Geral

0
0
0
s2sdefault

 

Neste sábado, 14 de março, é comemorado o Dia Nacional dos Animais. A data tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre os cuidados que devem ser dados aos bichinhos, sejam domésticos ou selvagens. Para orientar a população que possui animais quanto aos cuidados fundamentais, bem como em situações de risco, a Prefeitura disponibiliza ações e serviços gratuitos durante todo o ano. As atividades são realizadas pela Diretoria de Promoção à Saúde e Proteção Animal (Dipa) e o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), vinculados à Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

Atualmente, a população tem acesso ao serviço de recolhimento e acolhimento de animais de grande porte que estejam atropelados, caídos ou transitando em via pública, promovido em parceria com a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador). Em situações de maus-tratos, a Dipa faz a avaliação em cães e gatos das condições gerais do ambiente a que o animal está submetido, além de orientações sobre cuidados, guarda responsável e emissão de relatório para encaminhamentos quando necessário. O CCZ realiza a prevenção da raiva animal através da vacinação antirrábica, disposta gratuitamente nos postos municipais.

Já o controle da população de cães e gatos é realizado com a castração, sem custos, através de clínicas conveniadas. Para ampliar este tipo de atendimento, o serviço itinerante de castração animal, conhecido como Castramóvel, percorre diversas regiões da cidade, previamente anunciadas, e cada pessoa tem direito à castração de três animais por mês.

Além disto, uma nova sede da Dipa está sendo construída ao lado da sede do CCZ, na Rua do Mocambo, s/n, - Trobogy. A ampla infraestrutura será destinada ao atendimento de animais e protetores. São promovidos, ainda, importantes serviços de orientação, acompanhamento e encaminhamentos necessários ao cuidado dos animais.

Hospital Veterinário Municipal – Foi publicado recentemente, no Diário Oficial do Município (DOM), o aviso de convocação para cotação de preço para contratação de empresa especializada para implantação, operacionalização e gerenciamento do primeiro Hospital Público Veterinário da capital baiana, previsto para ser inaugurado ainda este ano. “Trata-se de uma conquista que nos deixa extremamente felizes, pois, através de empenho conjunto, poderemos ofertar de forma gratuita todo o cuidado e atendimento de saúde para a população animal, com o respeito, dignidade e carinho que merecem”, declara o titular da SMS, Leo Prates.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

Diante do aumento do número de casos de arboviroses – dengue, zika e chikungunya – e do avanço da pandemia do coronavírus (Covid-19) no Brasil e no mundo, Salvador montou uma estratégia de prevenção e enfrentamento a estas enfermidades, envolvendo tanto o poder público quanto a população. As ações foram apresentadas pelo prefeito ACM Neto e pelo secretário municipal da Saúde (SMS), Leo Prates, em coletiva realizada nesta sexta-feira (13), no Palácio Thomé de Souza, que reuniu também outros gestores municipais e autoridades.

No caso das arboviroses, dentre as ações estão o aumento dos mutirões de limpeza nos bairros, incluindo até mesmo a entrada em imóveis fechados através de autorização judicial, a intensificação da limpeza de canais e a utilização de equipamentos e insumos para combate ao mosquito. Em referência ao coronavírus, apesar de não ter sido confirmado qualquer caso na cidade, a administração municipal está se preparando para a adoção de protocolos para prevenção e já há orientação aos produtores para que seja evitada a realização de eventos com grande aglomeração de pessoas. Por exemplo, o Festival da Cidade, que desde 2014 é realizado em março pela Prefeitura com atrações culturais em celebração pelo aniversário de Salvador, está suspenso.

Combate ao Aedes – De acordo com o prefeito, o aumento do número de casos derivados da presença do Aedes aegypti acendeu a luz amarela na Prefeitura. Sendo assim, as medidas que vêm sendo adotadas ao longo de todo o ano estão sendo intensificadas, especialmente o trabalho conjunto da SMS com a Limpurb para promover o trabalho de limpeza nos bairros, com maior atenção onde há foco.

“Agora, há um problema muito sério: 90% dos focos estão em imóveis particulares, alguns deles abandonados ou fechados. Por isso, a gente faz um apelo a cada morador que tenha atenção para evitar acúmulo de água, que é um convite à presença do mosquito e as consequências são muito graves para a saúde pública. Serão intensificadas, inclusive, algumas medidas mais duras, a exemplo da entrada dos imóveis fechados para fazer a limpeza e multar os proprietários”, alertou ACM Neto.

