Releases

0
0
0
s2sdefault
A Prefeitura, através da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult) e do Consórcio Cria Rumo Arandas, realizou, nesta terça-feira (7), um encontro para a elaboração do Plano de Ação para o Desenvolvimento do Turismo Étnico-Afro de Salvador. O encontro de líderes que aconteceu no Teatro Gregório de Mattos, e teve como objetivo a coleta opiniões de pessoas do segmento cultural para saber o entendimento deles sobre o projeto, como ele deve se desenvolver e como pode ser fortalecido. A iniciativa, que teve caráter participativo, visa fomentar o turismo étnico na cidade, gerando oportunidades de emprego e renda para a população afrodescendente.
 
O evento reuniu líderes de referência em diversas atividades turísticas e étnico-afro para apresentar a metodologia e coletar informações que serão agregadas ao projeto. Os próximos passos consistem na realização de entrevistas individuais com as lideranças e oficinas nos bairros.
 
“O Plano de Ação Étnico-Afro visa fomentar a incorporação da população afrodescendente nas atividades associadas ao turismo, atuando nos diversos aspectos já reconhecidos, como a música, a gastronomia e as artes, que já funcionam como ativo e atrai a atenção de turistas nacionais e internacionais. A iniciativa busca legitimar e valorizar esse setor dentro da sociedade e, junto com as lideranças, comprometê-los com os resultados e colocá-los ao nosso lado para acompanhar a execução das ações que irão ser definidas no plano e buscar também participação no resultado econômico que o turismo oferece a Salvador”, afirmou Cláudio Tinoco, titular da Secult.
 
O produtor cultural e líder comunitário do Curuzu Paulo Cambuí contou que a expectativa para o desenvolvimento do projeto é grande. “A proposta desse encontro é muito importante, há anos buscamos implantar e qualificar alguns destinos na nossa comunidade para que as pessoas possam conhecer a nossa cultura. Estar aqui hoje é muito importante porque poderemos expor nossas ideias. E organizando tudo, tenho certeza que os resultados virão, porque já tivemos a oportunidade de receber turistas no Curuzu e eles ficaram bastante encantados”, afirmou.
 
Já o líder religioso e representante comunitário do bairro de Matatu de Brotas conhecido como "Pai Iôiô" destacou a importância que a prefeitura vem dando ao turismo na cidade. “É muito importante essa iniciativa da Prefeitura, porque vai valorizar o turismo cultural, étnico, religioso e vai desmistificar preconceitos. Além de valorizar os líderes religiosos e projetos sociais comunitários”.
 
Projeto - O Plano de Ação Étnico-Afro teve a ordem de serviço para início da ação assinada e apresentada pelo prefeito ACM Neto, na última quinta-feira (2), ao lado dos secretários municipais de Cultura e Turismo (Secult), Cláudio Tinoco, e da Reparação (Semur), Ivete Sacramento, demais autoridades, convidados e imprensa. O consórcio selecionado via processo licitatório para conduzir o plano foi o Cria Rumos Arandas, que contará com investimento de cerca de R$ 728 mil, dentro do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur).
0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Na manhã desta terça-feira (7), os agentes da Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador) participaram da roda de discussão sobre a campanha Maio Amarelo. A palestra, ministrada pela especialista em Gestão de Trânsito, Miriam Bastos, teve como objetivo reforçar o entendimento dos profissionais sobre a importância da campanha para os agentes e condutores de veículos.

Dos assuntos abordados durante a palestra, a redução dos índices de acidentes no trânsito em Salvador foi o que mais chamou a atenção do agente de trânsito Antônio Alves Neco, 48 anos. Há 24 anos na função, o agente ressaltou a importância de perceber que as ações efetivas trazem melhoria na vida do cidadão. “Iniciativas como estas servem para que o ente público observe que o agente de trânsito precisa de investimentos para que, assim, possamos realizar nosso trabalho cada vez melhor”, pontuou.

O gerente de trânsito da pasta, Antônio Nery, chamou a atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito, que é uma tendência mundial. O gestor salientou o papel dos agentes nas campanhas. “Eles são as primeiras pessoas que o cidadão encontra na rua. Por isso, têm tem que estar orientados e saber como lidar com as pessoas no trânsito. Não basta apenas conhecer a legislação e cobrar – eles também são agentes de mudança, que podem multiplicar essas informações e, com isso, trazer uma melhor educação para que as pessoas compreendam a necessidade de transitar com segurança”, completou.

