Geral

0
0
0
s2sdefault

Com obras iniciadas em março, as intervenções para a construção do Centro Comunitário Mãe Carmen do Gantois, localizado no Terreiro do Gantois, na Federação, já estão 38% concluídas. De acordo com a Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), responsável pela edificação do local, a fundação e a estrutura foram concluídas, contenções e alvenaria estão com 90% de avanço. Além disso, as aplicações do chapisco interno e da massa foram inciadas.

O centro comunitário, que leva o mesmo nome da ialorixá do templo religioso, foi projetado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF). O espaço terá um salão com capacidade para 50 pessoas no primeiro andar, sala para cursos e um consultório médico. Também faz parte do projeto uma sala para percussão e leitura. Serão implantados ainda sistema elétrico, telefônico, de esgoto e águas pluviais, equipamentos de segurança contra incêndio e paisagismo.

Com a construção do centro, a Prefeitura espera criar um espaço em condições de abrigar a prática de atividades coletivas em harmonia com os trabalhos já desenvolvidos. Ao todo, 70% das ações do terreiro são voltadas para a comunidade, a exemplo do treino de capoeira, distribuição de 300 cestas básicas por mês e aulas sobre a musicalidade do candomblé. A expectativa da Prefeitura é que as obras sejam concluídas em seis meses.

História – O Terreiro do Gantois é considerado área de proteção cultural e paisagística pela Prefeitura desde 1985 e tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) desde 2002. O nome oficial é Ilé Íyá Omi Àse Ìyamase, mas é conhecido popularmente como Gantois. A casa sagrada foi fundada em 1849 pela africana Maria Júlia da Conceição Nazareth, constituindo-se num notável santuário que mantém os costumes e os legados milenares dos povos Iorubá (Abeokutá).

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Instalação da unidade na sede da Guarda Civil Municipal faz parte das ações de aniversário de 10 anos do órgão

Os moradores da Fazenda Grande vão poder realizar a castração gratuita de cães e gatos a partir do dia 9 de julho, através do serviço itinerante de esterilização animal – Castramóvel. O veículo administrado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), ficará estacionado na sede da Guarda Civil Municipal (GCM), localizada na Avenida General San Martin, s/n – Fazenda Grande do Retiro. O atendimento seguirá até 03 de agosto, e faz parte das ações de aniversário de 10 anos da Guarda.

No último mês, cerca de 600 cirurgias foram realizadas pelo Castramóvel. De acordo com o médico veterinário do CCZ, Aroldo Carneiro, o procedimento de castração aliado à vacinação são importantes formas de prevenção da raiva, considerada a principal doença transmitida pelos pets. “Quanto maior a adesão à castração dos animais, maior o controle de doenças, da natalidade e do abandono em via pública”, afirma o especialista.

Para realização do procedimento, o animal precisa ter tomado a vacina antirrábica, ter entre seis meses e cinco anos de vida, peso superior a um quilo, e as fêmeas não podem estar em período gestacional. É necessário comparecer ao local com documento de identidade, cartão SUS e caderneta de vacinação do animal. O horário de atendimento é das 8h às 12h, onde são distribuídas 100 fichas para o atendimento. Cada pessoa pode levar até três animais. Nas terças e segundas-feiras, os profissionais realizam a triagem dos animais. Já as cirurgias são realizadas às quartas, quintas e sextas-feiras.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto participou na tarde de hoje do encerramento das comemorações pelo Dois de Julho, na Praça Dois de Julho, no Campo Grande. Acompanhado do vice-prefeito Bruno Reis, do chefe de Gabinete, Kaio Moraes, e de outras autoridades civis e militares, ACM Neto participou da solenidade de hasteamento das bandeiras do Brasil, da Bahia e de Salvador, além de colocar flores no monumento à independência no centro da praça. O governador Rui Costa também estava presente.  

"É muito bom ver que a festa pela independência se tornou ainda maior com a vitória da Seleção e a classificação. Seremos campeões", comemorou o prefeito, numa referência à vitória do Brasil sobre o México, na Copa do Mundo da Rússia. Ele disse que o Dois de Julho é a oportunidade de reverenciar os heróis da independência. "Somente aqui na Bahia a gente tem essa relação única do povo com sua cultura e história. E isso aumenta a nossa responsabilidade", acrescentou ACM Neto, que participou do desfile cívico pela manhã.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Presente aos festejos em homenagem ao Dois de Julho, o secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota, contou hoje, na Lapinha, que o projeto que regulamenta o transporte individual de passageiros através de aplicativos será enviado esta semana à Câmara de Vereadores pelo prefeito ACM Neto. Entre os aplicativos que serão regulamentados, o mais conhecido é o Uber.  

