Réveillon

0
0
0
s2sdefault

"Cês querem sofrência ou fuleiragem"? Assim a banda Lincoln e Duas Medidas abriu a noite de shows da virada de ano na Arena Daniela Mercury, levando o público presente ao requebrado, ao som do seu eletrobalance e de hits como "La Raba, "Paredão das amigas", "Encostar" e "Hoje eu vou parar na gaiola".

"É muita responsabilidade abrir essa noite de festival. Mas quem acredita que vai dar tudo certo em 2019, grita amém. Um feliz ano novo a todos, minha Bahia linda", desejou o cantor, aclamado pelo público. 

Com uma calça jeans branca e camisa floral, Lincoln Senna manteve constante o rebolado e os passos sensuais, para o delírio das fãs presentes na Arena Daniela Mercury, como a estudante Natiele Tavares, de 15 anos, que acompanha todas as músicas e coreografias do cantor em casa pela internet. "O show está maravilhoso, ele tem uma energia muito boa", disse a adolescente.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Nas três primeiras noites do Festival Virada Salvador, na orla da Boca do Rio, a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) recolheu 63,3 toneladas de resíduos sólidos despejados pelos participantes que curtiram as três primeiras noites do evento dentro e no entorno da Arena Fonte Nova.

Além disso, foram necessários 500 mil litros de água e 1,1 mil de detergente aromatizado para lavar todo o perímetro da festa, incluindo ruas, calçada, os 555 sanitários químicos e os 21 contêineres climatizados que passam por manutenção diária, com dedicação exclusiva de uma equipe formada por 145 pessoas, entre agentes de limpeza e pessoal dos carros de sucção.

Estão mobilizados para essa tarefa 300 agentes de limpeza e 45 equipamentos - entre caçambas, compactadores, tratores, caminhões e carros pipa. A rotina de limpeza tem início a partir das 4h30, quando as equipes começam a atuar com os serviços de varrição, coleta e lavagem das vias, repondo a condição de limpeza na arena. Durante o dia, duas equipes de 47 agentes repassam a limpeza do local.

“A Limpurb permanece com a equipe de prontidão, monitorando durante 24 horas de todos os dias do evento, procurando manter o local limpo para que as pessoas possam curtir ainda mais essa linda festa proporcionada pela Prefeitura", declara Leonardo Oliveira, titular do órgão.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com intuito de verificar a iluminação do Festival Virada Salvador 2019, técnicos e engenheiros da Diretoria de Iluminação Pública de Salvador (Disp) fazem rondas diárias na área da Arena Daniela Mercury e em seu entorno. Os profissionais percorrem, por quatro horas, todo o espaço da festa, as principais ruas da Boca do Rio e ainda os locais de estacionamento da Zona Azul.

Este ano, foram instalados 1.250 projetores de 400 e 1000 watts (250 a mais que no ano passado) e 1.350 luminárias low by (incremento de 50 luminárias). Ao todo, são 8,3 quilômetros de iluminação complementar, o que tem contribuído para a segurança do evento. "Esse trabalho preventivo é fundamental para que tudo aconteça de forma tranquila, com tudo funcionando bem e atendendo à demanda do evento", disse o diretor de Iluminação Pública da Prefeitura, Júnior Magalhães.

O uso de drones tem facilitado o trabalho dos profissionais da ronda. Segundo Júnior Magalhães, todos os dias os equipamentos são utilizados para identificar se existe algum ponto que precisa de reforço na iluminação. “Subimos o drone aqui, fazemos a análise de cada ponto. Se identificamos algum local escuro, no outro fazemos a correção”, explicou. O diretor destacou que tem acompanhando pessoalmente a atuação das equipes.

As equipes percorrem os locais com maior aglomeração de pessoas, dentro e também fora da Arena Daniela Mercury. São vistoriados ainda os pontos de táxis, a parada dos mototaxistas, estações de transbordo de ônibus, banheiros e postos de saúde. “Temos trabalhado dia e noite para que essas áreas fiquem de fatos iluminadas e a população possa brincar com segurança e com alegria. Esse é o resultado do nosso trabalho”, frisou.

Durante os cinco dias de apresentações musicais, a Diretoria de Iluminação trabalha com um efetivo de 160 profissionais em esquema de plantão 24 horas para garantir a eficiência do serviço. “Estamos muito satisfeitos com os resultados. Desde o ano passado tivemos a preocupação de desenvolver um projeto iluminotécnico para toda área e arredores. Toda parte de iluminação da arena é responsabilidade da nossa diretoria, dos nossos engenheiros. A arena está tão iluminada, tão bonita, não apenas aqui dentro, mas em seu entorno”, destacou Magalhães.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O conteúdo gerado sobre o Festival Virada Salvador 2019 já alcançou mais de 230 milhões de pessoas na internet até aqui. Os números são surpreendentes e revelam a dimensão do evento, que acontece até amanhã (01) na Arena Daniela Mercury, na Orla da Boca do Rio.

