Releases

0
0
0
s2sdefault

As fortes chuvas que caem em Salvador já resultaram, até as 17h20 desta quinta-feira (8), 246 solicitações registradas pela Defesa Civil de Salvador (Codesal). Para a sexta-feira (9) e o final de semana, a previsão é de chuvas moderadas a fortes com riscos para alagamentos e deslizamentos de terra. Não está descartada a possibilidade de acumulados de chuva expressivos em alguns pontos da capital baiana.

Do total de ocorrências, foram 68 alagamentos de imóvel, 57 imóveis alagados, 56 ameaças de deslizamento, 22 ameaças de desabamento e cinco árvores ameaçando cair. Além disso, foram três alagamentos de área, duas árvores caídas, dois desabamentos de muro e um desabamento de imóvel.

“As chuvas resultam de um sistema frontal mais afastado do continente, que direciona a convergência de umidade em direção ao leste da Bahia, onde os volumes de chuva aumentam gradativamente entre hoje até sábado (10), informou o meteorologista do Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil (Cemadec), Giuliano Carlos do Nascimento.

"Equipes da Defesa Civil de Salvador estão em campo realizando vistorias solicitadas pelo telefone 199, e também procedendo as inspeções previstas no Plano Preventivo de Defesa Civil (PPDC) nas regiões dotadas do Sistema de Alerta e Alarme", explicou o diretor geral da Codesal, Sosthenes Macêdo.

Assistência – As situações mais críticas foram referentes a dois desabamentos de imóveis, ocorridos em Novo Marotinho e em Cajazeiras 11. No primeiro bairro, na Rua Gildelia Santos, houve desabamento de muro e de lateral de imóvel ocasionado por corrente d'água proveniente da escadaria próxima. Não houve feridos.

O imóvel está instável e a família foi notificada pelos agentes da Defesa Civil para evacuar o local permanentemente. A equipe acionou a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) para efetuar a demolição total do imóvel, a Secretaria de Manutenção (Seman) para avaliar as medidas necessárias e a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) para colocação de lona.

Os técnicos da Codesal também vistoriaram o imóvel localizado na Rua das Hortências, no Loteamento Santa Bárbara, em Cajazeiras 11. Lá houve desabamento de parte do muro de contenção e alvenaria de bloco localizado nos fundos da casa, atingindo a parede da cozinha e causando rachaduras.

Os moradores foram notificados para evacuar o imóvel até que o risco seja sanado. A Limpurb foi acionada para realizar a retirada dos escombros e fazer a colocação de lona. A Sedur também foi acionada para efetuar a demolição das partes remanescentes do muro.

Contato – A Codesal mantém plantão de 24h todos os dias da semana. Em caso de emergência, a população deve ligar para o número gratuito 199.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O Vacina Express – sistema de imunização domiciliar implantado pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), já aplicou mais de 9,2 mil doses desde o início da campanha contra Covid-19. Os distritos sanitários da Barra/Rio Vermelho (2.133 doses aplicadas), Brotas (980 doses aplicadas), Liberdade (894 doses aplicadas) e Cabula/Beiru (812 doses aplicadas) lideram como as regiões da cidade que maior volume de atendimentos.

Para o titular da SMS, Leo Prates, a iniciativa é uma estratégia democrática e de maior acessibilidade às doses contra Covid-19, que tem contemplado a população idosa que reside em todas as regiões de Salvador. “Alcançamos pessoas de diversos bairros e diferentes realidades sociais, o que reitera o caráter primordial da universalidade do SUS de maneira prática”, apontou. 

Nesta sexta-feira (9), o Vacina Express continuará atendendo os idosos com 62 anos ou mais também que residem na capital. Eles poderão fazer o agendamento da vacinação domiciliar através do site vacinaexpress. saude. salvador. ba. gov. br . São oferecidas por dia 200 vagas, preferencialmente, para idosos acamados ou com dificuldade de locomoção.

Aqueles que foram imunizados em casa não precisam fazer novo registro na plataforma digital. O retorno da equipe de saúde será feito automaticamente de acordo com a data de reforço programada no sistema.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Um trecho da Rua Miguel Calmon, entre as ruas da Bélgica e Pinto Martins, no Comércio, será interditado das 6h às 19h desta sexta-feira (9). O bloqueio do tráfego de veículo no local é necessário para avanço da obra do Arquivo Histórico Municipal, realizada pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult).

