Geral

0
0
0
s2sdefault

Com os festejos do Dois de Julho, data em que se comemora a Independência do Brasil na Bahia, alguns serviços da Prefeitura de Salvador funcionam em esquema especial. Saiba como atuam os órgãos municipais na próxima segunda-feira (02), dia do desfile que sai do Largo da Soledade em direção ao Campo Grande, e que neste ano traz o tema “Luta pela Paz”. 

Trânsito - A Transalvador fará o desvio de tráfego e montagem de barreiras em diversas vias, entre os dias 1º e 10 de julho. Em Pirajá, na Rua Oito de Novembro, nas proximidades do Largo do Panteon, o estacionamento de veículos estará proibido no domingo (1), das 07h às 18h; na quarta-feira (6) e na quinta-feira (7), das 17h à 1h do dia subsequente, e na sexta-feira (8), das 7h30 à 1h do dia subsequente. A opção de tráfego são as Ruas 24 de Agosto e Oscar Seixas. Já os veículos do Sistema de Transporte Coletivo deverão utilizar o terminal da Rua Nova.  

A partir de 0h do dia 2, no Largo da Lapinha, Corredor da Lapinha, Largo da Soledade, Ladeira da Soledade, Rua São José de Cima, Rua Emídio dos Santos, Rua dos Perdões, Largo da Quitandinha do Capim, Rua dos Adobes, Ladeira do Boqueirão, Rua Direta de Santo Antônio, Largo da Cruz do Pascoal, Rua do Carmo, Rua do Passo, Largo do Terreiro de Jesus, Praça da Sé, Rua da Misericórdia e Praça Municipal também ficam proibidos estacionamento e circulação de veículos. A partir das 5h do dia 2, o estacionamento será proibido na Praça Municipal, Rua Chile, Praça Castro Alves, Avenida Sete de Setembro - nas regiões de São Bento, São Pedro, Piedade, Rosário, Mercês, e Passeio Público -, e no Largo do Campo Grande.  

A circulação de veículos estará proibida a partir das 13h de segunda-feira (2), na Praça Municipal, Rua Chile, Praça Castro Alves, Avenida Sete de Setembro - nas regiões de São Bento, São Pedro, Piedade, Rosário, Mercês, Passeio Público e no Largo do Campo Grande. 

Os veículos do Sistema de Transporte Coletivo terão como opção de tráfego, sentido Centro, a Rua Lima e Silva, Rua Pero Vaz, Rua Conde de Porto Alegre, Largo do Tamarineiro, Rua Rodrigo de Menezes, Rua Quinta dos Lázaros, Rua General Argolo. Já saindo do Centro, estes veículos terão como opção de tráfego o Largo Dois Leões, Av. Glauber Rocha, Rua Quinta dos Lázaros, Rua Rodrigo de Menezes, Largo do Tamarineiro, Rua Conde de Porto Alegre, Rua Pero Vaz, Rua Lima e Silva.   

A partir das 05h de segunda-feira (02), será realizado desvio do tráfego de veículos da Rua Lima e Silva para a Rua Pero Vaz, ambas no bairro da Liberdade. A Rua Emídio dos Santos, no Barbalho, terá sentido duplo de tráfego no trecho entre a Rua Professor Viegas e a Travessa Emídio dos Santos, das 8h às 12h do dia 02. Também haverá corredor especial de tráfego, exclusivamente para veículos credenciados, na Avenida Anita Garibaldi, Dique do Tororó, Rua Djalma Dutra, Dois Leões, Estrada da Rainha, Largo do Queimadinho, e Rua Campos França (contra-fluxo). Serão instaladas 47 barreiras, entre fixas e móveis, a partir da noite de domingo (01).   

Saúde - A Secretaria Municipal de Saúde estará com uma ambulância de plantão desde sábado (1º), quando ocorre a chegada do fogo simbólico em Pirajá. Uma unidade de suporte básico ficará estrategicamente estacionada no Largo de Pirajá para dar suporte aos cidadãos que precisarem de atendimento em saúde. 

