Geral

0
0
0
s2sdefault

Consolidada no calendário de eventos da capital, a Caminhada do Samba reunirá baianos e turistas neste domingo (2) com festa e muita música no entorno da Praça Dois de Julho (Campo Grande). O evento tem apoio da Prefeitura, através da Empresa Salvador Turismo (Saltur), e é organizado pela União das Entidades de Samba da Bahia (Unesamba).

Para que o público possa se divertir com conforto e tranquilidade, a Prefeitura montou um esquema especial de serviços. Confira a seguir a atividades das secretarias e órgãos geridos pelo município.

Fiscalização – A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) vai empregar um total de 37 fiscais, sendo 20 no Centro e 17 no Rio Vermelho, das 8h às 22h, para orientar e ordenar os comerciantes informais na festa.

Combate à poluição sonora – Três agentes de fiscalização que trabalham no combate à poluição sonora irão monitorar a Caminhada do Samba, tanto no Centro quanto no Rio Vermelho, verificando a emissão sonora de trios e carros com som. Uma equipe estará de plantão no atendimento de denúncias recebidas pelo Fala Salvador (156).

Saúde – A Secretaria de Saúde (SMS) estará em alerta para atender qualquer demanda emergencial que ocorra durante a festa através do Samu 192. Outra opção é acessar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vale dos Barris.

Prevenção e segurança – A Guarda Civil Municipal (GCM) atuará no evento com um efetivo de 40 agentes que estrarão distribuídos em três atividades: no apoio as equipes da Transalvador nas barreiras de trânsito que foram organizadas; no patrulhamento preventivo de prevenção a violência no Largo do Campo Grande e entorno; e no reforço a preservação de patrimônio público no Elevador Lacerda.

Trânsito – A partir das 22h de amanhã (1º), será proibida a circulação e estacionamento de veículos, exceto trios elétricos, no Largo do Campo Grande na via que margeia a Praça Dois de Julho e na faixa da esquerda, no trecho defronte ao Teatro Castro Alves (TCA). Também estará suspenso temporariamente o estacionamento de veículos nas vias Rua Forte de São Pedro e Avenida Sete de Setembro (Mercês, Rosário, Piedade, São Pedro e São Bento). A proibição segue na Praça Castro Alves, Rua Carlos Gomes, Rua Senador Costa Pinto, e no Passeio Público. As vias voltam a ser utilizadas normalmente a partir das 21h do dia 2.

Serão montadas barreiras fixas montadas pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) na travessa Jonatas Aboti, Rua Clovis Spínola, Praça da Piedade, Avenida Joana Angélica, Rua do Paraíso, Largo de São Bento, Rua Pinto Martins, Ladeira da Montanha e Rua do Sodré, Rua Santa Thereza, entrada do Dois de Julho, Rua da Faísca, Rua Pedro Autran, Rua Horácio César e Largo dos Aflitos. Nestes trechos a interdição será da 0h de sábado (1º) até as 22h de domingo (2).

Serão postas também barreiras móveis das 12h às 22h do dia 2 nas vias João das Botas, Leovigildo Filgueiras, Comendador José Alves Ferreira, Banco dos Ingleses, Gamboa de Cima, Rua Direita da Piedade, Politeama de Baixo, Ladeiras do Gabriel e dos Aflitos, Ladeira da Montanha e da Praça, Praça Castro Alves, Rua Chile, Rua do Tesouro e Rua Padre Domingos de Brito.

Os veículos que trafegam na Ladeira da Montanha terão como opção de tráfego a Avenida Lafayette Coutinho e Rua dos Ingleses e Largo do Campo Grande. Moradores terão acesso livre para as vias interditadas mediante comprovação de endereço através do documento veicular ou contas de água, energia, por exemplo.

Limpeza – Profissionais da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) darão início a operação de limpeza das vias públicas impactadas pela caminhada às 20h do domingo, com atuação no Largo do Campo Grande, Avenida Sete de Setembro (do Campo Grande à Praça Castro Alves), Rua Forte de São Pedro, Praça Castro Alves e Rua Carlos Gomes e transversais.