Os motoristas que estiverem na Praça Cairu no sentido Calçada deverão seguir pela Avenida Estados Unidos, podendo retornar à Rua Miguel Calmon a partir da Praça da Inglaterra. A interdição não afeta o trajeto do condutor que estiver na Avenida da França, no sentido Contorno. Os agentes de trânsito vão estar na região orientando condutores, pedestres e passageiros.

Transporte – Os ônibus que passam pelo local também terão seu itinerário modificado. As linhas provenientes da Avenida Lafayette Coutinho sentido Rua Miguel Calmon deverão acessar a Avenida Estados Unidos e retornar à Rua Miguel Calmon na Praça da Inglaterra, seguindo daí seu itinerário normal.

Já as linhas que vêm da Avenida da França devem acessar a Avenida Estados Unidos pela Rua da Bélgica, retornando à Rua Miguel Calmon na altura da Praça da Inglaterra.  Ambos os itinerários voltarão ao normal após a reabertura da via.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

No mês em que é celebrado o Dia do Jornalista (7 de abril), o ator e afrochefe Jorge Washington promove mais uma edição do Culinária Musical, desta vez com homenagem ao jornalista Osmar “Marrom” Martins. A apresentação acontece neste sábado (10), a partir das 12h, através do canal da Casa do Benin no YouTube. O projeto é um dos contemplados pelo edital de Ocupação e Dinamização dos Espaços Culturais da Fundação Gregório de Mattos (FGM).

Neste episódio, o chef vai preparar uma Moqueca de Carne com Mamão Verde, que vem acompanhado de feijão fradinho, arroz branco, farofa de dendê com camarão e o molho lambão, que com certeza não pode faltar. “Marrom é parceiro da Culinária Musical, que sempre divulga e que há tempos vem cobrando a Moqueca de Carne com Mamão Verde. Achei interessante essa coisa de dar nome ao prato e falei: vou fazer e botar o nome Osmar Marrom, como um agradecimento a toda parceria de estar ajudando a divulgar o projeto”, explicou Washington. 

O homenageado, que dá nome ao quitute deste sábado, confessou estar surpreso e feliz com a lembrança. “Ser homenageado por um chefe de mão cheia com um prato que você gosta não é para qualquer um. Eu estou me sentindo a própria moqueca de carne”, brincou Marrom. 

Como atração musical, o multiartista Maurício Tizumba promete canções autorais que vão harmonizar com o menu de Washington. A edição também terá as presenças da escritora e poeta Alessandra Sampaio, que fará uma performance poética, e a musicista e soprano Irma Ferreira, que trará cantos, rezas e Óperas dos Terreiros. Todo o espetáculo será comandado pelo apresentador Fábio Santana. 

Reinvenção on-line – Jorge Washington afirmou que foi uma necessidade essa reinvenção nas plataformas digitais, por conta da pandemia. Ele conta que foi se desafiando e hoje, além da Culinária Musical, ele também dá aulas de culinária afetiva, onde os alunos sempre se empenham em dar o melhor a cada ensinamento. Além disso, ele destaca o fato das possibilidades da apresentação on-line, recebendo convidados de outros estados e até países, como a França. 

Para ele, é também muito interessante, porque é possível agregar outro público. “Na live, recebo pessoas do Rio de Janeiro, São Paulo, Estados Unidos e Alemanha, e as pessoas falam que estão com água na boca, elogiam, é gratificante”, disse. 

O projeto, iniciado em 26 de fevereiro de forma virtual, foi remodelado para se adaptar às limitações impostas pela pandemia, com transmissão ao vivo no canal da Casa do Benin do YouTube. Não é necessária inscrição prévia do público e as transmissões devem acontecer até junho deste ano. 

Degustação – Para quem quer degustar, além de assistir, os pratos de cada edição podem ser encomendados até as 9h do sábado para entrega logo em seguida, às 12h. Depois das 9h, somente após a live, que chega a durar 2h30. O quitute tem valor fixo de R$50 + taxa de entrega. As encomendas são feitas pelo celular de Jorge Washington, no número (71) 98878-4634.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Quem for declarar o Imposto de Renda (IR) 2021, com prazo a ser encerrado no próximo dia 30, pode contribuir destinando parte do tributo devido a fundos de amparo em prol de idosos e público infanto-juvenil. O Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) promoveu, na quarta-feira (7), um webinário para o lançamento da campanha “Uma Corrente Mobilizada para o Bem”. O evento virtual pode ser acessado no Youtube , no link www. youtube.com/watch?v=GSi6Z5WT0WM , ou no perfil do Facebook do CMDCA.