Durante o cortejo que sai do Largo da Soledade em direção ao Campo Grande, no Dia Dois de Julho, uma ambulância básica e uma dupla de “motolâncias” acompanharão as pessoas que participarem das comemorações. As Unidades de Pronto Atendimento dos Barris e Brotas também funcionarão como retaguarda para receber possíveis remoções. 

Ordem pública - A Secretaria Municipal de Ordem Pública vai atuar com um efetivo de 30 agentes de fiscalização, que irão ordenar o trecho por onde passará o desfile do Dois de Julho. A Subcoordenação de Combate à Poluição Sonora irá manter o pronto atendimento com base nas denúncias do Fala Salvador (156), além do monitoramento dos carros de som que vão para o circuito. 

Guarda Municipal - A Guarda Civil Municipal (GCM) designou um efetivo de 210 agentes para apoiar a comemoração da Independência da Bahia, nas diversas atividades envolvidas nos festejos. Os guardas civis foram solicitados por órgãos e entidades do poder público para atuar preventivamente, na proteção do patrimônio público, garantia dos serviços e ordem pública, além da integridade física dos servidores envolvidos. 

Distribuídos por eventos entre os dias 1º e 5 de julho, os agentes apoiam a recepção do “Fogo Simbólico” (Largo de Pirajá), a Cerimônia em apoio ao General Labatut (Pirajá), a segurança ininterrupta da Praça Campo Grande, da comitiva da Prefeitura e dos carros dos caboclos, e a organização dos festejos com agentes por todo o trajeto. Conforme em todos os anos desde sua fundação, em 2008, a corporação também desfilará no Cortejo Cívico do Dois de Julho. 

Semps - A Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps) atuará com duas linhas: Atendimento à população em Situação de Rua e Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). O atendimento à população em situação de rua tem como objetivo de oferecer oportunidades de vida com dignidade, aproveitando as alternativas oferecidas pelo município, realiza ações de abordagem social periódicas à população em situação de rua em toda a cidade. Já o PETI é voltado à erradicação do o trabalho infanto-juvenil, por meio da transferência de renda, do acesso e permanência na escola, acesso à saúde, alimentação, esporte, lazer, cultura, bem como, a convivência familiar e comunitária. 

Defesa Civil - A Defesa Civil de Salvador (Codesal) manterá o plantão 24 horas para atender a população em caso de emergência.  

Salvamar - A Coordenadoria de Salvamento Marítimo (Salvamar) irá trabalhar com um efetivo de 80 homens no trecho de Jardim de Alah até a Praia de Ipitanga, área de responsabilidade da Prefeitura de Salvador, durante o feriadão. Serão 30 postos fixos e quatro volantes. 

Sedur - Os blimps não poderão ser utilizados durante o desfile. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) reforça a proibição baseada no decreto 29.318/2017. Também são proibidos faixas, placas e painéis publicitários. O descumprimento da norma durante o desfile acarretará em multa e apreensão, com possível inutilização dos materiais. 

FGM - Os equipamentos culturais mantidos pela Fundação Gregório de Mattos (FGM) - Casa do Benin, Espaço Barroquinha e Teatro Gregório de Matos - terão suspensas as atividades. 

Secult – A Casa do Carnaval e a Casa do Rio Vermelho não funcionam dia de segunda-feira. Os Fortes Santa Maria e São Diogo funcionarão a partir das 14h, em razão do jogo do Brasil contra o México pela Copa do Mundo. 

Semtel – Projeto Ruas de lazer segue de recesso e só voltará no dia 6 de julho. O SIMM não funciona.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Em Salvador, pouco mais de 23 mil ainda não completaram a imunização 

Com o objetivo de proteger integralmente crianças de seis meses a oito anos que se imunizaram pela primeira vez esse ano contra a gripe, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) alerta sobre a baixa procura dessa faixa etária para receber a segunda dose da vacina. O intervalo entre as doses é de um mês (30 dias). Na primeira etapa, 30 mil crianças foram imunizadas contra o influenza. Até o momento, pouco mais de 7 mil buscaram as unidades de saúde para receber a segunda dose. 

