Réveillon

0
0
0
s2sdefault

Aos gritos da plateia do Festival Virada Salvador 2019, o cantor Luan anunciou um presente às fãs soteropolitanas em 2019. Ele gravará um DVD na capital baiana em maio. Em uma das últimas apresentações do ano da turnê “Live Móvel X”, o artista incita a histeria de mocinhas e mocinhos apaixonados, que conhecem cada acorde, cada fração de canção que a banda executa no palco. 

“Meteorinhas”, “Gurizinhas” e “Baianinhas do Luan”. Independente dos nomes que adotam, elas são fiéis. Chegaram de toda parte, acamparam cedo em frente à Arena Daniela Mercury para garantir o melhor lugar na frente do palco do festival, para não perder um só movimento de Luan. 

E ele, cerca de três metros acima, no Olimpo de todo artista, tenta agradar a todas com muita música e balanço. Sob gritos e desmaios de centenas de adolescentes, Luan abriu a apresentação com uma marcha real, digna da abertura de filmes épicos de capa e espada, para atingir o coração de todas as pretendentes que, do solo, gritam seu nome ensandecidas: “Luan Santana! Luan! Luan!”   

Com cinco anos de existência, o fã-clube Luan Santana BA trouxe duas dúzias de fiéis seguidoras para a praia da Boca do Rio. Aos berros, Nair Mara (20), Raylane Santis (25) e Mariana Lopes (21) choravam cada verso de “Vingança”: “Eu vou pegar todo mundo, voar um vagabundo”, exclamou do artista, “você não deu valor”, respondia a plateia. “É um show novo a cada dia. Uma experiência única, muito amor mesmo!”, diz Nair Mara. 

No início de “Tudo que você quiser”, Luan chamou novamente a plateia às falas. “Eu troco minha paz por um beijo seu. Eu troco meu destino pra viver o seu, minha cama para dormir na sua e mil estrelas pra te dar a lua”, ao passo que recebia de volta um pedido especial: “Vamos acordar esse prédio. Fazer inveja pro povo. Enquanto eles 'tão' indo trabalhar. A gente faz amor gostoso de novo”, num ciclo infindável de paixão e êxtase. 

Para o cantor, o público baiano tem outro tipo de envolvimento durante o show. "É uma energia diferenciada; faz tudo ser especial", resumiu. "Achei ótima iniciativa (a realização do festival). A Prefeitura de Salvador está de parabéns. E os baianos, como sempre, dão show. Eles sabem, como ninguém, serem anfitriões", acrescentou Luan em conversa com a equipe da Secretaria Municipal de Comunicação (Secom).

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A doméstica Carla do Nascimento, de 33 anos, cantava cada trecho da canção "Sonho de Amor", da dupla Zezé Di Camargo e Luciano, quando foi abordada pela equipe de reportagem. Fã há décadas dos sertanejos, ela teve a oportunidade de assisti-los de perto, gratuitamente, no segundo dia do Festival Virada Salvador 2019, que acontece desde sexta-feira (28) e segue até terça-feira (1º), na Orla da Boca do Rio.

"Está maravilhoso! Acabou de começar, mas eu já tô adorando. Amo eles" contava Carla, aos gritos. Ela veio com a prima, que também é fã da dupla sertaneja. A doméstica conseguiu um lugar bem em frente ao palco. "Eles são meus ídolos das antigas!", conta.

Quando a dupla começou a tocar "A Ferro e Fogo", um dos hits dos dois, a dona de casa Viviane Batista, 40, não segurou a emoção. Moradora do bairro onde a festa acontece, ela conta que ficou super feliz por poder participar de um evento de grande proporção, gratuitamente. "Sou fã há tempos", revela, fazendo os gestos com as mãos que demonstram a longa admiração que nutre pelo trabalho de Zezé Di Camargo e Luciano.

