Geral

0
0
0
s2sdefault

Estão abertas as inscrições para o curso de defesa pessoal para o sexo feminino no Centro de Referência de Atenção à Mulher Loreta Valadares (CRAMLV), nos Barris. O curso. gratuito, é fruto de uma parceria entre a Guarda Civil Municipal (GCM) e a Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), tendo como tema “Prevenção à violência no cotidiano da mulher”. 

As aulas serão realizadas entre os dias 15 e 22 de março, das 14h às 16h, exceto no primeiro dia, quando a carga horária será das 13h às 16h. Para participar, as interessadas podem entrar em contato com o Centro de Referência de Atenção à Mulher Loreta Valadares pelo telefone 3235-4268 e 3611-6412. As vagas são limitadas, conforme à lotação dos espaços.  

Segundo André Rocha, coordenador de ações de prevenção à violência da GCM, durante as aulas serão ensinadas noções de primeiros socorros e técnicas de defesa pessoal, como a que possibilita se desvencilhar de uma imobilização. Os cursos de defesa pessoal para mulheres tiveram início em 2017. 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Pela segunda vez, Salvador fará o reconhecimento de um templo religioso de matriz africana como patrimônio cultural da cidade. O beneficiado da vez é o terreiro Ile Aşé Kalè Bokùn, na Rua Antônio Balbino, 98A, em Plataforma, que receberá o ato solene de tombamento municipal pela Prefeitura nesta terça-feira (12), às 17h. O vice-prefeito Bruno Reis, que também é secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas, estará presente. 

O pedido de tombamento do Kalè Bokùn foi oficializado junto à Fundação Gregório de Mattos (FGM), em fevereiro de 2016, pela Associação Brasileira de Preservação da Cultura Afro Ameríndia (AFA). "O grande diferencial de nosso culto é ser um terreiro de nação Ijexá, que já não existe na cidade e, talvez, no Brasil. O destaque é o toque do atabaque, que se diferencia das demais nações, utilizando instrumentos de dimensões distintas e os fundamentos para o segredo e o sagrado, que se utiliza da riqueza da nação ijexá”, explica a ialorixá do terreiro, Vânia Amaral. 

Na proposta de tombamento do templo, foi ressaltado ainda que o terreiro possui rituais específicos que exaltam o poder ancestral feminino, por meio do culto Geledé. Além disso, possui importante patrimônio ambiental envolvendo fonte, centenárias árvores como a frondosa gameleira que chama a atenção no local, e plantas sagradas. 

“De modo geral, vale ressaltar nossa persistência em cultuar os deuses trazidos pelos negros aqui escravizados, perseguidos e desrespeitados ao longo dos tempos, mantendo sempre nossa fé e nosso espírito de resistência. Por isso, é de grande importância ver os esforços de nossos antepassados serem recompensados com preservação, segurança e cuidados, para a questão cultural e afetiva da cidade", completa Vânia. 

Processo – O pedido de tombamento foi feito a partir do Laudo Etnohistórico do Kalè Bokùn, fruto de rica pesquisa do professor Vilson Caetano que revela elementos importantes acerca da presença dos africanos ijexá em Salvador. Foram ainda entregues plantas baixas dos imóveis que compõem o terreiro e registros acerca do estado de conservação. Em seguida, para instrução técnica do processo com vistas a atender a regulamentação da Lei Municipal nº 8550/14, foi feito um levantamento topográfico pela Superintendência de Obras Públicas de Salvador (Sucop) e georreferenciamento do terreno pela Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz). 

As informações resultaram em um parecer com avaliação preliminar, encaminhado para apreciação do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, vinculado à FGM. Após aprovação do Conselho, em setembro último, foi aprovada a inscrição no livro de tombamento e o título ao Ile Aşé Kalè Bokùn de Patrimônio Cultural do Município de Salvador. 

Importância – Para a diretora de Patrimônio e Humanidades da FGM, Milena Tavares, o tombamento do terreiro Ile Aşé Kalè Bokùn preserva elementos de referência da tradição Ijexá, presentes na cidade. “A casa é referência da memória do babalorixá Severiano Santana Porto, que implantou o templo no Subúrbio Ferroviário, nos primeiros anos do século passado, assim como daqueles que deram continuidade ao trabalho - Claudionor dos Santos Pereira, Estelita Lima Calmon e a atual ialorixá Vânia Amaral. O templo vincula-se à história do bairro de Plataforma, um dos mais antigos de Salvador, local de grande expressão da população afrodescendente e de concentração de casas de candomblé”, afirma. 

