Releases

0
0
0
s2sdefault

 

Dos 11 bairros sob medidas restritivas e de proteção à vida promovidas pela Prefeitura, apenas Castelo Branco terá as atividades encerradas nesta sexta-feira (31). Com isso, prosseguem por mais sete dias as ações em Nordeste de Amaralina, Águas Claras, Cajazeiras VII, VIII, X e XI e Fazenda Grande I, II, III e IV. O anúncio foi feito pelo prefeito ACM Neto nesta quinta-feira (30), durante a entrega da nova Praça Cairu, no Comércio.

Na ocasião, o gestor também informou a prorrogação, por mais 15 dias, dos decretos que não englobam o protocolo conjunto já publicado de retomada das atividades, construído pela Prefeitura e governo do Estado. Ou seja, até 14 de agosto, prosseguem suspensas, por exemplo, as aulas nas redes municipal e particular de ensino e o acesso às praias.

“Estamos acompanhando os dados e a evolução dos números. Não vamos, simplesmente, determinar o fechamento de tudo por determinar. Tudo é feito com critério, embasamento nos gráficos e na análise de todos os mapas. Hoje, não anunciamos novas áreas com medidas mais restritivas, porém, se for necessário, podemos adotar incluir outros locais nos próximos dias”, alertou ACM Neto. 

Ações regionalizadas – Nos bairros com ações de isolamento mais rígidas, os comércios formal e informal devem permanecer fechados, independentemente do tamanho da área. Apenas atividades essenciais podem funcionar, a exemplos de supermercados, padarias, delicatessens, farmácias, açougues, estabelecimentos que utilizam o sistema de delivery (sem retirada no local) e serviços de saúde.

As medidas também envolvem ações de proteção à vida, com distribuição de cestas básicas para trabalhadores informais e entidades sociais que atuam na região, e de máscaras de proteção para a comunidade. Ainda são oferecidos testes rápidos para detecção do coronavírus, medição de temperatura, higienização de ruas, ações de combate ao mosquito Aedes aegypti e assistência social através do Cras Itinerante. 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Citado em canções como “Retrato da Bahia”, do cantor e compositor Riachão, um dos principais cartões-postais da capital baiana está mais belo e moderno, sem perder a história que marca o local de 32 mil m². A Praça Visconde de Cairu, ou simplesmente Praça Cairu, na região do Comércio, foi completamente requalificada pela Prefeitura e entregue nesta quinta-feira (30), dentro das ações do programa Salvador 360, eixo Centro Histórico. Estiveram presentes na ocasião o prefeito ACM Neto e o vice Bruno Reis, corpo técnico e imprensa.

O investimento total foi de R$ 8 milhões, com uma parte dos recursos oriunda de convênio com o Ministério do Turismo. O projeto de requalificação foi coordenado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) e possibilitou melhorias em toda a infraestrutura e entorno da praça. As obras foram executadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), por meio da Superintendência de Obras Públicas (Sucop).  

O local por onde, como ressaltou o prefeito, circulam milhares de pessoas diariamente, é também um ponto de encontro entre moradores e visitantes de todo o Brasil e do mundo. É, também, porta de entrada para quem chega pelo mar e ponto obrigatório nos roteiros de quem quer conhecer Salvador.

“Aqui na Praça Cairu, os turistas se deparam com a história e a cultura do povo, a exemplo do Mercado Modelo, com a presença de especiarias e produtos típicos, da capoeira, da água de coco, das baianas e de tudo o que existe em Salvador, além do acesso à Cidade Alta e uma visão fantástica da Baía de Todos-os-Santos e do Forte São Marcelo”, relatou ACM Neto.

O prefeito também agradeceu à equipe pelo empenho na elaboração e execução de um projeto que fosse arrojado e transformador. “Chegamos à conclusão de que era necessário fazer uma coisa maior e, por isso, a obra se estendeu por mais tempo. A intervenção envolveu, inclusive, mudança no viário para permitir esse amplo espaço a ser aproveitado pelas pessoas”, completou.

Melhorias – Entre as intervenções estão a construção do deque de contemplação e a colocação de piso em granito. Já o piso geral do calçamento é de concreto usinado cinza. A rampa de acesso de veículos ao Terminal Náutico foi completamente refeita, também em concreto, bem como as rampas para pessoas com deficiência. A parada de ônibus de turismo foi totalmente revitalizada.

