Releases

0
0
0
s2sdefault

O plantio de árvores para compensação dos vegetais que serão retirados por conta das obras do BRT em Salvador teve início na manhã desta terça-feira (17). A atividade contou com participação de 31 estudantes da Escola Municipal Luiz Anselmo, que plantaram mudas de ipê e pata-de-vaca em parte do canteiro da Via Expressa, próximo do acesso ao bairro da Soledade. A localidade receberá um total de 300 árvores nos próximos dias.  

Outras 1700 árvores serão plantadas no entorno dos corredores segregados por onde vai circular o BRT, a exemplo da Avenida ACM, e também no Parque da Cidade. Com isso, Salvador ganhará duas mil novas árvores como forma de compensar a supressão de 154 vegetais para a implantação do novo modal de transporte. Na primeira etapa, o BRT, ônibus articulado com ar-condicionado, menos poluente e que vai circular em vias próprias, sem pegar tráfego, ligará o Parque da Cidade à região do Shopping da Bahia. O modal será 100% integrado ao metrô e aos ônibus comuns e, com a implantação de viadutos e elevados previstos nas obras, a mobilidade para quem anda de carro ou bicicleta também irá melhorar. 

“O volume de árvores compensadas é fruto do Plano Diretor de Arborização Urbana de Salvador, de 2017. Antes disso, não existia regras claras sobre compensação. Do ponto de vista técnico, escolhemos esse período chuvoso para iniciar esse plantio. A chuva ajuda na adaptação das mudas plantadas”, destacou o titular da Secis, André Fraga, que acompanhou os alunos durante a ação de hoje na Via Expressa. 

André Fraga explicou que ações sustentáveis do tipo acontecem na capital baiana desde 2013, quando a cidade passou a ser beneficiada com programas e projetos para preservação da Mata Atlântica, bioma regional. As ações de plantios de mudas na maioria das vezes têm contado com a participação popular. “Quando iniciamos o plantio de árvores na cidade, percebemos que, quanto mais engajássemos as pessoas, maior era a possibilidade de sucesso", acrescentou o secretário. 

Áreas públicas da cidade, como praças, parques, espaços de convivência e grandes canteiros costumam receber as mudas. Nos últimos cinco anos, a Prefeitura já plantou mais de 50 mil árvores na cidade. Todas as obras executadas pelo município levam em conta o paisagismo e o plantio de vegetais, a exemplo de intervenções executadas na própria Avenida ACM, na orla e em bairros periféricos. 

Aprendizado - “Gostei muito quando a professora disse que íamos sair para plantar árvores. Quando a gente planta o mundo fica mais feliz”, disse a pequena Raquel Nunes, 7 anos, ao lado dos coleguinhas. Após se dividirem em grupos, as crianças da Escola Municipal Luiz Anselmo meteram a mão na massa. Ajudaram tanto no plantio quanto na rega.

Para a diretora da unidade, Cristina Souza, a ação serviu para inserir os alunos em um aprendizado prático sobre preservação ambiental: “Na escola fazemos essa ação teórica e prática também, mas aqui eles veem melhor como é esse funcionamento. Educá-los desde cedo é importante para que eles levem isso para a vida adulta e para os pais como multiplicadores dessa ação”, disse.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Rua Candinho Fernandes, nas imediações da Avenida San Martin, na Fazenda Grande do Retiro, é a mais nova localidade de Salvador a ganhar obras de contenção de encosta pela Prefeitura. A ordem de serviço para início imediato da intervenção foi assinada nesta terça-feira (17) pelo prefeito ACM Neto no próprio local. Com conclusão prevista para o segundo semestre de 2019, as obras contam com investimento de R$ 12,8 milhões, oriundos do Ministério da Integração.

Acompanhado do secretário Almir Melo (Seinfra) e do superintendente Orlando Castro (Sucop), além de outras autoridades, lideranças e população, o prefeito ressaltou que a contenção da encosta vai trazer mais segurança e qualidade de vida aos moradores, principalmente no período chuvoso. “Esta é uma solução complexa, mas que vai resolver definitivamente o problema desta encosta. A Prefeitura resgata aqui mais um compromisso assumido em 2015, naquele período de chuvas que causaram dor às famílias”, relembrou ACM Neto.

A intervenção vai ser feita em uma área de 8,5 mil m². Para a contenção, serão utilizadas técnicas de cortina atirantada e solo grampeado. Além disso, serão construídas escadarias drenantes e aplicadas calhas pré-moldadas. A obra é coordenada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), por meio da Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop).

