Releases

0
0
0
s2sdefault

Situado bem no centro da Barra e formado por ruas que representam algumas capitais do país, o Jardim Brasil está mais bonito e com melhor mobilidade para pedestres e veículos, após requalificação promovida pela Prefeitura. A entrega da obra, concluída em seis meses, ocorreu nesta sexta-feira (31), com as presenças do prefeito ACM Neto e do vice Bruno Reis, além do secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Luciano Sandes, e da presidente da Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), Tânia Scofield, corpo técnico e imprensa.

O prefeito ressaltou que a obra é fruto de uma contrapartida da iniciativa privada (empresa AJ Construtora) de cerca de R$2 milhões, com o intuito principal de beneficiar a população. "Este local histórico, marcado tanto pelo aspecto residencial quanto comercial, se tornou mais bonito e moderno com esta obra", pontuou ACM Neto.

As ações no Jardim Brasil foram realizadas em um trecho de 2,5km. Um dos destaques é a pavimentação com piso intertravado, reduzindo a velocidade e possibilitando maior integração entre pedestres e veículos.

A lista de melhorias também inclui passeio em concreto lavado vermelho, urbanização, iluminação e paisagismo, bem como a pintura da Igreja Jesus Maria José. Além disso, a requalificação asfáltica ainda abrangeu as ruas Belo Horizonte, Belém do Pará, Aracaju e Oscar Carrascosa.

A iluminação foi modernizada com 33 luminárias em LED, aumentando a eficiência e, ainda, a sensação de segurança de moradores e frequentadores. As melhorias já serão aproveitadas na próxima fase de retomada das atividades, quando bares e restaurantes poderão voltar a funcionar com ocupação de espaços públicos, seguindo os protocolos de segurança sanitária.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Prefeito pede, no entanto, que sociedade continue mobilizada, caso contrário números podem voltar a crescer

Durante a inauguração das obras de requalificação do Jardim Brasil, na manhã de hoje (31), o prefeito ACM Neto disse que há vários indícios de que Salvador já vive um momento mais tranquilo em relação à pandemia do novo coronavírus. Ele ressaltou, no entanto, que não é tempo de baixar a guarda e pediu que tanto os poderes públicos quanto a sociedade continuem mobilizados contra a doença.

Entre esses indícios estão a redução para 68% da taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para tratar pacientes com a Covid-19, que ocorreu ontem (30). Também ontem, a Prefeitura registrou o melhor dia de altas em internamentos, com um saldo positivo de 35 leitos. Além disso, o número de sepultamentos em cemitérios municipais, neste mesmo dia, foi de nove, bem inferior à média diária de 15.

"Os sinais comprovam, inclusive através da redução da velocidade de crescimento da doença, que o pior aparentemente já passou. E isso só aconteceu porque a gente não relaxou, porque fomos duros e firmes ao tomar posições, a exemplo de fechar o que tinha de ser fechado, de agir com mais rigor em alguns bairros e de pedir insistentemente o apoio da população. Mas temos que continuar mobilizados para que não aconteça um crescimento da doença", ressaltou.

O prefeito frisou que ainda não deu para medir o impacto da reabertura da fase um das atividades econômicas, culturais e religiosas da cidade, que teve início no último dia 24. Os técnicos e cientistas dizem que esse fator só deve ser sentido na rede de saúde depois de 15 dias. Justamente por isso que o protocolo elaborado pela Prefeitura e governo do Estado prevê um intervalo de 14 dias entre as fases da retomada.

"As taxas de ocupação de leitos que registramos essa semana ainda não refletem o impacto da fase um de reabertura, o que só deveremos ter no final da semana que vem. Mas o fato é que essa taxa já chegou a 88%. E, depois disso, começamos um movimento de queda e ontem tivemos o melhor desempenho depois de maio. Não podemos, agora, jogar tudo isso fora. Temos que continuar firmes na luta, fazendo essa reabertura de forma criteriosa e segura".

Retomada - ACM Neto informou ainda que até segunda-feira (03) deve ser publicado no Diário Oficial do Município (DOM) os protocolos setoriais para aquelas atividades que reabrem na fase dois da retomada. São elas: academias de ginásticas e similares, barbearias, salões de beleza, centros culturais, museus, galerias de arte, lanchonetes, bares e restaurantes.

Para que Salvador entre na segunda fase de retomada, além dos 14 dias de intervalo da primeira, é necessário que existam, nesse período de tempo, cinco dias com a taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para Covid-19 em no máximo 70%. Como ontem a taxa foi de 68%, restam quatro dias. Se tudo der certo, a capital baiana pode entrar na fase dois no próximo dia 7.

