Releases

0
0
0
s2sdefault

Após passar pelo palco do Espaço Cultural Boca de Brasa Subúrbio 360, A Panacéia, grupo teatral composto exclusivamente por mulheres, levará o espetáculo “Filipa” para o Espaço Cultural Boca de Brasa Cajazeiras, em Cajazeiras X. As apresentações acontecerão nos dias 31 de maio e 1º de junho, às 19h, retratando a trajetória inédita e cheia de força de Filipa de Souza, uma mulher condenada pela inquisição na Bahia, acusada de “sodomia”.

O texto da peça é inédito, escrito por Camila Guilera e Elisa Mendes, que ocupam respectivamente as funções de atriz e diretora. Filipa de Souza, segundo documentação histórica, foi uma mulher que se relacionou afetivamente e sexualmente com diversas outras mulheres e por isso arca com as consequências impostas pela sociedade sendo humilhada, açoitada publicamente e degredada.

A atriz Camila Guilera, que dá vida à personagem, explica que o processo de construção de Filipa começou em 2021 e que tem sido emocionante concretizar a personagem nos palcos. A obra faz parte do projeto ‘Mulheres na História e Histórias da cidade’, apoiado pelo edital Gregórios – Ano III, da Fundação Gregório de Mattos (FGM), Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), Prefeitura de Salvador, com recursos da Lei Paulo Gustavo, Ministério da Cultura, Governo Federal.

“Começamos a escrever a peça em 2021 a partir dos registros históricos existentes e com algumas lacunas completadas pela ficção. Estamos muito felizes com esse formato itinerante que estamos levando ‘Filipa’ por Salvador. Para nós foi muito significativo estrear a peça em um espaço como o Boca de Brasa, onde tivemos retornos muito bonitos e sensíveis do público”, contou.

Os ingressos para o espetáculo “Filipa” podem ser retirados no local a partir de uma hora antes do início das apresentações ou antecipadamente através do site Sympla. Os valores são de R$20 (inteira) e R$10 (meia) e a classificação indicativa é de 14 anos.

Sala do Coro – A peça também tem apresentações neste sábado (18) e domingo (19), além dos dias 25 e 26 deste mês, sempre às 20h, na Sala do Coro do Teatro Castro Alves (TCA), no Centro. Os ingressos podem ser adquiridos no site Sympla com preços de R$30 (inteira) e R$15 (meia).

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Este sábado (18) é o último dia para os autorizatários de transporte escolar realizarem a vistoria semestral obrigatória em seus veículos, conforme o Decreto Municipal 27.862/2016, art. 30, e a legislação federal. Excepcionalmente neste dia, o atendimento será por ordem de chegada, das 8h às 14h, sem a necessidade de agendamento.

Os licenciados devem comparecer à sede da Coordenação de Transportes Especiais (Cotae), localizada na Avenida Vale dos Barris, 501. É obrigatório apresentar os seguintes documentos: o CRLV atualizado, o selo do GNV (se o veículo possuir), o cartão de identificação válido e o último alvará de circulação emitido para o veículo.

Após a conferência dos documentos e a atualização do cadastro no sistema, será emitido um Documento de Arrecadação Municipal (DAM), sendo necessário apresentar o comprovante de pagamento antes da inspeção. Durante a vistoria, serão verificadas a parte elétrica, mecânica, a higiene, a padronização e os equipamentos obrigatórios do veículo. Dada a verificação, será emitido um termo de vistoria e o alvará de circulação.

A coordenadora da Cotae, Luila Neves, destaca que a vistoria periódica proporciona mais segurança para os pais e os estudantes de Salvador. Ela alerta aos condutores para não perderem o prazo e irem com o veículo e as documentações devidamente regularizadas para evitar problemas.

