Geral

0
0
0
s2sdefault

Os estudantes de Salvador que precisam realizar a revalidação do cartão de meia passagem já podem fazer todo procedimento por meio do aplicativo de recargas Kim. A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), através do SalvadorCard, deu inicio à revalidação online através do app e, com isso, os estudantes têm comodidade, conforto e ganho de tempo.

Para que seja feita a revalidação, é necessário baixar a ferramenta no celular, tanto androide quanto IOS. Ou, se o estudante preferir, acessar o site www. kimrecarga. com. br e fazer o cadastro. Depois que já estiver acessando o app, o usuário precisa cadastrar o cartão e, em seguida, clicar na aba revalidar.

Após o procedimento, basta anexar a foto do comprovante e aguardar que a ferramenta cheque automaticamente se a instituição de ensino já confirmou a matrícula do estudante para 2019. O valor da revalidação é de R$ 7,40, mais a taxa de serviços do aplicativo, que é de R$ 3,70. Vale lembrar que o pagamento pode ser feito através de cartão de crédito, débito, transferência, depósito e boleto .

Para revalidação pelo aplicativo, o cartão de meia passagem precisa ter um saldo de, pelo menos, R$ 1,85. Para o secretário de Mobilidade, Fábio Mota, essa é mais uma opção para facilitar a vida do estudante. “Essa ferramenta auxilia o aluno poupando tempo, proporcionado comodidade e conforto, pois ele não precisa sair de casa para realizar sua revalidação”.

O aplicativo, que foi lançado em 2017, já conta com 100 mil downloads e 35 mil consultas por mês. No ano passado, cerca de 20 mil alunos fizeram a validação utilizando a ferramenta.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon), órgão ligado à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), apresenta, na próxima sexta-feira (15), Dia Internacional de Defesa do Consumidor, um cadastro formado por empresas denunciadas por consumidores em Salvador durante o ano de 2018.

A lista é um ranking de 68 instituições, a maioria bancos e financeiras, que será tornada pública para o cidadão. O evento de apresentação acontecerá no auditório da Defesa Civil de Salvador (Codesal), na Avenida Mario Leal Ferreira (Bonocô), a partir das 9h.

O Cadastro de Reclamação Fundamentada, como é chamado, é de publicação obrigatória prevista no artigo 44 do Código de Defesa do Consumidor. De acordo com Roberta Caires, diretora da Codecon, trata-se de um instrumento positivo para a gestão de negócios.

“Estimula as empresas a darem um salto em direção à modernização nas relações de consumo, entendendo que deste modo gera fidelização, competitividade, elastecimento da clientela e lucros coerentes, além de reduzir a judicialização de processos, gerando imagem positiva”, declarou Caires.

Durante o evento, Roberta Caires fará palestra sobre os "Desafios da Codecon para o século XXI". O especialista em Direito, Governança e Políticas Públicas Domingos Santana Natividade falará sobre a "Importância da educação nas relações de consumo". E a advogada especialista em Direito do Consumidor Edinélia Almeida apresentará o Cadastro de Reclamação Fundamentada, explicitando sua construção, origem e necessidades.

Semana - Durante toda a semana, a partir desta segunda-feira (11), a Codecon estará mais próxima da população, levando orientação gratuita às pessoas sobre questões financeiras, débitos com cartão de crédito, empréstimos ou planos de saúde, além de abertura de reclamação contra empresas abusivas.

O atendimento é feito no Shopping Center Lapa, até a próxima sexta (15), no horário de funcionamento do estabelecimento comercial, e tem as parcerias do Serasa/CDL e da Anatel, que também prestarão seus serviços no local.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com o objetivo de selecionar projetos de base tecnológica que se proponham a melhorar a conexão entre cidadãos, poder público e veículos de comunicação de forma eficiente e transparente, vai ser lançado nesta segunda-feira (11), às 14h, no Hub Salvador, a chamada temática Cidade Conectada, a quarta lançada por meio do Edital de Inovação para a Indústria.

A iniciativa é promovida pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), em parceria com o Senai/Cimatec. A nova chamada vai selecionar até cinco empreendedores ou empreendedoras de todo o Brasil que ofereçam soluções inovadoras aos temas propostos: "Universalização do acesso à internet"; "Internet das coisas (IoT) para conectividade"; "Transparência; e "Engajamento do cidadão".