Outras medidas são o aumento do volume de recursos municipais para o combate ao Aedes, incluindo a contratação de equipes extras para realização dos mutirões também aos finais de semana; compra de equipamentos e insumos específicos para o combate ao mosquito; limpeza de 13 canais nas localidades com maior incidência de casos, com aplicação de inseticidas; e articulação com as Prefeituras-Bairro para implementação de ações educativas e formação de multiplicadores.

Serão realizados, ainda, a implementação de testes rápidos para arboviroses nas unidades de pronto atendimento; capacitação dos profissionais de saúde para atendimento dos casos suspeitos, coleta e encaminhamento de mostras de laboratório; e intermediação do Samu com a rede municipal de saúde para suporte de pacientes com sintomas de dengue, zika e chikungunya.

Números – O secretário Leo Prates informou que, somente neste ano de 2020, a capital baiana registrou Índice de Infestação Predial de 2,3% para as arboviroses, contra 1,9% em dezembro de 2019. Às vésperas do início do período chuvoso, propício para o aumento da proliferação do Aedes aegypti, houve um crescimento de quase 346% do número de casos de dengue, de 640% para a chikungunya e 436% para o zika vírus na cidade.

O Distrito Sanitário Subúrbio Ferroviário lidera a quantidade de ocorrências, com 5,2% dos imóveis com foco do mosquito, tendo o caso emblemático mais recente o ocorrido na comunidade de Muribeca, em São Tomé de Paripe, que registrou até mesmo duas mortes por arboviroses. Outras localidades com alto índice de infestação do mosquito são as regiões do Cabula/Beiru, Itapuã, São Caetano/Valéria e Barra/Rio Vermelho. Além disso, há preocupação com o retorno do tipo 2 do vírus da dengue, que não circulava no Brasil há 17 anos.

Covid-19 - Sobre o Covid-19, o gestor municipal destacou que a capital baiana começou a se preparar desde as primeiras notícias de casos fora da China, onde surgiu este tipo de vírus. Hoje, Salvador possui um protocolo desenhado para enfrentar até mesmo situações mais críticas, se surgirem.

“Não há motivo para pânico, mas de atenção do poder público e do cidadão. Com esse momento de incerteza no Brasil e no mundo, a Prefeitura decidiu suspender o Festival na Cidade. O evento pode acontecer em um momento futuro, quando as preocupações diminuírem e houver mais clareza do que vai acontecer. A recomendação que temos dado a quem trabalha nos setores de eventos é que evitem realizar grandes atividades neste momento. As grandes aglomerações contribuem na disseminação do vírus e multiplicação da doença e devemos trabalhar para mitigar ao máximo. As decisões municipais serão tomadas de acordo com a evolução do quadro do coronavírus”, informou ACM Neto.

De acordo com o titular da SMS, a Prefeitura já possui 30 leitos de UTI para isolamento de pacientes que venham a ter o Covid-19 confirmado. No entanto, as estruturas de referência para tratamento dos casos são os hospitais estaduais Couto Maia, em Cajazeiras, e Otávio Mangabeira, em Pau Miúdo.

“Salvador vem se comportando bem, não temos nenhum caso confirmado e a cidade nem foi a porta de entrada no estado, como se esperava. Estamos ainda no primeiro estágio, que é de conter o vírus, evitando transmissão na cidade. Até ontem (12), foram 119 casos suspeitos, sendo 87 descartados e 32 em investigação. Não é fácil, mas é a primeira tentativa. Depois, vamos adotando cada escala a depender do momento, e podemos dizer que estamos preparados para todos os estágios“, completou Leo Prates.

Ações – As ações de prevenção e enfrentamento ao coronavírus em Salvador seguem a recomendação do Ministério da Saúde e são realizadas em articulação com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). As medidas envolvem a criação de grupo de trabalho de enfrentamento ao vírus; elaboração do Plano Municipal de Contingência Covid-19, acompanhamento da situação com atualização diária; capacitação da rede assistencial do município; inspeções em shoppings e grandes centros comerciais; e orientações para serviços de saúde fundamentados em nota informativa conjunta.

