Releases

0
0
0
s2sdefault

Nesta quinta-feira (29), os órgãos públicos municipais estarão em ponto facultativo, mas a população de Salvador contará com serviços essenciais, como saúde e segurança, bem como as ações emergenciais e de prevenção vinculadas à Operação Chuva 2018, sem interrupções durante o feriado de Semana Santa.

As repartições voltam a funcionar na segunda-feira (02), com a jornada acrescida de uma hora, por efeito da compensação do ponto facultativo. O horário dos órgãos e entidades da administração serão definidos pelos seus gestores, desde que respeitando o intervalo de uma hora para a refeição.

Biometria – O recadastramento biométrico que é realizado nas quatro Prefeituras-Bairro (Pau da Lima, Barra/Pituba, Subúrbio/Ilhas e Cajazeiras), disponibilizadas para a ação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), será suspenso a partir desta quinta (29). Todas as dez unidades das Prefeituras-Bairro terão expediente suspenso no período.

Codesal – A Defesa Civil de Salvador (Codesal) permanecerá de plantão durante 24 horas através da central 199. O órgão também vai manter engenheiros para atender qualquer demanda durante o período de Páscoa. No domingo (1°), a Codesal inicia a etapa de alerta da Operação Chuva, quando as equipes de todo o Sistema Municipal de Proteção e Defesa Civil (SMPDC) reforçarão o atendimento aos possíveis eventos naturais provocados pelas chuvas.

Saúde – Todas as 14 unidades de pronto atendimento, a Unidade de Atendimento Odontológico (UAO), do Dique do Tororó, o SAMU 192 e o Pronto Atendimento Psiquiátrico de Salvador, que fica anexo ao 5º Centro de Saúde Clementino Fraga, na Avenida Centenário, irão operar ininterruptamente durante o feriado.

Segurança – A Guarda Civil Municipal prestará apoio às ações dos órgãos municipais, na proteção dos agentes e do patrimônio público, além de realizar atividades de rotina e patrulhamento preventivo em diversos pontos da cidade.

Trânsito – Até quinta-feira (29), a Transalvador intensificará a fiscalização de ordenamento e controle de tráfego em estabelecimentos comerciais de grande circulação de pessoas, como no Mercado Popular de Água de Meninos (Mercado do Peixe), Feira de São Joaquim, Feira das Sete Portas, além dos locais de chegada e saída da cidade com grande fluxo de passageiros, como Ferry-Boat, Rodoviária e Aeroporto.

A partir de sexta-feira (30), os agentes farão rondas por toda a cidade, a fim de coibir irregularidades nas vias. O acompanhamento do trânsito será feito em tempo real pelo Núcleo de Operação Assistida através das câmeras de monitoramento, e a Operação Lei Seca continuará sendo feita diariamente.

Ordenamento – A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) atuará com 100 agentes de fiscalização na Operação Semana Santa, até sábado (31). A atividade tem a finalidade de ordenar o espaço público e resguardar o direito de ir e vir da população nas áreas do Mercado Popular de Água de Meninos e da Feira de São Joaquim. Os agentes ainda trabalharão durante as comemorações do Festival da Cidade, no Campo Grande, no domingo (1º).

Poluição Sonora – Durante todo o feriado, agentes de combate à poluição sonora estarão de plantão nos três turnos, manhã, tarde e noite, no pronto atendimento do Fala Salvador 156, fiscalizando veículos que estiverem sendo usados para altas emissões sonoras, fora dos níveis e horários permitidos pela Lei Municipal 5.354/98.

Salvamar – Os serviços da Coordenadoria de Salvamento Marítimo de Salvador (Salvamar) serão intensificados neste período. Serão 72 agentes distribuídos em 32 postos fixos e quatro postos volantes, das 8h às 18h, entre as praias de Jardim de Alah e Ipitanga, na divisa com Lauro de Freitas.

Neste início de outono, a Salvamar alerta os banhistas que tenham atenção na escolha das praias para o lazer durante o feriado, devido às correntes marítimas que ficam mais fortes no período. Em caso de dúvida, vale pedir dicas de segurança ao salva-vidas de plantão.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com ações voltadas ao período da Semana Santa, agentes da Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon) realizaram, na manhã desta terça-feira (27), uma inspeção em bares e restaurantes localizados na região do Imbuí. A ação teve o objetivo de fiscalizar estabelecimentos comerciais que ofertam comidas típicas da época que levam, por exemplo, itens como peixe e camarão.