Pouco mais de 120 agentes de limpeza estarão atuando na área com o apoio de mais de 149 equipamentos, a exemplo de compactadores e caminhões-pipa. Em todo o percurso serão disponibilizados mais de 136 sanitários químicos em pontos estratégicos da festa como na Rua da Faísca (próximo ao Procon-BA), Praça Castro Alves e Largo da Piedade (em frente à Escola de Economia).

Transporte – Para suprir a necessidade dos usuários de transporte público durante a Caminha do Samba, realizada no Campo Grande, a Secretaria de Mobilidade (Semob) disponibilizará 15 veículos extras da frota reguladora, que estarão disponíveis nas estações da Lapa e Acesso Norte entre 18h de domingo (2) até 1h30 da segunda-feira (3). Além disso, a Semob vai reforçar a frota de 22 linhas de ônibus que atendem ao Centro, entre 11h e 0h. Esses veículos terão o itinerário modificado de acordo com as alterações de trânsito citadas anteriormente.

Ainda com o intuito de reforçar o atendimento no Centro, devido à Caminhada do Samba, as linhas do Sistema de Transporte Especial Complementar (Stec) que têm como destino final a Baixa do Fiscal deverão prolongar o atendimento até o Elevador Lacerda conforme roteiro: Avenida Afrânio Peixoto, Baixa do Fiscal, Calçada, São Joaquim, Avenida Engenheiro Oscar Pontes, Avenida da França, retorno em frente à Igreja Nossa Senhora da Conceição da Praia, Rua da Bélgica, Rua Miguel Calmon, Avenida Jequitaia, Água de Meninos, Rua Fernandes Vieira, Rua Luiz Maria, Avenida Afrânio Peixoto e a partir daí o itinerário segue normal.

Linhas que serão reforçadas:

1526 Vista Alegre - Lapa

1533 Fazenda Coutos – Lapa

1602 Alto da Coutos – Lapa

1606 Paripe – Baixa dos Sapateiros

0208 Massaranduba – Lapa

1627 Alto de Santa Terezinha – Lapa

1628 Rio Sena – Lapa

1511 Conjunto Pirajá I – Engenho Velho da Federação

0914 Vale dos Rios / Stiep R3

0708 Nordeste – Lapa

0715 Santa Cruz – Lapa

0915 Vale dos Rios / Stiep R4

0924 Conjunto Guilherme Marback – Acesso Norte

1003 Aeroporto – Lapa

1018 Alto do Coqueirinho – Campo Grande

1034 Parque São Cristóvão – Barroquinha

0932 Rio das Pedras – Campo Grande R2

1051 Estação Mussurunga – Barra 1

0803 Pituba – Campo Grande R1

1133 Terminal Aceso Norte – Pernambués

1327 Estação Pirajá – Baixa dos Sapateiros

1340 Estação Pirajá – Barra 1

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O funcionamento e a estrutura da Nova Estação da Lapa foram apresentados nesta sexta-feira (30) a gestores do setor de mobilidade de países latino-americanos. Os profissionais participaram, desde a quarta-feira (28), da 16ª Assembleia UITP América Latina, promovida pela União Internacional de Transporte Público (UITP).

O evento teve entre os palestrantes o titular da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), Fábio Mota, que ressaltou a exitosa concessão do equipamento por 35 anos, gerando uma economia de R$ 120 milhões aos cofres da Prefeitura, referentes à manutenção, segurança e ordenamento do espaço. Além disso, no fim do contrato, o poder público terá a opção de reaver o equipamento com todas as melhorias realizadas, incluindo o novo shopping – em construção -, ou renovar a parceria.

"Estamos apresentando a Estação da Lapa e seu inédito modelo de sucesso para representantes de 18 países latinoamericanos. É um exemplo do trabalho realizado pela Prefeitura, que reconstruiu sem custos um equipamento deste porte, oferecendo um serviço de qualidade que chama a atenção do mundo. Para nós é um motivo de orgulho apresentar esta Nova Lapa, uma estação que deixou de ser um problema em outras gestões e se tornou um sucesso e algo completamente funcional, devido ao trabalho executado. É um exemplo para outros países que agora vem aqui aprender e copiar o modelo para reproduzir em outras grandes cidades", destacou Mota.