A estratégia prevê, ainda, a realização de ações em conjunto com a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba); confecção e distribuição de material educativo; aquisição de insumos, funcionamento 24h do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde; laboratórios municipais seguirão fluxo de coleta e encaminhamento de mostras para o Laboratório Central do Estado (Lacen); e realização de sessão na Câmara de Vereadores sobre o assunto.

A lista traz, também, a priorização no atendimento da população de risco; realização de palestras para a comunidade; antecipação da campanha de vacinação contra a gripe; contratação de leitos; realização de exames diagnósticos e divulgação das ações realizadas pela SMS nos meios de comunicação.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

Segue até o próximo dia 29 a fase eliminatória dos torneios do game Z-amort, lançado no Circuito Expositivo, Imersivo e Interativo AUSS & AUSS XP, que está em cartaz na Galeria da Cidade no Teatro Gregório de Mattos (TGM), na Barroquinha. Até lá, serão selecionados os oito melhores jogadores para as oitavas de final. O resultado será anunciado no dia 31 deste mês.

Nesta etapa, os participantes jogam apenas uma música, podendo retornar ao circuito quantas vezes quiser. De acordo com a regulamentação da disputa, vale a maior a pontuação obtida durante as eliminatórias.

O Z-amort é o game da AUSS & AUSS que testa as habilidades e percepções musicais dos jogadores. Com mecânica similar ao Guitar Hero, o jogador precisa acionar os comandos no momento exato em que trilhas musicais atingem o limite da tela. Ao vencer uma partida, o jogador se torna um musicogerador da AUSS & AUSS.

Os oito melhores jogadores selecionados disputam as oitavas de final, realizadas no dia 5 de abril, a partir das 15h30. Os participantes jogam duas músicas e a pontuação é a soma dos scores obtidos em cada canção. Nesta fase, serão classificados os quatro melhores para a semifinal que ocorre no mesmo dia, a partir das 16h30. Dessa etapa sairão os dois melhores jogadores classificados para a final.

Na fase decisiva, os participantes disputam em três músicas e a pontuação do jogador é a soma dos scores obtidos em cada uma. A partir das 18h, terá início a grande final. Os participantes jogam seis músicas. O score do jogador é a soma das notas obtidas em cada música. O vencedor da final da etapa 2 enfrenta o vencedor da final etapa 1. A etapa 2 dos torneios ocorrerá, de 7 de abril a 10 de maio, e segue o mesmo o formato da etapa 1.

A final será realizada no dia 10 de maio. O vencedor dos torneios ganhará um kit com óculos de realidade virtual, headphones, camisas, posters, bottom, caneca, adesivos e o título de Musicogerador Honorário da AUSS & AUSS. O 2º e 3º lugares também receberão prêmios exclusivos.

Acesso à tecnologia gratuito – A Fundação Gregório de Mattos (FGM) trouxe para Salvador a ficção científica AUSS & AUSS. A atração narra a história dos gêmeos da família AUSS que, após uma 3ª Guerra Mundial e o fim do petróleo, inventam um sistema que utiliza música, emoções e experiências imersivas para produzir energia e fundar uma companhia.

Criada pelo músico baiano Nikima, que constrói a narrativa com diferentes mídias e multiplica as formas de entreter o público com sua ficção, o AUSS & AUSS conta com um show musical multimídia, games, uma experiência em realidade virtual, um jogo de realidade aumentada, um site com capítulos e músicas da história, além de um cubo feito com LED imersivo e interativo. O Circuito Expositivo, Imersivo e Interativo AUSS & AUSS XP entrou em cartaz na Galeria da Cidade no TGM no dia 29 de janeiro e segue até 10 de maio, de terça a domingo, das 14h às 19h, com entrada gratuita. A classificação indicativa é de 6 anos.

 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Foi publicado no Diário Oficial do Município desta quinta-feira (12) o edital para chamamento público para abertura 4.220 vagas de serviços de convivência e fortalecimento de vínculos para os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de Salvador. As vagas serão distribuídas nos 28 centros da capital para atender crianças, adolescentes e idosos em situação de vulnerabilidade social, com atividades culturais, esportivas e lúdicas. O investimento total é de R$ 4 milhões por ano.

A secretária da Sempre, Ana Paula Matos, afirmou que as vagas ofertadas incluem cursos para os assistidos dos CRAS e moradores das comunidades. “Para além da fonte de renda extra que essas oficinas possibilitam, existe a elevação da autoestima, oportunidade de inserção no mercado de trabalho e renovação da esperança", pontuou.