Demais tombamentos – O tombamento municipal de elementos culturais em Salvador está presente na Lei Municipal 8.550/2014, que institui normas de proteção e estímulo à preservação do patrimônio cultural do município, e dá outras providências. É parte integrante do Salvador Memória Viva, programa de atividades de proteção e estímulo à preservação dos bens materiais e imateriais do município desenvolvido pela Prefeitura, através da FGM. 

A primeira ação da lei foi o reconhecimento do conjunto monumental do terreiro Hunkpame Savalu Vodun Zo Kwe, ou Vodun Zô, na Liberdade, em janeiro de 2016. Dentre os motivos elencados no pedido de tombamento estiveram problemas com a especulação imobiliária, invasão de terreno com derrubada de árvores, dificuldade de manutenção das instalações físicas e depredação da fonte. O critério raridade do culto também foi levado em consideração, pois o Vodun Zô é o único da nação Jêje Savalu, mantendo originais os ritos dessa linhagem, bem como o dialeto africano Ewe-Fon preservado nas expressões, cânticos, rezas e no cotidiano dessa comunidade. 

Em maio do mesmo ano, foi realizado o tombamento da Pedra de Xangô e da área considerada Sítio Histórico do Antigo Quilombo Buraco do Tatu. A medida foi justificada pelo valor dos remanescentes naturais locais (massa verde e manancial hídrico), além de ser um espaço de memória e referencial simbólico ao que se considera sítio histórico do antigo Quilombo do Buraco do Tatu. Devido à característica peculiar da área, que serve ao culto do candomblé, foi apropriada pela população de terreiros que reconheceram e autenticaram-na como sagrado. 

A estátua de Jesus Salvador (Cristo) na Barra, bem como Morro do Cristo, foi tombado em março de 2017, durante as comemorações do aniversário da cidade. Dentre os elementos elencados estão a própria estátua, traduzida em uma obra de caráter religioso e que resguarda valores da cultura local, assim como os simbolismos como bênçãos à cidade, fé cristã, proteção e paz. Além disso, a proximidade do centenário da existência, a transformação em cartão postal e o significado desse conjunto para a “Bahia de São Salvador”, enquanto marco de importância urbanístico-paisagística, reforça e enaltece a necessidade de garantir a permanência no sítio onde está localizada. 

Estão em processo de tombamento material a Casa de Retiro São Francisco, em Brotas; a Igreja Senhor Bom Jesus dos Aflitos, no Largo dos Aflitos; a casa onde morou Carlos Marighella, em Nazaré; o Marco de Fundação da Cidade do Salvador, no Porto da Barra, e 16 obras de Carybé distribuídas pela cidade. Já na esfera do Patrimônio Imaterial, o primeiro Registro Especial foi concedido ao ritmo, música e movimento do Samba Junino, que passou a ser considerado Patrimônio Cultural de Salvador, conforme Decreto 29.489/2018.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com direito a música ao vivo e muita animação da garotada, a Praça do Elite já garante a diversão dos moradores da Rua Presidente Kennedy, no bairro de Santa Cruz. A entrega foi realizada na noite desta segunda-feira (11) e contou com as presenças do prefeito ACM Neto, do vice-prefeito e secretário de Obras, Bruno Reis, demais autoridades e população. 

Na ocasião, o prefeito salientou que, assim como os mais de 400 espaços de convivência e lazer requalificados pela administração municipal desde 2013, a Praça do Elite é muito mais do que uma simples obra da Prefeitura. "É uma ação que toca o coração das pessoas, dá uma nova qualidade de vida ao bairro, dentro da ideia de que a cidade possa ser curtida pelo cidadão." 

A requalificação do equipamento visa proporcionar aos moradores da região um ambiente mais cômodo e agradável para encontros, bate-papo e recreação do público infantil. Com 102 m² de área construída, sendo 40 m² de área verde projetada, a Praça do Elite conta com pavimentação, espaço infantil com vários brinquedos, bancos modulares com tecnologia antivandalismo, gangorra, rampa de acessibilidade, paisagismo, iluminação e comunicação visual. 

