Geral

0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura iniciou a substituição de luminárias danificadas de passarela em Cassange/Jardim das Margaridas após atos de vandalismo. As equipes da Diretoria de Iluminação Pública (Dsip), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), realizaram um levantamento detalhado no local e foi necessária a substituição de 30 pontos da passarela. Do total, 17 luminárias foram vandalizadas e 13 apagadas. Além disso, foram furtados 585 metros do cabeamento elétrico.

Em 2019, foi gasto em torno de R$35 mil por mês para repor o sistema de iluminação da cidade. Os crimes acontecem principalmente em passarelas e circuitos exclusivos de iluminação.

A Diretoria de Iluminação possui um plano de manutenção abrangente envolvendo passarelas, iluminação de monumentos e fontes luminosas, dentre outros. Quinzenalmente é realizada uma manutenção prévia para manter em funcionamento os serviços.

 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault
Empresas ou profissionais autônomos que forem prestar serviço de transporte e abastecimento em áreas de circulação restrita durante o Carnaval 2020 poderão fazer a solicitação do Trânsito Livre junto à Transalvador a partir da próxima quarta-feira (15). O pedido deve ser feito por meio do site mobilidadenocarnaval. salvador. ba. gov. br até o dia 17 de fevereiro.
 
Para solicitar a liberação, o requerente deverá apresentar o Contrato Social (pessoa jurídica) ou documento de identidade (pessoa física), CNPJ ou CPF, comprovante de endereço, contrato de serviço detalhado, registrado e com reconhecimento de firma, Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) atualizado e Certidão Negativa Municipal atualizada
 
Caso a solicitação seja aprovada, a credencial deverá ser retirada no balcão de atendimento instalado no Salvador Shopping, no piso L1, próximo à BMart. Esse posto de atendimento funcionará de 20 de janeiro a 21 de fevereiro. Toda a documentação exigida deverá ser entregue no ato da retirada do Trânsito Livre. Caso seja identificada alguma irregularidade nas informações apresentadas, o pedido será negado.
 
O documento será válido para acesso aos três principais circuitos da folia (Barra/Ondina, Campo Grande e Pelourinho), entre 20 e 26 de fevereiro. A utilização indevida em outro veículo acarretará no confisco do documento, além das penas previstas em lei.
0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

Os 87 novos conselheiros tutelares de Salvador tomaram posse nesta sexta-feira (10), em evento realizado no auditório da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio-BA), no Caminho das Árvores. Os membros atuarão em todas as 18 sedes do Conselho Tutelar da cidade pelo quadriênio de 2020/2024.

A cerimônia contou com a presença do prefeito em exercício Bruno Reis, da titular da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), Rogéria Santos, do presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Renildo Barbosa, além de diversas autoridades municipais, estaduais, Ministério Público, Defensoria e órgãos que fazem parte da rede de proteção aos direitos de crianças e adolescente.

Os novos integrantes atenderão às comunidades das áreas de abrangência atendidas por cada sede do Conselho Tutelar que ficam na Barroquinha, Roma, Brotas, Liberdade, Itapuã, Pernambués, Castelo Branco, Cajazeiras, Periperi, Federação, Boca do Rio, São Caetano, Narandiba, Ilhas (também localizada em Periperi), Barra, Ipitanga, Pituba e Valéria.

Avanços - Bruno Reis destacou os avanços e fortalecimento do Conselho Tutelar na cidade. “Lembro de quando tomei posse como secretário de Promoção Social e Combate à Pobreza, em 2015. A situação em que o Conselho Tutelar de Salvador se encontrava era crítica e precária. À época, conversei com representantes da instituição e mudamos a relação e lógica da visão entre a gestão municipal e os conselheiros. A partir dali, iniciamos um processo de reforma, requalificação e implantação de todos os conselhos municipais”, disse.

“Os conselheiros são importantes para a causa das crianças e dos adolescentes. Por isso, sempre no que depender do nosso esforço, eles terão voz. Desejo aos empossados boa sorte à missão de defender essa causa”, acrescentou o prefeito em exercício. Bruno Reis ainda anunciou que, até 2023, a Prefeitura vai implantar mais seis novas sedes do Conselho Tutelar na capital baiana.

