Geral

0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura de Salvador, através do programa Alimentação Consciente Brasil (ACB), está conduzindo treinamentos práticos para merendeiras que atuam na rede municipal de ensino. O programa visa aumentar a disponibilidade de alimentos de origem vegetal na cidade. Na sede do Subúrbio 360, merendeiras foram capacitadas em técnicas culinárias para preparar refeições à base de vegetais, e receberam orientações sobre nutrição e meio ambiente por especialistas.

As aulas começaram no dia 4 de abril e vão até esta quinta-feira (11), tanto no turno da manhã, das 8h às 12h, quanto no período da tarde, das 13h às 17h. Ao todo, foram organizadas 12 turmas para que 365 merendeiras possam participar dessas oportunidades de aprendizado.

Juliana Garcia, nutricionista do Programa de Alimentação Escolar (PNAE) de Salvador, explicou que o principal objetivo desse programa "não é transformar os alunos em vegetarianos, mas sim expor os impactos positivos para o meio ambiente que uma alimentação com maior quantidade de vegetais traz”, disse.

Realizaremos treinamentos práticos com receitas que serão incluídas no cardápio da alimentação escolar, visando capacitar o maior número possível de merendeiras. Parte delas já foi capacitada em 2022 e 2023, e isso representa uma continuidade dessas capacitações, visando capacitar todas as merendeiras que trabalham nas escolas da rede", completou Juliana Garcia.

A nutricionista Thaís Carvalho, do Alimentação Consciente Brasil, complementou dizendo que o programa existe há mais de cinco anos e estabelece parcerias com diversos municípios e suas prefeituras. "Muitas doenças estão ligadas aos nossos hábitos alimentares, e ao incluirmos mais vegetais na dieta, conseguimos reduzir e até prevenir essas doenças”, disse.

“Por meio das parcerias com as prefeituras, conseguimos levar essa abordagem alimentar para as escolas, que são espaços fundamentais para trabalharmos esse tipo de alimentação, especialmente considerando que as crianças estão em fase de formação", acrescentou Thaís.

A merendeira Urânia Conceição Batista, que participou da aula realizada nesta quinta, expressou sua gratidão pela oportunidade. "Para mim, é uma novidade, nunca participei de algo assim, então achei muito importante. Estou aprendendo muito como merendeira e espero aprender ainda mais aqui. Na escola em que trabalho, em Campinas de Pirajá, as crianças têm gostado muito das propostas, tanto as menores quanto as maiores", contou.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O furto de cabos elétricos destinados à iluminação pública provocou em Salvador um prejuízo de mais de R$ 2 milhões em 2023. O gasto extra para a reposição de materiais de manutenção da rede poderia ser utilizado para a ampliação de outras ações municipais ligadas ao setor. Daria, por exemplo, para instalar 1.750 novos pontos de luz pela cidade ou para modernizar 25 campos de futebol e quadras por meio do projeto “Clareou, é Gol”.

Além de custos que poderiam ser evitados, essa prática de vandalismo tem trazido transtorno para a segurança e a mobilidade da população. “O maior prejuízo, sem dúvida, é para o cidadão, que deixa de utilizar áreas públicas de lazer e esportes por estar sem iluminação. Os atos criminosos muitas vezes deixam cabos expostos que geram riscos de choque elétrico. Os buracos e valas também podem gerar acidentes. Enfim, são inúmeros os transtornos que prejudicam o erário público e, sobretudo, a vida das pessoas”, afirma ngelo Magalhães, diretor de Serviços de Iluminação Pública (Dsip).

Apenas no primeiro trimestre de 2024, 165 ocorrências de furtos de cabos já foram contabilizadas pelo órgão, totalizando um prejuízo de R$ 325 mil. Em todo o ano passado, houve 1.248 registros, quase 30% a mais que em 2022, quando foram somados 965 casos.

Entre os locais com maior incidência de vandalismo estão as principais bases de tráfego da cidade, como as avenidas ACM, Paralela, Vasco da Gama, Suburbana, Octávio Mangabeira, Bonocô e Rua Lucaia.

