Geral

0
0
0
s2sdefault

Testes rápidos realizados somente nesta manhã detectam 27 casos positivos para Covid-19 nos três bairros

Começaram nesta quarta-feira (20) e seguem até o dia 26 as medidas restritivas regionalizadas e ações de proteção à vida nos bairros do Lobato, Liberdade e Bonfim. Nesses locais, além do fechamento de parte do comércio, inclusive de estabelecimentos com menos de 200 metros quadrados, a Prefeitura iniciou a realização de testes rápidos para Covid-19, medição de temperatura, higienização das ruas, distribuição de cestas básicas a ambulantes e feirantes, entrega de máscaras, combate ao mosquito Aedes Aegypti e o projeto Cras Itinerante.

Apenas na manhã de hoje, foram detectados 27 casos positivos para o novo coronavírus nos três bairros, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, sendo 7 no Lobato, 7 na Liberdade e 13 no Bonfim. Isso em 151 testes realizados. A ação acontece no Plano Inclinado (Liberdade), na Rua Aterro do Joanes (Lobato) e no Largo da Baixa do Bonfim.

O comércio formal e informal deve permanecer fechado, com exceção de supermercados, farmácias, agências bancárias, lotéricas, estabelecimentos que fazem delivery, cartórios, repartições públicas, clinicas veterinárias, serviços de imagem e radiologia, atendimento de tratamento contínuo (oncologia, hemoterapia, hemodiálise) e laboratórios de análise clínica.

Para o secretário de Articulação Comunitária e Prefeituras-Bairro de Salvador, Luiz Galvão, as medidas de regionalização nos bairros anteriores apresentaram bons resultados e a nestas novas localidades não será diferente. "O resultado nos locais onde adotamos as medidas, a exemplo da Boca do Rio e da Pituba, foi bastante satisfatório, pois cumprimos o objetivo de ampliar o isolamento social e conscientizar a população", frisou.  

Trator de pulverização - A Limpurb já começou a atuar nos três novos bairros com restrições com equipes de desinfecção nas vias. Cada bairro contará com uma equipe com 20 profissionais realizando a pulverização com equipamentos costais e utilizando o hipoclorito de sódio. A novidade é que a Limpurb vai usar pela primeira vez um trator de pulverização para desinfecção.

O jato do equipamento atinge até 15 metros de distância, proporcionando a desinfecção de um espaço maior. Em alguns casos, carros-pipa também serão usados para a realização do serviço de desinfecção. 

Ações sociais - A Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), por sua vez, oferta serviços nas áreas com restrição dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) nos locais. A pasta também irá ajudar organizações que realizam atendimentos socioassistenciais. 

A secretaria está apoiando essas entidades com a entrega de máscaras, álcool em gel e materiais de limpeza para a manutenção de suas atividades, cumprindo as regras sanitárias recomendadas pelas autoridades de saúde. 

Mobilidade - A operação de mobilidade e trânsito nesses bairros não tem alterações. De acordo com a Secretaria de Mobilidade (Semob), as linhas de ônibus e os itinerários permanecem do modo que já funcionam.Também não haverá barreiras de trânsito.

Demais localidades - Vale lembrar que as mesmas medidas, já encerradas na Boca do Rio e na região da Avenida Joana Angélica, continuam em vigor em Plataforma. Na Pituba, elas terminam hoje. Na sexta-feira (22), novas localidades serão incluídas: Brotas e Cosme de Farias, conforme anunciou o prefeito ACM Neto nesta manhã. Essas ações tem como objetivo conter a disseminação do coronavírus com a ampliação do isolamento social. 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Medidas regionalizadas se encerram na Pituba hoje, mas comércio local precisará respeitar regras gerais

Além de Liberdade, Lobato, Bonfim e Plataforma, já em vigor, mais dois bairros vão receber as ações regionalizadas da Prefeitura para combate ao coronavírus em Salvador, devido ao alto número de casos apresentados e o relaxamento no isolamento social: Brotas e Cosme de Farias. O anúncio foi feito pelo prefeito ACM Neto em coletiva virtual ocorrida nesta quarta-feira (20). Na ocasião, também foi informado o balanço das medidas na Pituba, cujo período de ações mais restritivas termina hoje (20).

As medidas nessas duas novas localidades serão iniciadas a partir de sexta-feira (22) e terão validade por sete dias. Os dois bairros foram escolhidos por apresentarem números preocupantes: neste mês de maio, Brotas teve 75 casos positivos para Covid-19, enquanto Cosme de Farias registrou 35. Apenas os últimos sete dias, foram 15 novos casos confirmados para cada um destes locais.

Assim como nos demais bairros com medidas regionalizadas, todo o comércio formal e informal deverá estar fechado. A exceção é aplicada a supermercados, farmácias, agências bancárias, lotéricas, estabelecimentos que fazem delivery, cartórios, repartições públicas, clínicas veterinárias, serviços de imagem e radiologia, atendimento de tratamento contínuo (oncologia, hemoterapia, hemodiálise) e laboratórios de análise clínica.

As medidas de proteção à vida vão englobar testes rápidos para detectar pessoas com a Covid-19, distribuição de máscaras, entrega de cestas básicas a ambulantes e feirantes, combate ao mosquito Aedes Aegypti, higienização de vias e o projeto Cras Itinerante. Não haverá restrição no tráfego de veículos nessas localidades.

