Releases

0
0
0
s2sdefault

A edição do Palco Aberto Boca de Brasa desta sexta-feira (19) vai homenagear um dos grandes nomes da Música Popular Brasileira: o baiano José Carlos Capinan. . O evento on-line acontece às 19h e será transmitido no canal do Museu Nacional da Cultura Afro-Brasileira (Muncab), no YouTube. A apresentação será do jornalista Leonardo Lichote, especialista na área musical. 

Poeta, músico e intelectual com trajetória extensa nas diversas linguagens artísticas e culturais, Capinan completa 80 anos hoje. Para este momento, que celebra a vida e obra dessa figura icônica, estão confirmadas as presenças dos artistas Jards Macalé, Roberto Mendes e Gereba. O evento é realizado pelo Muncab, a Amafro e o Espaço Cultural Boca de Brasa, que conta com co-realização da Nubas e da Estandarte Produções e apoio do Caderno de Música. 

Capinan destacou que o interessante deste formato de evento é a fluidez dos diálogos que vão se adaptando. "Vamos conversar sobre a nossa caminhada, nossa trajetória nessa área da Música Popular Brasileira. Esse formato de live vai seguir uma linha espontânea. Embora tenha um roteiro com algumas canções, o que vai ser dito depende da relação que a gente vai desenvolvendo ao longo do evento. Vamos contar histórias de vida e parcerias", pontuou. 

Caderno de Músicas – Será realizado ainda o lançamento da edição do Caderno de Músicas com participação do artista. O projeto é uma revista mensal focada em MPB e uma minissérie com cinco capítulos, onde Capinam narra o surgimento de suas principais canções: “Viramundo”, “Miserere nóbis”, “Soy loco por ti América”, “Papel Machê”, “Tempos quase modernos” e “Yaya Massembá”. A direção é de Jamile Coelho e produção da Estandarte Produções.  

O conteúdo é formado por uma longa entrevista inédita (ou raríssima) com o músico e um ensaio sobre sua obra. O assinante recebe duas edições mensais, impressas em papel pólen, tamanho 17cm x 17cm, capa dura e formato quadrado (como a capa de um vinil). A Cadernos de Música é vendida exclusivamente por assinatura e custa R$49 mensais,  através do site da plataforma Revistas de Cultura (revistasdecultura.com). 

Sobre Capinan – Com passagem na comunicação, na gestão pública, na música, no cinema e nas artes, José Carlos Capinan é um daqueles nomes referência em diversos temas. Atualmente, dirige o Muncab e tem se concentrado em abrir as portas e a interatividade do Museu diante da pandemia e das dificuldades no setor cultural a nível federal. 

Formado em Teatro, Medicina, Pedagogia e Direito tem na trajetória roteiros, letras e textos para a Sinfonia da Cidade de Salvador, produções de shows de Gal Costa, Macalé, Luiz Gonzaga, além de parcerias e composições com Tom Zé, João Bosco, Caetano Veloso, Edu Lobo, Fagner, Francis Hime, Geraldo Azevedo, Gereba, Gilberto Gil, João Bosco, Macalé, Moraes Moreira, Paulinho da Viola e Robertinho do Recife, dentre outros.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O apoio federal nas ações de combate à pandemia em Salvador foi o mote da reivindicação feita pelo prefeito Bruno Reis ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, durante reunião virtual com a participação de gestores de outras cidades brasileiras, ocorrida nesta sexta-feira (19). Uma das abordagens realizadas pelo chefe do Executivo soteropolitano foi sobre a pactuação do pagamento dos leitos de UTI exclusivos para Covid-19 entre governo federal e município. 

Na ocasião, foi solicitado à União o repasse financeiro de dois terços do montante para manutenção das vagas de terapia intensiva já habilitadas. Cada leito custa aos cofres municipais R$2,4 mil. “Hoje estamos com 75% de ocupação dos leitos de UTI. Temos sobra, mas a pandemia está crescendo muito e não é possível mobilizar leito de uma hora para outra, principalmente por insuficiência de mão de obra e respiradores”, disse Bruno Reis. 

Outra reivindicação foi referente ao envio de mais doses da vacina contra o novo coronavírus. O ministro Pazuello anunciou que a capital baiana receberá um novo lote de doses na próxima semana. A novidade é que, nesta próxima remessa, não será preciso reservar estoque para segunda dose – o que vai permitir dobrar a capacidade de imunizados nos próximos dias de campanha. 