Todos esses materiais foram, exclusivamente, produzidos pela própria fábrica da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal). O investimento é de R$ 41.651,71. Além desses atrativos, mais um equipamento deverá ser instalado, a pedido dos moradores: a Academia da Saúde, em uma área próxima à praça, permitindo que as pessoas possam se exercitar e, claro, ter uma vida mais saudável. 

Mais anúncios – Os moradores também celebraram os anúncios feitos pelo prefeito ACM Neto de mais melhorias na região. Uma delas, a ser autorizada ainda este mês, é a cobertura da quadra da Escola Municipal Teodoro Sampaio, também em Santa Cruz, onde as atividades poderão ser realizadas sem a interferência do sol ou da chuva. 

Outra notícia é a de que mais uma unidade de saúde deverá ser construída em um terreno ao lado do Parque da Cidade, que permitirá a ampliação da cobertura de atenção básica em Santa Cruz e Nordeste de Amaralina. Por fim, está sendo estudada a possibilidade de implantação de uma unidade de urgência e emergência 24h no Multicentro de Saúde Vale das Pedrinhas, nos mesmos moldes do que foi feito recentemente no Centro de Saúde Dr. Orlando Imbassahy, no Bairro da Paz.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Pela segunda vez, Salvador fará o reconhecimento de um templo religioso de matriz africana como patrimônio cultural da cidade. O beneficiado da vez é o terreiro Ile Aşé Kalè Bokùn, na Rua Antônio Balbino, 98A, em Plataforma, que receberá o ato solene de tombamento municipal pela Prefeitura nesta terça-feira (12), às 17h. O vice-prefeito Bruno Reis, que também é secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas, estará presente. 

O pedido de tombamento do Kalè Bokùn foi oficializado junto à Fundação Gregório de Mattos (FGM), em fevereiro de 2016, pela Associação Brasileira de Preservação da Cultura Afro Ameríndia (AFA). "O grande diferencial de nosso culto é ser um terreiro de nação Ijexá, que já não existe na cidade e, talvez, no Brasil. O destaque é o toque do atabaque, que se diferencia das demais nações, utilizando instrumentos de dimensões distintas e os fundamentos para o segredo e o sagrado, que se utiliza da riqueza da nação ijexá”, explica a ialorixá do terreiro, Vânia Amaral. 

Na proposta de tombamento do templo, foi ressaltado ainda que o terreiro possui rituais específicos que exaltam o poder ancestral feminino, por meio do culto Geledé. Além disso, possui importante patrimônio ambiental envolvendo fonte, centenárias árvores como a frondosa gameleira que chama a atenção no local, e plantas sagradas. 

“De modo geral, vale ressaltar nossa persistência em cultuar os deuses trazidos pelos negros aqui escravizados, perseguidos e desrespeitados ao longo dos tempos, mantendo sempre nossa fé e nosso espírito de resistência. Por isso, é de grande importância ver os esforços de nossos antepassados serem recompensados com preservação, segurança e cuidados, para a questão cultural e afetiva da cidade", completa Vânia. 

Processo – O pedido de tombamento foi feito a partir do Laudo Etnohistórico do Kalè Bokùn, fruto de rica pesquisa do professor Vilson Caetano que revela elementos importantes acerca da presença dos africanos ijexá em Salvador. Foram ainda entregues plantas baixas dos imóveis que compõem o terreiro e registros acerca do estado de conservação. Em seguida, para instrução técnica do processo com vistas a atender a regulamentação da Lei Municipal nº 8550/14, foi feito um levantamento topográfico pela Superintendência de Obras Públicas de Salvador (Sucop) e georreferenciamento do terreno pela Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz). 

As informações resultaram em um parecer com avaliação preliminar, encaminhado para apreciação do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, vinculado à FGM. Após aprovação do Conselho, em setembro último, foi aprovada a inscrição no livro de tombamento e o título ao Ile Aşé Kalè Bokùn de Patrimônio Cultural do Município de Salvador. 

Importância – Para a diretora de Patrimônio e Humanidades da FGM, Milena Tavares, o tombamento do terreiro Ile Aşé Kalè Bokùn preserva elementos de referência da tradição Ijexá, presentes na cidade. “A casa é referência da memória do babalorixá Severiano Santana Porto, que implantou o templo no Subúrbio Ferroviário, nos primeiros anos do século passado, assim como daqueles que deram continuidade ao trabalho - Claudionor dos Santos Pereira, Estelita Lima Calmon e a atual ialorixá Vânia Amaral. O templo vincula-se à história do bairro de Plataforma, um dos mais antigos de Salvador, local de grande expressão da população afrodescendente e de concentração de casas de candomblé”, afirma. 