“Perder o prazo ou possuir irregularidades no veículo resulta em um termo de inspeção suspensa. Rodar no município a partir do dia seguinte com esse termo acarreta em notificação e o veículo sendo removido do pátio pela Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob)”, informa. Em caso de dúvidas, os autorizatários podem ligar para o número (71) 3202-9255.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Desde o início de 2024, a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) da Prefeitura de Salvador tem conduzido a Operação Cidade Dez, Sucata Zero, visando a remoção de sucatas de veículos e barcos das vias públicas da cidade. De janeiro até o último dia 9, foram realizadas 282 notificações e atendidas 190 denúncias recebidas pelo Fala Salvador.

Após as notificações, 157 sucatas de veículos foram removidas pelos próprios proprietários e 98 foram apreendidas pela Semop, totalizando 255 sucatas de veículos retiradas das vias públicas. No caso das sucatas de barcos, cinco barcos foram removidos pelos proprietários e outros cinco foram apreendidos, somando dez barcos retirados dos logradouros públicos.

O diretor-geral de Serviços Públicos da Semop, Alysson Carvalho, detalhou o funcionamento e a importância da operação para a capital baiana. Ele informou que novas ações ocorrerão nos próximos dias, ressaltando que a equipe da pasta municipal está diariamente notificando e retirando sucatas.

“A intenção é melhorar a estética da cidade e evitar a propagação de pragas e mosquitos vetores de doenças, como dengue, zika, chikungunya e leptospirose. E além de deixar os acessos livres para os carros e pedestres transitarem sem impedimentos, a ação também ajuda na segurança, pois muitas dessas sucatas podem se tornar esconderijo de meliantes. Assim, a operação deixa a cidade mais bonita, organizada e com aspecto de que está sendo zelada”, avaliou.

Carvalho reiterou que as denúncias são recebidas pelo Fala Salvador, através do telefone 156. “Caso se constate que é uma sucata, nós notificamos o proprietário com um prazo de até 72 horas, dependendo do estado e localização. Caso apresente risco, a remoção será imediata”, finalizou.

Reportagem: Mateus Soares/Secom PMS

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A alegria e a inclusão falaram mais alto na quinta-feira (16) com a realização da primeira edição da Paralimpíada da Escola Municipal de Periperi, situada em bairro homônimo. A atividade envolveu 20 alunos com deficiências variadas além de estudantes típicos da instituição. A escola contempla alunos do Ensino Fundamental I e II, além da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Os alunos atípicos participaram de um circuito com variadas atividades inspiradas nos esportes olímpicos, mas com regras flexíveis que levavam em consideração as dificuldades de cada indivíduo. Todos eles executaram as tarefas com o suporte de outros alunos sem deficiência, como forma de trocar experiências e fortalecer vínculos. Depois houve ainda dois jogos de futebol, sendo um da equipe feminina e outro da masculina. Todos os alunos foram premiados pela participação.

O estudante Tiago dos Santos Sá, 14 anos, é autista e ficou responsável por criar a marca desta primeira edição. Ele explicou que foi necessária muita pesquisa para escolher a mascote do evento: um coelho.

"Pesquisei muito sobre acessibilidade para que todas as deficiências fossem representadas. O Coelho pode ser visto como um animal indefeso, mas ele é ágil e sabe se sair bem nas dificuldades. Então escolhi ele pra representar a gente, vestido com a camisa que representa a acessibilidade", detalhou.

Nicole Santa Rosa, 13 anos, foi umas das monitoras dos alunos atípicos e relatou que ficou muito contente pela troca de experiências propostas no evento. “Foi muito legal participar. Me diverti e foi um momento muito diferente, pois eu nunca vi essas brincadeiras em outro lugar. Gostei de brincar com os colegas e foi tudo muito bom”, afirmou.

Participação dos pais – Os pais dos alunos também foram convidados a participar das atividades. A mãe do aluno autista Ricardo Marvin Freitas, 12 anos, Luzinalva dos Santos compareceu para torcer pelo filho e afirmou que ficou encantada com a iniciativa da escola.

"Ele nunca teve contato com esporte, não tem outras atividades de lazer e fica muito tempo ocioso. Achei incrível essa atividade porque vai aproximar ele do esporte e ajudar a trabalhar as dificuldades de equilíbrio e concentração que ele tem no dia a dia ", contou.