Nem a Avenida Centenário, onde a Prefeitura entregou em novembro passado uma série de melhorias urbanísticas, escapou dos criminosos. De lá para cá, 12 ocorrências de furto e vandalismo foram computadas, sendo que R$ 50 mil foram destinados para reparar os danos causados.

Prevenção - A Dsip tem investido em estudos e projetos capazes de promover maior nível de segurança para o parque luminoso da cidade. Uma das medidas é a instalação do cabeamento de forma aérea, dificultando o acesso aos cabos e reduzindo o risco de choque elétrico, assim como execução de obras para eletrodutos mais profundos e envelopados com concreto.

Em passarelas, outros equipamentos alvos dos criminosos, os eletrodutos são de aço galvanizados e soldados na estrutura metálica. Ainda nesses locais, são instaladas grades de proteção para as luminárias.

De acordo com o artigo 163 do Código Penal, cometer vandalismo é crime (destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia), com pena de detenção de um a seis meses, ou multa. O cidadão que flagrar ações do tipo pode entrar em contato com os principais canais da Prefeitura, como a plataforma Fala Salvador, acessada por aplicativo instalado em smartphones, portal na internet (www.falasalvador.ba.gov.br) e telefone 156. A polícia também pode ser acionada pelo 190.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Nesta quarta-feira (10), o projeto Novo Mané Dendê recebeu a visita de membros da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), órgão vinculado ao Governo Federal. O objetivo do encontro foi conhecer a gestão do projeto e suas ações nas áreas de saneamento, urbanização, meio ambiente e habitação.

No primeiro momento, os representantes compareceram à Unidade Gestora do Projeto (UGP), localizada na Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra) no bairro do Comércio, para uma apresentação geral do Novo Mané Dendê e em seguida fizeram um tour pelas áreas de intervenções do projeto, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. De perto, eles puderam conferir as obras de macro e de microdrenagem, novas vias, o projeto de recuperação e valorização das nascentes e as novas habitações, como os sobrados no bairro de Ilha Amarela e os edifícios em fase de construção nos bairros do Alto da Terezinha e de Itacaranha.

Alexandre Anderáons, superintendente adjunto de regulação e saneamento básico ANA, ficou impressionado com a mudança de vida da região. "O Novo Mané Dendê é um exemplo de integração dos componentes de saneamento, que incluem a água, o esgoto, a drenagem urbana e os resíduos sólidos. O que estamos vendo aqui hoje é exemplo que pode ser replicado para todo o Brasil.”, destacou.

As intervenções do Novo Mané Dendê beneficiam diretamente 10 mil habitantes e outros 35 mil de forma indireta nos bairros de Alto da Terezinha, Itacaranha, Plataforma, Rio Sena e Ilha Amarela. O objetivo principal do projeto é contribuir para a melhoria do bem-estar econômico e da qualidade de vida da população que reside próximo à Bacia do Rio Mané Dendê, nas esferas econômica, social, ambiental e de saúde.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra (Simm) oferece 102 vagas de emprego em Salvador para esta quinta-feira (11). Os candidatos deverão acessar o site www.salvadordigital.salvador.ba.gov.br para agendar o atendimento, a partir das 17h30.

Em caso de deficiência visual, os candidatos devem entrar em contato pelo número (71) 3202-2005 para fazer o agendamento. O atendimento está sendo realizado de forma híbrida, ou seja, de forma presencial e remota, via WhatsApp – a escolha é no momento do agendamento.

No caso das vagas que exigem experiência, o tempo de serviço deve ser comprovado em carteira de trabalho.

VAGAS:

Operador de caixa

Requisitos: Ensino médio completo, três meses de experiência, ter conhecimento em informática.

Salário: a combinar + benefícios

Vagas: 10

Repositor de mercadorias

Requisitos: Ensino médio completo, três meses de experiência, ter conhecimento em informática.