Modelo – Os representantes da UITP conheceram a integração física e tarifária da capital baiana, envolvendo ônibus e metrô, bem como foram apresentados às tecnologias sustentáveis dos sistemas. Na Lapa, eles puderam conferir os elementos de acessibilidade, a conexão das linhas de ônibus com o metrô e os banheiros climatizados.

A representante da UIT no Brasil, Eleonora Pazos, destacou que a Nova Lapa é um exemplo para a América Latina. “Primeiro, pelo modelo de negócio que foi estabelecido para a estrutura. Também pela recuperação urbana que se deu aqui, através de uma parceria público-privada, um tipo de mecanismo que deve ser cada vez mais explorado pois traz enormes benefícios à cidade. Além disso, há a dinâmica econômica e de mobilidade, promovendo o surgimento de novos atores que impactam diretamente na economia, enriquecendo a infraestrutura, beneficiando o surgimento de novas estruturas integradoras e tornando Salvador um exemplo para o Brasil e para toda a América Latina, em especial pelo eficiente sistema de integração", detalhou.

Debates – Realizado até esta sexta (30), o encontro reuniu participantes de países como Argentina, Bélgica, Chile, Espanha e México. O objetivo foi discutir os principais desafios e oportunidades para o transporte público em grandes cidades, promovendo situações que possibilitem aos participantes realizar uma análise abrangente dos problemas de transporte atuais das cidades; refletir sobre as diferentes abordagens de políticas do transporte apontadas no congresso; e identificar propostas concretas de forma a antecipar resultados e viabilidades.

Durante o evento foram discutidas alternativas de transporte, integração e questões ligadas à operação entre sistemas, compartilhando alternativas. Além disso, foram discutidas dificuldades comuns nos diversos países latinoamericanos, em busca de soluções conjuntas para esses entraves.

"A grande preocupação do poder público é tornar o transporte mais agradável para a população, tornando o sistema mais atrativo à medida que mudanças ocorrem na sociedade e nas questões socioambientais. A cada dia os usuários se tornam mais exigentes e participativos por meio das novas ferramentas tecnológicas, cobrando sempre maior comprometimento na oferta dos serviços. Por outro lado, cabe ao poder público proporcionar um serviço ainda mais eficiente, oferecendo modernização e dinâmica para atender a essa expectativa", completou o secretário.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O credenciamento para explorar atividade de mototáxi em Salvador prossegue até o próximo dia 18. De acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), responsável pela convocação, 470 condutores foram acionados por meio de publicação no Diário Oficial do Município (DOM). O atendimento presencial é realizado na Coordenadoria de Táxis e Transportes Especiais (Cotae), no Vale dos Barris, de segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30.

O procedimento teve início em 12 de novembro. Os condutores selecionados devem comparecer à Cotae munidos com a documentação exigida no edital. Dentre as exigências previstas para transportar passageiros está o porte da Carteira Nacional de Habilitação, na categoria A, emitida há dois anos, no mínimo. A motocicleta (de até 250 cilindradas) deve ter, no máximo, cinco anos de uso, estar em nome do mototaxista e ser de cor amarela.

Quesitos relacionados à segurança também estão previstos no decreto. Para exercer a atividade, é preciso ter antena corta-pipa, barra protetora de pernas, velocímetro, parabarro, alças protetoras laterais e revestimento do cano da descarga. O motociclista também precisa possuir o curso de especialização sobre condução de passageiros em veículos motorizados de duas rodas.

Documentação – Ao comparecer para avaliação, é necessário estar munido de documentos como o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) em nome do interessado, apólice do seguro contra riscos para o condutor e passageiro em valor a partir de R$10 mil, Certidões Negativas Criminais expedidas pelas justiças Estadual e Federal. Durante a vistoria, estão sendo avaliadas as regras estabelecidas pelo Decreto Municipal 28.278, publicado em 22 de fevereiro de 2017. A Semob informa que 720 profissionais já estão regulamentados e com alvará ativo atuando na cidade.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Era só chover em Salvador que a cuidadora de crianças Ana Paula das Graças, 39 anos, ficava atenta para livrar os móveis de casa da água que escorria pela parede e pelo telhado. Hoje, com o sorriso no rosto, comemora o fato de a residência, situada na Roça da Sabina, na Barra, ter ganhado reboco, telhado, pintura e até nova instalação elétrica. Tudo isso gratuitamente através do programa Morar Melhor. Na manhã desta sexta-feira (30), o prefeito ACM Neto esteve na localidade para autorizar a reforma de 190 casas da região, acrescendo em 40 o número de unidades inicialmente previstas no projeto.