Otimismo - Sobre a expectativa para o novo ano, Zezé disse que espera muito do Brasil e dos brasileiros em 2019. “Vivemos hoje um clima de grande otimismo, com as pessoas acreditando mais no Brasil e torcendo para que o novo caminho escolhido seja o melhor para todos nós. Então, esperamos que o novo governo dê certo e seja realmente o melhor para o país”, explicou o compositor, ainda na coletiva de imprensa, antes do show.

Durante a coletiva, a dupla também deu boas notícias sobre a saúde de Francisco Camargo, pai deles, que passa por problemas de saúde. “Tivemos um susto imenso no início deste ano, com uma piora no quadro dele, que já vinha doente há algum tempo. Chegamos a pensar que não o teríamos para o Natal. Felizmente, ele teve uma melhora significativa, que nós consideramos um milagre”, disse Zezé Di Camargo.

A dupla sertaneja foi a segunda atração do dia. Ainda subirão ao palco Luan, Durval Lélys, Léo Santana e Mano Walter. Só no primeiro dia de evento foram registradas 250 mil pessoas presentes, recorde de público.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Os baianos e turistas que vêm curtir os shows do Festival Virada Salvador têm uma opção a mais de lazer e locomoção na Orla em frente à Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio. Os triciclos que serve como táxi que rodam no Centro Histórico estão disponíveis sempre até as 22h para quem quiser dar uma volta e curtir o passeio. Este é o segundo ano em que os veículos são disponibilizados, com aceitação da população.

Segundo Tenison Queiroz, responsável pelas triciclos, só no primeiro dia de festa aproximadamente 100 pessoas aproveitaram o passeio, que vai do acesso próximo restaurante Yemanjá até um pouco antes da praça da antiga sede de praia do Esporte Clube Bahia. As crianças são maioria na procura pelo passeio. “Eles vêm acompanhado dos pais e adoram. São as que mais se animam em querer dar um passeio”, salienta Queiroz.

O engenheiro civil Hilton Perez aproveitou o serviço e aprovou o passeio. Morador de Salvador, ele estava acompanhado dos filhos Gabriel e Rafael, de 9 e 11 anos, que também curtiram o tour de triciclo. “Essa é a primeira vez que venho ao evento, mas gostei muito do acesso, tudo muito tranquilo e o triciclo é algo bem legal para as crianças. Os meninos gostaram muito”, afirmou o engenheiro.

Os triciclo táxis estão disponíveis todos os dias de festa, sempre a partir das 17h. No total, quatro bikes fazem o trajeto. O valor por pessoa é de R$ 5, mas crianças pagam R$ 3. Cada carrinho comporta dois adultos e uma criança de até 12kg.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A unidade de acolhimento montada para receber filhos de ambulantes e de catadores de latinha trazidos para o Festival Virada Salvador 2019 atendeu 61 menores até as 18h deste sábado (29), na estrutura montada pela Prefeitura na Escola Municipal Luiza Mahin, localizada na Avenida Simon Bolívar. São aceitas crianças e adolescentes de 0 a 17 anos.

De acordo com a titular da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), Cristina Argiles, o atendimento transcorre sem problemas e funciona durante 24 horas nos cinco dias de festa. Para ter acesso à unidade, que tem capacidade para prestar atendimento a 100 crianças, os responsáveis devem levar Certidão de Nascimento do menor, RG e comprovante de residência, além dos documentos do responsável legal.