Campanha – Idealizada pela Organização das Nações Unidas (ONU), que decretou em maio de 2011 a “Década de Ação para a Segurança no Trânsito”, a campanha Maio Amarelo é coordenada em conjunto entre o poder público e a sociedade civil. Tem como principal objetivo conscientizar a população para a importância da atenção nas vias, além de mobilizar os cidadãos a engajar e praticar ações para que os índices de mortes e acidentes sejam reduzidos. O movimento conta com o apoio de diversos órgãos públicos e privados, entre eles o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA).

Aumento - O número de veículos em Salvador vem crescendo nos últimos anos. De janeiro de 2018 a abril de 2019, houve um aumento de 7.310 veículos na capital baiana. Os automóveis compõem a maioria da frota da cidade, com 66,5%, seguidos de motos (14,11%), utilitários (11.73%), caminhões (2,27%) e ônibus (1.44%).

Vivo na Moto - No dia 25 deste mês, a Transalvador irá realizar uma ação educativa voltada para motociclistas. Em parceria com o órgão, clubes de motos e empresas que trabalham com entregas serão alvo da ação. O evento, que levará o nome sugestivo de “VIVO na Moto”, será divido em sete partes, sendo realizada uma ação por mês até novembro. A primeira edição será na sede da Prefeitura-Bairro do Subúrbio/Ilhas, em Paripe.

Próximos eventos:

Prefeitura-Bairro Cajazeiras – 29 de junho

Prefeitura-Bairro Pau da Lima – 27 de julho

Prefeitura-Bairro Liberdade/São Caetano – 31 de agosto

Prefeitura-Bairro Itapuã/Ipitanga – 28 de setembro

Prefeitura-Bairro Cidade Baixa – 26 de outubro

Prefeitura-Bairro Cabula/Tancredo Neves – 30 de novembro

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Tem habilidade em comercializar produtos e ensino médio completo? Então pode aproveitar uma das seis vagas para vendedor, oferecidas nesta quarta-feira (8) pelo Serviço Municipal de Intermediação de Mão-de-obra (SIMM). Do total, três oportunidades são para vendedor interno e outras três para vendedor de informática, com salário a combinar e benefícios, sendo necessário, pelo menos, seis meses de experiência na área.

Os interessados devem comparecer a um dos postos do SIMM, localizados no Comércio (Rua Miguel Calmon, 506, Edifício Ouro Preto) e Boca do Rio (Rua Abelardo Andrade de Carvalho, 141, anexo ao Colégio Imeja). É necessário levar originais da carteira de trabalho, carteira de identidade, CPF, comprovantes de residência e histórico escolar, além do número do PIS, Pasep ou NIS.

O atendimento é feito das 7h às 17h, mediante distribuição de senhas, que são entregues a partir das 6h30. Os candidatos podem usufruir do atendimento por hora marcada, que funciona das 7h às 16h30, pelo telefone (71) 3202-2016 ou 0800-2853111 para ligações gratuitas.

É possível também ter acesso ao atendimento do SIMM nas Prefeituras-Bairro Centro/Brotas Cabula, Cajazeiras, Cidade Baixa, Itapuã, Pau da Lima e Subúrbio/Ilhas, para realização de cadastro, busca por vagas e encaminhamento para entrevistas e seleções. Também há vagas para outras oito funções, conforme lista abaixo.

Vagas do SIMM para quarta-feira (8):

Vendedor de informática

Ensino médio completo, seis meses de experiência, imprescindível experiência na área.

Salário: a combinar + benefícios

3 vagas

Vendedor interno

Ensino médio completo, seis meses de experiência

Salário: a combinar + benefícios

3 vagas

Auxiliar de depósito

Ensino médio completo, seis meses de experiência, imprescindível experiência no ramo alimentício

Salário: R$998,00 + benefícios

2 vagas

Auxiliar administrativo (menor aprendiz)

Ensino médio incompleto, vaga zoneada para moradores de Lauro de Freitas

Salário: a combinar

2 vagas

Telefonista (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

Ensino médio completo, seis meses de experiência

Salário: R$1.438,00 + benefícios

1 vaga

Atendente (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

Ensino superior incompleto em Administração ou áreas afins, seis meses de experiência

Salário: R$2.013,00 + benefícios

1 vaga

Confeiteiro

Ensino médio completo, seis meses de experiência, fácil acesso a Lauro de Freitas

Salário: a combinar + comissão e benefícios

2 vagas

Padeiro

Ensino médio completo, seis meses de experiência, desejável conhecimento no ramo de confeitaria