O vice-diretor da unidade de ensino, Jorge Augusto dos Santos, explicou que a ideia partiu da necessidade de promover a inclusão e laços de convivência. Devido ao sucesso da primeira edição, relatou o professor, a escola espera fazer novas edições do evento.

“As atividades foram pensadas para fazer a inclusão de todos. A gente criou alternativas fazendo adaptações em jogos como basquete, por exemplo, para que alunos típicos e atípicos pudessem participar juntos. Então fizemos várias oficinas antes deste dia para que todos conhecessem os jogos propostos”, finalizou.

Reportagem: Joice Pinho/Secom PMS

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Os usuários do sistema BRT Salvador passarão a contar com mais dois terminais no trecho 2. As estações BRT HGE e Ogunjá passarão a atender os passageiros, todos os dias, das 9h às 15h, seguindo o modelo de funcionamento da operação assistida.

Assim como nas demais estações, será possível embarcar tanto no sentido Lapa, como no sentido Pituba. A Estação BRT HGE fica localizada próximo da entrada do hospital. Já a Estação BRT Ogunjá fica localizada após o viaduto Luiz Cabral, próximo da Perini.

Com a abertura dos dois novos terminais, passam a operar seis das oito estações do trecho 2. A ideia é que o horário de funcionamento seja ampliado e novas estações sejam integradas com o avanço desta fase piloto, que será avaliada a cada 15 dias. “Estamos realizando ajustes que são necessários nesse período de operação assistida para que, em breve, o novo trecho passe a operar de forma plena”, afirmou o secretário da Semob, Fabrizzio Muller.

O novo trecho do modal se estende por 7 km e possui oito estações: Cidade Jardim, Vale das Pedrinhas, Rio Vermelho, HGE, Ogunjá, Vasco da Gama, Barris e Lapa. Com isso, o modal alcança 22 km de vias exclusivas e 14 estações, beneficiando 18 bairros, fora o trecho compartilhado.

A infraestrutura conta com ciclovias em todo o percurso e mais de 5z mil árvores foram plantadas no paisagismo ao redor. Além disso, foram instaladas mais de 1,3 mil luminárias em LED e 542 postes para reforçar a iluminação pública.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura de Salvador, por meio da Diretoria de Serviços de Iluminação Pública (Dsip/ Semop) realizou nesta quinta-feira (16) uma operação de manutenção na Praça do Campo Grande. O serviço contou com a instalação de 12 postes de nove metros, 24 luminárias em LED e 50 projetores.

O trabalho foi feito para a reposição de equipamentos vandalizados para o restabelecimento da iluminação pública no local. Na região, vândalos agem frequentemente, furtando cabos, derrubando postes, vandalizando caixas, fontes e todo o mobiliário público.

Os atos criminosos causam prejuízo ao erário e resultam em vias apagadas e cabos expostos, gerando transtornos e riscos à população. Em dezembro, a Dsip investiu R$550 mil na manutenção geral da Praça do Campo Grande, com trocas de luminárias, recuperação de fontes luminosas e substituição de postes.

Antes do Carnaval, em fevereiro, toda rede de iluminação pública foi revisada, realizando a reposição de equipamentos danificados. Desta vez, o investimento para restabelecer a iluminação do local é de aproximadamente R$180 mil.

“Em seis meses, já foram gastos mais de R$800 mil reais, em decorrência de ações dos vândalos. Com esse valor, poderíamos iluminar 30 quadras e campos ou ampliar a iluminação com mais de 500 pontos. Infelizmente, os atos são crescentes e a população é a maior prejudicada”, disse ngelo Magalhães, diretor da Dsip.