No entorno do Mercado Modelo, foi realizado o rebatimento da fachada, a substituição do piso por pedra portuguesa nas cores branca e preta. Foram promovidas a implantação de novos bancos, reforma do busto do Visconde de Cairu, fechamento do canteiro de árvores, reforma do guarda-corpo do cais e do gradil do estacionamento do Terminal Náutico. Além disso, balizadores foram implantados na área de Embarque e Desembarque do Terminal Náutico e o gradil que circunda o monumento também foi recuperado.

A iluminação da praça e de todo o seu entorno também recebeu importantes intervenções. De acordo com a Diretoria de Iluminação (Dsip), foram instaladas 97 luminárias e 13 projetores, totalizando o investimento de R$277 mil.  

Expectativa – Mesmo ainda com as atividades suspensas devido à pandemia, os guias turísticos Ana Paula Sá, de 35 anos, e Adelmo Santos, de 37 anos, foram conferir de perto a nova Praça Cairu, já como preparação para receber os turistas após a crise sanitária. “Com essa linda estrutura, acredito que vai melhorar muito a questão da segurança. O local ficou mais aberto, amplo e, assim, o turista vai conseguir explorar novamente essa região da Cidade Baixa que estava tão abandonada durante anos”, disse Ana Paula.

“A gente percebe que, nos últimos anos, a Prefeitura vem fazendo melhorias na cidade, principalmente urbanísticas. Antigamente, a gente tinha que ‘adoçar a boca’ para falar de Salvador, devido à situação precária em que estava. Nos últimos anos, temos percebido que a cidade está se recuperando totalmente e, juntando a cultura local e a infraestrutura, era tudo o que o turista gostaria de ter”, completou Santos.

História – Tendo a um lado o Mercado Modelo; à frente, o Elevador Lacerda; e mais adiante, a Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia e o 2º Distrito Naval, a Praça Visconde de Cairu – antes grafada Cayru –, foi construída entre o final do século XIX e o início do século XX, quando o mercado ainda era a alfândega da capital baiana e parte da Cidade Baixa não tinha sido totalmente aterrada. A praça é um dos principais pontos de visitação de turistas que chegam do Terminal Náutico da cidade.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Guarda Civil Municipal (GCM) promoverá uma live em homenagem aos servidores da Prefeitura que atuam no combate à pandemia do novo coronavírus. A apresentação será neste sábado (01), às 17h, no canal do YouTube (youtube. com/ gcmsalvador). A animação fica por conta da banda de música da GCM Salvador. 

A apresentação da live será feita por Cíntia Alves, que também vai fazer participação musical. O repertório vai contar com músicas que vão de "Chame gente" à "Garota de Ipanema", além de sucessos atuais do Carnaval. Todos os músicos que irão compor a live estarão respeitando os protocolos de distanciamento social, bem como os de higienização. 

“Essas lives e campanhas servem tanto para sensibilizar o servidor como para levar a mensagem que atrás daquela farda há um membro da sociedade que também se preocupa com outras questões. Homenagear todo e qualquer colaborador, no dia que é direcionado para o servidor público, é muito interessante, massageia o ego da pessoa, faz ela lembrar que é uma pessoa importante para as atividades da cidade e para população como um todo”, pontua o inspetor-geral da GCM, Marcelo Silva.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Para garantir que os alunos da rede municipal de ensino tenham ainda mais recursos para continuar os estudos com o menor impacto negativo possível da pandemia, a Secretaria Municipal de Educação (Smed) realiza, desde a semana passada, a entrega dos chips para dispositivos móveis aos alunos. No total, serão beneficiados com o material 33 mil alunos de 101 escolas de Salvador que cursam o Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano) e a Educação de Jovens e Adultos (EJA II).

O chip ofertado vem com pacote dados contratado, e permite acesso exclusivo ao aplicativo Escola Mais, que disponibiliza aulas ao vivo aos estudantes no período matutino e, pela tarde, a possibilidade da interação de alunos e professores para esclarecimento de dúvidas.

A expectativa é que a distribuição seja finalizada na próxima semana, conforme calendário estabelecido por cada escola, de modo a não gerar aglomeração. De acordo com o chefe de gabinete da Smed, Frederico Wegelin, a proposta é que os alunos mantenham a rotina de estudos e o vínculo escolar para que não tenham seu aprendizado prejudicado e de modo que a evasão não cresça no período pós-pandemia.