"O prefeito deverá organizar ainda esta semana um evento para assinar e encaminhar projeto de regulamentação e enviar para apreciação dos vereadores. A regulamentação, que é uma exigência da nova legislação federal sobre o assunto, foi discutida e debatida em várias audiências. Ouvimos os aplicativos, taxistas e agora chegamos a um denominador comum", ressaltou Fábio Mota.  

Entre os pontos do projeto está a limitação do número de veículos de aplicativos, que será o mesmo de táxi: 7,2 mil. Porém, assim como acontece com os táxis, cada veículo de aplicativo pode ter mais dois motoristas, chegando a três no total. A média de idade dos automóveis será inicialmente de no máximo oito anos e as empresas que operam os serviços serão taxadas, a exemplo de 1% de ISS.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Milhares de baianos participaram, nesta segunda-feira, do desfile do Dois de Julho, que começou e terminou mais cedo em função do jogo da Seleção Brasileira contra o México. Com o tema "Luta pela Paz", a manifestação história e cultural reuniu famílias inteiras, além de diversas entidades, grupos e políticos. O prefeito ACM Neto participou de todo o cortejo, organizado pela Fundação Gregório de Mattos, ao lado de outras lideranças e colaboradores da Prefeitura.  

Da Lapinha ao Campo Grande, as fachadas das casas enfeitadas davam o colorido da festa. Puxada pelo Caboclo e Cabocla, a multidão foi levada pela música percussiva, samba e som da quadrilha junina. Personagens históricos que marcaram a história da data magna da Bahia também embelezaram o desfile, a exemplo de Maria Quitéria.  

Neste ano, por conta do jogo do Brasil, o carro dos caboclos, que normalmente sai de dentro do barracão, ficou estacionado do lado de fora, na pista principal, e partiu mais cedo, às 6h30, iniciando o desfile. Entre as figuras marcantes do Dois de Julho estava a vendedora ambulante Raimunda Anunciação, 53 anos, e que há 37 participa da festa fantasiada de Maria Quitéria. "Eu me identifico muito com a história dela. Fugiu de casa para lutar. Ela venceu a guerra e eu encaro uma batalha todos os dias para criar minhas três filhas", comparou. 

A importância da data histórica para Bahia foi reforçada pelo secretário municipal de Cultura, Cláudio Tinoco. “Há quase 200 anos a luta pela independência marcou o Brasil e a Bahia. É muito importante que nós homens públicos e que hoje estão no poder possam reverenciar nossos heróis da independência, rendendo essas homenagens. Nada melhor do que está aqui nas ruas junto ao povo, até porque foi uma luta que emanou do povo baiano”, disse. 

As celebrações do Dois de Julho serão encerradas às 18h30 do dia 5 de julho, com a volta dos carros emblemáticos ao bairro da Lapinha. O ato contará com a participação de orquestra fanfarras e grupos culturais. 

Concurso - O verde e amarelo nas decorações das fachadas das casas deram o tom de Copa do Mundo na ornamentação. A mistura das cores do Brasil com elementos como palhas de coqueiros, plantas, penas e crianças fantasiadas de personagens emblemáticos da história da independência embelezaram as frentes dos imóveis. O retorno do concurso promovido pela Prefeitura, por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM), fortaleceu as homenagens à independência, resgatando uma antiga tradição. 

Veterana no concurso, Marise de Menezes, 59 anos, moradora da Ladeira da Soledade há 17, não economizou artigos naturais na decoração. Levando em conta o quesito sustentabilidade, ela usou bastante verde para enfeitar sua sacada. As bandeiras da Bahia e do Brasil deram o colorido na ornamentação que chamou atenção de quem passou pelo local. “Eu quero ganhar mais uma vez”, disse a cuidadora de idosos, que por duas vezes já foi premiada. 

Para o presidente da Fundação da Fundação Gregório de Matos, Fernando Guerreiro, o Dois de Julho é a festa mais forte e impactante por se tratar da manifestação popular que marca a data da independência da Bahia. Questionado sobre a importância do retorno do concurso, ele comentou que a prática fortalece as tradições do povo. “Percebemos que é uma das maiores tradições que a gente tem no Dois de Julho, por ser um cortejo que passa numa área residencial. No entanto, vinha se esvaziando. Por isso, trouxemos de volta".  

