Releases

0
0
0
s2sdefault

A manhã desta segunda-feira (3) foi de muita celebração e sentimento de realização para os moradores de São Marcos, que receberam uma nova Unidade de Saúde da Família (USF) construída pela Prefeitura na Travessa Djalma Sanches, ao lado da Creche e Pré-Escola Primeiro Passo do bairro. A entrega foi feita pelo prefeito ACM Neto, acompanhado do secretário municipal de Saúde, Luiz Galvão, demais autoridades e imprensa. Também estava presente uma das duas novas profissionais do programa Mais Médicos que atuarão na cidade.

O prefeito salientou que a USF era uma grande reivindicação dos moradores, que desejavam ter acesso a uma unidade básica de saúde perto de casa, evitando assim procurar atendimento em vários postos. “Esta unidade terá capacidade para atender a 16 mil pessoas por mês com quatro equipes de saúde da família e outras quatro de saúde bucal, realizando um sonho antigo da comunidade. É um trabalho forte de expansão da atenção básica que está sendo feito na cidade. A unidade é a quarta de uma série de 11 postos de saúde da família que serão entregues pela Prefeitura e outros oito serão inaugurados nos próximos dois meses. Desde 2013, mais de 5 mil profissionais de saúde já foram contratados pelo município”, completou ACM Neto.

A importância da estrutura foi ressaltada por moradores como a corretora de imóveis e cantora Rebeca dos Santos, de 36 anos. Ela ressaltou que a USF vai melhorar muito a vida dos cidadãos da região, pois hoje encontram dificuldade de atendimento em outros locais, seja pela distância ou mesmo pelos postos andarem cheios. “Graças a Deus, estamos vendo que as coisas estão realmente acontecendo, principalmente para locais carentes como aqui”, salientou.

Há mais de 40 anos residente em São Marcos, a aposentada Maria de Jesus, de 72 anos, contou que tinha que acordar às quatro da manhã para ir a postos localizados em outros bairros. “Eu mesma tenho problema de artrose no joelho, minha filha precisa de atendimento odontológico e vai ser muito bom ter atendimento médico perto de casa”.

Estrutura e avanços – A nova unidade de A USF de São Marcos terá capacidade para realizar até 650 atendimentos por dia e 16 mil por mês. A estrutura foi construída em uma área de 610 m², com total acessibilidade e dispõe de 12 consultórios, quatro deles para atendimento odontológico. O investimento foi de R$ 1,4 milhão. No local, é possível ter atendimento médico, de enfermagem e odontológico.

Será disponibilizado acesso a vacinas, coleta de material para exames laboratoriais, curativos, marcação de consultas, exames e dispensação de medicamentos. Na USF também serão desenvolvidos programas de saúde prioritários, como o de Hipertensão Arterial, Diabetes, Pré-Natal, Crescimento e Desenvolvimento Infantil, Tuberculose e Hanseníase, Planejamento Familiar e Acompanhamento do Bolsa Família.

De acordo com o secretário Luiz Galvão, entre 2013 e 2018, oito unidades de saúde foram reformadas no Distrito Sanitário de Pau da Lima, quatro novas Unidades de Saúde da Família foram construídas e outras quatro estão em construção. De 2012, quando possuía apenas 8% da cobertura, a região passou a ter mais de 50% de cobertura da atenção básica para a população - um incremento de 487%.

Médicas – Presente na solenidade, a médica Gabriela Vieira, 33 anos, disse estar pronta para atuar na USF Nova Constituinte, em Periperi. Ela é uma das duas profissionais selecionadas no novo edital do programa Mais Médicos e que substituirão os profissionais cubanos que atuavam na capital baiana. A outra profissional atuará na USF Boca da Mata.