“Desde 2013, quando assumi o primeiro mandato, não tive dúvidas que a prioridade era destinar recursos às áreas mais pobres, aos programas sociais e para os mais precisam. Por isso, quatro, cinco vezes por semana estou nas ruas olhando de perto os problemas, conversando e ouvindo a vontade dos moradores de Salvador. Foi nesse exercício de ouvir que surgiu o Morar Melhor, um programa que a gente melhora a vida das pessoas sem que elas sejam obrigadas a sair de onde moram”, disse o prefeito.

Durante assinatura da ordem de serviço, o prefeito aproveitou para anunciar outras novidades à comunidade. A região será contemplada com o Casa Legal, programa de regularização habitacional, e com uma academia de ginástica. Estiveram presentes também na cerimônia o secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Almir Melo, vereadores, gestores, lideranças comunitárias e a prefeita-mirim Fabiana Pina.

A Roça da Sabina é a 22ª localidade beneficiada pelo Morar Melhor esse ano. Desenvolvido por meio da Seinfra, o programa já passou pelos bairros de Alto de Coutos, Castelo Branco, Ribeira (Mangueira), Sete de Abril, Boa Vista de São Caetano, Cosme de Farias, Fazenda Coutos III, Arenoso, Itinga, Daniel Lisboa, Rio Sena, Fazenda Grande do Retiro, Cajazeiras VI, Paripe, Pero Vaz, Caixa D’Água, Engenho Velho de Brotas, Engenho Velho da Federação e Brotas (Pirangi).

Desde o início da ação, em 2015, cerca de 21.354 casas foram reformadas em mais de 80 localidades. A meta é promover as melhorias em 40 mil moradias até 2020.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A fim de estreitar relacionamento com a população, a Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz) já passa a ter um call center ativo para informar aos contribuintes sobre a situação fiscal junto ao município. Com o contato feito diretamente pelo órgão, o principal objetivo do serviço é deixar os cidadãos informados sobre tributos ou taxas (IPTU, TRSD, ISS, TFF) com parcelas vencidas.

Além disso, o serviço esclarece dúvidas para que o contribuinte possa regularizar eventuais débitos, por meio de pagamento de boletos ou realização de parcelamentos. A medida também pretende evitar o rompimento de acordos já firmados e perdas de benefícios, cobrança de juros e multas e, em instâncias mais graves, execuções fiscais.

Segundo o secretário da Sefaz, Paulo Souto, a principal motivação para criação de um call center ativo foi a quantidade de contribuintes que perderam os benefícios negociados em programas de Parcelamentos Incentivados (PPIs) e tiveram as dívidas recompostas com multas e juros originais, por não saberem que estavam com parcelas em aberto. “Além disso, em cumprimento às obrigações legais, a Fazenda tem intensificado os meios de cobrança, inclusive as judiciais e pretende, por meio desse canal, orientar os contribuintes para que eles não sejam pegos de surpresa quando já não há mais o que fazer administrativamente”, garante.

A Sefaz manterá todos os demais canais de relacionamento com a população, como o site da secretaria, o Fala Salvador (pelo telefone 156) e as redes sociais. Os contribuintes também podem ter atendimento presencial na sede do órgão, na Rua das Vassouras, 1, Centro, postos dos SACs e sedes das Prefeituras-Bairros. Em quaisquer das situações, seja através do call center ativo ou demais canais de atendimento, a Sefaz não solicita aos cidadãos dados financeiros como senhas de conta bancária ou cartão de crédito, nem exigência de pagamento direto por qualquer serviço.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura e a Decolar, maior agência de viagens online do Brasil e América Latina, fecharam parceria, nesta sexta-feira (30), para atrair 3 mil novos turistas a Salvador, que chegarão em 18 voos fretados, dois por semana, no início de 2019. O acordo foi assinado pelo prefeito ACM Neto e pelo diretor-geral da empresa, Alexandre Moshe, na presença de representantes do trade turístico, em solenidade realizada no Palácio Tomé de Souza, na Praça Municipal. O trecho selecionado foi Buenos Aires - Salvador, que estará disponível durante as nove primeiras semanas de 2019, com saídas às terças e sextas-feiras.