“Aqui, minha palavra de ordem é enfrentamento à pandemia e não há nada mais importante nesse momento do que a vacina, que salva vidas e é muito mais barata que manter: leito de UTI funcionando, pagamento do auxílio emergencial de R$270 já há 11 meses e distribuição de quase 270 mil cestas básicas mensalmente. São R$60 milhões de reais investidos por mês e a Prefeitura não tem disponibilidade financeira”, afirmou. 

Educação – O prefeito de Salvador também intensificou o pedido da inserção dos trabalhadores da educação nos grupos prioritários da campanha de vacinação contra a Covid-19 para, a partir disso, programar a retomada do ensino presencial na cidade, que está suspenso desde março de 2020.  

Também foi reforçado o coro junto a prefeitos do Brasil quanto à possibilidade de cada município ter a independência de adquirir as vacinas contra o coronavírus.  “Não queremos disputar com o governo federal, mas é importante permitir que municípios e estados possam comprar as doses para que a gente consiga acelerar o processo”, apontou Bruno Reis. 

Influenza – Outra solicitação feita por Bruno Reis ao ministro é a antecipação da campanha de vacinação contra a influenza de abril para março, a fim de evitar o choque com o período de imunização contra o coronavírus. O pedido foi acatado por Pazuello, que disse que a mobilização será adiantada no Norte/Nordeste.  

A ideia, explicou o prefeito, é começar a vacinação contra a influenza pelos idosos acima de 60 anos, enquanto que as doses para prevenção da Covid-19 estão sendo aplicadas, até o momento, em pessoas acima de 80 anos. O chefe do Executivo soteropolitano lembrou que o intervalo das injeções entre um imunobiológico e outro exige ao menos 14 dias e que Salvador já dispõe de estruturas montadas para garantir toda a logística.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A partir da próxima segunda-feira (22), o Castramóvel, serviço itinerante de castração animal, atenderá aos gatos que estão abandonados na colônia de felinos em Piatã. A iniciativa faz parte do pacote de ações deflagrados pela Diretoria de Bem-Estar e Promoção Animal (Dipa) para inibir o crescimento populacional dos animais em situação de rua e a prática do abandono dos pets na região. 

Além do procedimento cirúrgico que conta com o apoio de tutores independentes que atuam na região e darão o apoio no pós-operatório, equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) farão a vacinação antirrábica para cães e gatos. O Castramóvel ficará instalado no estacionamento da Zona Azul de Piatã (em frente ao bar Siri Cascudo), de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 13h. 

“Estamos implementando uma série de medidas para inibir o aumento da população de gatos abandonados na colônia de Piatã. Instalamos placas educativas para sensibilizar a população quanto à importância dos problemas ocasionados pela prática. Também estamos em tratativas com a Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar para intensificar a ronda no local e inibir as pessoas que acabam abandonando os felinos no local. E a castração em massa dos gatos, justamente para evitar a reprodução dos bichos em situação de rua”, destacou a diretora da Dipa, Tainara Ferreira. 

Solicitação – As castrações podem ser solicitadas no e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou presencialmente nos postos de saúde. Basta enviar RG e CPF do tutor, comprovante de residência, cartão do SUS e cartão de vacina antirrábica do animal atualizada. No dia agendado é realizada a triagem do animal e, caso esteja tudo em ordem com a saúde, a castração é feita em seguida. 

Por conta da pandemia, a recomendação é que compareça apenas o tutor e o animal para não gerar aglomeração. Além dos animais abandonados em Piatã, o serviço itinerante também atenderá todos os cães e gatos da cidade que os tutores realizarem o agendamento para o procedimento. 

Requisitos – Para solicitar a castração é necessário que o cão ou gato tenha recebido a vacinação antirrábica (mais de dez dias e menos de um ano). Podem ser imunizados animais a partir dos três meses de idade, exceto os que estiverem doentes. A vacinação é realizada durante todo o ano nos postos fixos, distribuídos nos bairros de Salvador. 

No caso de existir mais de dez animais para vacinação, a solicitação para agendamento pode ser realizada no Centro de Controle Zoonoses (CCZ), através do telefone (71) 3611-7331.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Para atender a demanda de passageiros durante o toque de recolher, a Secretaria de Mobilidade (Semob) irá ampliar o horário de funcionamento do transporte público através dos ônibus em razão do horário de atendimento do metrô, que terá uma última saída programada para as 22h30. Desta forma, os últimos ônibus sairão às estações às 23h30, levando os passageiros que chegam pelo metrô. Já nos principais corredores de tráfego, o ultimo horário será às 22h30. 