Salário: a combinar + benefícios

Vagas: 10

Assistente de vendas (vaga para Jovem Aprendiz)

Requisitos: Ensino médio completo, sem experiência, requisitos imprescindíveis: ter conhecimento pacote office, disponibilidade para trabalhar à tarde e conforme a Lei do Aprendizado, faixa etária 19 a 21 anos.

Salário: Bolsa a combinar + benefícios

Vagas: 2

Copeiro dietista

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência.

Salário: a combinar + benefícios

Vagas: 1

Vendedor interno

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, ter informática intermediária.

Salário: R$1.500,00 + benefícios

Vagas: 2

Carpinteiro

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência.

Salário: R$2.327,68 + benefícios

Vagas: 8

Vendedor interno (vaga de estágio)

Requisitos: Ensino médio incompleto (estar cursando 1º ao 3º ano à noite), sem experiência, ter habilidade com vendas

Salário: Bolsa a combinar + benefícios

Vagas: 1

Analista de Marketing (vaga de Jovem Aprendiz)

Requisitos: Ensino superior incompleto em Publicidade e Propaganda ou Marketing (estar cursando a partir do 1º semestre à noite), sem experiência, requisitos imprescindíveis: ter conhecimento pacote office, habilidade com redes e mídias sociais e conforme a Lei do Aprendizado, faixa etária 18 a 23 anos

Bolsa: a combinar + benefícios

Vagas: 1

Instalador de película em veículos

Requisitos: Ensino fundamental completo, seis meses de experiência.

Salário: a combinar + benefícios

Vagas: 2

Pedreiro

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência.

Salário: a combinar + benefícios

Vagas: 5

Operador de betoneira

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência.

Salário: a combinar + benefícios

Vagas: 5

Ajudante de obras

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência.

Salário: a combinar + benefícios

Vagas: 15

Ajudante de carga e descarga

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, vaga zoneada para moradores da região da Suburbana.

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 3

Fiscal de prevenção e perdas

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência.

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 3

Agente de crédito

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, imprescindível ter atuado com crédito consignado.

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 2

Gerente de posto de gasolina

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, imprescindível ter atuado no ramo e ter disponibilidade de horário.

Salário: R$2.727,29 + benefícios

Vagas: 1

Recepcionista de oficina

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, imprescindível CNH B.

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 1

Auxiliar de lavanderia

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, ter disponibilidade de horário.

Salário: R$1.412,00 + benefícios

Vagas: 1

Passador de roupas

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, ter disponibilidade de horário.

Salário: R$1.412,00 + benefícios

Vagas: 1

Auxiliar de limpeza pesada

Requisitos: Ensino fundamental completo, seis meses de experiência, vaga zoneada para moradores dos seguintes bairros: Mussurunga, Bairro da Paz, São Cristóvão, Jardim das Margaridas, Itapuã, Alto do Coqueirinho, Itinga e Vilas do Atlântico.

Salário: R$1.477,64 + benefícios

Vagas: 1

Negociador

Requisitos: Ensino superior completo em Administração ou Direito ou Contabilidade ou Economia, seis meses de experiência em vendas, requisitos imprescindíveis: ter experiência com vendas ou negociação, CNH B, carro próprio, conforme a Nova Lei Trabalhista a contratação será através MEI (Micro Empreendedor Individual)

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 10

Mecânico de máquinas pesadas

Requisitos: Ensino fundamental completo, seis meses de experiência, desejável CNH B.

Salário: R$2.500,00 + benefícios

Vagas: 1

Cozinheiro de restaurante (vaga exclusiva para o Programa Simm Mulher)

Requisitos: Ensino fundamental completo, seis meses de experiência.

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 1

Consultor de vendas

Requisitos: Ensino superior completo ou cursando qualquer área, seis meses de experiência, ter CNH B e veículo próprio boa dicção, desejável ter conhecimento em vendas de seguros, máquinas de agro ou construção.

Salário: R$2.000,00 + benefícios

Vagas: 1

Jornalista (estágio)

Requisitos: Ensino superior completo em Jornalismo, 6 meses de experiência, requisitos imprescindíveis: ter habilidade com redes sociais e conhecimento com aplicativo Canva.