Formada há seis meses, Gabriela conta que fez a inscrição assim que o processo foi aberto pelo site e conseguiu ser selecionada. “Vou assumir esse trabalho com muita dedicação e responsabilidade. Acho que é muito importante a prefeitura investir na atenção básica, esse modelo atua não apenas no tratamento, mas também na prevenção de doenças. É interessante ter uma unidade próxima à residência do paciente, que poderá ser acompanhado durante um tempo e não apenas de forma pontual. Isso reflete na qualidade de vida do cidadão e diminui custos com internamento”, opinou.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) autuou, nesta segunda-feira (3), a CCR Metrô Bahia por acumular lixo no entorno na linha férrea situada na Avenida Luiz Viana Filho (Paralela), o que prejudica a estética da cidade e pode causar doenças à população. Além disso, a concessionária foi notificada para preservar e garantir a limpeza do local.

A Sedur já havia notificado e autuado a CCR Metrô pelo mesmo motivo e, por isso, a multa pode chegar em até R$ 4.439,49. “A concessionária é reincidente e o poder público, como agente fiscalizador, não permitirá esse tipo de descaso e irresponsabilidade com a cidade”, destacou o diretor de fiscalização da Sedur, Átila Brandão Júnior.

A sanção foi aplicada com base no Código de Polícia Administrativa – Lei nº 5503/99, artigo 83, inciso III, que estabelece que as atividades industriais, de construção civil, comerciais, de prestação de serviços e outras fontes de qualquer natureza que causem ou possam causar degradação ou impacto ambiental, no território do município, prejudiquem os aspectos estéticos ou sanitários do meio ambiente, estão sujeitas ao controle e fiscalização.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto acusou o governador Rui Costa de mentir ao afirmar que o Executivo municipal atrasa obras do Estado na cidade ao não liberar alvarás de licença e construção, inclusive para a implantação de uma policlínica em Escada, no Subúrbio. "O governador está mentindo. O alvará já foi concedido. E não havia sido concedido antes porque o responsável pela obra não havia quitado a taxa junto à Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), como todo mundo tem que fazer. Ou ele (Rui Costa) vive em outro planeta ou está perdido a ponto de dizer uma sandice dessas", declarou o prefeito, durante inauguração da Unidade de Saúde da Família (USF) de São Marcos, agora pela manhã.

O Alvará de Licença de Construção para a implantação da policlínica foi liberado no dia 23 de novembro. Desde o dia 11 de outubro, quando o documento já havia sido liberado, a Sedur aguardava o pagamento da taxa por parte da Conder (documentos em anexo). A Sedur destacou que o processo de licenciamento dessa policlínica teve uma tramitação mais cautelosa, tendo em vista que o local onde o equipamento será construído está inserido na área ambiental do Parque Urbano de Escada.

O governador também acusou a Prefeitura de atrasar a ligação viária entre Lobato e Campinas de Pirajá. Só que o embargo ocorreu por prática de crime ambiental, no dia 14 de novembro. Os resíduos de construção civil estavam sendo descartados de forma irregular em um aterro clandestino, localizado no bairro de Sete de Abril, na Avenida Aliomar Baleeiro. A Sedur esclarece que não cassou a licença do aterro de inertes, como afirmou o governador, pois o local não possui a licença para realizar esse tipo de serviço.

A Conder, o Consórcio Transoceânico, o proprietário do terreno e a empresa Solumaq Soluções em Locações de Máquinas e Empreendimentos foram autuados por descarte irregular de entulho e supressão de vegetação. A Conder apresentou defesa e o documento está sendo analisado pela Sedur.

Estelionato - Para ACM Neto, o governador faz acusações à Prefeitura para tentar tirar de foco as medidas que está tomando logo após as eleições, a exemplo do aumento da alíquota de contribuição para os aposentados e pensionistas do Estado. "Rui Costa está no governo há 12 anos, somando os tempos de secretário e governador, e ainda tenta pôr a culpa pelos seus erros no passado", disse o prefeito.

"Ele (Rui Costa) está naturalmente envergonhado porque em pouquíssimo tempo a máscara caiu. Ele e seu grupo encobriram o rombo que praticaram nos cofres do Estado, fato que a oposição denunciou várias vezes, e agora penalizam o servidor e a população. Logo ele que pediu para que os eleitores não votassem nos deputados que se colocaram a favor da reforma da Previdência. Ele não tem autoridade para fazer isso com os inativos".