Após este horário, o atendimento será finalizado, e será retomado a partir das 5h do dia seguinte. Os 20 veículos de frota reguladora disponibilizados para atender a demanda estão mantidos, e ficarão distribuídos entre as estações da Lapa, Pirajá, Mussurunga e Acesso Norte. 

A operação tem início já nesta sexta-feira (19), e seguirá até a próxima quinta-feira (25). As agentes de trânsito e transporte estarão nos principais pontos monitorando o atendimento e realizando os ajustes necessários para garantir o atendimento de transporte.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O Cadastro Escolar 2021 para a Educação Infantil, aberto pela Secretaria Municipal da Educação (Smed) na quarta (17), já registrava 5.368 crianças até a manhã desta sexta-feira (19). A iniciativa é voltada para crianças com idade entre dois e cinco anos, nascidas entre 1º/04/2015 a 31/03/2019, que estejam fora da escola ou não pertençam à rede municipal de ensino em Salvador. 

O cadastramento segue aberto até o dia 2 de março. As famílias que desejam pleitear vaga nas creches e pré-escolas do Município, para este ano letivo, devem realizar a inscrição, preferencialmente por meio virtual, através do site da Secretaria Municipal da Educação (Smed), no endereço educacao.salvador.ba.gov.br

Do total de inscritos, foram 1.615 cadastros no grupo de crianças com 2 anos de idade, 1.516 no de 3 anos, 1.318 no de 4 anos e 919 cadastros para o grupo de crianças de 5 anos. Os grupos são os anos de escolarização das crianças e, neste caso, a criança deve completar a idade correspondente a cada grupo até 31 de março. 

“O cadastramento está ocorrendo com tranquilidade e dentro do previsto. Este processo é de extrema importância para que a Smed possa planejar a oferta nos diversos bairros, uma vez que os dados evidenciam antecipadamente a quantidade de turmas que devem ser abertas para atender a demanda da população. O Cadastro Escolar é um balizador para o planejamento a curto, médio e longo prazo”, explicou a coordenadora de Matrícula Escolar da Smed, Agda Cruz. 

Presencial – O procedimento também pode ser realizado em qualquer unidade de ensino municipal, de segunda a sexta-feira, a partir das 8h. Para realizar o cadastro, é necessário o CPF do responsável, a certidão de nascimento da criança e o endereço de interesse completo, com CEP e numeração. 

A Smed alerta ainda, que o cadastramento não é garantia de vaga. A efetivação da matrícula se dará em tempo oportuno para as crianças cadastradas que foram contempladas pela distribuição eletrônica de vagas. 

Prioridade – Poderá pedir prioridade o público-alvo da educação especial (pessoa com deficiência, transtornos globais de desenvolvimento e com altas habilidades / superdotação) e as crianças beneficiárias do Programa Bolsa Família ou que recebem Benefício de Prestação Continuada (BPC). Para isso, é necessário anexar documentos que comprovem a situação da criança no ato do Cadastro Escolar 2021. 

Qualquer dúvida sobre a utilização do sistema virtual de cadastramento pode ser esclarecida através do 156 – Disque Salvador ou em qualquer unidade de ensino.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), abrirá na próxima semana um pré-cadastro para vacinação de idosos com idades entre 60 a 79 anos. A medida foi anunciada pelo prefeito Bruno Reis nesta sexta-feira (19), durante a entrega da unidade com suporte ventilatório pulmonar em Valéria, e visa melhorar o planejamento do município no processo de imunização contra a Covid-19.  

“Já utilizamos todas as primeiras doses nessa primeira fase da campanha. Foram mais de 116,3 mil vacinas aplicadas. Agora estamos nos antecipando à chegada de novas doses, estabelecendo um cronograma vacinal para ganhar tempo e melhorar todo o processo”, explicou Bruno Reis. 

O pré-cadastramento ocorrerá pelo site saude. salvador. ba. gov. br, onde será possível consultar o nome. O idoso que já estiver cadastrado será vacinado conforme cronograma a ser divulgado pela Prefeitura, quando chegarem as doses para este público. Quem não estiver cadastrado e for residente em Salvador, deve realizar o recadastramento on-line pelo link www.recadastramento. saude.salvador.ba.gov.br

Se o idoso não estiver cadastrado e não residir em Salvador, para alteração de município de residência, deve acessar o site horamarcada.salvador.ba.gov.br para agendar o atendimento em uma Prefeitura-Bairro. No dia e local agendado, deverá apresentar documento oficial com foto e comprovante de residência na capital. Qualquer dúvida poderá ser solucionada através do Fala Salvador, no número 156. 