A Dsip vem desenvolvendo um projeto com tecnologia capaz de inibir definitivamente essas ações criminosas. Uma equipe técnica estuda alternativas que dificultem os atos de vandalismo na região. O órgão também disponibiliza canais de comunicação para denúncias de casos de furtos e informações sobre apagões. A população pode entrar em contato através do 156, e Fala Salvador (site e aplicativo). Em casos de urgência, a Dsip dispõe do WhatsApp (71) 99946-3923.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Mais três profissionais médicos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) partiram para a missão de Salvar vidas Rio Grande do Sul, na manhã desta quinta-feira (16): a residente em Medicina Intensiva (UTI), Maria Elisa; o clínico geral e médico do Samu Salvador, Felipe Rodrigues; e o médico Felipe Carneiro. Os profissionais vão fortalecer as equipes de trabalho, ao lado do coordenador médico da pasta, Ivan Paiva, que já está no Sul desde o último dia 6.

As cidades onde irão atuar e as funções nas equipes de salvamento serão definidas ao chegar no Estado, e a previsão é de permanecer cerca de 12 dias na missão. Conforme a médica Maria Elisa, “é natural sentir um pouco de medo por estar indo para algo muito diferente da nossa realidade, mas muito feliz em poder contribuir um pouco com quem está precisando”.

Para Felipe Rodrigues, é uma mistura de dever com realização. “Fiz medicina para isso, sempre quis atuar no atendimento pré-hospitalar e quando acontece, infelizmente, uma catástrofe dessa é a chance de a gente ajudar e pôr em prática tudo que a gente treinou e estudou. Na verdade, a gente faz isso no nosso dia a dia no Samu, mas lá será em maiores proporções. Estamos prontos para o que precisar”, revelou.

A vice-prefeita e titular da SMS, Ana Paula Matos, reforça que mantém contato com autoridades e instituições do Rio Grande do Sul, visando colaborar ativamente com a missão. “Nesse sentido, cedemos mais três profissionais para esse trabalho que é tão desafiador quanto importante, e por isso agradeço a ambos e suas famílias, porque realmente é muito nobre o que estão indo fazer: salvar vidas em um momento delicado, em um local que está passando por uma tragédia sem precedentes, onde a dor e a tristeza estão presentes. Poder levar esse cuidado humanizado, esse amor ao próximo e reforçar os trabalhos de salvamento de vidas é um ato de amor pelo que se faz, então não medimos esforços para contribuir e ajudar em tudo que pudermos”, declara a gestora.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra (Simm) oferece 220 vagas de emprego e estágio em Salvador para esta sexta-feira (17). Os candidatos deverão acessar o site www.salvadordigital.salvador.ba.gov.br para agendar o atendimento, a partir das 17h30.

Em caso de deficiência visual, os candidatos devem entrar em contato pelo número (71) 3202-2005 para fazer o agendamento. O atendimento está sendo realizado de forma híbrida, ou seja, de forma presencial e remota, via WhatsApp – a escolha é no momento do agendamento.

No caso das vagas que exigem experiência, o tempo de serviço deve ser comprovado em carteira de trabalho.

VAGAS:

Repositor de mercadorias (vaga temporária de 30 dias)
Requisitos: Ensino médio completo, três meses de experiência, disponibilidade de horário.
Salário: R$1.500,00 + benefícios
Vagas: 1

Dedetizador
Requisitos: Ensino fundamental completo, três meses de experiência, imprescindível ter moto.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 1

Auxiliar de depósito
Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, obrigatórios: disponibilidade para trabalhar no Itaigara ou IAPI e para fechamento de loja.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 3

Pedreiro (vaga temporária 60 dias)
Requisitos: Ensino fundamental incompleto, seis meses de experiência.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 2

Ajudante de pedreiro (vaga temporária 60 dias)
Requisitos: Ensino fundamental incompleto, seis meses de experiência.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 2

Ajudante prático
Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, obrigatórios: ter experiência com soldas, lixadeiras, parafusadeira e em metalurgia.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 1

Auxiliar de produção de salgados
Requisitos: Ensino fundamental completo, seis meses de experiência.
Salário: R$1.590,00 + benefícios
Vagas: 1

Embalador
Requisitos: Ensino fundamental completo, seis meses de experiência.
Salário: R$1.590,00 + benefícios
Vagas: 1