O prefeito reforçou ainda que, em relação às praias e escolas, haverá um protocolo específico, que não está ligado a nenhuma das três fases da retomada. "Isso vale também para as etapas da fase um que ainda não tiveram início (a exemplo das áreas de alimentação dos shoppings). Vamos analisar tudo com calma. O que vai acontecer agora é nos prepararmos para a fase dois de reabertura", concluiu.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A palestra magna de abertura do Seminário Salvador Cidade Inovadora, promovido pela Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), será realizada pelo co-fundador do Hack Town Santa Rita Sapucaí, Ralph Peticov. O evento ocorrerá no próximo dia 5 de agosto, das 9h às 21h e as inscrições devem ser efetuadas através do link https:// doity. com. br/seminario-salvador-cidade-inovadora#about.

Segundo Peticov, a palestra vai mostrar como a pequena cidade de Santa Rita do Sapucaí, situada no sul de Minas Gerais, conseguiu se posicionar como cidade inovadora diante de grande metrópoles brasileiras. “A cidade tem 130 dias de eventos por ano, o que significa quase um terço do ano é voltado a cultura, empreendedorismo, tecnologia, música, arte...", completou.

Avaliando as potencialidades de Salvador, ele afirma que ainda é possível explorar os mercados locais de forma criativa. “Salvador já é mega cultural, e eu acredito que pode explorar mais outras indústrias, trabalhar mais cultura e o entretenimento. Falta explorar mais o Carnaval, extrapolar o tempo, ter outros eventos de cultura e entretenimento o ano todo".

O tema desta edição do seminário será “Inovação e Sustentabilidade na Real”. O objetivo é debater assuntos e desafios relacionados à temática da sustentabilidade, abordando práticas e soluções inovadoras realizadas por pessoas, cidades e empresas no Brasil e no mundo para serem sustentáveis.

Segundo o diretor de inovação da Secis, Ivan Euler, o evento vem atraindo um público maior a cada ano, e a variedade dos conteúdos o torna cada vez mais atrativo a públicos diversos. “Este é o maior evento do ecossistema em Salvador, e conseguimos atrair tanto o público de inovação atrair, como também outros públicos. A importância deste evento é trazer conteúdo que agregue a quem assiste tanto para a vida pessoal quanto profissional", pontuou.

Euler relembrou o evento teve início em 2017, e de lá para cá foram abordados assuntos inerentes à inovação, impacto social, inovação e resiliência. Aproximadamente mil pessoas já se inscreveram para participar desta edição.

Dinâmica - Serão mais de 28 horas de discussões online com a participação de 46 palestrantes e 15 moderadores. Na sala “Pessoas”, serão abordadas os conteúdos direcionados para o social; na sala “Planeta" serão painéis com foco nas questões ambientais. No espaço “Lucro", os temas direcionados a economia. Dentre os aspectos que são abordados estão a inovação na experiência da música, captação de recursos no pós-pandemia, moda e diversidade, economia circular - cidades, inovação e embalagens - e inovação na gestão ambiental.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Para finalizar o mês Julho das Pretas com chave de ouro, o programa Agente de Empreendedorismo, uma tecnologia da entidade Parque Social, promoverá uma live com o tema: "Resiliência Preta: a mulher afro brasileira e suas lutas em tempos de coronavírus”. O bate-papo será entre o agente Pedro Miguel do Carmo Silva e a pedagoga Rute Lucio de Munoz, nesta sexta-feira (31), às 18h, no Instagram @ empreendedorismoinfoco. 

De acordo com a coordenadora do programa, Maiana Brandão, a live faz parte das atividades que o programa vem realizando nesse período de pandemia. “Com o isolamento social foi necessário repensarmos algumas palestras, capacitações e partir para o uso das ferramentas virtuais”, explica. Segundo ela, os temas escolhidos para as lives são sempre relacionados ao empreendedorismo e assuntos que permeiam a vida dos empreendedores ligados ao Agente de Empreendedorismo. 

“Esse tema foi escolhido por conta do Julho das Pretas, e nós não poderíamos deixar de abordá-lo tendo em vista que 90% dos empreendedores que atendemos são mulheres, pretas e em sua maioria mães”, frisa a coordenadora. 

Estímulo aos negócios - Desenvolvido pelo Parque Social em parceria com a Prefeitura, o programa visa fomentar o desenvolvimento socioeconômico, por meio do estímulo ao empreendedorismo, dando suporte aos empreendedores e potenciais empreendedores no acesso ao crédito e na aquisição de conhecimentos específicos para que possam atuar com maior profissionalismo no seu respectivo negócio. 