Bolsa: A combinar + benefícios

Vagas: 1

Vendedor Interno (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

Requisitos: Ensino médio completo, sem experiência, imprescindível ter conhecimento pacote Office.

Salário: a combinar + benefícios

Vagas: 2

Auxiliar de limpeza pesada (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

Requisitos: Ensino médio completo, sem experiência, imprescindível ter conhecimento pacote office

Salário: a combinar + benefícios

Vagas: 2

Empacotador (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

Requisitos: Ensino médio completo, sem experiência

Salário: a combinar + benefícios

Vagas: 4

Auxiliar de limpeza (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

Requisitos: Ensino fundamental completo, seis meses de experiência, requisitos imprescindíveis: ter disponibilidade de horário e para trabalhar em Camaçari.

Salário: R$1.412,00 + benefícios

Vagas: 2

Recepcionista atendente (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

Requisitos: Ensino médio completo, três meses de experiência, imprescindível ter boa dicção e conhecimento em informática.

Salário: R$1.459,81 + benefícios

Vagas: 1

Auxiliar de biblioteca (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência.

Salário: R$1.412,00 + benefícios

Vagas: 1

Técnico de laboratório (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

Requisitos: Ensino médio completo, três meses de experiência.

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 1

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O espaço Co.liga, localizado no Subúrbio 360, em Coutos, oferece 47 tipos de cursos gratuitos com foco no desenvolvimento tecnológico da comunidade que reside no Subúrbio Ferroviário. Desde a inauguração, em 2021, a escola tecnológica já capacitou mais de 1 mil jovens soteropolitanos em Artes Visuais, Design, Multimídia, Música, Patrimônio Cultural, Tecnologia, Gastronomia e outros temas transversais que dialogam com segmentos da economia criativa. Atualmente, o Co.liga já possui mais de 2,6 mil soteropolitanos inscritos.

Atraída pelo curso de fotografia, Geovana Teixeira Viana, 19 anos, moradora de Vista Alegre, buscou a estrutura para dar início ao aprendizado no final do ano passado. A passagem pela escola tecnológica despertou na jovem o desejo pela vida acadêmica. Hoje, estudante de Direito e empreendedora, não perdeu o elo com o Subúrbio 360.

No turno oposto à faculdade, Geovana vende doces e salgados na frente da instituição. As noções de fotografia aprendidas durante o curso são aplicadas nas redes sociais, que ajudam na divulgação dos lanches que comercializa. “Aprendi a fazer fotos dos produtos para poder vender mais. No dia a dia, também gravo vídeos para colocar na rede social. Além disso, o curso passou dicas de como empreender”, explica a jovem.

Estudante de Biologia, Lavínia Santos Araújo, 21 anos, moradora de Vista Alegre, também integrou uma das turmas do Co.liga, em 2023, ano que concluía o Ensino Médio. A jovem afirma que os ensinamentos adquiridos durante o curso de Artes Visuais são aplicados até hoje no seu dia a dia. “Me ajudou muito a ingressar no mercado de trabalho. Sigo usando as coisas que aprendi no curso para divulgar de forma mais didática o conteúdo do meu trabalho atualmente, que tem foco no teatro e produção cultural”, frisa.

De acordo com a vice-diretora do Subúrbio 360, Cynthia Bittencourt, o Co.liga tem feito a diferença na vida de muitos jovens do Subúrbio. “Esse equipamento tem transformado a realidade desses jovens e adultos, através da profissionalização. Já temos muitos casos de jovens capacitados que foram inseridos no mercado de trabalho”, afirma. A gestora complementa que, para muitos, é a única oportunidade de ter a acesso à tecnologia e capacitação.

“Estamos numa comunidade periférica e sabemos que muitos jovens não têm recursos tecnológicos, nem dinheiro para investir em cursos. Aqui temos instrutores, estrutura física e uma gama de cursos que pode abrir portas para o mercado de trabalho e para formação em universidades”, pontua.