No local, os acolhidos têm direito a seis refeições diárias, brincadeiras e atividades lúdicas. A equipe de atendimento é composta por assistentes sociais, psicólogos, pedagogos e educadores sociais, além da equipe de coordenação da SPMJ. A iniciativa faz parte das ações de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), bem como o Combate à Violência e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes em Salvador.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O dia ainda estava claro quando cantor Devinho Novaes subiu ao palco da Arena Daniela Mercury, no segundo dia do Festival Virada Salvador. Neste sábado (29), pontualmente às 18h, o artista que participa da festa pela primeira vez abriu a programação do evento. As canções de arrocha, com uma pitada de sofrência, estavam na boca do público, formado na maioria por adolescentes e mulheres. Assim que iniciou o show, fez questão de pontuar a satisfação de tocar no Réveillon de Salvador e aproveitou para agradecer e brincar com o prefeito de Salvador, ACM Neto. "É um prazer estrear no festival. Para mim, a maior festa de final de ano do Brasil. ACM Neto é fluxo", disse, arrancando sorrisos da platéia.  

Debruçadas no gradil, na frente do palco, as jovens fizeram questão de cantar os grandes sucessos do estilo sofrência. As vozes aumentaram o tom quando o cantor entoou uma das músicas mais irreverentes do momento, "Desça daí, seu corno". Vibração também na hora em que o músico lembrou um dos seus maiores sucessos, “Alô Dono do Bar”, música que o consagrou no cenário nacional. A fã Jéssica Silva, 20 anos, foi contemplada com uma das toalhas distribuídas pelo cantor durante apresentação. Visivelmente emocionada, ela revelou que tem verdadeira admiração pelo artista. "Sou apaixonada por ele", disse a jovem que estava acompanhada de um grupo de cinco amigas, todas fãs de Devinho.

Para Devinho, 2018 foi um ano de realizações. Ao relembrar a trajetória, destacou que diversos momentos tornaram este ano um marco para a vida profissional. “Às vezes, eu custo acreditar que estou vivendo tudo isso. Conheci tantos artistas que sempre ficava admirando de longe. Fiz parceria com o Wesley Safadão na música 'Alô Dono do Bar', teve também com a Marília Mendonça na música 'Coração Blindado'. Passei por tantas cidades e fiz turnês que ficarão para sempre no meu coração. Não tenho nem como citar tudo", comentou, em entrevista à Secretaria de Comunicação (Secom) da Prefeitura.

Como referências musicais aqui da Bahia, Devinho destacou a importância de artistas como Thierry, Nara Costa, Silvano Salles, Tayrone e Pablo, artista com quem o cantor já dividiu o palco. "Hoje em dia não tem mais ritmo definido por classe social e por público. Com as parcerias os gostos musicais também se mesclam. Já fiz parceria com o Wesley, que canta forró, com Marília Mendonça, que canta sertanejo. E assim nosso som vai chegando em todo Brasil. Fico muito feliz em ver o arrocha ganhando cada vez mais espaço. Para 2019, eu desejo chegar nos estados que ainda não fiz show e poder levar meu som para todo Brasil. Vem muita coisa boa para o ano que vem e posso adiantar que vai ter o 'boyzinho' no Carnaval de Salvador. O restante é surpresa!", revelou.

O Festival Virada Salvador, conhecido pela mistura de ritmos e tribos, terá ainda na noite deste sábado (29) a apresentação da dupla sertaneja Zezé de Camargo e Luciano, o cantor Luan Santana, o axé de Durval Lelys e "pagodão" de Léo Santana.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Quem está curtindo os cinco dias de festa na Arena Daniela Mercury deve ficar atento às dicas de segurança da Guarda Civil Municipal (GCM). A Coordenadoria de Ações de Prevenção à Violência (CPREV) do órgão elaborou uma cartilha especial com informações úteis de segurança para a população. É importante ir para o evento levando apenas o essencial, ou seja, documento com foto, cartão do SUS e plano de saúde, dinheiro trocado e cartão de crédito e/ou débito e evitar bolsas grandes, malas e mochilas. Além disso, é recomendável usar embalagens plásticas e na parte frontal do corpo, evitando bolsos traseiros, o que pode facilitar o roubo dos objetos pessoais.

