondina. O romantismo misturado com ritmo do arrocha e funk fez o público cantar ao som de músicas como "Ostentação", "Mentiroso" e "Recaídazinha".

Ele garantiu que o ritmo do sertanejo já ganhou seu lugar na festa. “Eu procuro mesclar um sertanejo com estilo alegre, unindo boas doses de romantismo também. Mas não deixo de tocar arrocha, não deixo de tocar axé, em cima do trio elétrico toco até funk. A mistura sempre é muito boa, e a receptividade do público melhor ainda”, disse.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Basta apenas um clique para o Carnaval dos Carnavais ganhar o mundo e chegar, em tempo real, a internautas de todos os continentes. Sete influenciadores digitais espalhados pelos circuitos estão cobrindo tudo que está rolando na maior festa de rua do planeta.

Os vídeos e imagens que alimentam os stories do Instagram do Visit Salvador da Bahia têm tomado conta das redes sociais. No time estourado dos criadores de conteúdo, que possui uma base de fãs somada em mais de 1,3 milhão de seguidores, estão Lívia Cady, Leo Marques, Guilherme Mascarenhas, Carol Gonçalves, Tassia Brasil, Matheus Araponga e Gab Ferreira.

A previsão é que, com essa ação promovida pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), haja um crescimento de mais de dois mil seguidores na página oficial do turismo na capital baiana. Os números já impressionam. Até o final da manhã deste domingo (23), já haviam sido contabilizadas 130 mil impressões dos stories de cobertura, além de uma média de 14 mil visitas ao perfil por dia.

Marcantes - Entre os momentos marcantes estão os encontros em cima dos trios com grandes artistas, as interações com o folião pipoca e os diversos bate-papos com quem trabalha para o Carnaval acontecer. Os influenciadores estão em todos os cantos, se dividem entre os Circuitos Dodô (Barra/Ondina) e Osmar (Campo Grande), e ainda conseguem likes e curtidas quando contam um pouco sobre os tradicionais blocos afros que fazem parte da história da festa.

Nos stories mais bombados, Carol Gonçalves conversou com o folião pipoca, dançou, subiu no trio e ainda bateu um papo com o motorista do bloco de Bell Marques, tudo isso em tempo real. A cobertura nas redes é um show à parte.

O influenciador Guilherme Mascarenhas foi além da internet e ganhou a repercussão do seu trabalho nos holofotes da imprensa televisa. No meio do Circuito Dodô (Barra/Ondina), ele chamou três foliões da pipoca de Daniela Mercury para subir no trio e conhecer a diva. Foi tanta emoção que a rainha e os fãs não contiveram as lágrimas. A cobertura chamou tanta atenção que até os atores Dan Ferreira e Danilo Mesquita deram as caras por lá.

Entusiasta - Entusiasta das ferramentas digitais para promoção do turismo de Salvador, o secretário da Secult, Cláudio Tinoco, comentou a novidade trazida para essa edição da folia. Segundo ele, a previsão é de que, apenas com a exposição nas redes sociais, a publicidade atinja cerca de dois milhões de pessoas, o que é um número bastante relevante.

"Quando a gente usa o Carnaval não só para recepcionar os turistas que aqui estão, mas, também, para promover a cidade a cada ano, a gente tende a crescer o número de visitantes em Salvador", disse Tinoco. E, para finalizar, vai uma dica: o Carnaval da primeira capital do país continua até a terça-feira (25) e você pode acompanhar tudo no @visitsalvadordabahia.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Em três dias de festa momesca, os ônibus do Expresso Carnaval já transportaram 35 mil pessoas dos estacionamentos dos shoppings Salvador Shopping, Shopping Paralela e Salvador Norte Shopping - que dispõem do serviço - até o circuito Dodô (Barra-Ondina). Ao todo, 50 veículos fazem o trajeto, saindo desses três centros de compras, num intervalo de tempo médio de 10 minutos.