Esforço – O prefeito ainda ressaltou o esforço municipal, que vem sendo realizado desde 2013, em oferecer mais segurança aos moradores de áreas de risco. Atualmente, acontece a execução simultânea mais de R$40 milhões em obras de encostas. Foi autorizado, ainda ontem, o incremento orçamentário de mais R$8 milhões em recursos próprios, que vão viabilizar mais dez obras de contenção de encosta.

Outras 39 áreas de risco estão sendo examinadas para verificar quais podem ser resolvidas no momento e buscar recursos para as demais. “Além disso, temos um outro desafio: nesta área, onde fica a garagem da empresa São Luiz, ser implantado o conjunto habitacional para 320 famílias que ficaram desabrigadas aqui devido às chuvas de 2015”, informou o prefeito.

Balanço – Desde 2013, foram concluídas 47 obras de encostas, sendo sete delas de contenção marítima, com investimento de R$54,7 milhões. Outras dez obras estão em execução, sendo duas de contenção marítima, no valor total de R$42,3 milhões. Outras sete obras estão previstas para serem iniciadas com investimento de R$6,6 milhões. Dos R$103 milhões investidos ou empenhados para contenção de encostas, R$62,3 milhões são oriundos de recursos próprios.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O bairro do Resgate recebeu, de uma só vez, cinco equipamentos de convivência e lazer construídos ou requalificados pela Prefeitura. Duas delas foram praças: a Juracy Rubens da Silva, na Rua dos Bem-te-Vis, e a Hely Magnavita Vilela, no final de linha da localidade. Já as outras três são quadras: a poliesportiva da Rua Nossa Senhora do Resgate e as quadras do Condomínio Solar das Árvores e do Conjunto Vale do Sol. As entregas foram feitas na noite desta segunda-feira (16) pelo prefeito ACM Neto, acompanhado de gestores municipais e população.

 

“Temos a oportunidade de devolver a cidade ao cidadão. Em 2013, as pessoas não conseguiam aproveitar Salvador. A Prefeitura vem fazendo a parte dela, tanto que em qualquer canto da cidade tem uma praça recuperada, área de lazer construída, espaço público cuidado pela gestão e entregue à população. O pedido aqui é o mesmo feito em outros locais: ajudem a conservar e manter essas intervenções, feitas com recursos de vocês”, salientou o prefeito.

 

Com investimento total de R$490 mil, as quadras foram reformadas pela Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel) e ganharam novos alambrados, piso, pintura, traves e grama no entorno. No caso da quadra poliesportiva, também foram feitos encosta e aplicada grama no entorno. O equipamento esportivo dará à garotada mais segurança na hora de disputar as partidas de futebol, handebol, vôlei e basquete.

 

Já as duas novas praças vão garantir a diversão do público de todas as idades, através dos brinquedos e mobiliários implantados para prática de exercícios. Tanto a Hely Magnavita (121m²) quanto a Juracy Rubens (171m²) têm espaços infantis, academias de saúde e musculação, bancos anti-vandalismo, mesas de jogos, pisos intertravados nas cores amarelo e vermelho, casas de Tarzan, balanços, amarelinhas, além de acessibilidade, paisagismo e iluminação. As obras foram executadas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), vinculada à Secretaria Municipal de Manutenção (Seman), e duraram cerca de três meses.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura repassou ao Hospital Aristides Maltez o montante de R$1.671.000,00 para quitação de débitos da administração municipal com a instituição ocorridos até o fim de 2012. A ação foi firmada em encontro entre o prefeito ACM Neto e o presidente da Liga Bahiana Contra o Câncer (LBCC), Aristides Maltez Filho, ocorrido nesta segunda-feira (16), no Palácio Thomé de Souza. Também esteve presente o secretário municipal de Saúde, José Antônio Rodrigues Alves, em seu último ato oficial antes de se despedir do cargo por decisão pessoal.

O pagamento foi feito em parcela única. “Com isso, estão sendo quitados todos os débitos da gestão retrasada com o hospital. A medida foi tomada em função da importância social do Hospital Aristides Maltez, que promove um grande trabalho gratuito de assistência à saúde da população. Procuramos, assim, zerar qualquer dívida da Prefeitura com a instituição”, pontuou ACM Neto.