O webinário contou com a participação de gestores públicos e profissionais da área fiscal que ensinaram, de forma didática, sobre como pessoas físicas e jurídicas podem colaborar com a realização de projetos sociais, na hora de declarar o IR. A presidente do conselho, Tatiane Paixão, iniciou o debate falando dos desafios que as instituições sem fins lucrativos, como as que desenvolvem ações para crianças e adolescentes, têm enfrentado para garantir assistências em meio a um cenário de crise econômica provocada pela pandemia da Covid-19. 

Muitas dessas organizações conseguem se manter graças a recursos públicos provenientes do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FMDCA), gerido pelo conselho. A ideia da mobilização, acrescentou, visa turbinar as doações para fundos especiais. O objetivo é possibilitar que as instituições desenvolvam as atividades, ampliando as políticas públicas e oportunizando maior alcance de projetos sociais com elevados indicadores de qualidade.

“Acreditamos no potencial da campanha. Juntos, podemos reverter os baixos índices de destinação fiscal para os fundos de infância e adolescência. Uma grande parcela da população desconhece esse benefício de incentivo fiscal ou não acredita na seriedade do processo. Mas o fato é que milhões de reais, que poderiam ser usados para projetos sociais e na transformação de vidas, não estão sendo destinados durante a declaração do IR”, disse Tatiane.  

“É uma iniciativa de cunho educativo para compreensão da importância do papel do terceiro setor, na construção de uma sociedade mais justa e igualitária, ao mesmo tempo em que efetiva a lei de incentivo fiscal como mecanismo de recursos para dar sustentabilidade financeira às organizações da sociedade civil”, afirmou a presidente do CMDCA. 

Mobilização – O superintendente da Receita Federal na 5ª Região Fiscal, Francisco Lessa, reforçou que, ao destinar parte do Imposto de Renda devido, o contribuinte não sofre nenhum tipo de prejuízo financeiro. “O IR não aumenta e também não há redução na restituição. Na prática, o próprio contribuinte escolhe a destinação que fará a um fundo de amparo específico, independentemente da vontade da União”. 

O presidente do Conselho Regional de Contabilidade (CRC-BA), Antônio Carlos Ribeiro, por sua vez, defendeu a necessidade de profissionais ligados à área informarem aos contribuintes e incentivar o quanto o processo de destinação de recursos é seguro. 

Já a auditora-fiscal da Receita Federal, Milena Rebouças, acredita que o cidadão se sente mais participativo ao contribuir com políticas públicas mais específicas por meio da destinação do IR. Diferente de quando são recolhidos outros impostos no dia a dia, que não têm destinações exclusivas por servirem ao bem comum difuso, como compra de vacinas, construção de estradas e escolas. 

“Em termos gerais, ao fazer a declaração do imposto de renda (modelo completo) dá para destinar 3% do imposto devido para fundo dos idosos e mais 3% para fundo dos direitos da criança e do adolescente. Não é tirar do próprio dinheiro”, esclareceu Milena. 

Passo a passo – Qualquer cidadão pode destinar recursos para o FMDCA através da declaração anual do Imposto de Renda (IR) até o dia 30 de abril. O primeiro passo, após concluir o preenchimento, é clicar na aba “Resumo da Declaração – Doações Diretamente na Declaração – ECA”. Em seguida, selecionar as opções “Novo”, Fundo “Municipal”, UF “Bahia”, Município “Salvador–00.459.245/0001-81”, verificar o “Valor Disponível para Doação” e preencher o montante até o limite indicado. 

Em seguida, na aba “Resumo da Declaração – Cálculo do Imposto”, verificar o valor que será destinado ao FMDCA no campo “Dedução de Incentivo”, e o valor do tributo a ser pago. Por último, é só clicar na opção “Imprimir – DARF – Doações Diretamente na Declaração – ECA”, gerar a guia com o valor correspondente e efetuar o pagamento. 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Associação Baiana e Observatório de Cultura e Arte (Aboca) realiza o projeto Professor OnLine Enter. O curso gratuito tem como objetivo habilitar professores na utilização de ferramentas de ensino à distância. A iniciativa é uma das contempladas pela Fundação Gregório de Mattos (FGM), através da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, com recursos da Secretaria Especial da Cultura do governo federal. 