Salário: a combinar + comissão e benefícios

2 vagas

Assistente de faturamento

Ensino superior completo em contabilidade ou áreas afins, 6 meses de experiência, desejável conhecimento no sistema P&A

Salário: a combinar + comissão e benefícios

1 vaga

Auxiliar de informática (estágio)

Ensino superior completo na área de Informática, sem experiência, imprescindível conhecimento na linguagem PHP

Salário: a combinar

1 vaga

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com o objetivo de dinamizar o atendimento aos pacientes para acesso gratuito aos serviços de prótese, a Secretaria Municipal da Saúde de Salvador (SMS) realizará, no próximo sábado (11), a primeira edição do mutirão para confecção de prótese dentária no município. A iniciativa faz parte de uma série de ações voltadas para a área da saúde bucal que serão executadas em 2019. O evento acontecerá no Centro de Especialidade Odontológica (CEO) Alto da Cachoeirinha, localizado no bairro do Cabula, das 8h às 17h.

De acordo com Mayana Calasans, coordenadora de Saúde Bucal do município, o objetivo do projeto é promover celeridade nas reabilitações orais para a população soteropolitana, bem como resgatar a autoestima dos pacientes.

“O principal objetivo das próteses dentárias é a transformação da saúde bucal em todas as suas funções: estética, mastigação e fonética, proporcionando um belo sorriso e aumentando a autoestima dos pacientes. No mutirão, os pacientes atendidos já vão começar efetuando a moldagem e registro da mordida. Em seguida, a prova da peça com os dentes e, finalmente, a entrega da peça. Em quatro sábados eles vão sair com suas respectivas próteses em boca”, explicou.

Participarão desta edição os pacientes que foram previamente triados nas unidades odontológicas municipais. Além do mutirão, o serviço de prótese é ofertado continuamente na rede através dos CEOs localizados nos bairros da Federação, Cajazeiras, Cabula e Periperi, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Salvador foi palco do teste de um ônibus 100% elétrico da empresa chinesa BYD, que possui fábrica em Campinas (SP). O veículo saiu da sede da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), em Amaralina, e seguiu até o bairro da Ondina. A ação aconteceu na última sexta-feira (3).

Com capacidade para 51 passageiros em pé e 26 sentados, o veículo apresentado não emite qualquer tipo de poluição. Durante os testes, o titular da Semob, Fábio Mota, destacou os benefícios sustentáveis do equipamento. “O ônibus elétrico é uma tecnologia limpa. É evidente que, entre ele e o normal, o elétrico leva todas essas vantagens por ser um aliado do meio ambiente”, reforça.

O ônibus possui dois motores, sendo um em cada roda, freio ABS, potência de 400cv e consegue rodar 250km com a bateria completa, que leva até 4h para ser recarregada. O sistema de carregamento da bateria é feito em uma central de abastecimento, que pode ser instalada na garagem dos veículos. O veículo é conectado em uma tomada até concluir o processo. “Nós estamos testando as questões da autonomia e da logística do carregamento, assim como a funcionalidade do veículo. A gente precisa garantir que o ônibus elétrico tenha as mesmas condições que tem um ônibus a diesel”, frisa Mota.

Altamente sustentável, o carro possui, dentre as características, a presença de 100% de suspensão pneumática, que oferece mais conforto ao passageiro com o sistema de ajoelhamento, que compreende o piso baixo e a ausência de degraus. Com acionamento de um botão, o carro é inclinado para o lado direito, onde uma prancha é deslizada para facilitar o acesso dos cadeirantes e pessoas com deficiência com tranquilidade e segurança.

Para o gerente de manutenção do grupo Plataforma, Marcos Luís, o veículo promove uma série de benefícios. "Esse ônibus traz um conjunto de elementos que vão favorecer os passageiros com o conforto e segurança, além da sustentabilidade. Ao longo de um ano, será reduzido cerca de 1,8 tonelada dos níveis de dióxido de carbono", afirma.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

No Dia das Mães, a ser celebrado no próximo domingo (12), o presente tem que ser completo. Para ajudar aos filhos na missão de proporcionarem um dia especial, o afrochef Jorge Washington realiza uma edição especial do projeto Culinária Musical, a partir do meio-dia, na Casa do Benin, no Pelourinho, dedicado às geradoras da vida. O ingresso custa R$20 (dinheiro) e o prato R$30 (dinheiro, débito ou crédito).

O já consolidado projeto gastronômico e musical da cidade reunirá tudo que as mamães têm direito: música de qualidade, boa comida e muita alegria.A programação terá o som do grupo Quinteto e as participações dos cantores Adelmo Casé e Dom Chicla e da cantora Alana Muinhos, além de desfile da grife Nêga Negona, com a oportunidade das mamães presentes estrearem na passarela.