A diretora de Proteção Social Básica da Sempre, Emanuelle Rodovalho, destacou que "as oportunidades elevam a autoestima dos assistidos". Para ela, “é uma forma de contribuir para o fortalecimento de vínculos, evitar violação de direitos e oferecer uma nova perspectiva de vida aos usuários".

Conforme gestor do Sistema Único de Assistência Social (GSuas), Marcelo Tourinho, o "chamamento é uma complementação das vagas que não foram preenchidas ano passado e estão sendo ofertadas como forma de cumprir a meta de Salvador para vagas de centros de convivência".

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Um levantamento do Setor de Estudos, Pesquisa e Geoprocessamento (Sepeg) da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) aponta que, em 2019, os acidentes de trânsito mataram mais homens do que mulheres na capital baiana. Dos 119 óbitos registrados entre janeiro e novembro do ano passado, 99 envolveram pessoas do sexo masculino, enquanto os outros 20 foram do sexo feminino.

Os principais tipos de ocorrências fatais envolvendo ambos os públicos foram atropelamento, colisão (quando veículos estão em movimento e se batem) e choque (batida em um obstáculo físico). Os meses que mais registraram mortes masculinas em 2019 foram novembro (19 óbitos), março e abril, com 13 cada. No caso das mulheres, março liderou com cinco mortes, seguido por maio e junho, que ficaram empatados – três registros em cada.

Os homens também lideram o ranking de vítimas em acidentes não fatais, com índice superior ao dobro do registrado com as mulheres. Das 4.333 pessoas envolvidas em ocorrências do tipo, no ano passado, 3.087 foram do sexo masculino e 1.246 do feminino.

A gerente de Educação para o Trânsito (Gedut), Mirian Bastos, destaca que o motivo pelo qual homens costumam se envolver em mais acidentes do que as mulheres está relacionado ao comportamento dos motoristas. "Já é cultural. Percebe-se que o espírito de competitividade, aliado à falta de respeito às regras de convivência, é muito forte entre o público masculino. Trata-se de uma característica do gênero. As mulheres são mais prudentes e costumam estar atentas às normas de segurança, principalmente quando são mães."

Referência – Nos últimos anos, Salvador se tornou referência no país e no mundo quando o assunto é a preservação de vidas no trânsito. Para se ter uma ideia, em 2012, as ocorrências fatais envolvendo veículos nas vias da cidade ocupavam a 7ª colocação no ranking de causas de morte. Em 2019, o índice caiu para a 27ª colocação.

A capital baiana atingiu em 2017 – com três anos de antecedência – a meta da Organização das Nações Unidas (ONU) para a década 2011/2020, que estabelece redução em 50% do índice de mortes no tráfego. Países de diversas partes do planeta se comprometeram em trabalhar para atingir o objetivo. Entre 2012 a 2017, a metrópole soteropolitana reduziu em 51% o número de fatalidades no trânsito.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Diretoria de Defesa do Consumidor de Salvador (Codecon) apresenta, nesta sexta-feira (13), o ranking das empresas mais reclamadas por consumidores na capital baiana em 2019. A apresentação do Cadastro de Reclamação Fundamentada será no auditório da Faculdade Uniceusa, na Avenida Jorge Amado, no Imbuí, às 8h30. Na oportunidade, também serão lançados o site da Codecon, com serviços aos cidadãos, e o novo Sistema de Fiscalização do órgão, ambos desenvolvidos pela Companhia de Governança Eletrônica do Município (Cogel).

 A diretora da Codecon, Roberta Caires, explica que apresentação do cadastro é uma exigência estabelecida pelo artigo 44 do Código de Defesa do Consumidor (CDC). “Dos mais de 14 mil atendimentos realizados pela Codecon no ano passado, 224 fornecedores entraram neste ranking”, disse a diretora. Na lista figuram bancos, financeiras, planos de saúde, companhias aéreas, de água e energia elétrica, faculdades e operadoras de telefonia.

 As reclamações mais recorrentes são cobrança indevida e abusiva, vício de qualidade do produto ou na prestação de serviço, o não fornecimento de documentos, como nota fiscal, e dano material ou pessoal decorrente do serviço prestado.