Ano passado, foram realizados 14 mil atendimentos a cerca de 6 mil empreendedores. Também por meio da iniciativa, já foram promovidas 2.473 ações de estímulo ao empreendedorismo, além de três mil palestras e oficinas do Sebrae nas comunidades, resultando em 520 capacitados e o encaminhamento de 4,5 mil pessoas para acesso a linhas de crédito através de parceria com o Banco do Nordeste (BNB).

 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) regulamentou, nesta quinta (30), 99 novas vagas de estacionamento rotativo, distribuídas entre seis ruas no bairro da Praia do Flamengo. Do total de vagas regulamentadas,  5% são reservadas para idosos e 5% para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. A sinalização horizontal e vertical dos espaços está a cargo da Gerência de Sinalização (Gesin). 

As vagas foram distribuídas entre as ruas Dr. Evandro Baltazar (sete), Pasquale Magnavita (18), Vidigal de Freitas Guimarães (14), Osmar Macedo (20), Mamede Paes Mendonça (20) e Alameda Miami (20). O horário de funcionamento é de segunda-feira a domingo, de 7h até 0h. 

A modalidade será multi-hora (2h, 6h e 12h). O pagamento junto aos operadores pode ser feito com cartões de débito ou crédito, além de dinheiro em espécie. O condutor pode ainda utilizar o app Zona Azul Digital para adquirir créditos.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com objetivo de desenvolver planos para mudanças climáticas, a Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis) promove, até amanhã (31), o último dia para participar das pesquisas e debater o Plano Municipal de Adaptação e Mitigação às Mudanças Climáticas (PMAMC). No total, foram realizadas diversas reuniões e encontros entre os meses de maio e julho. 

O PMAMC é financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), através do Prodetur, e conta com o apoio do C40 e da Agência GIZ de Cooperação Alemã. A construção do plano foi iniciada em janeiro deste ano, através do levantamento de dados iniciais e pesquisas dos principais assuntos relacionados à temática mudanças climáticas. 

Por conta da pandemia, os encontros e eventos presenciais previstos foram suspensos, sendo necessário adaptar todas as atividades para o contexto virtual. 

“O intuito do plano é desenvolver mitigação para a mudança do clima, e, com o acordo proposto pelo prefeito ACM Neto, podemos observar a preocupação e a responsabilidade sob o tema. Ou seja, com essas ações podemos criar e ajudar a neutralizar o carbono e diminuir o aquecimento global”, afirma a diretora de resiliência, Adriana Campelo. 

Além de Salvador, as cidades de São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro também contam com apoio técnico e metodológico do C40 para realizarem elaborações de planos que atinjam o objetivo de neutralidade de emissões até 2050, como parte do Programa Planejamento da Ação Climática. 

Importância – A capital baiana foi a primeira cidade da América Latina a firmar compromisso com o Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia, formado para implementar políticas e ações para redução das emissões poluentes e adaptação das cidades aos efeitos das mudanças climáticas. O plano é uma das ações previstas no pacto. 

“Os encontros e/ou reuniões funcionam através de temas. Com isso, dividimos em grupos ou temas para falar sobre determinado assunto, para que seja exposto opiniões, ações ou até mesmo sugestões para implementarmos”, explica Campelo.

 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto anunciou no Twitter que a taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para pacientes com a Covid-19 caiu para 68% em Salvador nesta quinta-feira. É a primeira vez que o percentual fica abaixo dos 70% desde o dia 24 de maio, quando a taxa foi de 69%. 

"Esse percentual demonstra que as ações da Prefeitura e do governo do Estado estão corretas. Vamos continuar trabalhando muito para que possamos implantar a fase dois da retomada o mais rápido possível", disse ACM Neto.

Para entrar na etapa dois da retomada, é preciso um intervalo de 14 dias da primeira fase, que começou na última sexta-feira (24). Além disso, dentro desses 14 dias, a taxa de ocupação dos leitos precisa ficar por cinco dias no patamar de até 70%. 

Na fase dois da retomada das atividades, irão poder reabrir academias de ginásticas e similares, barbearias, salões de beleza, centros culturais, museus, galerias de arte, lanchonetes, bares e restaurantes.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

Um dos principais cartões postais de Salvador e ponto de forte comércio de artesanato e produtos da cultura local, o Mercado Modelo, na Praça do Cairu, no Comércio, reabriu nesta quinta-feira (30). Em cumprimento a um protocolo setorial com regras específicas bem definidas nesse momento de pandemia, o centro de compras registrou um movimento tranquilo. 