Os passageiros têm elogiado o conforto do transporte, já que esse ano todos os veículos contam com ar-condicionado. “Eu utilizo o serviço desde o ano passado e gosto muito porque fico mais tranquila, economizo combustível e não pego engarrafamento, já que o tráfego é feito pela faixa exclusiva na Avenida Centenário”, disse a assistente social Marcia Chacha, 50 anos.

Para o casal Andrea Modesto, 44, e Marcelo Afonso, 47, o expresso é a melhor opção de transporte. “Eu tenho medo de moto. O transporte por aplicativo pega engarrafamento, então eu opto pelo expresso e volto mais tranquila”, contou a Andrea, que mora em São Paulo e desde o ano passado curte a folia em Salvador.

Segundo o titular da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), Fábio Mota, o número de pessoas transportadas supera o do ano passado. “Nós melhoramos a frota. Agora, 100% dos veículos estão com ar-condicionado, o que dá mais tranquilidade. Acho que, em função disso, aumentou também a procura pelo sistema. Nós aumentamos também a quantidade de carros para ter um tempo de espera menor que o do ano passado. Está muito positivo o nosso sistema do Expresso Carnaval”, afirmou.

Como adquirir - Os bilhetes seguem disponíveis para venda durante todos os dias da festa no Salvador Shopping (Praça de Serviços – Piso G1), Salvador Norte Shopping (Piso L3- expansão cinema) e Shopping Paralela (entrada principal). Cada cartão custa R$5 e pode ser recarregado e compartilhado com outras pessoas. O valor da viagem é R$ 12, tanto para ir como para voltar, e o motorista não paga pela vaga nos estacionamentos do shopping.

O serviço é disponibilizado pela Semob em parceria com os centros comerciais. Até a terça (25), 50 ônibus estarão à disposição da população, das 13h às 6h. A expectativa para este ano, o sétimo de operação, é transportar mais de 90 mil pessoas. Os interessados em saber sobre o serviço podem entrar em contato através do Instagram @expressosalvador e do site expressosalvador. com. br.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Após a reunião de avaliação com secretariado municipal, neste quarto dia de Carnaval, o prefeito ACM Neto comentou, em entrevista coletiva na Sala de Imprensa Oficial José Raimundo, no Campo Grande, sobre a programação do Circuito Osmar. “Tradicionalmente, as atrações se intensificam hoje, amanhã e depois. A Prefeitura concentra as melhores atrações nesses dias e teremos vários grandes artistas, sem cordas, aqui no Campo Grande", declarou.

"Ontem, assistimos uma pipoca extraordinária de Saulo arrastando uma multidão e assim será até terça-feira, com as demais apresentações”, acrescentou ACM Neto, que acompanha a passagem de trios do Camarote Oficial da Prefeitura, montado na Praça Dois de Julho

Durante a entrevista, o prefeito comentou ainda sobre o recorde de público no Circuito Dodô (Barra/Ondina), na noite de ontem. “De fato, o que chamou atenção desse sábado de Carnaval foi a quantidade de pessoas. As ruas estavam entupidas. Fiz todo percurso da Barra a Ondina e de fato eu nunca vi tanta gente”, assinalou, acrescentando que o sistema de transporte público municipal contabilizou um incremento de 22% de usuários quando comparado ao sábado do Carnaval passado.

Segurança - A segurança da festa e atuação da Polícia Militar voltou a ser tema das perguntas dos jornalistas. ACM Neto afirmou ter percebido uma melhora no policiamento dos circuitos. “Ontem, estava preocupado e falei diretamente com o comando da Polícia Militar para aumentar o efetivo de policiais na rua e já notamos que já existe uma atuação melhor. O que a Prefeitura pode é apelar e a gente apela para que haja um número cada vez maior de policias na rua para dar segurança ao folião".

Satisfeito com os resultados do quarto dia de folia, o prefeito destacou a grandiosidade da festa. “Quando a gente pensa que festa chegou no seu auge, a gente se surpreende. Quem passou ontem no Circuito Barra/Ondina viu que estava lotado, mas mesmo assim o Carnaval continua crescendo, as pessoas vão dando seu jeitinho, se acomodando e essa é a beleza da festa”, pontuou.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Relembrar é viver! Foi com esse o lema que os idosos do Abrigo Dom Pedro II transformaram o Camarote Acessível, no Campo Grande (Circuito Osmar), num animado bailinho de Carnaval. O som ficou sob o comando da Banda de Música da Guarda Civil Municipal (GCM).