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A tradicional Festa de Santa Bárbara, nes terça-feira (04), abre o ciclo religioso dos festejos de largo na capital baiana. O evento é iniciado com uma missa na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, no Largo do Pelourinho, logo pela manhã, seguido de uma procissão pelas ruas do Centro Histórico até a Baixa dos Sapateiros. Para garantir a segurança e o tráfego dos fiéis, a Transalvador realizará algumas alterações no trânsito no dia do evento. 

Das 4h às 16h, haverá reserva de vagas para estacionamento dos veículos oficiais do Comando do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar, na Ladeira da Praça, bem como na via que margeia a Praça dos Veteranos. Entre as 7h e 15h, será feito desvio do tráfego de veículos no cruzamento entre a Rua Siqueira Campos com a Rua Engenheiro João Pimenta Bastos para à Rua Manoel Caetano. 

Já o tráfego de veículos será interditado, das 7h às 13h, na Ladeira da Praça, no trecho entre a Rua José Gonçalves e Avenida José Joaquim Seabra. Haverá também interdição progressiva do trânsito a partir das 8h, iniciada no Largo do Terreiro de Jesus, seguindo pela Praça da Sé, Rua da Misericórdia, Ladeira da Praça, Avenida José Joaquim Seabra (Baixa dos Sapateiros), Rua Padre Agostinho Gomes (antiga Rua Baixa dos Sapateiros / Museu Casa do Benin), com chegada ao Largo do Pelourinho. 

Opções – Os veículos que circularem pelo trecho interditado, provenientes do Centro da Cidade com destino à Baixa dos Sapateiros terão como opção de tráfego a Rua do Pau da Bandeira, Ladeira da Montanha, Ladeira da Conceição da Praia, Comércio e Túnel Américo Simas. Enquanto que os veículos que trafegarem pelo trecho interditado, vindos das Sete Portas e Bonocô com destino à Baixa dos Sapateiros terão como opção de tráfego o Vale do Nazaré, Avenida Joana Angélica e Saúde. 

Serão instaladas barreiras fixas, a partir de meia-noite do dia 4, na Ladeira Ramos de Queiroz (parte baixa); Rua das Flores / Ladeira Ramos de Queiroz; Rua do Taboão / Rua Caminho Novo do Taboão. Também serão instaladas barreiras móveis, a partir das 8h, na Avenida J. J. Seabra; Ladeira Ramos de Queiroz (parte alta) / Rua dos Marchantes; Ladeira do Prata; Rua 12 de Outubro; Largo de São Miguel; Rua Frei Vicente; Ladeira da Saúde;  Ladeira do Ferrão; Rua Padre Agostinho Gomes / Ladeira do Carmo; Rua do Taboão / acesso para o Largo do Pelourinho; e Rua do Alvo. 

Iluminação e fiscalização – A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), através da Diretoria de Iluminação Pública (DSIP), instalará 20 projetores de 400 watts para auxiliar a iluminação do entorno da festa. A secretaria também atuará no ordenamento dos comerciantes informais com um efetivo de 40 agentes de fiscalização, de 7h às 19h. Dois agentes de combate à poluição sonora estarão monitorando os trios e carros com som no perímetro na festa. Uma equipe estará de plantão no atendimento de denúncias recebidas através do Fala Salvador (156).

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Salvador deve receber 460.962 turistas entre os dias 28 de dezembro e 1º de janeiro, quando acontece, na orla da Boca do Rio, o Festival Virada 2019. A estimativa é da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), que prevê um acréscimo de 7,2% em comparação ao evento do ano passado, quando a capital baiana recebeu 430 mil visitantes.  

Do total de visitantes previstos para este ano, 232.158 chegarão do interior do estado, sobretudo Feira de Santana, enquanto 154.128 virão de outros estados, com destaque para São Paulo, e 74.676 de outros países, a maioria argentinos. Isso representa uma injeção de quase R$500 milhões na economia da cidade, beneficiando desde o ambulante ao empresário, gerando empregos diretos e indiretos.  