Atuação - Criado através pela Lei 8.069/1990, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o Conselho Tutelar é órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos do público infantojuvenil.

Estão nas atribuições do órgão, por exemplo: o atendimento às famílias e aplicação de medidas protetivas; assessorar o Poder Executivo local na elaboração da proposta orçamentária para planos e programas de atendimento dos direitos da criança e do adolescente; fiscalizar entidades de atendimento à criança e ao adolescente; e requisitar serviços públicos a esse público-alvo.

Mesmo sendo autônomo, o Conselho Tutelar tem uma vinculação administrava junto à Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ). “O grupo de conselheiros não apenas trabalha para garantir os direitos da criança e adolescente. A equipe ecoa a voz desses pequenos cidadãos que, por vezes, não têm amparo ou assistência nem mesmo de suas famílias”, enfatizou a secretária da pasta Rogéria Santos.

O presidente do CMDCA, Renildo Barbosa, lembrou que a posse dos 87 novos conselheiros fecha um ciclo que começou com um processo de escolha iniciado em março de 2019. “Foram quatro fases: inscrição e habilitação, prova, votação pela comunidade e capacitação. A rede de proteção está fortalecida e estas autoridades defenderão o direito de um público que é prioridade”, comemorou.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

Inaugurado em maio do ano passado, o Centro Municipal de Inovação Colabore, localizado no Parque da Cidade, promoveu 119 eventos até dezembro de 2019, contando com a participação total de 8.043 pessoas. Neste período, o espaço recebeu ainda 700 pessoas em grupos de 15 a 30 participantes, alcançando 8.743 pessoas durante os sete meses de atividade.

O espaço abriga oito módulos. Destes, dois são reservados para coworkings públicos, com 64 estações de trabalho. O ambiente é formado por 16 contêineres marítimos antigos que foram reaproveitados e divididos em uma área de 2.700m².

Com investimento de R$ 1,5 milhão, o Colabore é operado em parceria com o Sebrae e o Parque Social. Além disso, com a estrutura física do local é possível realizar atividades e eventos. A parceria com o Sebrae disponibiliza para o Colabore a gestão de dez empresas que são administradas através do programa Sebraelab Habitat.

“O Colabore foi pensado para o desenvolvimento, incubação e aceleração de negócios e soluções de impacto para a cidade, a partir da perspectiva de que precisamos acelerar a redução das desigualdades, uma ação associada à agenda global dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU com os quais o Colabore está estruturalmente alinhado”, explica o secretário municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência, André Fraga.

Incubadora - Focando em projetos que possam reduzir a desigualdade e gerar empregos, o Parque Social, em parceria com a Secretaria de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), lançou a Incubadora de Negócios Sociais - In Pacto, com o propósito de contribuir para o desenvolvimento socioeconômico sustentável de Salvador. No final do ano passado, 18 startups foram selecionadas no edital lançado pela incubadora. Todas receberão, a partir de fevereiro, suporte, qualificação, mentorias e assessorias através de palestras e consultorias.

Para fazer uma visita guiada, basta acessar o site e bit. ly/ VisitaGuiadaColabore e realizar a solicitação.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Para que tudo saia de acordo com a vontade popular, a mobilização da Prefeitura para organização da Lavagem do Senhor do Bonfim envolve diversas secretarias. Por isso, uma operação especial passa por áreas como transporte, mobilidade, saúde e fiscalização. A lavagem acontece no próximo dia 16.

Trânsito - A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) preparou uma operação especial no trânsito nas regiões do Comércio e da Cidade Baixa. Haverá proibição de estacionamento, e alteração do sentido de fluxo de algumas vias, além da necessidade de bloqueio no trânsito.

De 0h às 22h de quinta, circulação e estacionamento de veículos estarão proibidos em ambos os sentidos da Av. Lafayette Coutinho (Contorno), em ambos os lados, no trecho compreendido entre a Rua da Gamboa de Cima e a Praça Visconde de Cayru), e na Rua da Conceição da Praia.