Na primeira semana do processo, ou seja, de segunda (22) a sexta-feira (26), o pré-cadastramento estará disponível para idosos na faixa etária de 75 a 79 anos; na segunda semana (dias 1º a 5 de março), de 70 a 74 anos; na terceira (dias 8 a 12 de março), de 65 a 69 anos; e na quarta semana (dias 15 a 19 de março), de 60 a 64 anos. 

Comparativo – Na ocasião, o prefeito divulgou uma tabela comparativa com estimativa da previsão da população idosa a vacinar e quantidade de imunizados até o presente momento na capital. O quadro indicou que, para o público acima de 90 anos, a projeção inicial era vacinar 6.315 pessoas. O número de imunizados, contudo, subiu para 9.350. Na faixa etária de 85-90 anos, a estimativa era alcançar 10.857 pessoas. Mas a quantidade também foi maior, chegando a 13.268 vacinados. 

Na faixa etária de 80-84 anos, o planejamento antes era imunizar 21.042 idosos. Porém, o recadastramento realizado pela Prefeitura mostra que 23.698 devam ser vacinadas. Por conta da falta de nova remessa da vacina, no entanto, até o momento apenas 6.706 receberam os imunizantes. 

Testes – Dentro das ações preventivas de combate à pandemia, a Prefeitura ampliará os locais onde a população poderá realizar testes para detecção da Covid-19. Serão 54 unidades de saúde que oferecerão o serviço em todos os distritos sanitários de Salvador.  

Locais dos testes por Distrito Sanitário 

Centro Histórico: UBS Pelourinho e UBS Santo Antônio. 

Itapagipe: USF Joanes Leste, UBS Ministro Alckimin e USF São José de Baixo. 

São Caetano/Valéria: USF Deputado Luiz Braga, UBS Péricles Laranjeiras, USF Alto Do Peru, USF San Martin II, USF Boa Vista do Lobato e USF Recanto da Lagoa. 

Liberdade: USF San Martin I, USF San Martin III, USF IAPI e USF Santa Mônica. 

Brotas: USF Santa Luzia. 

Barra: USF Sabino Silva, USF Garcia, USF Federação, USF Alto das Pombas e USF Calabar. 

Boca do Rio: USF Curralinho, UBS Cesar de Araújo e USF Parque de Pituaçu. 

Itapuã: USF Professor Eduardo Mamede, USF Jardim das Margaridas, USF Parque São Cristóvão , USF Vila Verde (Jardim Campo Verde) e USF Ceasa I E II. 

Cabula/Beiru: USF Professor Humberto Castro Lima – Pernambuezinho, USF Sussuarana, USF Mata Escura, USF São Gonçalo, USF Barreiras e UBS Calabetão. 

Pau da Lima: UBS Doutora Cecy Andrade, USF João Inácio Roma Filho, USF Cambonas, USF Canabrava, USF São Marcos e USF Vila Nova Pituaçu. 

Subúrbio Ferroviário: USF Itacaranha, USF Ilha Amarela, USF Teotônio Vilela, USF Fazenda Coutos 3 e USF Cocisa. 

Cajazeiras: UBS Nelson Piauhy Dourado, USF Yolanda Pires, USF Cajazeiras V, USF Cajazeiras X, USF Jaguaripe, USF Cajazeiras XI e USF Fazenda Grande III.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A rede de assistência à saúde de Salvador passa a contar mais um reforço para o tratamento de pacientes infectados com o novo coronavírus. A Prefeitura inaugurou, nesta sexta-feira (19), uma unidade com suporte ventilatório pulmonar com dez leitos de UTI, dentro da área da UPA de Valéria. A estrutura foi entregue pelo prefeito Bruno Reis, que esteve acompanhado pela vice-prefeita e secretária de Governo (Segov), Ana Paula Matos, e pelo titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Leo Prates.

O serviço possui ampla variedade de equipamentos médico-hospitalares, mobiliários e insumos condizentes com a necessidade da assistência no âmbito da Rede de Urgência e Emergência do município. O espaço funciona via demanda regulada, em regime de 24 horas durante todos os dias da semana.

O corpo técnico é composto por 74 trabalhadores da saúde, entre médicos diaristas, médicos plantonistas, enfermeiros e fisioterapeutas na modalidade intensivista. Além disso, atuam no local assistente social, farmacêutico, nutricionista, coordenador de enfermagem, coordenador médico, supervisor administrativo, técnico de enfermagem, técnico de radiologia, entre outros trabalhadores da saúde.  