Histórico – A LBCC é a matriz do Hospital Aristides Maltez (HAM), que é o primeiro hospital especializado em tratamento do câncer no país. Filantrópica e sem fins lucrativos, a unidade de saúde atende atualmente a 3 mil pessoas diariamente.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Um dos maiores espaços públicos e de lazer da cidade, a Praça Lord Cochrane, localizada na Avenida Anitta Garibaldi, foi recentemente entregue à população completamente requalificada, durante as comemorações do aniversário dos 469 anos de Salvador. Além dos equipamentos de lazer, o espaço vai contar também com novos elementos paisagísticos a partir deste mês, promovidos pela Prefeitura por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM) e investimento de R$ 48 mil. 

A praça ganhará oito Valentinas e três Altivas, todas confeccionadas pelo artista plástico Ray Vianna, feitas em fibra de vidro e haste em ferro, de tamanhos variados, alcançando no máximo seis metros de altura. As peças vão dialogar com as quatro Tulipas gigantes que já compõem o cenário do espaço desde 2012 – estas, inclusive, foram revitalizadas e entregues junto com a reinauguração da praça. 

As esculturas contemplam o projeto de valorização paisagístico da Lord Cochrane. As Altivas estarão direcionadas sentido Avenida Miguel Calmon. Já as Valentinas estão previstas para serem instaladas na direção da Avenida Anita Garibaldi. “Esse trabalho faz parte do projeto Flores Urbanas. As peças são baseadas em dobraduras de papel. Faço as lâminas em formas geométricas de triângulos e dobro para dar formato diferente de flor. Não são peças moldadas”, conta Ray Vianna.

A ideia é que as novas flores da Lord Cochrane interfiram na paisagem urbana de forma sutil, promovendo um encontro com a beleza, a contemplação, a reflexão e, ao mesmo tempo, dialogando com os motoristas e pedestres que transitam próximos aos locais onde elas serão “plantadas”. “Quando coloquei as Tulipas ali descobri o poder de destaque delas em meio a tanta informação da rua. Outra coisa é que, por elas serem brancas, acabam levando mensagem de paz aos motoristas e todos que passam por lá”, pontua Vianna. 

Balanço – Desde 2013, mais de 50 obras entre monumentos, bustos, estátuas e esculturas foram instaladas e recuperadas por meio da FGM. Dentre eles estão o Marco de Fundação da Cidade do Salvador, no Porto da Barra; esculturas Meninas do Brasil (As Gordinhas), em Ondina; estátuas de Thomé de Souza, do Barão do Rio Branco e Relógio de São Pedro, no Centro; busto de Dorival Caymmi, em Itapuã; escultura Sereia do Rio Vermelho, no Rio Vermelho, entre outros.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Operadores e agentes de viagens participaram, nesta segunda-feira (16), de um encontro no Pestana Convento do Carmo, no Centro. O evento é parte da programação de um famtour (tipo de promoção turística) promovido pelo grupo Pestana, com apoio da Salvador Destination e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult). A iniciativa serve para mostrar Salvador aos profissionais de turismo, a fim de que se familiarizem com o local e com os produtos e serviços que são oferecidos ao cliente.

Na ocasião, o titular da Secult, Cláudio Tinoco, apresentou os avanços e investimentos realizados pela Prefeitura nos últimos anos para o fomento do turismo na cidade. Ele abordou sobre a execução do extenso projeto de requalificação da Orla da capital, iniciado em 2013, além de restauros e criações de equipamentos culturais, como a Casa do Rio Vermelho – Jorge Amado e Zélia Gattai (Rio Vermelho), Casa do Carnaval (Centro Histórico), e espaços Pierre Verger da Fotografia e Carybé de Artes, situados nos fortes de Santa Maria e de São Diogo (ambos na Barra), respectivamente.

Tinoco também falou sobre a implantação do novo Centro de Convenções de Salvador, requalificação do Centro Antigo e parcerias com instituições do trade turístico para desenvolvimento de projetos que vão potencializar o destino Salvador pelo país afora. “Trazer grandes operadores e agentes de viagem para cá é uma oportunidade para que possamos apresentar, sobretudo, uma cidade que está renovada, numa fase de investimentos e de requalificação para o turismo, com novos equipamentos, novas estratégias. Nosso objetivo é fazer com que eles se capacitem para poder vender mais e melhor a capital baiana”, destacou o secretário.

Os profissionais de turismo participantes da famtour são todos radicados no Rio de Janeiro, mas possuem expertise no mercado internacional. Durante três dias, eles vão ter a oportunidade de conhecer diretamente os principais pontos de visitação da cidade.