Também será proibido o estacionamento na Praça Visconde de Cayru, Rua da Bélgica, Rua Miguel Calmon, Praça Almirante Riachuelo, Av. Frederico Pontes, Largo da Calçada, Rua Padre Antônio de Sá, Largo dos Mares, Av. Fernandes da Cunha, Largo de Roma, Av. Bonfim (Dendezeiros), Rua Luiz Régis Pacheco (lado direito, a partir do cruzamento com a Rua Vinte e Seis de Dezembro, em direção final de linha do Uruguai e a partir do cruzamento com a Rua Couceiros de Abreu em direção a Mares) e Rua Boa Vista (lado direito na direção da Rua Resende Costa).

O tráfego será interditado ainda, a partir das 6h do dia 16, na Praça Visconde de Cayru, Rua da Bélgica, Rua Miguel Calmon, Praça Almirante Riachuelo, Avenida Jequitaia, Avenida Frederico Pontes, Largo da Calçada, Rua Padre Antônio de Sá, Largo dos Mares, Avenida Fernandes da Cunha, Largo de Roma, Av. Bonfim (Dendezeiros). A circulação nessas vias ocorrerá conforme as condições de segurança no trânsito permitam.

No bairro do Bonfim e adjacências, a proibição de circulação e do estacionamento de veículos começa na quinta-feira (16), às 8h e vai até às 4h da sexta-feira (17); na sexta e sábado (17 e 18), das 18h até às 4h do dia seguinte; e no domingo (19), das 13h às 4h da segunda-feira (20).

As vias atingidas são: Av. Dendezeiros do Bonfim (à altura da Rua Augusto Mendonça), Rua Imperatriz (à altura da Av. Dendezeiros do Bonfim), Av. Salvador (à altura da Rua Duarte da Costa), Rua Duarte da Costa (à altura da Av. Salvador), Rua Guilherme Marback (à altura da Rua Otávio Barreto), Rua Otávio Barreto (à altura da R. Guilherme Marback), Rua Visconde de Pedra Branca/Travasso de Fora (à altura da Rua Henrique Dias), Rua Desembargador Ferreira Espinheira (à altura da Rua Otávio Barreto), Ladeira do Bonfim, Praça Senhor do Bonfim, Praça Teodósio Rodrigues de Farias e Rua Plínio de Lima.

Haverá proibição da circulação e do estacionamento de veículos (inclusive carroças e bicicletas) na Praça Senhor do Bonfim, Praça Teodósio Rodrigues de Farias, Praça Euzébio de Matos, Rua Porto da Lenha, Rua Visconde de Cabo Frio, Ladeira dos Romeiros, Ladeira Porto Bonfim e na Rua Travasso do Meio, das 8h da quinta-feira às 4h da madrugada do domingo (19),

A circulação de veículos será proibida também, no domingo (19), a partir das 15h, com liberação progressiva do tráfego de veículos à passagem do cortejo, nas seguintes vias: Largo dos Mares, Av. Fernandes da Cunha, Praça Irmã Dulce, Av. Dendezeiros do Bonfim, Ladeira do Bonfim. Ainda no domingo, será proibida a circulação e estacionamento de veículos no Largo do Bonfim, das 12h às 22h.

Haverá alteração de sentido de tráfego na Av. Engenheiro Oscar Pontes, que funcionará com sentido duplo no trecho entre a Rua Estado de Israel, no Comércio, e o acesso ao Ferry Boat, a partir das 5h da quinta-feira (16). Outras vias com alteração de trânsito a partir das 6h da quinta-feira terão sentido único: a Rua Boa Vista, na direção da Rua Resende Costa; Rua Luiz Régis Pacheco, a partir do encontro com a Rua 26 de Dezembro, na direção do final de linha do Uruguai, e a partir do cruzamento com a Rua Couceiros de Abreu, na direção dos Mares.

Também funcionarão com sentido único de tráfego as seguintes vias: Rua Augusto Mendonça e Rua Polidoro Bittencourt (sentido Dendezeiros/Boa Viagem), Rua Visconde de Caravelas (a partir do Largo do Papagaio) e toda a Rua Henrique Dias (no sentido Ribeira /Largo de Roma), na quinta-feira (16), das 8h às 4h do dia seguinte, na sexta e sábado (17 e 18), das 18h às 4h do dia seguinte, e no domingo (19), das 13h às 4h do dia seguinte.