“Essa é uma parceria importantíssima para Salvador. Essa parceria vai garantir 3 mil novos turistas em janeiro, fevereiro e março, todos eles provenientes da Argentina, que é um polo emissor de relevância para nossa cidade. Nossa ideia é que essa parceria possa se estender para outros destinos. Tudo isso se soma a um esforço enorme que a Prefeitura vem fazendo para fortalecer a cadeia do turismo, que posiciona Salvador na vanguarda dos destinos brasileiros mais procurados”, afirmou o prefeito.

Entre as medidas que reforçaram o segmento, conforme pontuou o prefeito, estão a requalificação da Orla da cidade, com dois novos trechos a serem entregues até o fim do ano – na Pituba e Rio Vermelho/Ondina –; o Salvador 360, maior programa de desenvolvimento econômico da cidade, que já começa a mudar o perfil do Centro Histórico; a organização de um calendário de eventos da cidade, que antes contava apenas com o Carnaval e agora dispõe de atrações festivas e esportivas durante todo o ano; entre outras iniciativas. O maior salto, no entanto, começa a ser dado agora, com as obras para construção do Centro de Convenções de Salvador, na Orla da Boca do Rio.

Turismo em crescimento – Na Decolar, levando em consideração apenas os viajantes de Brasil e Argentina, até outubro de 2018, a agência de viagens online já havia levado mais de 227 mil passageiros à capital baiana. De acordo com um estudo da Decolar, o destino Salvador tem crescido tanto em visitação como em interesse. Se comparado o número de viagens feitas a Salvador por parte de turistas vindo de Buenos Aires, o crescimento dos três primeiros meses de 2018 foi de 27% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Para o mesmo período de 2019, a expectativa é que o turismo de Salvador ganhe ainda mais destaque. Compreendendo que o planejamento de viagem da maioria dos viajantes internacionais se inicia com alguns meses de antecedência, apenas em outubro de 2018, as buscas pelo destino Salvador cresceram 70% se comparado com o mesmo mês do ano anterior. Os charters da Decolar têm como objetivo principal incentivar o destino Salvador por parte dos viajantes que vêm de Buenos Aires. Os 18 voos já possuem ótimas taxas de ocupação, sendo que os da primeira semana já estão praticamente lotados.

“A Decolar é reconhecida como a principal agência de turismo online da América Latina e do Brasil, e estamos agregando novos serviços ao nosso portfólio. Queremos cada vez mais dar uma experiência completa de viagem ao nosso cliente. Poder trabalhar junto com a Prefeitura para promover o destino Salvador não apenas para os brasileiros, mas também para turistas de outros países, é um grande marco para a Decolar. Nesse pontapé, são 18 voos fretados e já começamos a trabalhar na divulgação desse produto. As primeiras saídas no começo de janeiro já têm volume de vendas bastante expressivo, e estamos muito animados com essa parceria”, afirmou o diretor da Decolar, Alexandre Moshe.

Para o titular da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), Claudio Tinoco, esta parceria é reflexo, também, do interesse dos argentinos pelo destino Salvador. Isso porque há um crescimento do mercado argentino devido ao Road Show Salvador, iniciativa realizada em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (ABIH-BA), que promoveu a capital baiana como destino turístico e capacitou agentes de viagens e operadores de turismo para vender a cidade.

“Nossa equipe esteve na Argentina no mês de agosto e passou por Buenos Aires, Córdoba e Rosário. Fomos muito bem recebidos e os profissionais de turismo ficaram encantados com Salvador. A Decolar teve a sensibilidade de perceber esse interesse dos argentinos por nossa cidade e firmou esta parceria com a Prefeitura, que eu tenho certeza que será um sucesso”, avalia Tinoco.