Em relação à ocupação nos hotéis da cidade, o trade turístico estima um incremento de 11% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foi registrada uma taxa média 82%. Em relação ao dia da virada, o número de leitos ocupados deve chegar a 98%. "São dados positivos que refletem a consolidação do Festival Virada Salvador como o segundo maior produto turístico da cidade, só perdendo para o Carnaval", declara o titular da Secult, Cláudio Tinoco. 

"Temos uma expectativa muito positiva para a festa deste ano, graças a fatores como divulgação antecipada e o número de reservas já asseguradas nos hotéis da cidade. São cinco dias de festa e a garantia é de excelente ocupação, com 80% dos leitos da região entre Itapuã e Pituba já estão reservados", disse José Manoel Garrido, coordenador da Câmara Empresarial do Turismo da Fecomércio-BA. 

Gastos por turista - Quanto à média dos recursos deixados por esses visitantes ao longo dos cinco dias de festa, a Secult estima um gasto individual em torno de R$ 980 aplicados em alimentação (35%), deslocamento interno (29%), compras (18%), hospedagem (14%), guias e excursões (2%) e espetáculos em geral (2%). Isso representa uma movimentação de quase R$500 milhões na economia de Salvador.  

"Esperamos vendas tão relevantes quanto no ano anterior, quando a média de arrecadação dos ambulantes girou em torno de R$ 500 e R$ 1.500 por dia, entre os vendedores de bebidas, lanches, balas e souvenires", afirmou Rosemário Lopes, presidente da Associação Integrada de Vendedores Ambulantes e Feirantes da Cidade de Salvador (Assidivam).

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Consolidada no calendário de eventos da capital, a Caminhada do Samba reunirá baianos e turistas neste domingo (2) com festa e muita música no entorno da Praça Dois de Julho (Campo Grande). O evento tem apoio da Prefeitura, através da Empresa Salvador Turismo (Saltur), e é organizado pela União das Entidades de Samba da Bahia (Unesamba).

Para que o público possa se divertir com conforto e tranquilidade, a Prefeitura montou um esquema especial de serviços. Confira a seguir a atividades das secretarias e órgãos geridos pelo município.

Fiscalização – A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) vai empregar um total de 37 fiscais, sendo 20 no Centro e 17 no Rio Vermelho, das 8h às 22h, para orientar e ordenar os comerciantes informais na festa.

Combate à poluição sonora – Três agentes de fiscalização que trabalham no combate à poluição sonora irão monitorar a Caminhada do Samba, tanto no Centro quanto no Rio Vermelho, verificando a emissão sonora de trios e carros com som. Uma equipe estará de plantão no atendimento de denúncias recebidas pelo Fala Salvador (156).

Saúde – A Secretaria de Saúde (SMS) estará em alerta para atender qualquer demanda emergencial que ocorra durante a festa através do Samu 192. Outra opção é acessar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vale dos Barris.

Prevenção e segurança – A Guarda Civil Municipal (GCM) atuará no evento com um efetivo de 40 agentes que estrarão distribuídos em três atividades: no apoio as equipes da Transalvador nas barreiras de trânsito que foram organizadas; no patrulhamento preventivo de prevenção a violência no Largo do Campo Grande e entorno; e no reforço a preservação de patrimônio público no Elevador Lacerda.

Trânsito – A partir das 22h de amanhã (1º), será proibida a circulação e estacionamento de veículos, exceto trios elétricos, no Largo do Campo Grande na via que margeia a Praça Dois de Julho e na faixa da esquerda, no trecho defronte ao Teatro Castro Alves (TCA). Também estará suspenso temporariamente o estacionamento de veículos nas vias Rua Forte de São Pedro e Avenida Sete de Setembro (Mercês, Rosário, Piedade, São Pedro e São Bento). A proibição segue na Praça Castro Alves, Rua Carlos Gomes, Rua Senador Costa Pinto, e no Passeio Público. As vias voltam a ser utilizadas normalmente a partir das 21h do dia 2.