Os projetos receberão o investimento de R$ 150 mil cada e devem ser executados em Salvador numa duração máxima de 12 meses. Podem se inscrever as startups de base tecnológica, micro ou pequena empresa e até Microempreendedor Individual (MEI), desde que possua CNPJ ativo e apresente competência tecnológica para a área. As inscrições podem ser realizadas na plataforma plataforma. editaldeinovacao. com. br a partir de segunda (11) e até o dia 25 de abril.

Etapas – A seleção da chamada Cidade Conectada ocorrerá em quatro fases: a fase 1 corresponde à inscrição e avaliação da qualidade, compatibilidade e aplicabilidade das propostas com o desafio temático. Será aceita apenas uma ideia por empresa. Com o resultado da avaliação, haverá ainda entrevistas com o intuito de aprofundar o entendimento dos projetos.

Na fase 2 as empresas irão detalhar o plano de projeto com especialistas do Senai/Cimatec e representantes das instituições envolvidas. As empresas apresentarão um pitch de 3 a 5 minutos sobre o conteúdo produzido para a banca avaliadora, que irá ou não o aprovar. Se admitido, o projeto segue para a fase 3, na qual será formalizado o acordo de cooperação entre as partes envolvidas.

Por fim, na quarta fase, os projetos selecionados no edital receberão o apoio dos órgãos envolvidos para o desenvolvimento de uma prova de conceito, ou seja, um modelo prático que avalia a eficiência da proposta apresentada. Para isso, os projetos passarão pelos processos de validação, desenvolvimento de protótipo e teste.

Histórico - Essa não é a primeira chamada que tem o intuito de apoiar empresas da área de tecnologia e inovação social. Em setembro de 2017 houve o lançamento da chamada Cidade Inteligente, em parceria com a Companhia de Governança, que captou dez organizações como foco em tornar a infraestrutura e os serviços da cidade mais eficientes e interligados.

Em dezembro do mesmo ano houve a chamada Cidade Resiliente, em parceria com Resource IT Solutions, que selecionou cinco empresas com projetos voltados à promoção da qualidade de vida e resiliência urbana. Por fim, em julho de 2018 foi lançado a chamada Cidade Sustentável, em parceria com a Construtora Civil, que selecionou quatro projetos que se proponham a melhorar significativamente a vida urbana, por meio do uso eficiente e inteligente dos recursos.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Quem passar pela região do Vale do Canela durante o final de semana deverá ficar atento. O tráfego de veículos nos dois sentidos entre o Viaduto Mãe Menininha do Gantois, que leva ao Campo Grande e ao fundo do Goethe-Institut (Instituto Cultural Brasil Alemanha - ICBA), deverá de ser bloqueado a partir das 13h deste sábado (09).

A interdição ocorrerá devido à necessidade do corte de duas árvores para a implantação de um equipamento privado. O procedimento autorizado pela Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) mediante a condição do plantio de outras 25 árvores na região. Caso não seja concluído no sábado, o serviço poderá ser estendido para o domingo. Somente após a finalização o trecho será aberto.

Opções - O condutor que estiver no Vale do Canela sentido Av. Lafayete Coutinho (Contorno) poderá subir o viaduto Mãe Menininha do Gantois e virar à esquerda na alça de descida. Excepcionalmente, essa manobra será liberada enquanto durar o bloqueio no Vale do Canela. Ainda no sentido Contorno, o condutor também pode acessar a rua do Forte de São Pedro e seguir pela Gamboa de Cima.

Já quem estiver subindo a Contorno com destino o Vale do Canela deverá pegar a Ladeira do Gabriel, em frente ao Museu de Arte Moderna (MAM), e acessar a Ladeira dos Aflitos, por onde chegará no Campo Grande.

Agentes de trânsito ficarão na região orientando e garantindo o ordenamento do trânsito. “Todas essas mudanças temporárias visam a fluidez e segurança de condutores e pedestres naquela região para a realização do serviço”, afirma Fabrizzio Müller, superintendente da Transalvador.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

No Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta sexta-feira (8), todos os olhares se voltam para a mobilização e reflexão contra todo e qualquer processo de discriminação de gênero, e, sobretudo, aos diversos tipos de violência contra as mulheres. Em Salvador, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), estabeleceu a causa como prioridade desde 2013.

Para atender as mulheres vítimas de violência na capital baiana, a SPMJ disponibiliza o Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência Loreta Valadares, nos Barris, e o Centro de Atendimento à Mulher Soteropolitana Irmã Dulce, localizado na Ribeira. Ambos os centros atenderam 4.514 mulheres vítimas de algum tipo de violência em 2018.