Dezesseis estabelecimentos receberam os fiscais do órgão e 13 deles apresentaram alguma irregularidade. Como saldo da operação, foram emitidas 25 notificações, sendo sete por ausência de informação de validade afixada nos alimentos, outras sete pelo estabelecimento apresentar produtos com a validade vencida e mais seis notificações em função dos espaços utilizarem modelo de lixeira inadequado.

Foram lavrados dois autos de infração, sendo um deles por validade vencida e outro por ausência de informação de validade. "Essa vistoria evita transtornos e constrangimentos para a população", explica o diretor da Codecon, Alexandre Lopes. Os estabelecimentos possuem o prazo de 10 dias para apresentação de defesa. Desta forma, será aberto processo administrativo com possibilidade de multa, que pode variar de R$600 a R$6 milhões, a depender do tipo de infração ou reincidência.

A Operação Gourmet teve como base a Lei Federal 8.078/90, que regulamenta o Código de Defesa do Consumidor (CDC). Foram vistoriados quesitos como a validade e o acondicionamento dos produtos armazenados, higiene dos ambientes, tipos de lixeiras utilizadas, entre outros itens. Além disso, os agentes verificaram a existência do exemplar do CDC, que, por lei, deve está localizado ao alcance dos clientes.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Intermediar mão de obra e facilitar a recolocação dos cidadãos no mercado de trabalho. Tudo isso, gratuitamente. Essa é a missão que há 13 anos norteia o funcionamento do Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra (SIMM), que é um dos principais aliados para quem busca um novo horizonte em Salvador. O serviço, que existe desde 28 de março de 2005, é gerenciado pela Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel).

No primeiro trimestre de 2018, aproximadamente 7,8 mil pessoas foram encaminhadas para processos seletivos de vagas de emprego. Entre as áreas com maior demanda estão as de padaria e confeitaria, hotelaria e call center. Este último foi o que mais recrutou para primeiro emprego, pois, ao contrário da maioria dos empregadores, não exige experiência comprovada. O perfil mais solicitado para os candidatos é de jovens entre de 25 a 45 anos, com predominância feminina.

Para o titular da Semtel, Geraldo Júnior, a qualificação e atualização contribuem para a melhora da carreira das pessoas que procuram o serviço. “Temos a satisfação de ver que podemos mudar vidas, que oferecemos meios para que essas pessoas transformem o rumo profissional ou até mudem de área. É importante que o cidadão se qualifique, busque se atualizar, agregar conhecimento ou conhecer novas áreas, e o SIMM oferece isso", ressalta Geraldo Júnior.

Os interessados em uma vaga de emprego devem ir a um dos postos do SIMM, levando originais da carteira de trabalho, carteira de identidade, CPF, comprovantes de residência e histórico escolar, além do número do PIS, Pasep ou NIS. No SIMM, o trabalhador conta com uma equipe capacitada para atendê-lo. Ao chegar, recebe uma senha, distribuída com horário específico para cada posto de atendimento - que pode ser na sede ou em uma das Prefeituras-Bairro.

No primeiro atendimento, o trabalhador tem o currículo elaborado ou incrementado e é orientado a acompanhar periodicamente, pela mídia e redes sociais, as vagas disponibilizadas, retornando quando seu perfil profissional atender aos requisitos da vaga. Existindo vaga, o trabalhador é encaminhado para participar de processos seletivos nas empresas, diretamente pelo Setor de Atendimento ou após avaliação do Serviço de Psicologia.

Além de intermediação de mão de obra, o SIMM, em parceria com Ministério do Trabalho e Emprego, realiza o encaminhamento da habilitação para recebimento do Seguro-Desemprego. Entre os outros serviços oferecidos estão a emissão de carta de emprego, formalização e declaração anual do Simples Nacional do Micro Empreendedor Individual (MEI), Baixa do CNPJ, Emissão do DAS e Carteira de trabalho. Cursos, oficinas e palestras de qualificação são realizados periodicamente em parceria com instituições que atuam na área de qualificação profissional.

As empresas interessadas em disponibilizar vagas através do SIMM devem entrar em contato com a Unidade Central, que fica no Comércio, para formalizar a parceria. Através de formulário específico, pode disponibilizar as vagas a serem preenchidas, descrevendo todo o perfil desejado. Serviços de recrutamento, seleção e orientação são disponibilizados aos empresários que oferecem as vagas. Uma equipe de psicólogos especializados realiza uma pré-seleção de acordo com os pré-requisitos fornecidos pela empresa.