Demais tombamentos – O tombamento municipal de elementos culturais em Salvador está presente na Lei Municipal 8.550/2014, que institui normas de proteção e estímulo à preservação do patrimônio cultural do município, e dá outras providências. É parte integrante do Salvador Memória Viva, programa de atividades de proteção e estímulo à preservação dos bens materiais e imateriais do município desenvolvido pela Prefeitura, através da FGM.  

A primeira ação da lei foi o reconhecimento do conjunto monumental do terreiro Hunkpame Savalu Vodun Zo Kwe, ou Vodun Zô, na Liberdade, em janeiro de 2016. Dentre os motivos elencados no pedido de tombamento estiveram problemas com a especulação imobiliária, invasão de terreno com derrubada de árvores, dificuldade de manutenção das instalações físicas e depredação da fonte. O critério raridade do culto também foi levado em consideração, pois o Vodun Zô é o único da nação Jêje Savalu, mantendo originais os ritos dessa linhagem, bem como o dialeto africano Ewe-Fon preservado nas expressões, cânticos, rezas e no cotidiano dessa comunidade. 

Em maio do mesmo ano, foi realizado o tombamento da Pedra de Xangô e da área considerada Sítio Histórico do Antigo Quilombo Buraco do Tatu. A medida foi justificada pelo valor dos remanescentes naturais locais (massa verde e manancial hídrico), além de ser um espaço de memória e referencial simbólico ao que se considera sítio histórico do antigo Quilombo do Buraco do Tatu. Devido à característica peculiar da área, que serve ao culto do candomblé, foi apropriada pela população de terreiros que reconheceram e autenticaram-na como sagrado. 

A estátua de Jesus Salvador (Cristo) na Barra, bem como Morro do Cristo, foi tombado em março de 2017, durante as comemorações do aniversário da cidade. Dentre os elementos elencados estão a própria estátua, traduzida em uma obra de caráter religioso e que resguarda valores da cultura local, assim como os simbolismos como bênçãos à cidade, fé cristã, proteção e paz. Além disso, a proximidade do centenário da existência, a transformação em cartão postal e o significado desse conjunto para a “Bahia de São Salvador”, enquanto marco de importância urbanístico-paisagística, reforça e enaltece a necessidade de garantir a permanência no sítio onde está localizada. 

Estão em processo de tombamento material a Casa de Retiro São Francisco, em Brotas; a Igreja Senhor Bom Jesus dos Aflitos, no Largo dos Aflitos; a casa onde morou Carlos Marighella, em Nazaré; o Marco de Fundação da Cidade do Salvador, no Porto da Barra, e 16 obras de Carybé distribuídas pela cidade. Já na esfera do Patrimônio Imaterial, o primeiro Registro Especial foi concedido ao ritmo, música e movimento do Samba Junino, que passou a ser considerado Patrimônio Cultural de Salvador, conforme Decreto 29.489/2018.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Mais uma ação de vândalos degradou parte do esquema elétrico da passarela localizada no sentido Pernambués, no final da Paralela (antiga Grande Bahia), na noite de ontem (10). De acordo com a Diretoria de Iluminação Pública (DSIP), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), foram roubados 280 metros de cabos na espessura de 16 mm e ainda 25 luminárias.

Esta é a terceira vez que a passarela sofre com ação de vândalos. De acordo com o Coordenador de Manutenção e Planejamento da DSIP, Igor Moreira, além de roubar itens do sistema elétrico e prejudicar a população que transita diariamente pela passarela, quando os vândalos não conseguem levar o material, danificam os itens.

“Para tentar inibir ações semelhantes, estamos implantando uma estrutura mais pesada com eletrodutos em material galvanizado e instalando luminárias mais resistentes que vão ficar fixadas de locais de difícil acesso”, pontuou. O gestor explicou ainda que outra medida adotada para tentar driblar os vândalos foi a substituição de cabos de cobre por alumínio, produto menos atrativo em caso de revenda.

Outras estruturas como as localizadas na Avenida Heitor Dias (Via Expressa) e no Parque das Bromélias também têm sofrido com furto de materiais elétricos constantemente. Já a estrutura localizada próxima à loja Madeireira Brotas já foi alvo de vândalos por sete vezes. A reposição de equipamentos e a manutenção na iluminação pública, necessárias por conta das ações de vândalos praticadas apenas no mês de janeiro deste ano, custou mais de R$ 18,1 mil aos cofres da Prefeitura.