No ano passado, o Loreta Valadares realizou 3.312 atendimentos. Em janeiro deste ano, 244 mulheres receberam o suporte do centro. Os meses de fevereiro e março ainda não foram computados. Já no Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência Irmã Dulce, entregue a população em abril do ano passado, 1.202 mulheres receberam algum tipo de atendimento desde a inauguração até dezembro de 2018. Nos três primeiros meses de 2019, aproximadamente 400 já receberam algum tipo de suporte da unidade.

O ano de 2019 teve início com diversos casos de feminicídio nos quatro cantos do Brasil. Os números crescentes assustam e, na Bahia, a situação não é muito diferente. Em 2017, foram 229 vítimas. Já em 2018, a Central de Atendimento à Mulher 180 registrou, em média, 586 denúncias mensais de tentativas de morte a mulheres – ou seja, mais que dobrou o número de casos. No estado, a média é de 67 processos de violência contra a mulher abertos por dia, segundo a Vara de Violência Doméstica.

Funcionamento – No Centro de Atendimento à Mulher Soteropolitana Irmã Dulce é disponibilizada assistência jurídica, psicológica e social para as vítimas que forem encaminhadas pelas Delegacias Especiais de Atendimento à Mulher durante os festejos. O funcionamento é 24 horas e o centro tem capacidade para abrigar até 29 cidadãs, encaminhadas pelas delegacias da Mulher existentes nos bairros de Brotas e Periperi. “Em Salvador, as mulheres podem estar certas de que não estão sozinhas e que não vamos esquecer de nenhuma delas", enfatizou a secretária Rogéria.

Já no Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência Loreta Valadares, o público feminino pode contar com acompanhamento psicológico e social, orientação e informação jurídica, além de dispor de acompanhamento pedagógico para os filhos que necessitem acompanhá-las em atendimento. São acolhidas na instituição vítimas de violência física, psicológica, sexual, moral e patrimonial que procuram o espaço por conta própria ou são encaminhados através de instituições ou serviços. O espaço está em funcionamento desde 2013 e atende demanda espontânea.

Denuncie – Há suspeita de que o número de mulheres vítimas de violência pode ser ainda maior do que os casos denunciados, especialmente porque nem todas as ocorrências chegam até às delegacias. “Romper o ciclo de violência não é fácil. Por isso, precisamos encorajá-las, fazer com que as vítimas conheçam seus direitos, estimular a denúncia por meio da Central 180 e fortalecer a rede de apoio, para que essa mulher se sinta acolhida. Esse sofrimento precisa ter um fim. O Estado precisa garantir o direito à mulher de uma vida sem violência”, destacou a titular da SPMJ.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Já está em fase de finalização a construção do Centro Municipal de Inovação Colabore, que vai funcionar no Parque da Cidade, no Itaigara. Neste início de março, as obras alcançam 85% de conclusão, de acordo com a Secretaria de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis). A unidade está sendo construída através de uma parceria entre a Prefeitura e o Sebrae Bahia, que pretende fomentar ações para o desenvolvimento de projetos sustentáveis inovadores e de impacto social. A iniciativa também terá participação da ONG Parque Social.

O Colabore terá 700m² e tem como público alvo microempresas, microempreendedores individuais (MEIs), startups e/ou pessoas que possuem projetos de impacto positivo para Salvador. O espaço abrigará oito módulos, sendo dois reservados para coworkings públicos, com 64 estações de trabalho.

Os usuários do Colabore também terão acesso a escritórios compartilhados, auditório, cafeteria, salas de reunião e incubadora de impacto social, com capacidade para dar suporte a cerca de 12 projetos. O Sebrae será responsável pela promoção de capacitações em temas como gestão, inovação e mercado.

Ainda de acordo com a Secis, o espaço deverá ser entregue ainda neste mês de março como parte das inaugurações comemorativas pelo aniversário de Salvador, celebrado no dia 29. A estrutura está sendo produzida a partir de contêineres reutilizados e conta com diversas outras ações sustentáveis. Além de cobertura vegetal e aproveitamento da ventilação cruzada, o local terá sistema de reaproveitamento de água das chuvas, painéis solares fotovoltaicos para a geração de energia solar e bicicletário, para estimular o uso do transporte alternativo.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O mercado de trabalho tem se tornado cada vez mais competitivo, exigindo qualificação para conseguir ou progredir no cargo. Com o objetivo de preparar o trabalhador para processos seletivos ou aperfeiçoá-lo em alguma área que já atue, o Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra (SIMM) ofertará cerca de 150 vagas entre cursos e palestras para os cidadãos somente em março.