A Decolar atua no Brasil desde 1999 e desde então já levou milhões de brasileiros a milhares de destinos ao redor do mundo. Oferecendo uma experiência digital moderna, seja por meio do site ou do aplicativo, e um catálogo de produtos completo, que inclui desde pacotes a itens como passagens, hospedagens, ingressos, passeios, entre outros, a agência de viagens online tem como um de seus objetivos facilitar o turismo no país por meio de diversidade de opções, personalização e acessibilidade.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Além disso, amplo diagnóstico sobre situação desses equipamentos está em andamento 

A Prefeitura dará início nos próximos dias à execução do trabalho de restauração de dois importantes equipamentos públicos: o viaduto Rômulo Almeida, no Centro, e a 3ª Ponte de Jaguaribe, localizada na altura do Sesc. As intervenções fazem parte do programa de manutenção de viadutos, pontes e túneis executado através da Superintendência de Obras Públicas (Sucop). Ambos os equipamentos terão obras iniciadas em cerca de 15 dias. 

Tanto na restauração da 3ª Ponte quanto no viaduto Rômulo Almeida serão efetuados serviços para recompor as características técnicas inicias com foco na recuperação das ferragens e do concreto, elementos fundamentais nas estruturas. As obras na ponte devem durar cerca de seis meses. No viaduto, a estimativa da Sucop é de 90 dias. O investimento será de R$1,6 milhão e de R$ 400 mil, respectivamente. 

Próximas intervenções - Além destes equipamentos, há um pacote composto por 40 pontes, viadutos ou túneis que também passarão por intervenções em breve a partir de um diagnóstico que está sendo feita por uma empresa contratada pela Sucop, analisando as necessidades e prioridades em cada um dos locais.  

De acordo com o superintendente da Sucop, Orlando Castro, o processo de diagnóstico da situação desses equipamentos ocorre em etapas e de forma gradativa. Primeiro está sendo efetuado um cadastro com as informações técnicas de cada local. Depois, é realizada a identificação das intervenções necessários, caso haja necessidade. Após estas etapas, são apresentadas as soluções indicadas em cada caso para que as obras sejam licitadas e, por fim, executadas.

“O mais importante para a Sucop é possuir esse diagnóstico, que é o que vai nortear nossas atividades. Isso é o ponto-chave do trabalho, e é disso que precisamos: estar sempre monitorando e fazendo as medições para o equipamento ter uma vida útil grande”, pontuou o Orlando Castro.  

À medida que os relatórios ficarem prontos, a Sucop dará andamento às outras etapas do processo (publicação de edital, licitação e ordem de serviço) para que as obras possam ser iniciadas com brevidade. Alguns dos equipamentos que serão restaurados são os viadutos das Pitangueiras (Brotas), Baixinha de Santo Antônio (Baixinha de Santo Antônio), São Raimundo (Barris), Arco do Aquidabã (Aquidabã), dos Motoristas (Largo do Tanque) e Gabriela (Canela).  

Rotina – Vale frisar que a Prefeitura executa, através de equipes técnicas da Secretaria de Manutenção (Seman), Defesa Civil e Sucop, um trabalho permanente e ininterrupto de monitoramento dos equipamentos na cidade para efetuar manutenção preventiva, evitando problemas ocasionados pelo desgaste natural dos materiais ou ação humana.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Em tempos de forte crise econômica e escassez de vagas no mercado de trabalho no Brasil, o empreendedorismo vem sendo considerado uma das principais estratégias para fomentar a geração de emprego e renda e essa cultura vem crescendo, principalmente entre os mais jovens. Em Salvador, uma das principais estratégias para fomentar o setor é o programa Salvador 360, lançado pela Prefeitura há dois anos, e que foi abordado pelo prefeito ACM Neto durante abertura oficial do 24º Congresso Nacional de Jovens Empreendedores do Brasil (Conaje), ocorrido na noite desta quinta-feira (29), no Gran Hotel Stella Maris. 