“Esse é um trabalho técnico e profissional que Salvador vem fazendo, não é de agora. Ano passado capacitamos 2,5 mil operadores e agentes do turismo fora da cidade, mas nada melhor que trazê-los para cá. Sei que eles serão multiplicadores daquilo que estão encontrando aqui e nada melhor do que ouvi-los para sentir a impressão que eles estão tendo”, acrescentou Tinoco.

Surpresas – Operadora de turismo pela Blumar, a carioca Malu Ráfare voltou a Salvador após cinco anos e conta que ficou impressionada com os novos equipamentos culturais e as mudanças realizadas. “A energia da cidade está renovada. Antes estava suja e abandonada. O próprio Pelourinho está mais limpo e mais bonito de se ver. Fiquei muito emocionada de conhecer a Casa de Jorge Amado e Zélia Gattai. São escritores que admiro muito e pude sentir um pouco do que eles viveram. Também conheci a Casa do Carnaval, um ponto muito interessante para os turistas e para a própria população de Salvador voltar a ter orgulho da cidade”, disse.

Um dia após conhecer restaurantes e diversos espaços, o argentino Emiliano Parrili, que atua pela Viacapi, também gostou do que viu. “Fiquei muito surpreendido com a oferta gastronômica. Aqui se utiliza uma matéria prima particular diferente, que eu não conhecia no Rio, nem na Argentina e nem em países que trabalho”, revelou.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Até o produto final de uma produção audiovisual existem várias etapas que envolvem criação do roteiro, escolha de cenas, personagens, gravação das cenas e edições. Todo esse processo será apresentado aos alunos participantes da oficina de Audiovisual, que teve início este mês no Espaço Cultural Boca de Brasa – Subúrbio 360, em Coutos.

Promovidas pela Prefeitura de Salvador através de Fundação Gregório de Mattos, as aulas gratuitas, que incluem também Fotografia, acontecem de sexta a domingo, até o dia 27 de maio. As turmas são conduzidas pelas professoras e fotógrafas Marina Lima e Raiane Vasconcelos. O produto final será em forma de book trailer (exposição de um conteúdo de livro com imagens) e o enredo será a partir de poesias de Manoel de Barros, entre elas “O Fotógrafo”. 

Os alunos têm contato com todas as etapas e construirão juntos todos o material. Para Emile Cintia, de 15 anos e uma das participantes da iniciativa, a oficina gratuita é considerada uma oportunidade muito boa. “Sonho em ser fotógrafa e o custo de um curso como esse me impedia de iniciar os estudos nesta área”, pontua. 

Além de Audiovisual, são oferecidas oficinas de Teatro, Artes Urbanas (grafite) e Agentes Culturais. Esta última, inclusive, teve como aula inaugural a palestra inspiradora "A Periferia é Potência", com o cofundador da Vale do Dendê, Hélio Santos, e participação especial da jornalista e influenciadora digital Maíra Azevedo, mais conhecida como Tia Má.

As turmas de Teatro têm condução dos atores Fernanda Beltrão, Fernanda Paquelet e Alexandre Moreira – os três fazem parte do “Coletivo 4”. Nas aulas iniciadas na sexta-feira (13), os alunos receberam noções básicas de linguagem corporal, ritmo e improvisação. “Todo o processo de criação das apresentações finais serão a partir das experiências realizadas durante as aulas”, explica Fernanda Beltrão.

Mais de 180 alunos participam das oficinas e os resultados finais serão apresentados na Mostra Final, que acontece de 1º a 3 de junho. Antes disso, a população poderá conferir aos domingos, nos dias 22 de abril e 6 e 20 de maio, um palco aberto que vai receber apresentações de artistas locais, que já estão sendo mapeados para compor a programação destes eventos.

Fomento – Criado em 1986, o projeto Boca de Brasa visa fomentar a cultura na periferia, com foco na promoção da cidadania por meio do incentivo às manifestações artísticas dos bairros da capital baiana. Em 2013, a ação recebeu um novo formato, com oficinas gratuitas de diferentes áreas artísticas. 

Em 2017, a FGM lançou o edital Espaços Culturais Boca de Brasa, concedendo aporte financeiro a três propostas voltadas ao aprimoramento, dinamização e/ou ampliação das atividades artístico-culturais desenvolvidas em espaços culturais já existentes. Já estão em funcionamento as unidades Juventude Ativista de Cajazeiras, em Cajazeiras, e Avançar, no Bairro da Paz. 