O prazo estimado para a operação da tenda é de pelo menos 90 dias (prazo que pode se estender conforme a necessidade) e o investimento mensal será de R$674,6 mil. A gestão será feita pela organização social Fundação ABM de Pesquisa e Extensão na Área da Saúde (Fabamed).

Esforços – O prefeito explicou que a implantação da unidade com suporte ventilatório pulmonar é uma iniciativa pioneira na cidade e levou em consideração o cenário epidemiológico da Covid-19, em decorrência do aumento do número de casos e da letalidade da nova cepa atualmente circulante. 

“Essa iniciativa é fruto da experiência dos 11 meses de pandemia e vai ajudar na retaguarda da UPA. A unidade é mais que um gripário, pois todos os leitos possuem respiradores e podem receber pacientes para intubação. As pessoas poderão ser tratadas aqui até serem reguladas para um hospital de referência”, disse Bruno Reis. 

O chefe do Executivo municipal comparou que, no ano passado, o hospital de campanha do Wet’n Wild, na Paralela, comportava duas tendas com total de 70 leitos – hoje essa mesma quantidade está dividida entre os hospitais Sagrada Família, no Bonfim, e no Santa Clara, no Itaigara. “Diferente das tendas, essas estruturas fixas dão qualidade ao serviço, porque já têm ar-condicionado e sistema de oxigênio”, exemplificou.

Ele reforçou que, com os dez novos leitos, a capital baiana supera a quantidade de vagas de UTI que havia no auge da primeira onda da pandemia. Na prática, a cidade passa a ampliar para 216 o número de leitos de unidade de cuidados críticos, além das 229 vagas de enfermaria existentes, totalizando 445 leitos de internação a cargo da administração municipal.

 

 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

Diante do avanço dos casos de Covid-19 em Salvador, a Prefeitura vai adotar novas medidas, já a partir deste sábado (20), no sentido de diminuir a propagação da pandemia na cidade. O anúncio foi feito pelo prefeito Bruno Reis nesta sexta-feira (19), durante a entrega da nova tenda de apoio para atendimentos a casos de Covid-19, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Valéria.

“Isso porque, se os números voltarem ao patamar da primeira onda, ou seja, os números de casos ativos, de casos novos, do fator RT (transmissão) e da taxa de crescimento, o sistema de saúde não vai suportar e vamos ter colapso. Na prática, temos que ter muito mais cuidado agora do que no auge da primeira onda, para evitar cenas como as vistas nas cidades de Manaus e Rio Branco. Até o momento, temos orgulho de ter dado apoio a todas as pessoas que necessitaram de assistência à saúde nessa pandemia”, declarou Bruno Reis.

Dentre as medidas adotadas está o fechamento dos parques públicos municipais a partir deste sábado (20) até o próximo dia 28. Haverá suspensão, a partir de terça-feira (23) até o próximo dia 8 de março, do atendimento ao público nas repartições municipais, exceto nos serviços considerados essenciais. Os secretários e dirigentes deverão apresentar, em até 24 horas, os respectivos Planos de Suspensão de Atividades Públicas Municipais Não-Essenciais. A intenção é que os funcionários e colaboradores possam fazer o trabalho de maneira remota.

Serão intensificadas as atividades dos órgãos e entidades municipais essenciais no combate à pandemia. São eles a as secretarias de Governo (Segov), da Saúde (SMS), de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), de Manutenção (Seman), de Mobilidade (Semob), de Ordem Pública (Semop) e de Desenvolvimento Urbano (Sedur), além da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Guarda Civil Municipal (GCM), Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), superintendências de Trânsito de Salvador (Transalvador) e de Obras Públicas (Sucop), Companha de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal) e Conselhos Tutelares.

Medidas regionalizadas complementares – Serão realizadas medidas regionalizadas complementares de proteção à vida, a partir do domingo (22) até o próximo dia 28, nos bairros que lideram o número de casos do novo coronavírus na cidade – Pituba (4.770 registros), Brotas (3.772) e Itapuã (3.003). Nesses locais haverá distribuição de máscaras, realização de testes rápidos e medição de temperatura, higienização e lavagem de ruas, ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, apoio às instituições que atendam idosos, crianças e pessoas portadoras de deficiência, localizadas nas áreas, além do atendimento do Cras Itinerante.