Manutenção e reparos - Técnicos da Diretoria de Iluminação fazem vistorias em todas as passarelas da cidade e efetuam levantamento de materiais que tiveram algum dano ou foram furtados. Essa análise minuciosa garante que os reparos sejam feitos com brevidade a fim de não prejudicar a população. Além das passarelas, os profissionais também fazem inspeções de rotinas em camelódromos, espaços mais comuns no Centro da cidade.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Como o setor público pode apoiar sua startup? As respostas embasaram a explanação do secretário de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência, André Fraga, durante a palestra de abertura do Startup Europe Week 2019, realizada no Hub Salvador, nesta segunda-feira (11), no Terminal Marítimo. Dentre as várias experiências públicas de sucesso, Fraga pontuou a entrega do Centro Municipal de Inovação Colabore, prevista para o dia 29 de março, no Parque da Cidade, e os avanços na Política Municipal de Inovação, que prevê a criação de um Sistema Municipal de Inovação incluindo um conselho, fórum e um programa, todos específicos para o segmento.

Durante o maior multievento de startups do mundo, o secretário lembrou que em 2016 o prefeito ACM Neto teve a sensibilidade de incluir o quesito “Inovação” na pasta, que até então era apenas Secretaria da Cidade Sustentável. “Naquela época foi lançado o desafio de fazermos política pública para inovação. E cá estamos nós, há dois anos, com muitas ações e projetos de sucesso. Precisávamos lançar editais para estimular os empreendedores e assim temos feito”, disse ele, ao lembrar da chamada temática Cidade Conectada, que foi lançada durante o evento, a quarta lançada por meio do Edital de Inovação para a Indústria.

Evento simultâneo - O Startup Europe Week 2019, maior multievento de startups do mundo, ocorreu simultaneamente em diversos países, e tem o objetivo de apresentar aos empreendedores todo o suporte que o Hub pode oferecer para o desenvolvimento dos negócios. Para o diretor de Parcerias Público Privadas (PPPs) da Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Gustavo Menezes, que também participou do painel “Como o setor público pode apoiar sua startup?”, a iniciativa pública tem mudado a postura por entender que tudo que é investido em inovação tem retorno garantido. Ele fez questão de citar que existem países que a cada US$1 investido em inovação, o retorno chega a ser oito vezes maior. “Tudo isso volta em geração de emprego e renda”, pontuou.

Referência - O Hub Salvador se destaca no cenário nacional como um dos dez melhores espaços decoworking do país. No prédio moderno, com três andares, as 60 empresas e 32 startups desenvolvem soluções tecnológicas inovadoras, sempre com foco na melhoria da qualidade de vida dos cidadãos. Ano passado, foram 57 eventos com participação de 3.200 pessoas, garantia de três editais de investimento e uma premiação “Top 10 Nacional”.

Além das novidades que tem feito a diferença no mercado, o Hub também tem sido um grande gerador de empregos. O espaço integra o programa Salvador 360, eixo Cidade Inteligente, e busca contribuir para que a capital dê um salto na área de soluções tecnológicas inovadoras, sempre com foco na melhoria da qualidade de vida dos cidadãos. Durante o Startup Europe Week 2019, outros três debates reuniram especialistas. Empreendedores e palestrantes puderam discutir sobre os temas “Os suportes das aceleradoras e hubs de inovação no tracionamento da sua startup”, “O papel das universidades no surgimento de novas ideias” e “Como buscar financiamento para a sua startup?”.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O Serviço Municipal de Intermediação de Mão-de-obra (SIMM) oferece vagas de emprego para esta terça-feira (12). Os interessados deverão ir a um dos postos do SIMM , no Comércio (Rua Miguel Calmon, 506, Edifício Ouro Preto); Boca do Rio (Rua Abelardo Andrade de Carvalho, 141, anexo ao Colégio Imeja), levando originais da carteira de trabalho, carteira de identidade, CPF, comprovantes de residência e histórico escolar, além do número do PIS, Pasep ou NIS.

O atendimento é feito das 7h às 17h, mediante distribuição de senhas, que são entregues a partir das 6h30. Os candidatos podem usufruir do atendimento por hora marcada, que funciona das 7h às 16h30, pelo telefone 3202-2016 ou 0800-2853111 para ligações gratuitas.