Serão oferecidas 15 videoaulas abordando desde os componentes básicos dos computadores até os dois programas enfocados pelo curso. Um deles é o OBS Studio, que é uma plataforma de transmissão ao vivo, edição e gravação de conteúdos em vídeo, ideal para elaboração de salas de aula virtuais. A outra ferramenta é o VoiceMeeter, útil para mixagem e equalização de conteúdos em áudio. 

Ambos os programas são gratuitos e podem ser combinados com as plataformas de videoconferência mais usuais atualmente, como o Zoom e o Google Meet. As aulas do projeto Professor OnLine Enter começaram a ser exibidas no canal do grupo Aboca no YouTube, na última segunda-feira (5), e serão disponibilizadas, sempre no mesmo dia, até 3 de maio.   

O assessor técnico do projeto, Vinicius Passarinho, explica que a iniciativa de capacitar professores para preparar aulas à distância teve início na Escola Municipal João Paulo II, localizada em Pituaçu. “Começamos nosso trabalho há dois anos nessa escola através de Thiago Rosa, coordenador do projeto, que também era professor de música da unidade. Pretendemos qualificar a maior quantidade possível de educadores, especialmente da rede pública, porque essas ferramentas de EAD facilitam muito a vida dos professores e vieram para ficar”, relata.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) tem mantido, mesmo durante a pandemia, a realização diária de blitze da Lei Seca na cidade. De janeiro a março deste ano, dos 5.868 motoristas abordados, 706 deles foram autuados por dirigirem alcoolizados ou por terem recusado passar pelo teste no etilômetro (popularmente conhecido como “bafômetro”) – ou seja, uma média de sete cidadãos por dia. 

Somente no último fim de semana, foram 22 condutores autuados, dentre os 234 abordados. Além disso, sete veículos foram removidos e duas Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) foram recolhidas. 

As abordagens ocorrem sempre em regiões alternadas e contam com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM). Segundo o titular da Transalvador, Marcus Passos, as blitze têm se mostrado efetivas estratégias para garantir um trânsito seguro e preservar vidas, principalmente neste período de sobrecarga no sistema de saúde provocado pela Covid-19. 

“Nossos agentes estão diariamente nas ruas com o intenso trabalho para coibir condutas irresponsáveis. Pedimos aos condutores que não dirijam após terem consumido bebidas alcoólicas, porque estarão colocando não só as vidas deles em risco como, também, a de outras pessoas”. 

Em conjunto com outras medidas, as fiscalizações de trânsito têm contribuído para a redução dos acidentes com mortes na cidade. No final de 2020, a redução do número de vítimas fatais em acidentes de trânsito em Salvador foi de 51,5% em relação ao quantitativo registrado em 2010. No ano passado, houve 129 mortes em acidente na cidade – em 2010, foram registradas 266 mortes. 

Protocolo – Para evitar possíveis contaminações e garantir a saúde do cidadão e dos servidores, foi adotado um protocolo de segurança. Todos os agentes foram orientados a reforçar ainda mais a higienização dos equipamentos usados a cada teste realizado e evitar aglomerações nas abordagens. 

Quem passar pelas blitze terá a temperatura aferida. Só passará pelo etilômetro o condutor que estiver com a temperatura abaixo de 37,8°C. Após isso, o motorista deverá sair do veículo e fazer o teste no local especificado pelo agente. O bocal usado no equipamento será aberto na presença do cidadão e descartado após o teste. 

Os mesmos cuidados são adotados pelos profissionais da Transalvador que participam das abordagens. Eles usam máscaras, luvas, óculos ou protetor facial. Álcool em gel é disponibilizado para cada equipe. 

Penalidades – Conforme prevê o artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), dirigir sob a influência de álcool, ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência, é considerado infração gravíssima, com penalidade de multa no valor de R$2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses. 

Além disso, é aplicada também a medida administrativa, que prevê a retenção do veículo até a apresentação de condutor habilitado e recolhimento do documento de habilitação. Se recusar a fazer o teste, exame clínico, perícia ou outro procedimento que permita certificar influência de álcool ou outra substância psicoativa, também é uma infração de trânsito passível das mesmas punições.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) irá realizar pela primeira vez três simulados de evacuação de áreas de risco de forma simultânea. O treinamento, que busca reduzir danos e preservar vidas, vai acontecer neste sábado (10) nas comunidades de Bosque Real (Sete de Abril), Calabetão e Bom Juá. As sirenes serão acionadas nas localidades às 9h.