"A pandemia vai naturalmente aumentar ainda mais a desigualdade social no Brasil. Nossa tentativa é de fazer com que o aluno tenha o máximo de acesso a conteúdos pedagógicos de qualidade. Salvador melhorou muito mas ainda é uma cidade pobre e nem todos tem acesso a internet", pontuou.

Os estudantes que não têm disponibilidade de aparelho de telefonia móvel para usufruir do chip podem assistir às aulas sem prejuízo através do conteúdo veiculado nos multicanais 4.2 e 4.3. Este recurso é mais uma das estratégias da pasta para auxiliar os alunos, e que tem como diferencial a facilidade de acesso aos aparelhos televisivos. Além disso, as duplas gestoras das escolas receberam tablets junto com os chips como subsídio para efetuar a gestão da plataforma Escola Mais e dos estudantes.

Assim, os gestores mantêm o contato direto com as famílias e efetuam o acompanhamento do desempenho dos alunos com precisão. Para o pós-pandemia, há a expectativa de que os estudantes permaneçam com pacote de dados ativo, a depender do cenário, para que tenham acesso a materiais de estudo complementares. Inicialmente, a Prefeitura poderá fazer uso até dezembro, gratuitamente, do aplicativo Escola Mais, e o contrato com a operadora que fornece os chips é de um ano.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto inaugura nesta quinta-feira (30), às 11h, a nova Praça Visconde de Cairu, no Comércio, que passou por obras de requalificação. Entre as intervenções estão à construção do deque de contemplação e a colocação de piso em granito. Já o piso geral do calçamento é de concreto usinado cinza.

O entorno da praça também ganhou melhorias. A rampa de acesso de veículos ao Terminal Náutico foi completamente refeita, também em concreto, bem como aquelas destinadas a pessoas com deficiência. A parada de ônibus de turismo foi totalmente revitalizada. No entorno do Mercado Modelo, que ainda será totalmente requalificado, foi realizado o rebatimento da fachada, a substituição do piso por pedra portuguesa nas cores branca e preta.

O projeto contemplou implantação de novos bancos, reforma do busto do Visconde de Cairu, fechamento do canteiro de árvores, reforma do guarda-corpo do cais e do gradil do estacionamento do Terminal Náutico. Além disso, balizadores foram implantados na área de Embarque e Desembarque do Terminal Náutico. A iluminação também foi reforçada com instalação de 97 luminárias e 13 projetores.

O projeto de requalificação é de responsabilidade da Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) e possibilitou melhorias em toda infraestrutura e entorno da praça. As obras foram executadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), por meio da Superintendência de Obras Públicas (Sucop).

História - A Praça Visconde de Cairu foi construída entre o final do século XIX e o início do século XX, quando o mercado ainda era a alfândega da capital baiana e parte da Cidade Baixa não tinha sido totalmente aterrada. A praça é um dos principais pontos de visitação de turistas que chegam do Terminal Náutico da cidade.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura informa que todos os tipos de templos religiosos da cidade estão liberados para funcionar mediante os protocolos geral e específico, sem distinção. Representantes de todas as religiões, inclusive, participaram das reuniões para a elaboração dos protocolos. Ou seja, a não reabertura de qualquer templo, em ocorrendo, se dá por livre vontade das suas lideranças.

O protocolo específico, que não cita qualquer religião diretamente, estabelece que o horário para realização dos cultos é de segunda a sábado, das 10h às 20h, e domingos, sem restrição de horário. A capacidade máxima de ocupação é de 50 pessoas por culto ou de 20% da capacidade máxima do salão de celebração, o que for maior.

Sempre que possível, devem ser designadas portas específicas para entrada e saída dos frequentadores. E, na impossibilidade, deve ser organizado o fluxo de entrada e saída, evitando aglomerações. Nos acessos, precisam ser evitadas catracas, borboletas ou assemelhados.

Os líderes religiosos devem orientar os frequentadores para não participar dos cultos, caso apresentem algum sintoma da Covid-19. Ao iniciar os cultos, os líderes religiosos precisam reforçar a necessidade de cumprir todas as determinações dos protocolos, inclusive o geral, a exemplo do afastamento de 1,5m entre as pessoas e da obrigatoriedade do uso das máscaras durante toda a celebração.