Carga e descarga - Carga e descarrega no dia do cortejo só poderá ocorrer até as 6h da manhã, sendo permitida a circulação de veículos com capacidade de até mil kg nas vias do percurso do cortejo. Entre 17 e 19 de janeiro, serão permitidas carga e descarga das 8h às 14h.

A partir das 19h da quarta-feira (15), serão instaladas 74 barreiras de trânsito fixas. No dia da lavagem, a partir das 6h, mais 24 barreiras de trânsito móveis serão instaladas no percurso, permitindo apenas a passagem de veículos autorizados e de serviços públicos.

Transporte - Para garantir a tranquilidade no deslocamento dos fiéis durante a Lavagem do Bonfim, a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) irá reforçar as linhas de transporte coletivo para dar mais conforto ao público que participará da lavagem. No dia da festa, todas as linhas do sistema de transporte de Salvador estarão operando com 100% da frota de ônibus. Para garantir mais comodidade aos usuários, 19 destas linhas que atendem à região do evento vão prolongar o horário final de atendimento até às 0h.

Será disponibilizado também 36 veículos extras da frota reguladora para auxílio no retorno para casa após as comemorações. Os veículos estarão disponíveis das 13h às 22h, no Largo do Papagaio, para atender à demanda. Na Estação da Lapa, também serão disponibilizados seis veículos da frota reguladora, de 16h às 23h. Como o tráfego na região do Bonfim será interditado, as linhas que operam no local sofrem mudanças de itinerário de acordo interdições realizadas pela Transalvador.

Linhas que vão operar até meia-noite - 1515 Conjunto Pirajá I – Ribeira; 1535 Vista Alegre – Ribeira; 1662 Base Naval – Ribeira; 1638 Fazenda Coutos – Ribeira; 1608 Paripe – Ribeira; 1342 Estação Pirajá-Bonfim/Ribeira; 0201 Ribeira/Bonfim – Campo Grande; 0216 Ribeira – Lapa; 0343 Fazenda Grande do Retiro – Ribeira; 0213 Ribeira – Federação; 0221 Ribeira – Barbalho/Fazenda Garcia; 0218 Ribeira – Pituba; 0220 Ribeira – Sabino Silva; 0237 Ribeira – Rio Sena/A. Sta Terezinha; 0713 Santa Cruz –Calçada/Bonfim; 0720 Vale das Pedrinhas – Vl Rui Barbosa; 1055 Estação Mussurunga-Ribeira/São Joaquim; 1142 Cabula VI – Ribeira R2; 1145 Terminal Acesso Norte/Ribeira; 1403 Cajazeira 11 – Ribeira.

O Elevador Lacerda e os três planos inclinados de Salvador funcionarão gratuitamente, em horários diferenciados. O elevador estará em operação entre as 6h e 23h. O Plano Inclinado Liberdade-Calçada funcionará das 7h às 20h. O do Pilar operará das 7h às 18h. E o Gonçalves, das 7h às 19h.

Outra opção é solicitar o serviço de táxi, através do aplicativo Táxi Mobi, que vai operar com Bandeira 1 e até 20% de desconto. Além disso, haverá três pontos de táxis e mototáxis no Largo de Roma, próximo do Ferry Boat e também no Terminal Marítimo.

Fiscalização - A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) vai realizar para coibir a ocupação de marquises, orientação a bares sobre a proibição de venda de bebidas em garrafas de vidro, além de fiscalizar a exibição de publicidade e de atividades irregulares.

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) terá nas ruas durante a lavagem 50 fiscais da Diretoria de Serviços Públicos (Dsep) que vão fiscalizar os ambulantes e a autorização para trabalho (licença), Além do ordenamento e a distribuição dos mesmos durante todo o trajeto do evento. Haverá a fiscalização de produtos não permitidos pela Prefeitura, como: materiais perfurocortantes, espetos, garrafas de vidro, louças e todo material que possa causar perigo a população. As equipes irão atuar das 7h às 19h. Para essa festa, não haverá restrição de marca de bebidas.