Nesses três bairros, as atividades econômicas deverão funcionar exclusivamente de 10h às 16h, com exceção das consideradas essenciais, sempre observando o que dispõe o Decreto Estadual n° 20.233 de 16/02/2021. As atividades essenciais são supermercados, panificadoras, delicatessens, açougues, farmácias, agências bancárias e lotéricas, repartições públicas e cartórios, e estabelecimentos que estejam funcionando em regime de delivery, não sendo permitido o sistema de retirada no local e desde que mantidas as portas fechadas ao público.

A exceção também se aplica a serviços de saúde de urgência e emergência e hospital dia; serviços de imagem radiológica; atendimentos de tratamentos contínuos a exemplo de oncologia, hemoterapia e hemodiálise; laboratórios de análises clínicas; estabelecimentos que forneçam insumos hospitalares; e clínicas veterinárias.

Rio Vermelho e Itapuã – Também foi prorrogado, até o dia 9 de março, o decreto municipal 33.506/2021, observando as restrições previstas no decreto estadual 20.233/2021. A legislação determina que restaurantes e bares também estão autorizados a funcionar às sextas, sábados e domingos no horário previsto no protocolo do segmento. Há, ainda, proibição da comercialização e consumo de bebidas em espaços públicos, às sextas, sábados e domingos, das 17h até às 7h do dia seguinte – nos dias do toque de recolher, os estabelecimentos deverão estar fechados às 22h.

Os restaurantes e bares estão proibidos de comercializar e entregar alimentos e bebidas para pessoas que estejam em pé, tanto nas áreas internas, quanto externas. É obrigatória a delimitação, com barreiras físicas, das áreas externas dos restaurantes e bares.

Demais prorrogações – Foram prorrogadas ainda, até o próximo dia 9 de março, as seguintes medidas: suspensão das atividades presenciais de classe da rede municipal de educação e da rede privada de ensino; redução de 30% do número de funcionários dos call centers; proibição de ações de emissão sonora em logradouros públicos e estabelecimentos particulares, exceto quando autorizado em protocolo específico; fechamento do Mercado Municipal da Liberdade; horário especial, das 7h às 9h, em mercados e supermercados de atendimento exclusivo para idosos, pessoas com diagnóstico de câncer e em uso de imunossupressores.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Os mototaxistas regulamentados na Secretaria de Mobilidade (Semob) de Salvador têm até essa sexta-feira (19), das 8h às 11h30 e das 13h30 às 16h, para retirada das cestas básicas, benefício ofertado para a categoria com intuito de minimizar as perdas econômicas durante o período da pandemia de Covid-19.

Hoje a entrega é para aqueles que não conseguiram cumprir o calendário e retirar o benefício na data estabelecida. A entrega das cestas foi iniciada na última segunda-feira (15), na sede do órgão, em Amaralina, e já beneficiou 782 condutores. A distribuição ocorre de forma escalonada, de acordo com o número de alvará dos trabalhadores.

Para Adson dos Santos, de 33 anos, uma das maiores dificuldades que a pandemia trouxe para categoria foi a diminuição no fluxo de clientes pelo medo de se contrair o vírus, seja pelo contato físico, ou até mesmo pela utilização do capacete durante as viagens, impactando diretamente na situação financeira. “A cesta nos ajuda muito, principalmente porque temos pessoas que dependem da gente. Espero que continuem com essa ação até que essa situação (provocada pelo novo coronavírus) seja normalizada. Estão de parabéns”, declarou.

Já Luís Claudio Souza, de 43 anos, diz que não recebeu nenhum outro auxilio além das cestas e que elas formam mais que necessárias nesse período difícil pelo qual a categoria está enfrentando. “A cesta foi muito mais que importante na pandemia, já que, com o medo do vírus, boa parte da população deixou de utilizar o nosso serviço”, relatou.

Documentação – Para receber a cesta básica, os mototaxistas deverão apresentar um documento de identificação com foto (RG ou CNH), além do alvará de circulação ou cartão de identificação. Em caso de perda deste documento, será aceito um boletim de ocorrência referente à documentação perdida.

Os profissionais que estão com seus dados cadastrais desatualizados também poderão retirar a cesta básica, contudo, são orientados a fazer a regularização dos documentos. Ao todo, 191 mototaxistas foram advertidos por este motivo.

O acesso às dependências da Semob somente será permitido com o uso da máscara, como medida de proteção contra o coronavírus. Além disso, não será permitido o acesso de pessoas trajando bermudas e camisetas.

0
0
0
s2sdefault

Sub-categorias

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...