Com o intuito de alinhar os preparativos para a realização dos simulados foram realizadas três reuniões na sede da Codesal, nesta quarta-feira (7). Foram discutidas questões relativas ao acionamento das sirenes, os trechos de cada área que requerem mais atenção, o uso das escolas como abrigos provisórios e as equipes de evacuação.

Participaram destas reuniões o diretor geral da Codesal, Sosthenes Macêdo, e técnicos da pasta, além dos titulares das Prefeituras-Bairro de Pau da Lima, Edmar Fernandes, Liberdade/São Caetano, Raimundo Castro, e do Cabula, Fabio da Mata.

“Neste período em que as chuvas ocorrem com maior intensidade na capital, os cidadãos precisam estar preparados. Os simulados são realizados exatamente para que a população saiba como agir de forma célere garantindo sua proteção”, explicou Macêdo.

Simulados – Na prática, o Sistema de Alerta e Alarme é acionado quando o nível de chuva chega a 150 mm em 72 horas. Durante o treinamento, após o acionamento das sirenes, os moradores devem seguir rotas de fuga determinadas de forma rápida e ordenada. Essas rotas já foram estabelecidas previamente em diálogos com as comunidades.

Depois, os cidadãos devem se dirigir ao ponto de encontro onde serão encaminhados para abrigos. Como parte do exercício, ao chegar no local, os moradores serão cadastrados e a atividade será encerrada.

Em uma situação real de acionamento da sirene, a orientação da Codesal é que os moradores tenham um kit preparado com documentação e medicamentos controlados para caso tenham que se deslocar para um abrigo com rapidez. Além disso, é recomendado que os aparelhos elétricos das residências sejam desligados antes de deixarem seus lares.

Os simulados vão ocorrer com apoio das Prefeituras-Bairro, Guarda Civil Municipal (GCM), da Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre) e da Secretaria da Educação (Smed), por meio das Gerências Regionais de Educação de São Caetano, Cajazeiras e Cabula. Aproximadamente 50 profissionais da Codesal estarão envolvidos nas atividades de prevenção.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Uma equipe de Áreas Verdes da Secretaria Municipal de Manutenção (Seman) iniciou as ações de vistoria, remoção de galhos caídos e poda das árvores localizadas no entorno do Dique do Tororó, no Centro de Salvador. Por ser uma área bastante arborizada, com árvores de grande porte e frequentada por populares na prática de exercícios e afins, o serviço é essencial para evitar acidentes e melhorar o paisagismo da cidade.

Além de adequar o vegetal ao espaço urbano, a vistoria previne o risco de queda de árvores, que costuma aumentar durante a temporada de chuva em Salvador. Ao todo, dez agentes estão trabalhando na região, com previsão de conclusão do serviço em aproximadamente 15 dias.

As podas são executadas com o uso de motosserras e motopodas, corda, cinto de segurança e caminhão com caçamba elevatória, que auxilia os trabalhadores no alcance dos galhos elevados. A Seman já realizou mais de 8 mil podas de árvores este ano.

O engenheiro agrônomo e coordenador de áreas verdes da Seman, Welison Silva Quadros, destacou que, além de melhorar o aspecto paisagístico, o serviço garante a segurança da população. “O dique possui muitas árvores antigas, de grande porte, que devem estar em constante avaliação, principalmente quando se aproxima o período de chuva na cidade. A vistoria minimiza o transtorno e o dano que pode ser causado em uma situação de queda, já que a área é bastante frequentada por populares e possui um tráfego bastante intenso nas vias ao redor”, avaliou o especialista.

Manutenção – O serviço de manutenção de áreas verdes em vias públicas da cidade pode ser solicitado por meio do telefone 156, do portal www. falasalvador. ba. gov. br e presencialmente, nas Prefeituras-Bairro. Será possível também fazer a solicitação pelo aplicativo Fala Salvador.

Após a solicitação, em um prazo de até 45 dias o corpo técnico da Seman, formado por engenheiros agrônomos, técnicos agrícolas e biólogos, faz a vistoria para avaliação do serviço a ser realizado.

 

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...