“Eles gostam muito, lembram a mocidade”, relata a coordenadora do asilo, Valéria Souza. Mesmo com dificuldade de locomoção, não faltou disposição para coreografias. Lucia Peçanha, 74 anos, foi eleita rainha e comandou a festa ao lado do rei, Antônio Torres, 70 anos.

Antigas marchinhas foram executadas pelos 20 agentes que compõem a Banda de Música da GCM. Além dos Camarotes Acessíveis (Piedade, Ondina e Campo Grande) os músicos percorrem abrigos e casas de acolhimento, “A ideia é inserir todos, levar o Carnaval aonde a folia não chega”, comentou o inspetor-geral da Guarda, Alysson Carvalho.

Inclusão – Existente há sete anos, o Camarote Acessível no Circuito Osmar funciona das 12h às 20h e tem capacidade para 110 pessoas por dia. Este ano, foi ampliado pela Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) para dar mais conforto a foliões como a cadeirante Nilza Trindade, de 84 anos.

Com visão privilegiada da avenida, os idosos também curtem a passagem dos trios e blocos. “Venho há dois anos, adoro. É confortável e somos muito bem tratados”, diz Nilza.

“Esse camarote dá ao idoso a possibilidade de inclusão, de se sentir abraçado. Para nós é uma oportunidade de provocar a reflexão”, acrescenta a secretária da Sempre, Ana Paula Matos.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A cidade que protagoniza a maior festa popular do mundo garante, no Carnaval 2020, uma luminosidade maior nos circuitos da folia com a utilização de 4.580 luminárias em LED. Com isso, de acordo com a Diretoria de Serviços de Iluinação Pública (Dsip), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), as ocorrências de manutenção nos três primeiros dias da festa já apontam para uma redução de 68%, se comparadas ao mesmo período do ano passado.

“A Prefeitura registra um menor custo da iluminação pública com a implantação desses novos equipamentos, que possuem maior durabilidade e promovem mais claridade nas ruas e avenidas. Instalamos também 972 peças de low bays, os postes com duas luminárias extras, e isso amplia a sensação de segurança dos foliões, o que é bom para todos que participam da festa”, comemora o diretor da Dsip/Semop, Junior Magalhães.

Agilidade – O apagão registrado em parte da Avenida Sete de Setembro, às 23h desse sábado (22), foi solucionado graças à ação rápida da Dsip. “A região é de responsabilidade da Coelba, mas somos parceiros e entendemos que é necessário assegurar tranquilidade a quem está nas ruas de Salvador. Acionamos também a Secretaria de Segurança Pública solicitando reforço policial para evitar contratempo para os foliões e logo foi resolvida a situação, sem maiores problemas”, relata Magalhães.

Durante o Carnaval, um efetivo de mais de 70 servidores entre engenheiros, técnicos e eletrotécnicos da Dsip realizam vistorias e rondas diárias nos circuitos para detectar e solucionar as ocorrências, além de seis caminhões estacionados nos locais de passagem dos blocos para garantir agilidade à resolução das demandas. No Circuito Dodô (Barra/Ondina), o número de ocorrências foi 73% menor em relação ao ano passado, e 58% no Circuito Osmar (Centro).

Inovação – Salvador é a única capital do Nordeste que integra a lista das Smart Cities, cidades mais inteligentes do mundo, no quesito telegestão on line. A plataforma digital visa aumentar a eficiência da gestão de iluminação pública, o que proporciona a redução significativa de custos e uma maior interação da instituição com o cidadão, com respostas mais rápidas para cada demanda.