“Os pais e responsáveis pelas crianças têm de estar conscientes da importância de proteger os pequenos contra as complicações da gripe por meio de uma ação simples e gratuita. Garantir a imunização agora é fundamental para evitar complicações nos meses de maior transmissibilidade das doenças respiratórias”, declarou Doiane Lemos, subcoordenadora de Doenças Imunopreveníveis.  

É contra indicado buscar a segunda dose do imuno antes do final do prazo estabelecido que consta no cartão de vacinação. “Esse intervalo é recomendado porque é o tempo necessário para o organismo produzir maior número de anticorpos, ou seja, maior imunidade”, esclareceu Doiane. Mesmo com a finalização da estratégia de vacinação na capital baiana, 130 mil doses se encontram disponíveis nas 126 salas de vacina da rede municipal das 8h às 17h.  

Casos de H1N1 – Só neste ano, foram registrados 91 casos de H1N1 e 20 de influenza B confirmados com 13 óbitos, incluindo de uma criança de apenas dois anos. Agora, a oferta do imunobiológico que protege contra o H1N1, H3N2 e o influenza do tipo B foi ampliada para crianças de 5 a 9 anos de idade e adultos de 50 a 59 anos, além do público alvo, seguindo orientação do Ministério da Saúde. Os dois novos grupos recomendados pelo Ministério da Saúde são suscetíveis a desenvolver complicações por causa da influenza, como pneumonia ou uma internação hospitalar por isso uma ótima oportunidade de ficarem imunizados.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura de Salvador rechaça veementemente a insistente tentativa da vereadora Aladilce Souza (PCdoB) de propagar pelas redes sociais de forma injuriosa e difamatória fake news sobre a ONG Parque Social, envolvendo o prefeito ACM Neto e familiares.

Antes de fazer acusações infundadas, a mandatária do Legislativo Municipal deveria se informar sobre a instituição e a composição atual de seu quadro diretivo. Se assim tivesse procedido, evitaria a manifestação pública de total escárnio com a verdade.

Ao contrário do que a vereadora vem divulgando irresponsavelmente, Maria do Rosário Vianna de Magalhães, mãe do prefeito ACM Neto, não preside a instituição sem fins lucrativos, voltada à promoção da assistência social. Realiza trabalho totalmente voluntário, sem nenhuma remuneração ou qualquer ônus à entidade ou ao município.

Pela sua dedicação e abnegação, Maria do Rosário é considerada a presidente de honra da ONG Parque Social. Com a sua firme colaboração, a entidade tem promovido ações de assistência social, com foco na aprendizagem e capacitação profissional, a exemplo do Projeto Jovem Aprendiz Empreendedor.

Ao requerer da Câmara Municipal autorização de convênio com a ONG Parque Social para o Projeto Jovem Aprendiz Empreendedor, no valor de R$ 6 milhões, a Prefeitura está investindo no futuro da juventude de Salvador, com a certeza de total transparência e garantia de que os recursos serão geridos por uma das quatro entidades baianas avalizadas pelo Ministério do Desenvolvimento Social com a Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social (CEBAS), que é concedido somente àquelas organizações que possuem atuação exclusiva ou preponderante na área de assistência social.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Salvador ficou mais verde nesta terça-feira (26), com a realização do plantio de 115 árvores nativas da Mata Atlântica, no Dique do Tororó. A ação contou com o apoio da população e reuniu membros da Caravana Mata Atlântica, constituída por técnicos da Secretaria Cidade Sustentável e Inovação (Secis) e moradores da região, que plantaram as árvores em esquema de mutirão. Dentre as espécies selecionadas para esta ação de plantio estavam mudas de sibipiruna, ipê e pata-de-vaca.