Salgadeiro
Requisitos: Ensino fundamental completo, seis meses de experiência.
Salário: R$1.590,00 + benefícios
Vagas: 1

Operador de máquina de coxinha
Requisitos: Ensino fundamental completo, seis meses de experiência.
Salário: R$1.590,00 + benefícios
Vagas: 1

Consultor de vendas
Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência.
Salário: R$1.412,00 + benefícios
Vagas: 1

Atendente balconista de farmácia (vaga exclusiva para o Programa Simm Mulher)
Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, disponibilidade para trabalhar em Cajazeiras X.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 1

Cozinheiro de restaurante (vaga exclusiva para o Programa Simm Mulher)
Requisitos: Ensino fundamental completo, seis meses de experiência.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 1

Auxiliar de cozinha
Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, disponibilidade para trabalhar à tarde/noite.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 1

Lavador de roupa comercial
Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 3

Lavador de roupa industrial
Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 3

Passador de roupa (vaga exclusiva para Programa Simm Mulher)
Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 3

Calandrista
Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 3

Pedreiro
Requisitos: Ensino fundamental incompleto, seis meses de experiência.
Salário: R$2.327,68 + benefícios
Vagas: 10

Auxiliar de logística (vaga de estágio para o Programa Simm Mulher)
Requisitos: Ensino superior incompleto em Logística (tecnólogo a partir do 2º semestre, noturno), sem experiência, conhecimento intermediário em pacote Office.
Salário: Bolsa a combinar + benefícios
Vagas: 1

Auxiliar financeiro
Requisitos: Ensino superior completo em Administração ou Ciências Contábeis, seis meses de experiência, conhecimento intermediário em pacote Office.
Salário: Bolsa a combinar + benefícios
Vagas: 1

Repositor de mercadorias
Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, imprescindível ter disponibilidade de horário, para pegar peso, vaga zoneada para a Pituba e bairros próximos.
Salário: R$1.436,00 + benefícios
Vagas: 5

Garçom
Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, disponibilidade para trabalhar à tarde/noite.
Salário: R$1.412,00 + benefícios
Vagas: 1

Assistente de departamento pessoal (vaga exclusiva para o Programa Simm Mulher)
Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 1

Tradutor e intérprete de Libras
Requisitos: Ensino médio completo, sem experiência, certificação e formação para o exercício legal da profissão, conforme estabelecido pela Lei 10.436/2002, Decreto nº 5.626/2005 e Lei 12.319/2010 e habilidade para lidar com crianças.
Salário: R$1.851,90 + benefícios
Vagas: 120

Instalador de película em veículos
Requisitos: Ensino fundamental completo, seis meses de experiência.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 1

Auxiliar de farmácia (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)
Requisitos: Ensino médio completo, 3 meses de experiência
Salário: R$ 1.733,00 + benefícios
Vagas: 1

Carregador (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)
Requisitos: Ensino fundamental incompleto, sem experiência, disponibilidade para trabalhar em Fazenda Coutos.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 2

Empacotador (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)
Requisitos: Ensino fundamental incompleto, sem experiência, disponibilidade para trabalhar em Fazenda Coutos.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 10

Repositor de mercadorias (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)
Requisitos: Ensino fundamental completo, sem experiência.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 13

Operador de telemarketing ativo (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)
Requisitos: Ensino médio completo, sem experiência, imprescindível ter boa dicção e conhecimento em Informática.
Salário: R$1.412,00 + benefícios
Vagas: 5

Empacotador (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)
Requisitos: Ensino fundamental completo, sem experiência.
Salário: A combinar + benefícios
Vagas: 13

Auxiliar de limpeza (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)
Requisitos: Ensino fundamental completo, seis meses de experiência, imprescindível ter disponibilidade de horário e para trabalhar em Camaçari.
Salário: R$1.412,00 + benefícios
Vagas: 2

Empacotador (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)
Requisitos: Ensino médio incompleto, sem experiência.
Salário: R$1.412,00 + benefícios
Vagas: 4

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura de Salvador, por meio da Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), formalizou o apoio financeiro através do programa de Ajuda de Custo para mais 23 atletas que estão se preparando para competições que ocorrerão ainda neste mês de maio. Durante encontros realizados no gabinete da pasta, os atletas tiveram a oportunidade de assinar o Termo de Compromisso, fortalecendo assim o comprometimento da gestão municipal em promover o esporte local, em competições tanto nacionais quanto internacionais.