Postos de atendimento do SIMM

SIMM
Rua Miguel Calmon, nº 506, Edifício Ouro Preto, Comércio
Ponto de referência: ao lado da praça da Mãozinha.
Telefone: 3202-2016
Distribuição de senhas: 6h30
Início atendimento: 7h

Prefeituras-Bairro
Distribuição de senhas: 7h30
Início atendimento: 8h
Barra/Pituba
Cabula/Tancredo Neves
Cajazeiras
Centro/Brotas
Cidade Baixa/Lobato
Itapuã/Ipitanga
Liberdade/São Caetano
Pau da Lima
Subúrbio
Valéria

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Semana Santa se aproxima e tanto clientes como revendedores de pescado apressam o passo. Os primeiros a fim de garantir o item principal da ceia, enquanto os comerciantes tentam manter a fidelização dos fregueses, seja oferecendo comodidades, como os alimentos já tratados, ou por meio daquele desconto especial. Os estoques também estão sendo reforçados por conta da demanda. Mas, atenção! É preciso paciência e argumentos na hora de negociar para obter as vantagens.

Atuando no comércio de frutos do mar desde a adolescência, Antônio Conceição Silva mantém, há mais de uma década, um ponto certo no Mercado Municipal de Água de Meninos, na Cidade Baixa. Para ele, vale mais a fidelização dos clientes com preços atrativos que endurecer na hora da negociação. "Sempre tem um chorinho. Os preços, na verdade, estão bem convidativos, muito abaixo do que é praticado nas grandes redes de supermercados, por exemplo. Mas sempre é possível uma negociação vantajosa para todos", garante.

A tática tem funcionado, segundo o comerciante. "Meus clientes são fiéis e as vendas estão superando as expectativas. Tanto que vou precisar repor o estoque até o final da semana", diz Antônio Conceição.

Destaques - Para garantir maior comodidade para a população, bem como atender ao grande fluxo de pessoas durante a Semana Santa, os mercados municipais de Água de Meninos, mais conhecido como Mercado do Peixe, na Ladeira da Água Brusca; do Mercado de Itapuã, na Rua Genebaldo Figueiredo; e do Mercado da Liberdade, localizado na Rua Gonçalo Coelho, atuarão em esquema especial de horários.

O Mercado de Água de Meninos, cuja estimativa de venda para o período é de aproximadamente 10 toneladas, vai funcionar de segunda a quinta-feira, das 5h às 19h, e na sexta-feira até às 13h. O mercado de Itapuã vai abrir às 6h e fechar às 17h, de segunda a quinta. Na sexta-feira, ficará aberto até 13h. Já o Mercado da Liberdade vai funcionar na sexta-feira, das 6h às 17h30, e no sábado, das 6h às 19h.

Dentre os itens mais procurados para a ceia da Paixão de Cristo estão vermelho (R$ 27), corvina (R$ 15), badejo (R$ 30) e os dois tipos mais populares de pescada: branca e amarela, por volta das R$ 30. No campo dos mariscos e demais integrantes da ceia, vale destacar o camarão (R$ 30); o siri catado (R$ 35); o chumbinho (R$ 15) e o sururu (R$ 15).

Nutrição - Além de itens indispensáveis à tradição da Semana Santa na Bahia, os frutos do mar compreendem ainda uma importante e rica fonte de nutrição para o corpo humano. De acordo com a nutricionista Ana Kelly Amaral, o consumo de peixes é benéfico à saúde for serem alimentos com fonte de proteínas e minerais como zinco, que tem efeito antioxidante no organismo, e ácidos graxos ômega 3, que têm ação anti-inflamatória conferindo proteção cardiovascular, redução dos níveis de LDL colesterol, chamado colesterol ruim, e aumento dos níveis de HDL colesterol, o colesterol bom, melhorando a memória, por exemplo. Já os mariscos e moluscos, como camarão, caranguejos, lula, polvo, também são ricos em proteínas, cálcio, zinco e ômega 3.