Trazendo o mesmo tema do desfile, "Luta pela Paz", o concurso de fachadas vai premiar com R$ 2 mil, R$ 1 mil e R$ 500 os três melhores trabalhos. Uma comissão composta por um servidor da fundação, um representante da sociedade civil e outros dois das faculdades de arquitetura e de belas artes, ambas da Universidade Federal da Bahia (Ufba), passou por todo percurso avaliando as categorias: cívica, preservação do prédio, criatividade, originalidade e utilização de materiais sustentáveis. A previsão é que o resultado seja divulgado em até dez dias após a realização do cortejo.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O secretário municipal de Turismo, Cláudio Tinoco, acredita que o prefeito ACM Neto deve dar a ordem de serviço para o início das obras do Centro de Convenções de Salvador ainda neste mês da independência da Bahia. Presente às comemorações pelo Dois de Julho, Tinoco afirmou que o processo licitatório está na fase final, e destacou a importância do equipamento para a primeira capital do Brasil.  

"O Centro de Convenções, que entra em operação daqui a um ano, será um marco para nossa cidade. Será um importante equipamento para colocar Salvador de volta ao cenário internacional de grandes eventos, projetando nossa cidade no Brasil e no mundo. Isso só faz premiar os esforços dessa gestão para que Salvador assumisse sua independência financeira", declarou.  

Cláudio Tinoco disse que a cidade tem muito o que comemorar neste Dois de Julho além da independência. "Na área do turismo, tivemos o melhor primeiro semestre dos últimos seis anos. Foi um desempenho excepcional e a cidade não parou de receber visitantes", frisou. 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Presente às homenagens aos heróis da independência do Brasil na Bahia, o secretário municipal de Desenvolvimento e Urbanismo, Sérgio Guanabara, afirmou que vai começar a sair do papel o projeto de instalação da unidade nacional de telecobrança do Banco do Brasil em Salvador. A previsão é que a seleção de trabalhadores comece até agosto.  

"Teremos em breve muitas novidades em relação ao call center do Banco do Brasil, que foi uma promessa feita por esta gestão e que vai sair do papel. O local onde o call center vai funcionar vai gerar um impacto positivo na cidade e será anunciado no momento certo", disse Guanabara. A previsão é que o call center gere, no total, 1,5 mil novos postos de trabalho.  

Sérgio Guanabara afirmou que os resultados alcançados pelo programa Salvador 360 já são extremamente positivos para a cidade. "Já temos, por exemplo, quase 40 startups operando no nosso HUB Digital no Comércio, coisa que antes não existia em Salvador. E, em breve, o prefeito ACM Neto vai anunciar o local onde irá funcionar o Pólo de Economia Criativa, também previsto no Salvador 360", revelou. 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis participa do desfile cívico do Dois de Julho ao lado do prefeito ACM Neto e outras lideranças. Ele considerou acertada a escolha do tema da festa deste ano: "Luta pela Paz". "Infelizmente a Bahia é hoje o estado mais violento do país. E esse tema prega que a gente deve lutar para viver em harmonia", salientou.  

Bruno Reis destacou a importância da data e da mensagem de paz, sobretudo para a formação mais jovens. "É importante essa festividade para o resgate de nossa história e para que a gente possa transmitir aos mais jovens o significado desta data. Estamos aqui celebrando os heróis da nossa independência, o que é bastante emocionante", frisou.  

O vice-prefeito declarou o desfile do Dois de Julho é também uma oportunidade de sentir o clima das ruas e ouvir a população. "É uma oportunidade de estarmos ao lado da população, perceber o sentimento das pessoas. É o momento da gente receber informações sobre o que está acontecendo em todos os cantos da cidade. De modo que participar do Dois de Julho é uma tradição em nossa caminhada política e motivo de orgulho", finalizou. 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Presidente da Fundação Gregório de Mattos, Fernando Guerreiro afirmou hoje, na Lapinha, que a escolha do tema dos festejos do Dois de Julho deste ano - "Lupa pela Paz" - teve como objetivo trazer uma mensagem de diálogo em tempos de radicalismo da sociedade brasileira. "Essa é uma festa muito impactante, forte. Eminentemente popular, que é a data de nossa independência. E o tema foi escolhido porque estamos numa época de muito radicalismo, de muitos conflitos, e queríamos aproveitar a data para trazer essa mensagem de que o objetivo final de nossa luta é a paz", declarou.  

Guerreiro, que comanda a entidade organizadora dos festejos, disse ainda que o retorno do concurso de fachadas das residências no entorno do desfile cívico visa o resgate de uma tradição que estava se perdendo. "Ano passado, só tivemos uma fachada decorada. Por isso, decidimos voltar com o concurso para estimular a volta dessa tradição. Já identificamos pelo menos dez imóveis decorados este ano", salientou. Ele afirmou ainda que continua na luta pela implantação de um memorial físico e permanente em homenagem ao Caboclo e à Cabocla. "Seguimos na luta em busca de recursos para o memorial". 

 

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...