Esta ação ocorreu por meio da Operação Plantio Chuva, que foi lançada em maio deste ano e tem o objetivo de aproveitar o período chuvoso – época ideal para o bom desenvolvimento das plantas – para arborizar espaços públicos da cidade. Desde o início do projeto, 937 árvores foram plantadas em bairros de Salvador, sendo a maioria de espécies nativas da Mata Atlântica. Trinta e oito lugares da cidade já foram contemplados com a iniciativa, dentre elas Itaigara, Comércio, Calçada, Saboeiro, Piatã e Boca da Mata.

A Caravana Mata Atlântica acompanha o plantio quando a ação é solicitada pelos moradores através do Disque Mata Atlântica. Ao todo, 441 árvores foram plantadas nas dez oportunidades que contaram com a participação da Caravana. As áreas beneficiadas foram Cajazeiras X, Canabrava, Largo de Roma e Avenida Centenário, além de dois Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs).

Um dos CMEIs beneficiados foi o localizado na Boca do Rio, que ganhou um pomar com dez árvores frutíferas, entre goiabeiras e mangueiras. No local a ação ocorreu com o auxílio de alunos, pais e funcionários da escola, formando uma bonita ação em prol da preservação da natureza.

Salvador mais verde – Para incentivar a preservação e o plantio de árvores, a Prefeitura dispõe do Disque Mata Atlântica – serviço de delivery gratuito de mudas nativas deste bioma. Até abril último, o serviço distribuiu mais de 3.460 mudas de árvores para a população soteropolitana.

Para solicitar um exemplar, o cidadão tem três maneiras de entrar em contato: através do telefone (71) 3611-3802, pelo WhatsApp (71) 98549-8453 ou pelo Fala Salvador, no número 156. É necessário informar nome completo, e-mail e telefone para contato, além de endereço com CEP.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Iniciativa firmada junto ao BID engloba ações essenciais para promoção da sustentabilidade social, econômica, urbana e ambiental

O prefeito ACM Neto assinou, nesta terça-feira (26), o contrato que viabiliza o crédito de U$ 135 milhões (equivalente a R$ 507,6 milhões) para a realização do projeto Novo Mané Dendê junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Este é o maior investimento público da história da Prefeitura de Salvador na área do Subúrbio da cidade, e demonstra a credibilidade financeira e fiscal que Salvador conquistou com a atual gestão. 

Com a iniciativa, 34 mil moradores dos bairros de Santa Terezinha, Plataforma, Ilha Amarela, Itacaranha e Rio Sena serão beneficiados com ações essenciais para promover a sustentabilidade social, econômica, urbana e ambiental da região. A estratégia de intervenção no local consiste na execução de obras de macrodrenagem do canal do Mané Dendê (2 km), implantação da rede de esgotamento sanitário com 1.800 novas ligações, tratamento e disposição final de seus efluentes. 

Além disso, moradias que se encontram em áreas de risco e nas linhas de drenagem serão realocadas e outras 970 serão construídas dentro da área do projeto para o reassentamento de famílias. O contrato prevê ainda a urbanização de áreas públicas a partir da ampliação da capilaridade viária; a construção de passeios e rotas de acessibilidade; a execução de um sistema de drenagem complementar e a recuperação do sistema de drenagem existente. 

Durante a reunião, realizada em Brasília, o prefeito ACM Neto ressaltou a importância da conquista para a população da cidade: “Estamos trabalhando na negociação desse contrato há mais de três anos. Foi uma luta intensa, e o resultado é fruto de um trabalho técnico importantíssimo. Com isso, vamos viabilizar investimentos na área de saneamento básico e de infraestrutura integrada para a Bacia do Mané Dendê, que fica em uma das áreas mais pobres da nossa cidade onde, infelizmente, muitas famílias ainda vivem em condições precárias”. 

Os moradores da região do Mané Dendê também serão contemplados com a construção de um mercado público, duas creches, um centro cultural multiuso, um terminal de ônibus, 24 praças, além de vias de acesso de transporte público e recuperação das nascentes existentes no local. 