Além disso, a Semop irá contar com 20 profissionais para o Controle e Combate à Poluição Sonora que irão realizar a medição dos decibéis dos veículos de som, mini trios, estabelecimentos comerciais, entre outros, durante todo o circuito, obedecendo os limites de volume permitidos pela Lei do Silêncio (Lei 5.354/98).

Crianças - O combate ao trabalho infantil requer atuação de diversas políticas públicas e dos órgãos de garantia de direitos. A Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) estará fiscalizando o trabalho infantil intensificando a atuação na região do cortejo. Serão 21 profissionais da equipe atuando na região no dia da lavagem

Pulseirinhas de identificação para crianças serão distribuídas pela Guarda Civil Municipal e Conselho Tutelar. Para as crianças perdidas, é necessário acionar o Conselho Tutelar.

Saúde - Para garantir a assistência à saúde aos fiéis durante a Lavagem do Bonfim, na próxima quinta-feira (16), a Secretaria Municipal de Saúde(SMS) montou um esquema especial de suporte aos soteropolitanos e turistas.

Este ano, um módulo assistencial montado ao lado da Colina Sagrada irá funcionar das 8h às 21hr. A estrutura contará com 10 leitos e uma equipe de atendimento multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Além disso, uma ambulância do SAMU 192 ficará disponível no módulo para possíveis remoções nas ocorrências que necessitarem de transferências. Durante o cortejo, duas ambulâncias (suporte básico e avançado) acompanharão os participantes.

A Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de San Martin estará de prontidão durante a festa, cajo haja casos de maior complexidade.

Guarda Municipal - A Guarda Civil Municipal irá atuar com cerca de 200 agentes na Operação Bonfim, em apoio às atividades da Transalvador, nas barreiras de trânsito, as ações de ordenamento e fiscalização da Secretaria Municipal de Ordem Pública, apoio à Semob, na proteção e segurança do Elevador Lacerda, Plano Inclinado Pilar, Gonçalves e Liberdade, além de atuar no patrulhamento preventivo ao longo de todo o circuito da festa.

 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com intuito de oferecer a melhor estrutura aos fiéis baianos e turistas que, na próxima quinta-feira (16), participam da Lavagem do Bonfim, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Manutenção (Seman) e da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), realiza uma série de serviços e melhorias em todo o percurso.

O percurso tem 8 km, iniciado no Comércio, na altura da Igreja da Conceição da Praia, até o Bonfim, na Colina Sagrada requalificada pela Prefeitura. A tradicional comemoração, que neste ano tem o tema "Senhor do Bonfim, 275 anos de devoção, veneração e proteção", deve atrair cerca de 2 milhões de pessoas percorrendo as ruas dos bairros do Comércio, Calçada, Roma, Monte Serrat, Boa Viagem e Bonfim.

Equipes da Seman estão espalhadas pelos 8 km realizando serviços de manutenção da malha viária, por meio da Operação Tapa-Buracos, e também promovendo reparos em calçadas públicas, o que proporciona segurança no tráfego dos pedestres por todo o cortejo. Além da melhoria asfáltica, estão sendo feitas podas das árvores e revisão do sistema de drenagem, com ações de limpeza, desobstrução e recuperação dos dispositivos em toda a região da Calçada, que vai desde o Túnel Américo Simas, passando pela Travessa do Pilar e Travessa Frederico Pontes.

De acordo com a Seman, o conjunto de melhorias contempla também as principais ruas de acesso para a Colina Sagrada, incluindo Barão de Cotegipe, Fernandes Vieira e Fernandes da Cunha, Rua Direta do Uruguai, Av. Jequitaia, Avenida Caminho de Areia e Avenidas Luiz Tarquínio e ainda nos logradouros de entorno.

Já a poda dos vegetais está sendo feita na região do Mercado do Peixe, em Água de Meninos, e na Praça Irmã Dulce, no Largo de Roma. A Seman assinala que têm sido observadas as necessidades de manutenção em todas as árvores do percurso e limpeza das palmáceas, desde a Igreja da Conceição da Praia até a Colina Sagrada. Como parte das atividades que antecedem a festa, estão programadas as intervenções em árvores da Av. Dendezeiros, Rua da Imperatriz e na Península Itapagipana.