Parceria – A instalação do Co.liga em um equipamento municipal é fruto da parceria entre a Prefeitura de Salvador, através do Escritório de Governança Social Santa Dulce dos Pobres, com a Fundação Roberto Marinho (FRM) e a Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI). O equipamento conta com uma superestrutura tecnológica que promove inclusão social da juventude em situação de vulnerabilidade social. O público-alvo é formado por jovens entre 18 e 25 anos.

Para Fabiana Cecy Magalhães, do Laboratório de Educação da Gerência de Implementação Co.liga, o principal objetivo da parceria é oferecer formação e inclusão produtiva dos jovens na economia criativa. “É um espaço de fortalecimento de redes e tem o objetivo de conectar juventudes, profissionais e empresas”, explica.

Os cursos mais procurados são os de Mediação Cultural em Exposições: a Arte do Diálogo, Diga Lá, Fotografia! Conceitos da Linguagem Visual, e Produção de Festivais e Eventos Culturais. Na plataforma são oferecidos cursos gratuitos e on-line de curta duração, com carga horária de 5h.

Na ferramenta, o inscrito tem a oportunidade de ter emprego e renda, fazer sociedades e realizar a troca de oportunidades de trabalho. “É também um espaço de convivência e compartilhamento entre as juventudes e possibilita o desenvolvimento de novas habilidades e competências”, destaca Fabiana.

Inscrições – Para se inscrever em um dos cursos, o interessado pode acessar o link www.coliga.digital/. Outra forma de participar é comparecer ao Subúrbio 360, na Rua da Paz, s/n, Coutos, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 20h.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Taxistas, mototaxistas, autorizários do transporte escolar e de turismo que possuem documentação vencida, além de solicitações de transferência, terão seus prazos prorrogados. A medida ocorre em virtude da suspensão dos serviços da Coordenação de Táxis e Transportes Especiais da Semob (Cotae) e ficará em vigor até o retorno do funcionamento.

Os sistemas de cadastramento de dados e serviços da unidade foram afetados pelo deslizamento de um barranco no início da semana. A Prefeitura vem adotando medidas com o objetivo de restabelecer nos próximos dias os atendimentos na Cotae, que fica localizada no Vale dos Barris ao lado do prédio da Transalvador.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Durante o período de fortes chuvas em Salvador, o fluxo de atendimento no Fala Salvador 156 tem um aumento considerável. Assim, é importante lembrar que o cidadão possui outros meios de comunicação com a Ouvidoria Geral do Município (OGM) para solicitação de registros, obter informações, fazer elogios, reclamações ou sugestões.

Além do teleatendimento, o soteropolitano poderá realizar as solicitações de serviços da Prefeitura diretamente através do portal Salvador Digital (https://salvadordigital.salvador.ba.gov.br/), que centraliza todos os serviços municipais cadastrados na Carta de Serviços oferecidos pelos diversos órgãos e entidades municipais em um só lugar, já utilizando o login único, integrado à plataforma gov.br.

Na plataforma também é possível agendar o serviço desejado para ser atendido presencialmente em alguma sede da Prefeitura-Bairro (Barra/Pituba, Centro/Brotas, Cidade Baixa, Itapuã/Ipitanga. O serviço de agendamento para as Prefeituras-Bairros, consulta de protocolos e registro para a Ouvidoria, também podem ser feitos através do WhatsApp da Prefeitura no número (71) 98791-3420.

Existe também o chat disponível no Fala Salvador (www.falasalvador.ba.gov.br/portal/portal/). De fácil manuseio, o portal acelera a identificação de situações críticas e aumenta a transparência e eficiência dos serviços prestados.

Uma outra opção é o aplicativo Fala Salvador Cidadão, disponível para Android e iOS, após realização de cadastro. O dispositivo registra os principais serviços solicitados pelos cidadãos na cidade, dentre eles iluminação pública, poda de árvores, limpeza de bueiro, retirada de cadáveres de animais de grande porte da via pública, tapa-buraco e limpeza urbana.