“A partir de agora, temos que acelerar ao máximo o início da execução dessas ações e das obras previstas. Montamos uma equipe na Prefeitura voltada somente para isso. Vai ser um sucesso e a população do Subúrbio vai viver com mais qualidade de vida com esses recursos que a Prefeitura vai investir”, destacou ACM Neto após o encontro.

O acordo firmado junto ao BID estabelece que, do montante total, 50% será de contrapartida da Prefeitura e os outros 50% serão destinados pelo Banco. A expectativa é que a execução do projeto seja concretizada nos próximos cinco anos. A iniciativa é mais um exemplo da política adotada pela atual gestão da cidade, que prioriza os investimentos públicos às áreas mais carentes de Salvador. Desde a posse de ACM Neto, a Prefeitura tem priorizado os investimentos nas áreas mais pobres: ao menos 76% das despesas públicas foram direcionadas a essas áreas. 

Também participaram do ato Félix Pietro, representante interino do BID no Brasil; Luiz Carreira, chefe da Casa Civil da Prefeitura de Salvador; Gustavo Mendez, especialista do setor Water and Sanitation (WSA) no Brasil e chefe de equipe do projeto; e Suely Dib, procuradora da Fazenda Nacional.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A indicação mais votada pelos moradores de Jardim Santo Inácio, através do programa Ouvindo Nosso Bairro, foi transformada em realidade pela Prefeitura. A Praça do Fim de Linha do bairro foi entregue completamente requalificada, na noite desta segunda-feira (25), pelo prefeito ACM Neto, acompanhado do secretário de Manutenção (Seman), Virgílio Daltro, e do presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), Marcílio Bastos, além de demais gestores municipais, autoridades e população.

 

Ao lado dos dois filhos, de cinco meses e sete anos de idade, a auxiliar de classe Railda Santos, de 37 anos, ressaltou a importância do equipamento para pessoas de todas as idades. “Moro aqui há três anos e não tinha um espaço de lazer para as crianças. É um bairro distante e fica difícil levar elas para outros locais. Agora o lugar fica lotado. É um espaço muito bom até mesmo para adultos”, afirmou.

 

O prefeito lembrou que a área de convivência e lazer era uma reivindicação antiga dos moradores. “Isso aqui não podia antes ser considerada uma praça. É uma obra que ficou em primeiro lugar na preferência dos moradores de Jardim Santo Inácio, no Ouvindo Nosso Bairro. Este é um exemplo de que quem sabe melhor sobre a necessidade do bairro é o morador, o cidadão”, afirmou ACM Neto.

 

Estrutura – O espaço possui 792 m² de extensão e oferta à população acesso a recursos de entretenimento e saúde para todas as idades. O local foi projetado pela Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Manutenção (Seman).

 

Os cidadãos já aproveitam estruturas como parque e espaço infantil, academia de saúde e musculação, mesas para a prática de jogo e bancos modulares. Também foram implantados no local estrutura de pergolado, piso intertravado e acessibilidade total com rampas, possibilitando a utilização do espaço por pessoas com quaisquer dificuldades motoras, além de paisagismo, iluminação e comunicação visual com campanhas educativas.

 

O projeto também contou com o uso da tecnologia através de registros aéreos feitos com drone, o que facilitou o traçado do espaço e dinamizou a construção da praça.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Em função da realização do jogo da Seleção Brasileira contra a Sérvia pela Copa do Mundo na Rússia, que acontece nesta quarta-feira (27), às 15h, as estruturas municipais terão horário de funcionamento alterado. No caso dos órgãos municipais, o expediente será de 8h às 13h, mediante acréscimo de uma hora de trabalho em dias acordados por cada repartição.

No caso dos espaços culturais administrados pela Prefeitura, a Casa do Rio Vermelho, memorial do casal de escritores baianos Jorge Amado e Zélia Gattai, funciona até às 14h e reabre normalmente na quinta-feira (28). Os espaços Carybé das Artes e Pierre Verger da Fotografia Baiana, situados nos fortes São Diogo e Santa Maria (na Barra), também encerram a visitação às 14h.