 Site de serviços – Por meio do novo site e do aplicativo da Codecon, os cidadãos poderão fazer denúncias online, sendo mais um canal para que busquem seus direitos, com a possibilidade de mandar fotos para compor e formalizar a denúncia. “Expandir o acesso do consumidor à Codecon é democratizar a Defesa do Consumidor em Salvador. Hoje, a Codecon vai aos bairros com o programa Codecon & Você, e o cidadão pode nos procurar pessoalmente, pelo aplicativo e ou pelo Fala Salvador 156”, diz Roberta Caires.

 A diretora salienta que o site é mais uma ferramenta de defesa para o consumidor, que não precisará ir até a sede para se informar e providenciar os documentos necessários, podendo resolver boa parte da demanda de forma remota. “Isso reflete não apenas na comodidade para o cidadão, mas também na aperfeiçoa nossa forma de atendê-los”, complementa.

 Além disso, na aba Cálculo, as pessoas terão acesso aos formulários de cálculo para preenchimento prévio, com as informações necessárias antes de irem ao órgão. Na aba Transparência, o consumidor terá acesso aos dados do balanço anual de ações do órgão, e o Cadastro de Reclamação Fundamentada, que tem o ranking das empresas mais denunciadas por consumidores.

 Fiscalização – O consumidor também contará, a partir desta sexta-feira (13), com uma Codecon mais moderna. Dentro do planejamento do Sistema Informatizado Integrado do órgão, a Codecon lança o primeiro módulo, o Sistema de Fiscalização 1. Técnicos da equipe administrativa do órgão, encarregados de alimentá-lo, passarão por treinamento a partir da próxima semana.

 Já teremos mais consistência nas informações de gestão, como o mapeamento das nossas ações rapidamente delimitado por bairros”, declara Roberta. O sistema, nessa primeira fase, permitirá ainda a emissão de relatórios para orientar o planejamento das ações da Codecon. Com os dados coletados, será dado tratamento focado em demandas específicas, com gestão das demandas e da equipe de trabalho.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto e o secretário municipal de Saúde, Leo Prates, anunciam nesta sexta-feira (13), em coletiva no Palácio Thomé de Souza, às 9h30, novas medidas de combate ao mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, zika e chikungunya. Serão anunciadas, por exemplo, ações que envolvem a criação de penalidades e multas para imóveis abandonados que representem risco à saúde pública, com a intervenção da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur).

 

Também serão detalhadas ações como ampliação da atuação e das equipes de combate ao mosquito nos finais de semana, crescimento dos mutirões, manejo ambiental, aquisição de insumos e equipamentos, campanhas de conscientização nas ruas e através da mídia e trabalho articulado com lideranças comunitárias.

 

Dados - Entre janeiro a março deste ano, os casos de arboviroses cresceram bastante em Salvador quando há comparação com o mesmo período de 2019. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o número de pessoas que contraíram a dengue saltou de 519 para pouco mais de 1,5 mil. Os dados relativos a chikungunya e zika tiveram, respectivamente, um salto de 167 para 661 e de 32 para 150.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Apaixonada pela profissão, a bibliotecária Adijane Ribeiro, de 44 anos, é formada em biblioteconomia pela Universidade Federal da Bahia há 19 anos, e se prepara para assumir a coordenação da Biblioteca Denise Tavares, na Liberdade. Ela celebra com reflexão e alegria o dia dedicado aos bibliotecários, comemorado nesta quinta (12).

 A rotina de Adijane começa com a catalogação e a classificação de livros, além de gerenciar a biblioteca. Os livros são organizados por ordem numérica e classificados por generalidades, referência, literatura e de acordo com temas. O trabalho é realizado para facilitar o acesso, as classificações são subdivididas por assuntos e lançadas no sistema para que sejam facilmente encontrados pelos usuários.

 Emocionada, ela conta que se encantou pelo universo dos livros durante o ensino médio, quando foi estagiária de uma biblioteca, e decidiu seguir o caminho dos livros. “Eu sou amante da profissão, faço porque gosto e, principalmente, porque tenho prazer. Trabalhei durante treze anos em uma escola, e era prazeroso ver as crianças procurando a biblioteca para fazer uma leitura, até mesmo quem tinha dificuldade para ler se interessava em ir aprender. Então, isso me deixa feliz”, pontua.