Através da Ajuda de Custo, os beneficiários recebem assistência financeira para auxiliar a cobrir parte das despesas relacionadas a viagens, hospedagem, alimentação e outros custos associados à participação em eventos esportivos. Neste ano, até este mês de maio, a secretaria já concedeu mais de 150 benefícios.

Titular da Sempre, Júnior Magalhães informou que neste mês de maio haverá competições em diversas modalidades e locais, como Futebol de Amputados em Natal-RN, Natação em Fortaleza-CE, Canoa Polinésia em Vitória-ES, Karatê em Niterói-RJ, entre outros. “O esporte é uma importante ferramenta de inclusão social, saúde e cidadania. Estamos orgulhosos em apoiar nossos atletas por meio desse benefício, o que reforça nosso compromisso contínuo em incentivar os talentos esportivos da cidade, que são verdadeiros representantes e embaixadores de Salvador", destacou Magalhães.

Os atletas e seus responsáveis expressaram sua gratidão pelo suporte oferecido pela gestão municipal. Além disso, falaram dos desafios enfrentados antes da ajuda de custo e reiteraram seu compromisso em representar Salvador com excelência e dedicação em suas respectivas modalidades esportivas.

Alex Fabiano, diretor da ABDA (Associação Baiana de Desporto Adaptado), falou sobre os desafios enfrentados pelos paratletas antes de receberem a Ajuda de Custo. "Este apoio é de extrema importância, pois em outras ocasiões já enfrentamos viagens apenas com recursos para o transporte de ida, sem cobrir os custos de alimentação. Agradeço imensamente à Sempre e à Prefeitura de Salvador".

Cristiano Costa, pai do atleta de natação Paulo Vítor Queiroz Costa, que irá competir em Fortaleza, ressaltou como o benefício ajuda os esportistas. “Quando o atleta não tem um patrocínio, as despesas acabam sendo assumidas pela família. E nem sempre, no momento da competição, a família tem essa disponibilidade de recursos. Além dos gastos que temos no dia a dia, para o treinamento, acompanhamento médico, nutricional e alimentação, que um atleta precisa, os custos de passagem, hospedagem e alimentação são elevados e frequentemente precisam ser arcados de uma vez só. Portanto, ter essa ajuda, esse benefício, é muito importante. E assim, nossa cidade pode ser reconhecida mais uma vez como um celeiro de grandes atletas”.

Ana Debora Serra, mãe dos atletas de natação Lucas Alves e Beatriz Alves, que também irão competir em Fortaleza, falou sobre a importância do benefício. “A Ajuda de Custo hoje para mim é um grande benefício, pois sou professora autônoma e, muitas vezes, queremos proporcionar atividades para nossos filhos, mas não temos recursos financeiros para isso. Então, quando a Prefeitura oferece esse apoio financeiro, nos dá a oportunidade de permitir que nossos filhos participem das competições. Foi essencial para mim e para eles. Só tenho a agradecer à Sempre e à Prefeitura por isso”.

João Batista, goleiro no futebol de amputados do Bahia, expressou sua gratidão pela Ajuda de Custo fornecida pela Prefeitura de Salvador. "Estamos a caminho de Natal para disputar a Copa do Nordeste, e tenho certeza de que esse benefício será muito útil para minha alimentação e conforto durante a competição. Gostaria de agradecer à secretaria e à Prefeitura de Salvador".

Como solicitar a Ajuda de Custo: Para solicitar a ajuda de custo, é necessário realizar a inscrição exclusivamente através do site https://salvadordigital.salvador.ba.gov.br/buscar/q=ajuda, com antecedência de no mínimo 60 dias corridos à data da competição objeto do benefício.

Texto: Ascom Sempre

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...