Já o Espaço Cultural da Barroquinha e o Teatro Gregório de Mattos, ambos no Centro, dão continuidade ao recesso junino esta semana e só reabrem normalmente na quinta-feira (28).

Os serviços essenciais da Prefeitura, a exemplo dos ofertados nas áreas de Saúde e Defesa Civil, prosseguem o plantão normal. O esquema especial de funcionamento durante os jogos do Brasil na primeira fase da Copa está publicado em decreto no Diário Oficial do Município (DOM) do último dia 12.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Nesta terça-feira (26), às 14h, será realizado o plantio de 115 árvores nativas da Mata Atlântica no Dique do Tororó. A ação, promovida pela Secretaria da Cidade Sustentável e Inovação (Secis), contará com a presença do titular da pasta, André Fraga, e terá a participação da Caravana Mata Atlântica, que reúne os técnicos e os moradores da região para plantar as árvores. Sibipiruna, ipê e pata-de-vaca são as espécies escolhidas para a ocasião. O ponto de encontro para os interessados em participar da atividade será no estacionamento. Com a iniciativa, o número de árvores plantadas na capital através da Operação Plantio Chuva, lançada em meado de maio deste ano, sobe para 937.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Já estão em fase final os preparativos, realizados pela Prefeitura por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM), para os festejos em Salvador da considerada data magna do estado. O 2 de Julho – dia em que é celebrada a Independência do Brasil na Bahia – traz este ano o tema “Luta pela Paz” e mais duas novidades. Uma delas é a mudança da data e local do Te Deum, que será celebrado no próprio dia da festa, às 6h30, na Paróquia da Lapinha. A segunda é o retorno do concurso de fachadas, que vai premiar com R$ 2 mil, R$ 1 mil e R$ 500, as três melhores decorações das fachadas situadas no trajeto do cortejo, entre a Lapinha e o Terreiro de Jesus.

O presidente da FGM, Fernando Guerreiro, explica que o tema deste ano foi escolhido por a população brasileira estar vivendo um período conturbado, com muitos conflitos e radicalismo, principalmente no campo das relações humanas. “A ideia é destacar esse lado do Dois de Julho, lembrando que esse movimento foi uma luta que objetivava a paz, o desejo de viver em paz, e que esse mote ficou esquecido. Na luta diária que travamos em nosso país, o que todo o povo brasileiro mais clama, nos dias de hoje, é viver em paz”, salienta.

O artista convidado para criar a marca deste ano foi Ray Vianna, que considera o 2 de julho uma data simbólica para a Bahia. “Representa a constante busca pelo direito à liberdade, à uma vida digna e à união de um povo. Pra mim, como artista ligado às manifestações culturais públicas, fico muito honrado em poder contribuir. Acho uma festa linda, com o povo que participa ao decorar suas casas e se fantasiar. Eu mesmo gosto muito de seguir o cortejo.”

Programação – A programação das datas que marcam os 195 anos das lutas pela independência do Brasil na Bahia tem início no próximo sábado (30), com a saída do Fogo Simbólico da cidade de Cachoeira. A tocha vai passar pelas cidades de Saubara, Santo Amaro da Purificação, São Francisco do Conde, Candeias e Simões Filho, com destino ao bairro de Pirajá, em Salvador, conduzido pelos soldados do Exército e atletas baianos.

O município de Cachoeira, ponto de partida da chama, teve extrema importância na luta pela libertação. Foi lá que ocorreu o rompimento com a Coroa Portuguesa, em 25 de junho de 1822, e se tornou o quartel-general das tropas libertadoras que lutaram na Bahia contra a esquadra de Portugal.

No domingo (1º), os atos comemorativos começam às 16h, com a chegada do fogo simbólico ao bairro de Pirajá. No mesmo horário, haverá o acendimento da Pira, no Largo de Pirajá, o hasteamento das bandeiras por autoridades e a colocação de flores no túmulo do General Labatut.