Em discurso, o prefeito salientou que, para os empreendedores de Salvador, três eixos do programa são destaque. São eles o Salvador Simplifica (desburocratização de serviços), o Cidade Inteligente (com a criação do Hub Salvador), e o Inclusão Econômica (incentivo aos micro e pequenos empreendedores formais ou não). 

“Com o programa Salvador 360, estruturamos diversas iniciativas para fomentar a economia e o jovem deve estar diretamente atrelado a isso. A gente tem que entender que fomentar o empreendedorismo, estimular a qualificação profissional e que cada um possa usar sua habilidade e capacidade de trabalho para vencer na vida é decisivo. E, claro, o programa também está focado na questão da tecnologia, considerando o mundo moderno que se apresenta e estimulando para que a nossa produção seja exportada para o mundo inteiro”, completou ACM Neto. 

O gestor lembrou ainda que o país está há quatro anos mergulhado em uma das mais severas crises que atingem diversas esferas, a exemplo da economia e da área social. No entanto, os jovens deram um exemplo ao não perderem a esperança ou cruzarem os braços para a situação. “A presença de vocês aqui para debaterem projetos para o futuro é muito importante. Que todos possam protagonizar a construção de um presente e um futuro diferentes para o Brasil. Quanto maior a interlocução entre os cidadãos e o poder público, melhores são as práticas e políticas em prol da sociedade.” 

Congresso – Com apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Cidade Sustentável e Inovação (Secis) e Empresa Salvador Turismo (Saltur), além da participação do Parque Social, o 24º Congresso é realizado pela segunda vez na capital baiana e traz na programação diversas palestras, paineis de debate e oficinas com profissionais de destaque no cenário brasileiro. O tema deste ano, “Empreendedores do Agora: Propósito, Gestão e Performance”, tem como intuito debater questões sobre como garantir uma gestão adequada para atingir os resultados esperados, assim como que tipo de empreendedor o indivíduo precisa ser para conduzir a sua equipe para a performance. 

O 24º Congresso Nacional de Jovens Empreendedores é uma idealização da Confederação Nacional de Jovens Empresários (Conaje) e realização da Associação dos Jovens Empreendedores da Bahia (AJE Bahia). Também estiveram presentes no evento o presidente do Conaje, Guilherme Pereira Gonçalves; o presidente da AJE Bahia, Patrick Piton; o gerente regional do Sebrae Bahia, Rogério Teixeira; e o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti-BA), Rodrigo Hita, dentre outras autoridades.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A urbanização da comunidade Guerreira Zeferina, desenvolvida pela Prefeitura, no Subúrbio de Salvador, será apresentada pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) no Intercâmbio de Redes sobre Informalidade Urbana e Cidade Resiliente, que acontece de 2 a 5 de dezembro, em Adis Abeba, capital da Etiópia. O evento é uma iniciativa da rede 100 Cidades Resilientes (100RC), projeto criado pela Fundação Rockefeller, na qual Salvador foi inserida desde 2016.

“A Guerreira Zeferina é um case muito bem-sucedido para o tema Informalidade Urbana e Cidade Resiliente porque demonstra como o ambiente transforma as pessoas, ampliando as perspectivas de vidas. É um projeto que está além da questão da moradia e abrange o conceito de cidadania e inclusão social. Acredito que essa iniciativa da nossa cidade será muito bem recepciona pelas outras cidades que integram a 100RC. Por outro lado, essa é a oportunidade de discutir e conhecer ações sobre informalidade urbana que estão sendo desenvolvidas em outras cidades do mundo”, comenta Tânia Scofield, presidente da FMLF, que embarca nesta sexta-feira (30) para Adis Abeba.

Criado pela Fundação Rockefeller em 2013, a rede 100 Cidades Resilientes (100RC), tem como objetivo colaborar para que as cidades sejam mais preparadas para enfrentar os desafios socioeconômicos e de infraestrutura, colaborando para que desenvolvam um planejamento sustentável. Ao criar uma rede de cidades praticantes de resiliência, a proposta é que estas se ajudem mutuamente, aprendendo umas com as outras a superar crises. A incorporação de Salvador como membro dessa rede de cidades é resultado de iniciativas próprias reconhecidas internacionalmente, e dão acesso a plataformas de troca de experiências.

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...