Serão montadas barreiras fixas montadas pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) na travessa Jonatas Aboti, Rua Clovis Spínola, Praça da Piedade, Avenida Joana Angélica, Rua do Paraíso, Largo de São Bento, Rua Pinto Martins, Ladeira da Montanha e Rua do Sodré, Rua Santa Thereza, entrada do Dois de Julho, Rua da Faísca, Rua Pedro Autran, Rua Horácio César e Largo dos Aflitos. Nestes trechos a interdição será da 0h de sábado (1º) até as 22h de domingo (2).

Serão postas também barreiras móveis das 12h às 22h do dia 2 nas vias João das Botas, Leovigildo Filgueiras, Comendador José Alves Ferreira, Banco dos Ingleses, Gamboa de Cima, Rua Direita da Piedade, Politeama de Baixo, Ladeiras do Gabriel e dos Aflitos, Ladeira da Montanha e da Praça, Praça Castro Alves, Rua Chile, Rua do Tesouro e Rua Padre Domingos de Brito.

Os veículos que trafegam na Ladeira da Montanha terão como opção de tráfego a Avenida Lafayette Coutinho e Rua dos Ingleses e Largo do Campo Grande. Moradores terão acesso livre para as vias interditadas mediante comprovação de endereço através do documento veicular ou contas de água, energia, por exemplo.

Limpeza – Profissionais da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) darão início a operação de limpeza das vias públicas impactadas pela caminhada às 20h do domingo, com atuação no Largo do Campo Grande, Avenida Sete de Setembro (do Campo Grande à Praça Castro Alves), Rua Forte de São Pedro, Praça Castro Alves e Rua Carlos Gomes e transversais.

Pouco mais de 120 agentes de limpeza estarão atuando na área com o apoio de mais de 149 equipamentos, a exemplo de compactadores e caminhões-pipa. Em todo o percurso serão disponibilizados mais de 136 sanitários químicos em pontos estratégicos da festa como na Rua da Faísca (próximo ao Procon-BA), Praça Castro Alves e Largo da Piedade (em frente à Escola de Economia).

Transporte – Para suprir a necessidade dos usuários de transporte público durante a Caminha do Samba, realizada no Campo Grande, a Secretaria de Mobilidade (Semob) disponibilizará 15 veículos extras da frota reguladora, que estarão disponíveis nas estações da Lapa e Acesso Norte entre 18h de domingo (2) até 1h30 da segunda-feira (3). Além disso, a Semob vai reforçar a frota de 22 linhas de ônibus que atendem ao Centro, entre 11h e 0h. Esses veículos terão o itinerário modificado de acordo com as alterações de trânsito citadas anteriormente.

Ainda com o intuito de reforçar o atendimento no Centro, devido à Caminhada do Samba, as linhas do Sistema de Transporte Especial Complementar (Stec) que têm como destino final a Baixa do Fiscal deverão prolongar o atendimento até o Elevador Lacerda conforme roteiro: Avenida Afrânio Peixoto, Baixa do Fiscal, Calçada, São Joaquim, Avenida Engenheiro Oscar Pontes, Avenida da França, retorno em frente à Igreja Nossa Senhora da Conceição da Praia, Rua da Bélgica, Rua Miguel Calmon, Avenida Jequitaia, Água de Meninos, Rua Fernandes Vieira, Rua Luiz Maria, Avenida Afrânio Peixoto e a partir daí o itinerário segue normal.

Linhas que serão reforçadas:

1526 Vista Alegre - Lapa

1533 Fazenda Coutos – Lapa

1602 Alto da Coutos – Lapa

1606 Paripe – Baixa dos Sapateiros

0208 Massaranduba – Lapa

1627 Alto de Santa Terezinha – Lapa

1628 Rio Sena – Lapa

1511 Conjunto Pirajá I – Engenho Velho da Federação

0914 Vale dos Rios / Stiep R3

0708 Nordeste – Lapa

0715 Santa Cruz – Lapa

0915 Vale dos Rios / Stiep R4

0924 Conjunto Guilherme Marback – Acesso Norte

1003 Aeroporto – Lapa

1018 Alto do Coqueirinho – Campo Grande

1034 Parque São Cristóvão – Barroquinha

0932 Rio das Pedras – Campo Grande R2

1051 Estação Mussurunga – Barra 1

0803 Pituba – Campo Grande R1

1133 Terminal Aceso Norte – Pernambués

1327 Estação Pirajá – Baixa dos Sapateiros

1340 Estação Pirajá – Barra 1

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O funcionamento e a estrutura da Nova Estação da Lapa foram apresentados nesta sexta-feira (30) a gestores do setor de mobilidade de países latino-americanos. Os profissionais participaram, desde a quarta-feira (28), da 16ª Assembleia UITP América Latina, promovida pela União Internacional de Transporte Público (UITP).

O evento teve entre os palestrantes o titular da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), Fábio Mota, que ressaltou a exitosa concessão do equipamento por 35 anos, gerando uma economia de R$ 120 milhões aos cofres da Prefeitura, referentes à manutenção, segurança e ordenamento do espaço. Além disso, no fim do contrato, o poder público terá a opção de reaver o equipamento com todas as melhorias realizadas, incluindo o novo shopping – em construção -, ou renovar a parceria.

"Estamos apresentando a Estação da Lapa e seu inédito modelo de sucesso para representantes de 18 países latinoamericanos. É um exemplo do trabalho realizado pela Prefeitura, que reconstruiu sem custos um equipamento deste porte, oferecendo um serviço de qualidade que chama a atenção do mundo. Para nós é um motivo de orgulho apresentar esta Nova Lapa, uma estação que deixou de ser um problema em outras gestões e se tornou um sucesso e algo completamente funcional, devido ao trabalho executado. É um exemplo para outros países que agora vem aqui aprender e copiar o modelo para reproduzir em outras grandes cidades", destacou Mota.

Modelo – Os representantes da UITP conheceram a integração física e tarifária da capital baiana, envolvendo ônibus e metrô, bem como foram apresentados às tecnologias sustentáveis dos sistemas. Na Lapa, eles puderam conferir os elementos de acessibilidade, a conexão das linhas de ônibus com o metrô e os banheiros climatizados.

A representante da UIT no Brasil, Eleonora Pazos, destacou que a Nova Lapa é um exemplo para a América Latina. “Primeiro, pelo modelo de negócio que foi estabelecido para a estrutura. Também pela recuperação urbana que se deu aqui, através de uma parceria público-privada, um tipo de mecanismo que deve ser cada vez mais explorado pois traz enormes benefícios à cidade. Além disso, há a dinâmica econômica e de mobilidade, promovendo o surgimento de novos atores que impactam diretamente na economia, enriquecendo a infraestrutura, beneficiando o surgimento de novas estruturas integradoras e tornando Salvador um exemplo para o Brasil e para toda a América Latina, em especial pelo eficiente sistema de integração", detalhou.

Debates – Realizado até esta sexta (30), o encontro reuniu participantes de países como Argentina, Bélgica, Chile, Espanha e México. O objetivo foi discutir os principais desafios e oportunidades para o transporte público em grandes cidades, promovendo situações que possibilitem aos participantes realizar uma análise abrangente dos problemas de transporte atuais das cidades; refletir sobre as diferentes abordagens de políticas do transporte apontadas no congresso; e identificar propostas concretas de forma a antecipar resultados e viabilidades.

Durante o evento foram discutidas alternativas de transporte, integração e questões ligadas à operação entre sistemas, compartilhando alternativas. Além disso, foram discutidas dificuldades comuns nos diversos países latinoamericanos, em busca de soluções conjuntas para esses entraves.

"A grande preocupação do poder público é tornar o transporte mais agradável para a população, tornando o sistema mais atrativo à medida que mudanças ocorrem na sociedade e nas questões socioambientais. A cada dia os usuários se tornam mais exigentes e participativos por meio das novas ferramentas tecnológicas, cobrando sempre maior comprometimento na oferta dos serviços. Por outro lado, cabe ao poder público proporcionar um serviço ainda mais eficiente, oferecendo modernização e dinâmica para atender a essa expectativa", completou o secretário.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O credenciamento para explorar atividade de mototáxi em Salvador prossegue até o próximo dia 18. De acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), responsável pela convocação, 470 condutores foram acionados por meio de publicação no Diário Oficial do Município (DOM). O atendimento presencial é realizado na Coordenadoria de Táxis e Transportes Especiais (Cotae), no Vale dos Barris, de segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30.