Atendimento, motivação e desenvolvimento profissional, entrevista de emprego, Excel e telemarketing serão alguns dos temas abordados durante as capacitações, a serem ministradas por entidades parceiras. As inscrições são limitadas ao número de vagas de cada curso/palestra e devem ser feitas diretamente na sede do SIMM, na Rua Miguel Calmon, 506, Edifício Ouro Preto, no Comércio, no dia em que for realizada a capacitação. Para realização da inscrição é necessária a apresentação da carteira de trabalho.

Confira as datas e horários dos cursos/palestras:

Tema: Atendimento Criativo

Tipo: Palestra

Data: 11/03/2019 Horário: 8h às 10h Vagas: 30
Parceiro: Senac

• Tema: Dúvidas Trabalhistas

Tipo: Ação

Data: 12/03/2019 Horário: 8h às 10h Vagas: 10
Parceiro: Pedreira e Góis

• Tema: Motivação e Desenvolvimento Profissional

Tipo: Palestra
Data: 25/03/2019 Horário: 8h às 10h
Vagas : 30
Parceiro: Senac

Tema: Reforma Trabalhista – A importância do Recolhimento do INSS

Tipo: Palestra Data: 26/03/2019 Horário: 8h às 10h
Vagas: 30
Parceiro: Pedreira e Góis

• Tema: Entrevista de Emprego

Tipo: Palestra Data: 28/03/2019 Horário: 08:00 às 10:00 Vagas: 30
Parceiro: Santori Treinamentos

• Tema: Introdução ao Excel

Tipo: Curso Data: às segundas, terças, quintas e sextas-feiras de março Horários: 10h às 12h e 15h às 17h Vagas: Cinco pessoas por turno
Local do curso: Instituto Bourbon (Rua Miguel Calmon, 19, Comércio)
Parceiro: Instituto Bourbon

• Tema: Telemarketing

Tipo: Curso Data: todas as quartas-feiras de março Horários: 10h às 12h e 15h às 17h
Vagas: Cinco pessoas por turno
Local do curso: Instituto Bourbon (Rua Miguel Calmon, 19, Comércio)
Parceiro: Instituto Bourbon

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A partir desta sexta-feira (08), quem for ao Parque da Cidade encontrará o parquinho infantil interditado temporariamente. Isso por conta das obras de reforma, ampliação e instalação de brinquedos novos e mais modernos no local, que é um dos mais frequentados do equipamento.  

O prazo para reabertura do parquinho está previsto para ainda este mês, durante as comemorações do aniversário de Salvador. A reforma será realizada pelas secretarias municipais de Manutenção (Seman) e de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis).

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A partir desta segunda-feira (11), a Transalvador vai visitar as portas de algumas escolas em Salvador com grande fluxo de veículos para conscientizar pais de alunos e motoristas de transporte escolar sobre a importância de obedecer às normas de trânsito. É a Operação Volta às Aulas, uma ação realizada pela equipe de Educação para o Trânsito do órgão, com o objetivo de orientar os condutores sobre boas práticas ao volante e reduzir os impactos causados no tráfego, especialmente em regiões próximas a instituições de ensino. 

Durante a ação, serão distribuídos panfletos e cartilhas com conteúdo educativo, contendo informações sobre a importância do uso de cinto de segurança para o condutor e os passageiros, e a forma adequada de transporte dos pequenos, por exemplo. “Os pais precisam estar atentos para o uso das cadeirinhas, que devem ser escolhidas de acordo com o peso e a idade da criança”, afirmou Mirian Bastos, gerente de Educação para o Trânsito. 

Os condutores também serão orientados a não parar em qualquer lugar, em fila dupla, esperar a sua vez para embarcar ou desembarcar os estudantes, além de não demorar para pegar ou deixar as crianças. “Nosso principal objetivo é sensibilizar pais e motoristas de transporte escolar para que desenvolvam um comportamento de respeito à legislação e gentileza no trânsito, principalmente nas áreas consideradas polos geradores de tráfego”, contou Bastos. 

A ação vai acontecer de segunda (11) a sexta-feira (15), das 11h30 às 13h30, quando serão visitadas cinco escolas de grande fluxo de veículos em Salvador. Segue abaixo a programação completa da Operação Volta às Aulas: 

11/03 – Vitória Régia (Cabula)

12/03 – Salesiano Dom Bosco (São Marcos)

13/03 – Marista (Patamares)

14/03 – Antônio Vieira (Garcia)

15/03 – Gênesis (Stella Maris)

 

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...