O uso de tapetes higienizadores na entrada de cada salão é obrigatório. Durante a realização dos cultos, todas as janelas e as portas de acesso e saída dos salões e dos corredores devem permanecer abertas e as portas devem ser higienizadas ao fim de cada celebração.

Os assentos que não puderem ser utilizados para garantir o afastamento de 1,5m entre as pessoas devem ser retirados ou isolados. Deve ser realizada higienização completa do local antes de cada culto, reforçando superfícies que são tocadas com frequência, como altares, púlpitos, equipamentos de som, mesas e cadeiras.

Fica permitida a utilização de aparelhos de sonorização apenas durante os cultos e desde que voltados para as áreas internas dos salões, respeitando os limites previstos na legislação que trata de emissões sonoras. Microfones, bíblias, livros e outros objetos não podem ser compartilhados nas celebrações.

Fica proibida a distribuição de quaisquer impressos para acompanhamento dos cultos. Todas as pessoas deverão ter suas mãos higienizadas com álcool em gel a 70% na entrada e saída. Não podem ser realizadas saudações com abraços, apertos de mãos ou outras que reduzam o distanciamento mínimo de 1,5m entre os frequentadores.

O atendimento individual de fiéis deverá ser previamente agendado, respeitando o distanciamento físico de 1,5m. Devem ser priorizadas formas de transferências digitais e cartão de crédito e a entrega de dinheiro em espécie precisa ser feita em cofre lacrado, localizado na entrada e antes do ponto de higienização das mãos.

Alimentos e bebidas não podem ser comercializados ou consumidos dentro dos templos, sendo vedado o uso de bebedouros. Escolas de cunho religioso e reuniões com características similares a aulas, orientações e treinamentos estão proibidas de forma presencial, enquanto as atividades escolares de forma geral estiverem suspensas. E, quando ocorrer a sua liberação, essas atividades deverão seguir o protocolo específico.

Espaços, porventura existentes, destinados à recreação de crianças como parques, brinquedotecas e similares devem permanecer fechados.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Cartão postal de Salvador, o Mercado Modelo, no Comércio, será reaberto nesta quinta-feira (30), a partir das 14h, seguindo um protocolo setorial com regras específicas bem definidas nesse momento de pandemia. Uma delas é a testagem prévia de todos os 258 permissionários para a Covid-19, que aconteceu na tarde de hoje (29), numa ação conjunta entre as secretarias municipais de Ordem Pública (Semop) e Saúde (SMS). 

Localizado na Praça Visconde de Cairu, local beneficiado por obras de requalificação que serão entregues também nesta quinta (30) pelo prefeito ACM Neto, às 11h, o mercado, recentemente pintado, passou ainda por ações de desinfecção e limpeza por parte da Limpurb. 

“Com essas ações de limpeza e testagem rápida dos permissionários, poderemos reabrir o Mercado Modelo com mais segurança, este que é um equipamento histórico da nossa cidade", disse o titular da Semop, Marcus Passos. "Agora, com as medidas sanitárias tomadas e um protocolo específico de segurança, baianos e turistas poderão voltar a frequentar o espaço", comentou o secretário da SMS, Leo Pratees. 

Protocolo - Seguindo as determinações do protocolo específico, o novo horário de funcionamento do Mercado Modelo será de segunda-feira a sábado, das 10h às 16h, com exceção do primeiro dia da reabertura. A capacidade máxima de ocupação será de 290 clientes simultaneamente. A temperatura dos permissionários, trabalhadores e clientes terá que ser aferida na entrada do equipamento e, se o resultado for igual ou superior a 37,5°C, haverá encaminhamento para unidade de saúde.

O acesso de entrada e saída ao Mercado Modelo será realizado através de porta única. Além disso, não será permitida a realização de eventos ou promoções para não gerar aglomerações. As pessoas que pertencem ao grupo de risco deverão receber atendimento prioritário para reduzir o tempo de permanência no local. Clientes serão orientados a só permanecer no equipamento para compras.  

O uso de elevador será restrito a pessoas com deficiência, com dificuldade de locomoção e idosos. Já nos banheiros, pias com água, sabão, papel toalha e lixeira com tampa e acionamento por pedal foram disponibilizadas para facilitar a higienização de mãos dos usuários. Instruções foram fixadas próximo aos lavatórios, ensinando a forma correta de higienizar as mãos. O uso de bebedouros nos espaços comuns ficará proibido. 