O procedimento teve início em 12 de novembro. Os condutores selecionados devem comparecer à Cotae munidos com a documentação exigida no edital. Dentre as exigências previstas para transportar passageiros está o porte da Carteira Nacional de Habilitação, na categoria A, emitida há dois anos, no mínimo. A motocicleta (de até 250 cilindradas) deve ter, no máximo, cinco anos de uso, estar em nome do mototaxista e ser de cor amarela.

Quesitos relacionados à segurança também estão previstos no decreto. Para exercer a atividade, é preciso ter antena corta-pipa, barra protetora de pernas, velocímetro, parabarro, alças protetoras laterais e revestimento do cano da descarga. O motociclista também precisa possuir o curso de especialização sobre condução de passageiros em veículos motorizados de duas rodas.

Documentação – Ao comparecer para avaliação, é necessário estar munido de documentos como o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) em nome do interessado, apólice do seguro contra riscos para o condutor e passageiro em valor a partir de R$10 mil, Certidões Negativas Criminais expedidas pelas justiças Estadual e Federal. Durante a vistoria, estão sendo avaliadas as regras estabelecidas pelo Decreto Municipal 28.278, publicado em 22 de fevereiro de 2017. A Semob informa que 720 profissionais já estão regulamentados e com alvará ativo atuando na cidade.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Era só chover em Salvador que a cuidadora de crianças Ana Paula das Graças, 39 anos, ficava atenta para livrar os móveis de casa da água que escorria pela parede e pelo telhado. Hoje, com o sorriso no rosto, comemora o fato de a residência, situada na Roça da Sabina, na Barra, ter ganhado reboco, telhado, pintura e até nova instalação elétrica. Tudo isso gratuitamente através do programa Morar Melhor. Na manhã desta sexta-feira (30), o prefeito ACM Neto esteve na localidade para autorizar a reforma de 190 casas da região, acrescendo em 40 o número de unidades inicialmente previstas no projeto.

“Desde 2013, quando assumi o primeiro mandato, não tive dúvidas que a prioridade era destinar recursos às áreas mais pobres, aos programas sociais e para os mais precisam. Por isso, quatro, cinco vezes por semana estou nas ruas olhando de perto os problemas, conversando e ouvindo a vontade dos moradores de Salvador. Foi nesse exercício de ouvir que surgiu o Morar Melhor, um programa que a gente melhora a vida das pessoas sem que elas sejam obrigadas a sair de onde moram”, disse o prefeito.

Durante assinatura da ordem de serviço, o prefeito aproveitou para anunciar outras novidades à comunidade. A região será contemplada com o Casa Legal, programa de regularização habitacional, e com uma academia de ginástica. Estiveram presentes também na cerimônia o secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Almir Melo, vereadores, gestores, lideranças comunitárias e a prefeita-mirim Fabiana Pina.

A Roça da Sabina é a 22ª localidade beneficiada pelo Morar Melhor esse ano. Desenvolvido por meio da Seinfra, o programa já passou pelos bairros de Alto de Coutos, Castelo Branco, Ribeira (Mangueira), Sete de Abril, Boa Vista de São Caetano, Cosme de Farias, Fazenda Coutos III, Arenoso, Itinga, Daniel Lisboa, Rio Sena, Fazenda Grande do Retiro, Cajazeiras VI, Paripe, Pero Vaz, Caixa D’Água, Engenho Velho de Brotas, Engenho Velho da Federação e Brotas (Pirangi).

Desde o início da ação, em 2015, cerca de 21.354 casas foram reformadas em mais de 80 localidades. A meta é promover as melhorias em 40 mil moradias até 2020.

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...