"Os peixes com maior concentração de ômega 3 são os peixes de água fria, como salmão, atum, sardinha e arenque. Outro benefício em relação ao consumo de peixes é que eles são fontes de vitamina D, principalmente os peixes com maior teor de gordura, local onde essa vitamina fica armazenada. A vitamina D é fundamental para a saúde óssea, pois aumenta a absorção de cálcio no intestino, ajudando na prevenção da osteoporose", destaca a nutricionista.

A especialista lembra ainda que o consumo de sardinha, atum e outros enlatados não são maléficos à saúde. "Ao consumir peixes enlatados, escolha sempre os conservados em óleo. Na hora de consumir, o óleo deve ser totalmente descartado. A forma de preparo dos peixes e mariscos também é muito importante, o ideal é prepará-los ao forno, ou fazer preparações grelhadas ou cozidas, juntamente com verduras e legumes para aumentar o valor nutricional da refeição. O cuidado na compra e armazenamento é muito importante, para que não ocorram intoxicações alimentares", explica.

Na hora de comprar os alimentos, a nutricionista pede muita atenção em relação à qualidade do peixe e mariscos. "Não deve haver água dentro da embalagem, nem sinal de recongelamento, a consistência deve ser firme, não amolecida, nem pegajosa, com odor característico. A cor característica dos filés de peixe, geralmente, é branca ou ligeiramente rósea", destaca.

Segundo Ana Kelly Amaral, o armazenamento pode ser realizado sob congelamento, onde os alimentos são armazenados à temperatura de, no mínimo, 0 ºC e sob refrigeração, à temperatura de 0 ºC a 10 ºC.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O acesso à previsão de chuvas intensas, assim como os possíveis eventos naturais decorrentes delas, é realidade na capital baiana através do serviço de alertas via SMS – a ferramenta é disponibilizada gratuitamente pela Defesa Civil de Salvador (Codesal) a lideranças comunitárias e voluntários capacitados para atuar em áreas de risco. Desde 2016, quando o sistema foi implantado na cidade, o órgão municipal contabiliza 1,2 mil cadastrados para receber as mensagens.

Através dos torpedos enviados aos celulares, a Codesal informa a estimativa de chuva para as próximas horas (tempo que varia conforme a duração período), além de aviso de risco para alagamentos e deslizamentos. Essa comunicação preventiva facilita a atuação dos colaboradores nas comunidades, com a realização de atividades de informação, instrução e mobilização da população em casos de riscos de desastres.

As mensagens também costumam ser enviadas quando ocorrem simulados de evacuação. O acompanhamento das condições do tempo e clima acontece no Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil (Cemadec), cuja instalação possui equipamentos de ponta de análise climatológica, para produção de informações diárias sobre temperatura, clima e índice pluviométrico de Salvador.

O Cemadec detecta espécies de aglomerados de nuvens de chuva que se aproximam, bem como o potencial de precipitação. É a partir da análise desses fenômenos que a unidade emite alertas de situações que possam oferecer riscos à população. “Temos como objetivo atuar preventivamente e, para isso, usamos toda a tecnologia necessária em prol da segurança do soteropolitano”, explica o diretor-geral da Codesal, Sósthenes Macedo.

Âmbito nacional - Como reforço à ação da Codesal, a Defesa Civil Nacional também passou a oferecer o serviço de SMS gratuito de alertas climatológicos. As informações são geradas pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), órgão vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Qualquer cidadão pode se cadastrar no serviço enviando SMS, com informação do CEP, para o número 40199.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com 30 anos de carreira, o cantor e compositor Márcio Mello se apresenta nesta quarta-feira (28) no Festival da Cidade, evento que faz parte das comemorações pelos 469 anos de Salvador. O show acontece num lugar emblemático para o público rock’n’roll: o Largo da Mariquita, no Rio Vermelho. Ele sobe ao palco às 19h, pouco antes da carioca Marina Lima, que se apresenta às 21h. Já se apresentaram no festival nomes como Thiago Arancam, tenor brasileiro sucesso na atualidade, e o "gigante" Léo Santana.

Roqueiro e irreverente, o artista vai levar ao palco um show novo, que mistura momentos de rock e abordagem mais intimista, com voz e violão. Intitulado 1967 – ano de nascimento do artista – o show “vai ser levemente pesado”, brincou o cantor em relação às novidades. “Meus fãs vão ver um Márcio Mello mais moderno, com a música mais macia e uma musicalidade mais rebuscada, mas sem perder a irreverência”, contou.