Durante o evento, agentes da Guarda realizam abordagens com distribuição de cartilha, com dicas importantes também de segurança em geral, cuidados com as crianças e telefones úteis, tanto em português como em inglês. Na primeira noite de Festival Virada Salvador, a Guarda recolheu 104 itens, entre documentos e pertences pessoais, o que representou um aumento de 260%, em relação ao ano anterior. As pessoas que perderam documentos podem se dirigir, na própria Arena Daniela Mercury, à Praça de Serviços, onde a GCM realiza a entrega dos documentos encontrados. A lista pode ser consultada na página da GCM na internet.

A partir das 6h do dia 2 de janeiro de 2019, a Guarda fará a devolução também na Boca do Rio. Em 2017, foram mais de 700 perdidos e entregues no local do evento e na sede da Guarda, localizada na San Martin. Durante o evento, agentes realizam também abordagens com distribuição de cartilha, com dicas importantes também de segurança em geral, cuidados com as crianças e telefones úteis, em português e inglês.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Para curtir a maratona dos cinco dias de festa do Festival Virada Salvador 2019 com energia e evitar qualquer problema intestinal, é essencial garantir uma boa alimentação. A primeira dica é não exagerar. O ideal é comer alimentos leves de três em três horas, trocando os doces e sobremesas por frutas e legumes.

Ceia – Quem vai fazer a ceia antes de sair para a festa, deve optar pelas saladas e frutas no lugar de alimentos gordurosos, que podem provocar má digestão. As gorduras, presentes em frituras, em alimentos ricos em gordura animal, como a feijoada, e em produtos como creme de leite e manteiga, apresentam digestão mais lenta, principalmente em função da composição química, o que provoca a sensação de peso e desconforto.

Fonte de energia – Os carboidratos presentes no arroz, pão, massas, mandioca, bolacha, aveia, granola, frutas e legumes são ótimas fontes de energia. No caso das massas, bolacha, pão e arroz, o ideal é optar pelo integral, pois acrescenta fibras, prevenindo problemas como o diabetes e prisão de ventre. Consumidas com moderação, as oleaginosas (castanha, amêndoa, nozes e pistache) também dão energia e ajudam a manter a forma, pois trazem saciedade.

Hidratação – É muito importante hidratar o corpo, bebendo, em média, dois litros de água durante o dia, principalmente, por causa do verão. A recomendação é evitar refrigerante e optar por sucos naturais ou água de coco. Os chás diuréticos (hibisco, salsinha, cavalinha ou hortelã) também são bem-vindos. Eles ajudam a evitar retenção líquida e melhoram a digestão. Quem ingere bebida alcoólica deve ficar atento ao teor de álcool do que vai consumir e intercalar com copos de água.

Perecível – É bom evitar alimentos à base de maionese. Além de ser gordurosa, é perecível e pode estragar com facilidade. A maionese deve ser mantida sempre em refrigeração e ser colocada no alimento apenas na hora de consumir para evitar o risco de infecção intestinal e contaminação.

Comer na rua – Quem vai comer fora precisa observar as condições de higiene do local: os manipuladores, o uso de touca, avental e luvas, além da conservação dos alimentos – por exemplo, se estão refrigerados. Não é bom consumir alimentos que estejam expostos por muito tempo em temperatura ambiente.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O destino já era certo. Nada de assistir ao show ou ir tietar o artista predileto em frente ao palco. Antes de sair de casa, elas já haviam combinado que ao chegar ao Festival Virada Salvador iriam direto para a roda-gigante. Assim fez a dupla de amigas Fabíola Barbosa, 45 anos, e Vanessa Lage, 42. Pela primeira vez no brinquedo, elas abusaram das fotos, stories e postagens nas redes. Do alto dos 36 metros de altura da roda-gigante, as amigas buscavam o melhor ângulo para as imagens. O cenário do palco, totalmente iluminado e com a presença de Milton Nascimento e Maria Gadu, rendeu inúmeras fotos tiradas pelas amigas. As postagens eram em tempo real e em todas elas estavam grafadas a #festivalviradasalvador.