Para o ouvidor-geral de Salvador, Jean Sacramento, o compromisso da gestão é com a facilidade e agilidade em receber as demandas da população. “Estamos sempre atentos à necessidade de aprimorar os canais de atendimento. A Ouvidoria tem o papel de promover o exercício da cidadania, recebendo, encaminhando e cobrando junto aos órgãos executores quanto à resposta das solicitações de serviços, reclamações ou denúncias sobre a prestação dos serviços públicos municipais”, explica.

Número de registros – De 1º de janeiro até 9 de abril, foram atendidas mais de 530 mil pessoas na junção de todos os canais de atendimento. Entre as principais solicitações estão a marcação de consultas, exames e dispensação de medicamentos, cadastro único, dispensa de medicamentos, agendamento para Prefeitura-Bairro, iluminação pública, cadastro escolar, fiscalização de poluição sonora, pesquisa de emprego (presencial) e Cartão SUS.

Reportagem: Iann Jeliel/Secom PMS

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Salvador já começa a receber os primeiros profissionais na área de audiovisual formados pelo SalCine Cursos, projeto de capacitação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Renda (Semdec) e da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult). Os 70 concluintes das turmas de Criação de Roteiro para Longa-metragem de Ficção, Assistente de Câmera, Operador de Iluminação e Produção Executiva receberam o certificado de conclusão das atividades na noite da terça-feira (9), durante cerimônia no auditório do Senai Cimatec, em Piatã. As formações são realizadas em parceria com o Senai Cimatec e tiveram duração de quatro meses.

A titular da Semdec, Mila Paes, afirmou que essa primeira etapa das trilhas formativas é resultado de uma política pública transversal, com atuação das duas secretarias. “Hoje, finalizamos o primeiro ciclo do SalCine Cursos, que promete trabalhar um segmento com um grande potencial para se tornar relevante no Produto Interno Bruto (PIB) de Salvador, em um curto espaço de tempo, tanto na geração de emprego e renda, mas principalmente, na geração econômica da cidade”.

O secretário de Cultura e Turismo, Pedro Tourinho, revelou a alegria de estar formando a primeira turma do SalCine Cursos. “Em termos de política pública, eu considero o SalCine um dos programas mais completos do país. Em menos de um ano de criação, nós já termos essa quantidade de profissionais capacitados pelas trilhas formativas representa muito, não só para a cultura da cidade, mas também para geração de emprego e renda. No âmbito da infraestrutura, a expectativa é que consigamos desenvolver mais estúdios, trazendo mais ferramentas de produção na cidade e tornando Salvador, em alguns meses, o maior polo de produção audiovisual fora do eixo Rio-São Paulo”.

Expectativa – A primeira etapa das trilhas formativas do SalCine Cursos começou em outubro de 2023 e tem como foco inicial dois pilares, o da pré-produção e da produção. Já foram realizados nove workshops, que impactaram cerca de mil pessoas. Até o mês de junho, a primeira etapa do SalCine Cursos irá promover mais sete workshops gratuitos, totalizando 600h de formação. Nos ciclos seguintes, as trilhas formativas irão abordar as etapas de pós-produção, distribuição e exibição do setor audiovisual.

Camila Aguilera soube do SalCine Cursos pelas redes sociais. Agora, formada em Produção Executiva, a expectativa é de se capacitar ainda mais e seguir carreira. “É um momento de muita alegria, foi um percurso muito intenso e muito consistente. Tivemos a sorte de ter professoras incríveis, o curso foi agregado ao Nordeste Lab, então foram experiências muito enriquecedoras. Agora vou seguir num processo de formação, porque é preciso criar conexões, começar a trabalhar, continuar participando dos laboratórios, dos festivais e dos outros eventos que vierem por aí”, contou.

Texto: Ascom/Secult PMS

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A comunidade do Alto das Pombas vai receber duas novas unidades de ensino, que serão totalmente reconstruídas pela Prefeitura de Salvador. O prefeito Bruno Reis assinou nesta quarta-feira (10) ordens de serviço para a demolição e a reconstrução da Escola Municipal Conjunto Assistencial Nossa Senhora de Fátima e do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Tertuliano de Goes. O evento contou também com a participação do secretário de Educação (Smed) do município, Thiago Dantas.