É possível também ter acesso ao atendimento do SIMM nas Prefeituras-Bairro Centro/Brotas Cabula, Cajazeiras, Cidade Baixa, Itapuã, Pau da Lima e Subúrbio/Ilhas, para realização de cadastro, busca por vagas e encaminhamento para entrevistas e seleções.

 

Vagas do SIMM para terça-feira (12): 

 Auxiliar Administrativo

Ensino médio completo, 1 ano de experiência

Salário: R$998,00 + benefícios

1 vaga

 

Cozinheiro de Restaurante

Ensino médio completo, 1 ano de experiência

Salário: R$1.100,00 + benefícios

1 vaga

 

Sushiman

Ensino médio completo, 1 ano de experiência

Salário: R$1.200,00 + benefícios

1 vaga

 

Atendente de Restaurante

Ensino médio completo, 1 ano de experiência

Salário: R$1.050,00 + benefícios

1 vaga

 

Auxiliar de Cozinha de Restaurante

Ensino médio completo, 1 ano de experiência

Salário: R$1.102,00 + benefícios

1 vaga

 

Técnico em Refrigeração

Ensino médio completo, 1 ano de experiência, imprescindível experiência com manutenção de ar-condicionado e vivência na área elétrica

Salário: R$1.505,00 + benefícios

1 vaga

 

Costureira de Máquina Reta

Ensino fundamental completo, seis meses de experiência

Salário a combinar + benefícios

1 vaga

 

Ajudante de Carga e Descarga

Ensino fundamental completo, três meses de experiência, ter fácil acesso ao bairro de Pirajá, disponibilidade para trabalhar à noite

Salário: R$1.066,00 + benefícios

5 vagas

 

Artífice de Manutenção

Ensino médio completo, seis meses de experiência, experiência com serviços de soldagem, instalação elétrica e hidráulica

Salário: R$1.500,00 + benefícios

1 vaga

 

Auxiliar de Limpeza (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

Ensino médio completo, três meses de experiência

Salário: R$1.009,00 + benefícios

1 vaga

 

Cozinheiro Geral

Ensino médio completo, seis meses de experiência

Salário a combinar + benefícios

1 vaga

 

Varredor de Rua (vaga para pessoas com deficiência)

Fundamental incompleto, seis meses de experiência

Salário: R$1.039,76 + benefícios

9 vagas

 

Polidor de Veículos

Ensino médio completo, seis meses de experiência

Salário: R$1.100,00 + benefícios

1 vaga

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Os interessados em adquirir veículos usados a preços acessíveis ou sucatas para aproveitamento de peças terão oportunidade no leilão que será realizado pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), de forma presencial e online, na próxima sexta-feira (15), às 9h, no Real Classic Bahia Hotel, localizado na Rua Fernando Menezes De Góis, 165, na Pituba. Serão leiloados 224 lotes, sendo 85 sucatas aproveitáveis e 139 veículos conservados, entre carros de passeios e motocicletas, que foram apreendidos e recuperados.

Os lotes podem ser visitados para avaliação antes das ofertas dos lances até a quinta-feira (14), das 9h às 12h e das 14h às 17h, no pátio de custódia de veículos na Avenida Vasco da Gama, próximo à Perini. “Com os leilões buscamos dar um destino mais apropriado aos carros abandonados que ficam nos nossos pátios, causando danos até mesmo à saúde pública. Em relação aos veículos conservados, visamos fazer com que eles voltem a circular. Cabe destacar que nesses pregões cumprimos estritamente prazos e procedimentos previstos na legislação”, explica o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Müller.

Forma de pagamento – No ato da arrematação, o licitante vencedor pagará o valor integral do total do lance, em boleto bancário, e a nota fiscal só será emitida após compensação bancária dos mesmos. Para as arrematações efetivadas através do ambiente online, o pagamento do valor da arrematação será feito conforme as orientações contidas no ambiente online do leilão e ocorrerá mediante depósito bancário, cuja comprovação também seguirá as instruções no próprio sistema de leilão virtual.

Quem pode participar – Cidadãos maiores de 18 anos (exceto para os lotes avaliados como sucata) e pessoas jurídicas estão aptas a participar do leilão. Os documentos necessários são carteira de identidade original e CPF, para pessoa física. Para pessoa jurídica, é necessário apresentar registro social, estatuto, contrato social, ato constitutivo, ata de fundação e demais documentos conforme enquadramento jurídico e tributário da empresa participante. Não podem participar do leilão colaboradores da Transalvador e parentes, levando em consideração a restrição até o segundo grau de parentesco, além do leiloeiro ou pessoas físicas e jurídicas impedidas de licitar e contratar com a administração.