Autor de canções como “Esnoba”, “Nobre Vagabundo” e “Céu Azul”, Márcio Mello tem a carreira firmada no cenário rocker da capital baiana. Vivendo atualmente no Rio de janeiro, o artista disse ter ficado lisonjeado com o convite e confessa estar vivendo dias de ansiedade pela apresentação. “Trazer meu novo show para a minha cidade, encerrando o verão e iniciando o outono é maravilhoso”, conclui.

O Festival da Cidade começou no dia 23 de março e segue até 1° de abril, com mais de 60 atrações em 14 pontos de Salvador. A programação variada conta com esporte, teatro, música, brincadeiras, oficinas de experimentação artística, exposições e muito mais. Organizado pela Empresa Salvador Turismo (Saltur) em parceria com a Fundação Gregório de Mattos (FGM), o evento conta com patrocínio da Caixa, Salvador Shopping e Salvador Norte Shopping.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Usuários de aparelhos com o sistema iOS já podem atualizar o aplicativo NOA Cidadão, da Transalvador, e aproveitar todas as funcionalidades oferecidas pela nova versão. Uma das novidades é que o usuário poderá receber alertas de ocorrências de grande impacto no trânsito em tempo real, e evitar vias que estejam com alguma situação.

Para o superintendente Fabrizzio Muller, estes alertas, chamados pushes, “permitem que o condutor evite o trajeto com algum problema, e se reprograme ao tomar conhecimento da situação”. Com a nova versão, também será possível fazer o cadastro do veículo, informando no aplicativo o número do renavan e placa, para que o condutor seja avisado caso seja autuado pelo órgão de trânsito.

Será possível ainda consultar a segunda via de notificações e até mesmo ser avisado do vencimento de multas para pagamento com desconto de 20%. Ao clicar nas notificações, os detalhes da autuação serão exibidos na tela com informações como prazo de defesa e de apresentação de condutor. Porém, as novas funcionalidades não alteram o envio da notificação por correspondência impressa, as vias amarela e verde.

Assim como na versão anterior, o usuário poderá fazer solicitações pelo aplicativo, como aviso de acidentes, estacionamento irregular e veículo quebrado na via, entre outros. A novidade é que o cidadão receberá uma mensagem com a resposta à sua demanda ao ter seu atendimento finalizado pela Transalvador.

O aplicativo também permite que sejam feitas solicitações que envolvam outros órgãos, como queda de árvore ou pontos de alagamento, por exemplo. Em casos de acidentes com vítimas, o cidadão poderá acionar a Transalvador, que irá informar imediatamente a ocorrência ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Mais três importantes ações foram promovidas pela Prefeitura nesta terça-feira (27), dentro da programação de aniversário de 469 anos de Salvador, desta vez na região administrativa de Itapuã/Ipitanga. A agenda foi iniciada com a assinatura de ordem de serviço para reforma de 200 casas em situação precária em Itinga, dentro do programa Morar Melhor. 

Em seguida, foi a vez da inauguração da Escola Municipal e da Unidade de Saúde da Família do Jardim das Margaridas. As estruturas, preparadas inclusive para atender às famílias com crianças com microcefalia, estão localizadas dentro do Residencial Margaridas – empreendimento do Minha Casa, Minha Vida entregue no último dia 10. Os eventos contaram com as presenças do prefeito ACM Neto e do vice, Bruno Reis, acompanhados de secretários e gestores municipais, autoridades e população. 

O prefeito lembrou do compromisso de levar as ações em bairros onde a administração municipal nunca tinha chegado antes. “A Prefeitura chegou para mudar a realidade de locais como Cassange, Bosque das Bromélias, Nova Esperança e Itinga. Foram feitas aqui diversas ações como melhoria da drenagem, limpeza de canais, Morar Melhor, novas praças, quadras, campos, escolas e pavimentação, além da incrementação da mobilidade com novos acessos e criação de linhas de integração entre as estações Pirajá e Mussurunga. Tudo isso para melhorar as condições de vida da população daqui”, completou.

 Ação inédita – Pela primeira vez em Itinga e com investimento de mais de R$1 milhão, o Morar Melhor vai beneficiar residências como a de Verena de Jesus, de 28 anos e que mora no bairro desde que nasceu. Com quatro filhos, ela revelou ser um sonho ver a casa completamente reformada. “Já tem dez anos que não consigo fazer algo aqui. Desempregada, então, ficou ainda mais difícil. Achei maravilhosa essa iniciativa, agora é tudo novo pra mim e pra minha família”, afirmou.