Além disso, diversos alarmes estão conectados e sinalizam quando uma lâmpada queimar, por exemplo, atualizando os gestores em tempo real sobre as principais ocorrências. “É, sem dúvida, uma maior qualidade nos serviços prestados ao cidadão”, diz Junior Magalhães. A novidade está sendo utilizada no Circuito Dodô.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Cenário musical alternativo e da diversidade dentro do Carnaval, o projeto Origens segue animando o público no Espaço Cultural da Barroquinha, no Centro (Circuito Osmar), neste domingo (23). Encabeçado por artistas negros e independentes, o projeto traz atrações com vertentes musicais ligadas ao rap, reggae, R&B, funk, pagode eletrônico e outros ritmos. Os show começam a partir das 15h e a programação terá nomes como Vanessa Borges, Guiguido do Ilê, Hiran, Faustino e Baile do Nêgo. 

Duelos com rimas e improvisos musicais que dão voz a temas relevantes como o empoderamento feminino e respeito serão uma das atrações promovidas pela Batalha das Bruxas, um coletivo feminino de MCs de Salvador, que levarão o rap e rip hop para o Carnaval. 

Umas das organizadoras da batalha, a MC Pollyana Menezes, 23 anos, explicou que a batalha é um evento para toda a família. A temática é livre e são proibidos qualquer tipo de preconceito e ofensas. A premissa da batalha é o respeito. 

“O que a gente quer é que o nosso publico se sinta à vontade. A gente sabe que quando o trabalho é feito com o recorte feminino, temos que pensar nas crianças que vão para o evento, nas mães de família que acabaram de parir e estão indo fazer freestyle e curtir, nas mulheres que querem ir para dançar e não ser violadas. Nós somos um ponto fora da curva”, destacou. 

Ela disse que a batalha começou em 2017 pela organização do Coletivo Vira-Lata, do qual fazia parte com outras duas MCs. Agora, possui o selo musical Nsabas, com o objetivo de ocupar espaços significativos dentro do circuito de batalhas na cidade e estado. 

“A gente identificou que, apesar da cena do hip hop estar conseguindo se movimentar e surgindo novas caras, as mulheres ainda não tinham um espaço, um evento específico. A nossa perspectiva é mostrar o protagonismo das mulher pretas. A proposta é abraçar o público feminino e LGBT”, explicou Pollyana, destacando a importância da Prefeitura apoiar e estar engajada em dar visibilidade a projetos como o Origens. 

Ritmos dançantes – Uma fusão de ritmos musicais originadas da diáspora africana, como o pagode e o afrobeat, é uma das propostas da banda Afrocidade, que também se apresenta neste domingo. "Flertamos com ritmos que mostram a diversidade africana. O pagode, por exemplo, é uma evolução do cabúla, um ritmo executado no candomblé", afirmou o baterista Eric Mazzoni. 

A banda também flerta com ritmos orquestrais, música eletrônica e rap, todas com letras politizadas e que tratam de temas como o racismo e problemas sociais. “É um show com muita diversidade e muito dançante. Quem for, vai se divertir bastante”, afirma Mazzoni.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Para diminuir os casos de agressões físicas no Carnaval, a Prefeitura intensificou, entre a noite de ontem (22) e a madrugada de hoje (23), as apreensões das chamadas armas brancas nos circuitos da folia. Em ações preventivas realizadas pela Secretaria de Ordem Pública (Semop) e pela Guarda Civil Municipal (GCM), foram recolhidos, somente neste período, 2.142 itens do tipo, como facas e espetos.

"Estamos intensificando as ações de varredura com o objetivo de apreender objetos considerados como arma branca e que possam trazer algum tipo de risco para os foliões e também para os trabalhadores que estão atuando nos circuitos do Carnaval. A intenção é manter essa operação especial até o final da folia para trazer mais segurança e proteção a todos os presentes. Com isso, ajudamos também na segurança da festa", disse o secretário da Semop, Felipe Lucas.

As apreensões contribuem para a segurança da festa, somando-se a todo esquema montado para garantir a tranquilidade do Carnaval. Dados oficiais da polícia baiana destacam, por exemplo, a redução das lesões corporais, roubos e furtos no terceiro dia de folia. Além disso, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), os casos de agressões caíram de 155 para 68 entre sexta (21) e sábado (22).

 

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...