Cadastramento prévio – Os interessados em participar do leilão online deverão se cadastrar no portal, com 48 horas de antecedência ao início do leilão, para análise dos dados do cadastro e confirmação da participação. Este procedimento é requisito para participar do formato online. Mais informações sobre o cadastro poderão ser acessadas no endereço: www. vipleiloes. com. br.

Documentos necessários – Para efetivar a arrematação dos lotes será necessário apresentar a comprovação de Cadastro de Pessoas Físicas - CPF (original); documento de identidade com foto (original) e comprovante de residência, para pessoa física. Para pessoa jurídica, são necessários o registro comercial, estatuto, contrato social, ato constitutivo, ata de fundação e demais documentos na forma da lei, conforme o enquadramento jurídico e tributário da participante.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com o objetivo de executar ações para coibir os índices de violência contra a mulher e promover a valorização e o empoderamento feminino, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), iniciou nesta segunda-feira (11) mais uma edição do projeto “Mulher 360”. A iniciativa ocorre pelo segundo ano consecutivo e contém uma série de atividades gratuitas, como serviços de atenção, orientação, educação, formação e bem-estar.

A base do projeto consiste na disponibilização de informações sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), higiene bucal, autocuidado e câncer das mamas, realizadas por profissionais de saúde, no primeiro piso do Shopping Center Lapa.

"Esse ano, o Mulher 360 terá como foco a prevenção e combate ao feminicídio e violência na nossa cidade. Com ações que contribuam para o empoderamento feminino e empregabilidade da mulher”, afirmou Rogéria Santos, titular da SPMJ, que nesta terça-feira (12) anunciará novidades da pasta durante o encontro "Desafios e possibilidades para o empoderamento das mulheres de Salvador", que acontecerá no Centro Cultural da Barroquinha, com entrada gratuita, a partir das 16h.

Programação - Na programação do Mulher 360, que acontece durante todo o mês de março, constam atividades como rodas de conversas e palestras sobre temas como enfrentamento ao feminicídio, desafios e possibilidades para o empoderamento das mulheres de Salvador, além do curso de defesa pessoal.

A estudante Louise Cerqueira, 17 anos, que passeava pelo shopping e se sentiu atraída pela ação, demonstrou sua satisfação com o projeto. “É uma atividade muito importante porque é um momento onde podemos nos informar e esclarecer diversas dúvidas sobre vários temas. Seria muito interessante se houvesse uma ação como essa dentro das escolas”, disse.

Para a assistente social Jacira Barbosa, que procurou orientações sobre DSTs, ações como essa pode ajudar a salvar muitas vidas. “É de fundamental importância haver esses momentos voltados para as mulheres, pois é mais um meio de transmitir e esclarecer informações. A partir do momento que uma mulher conversa com outra, ela se sente mais à vontade para se retratar. É um trabalho de valorização da mulher, onde reafirmamos a força de todas nós”, declarou.

Confira abaixo a programação:

11/03 - 9h às 17h
Serviços e informações: direitos de todas
Local: Shopping Center Lapa

12/03 - 14h
Curso de defesa pessoal
Local: Centro de Referência Loreta Valadares

12/03 - 16h
Encontro “Desafios e Possibilidades para o Empoderamento das Mulheres de Salvador”
Local: Espaço Cultural da Barroquinha

12/03 - 13h
SPMJ Itinerante - Palestra sobre o enfrentamento ao Feminicídio
Local: Sede da Transalvador, Barris

13/03 - 09h
Palestra sobre o enfrentamento ao feminicídio
Local: Clínica Única de Reabilitação - CURE, Bonfim

21/03 - 14h
Palestra sobre o enfrentamento ao feminicídio
Local: CRAS - São Cristóvão

21/03 - 15h
Quintas Temáticas em Pernambués
Local: Escolinha Pequeno Sonho

23/03 - 15 às 21h
"Rodas de Conversa: Enfrentamento ao Feminicídio"
Local: Shopping da Bahia

27/03 - 14h
Palestra sobre o enfrentamento ao feminicídio
Local: Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Bom Jesus dos Passos

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...