Esta é a nona localidade alcançada pela segunda etapa do programa em 2018. As ações também são realizadas nos bairros de Alto de Coutos, Castelo Branco, Ribeira (Mangueira), Sete de Abril, Boa Vista de São Caetano, Cosme de Farias, Fazenda Coutos III e Arenoso, em um total de 2.330 residências. Até o fim de 2020, 40 mil residências devem ser reformadas pela administração municipal, com ação coordenada pela Seinfra.

Com limite de até R$5 mil para cada casa, as intervenções promovidas pelo Morar Melhor são escolhidas pelos próprios moradores: pintura e reboco, novo telhado, implantação de louças sanitárias (pia e vaso) ou esquadrias (portas e janelas). Entre os critérios para a escolha das regiões beneficiadas estão locais com maior número de domicílios com alvenaria sem revestimento; que possuem moradores abaixo da linha de pobreza (renda per capta inferior a R$ 85/mês); e que tenham predominância de mulheres chefes de família. Imóveis em situação de risco cadastrados pela Defesa Civil de Salvador (Codesal), alugados ou de famílias que apresentem renda superior a três salários mínimos não são contemplados. 

Educação– Com investimento de R$ 5,9 milhões, a Escola Municipal Jardim das Margaridas tem capacidade para atender 900 alunos da comunidade e de bairros vizinhos que estejam cursando do 1º ao 9º ano. O equipamento foi construído em uma área de mais de 3 mil m² e conta com 14 salas de aula, refeitório, área externa, depósito, cantina, triagem, despensa, rampa, sala para múltiplo uso, copa, diretoria, sala de professores, coordenação, secretaria, brinquedoteca, sala de atendimento educacional especializado e de leitura.

USF – Com capacidade para atender cerca de 460 pessoas por dia, a nova Unidade de Saúde da Família de Jardim das Margaridas levará atenção integral à saúde para 1.880 famílias da localidade. Os moradores contarão com áreas laboratoriais, de atendimento médico, de enfermagem e odontológica. A construção desta unidade é fruto de reivindicações da comunidade, que agora terá um equipamento perto de casa e com atendimento para todas as faixas etárias.

Ao todo, seis equipes atuarão no local, três de saúde da família e três de saúde bucal, em jornada de trabalho de 40 horas semanais. Para o bom funcionamento da USF estão sendo contratados 19 profissionais, entre médico generalista, cirurgião dentista, auxiliar de saúde bucal, enfermeiro e técnico de enfermagem e assistente administrativo, dentre outros.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Levantamento realizado pela Transalvador apontou queda de 11% nas notificações de infrações de trânsito no 1º bimestre deste ano, em comparação ao mesmo período de 2017. Em números absolutos, foram 163.033 autos lavrados em janeiro e fevereiro de 2017, contra 145.158 nos dois primeiros meses de 2018, indicando comportamento de mais respeito às leis de trânsito por parte dos condutores soteropolitanos.

Os números, segundo o superintendente Fabrizzio Muller, “confirmam uma tendência já notada”. No ano passado, em relação a 2016, a Transalvador emitiu quase 100 mil multas a menos. "É importante destacar que a queda vem se acentuando justamente sob fiscalização mais efetiva, o que mostra que estamos atingindo o nosso objetivo de redução de infrações e, consequentemente, dos riscos de acidentes."

Quedas acentuadas - Houve redução nas multas das cinco infrações mais registradas pela Transalvador no primeiro bimestre de 2017 e de 2018. A campeã de registros, transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20%, teve redução de cerca de 5%, de 85.476 notificações para 81.545, quando comparados os períodos. A segunda infração mais notificada, transitar em faixa exclusiva para ônibus, teve queda de 47%, de 14.517 no primeiro bimestre de 2017 para 7.635 registros este ano.

O avanço de sinal vermelho, uma das infrações que geram mais risco de acidentes, também obteve redução. Permanece a terceira mais notificada, entretanto, com queda de 10.569 registros para 7.051. Caíram também as notificações por estacionar em local proibido pela sinalização, com 6.445 em 2017 e 5.957 em 2018, e transitar em velocidade superior à máxima permitida em mais de 20% até 50%, com 4.853 em 2017 e 4.417 em 2018.

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...