Limpurb - Para garantir a limpeza das vias, a Limpurb realiza uma operação de preparativos que foi iniciada na semana passada. São 200 agentes trabalhando diariamente nas principais vias e trechos de acesso ao percurso da festa, das 7h30 às 15h, até as vésperas do evento, dia 15. Na lista de serviços estão ações de roçagem, limpeza nas encostas, pintura de muretas, túneis e meio-fio, gancheamento, sacheamento e varrição, na região da Avenida Lafayete Coutinho, nas Ladeiras da Montanha e da Preguiça, Elevador Lacerda, escadaria da Preguiça, Via Expressa, Vale do Nazaré e de Mares até o Bonfim.

No dia 16, quando ocorre o evento, a Limpurb vai fazer a limpeza, coleta e lavagem das vias a partir das 17h, com um efetivo de 313 profissionais, que irão atuar da Conceição da Praia até os Mares. Para executar os serviços, serão utilizados nove compactadores, dez caminhões, dez pipas, entre caminhão e carreta, além de dez ônibus. Depois das 23h, uma nova equipe composta por 288 profissionais começa a atuar dos Mares até o Bonfim, com mais oito compactadores, oito caminhões e oito ônibus.

Sanitários químicos – Ao longo de todo o percurso serão instalados mais de 480 sanitários químicos para uso da população. “Nossas equipes entraram em campo desde o início do ano, cuidando da limpeza de todo o percurso e áreas de acesso à festa, para deixar tudo limpo para soteropolitanos e turistas que virão reverenciar essa que é uma das maiores festas religiosas da nossa cidade e do nosso estado”, destacou o presidente da Limpurb, Marcus Passos.

Obras não interferem - As obras do Caminho da Fé não ficarão prontas antes da Lavagem do Bonfim, mas as intervenções não vão atrapalhar a passagem dos fiéis, assegura a Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), responsável pela execução dos serviços. As obras já estão 70% prontas e devem ser concluídas após o Carnaval, conforme o cronograma. Quem for à lavagem poderá cumprir o percurso tradicional, saindo da Igreja da Conceição da Praia até a Igreja do Bonfim, sem nenhuma alteração.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura iniciou, nesta quinta-feira (9), a construção de um acesso viário que vai ligar o bairro Jardim Nova Esperança à Avenida Mário Sérgio, que atualmente integra a Avenida Luís Viana Filho (Paralela) aos bairros de Canabrava, Trobogy, Nova Brasília, Pau da Lima e ao Estádio Manoel Barradas, o Barradão. A ordem de serviço para o começo das intervenções foi assinada pelo prefeito em exercício e secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, Bruno Reis.

Esta será mais uma obra de mobilidade feita na cidade com o intuito de proporcionar melhor fluidez ao tráfego de veículos e facilitar o deslocamento de pedestres. Com investimento de R$ 1,17 milhão, o serviço contempla estender em 155,52 metros a Rua Jardim dos Girassóis, que atualmente é sem saída.

O novo acesso terá mão-dupla e será construído após a Escola Municipal Professora Irene da Silva Costa Santos. Serão feitos, portanto, serviços de terraplenagem, pavimentação, drenagem, urbanização, passeio e meio-fio. O prazo de conclusão da obra é de nove meses.

Mobilidade - Bruno Reis destacou que a iniciativa vai facilitar a chegada e saída de quem passa por Jardim Nova Esperança e das comunidades e bairros adjacentes à Avenida Aliomar Baleeiro, popularmente conhecida como Estrada Velha do Aeroporto.

“Hoje, quem sai de Jardim Nova Esperança para ir à Avenida Paralela tem que passar por Canabrava e descer o Barradão para chegar à Avenida Mário Sérgio ou ir pela Via Regional. Com esse novo acesso será diferente. Vai dar para chegar pela Avenida Mário Sérgio direto e, em cinco minutos no máximo, na Paralela. Ou seja, as pessoas vão gastar menos tempo para se deslocar, o que vai proporcionar maior qualidade de vida à população”, disse.