Para que fosse reaberto em segurança, o mercado, recentemente pintado, passou ainda por ações de desinfecção e limpeza por parte da Limpurb, que serão constantes. Os quase 250 permissionários também foram testados, ontem (29), para a Covid-19. No total, 33 resultados deram positivo, e os trabalhadores com a doença vão cumprir as medidas de isolamento. 

Há 50 anos a frente da Galeria Ogun Artesanal, o permissionário Bernardino Costa comemorou a reabertura do espaço. Ele adotou medidas importantes de segurança contidas no protocolo, a exemplo do uso da máscara convencional, o protetor facial e as luvas. Quem passava pelo seu estande encontrava um grande recipiente de álcool em gel para higiene das mãos. 

“Nosso público é de turista. Sabemos que não será fácil, mas precisávamos voltar. Espero que lá para dezembro Salvador esteja cheia de visitantes e nós possamos reaver o prejuízo”, disse Bernardino. 

Em um mês a passeio em Salvador, o paulista Jeferson da Silva, 25 anos, fez questão de ir ao Mercado Modelo logo no primeiro dia da reabertura. Protegido com uma máscara facial e um recipiente de álcool gel nas mãos, foi um dos primeiros a entrar no equipamento. “Já estou voltando para São Paulo e fiquei feliz que abriu. Vim comprar umas lembrancinhas com a cara da Bahia que só iria encontrar por aqui”, comentou. 

Normas de funcionamento – Conforme as determinações do protocolo específico, o novo horário de funcionamento do Mercado Modelo é de segunda-feira a sábado, das 10h às 16h. A capacidade máxima de ocupação é de 290 clientes simultaneamente. A temperatura dos permissionários, trabalhadores e clientes está sendo aferida na entrada do equipamento e, se o resultado for igual ou superior a 37,5°C, haverá encaminhamento para unidade de saúde. 

O acesso de entrada e saída ao Mercado Modelo está sendo realizado através de porta única. Além disso, não é permitida a realização de eventos ou promoções para não gerar aglomerações. As pessoas que pertencem ao grupo de risco recebem atendimento prioritário para reduzir o tempo de permanência no local. Clientes são orientados a só permanecer no equipamento para compras. 

O uso de elevador fica restrito a pessoas com deficiência, com dificuldade de locomoção e idosos. Já nos banheiros, pias com água, sabão, papel toalha e lixeira com tampa e acionamento por pedal foram disponibilizadas para facilitar a higienização de mãos dos usuários. Instruções foram fixadas próximo aos lavatórios, ensinando a forma correta de higienizar as mãos. O uso de bebedouros nos espaços comuns está proibido. 

Para o atendimento, os boxes disponibilizam álcool a 70% para uso dos seus trabalhadores e clientes. Em cada box, é permitido apenas o acesso de um cliente por vez. Os restaurantes, bares e lanchonetes não poderão permitir o consumo no local, apenas o serviço de delivey ou retirada no balcão. 

Já os boxes de produtos alimentícios estão autorizados a vender suas mercadorias desde que estejam embaladas e fechadas. Os clientes não podem consumir no espaço. Os funcionários que servem ou realizam entrega de produtos prontos aos clientes precisarão utilizar os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) adequados e higienizar as mãos após cada atendimento.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A força-tarefa formada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar interditaram, nesta quinta-feira (30), o supermercado Supermix, em Piatã, por descumprir os decretos municipais contra o novo coronavírus durante a inauguração da loja. 

O estabelecimento realizava ações promocionais, provocando aglomeração de pessoas. Durante a fiscalização, foi identificado que a loja estava utilizando um mini-trio, mesmo estando suspensa a atividade sonora no município. 

“É inaceitável que, em meio a uma pandemia, um empresário possa adotar medidas como essas e infringir inúmeras regras estabelecidas em prol da saúde e bem-estar de toda a população. Esse é um ato extremamente irresponsável e não haverá tolerância”, afirma o secretário da Sedur, Sérgio Guanabara. 

Balanço - De março a julho, ou seja, no período da pandemia, a força-tarefa já realizou a interdição de 6.955 estabelecimentos comerciais, além da cassação de alvará de funcionamento de 92 estabelecimentos comerciais. E mais: foram realizadas 203.905 vistorias em clínicas de estética, salões de beleza, academias, templos religiosos, cinemas, casas de eventos, shoppings, obras, instituições de ensino, clubes sociais, quadras e campos de futebol. 

 

 

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...