Já foram transmitidas mais de 20 horas de show através das redes sociais da Prefeitura, geridas pela Secretaria Municipal de Comunicação (Secom). O pico de visualização dessas transmissões acontece entre às 22h e 23h. Somente no Facebook e no Youtube, 200 mil pessoas já acompanharam o festival pelas páginas oficiais da Prefeitura, que seguem viralizando. Stories do Instagram já geraram mais de 2 milhões de impressões.

O alcance total de 230 milhões de pessoas na internet envolve notícias em blogs, portais de imprensa e menções em redes sociais. Foram alcançados usuários de todo o Brasil, além de países como Estados Unidos, Argentina, Angola, Chile, Portugal, Espanha, Reino Unido e México. A maior audiência é de homens, entre 25 e 34 anos. Estes dados foram levantados a partir de estratégias de monitoramento da internet realizado pela equipe de digital da Secom.

Todo conteúdo produzido gerou mais de 13 mil comentários nas redes sociais do Festival Virada Salvador. E houve um crescimento de curtidas de 1.213% no Facebook, além de um aumento de 38% de seguidores no Instagram @viradasalvador. "São números que revelam que nossa estratégia de cobertura e divulgação do evento deram bastante certo. E ainda temos mais duas noites de festival", lembrou o secretário municipal de Comunicação, Pacheco Maia.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault
A Prefeitura lembra que também hoje (31), dia do Réveillon, não será permitida a entrada de garrafas de vidro na Arena Daniela Mercury, onde acontece o Festival Virada Salvador, nem mesmo o tradicional espumante. Além disso, não é permitido o acesso com bebida alcoólica no evento, que é gratuito mas conta com patrocínio da Ambev. A vistoria do público está sendo realizada pela Polícia Militar (PM) nos acessos ao evento.
 
No terceiro dia de festa, entre os itens não autorizados que oferecem risco à população, os agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) apreenderam dois sacos com bebidas de garrafa, além de 17 recipientes contendo bebidas não autorizadas. Além disso, foram apreendidos 12 braseiros de queijo coalho, uma armação de ferro, sete cavaletes de madeira, um engradado de cerveja, um facão, quatro fogareiros,  
 
De acordo com o diretor de Serviços Públicos da Semop, Adriano Silveira, a proibição desse tipo de material por ambulantes e população de uma forma geral tem como objetivo garantir a segurança do evento. “Essa é uma medida para evitar incidentes, numa festa tão bonita e tão tranquila, como o Festival Virada Salvador”, explicou.
 
Silveira pontuou também que não é permitida a entrada de qualquer tipo de bebida, seja em recipientes de plásticos ou de vidro, tendo em vista que é uma festa fechada e com exclusividade de marcas, apesar de gratuita.
 
Orientações - Público em geral e ambulantes estão sendo orientados, ainda no portão, sobre a proibição da entrada de guarda-chuvas, pau de selfie e demais objetos que possam oferecer risco aos cidadãos. Assim como a comercialização de produtos em carros de mão, carros-prancha, fogareiros, caixotes, churrasqueiras, bebidas pré-preparadas artesanalmente. Também é proibido o uso de embalagens reaproveitadas, de louças, alumínio ou de vidro, que devem ser substituídas por descartáveis.
0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Nos três primeiros dias do Festival da Virada Salvador 2019, a Prefeitura, por intermédio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur), interditou 7 locais que estavam funcionando como estacionamento de forma irregular. A maior parte deles montados em áreas privadas, a exemplo de postos de combustível.

Quatro foram interditados no primeiro dia, na sexta-feira (28), um no sábado (29) e mais dois na noite deste domingo (30). A Sedur informou que os locais onde os estacionamentos estavam funcionando não tinham as licenças apropriadas, além de alguns estarem situados em desacordo com a atividade de atuação permitida. Os estacionamentos continuarão interditados, pois não possibilidade de regularização junta ao órgão.

Na noite deste domingo (30), a Sedur apreendeu dois banners e duas placas por publicidade irregular, além de passar 14 orientações e advertências verbais.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Durante os três dias do Festival da Virada Salvador 2019, que acontece na Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio, 52.519 pessoas acessaram a rede #CONECTA_SALVADOR, o Wi-Fi gratuito disponibilizado pela Prefeitura durante os cinco dias de festa.

Segundo a Companhia de Governança Eletrônica de Salvador (Cogel), só ontem 27.189 pessoas acessaram a rede. No sábado (29) foram 14.330 e, na sexta-feira (28), 11 mil pessoas. No acumulado, foram trafegados 1.17 Terabytes nos três dias, através dos acessos ao Facebook, Instagram e Google.

O engenheiro mecânico Rodrigo Simas, de 34 anos, foi um desses usuários, na madrugada de hoje (31). Ele tirou selfie com a família, registrou momentos dos shows e se conectou com a família e amigos e família sem gastar nada. "Achei a iniciativa bem legal. Às vezes a galera tá sem crédito e tal, então é uma ótima ideia", afirmou.

Ele estava acompanhado do filho e esposa, que também conectou seu smartphone à rede logo quando chegaram na Arena Daniela Mercury, na Orla da Boca do Rio. "Agora é postar nas rede sociais! E a Prefeitura tá de parabéns pela organização desse espaço. Bem legal mesmo", elogiou.