“Não adianta o bairro possuir grandes vias próximas se ele não possui ligações. Com esta obra, o trânsito da via principal daqui de Jardim Nova Esperança vai fluir. Isso é bom para o comércio e para famílias que moram por aqui”, acrescentou.

Bruno Reis ainda lembrou de outras obras de infraestrutura promovidas pela Prefeitura, que trarão grandes benefícios para o tráfego da capital baiana, a exemplo das requalificações da Estrada Velha do Aeroporto e da Via Regional: “Nunca antes a cidade pôde ver tanta obra em pouco tempo. Hoje, Salvador virou um canteiro de obras e está vivendo a maior transformação desde a sua existência”.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

A população de Salvador já pode colaborar com o dossiê técnico que vai servir como base do processo de reconhecimento da Festa de Iemanjá como Patrimônio Cultural de Salvador. Disponibilizado pela Prefeitura, por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM), o documento pode ser consultado e receber contribuições dos cidadãos até o dia 16 de janeiro pela internet, no link http:// bit. ly/ 34yW928.

Os anexos estão disponíveis para consulta na sede da FGM, na Ladeira da Barroquinha, 2, Barroquinha – próximo ao Espaço Cultural da Barroquinha, de segunda a sexta-feira, mediante agendamento prévio pelo telefone (71) 3202-7864. Após recebimento e análise das propostas, o material será encaminhado ao Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, para análise e emissão do parecer final.

Para a doutora em Antropologia e uma das responsáveis pela elaboração do dossiê, Cristiane Sobrinho, a festa de Iemanjá traz para os espaços públicos um culto a um orixá africano, reaproximando a celebração dos seus cultos originais na Nigéria, onde a população tem ampla participação nos festejos. “Ela visibiliza um culto africano que foi historicamente no Brasil obrigado a se manter em locais privados, longe dos olhares da sociedade mais ampla. É uma celebração única no Brasil e, graças aos esforços dos pescadores do Rio Vermelho, podemos visibilizar essa cultura dos antepassados e do povo do mar”, afirma.

De acordo com a Diretora de Patrimônio e Humanidades da FGM, Milena Tavares, o registro preserva o conhecimento da manifestação. “Trata-se de uma das mais significativas festas de Salvador, com repercussão internacional. O registro é, antes de tudo, um reconhecimento do seu mérito cultural e garante apoio institucional aos produtores. A Festa de Iemanjá, no dia 2 de fevereiro, no Rio Vermelho, é referência cultural no calendário de festas da cidade. A única (festa) que é devotada a uma divindade do Candomblé, fortalecendo a apreensão da nossa diversidade cultural”, destaca.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

Os motoristas que trafegam pela Avenida Luís Eduardo Magalhães já são beneficiados pela nova iluminação, mais moderna e eficiente, instalada na via. A iniciativa promovida pela Prefeitura, por meio da Diretoria de Iluminação Pública (Dsip), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), envolveu a substituição de 141 postes de concreto por metálicos brancos e instalação de 388 luminárias de LED. A modernização da iluminação se estende até o trecho do túnel, que recebe 270 novos projetores de LED.

O investimento municipal para a ação foi de cerca de R$ 1,8 milhão. As lâmpadas de sódio foram trocadas por luminárias LED, que são cerca de 60% mais econômicas e possuem mais durabilidade, robustez e menor custo de manutenção. A medida vai proporcionar 50% a mais de luminosidade que as anteriores, além de possuir tecnologia que permite o monitoramento em tempo real.

Demais locais – A modernização da iluminação em LED vem sendo aplicada em diversos pontos de Salvador. O sistema já pode ser visto em locais como as avenidas Tancredo Neves, Luís Viana Filho (Paralela) e Ulisses Guimarães (Sussuarana), Rua Miguel Calmon (Comércio), Colina Sagrada (Bonfim), praças e orla da cidade. Através do programa Iluminando Nosso Bairro, já foram beneficiados os bairros de Pernambués, Valéria, Liberdade, da Paz, Valéria, Nova Constituinte, Palestina, São Caetano, Pau Miúdo e Calabar.

 

 

 

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...