Ápice – No dia 2 de julho (segunda), ápice das comemorações, uma alvorada com queima de fogos na Lapinha, às 6h, abre a programação da data. Às 6h30, tem inicio a celebração religiosa do Te Deum que, este ano, vai homenagear a arquiteta e historiadora Socorro Martinez, autora do livro "2 de Julho: a Festa é História".

Às 7h30, será realizado o hasteamento das bandeiras por autoridades, com a execução do Hino Nacional pela Banda de Música da Marinha do Brasil, com a presença do prefeito ACM Neto, do governador da Bahia, Rui Costa, do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Ângelo Coronel, e do presidente do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB), Eduardo Morais de Castro.

Em seguida, acontece a Colocação de Flores no monumento ao General Labatut, e na sequência os carros emblemáticos do Caboclo e da Cabocla serão entregues pelo presidente do IGHB para que desfilem pelas ruas do bairro da Liberdade, Santo Antônio Além do Carmo, Pelourinho e Avenida Sete de Setembro em direção ao Largo Dois de Julho (Campo Grande). O cortejo cívico que acompanha os carros do caboclo e da cabocla sai da Lapinha.

O 195º ano de comemorações do Dois de Julho será finalizado por volta das 17h, no Campo Grande, em ato simbólico de hasteamento das bandeiras do Brasil, Bahia e Salvador, colocação de coroas de flores no monumento ao 2 de julho pelas autoridades presentes e acendimento da Pira do Fogo Simbólico pelo pugilista Acelino “Popó” Freitas, atleta baiano que projetou internacionalmente o nome de seu estado e este ano terá produzida uma série sobre sua vida.

Programação cultural – O 2 de Julho será celebrado também com diversas atrações culturais. Uma delas é o XXVI Encontro de Filarmônicas, sob regência do maestro Fred Dantas e que ocorrerá das 17h30 às 21h30 da segunda-feira (2), no Campo Grande. No mesmo local, na terça-feira (3), o público vai poder participar do Baile da Independência com a Orquestra do Maestro Fred Dantas, das 18h às 21h30.

Excepcionalmente na quarta-feira (4), às 18h, o Espaço Cultural da Barroquinha apresenta o 14º encontro da série “Patrimônio É...”, roda de conversa mensal sobre educação patrimonial. Desta vez, o debate será dedicado especialmente à data magna da Bahia, com o tema Rotas da Independência.

As celebrações serão encerradas às 18h30 do dia 5 de julho, com a volta dos Carros Emblemáticos à Lapinha. O ato contará com a participação da Orquestra do Maestro Reginaldo de Xangô, fanfarras e grupos culturais.

Concurso – O Concurso de Fachadas do 2 de Julho tem como intuito valorizar os imóveis dessa região, no dia em que se comemora os 195 anos da Independência do Brasil na Bahia, além de incentivar a preservação da memória e do patrimônio cultural de Salvador. Para estimular a tradição da decoração das fachadas situadas no trajeto do Cortejo Cívico, a FGM vai premiar as três melhores decorações que atendam a temática cívica, a preservação do prédio, criatividade e originalidade e utilização de materiais sustentáveis. Não é necessária inscrição prévia.

Para participar, basta decorar a fachada do imóvel dentro do trajeto oficial do circuito 2 de Julho, conforme sinalização. O prêmio será destinado ao dono do imóvel ou ao locatário mediante comprovante da propriedade ou contrato de locação. Os vencedores terão cinco dias úteis para entregar a documentação, disposta em conjunto com as demais regras na página da FGM, no endereço www.cultura.salvador.ba.gov.br.

As escolhas serão feitas por uma comissão, que será composta por um representante da FGM, um representante da Faculdade de Arquitetura e outro da Escola de Belas Artes, ambas da Universidade Federal da Bahia (UFBa). O resultado será divulgado em até dez dias após a realização do cortejo.

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...