Neste ano, a Prefeitura construiu o primeiro Espaço Cultural Boca de Brasa, dentro do Subúrbio 360, com promoção de oficinas para os alunos e comunidade local nos finais de semana, de sexta a domingo. A estrutura conta com um teatro equipado com som e luz, 400 lugares na plateia e camarins. O mesmo teatro vira auditório, quando necessário. Além disso, duas salas serão utilizadas para o desenvolvimento de atividades artísticas e culturais.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O Roadsec, maior evento itinerante de hacking, segurança e tecnologia da América Latina, vai desembarcar em Salvador neste sábado (14), no Fiesta Bahia Hotel. Com o apoio da Prefeitura, através da Secretaria da Cidade Sustentável e Inovação (SECIS), o encontro reunirá hackers, profissionais de segurança da informação e os especialistas em tecnologia de maior renome nacional e internacional em palestras abertas ao público. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site do evento.

Os participantes poderão interagir com equipamentos de tecnologia de ponta - como óculos de realidade virtual e caneta 3D -, pilotar drones com smartphones, montar circuitos de robótica e muito mais. Além disso, será realizada ao vivo a etapa regional do Hackaflag, o Campeonato Brasileiro de Hacking. O vencedor da competição representará a Bahia na final nacional em São Paulo, no mês de novembro.

“Mais uma vez Salvador entra no circuito internacional dos grandes eventos da área de inovação e tecnologia. É uma boa oportunidade para quem é do ramo de segurança de se inteirar das novidades do mercado, de fazer novos contatos e ouvir experiências de sucesso que podem fazer a diferença na gestão da informação de empresas”, ressalta André Fraga, secretário da Secis.

O evento também é o principal espaço onde os talentos locais podem se revelar para o mercado e profissionais já consolidados podem investir no networking. "O Roadsec por anos foi a única e mais importante ferramenta para fomentar a cultura hacker pelo Brasil e descobrir novos talentos para a segurança da informação. Neste ano vivemos um momento de consolidação e a Bahia é um polo fundamental para esse setor", destaca Anderson Ramos, criador do Roadsec.

Programação - Na ocasião, o fundador no Grupo Neoclata, Matheus Rosa, contará com o despreparo das pessoas na internet pode causar enormes prejuízos, principalmente no mundo corporativo. Marcus Vinícius, analista de sistemas industriais, irá esclarecer como as indústrias estão entrando na fase 4.0 e explicará como expandir o uso de dispositivos de internet das coisas sem negligenciar a segurança digital.

Além disso, Georgia Weidman falará sobre suas experiências como empreendedora, palestrante, instrutora, pesquisadora em segurança e autora do livro "Testes de Invasão: Uma Introdução Prática ao Hacking". Weidman recebeu o prêmio Women's Society of CyberJutsu Pentest Ninja em 2015 e possui mestrado em Ciências da Computação. Também é fundadora da Bulb Security LLC, empresa de consultoria da área de segurança e testes de invasão.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Enquanto muitas pessoas precisam dos serviços da Defesa Civil de Salvador (Codesal) para registros de ocorrências em casos de desastres ocasionados pelas chuvas através do telefone 199, outras utilizam a ferramenta para a prática de trote. A atitude resulta em uma série de problemas tanto para o órgão, quanto para a população. Apenas nos primeiros três meses de 2018, foram registrados aproximadamente 1 mil casos de ligações falsas à Codesal – o que corresponde a 6% de todas as ligações para o órgão. 

“O trote é danoso para qualquer tipo de operação de emergência. Realizamos diariamente diversas vistorias, feitas através dos técnicos. Quando há um desencontro de informações, ocasiona uma viagem perdida, prejudicando a pessoas que realmente precisam de atendimento em, muitos casos, urgente”, explica o diretor-geral da Codesal, Sósthenes Macedo.

De acordo com o ouvidor-geral do Município, Humberto Viana, os casos de trotes costumam aumentar no período chuvoso e causam um grave problema. “A prática do trote ocasiona o congestionamento da fila de chamadas, o que gera o acúmulo do tempo de espera e, consequentemente, prejuízos para a população principalmente em casos de extrema urgência”, conta. A prática é crime previsto no artigo 266 do Código Penal e o infrator pode pegar de seis meses a um ano de detenção ou multa. 

Atendimento – Para o atendimento das emergências civis em Salvador, a Codesal conta com colaboradores que trabalham 24 horas para garantir tranquilidade e comodidade à população em casos de urgência. Através do 199, os cidadãos podem comunicar à Prefeitura casos de deslizamento de terra, ameaça de desabamento de imóvel e ameaça de deslizamento de terra. As demandas registradas são enviadas imediatamente à Codesal e/ou ao órgão competente para rápida resposta ao demandante.

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...