Para quem não sabe ou ainda não foi na Arena Daniela Mercury, a Prefeitura disponibilizou algumas equipes para orientar a população a ter a acesso ao Wi-Fi gratuito, na rede #CONECTA_SALVADOR. Essas equipes ficam circulando por todos os espaços do evento.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A equipe da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps) continua de plantão no Festival Virada Salvador 2019 com o objetivo de atender e encaminhar crianças, adolescentes e suas famílias identificadas em situação de vulnerabilidade de risco social. Durante as três noites do evento foram realizados 116 cadastros.  

A equipe abordou 163 famílias em situação de vulnerabilidade social, 95 adolescentes na condição de vulnerabilidade social, oito crianças/adolescentes desacompanhadas e foram distribuídas 230 pulseiras de identificação para crianças de até 11 anos. O grupo também identificou 25 ocorrências de trabalho infanto-juvenil. 

Para acesso das famílias em situação de vulnerabilidade de risco social foram emitidos os seguintes encaminhamentos: 18 crianças e adolescentes para os Centro de Convivência, seis para retorno ao lar, 17 para o Conselho Tutelar, cinco para os Centros de Referências Especializado de Assistência Social (Creas), 27 para Centros de Referências Especializado de Assistência Social (Cras) e duas para unidade de saúde.  

O Conselho Tutelar de Salvador também está atuando no Festival Virada Salvador 2019 com o objetivo de garantir os direitos de criança e adolescente presente no evento. Noventa conselheiros estão se revezando em escalas de 12 horas para fazer atendimentos e ofertar os encaminhamentos necessários.  

O posto avançado do Conselho Tutelar na Boca do Rio funciona no Colégio IMEJA, entrada lateral, acesso pelo estacionamento aberto, atrás do ponto de ônibus da avenida Otávio Mangabeira, em frente à clínica do trabalho.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A empolgação com a chegada do novo ano não pode ser maior do que a segurança durante a comemoração. Quem pretende curtir com a queima de fogos deve ficar atento aos cuidados no momento de euforia. "Principalmente para evitar queimaduras diretas na pele, sobretudo na na face. Outro ponto é evitar inalação de fumaça, que pode trazer alguns danos às vias respiratórias e até levar à morte. Além disso, o terceiro risco é de explosão, que dependendo da potência pode causar danos traumáticos", explicou Ivan Paiva, gerente de Atenção da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). 

Caso os envolvidos na festa entrem em contato com o fogo e sofram com queimaduras, a procura por atendimento deve ser imediata. "Primeira coisa se tiver queimadura e se for na roupa é retirar a vestimenta para parar o processo de queimadura e lavar o local queimado com água corrente abundante. A água vai tirar o efeito causado pela alta temperatura e produtos químicos", orientou Ivan. 

Caso a queimadura tenha sido mais grave, de cerca de 20% do corpo, por exemplo, é necessário que o doente procure o Hospital Geral do Estado (HGE), unidade referência no atendimento a queimados."O que nos preocupa são as queimaduras de face, que podem afetar o sistema respiratório, ou causar problemas diretos aos pulmões", afirmou o especialista. 

Caso a queimadura seja pequena, o equivalente a palma da mão, por exemplo, a vítima pode procurar um dos cinco Pronto-Atendimentos ou nove Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) que funcionam em regime de plantão durante o Réveillon. Já as unidades de saúde da família e básicas funcionam de segunda à sexta-feira, exceto feriados, das 8h às 17h. Portanto, essas unidades reabrem apenas na terça (1º). 

Alto mar - Se a curtição com os fogos for por cima de uma embarcação, saudando 2019 nas águas da Orla de Salvador, os cuidados também são imprescindíveis. "Deve evitar soltar de dentro da embarcação porque a maioria é feita de fibras, o que pode acarretar problemas, se entrar em contato com os fogos", explicou João Luiz, coordenador da Salvamar. 

Show pirotécnico - O Festival Virada Salvador vai contar com dois pontos de queima de fogos na orla da Boca do Rio. Em toda a cidade, outros 15 bairros também contarão com shows pirotécnicos. Serão 21 toneladas de fogos em toda a cidade para celebrar a chegada de 2019. Na orla da Boca do Rio, serão 15 toneladas. A duração do show será de 15 minutos. 

A Salvamar irá atuar com três bases elevadas no entorno do evento, na parte litoral, tendo 30 agentes e uma moto aquática à disposição para casos de emergência. 

Os participantes da festa também poderão contar com a ajuda da equipe da Defesa Civil de Salvador (Codesal), que atua em regime de plantão 24 horas nos cinco dias do Festival Virada Salvador 2019. Serão 15 profissionais, entre engenheiros, arquitetos e outros, que ficarão em dois postos, um no interior da estrutura da Arena Daniela Mercury, e um outro na área externa, funcionando em um trailer para atender a qualquer eventualidade. As solicitações também podem ser feitas gratuitamente pelo telefone 199.

 

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...