Na cozinha cheia de afetos, Washington preparará uma deliciosa feijoada, confirmando que aprendeu bem os ensinamentos recebidos na cozinha da mãe, dona Georgina Rodrigues da Silva. Ainda como opções gastronômicas serão oferecidos abarás e um caprichado arrumadinho de carne de fumeiro.

 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com o objetivo de combater fraudes na administração pública municipal, especificamente no Sistema de Cadastro Único (CadÚnico), a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), e o Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) assinaram um Convênio de Cooperação Técnica. A ação visa permitir o acesso da Sempre à base de dados do Sistema de Observação de Contas Públicas – Mirante.

O presidente do TCE, Gildásio Penedo Filho, e o secretário da Sempre, Léo Prates, destacaram a importância da parceria. Por meio do cruzamento de informações entre o Mirante e a Base de Dados do Sistema de Gestão de Benefícios (Sigebe), a medida trará mais efetividade, por exemplo, ao controle do Bolsa Família, evitando fraudes nesse benefício.

“O Mirante é um sistema de excelência e nada mais oportuno do que associá-lo à nossa base de dados, trabalhando com os profissionais qualificados do TCE. Com isso, quem ganha é a sociedade”, disse o secretário Léo Prates.

Na avaliação de Penedo Filho, o Mirante tem ampliado a atuação no cruzamento de dados em várias esferas de administração, o que atesta a excelência da ferramenta de controle. “As ações de auditoria do TCE ampliaram a atuação do Mirante. Nos últimos meses, diversas instituições, a exemplo de câmaras municipais, têm buscado apoio nesse sistema visando a apuração de dados e ao controle de suas administrações. Isso tem contribuído para a detecção de fraudes”, ressaltou o presidente do tribunal.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), entidade ligada à ONU, destacou Salvador como um dos três exemplos na América Latina de redução de mortes no trânsito. O texto que cita a capital baiana como modelo foi publicado no site da entidade, como parte da Quinta Semana Global de Segurança no Trânsito das Nações Unidas, que ocorre entre os dias 6 e 12 de maio.

Além de Salvador, a agência internacional cita apenas a cidade de Guanajuato, no México, e o país do Uruguai por terem reduzido, consideravelmente, a mortalidade no trânsito. A Opas salientou que a capital baiana quebrou barreiras intersetoriais e reuniu entidades com o objetivo de valorizar a vida no trânsito. O resultado, segundo apontou a agência, foi a redução de 54% dos acidentes fatais, visto que, em 2017, foram registrados 121 ocorrências desse tipo, contra 266 em 2010.

O projeto Vida no Trânsito, que atualmente é coordenado pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), foi elogiado pela Opas por realizar um trabalho conjunto. A estratégia inclui avaliação e qualificação de dados, inclusão da questão da saúde nas discussões sobre o trânsito, a melhoria na infraestrutura para proteger usuários mais vulneráveis, o investimento em ações para combater o álcool no trânsito e o desenvolvimento de programas de educação infantil.

“Sabemos que, muitas vezes, a população reage quando é fiscalizada, mas o nosso foco principal é preservar vidas. Tanto que temos tido resultados positivos mesmo com a redução do número de multas, o que tem ocorrido a cada ano. Nosso interesse não é arrecadar, tanto que o resultado está aí – apenas um país e duas cidades da América Latina foram citados e uma delas foi Salvador. Isso mostra que os condutores estão se conscientizando cada vez mais”, afirma o superintendente Fabrizzio Muller.

Números - Em 2018, a Transalvador registrou o menor número de notificações dos últimos cinco anos. Ao todo, foram emitidas 623.964 notificações, enquanto em 2017 houve 857.075 e em 2016 foram 953.195 notificações diversas. Os dados mostram uma redução no número de multas, o que representa maior conscientização dos condutores no tráfego de Salvador.

Vida no Trânsito – O Projeto Vida no Trânsito é uma iniciativa brasileira voltada para a vigilância e prevenção de lesões e mortes no trânsito e promoção da saúde, em resposta aos desafios da ONU para a Década de Ações pela Segurança no Trânsito (2011 a 2020). Em Salvador, o projeto está sendo coordenado pela Transalvador e é composto por órgãos municipais, estaduais e federais que também se debruçam sobre a temática de segurança no trânsito.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

Para uns, a aquisição de conhecimento e aprendizado profissional e cidadão para a construção de um futuro melhor. Para outros, a expectativa de passar por esta experiência transformadora dentro da Prefeitura de Salvador. A formatura de 300 jovens e o ingresso de novos 300 participantes do projeto Jovem Aprendiz Empreendedor marcaram o evento “Uma Jornada Transformadora – Valorizando o Protagonismo dos Jovens e Criando Oportunidades no Mundo do Trabalho”, ocorrido nesta terça-feira (7), na área externa do Palácio Thomé de Souza, no Centro.