As obras terão um investimento de quase R$9 milhões e, além de uma infraestrutura mais completa e moderna, as duas unidades de ensino terão a ampliação do número de vagas, para receber mais crianças do Alto das Pombas. O Cmei Tertuliano de Goes atenderá 125 alunos por turno, e a Nossa Senhora de Fátima, 198 estudantes por turno.

Em seu discurso, Bruno Reis destacou que as obras eram uma reivindicação antiga dos moradores. “Me lembro que, durante as minhas caminhadas aqui pelo Alto das Pombas quando ainda era vice-prefeito, que a nossa diretora Karen e a nossa diretora Tarry me chamaram para entrar nas escolas e pediram que a gente mudasse essa realidade”, disse.

As duas unidades escolares terão salas de aula climatizadas, acessibilidade total, sala de leitura, refeitório, sanitários preparados para PCD, quadra coberta com vestiário, parque infantil, cozinha com triagem de alimentos, sala multiuso, auditório e mais uma série de ambientes que vão garantir conforto e segurança à comunidade escolar.

“E o que faltava aqui no Alto das Pombas nós teremos agora: em cima da escola, vamos construir uma quadra poliesportiva coberta, com vestiários, para que a garotada jogue bola e faça atividades físicas. São escolas de alto padrão, pois a nossa estratégia é fazer com que as crianças se sintam melhor na escola do que na sua própria casa. Por outro lado, as escolas dão conforto e segurança para que o professor exerça a nobre missão de ensinar”, completou Bruno Reis.

Titular da Smed, Thiago Dantas disse que os dois projetos foram construídos em diálogo com a comunidade, que preferiu manter as duas unidades em vez de concentrá-las numa única estrutura maior. “Esse é um investimento importante na educação da comunidade, um projeto feito, como são todos, com absoluto respeito e ouvindo os moradores. Eles fizeram considerações que consideramos importantes e manteremos duas escolas, uma de Educação Infantil e outra de Fundamental I”, disse.

Thiago Dantas destacou que a Prefeitura está neste momento executando o maior plano de investimento da história da Rede Municipal de Ensino, com investimentos de quase R$450 milhões. “Ainda nesta semana, vamos entregar a 27ª nova escola construída pela atual gestão. E, com essas duas aqui do Alto das Pombas, temos outras 24 em construção. Temos mais uma para assinar a ordem de serviço e, assim, chegarmos a 52 novas escolas em quatro anos. A educação segue avançando em ritmo acelerado para consolidar Salvador como referência em educação pública de qualidade”, afirmou.

Melhorias - Diretora da Nossa Senhora de Fátima há seis anos, Karen Daniele Rodrigues disse que a escola atende atualmente 200 crianças, e com a ampliação poderá chegar a 400 do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. “O ensino dessa escola já é feito com bastante compromisso. Não à toa, conseguimos ter uma excelente nota no Ideb e excelentes índices de desenvolvimento. Tivemos uma das melhores avaliações do Prosa (exame realizado pela Prefeitura) no ano passado”, disse.

“Isso é fruto do compromisso de uma equipe que é muito comprometida com a educação. Então, a reconstrução da escola vem para nos trazer dignidade. A comunidade precisa ter espaços estruturais em que as crianças tenham conforto, tenham climatização, tenham espaço para desenvolver o currículo de educação física. Que bom que isso chegou aqui, ao Alto das Pombas”, completou Karen Daniele Rodrigues.

Tarry Cristina Santos Pereira é uma das gestoras do Cmei Tertuliano de Goes há 18 anos. “Tenho que falar o que representa essa construção. É a história de luta de mulheres que, durante toda uma trajetória, sempre lutaram pelo direito e pelo bem viver dessas crianças. O que está acontecendo agora faz parte da história de um quilombo urbano chamado Alto das Pombas. Se hoje chegamos a isso, temos que agradecer antes de tudo à comunidade do Alto das Pombas”, disse.

Reportagem: Thiago Souza e Vitor Villar / Secom PMS

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...