 Adijane Ribeiro lembra que a tecnologia veio para ajudar os bibliotecários, oferecendo suporte para a acessibilidade dos livros. Antes, todo o trabalho era realizado através de fichas catalográficas, acumulava diversos arquivos e era preciso procurar um a um para localizar o livro que o usuário queria. “A tecnologia melhorou muito a vida do bibliotecário, tanto na parte de registro, quanto na busca, catalogação e classificação. É algo que veio para ajudar, mesmo que as pessoas leiam no celular ou na internet, a biblioteca não vai deixar de existir por conta da tecnologia, ela é uma aliada”.

 Nesse novo desafio, a bibliotecária pretende mediar um diálogo com os leitores, através de ações voltadas para leitura como rodas de conversa, bate-papo com autores, clube de leitura, oficinas, encontros e rodas de leitura. “Esse é o momento mais marcante de minha carreira. É a primeira vez que estou assumindo uma biblioteca pública, dentro de uma comunidade grande como a Liberdade e tenho certeza que muitos leitores virão em busca de informação. Será um desafio manter a Biblioteca sempre atrativa para todos”.

 Ações - Desde 2017, a Prefeitura vem atuando fortemente no fomento à leitura e incentivo aos livros com várias ações. Ao todo, o município conta com quatro bibliotecas físicas e projetos de leitura desenvolvidos em toda a cidade. Além de 29 bibliotecas comunitárias.

 “São dez projetos encampados pelo município, através dessa gerência que eu ocupo com a valorização de escritores, incentivo a leitura, difusão de livros e títulos. Através de ações desenvolvidas entre os meses de março e dezembro de 2019, movimentamos 175 mil leitores. Isso prova que Salvador tem público leitor e que gosta de ler”, afirma a gerente de Biblioteca, Livro e Leitura da Fundação Gregório de Matos (FGM), Jane Palma.

Curiosidade – 
O Dia do Bibliotecário passou a ser comemorado todo dia 12 de março, em homenagem a data do nascimento de Manuel Bastos Tigre, bibliotecário, jornalista, poeta, compositor, humorista e publicitário brasileiro. Após formar-se engenheiro, Bastos especializou-se em Eletricidade nos Estados Unidos, país onde conheceu Melvil Dewey, bibliotecário que instituiu o Sistema de Classificação Decimal.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Que tal iniciar o fim de semana ouvindo hip hop? Então, prepare algumas roupas bem folgadas, uma caixa de som potente e siga a batida. A Prefeitura, através da Fundação Gregório de Mattos (FGM), realiza o Festival de Hip Hop Nas Quebradas do Subúrbio Ferroviário. O projeto integra o edital Arte Todo Dia – Ano V, da FGM. O evento acontece nesta sexta-feira (13), às 16h, na Praça da Revolução, em Periperi.

“A ideia do projeto é que estes jovens se expressem através da música. Dentro do gênero musical hip hop, eles vão contando as suas realidades e a situação atual em qual nós vivemos. E isso é muito bom, pois vamos dando espaço para que eles mostrem o seu potencial”, explica o produtor da iniciativa, Fabrício Cumming.

A iniciativa ganhou espaço entre os jovens moradores do Subúrbio, que têm se interessado em usar o hip hop para desabafar e contar sobre suas situações pessoais ou acontecimentos públicos. “É um espaço aberto para que todos possam se expressar” diz Fabrício Cumming.

O produtor destaca a importância do apoio da FGM. “Sem a colaboração e o auxílio do município, o projeto não existiria. Nesta edição termos uma seleção só com mulheres para representarem na batalha no dia 20 de março. E vamos que vamos. Vamos construindo e organizando o projeto com toda a estrutura que o edital disponibiliza”, ressalta.

Inscrição - Para participar da batalha, é necessário fazer a inscrição através do Instagram @ vempraruarapper e confirmar a presença no dia do evento. Serão escolhidos dois participantes para concorrer na final que acontecerá no dia 27 de março, às 16h, na Praça São Braz, em Plataforma. O grande vencedor da final, será premiado no valor de R$ 1 mil.

As próximas atividades do festival acontecem no dia 20 de março, às 16h, na Praça João Martins, em Paripe. Por fim, no dia 27 de março acontece a grande final que contará com a participação de oitos pessoas. O evento final também será às 16h, na Praça São Braz, em Plataforma.

 

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...