Estiveram presentes na ocasião o prefeito ACM Neto e a presidente de honra do Parque Social, Rosário Magalhães, acompanhados do vice-prefeito Bruno Reis, demais secretários e gestores municipais, autoridades e imprensa, além dos próprios jovens e familiares. A atividade também contou com a palestra “Mente de Campeão”, ministrada pelo professor e empreendedor Yang Mendes.

No discurso, o prefeito salientou a necessidade de dar oportunidade aos jovens apresentarem o próprio trabalho, valor e talento, a exemplo do que tem acontecido com diversos gestores que ingressaram na administração municipal desde 2013. “A cada ciclo, oportunizamos que esses jovens possam ter, por um lado, a experiência do primeiro emprego, a convivência com o mercado de trabalho e o aprendizado de atividades que no futuro serão fundamentais nas suas vidas. Por outro lado, damos condições para que eles tenham um aprendizado mais amplo, com acompanhamento social e educacional, que fará esses jovens mais preparados e em melhores condições para ingressar no mercado de trabalho”, destacou ACM Neto.

“É essencial investir no potencial do jovem, no seu desenvolvimento pessoal e profissional, garantindo um futuro melhor e uma sociedade mais justa, digna e contemporânea. É nessa perspectiva que temos atuado, acreditando e valorizando o protagonismo juvenil como força propulsora de transformação social”, disse Rosário Magalhães.

Com essa preocupação em oferecer oportunidades aos futuros cidadãos, a presidente de honra do Parque Social lembrou que a instituição também promove outros projetos. Dentre eles estão o Jovem Líder Empreendedor Social, Jovem Monitor de Turismo, Empreendedor Digital e Coletivo Jovem – este em parceria com o Instituto Coca-Cola.

Gratidão e expectativa – Após receberem o certificado de conclusão e através de um poema-relato, os colegas Guilherme Wender , de 18 anos, e João Miranda, de 19 anos, aproveitaram para agradecer a todos os envolvidos – professores, gestores e colegas de projeto e de trabalho – pela passagem no projeto Jovem Aprendiz Empreendedor. “O pessoal do Parque Social nos ajudou muito no relacionamento interpessoal. Somos como passarinhos, prontos para voar dispostos a achar nosso próprio ninho. Obrigado por aumentar nossa bagagem e conseguir nosso sonho do primeiro emprego, que nos aproximou de muita gente”, foram alguns dos dizeres.

Iniciante no Jovem Aprendiz Empreendedor, Layza Cabral, de 15 anos e cursando o 2º ano no Colégio Estadual Paulo Américo, na Ribeira, representou todos os novos integrantes ao receber a carteira de trabalho das mãos do prefeito ACM Neto e do secretário municipal de Trabalho, Esportes e Lazer (Semtel), Alberto Pimentel. Ela demonstrou bastante entusiasmo em desempenhar as atividades no Gabinete do Prefeito. “O projeto traz uma nova visão de mundo. A formação não é apenas para o mercado de trabalho, mas também como ser humano. O clima é de uma grande família”, relatou.

Funcionamento – O Jovem Aprendiz Empreendedor é voltado para adolescentes e jovens com idade de 14 a 22 anos, integrantes da rede pública de ensino regular ou concluinte do ensino médio. Eles são contratados como trabalhadores formais, que recebem capacitação continuada, perfazendo um total de 1.280 horas teórico-práticas, durante 17 meses, além da participação em atividades transversais no sentido de ampliar seu olhar para questões humanitárias e de cidadania.

O projeto é resultado de parceria firmada entre o Parque Social e a Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel), para execução do Programa de Aprendizagem Profissional no Município do Salvador, em observância a Lei Municipal nº 9.376/2018, aprovada pela Câmara Municipal em 2018, tornando-se política pública.

Fiscalizado pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego na Bahia (SRTE-BA), o projeto proporciona aos jovens a inserção no mercado de trabalho, respeitando sua condição de pessoa em desenvolvimento, formando mão de obra qualificada e ciente dos seus direitos, além de contribuir com a redução da evasão escolar, dos indicadores de violência e o aumento da renda familiar.

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...