Ao final da volta, de aproximadamente três minutos, uma frase resumiu a sensação da servidora pública Fabíola. "Achei simplesmente fantástico". A parceria, Vanessa, também servidora pública, completou: "a melhor coisa e, embora seja rápido, nos possibilita assistir ao festival de uma outra perspectiva, em frente uma linda festa e do outro lado a visão da Orla de Salvador", disse ela. A dupla pretende voltar à festa neste sábado (29). O destino não será diferente. Elas voltarão à roda-gigante, mas dessa vez em companhia dos filhos. Mãe de uma garota de seis anos, Vanessa confessa que não vê a hora de poder entrar novamente na cabine. "Minha filha vai adorar, tenho certeza".

Com 100 mil lâmpadas de LED, a roda-gigante instalada no coração da Arena Daniela Mercury é, sem dúvida, um dos maiores atrativos do Festival Virada Salvador. Fila longa, famílias, crianças, jovens, adultos e casais. Nos rostos, a euforia e ansiedade eram visíveis. Enquanto aguardavam para entrar em uma das 24 cabines, os jovens Uebster Almeida e Wallace Suede, ambos com 20 anos, planejavam como seriam as fotos. "Vou tirar várias e postar todas", combinavam. De fato, fizeram. Ao descer da gôndola, foram pelo menos seis postagens, nos stories do Instagram de cada um. "Ele é bem alta", disse ele, enquanto mostrava a movimentação das fotos nas redes sociais.

Gratuito, o equipamento é o maior brinquedo desmontável da América Latina e atração de eventos como o Rock in Rio. Ela segue funcionando em todos os dias do festival, até 1º de janeiro, de 16h às 3h, como uma alternativa de lazer entre uma apresentação e outra. O brinquedo comporta até 140 pessoas em cada passeio, distribuídas em 24 gôndolas - com limite de seis pessoas em cada uma. Para que todos possam desfrutar do atrativo, o brinquedo é adaptado para pessoas com deficiência. Uma das cabines tem toda a estrutura para uma cadeira de rodas e um acompanhante. Cada participante tem direito a uma volta.

O equipamento chegou ao Brasil em 2015. Além do Festival Virada Salvador, a roda-gigante já passou pelo Rock in Rio, Villa Mix Goiânia, Lollapalooza, Game XP, no Rio de Janeiro e Vaquejada do Milhão 2018. No Festival Virada Salvador, ano passado, pelo menos 45 mil pessoas andaram na roda-gigante, nos cinco dias de festa.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Não sabe ainda como usar o Wi-Fi gratuito disponibilizado pela Prefeitura durante o Festival Virada 2019? Para facilitar o acesso, a Companhia de Governança Eletrônica de Salvador (Cogel) disponibilizou uma equipe visando orientar a população que está curtindo no maior Réveillon do Brasil, na Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio. A intenção é que o maior número de pessoas possa usufruir da rede #CONECTA_SALVADOR, que só no primeiro dia atendeu a mais de 11 mil pessoas.

Essa equipe de orientação e suporte aos usuários circula por toda a arena distribuindo material promocional e orientando como acessar a rede. Segundo a Cogel, foram 258 GB trafegados apenas no primeiro dia de evento, através dos acessos ao Facebook, Instagram e Google, o equivalente a um milhão de fotos enviadas. Este ano, a companhia aumentou a velocidade da internet de 1 para 2 gigabytes. No evento do ano passado, foram mais 175 mil acessos à rede Conecta Salvador.

Para o diretor-presidente da Cogel, Alberto Braga, essa iniciativa vai facilitar ainda mais o acesso à rede de Wi-Fi gratuita. “Esse grupo de apoio vai ajudar as pessoas a configurarem os seus smartphones para que elas possam ter acesso ao Conecta Salvador”, disse o dirigente.

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...