Para o atendimento, os boxes terão que disponibilizar álcool a 70% para uso dos seus trabalhadores e clientes. Em cada box, será permitido apenas o acesso de um cliente por vez. Os restaurantes, bares e lanchonetes não poderão permitir o consumo no local, apenas o serviço de delivey ou retirada no balcão.  

Já os boxes de produtos alimentícios poderão vender suas mercadorias desde que estejam embaladas e fechadas. Os clientes não poderão consumir no espaço. Os funcionários que servem ou realizam entrega de produtos prontos aos clientes precisarão utilizar os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) adequados e higienizar as mãos após cada atendimento. 

Requalificação - Vale frisar que o Mercado Modelo ainda passará por requalificação interna. A licitação para as obras deve ser publicada nos próximos dias. O projeto é da Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF).

 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault
 
Já está em pleno funcionamento a nova estrutura do Núcleo de Abastecimento, Comércio e Serviços (NACS) de Itapuã. Com espaço renovado para ambulantes e feirantes, a estrutura inclui piso, jardinagem e acessibilidade. Cerca de 200 permissionários dividem uma área de 420 metros quadrados, entre vendedores de hortifruti, carnes, temperos, frutos do mar, roupas e acessórios. 
 
Com investimento de mais de R$ 500 mil, a nova estrutura tem o objetivo de valorizar e oferecer melhores condições de trabalho aos profissionais. Além de garantir mais conforto aos clientes, o NACS também possui lona térmica para os permissionários trabalharem sem se preocupar com chuva ou sol. Durante o período de pandemia, o NACS funciona com horário reduzido, de segunda à sábado, das 7h às 14h. Já aos domingos, de 7h às 12h. 
 
“O NACS de Itapuã oferece uma grande variedade de produtos e atende pessoas de diversos bairros. Entendendo sua importância para a cidade, resolvemos realizar uma requalificação do espaço, que aconteceu em duas fases. A primeira beneficiou o espaço dos feirantes de alimentos. Já na segunda fase, foi o momento de focar nos ambulantes de confecções e serviços diversos”, explica o titular da Semop, Marcus Passos. 
 
“Estamos empreendendo todos os esforços para a melhoria contínua das feiras e mercados municipais, a fim de proporcionar mais conforto e uma melhor infraestrutura para a população que frequenta esses espaços”, acrescenta o secretário. 
 
Intervenção aprovada - Geralda Inácia, 54 anos, que trabalha como feirante no local há 18 anos, aprovou a nova estrutura do NACS de Itapuã. “Essa reforma fez uma diferença enorme. A gente consegue perceber a diferença na estrutura e ainda é possível atrair o cliente com a nova fachada”, diz. 
 
Ao lado da sua barraca de temperos e bem atento aos cuidados por conta do coronavírus, João Vitorino, conhecido entre os feirantes como “nosso amigo”, de 69 anos, relata que sentiu impacto nas vendas devido ao covid-19. “Esperamos que com a nova estrutura e melhoria possamos conseguir vender mais durante esse período. As vendas caíram, mas não podemos desanimar”, afirma. 
 
0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), lançou um chamamento público para aquisição de um milhão de máscaras cirúrgicas descartáveis e 100 mil testes rápidos para o novo coronavírus. O aviso de convocação para compra dos materiais foi publicado no Diário Oficial do Município.

A medida, que prevê a obtenção imediata dos insumos, visa garantir a manutenção das ações operacionais para o diagnóstico da doença no município.  “Adquiriremos um quantitativo considerável de testes rápidos que serão direcionados prioritariamente aos profissionais de saúde e outros trabalhadores de serviços essenciais, nas blitzes que contam com a parceria da Transalvador, além das ações nas localidades com medidas restritivas regionalizadas", disse o titular da SMS, Leo Prates.

"Fomos umas das capitais pioneiras no país na realização da testagem da população e o resultado desse investimento é refletido hoje com a inibição da disseminação acelerada do vírus em nossa capital”, acrescentou.

O edital do pregão eletrônico está à disposição dos interessados no endereço www. licitacoes-e. com. br.

 

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...