O prefeito explicou que as ações mais restritas nos bairros têm dado certo e visam diminuir a velocidade da transmissão dos casos, oferecendo também suporte às pessoas mais necessitadas nas localidades. Durante a coletiva, ele deu uma boa notícia: a taxa de transmissão do novo coronavírus na capital baiana caiu para 5,7% ontem, o que é um efeito direto dessas medidas adotadas pelo município.

“Pela primeira vez, registramos um índice abaixo dos 6%, para que a gente tenha um pouco mais de conforto, principalmente na redução da velocidade do número de casos e ocupação dos leitos clínicos e de UTI na cidade. Isso mostra que as medidas realizadas nas regiões começam a surtir efeito”, destacou.

Balanço - Na Pituba, durante os sete dias de medidas, que terminam hoje (20), foram realizados 480 testes rápidos, com a identificação de 45 casos positivos. A Prefeitura promoveu, ainda, a distribuição de 4.388 máscaras, 113 aferições de temperatura, 26 abordagens a pessoas em situação de rua e quatro acolhimentos e higienização de 142 vias.

O comércio na Pituba deve, a partir desta quinta (21), deve seguir as regras que valem para toda a cidade e que estão em vigor até o dia 6 de junho, a exemplo do uso obrigatório de máscaras para trabalhadores e clientes, disponibilização de álcool em gel 70%, higienização dos ambientes e distância mínima de 2 metros entre as pessoas. No caso das lojas acima de 200 metros quadrados autorizadas a funcionar, só será permitida a presença de uma pessoa a cada 9 metros quadrados.  

“Consideramos o resultado das ações na Pituba bastante positivo, porque já não figura mais entre os bairros que apresentam grande número de casos. Ontem mesmo, foi registrado apenas um novo caso confirmado. É claro que a redução só deve aparecer de fato nas próximas duas semanas, mas a expectativa é de que os números continuem baixos”, afirmou ACM Neto.

Testes rápidos – Na coletiva, o prefeito também anunciou a chegada de mais 35 mil testes rápidos, que serão aplicados também nos trabalhadores que estão na linha de frente do combate ao coronavírus. Disse ainda que a gestão vai continuar no processo de aquisição de mais unidades para ampliar os locais e testagem da população. Os testes rápidos, segundo o gestor, têm sido uma das formas mais eficientes que contribuem para a redução da curva de transmissão da Covid-19.

Sobre uma possível mudança na forma de testagem, ACM Neto ressaltou que o modelo adotado até o momento pela Prefeitura vai permanecer o mesmo. “Resolvemos manter o modelo já adotado de testagem, por entender que a situação da fila registrada na Praça Ana Lúcia Magalhães, na Pituba, foi uma situação pontual e que, agora, teremos seis pontos de testagem em regiões diferentes da cidade, além das blitze que estão sendo realizadas”, completou.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Foram 2.344 exames realizados e 232 pessoas identificadas com sorologia positiva para o novo coronavírus. Esse é o balanço da primeira semana das ações dos testes rápidos para Covid-19 nos bairros alvo de ações restritivas e de proteção à vida para conter a disseminação da doença - Boca do Rio, Plataforma, Nazaré e Pituba.

Somente na manhã desta terça-feira (19), foram realizados 160 testes na Praça Ana Lúcia Magalhães, na Pituba, e no final de linha da Plataforma, com 41 pessoas diagnosticadas com a doença. A partir desta quarta-feira (20), a iniciativa seguirá nos bairros do Lobato, Bonfim e Liberdade, que passarão a ser alvo de ações específicas da Prefeitura, além da continuidade em Plataforma.

“Os testes rápidos têm sido um importante equipamento para nos auxiliar na avaliação da circulação viral na cidade. Salvador foi uma das capitais brasileiras que saíram na frente com o uso em massa desse tipo de exame e, graças às medidas acertadas que tomamos, estamos conseguindo identificar e encaminhar de imediato ao isolamento essas pessoas infectadas. Assim, minimizamos o risco de disseminação do vírus e salvamos vidas”, destacou o secretário de Saúde, Leo Prates.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Na noite desta terça-feira (19), Dia Nacional das Defensoras e Defensores Públicos e da Defensoria Pública, o Farol da Barra terá uma iluminação especial em verde para homenagear a instituição e os profissionais que garantem o direito da população mais vulnerável à justiça. A ação é realizada pela Prefeitura, através da Diretoria de Iluminação Pública (Dsip), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop).

Para a presidente da Associação das Defensoras e Defensores Públicos da Bahia (Adep-BA), Elaina Rosas, o marco comemorativo valoriza a importância do trabalho feito pela defensoria e defensores públicos baianos na construção de uma sociedade menos desigual, especialmente neste momento de pandemia, com grande demanda pelos serviços gratuitos de assistência jurídica.

"Trata-se de uma data para reforçarmos a nossa condição de instrumento e expressão da democracia, a partir da luta jurídica por direitos, da defesa da dignidade da pessoa humana, da cidadania plena e da inclusão social das pessoas mais vulneráveis entre as vulneráveis, em um momento em que a justiça se faz ainda mais necessária", ressalta.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal do Trabalho, Esportes e Lazer (Semtel), está oferecendo aulas gratuitas de ginástica funcional, dança e zumba, além de orientações nutricionais pela Internet. A iniciativa faz parte do programa funcional Movimenta Salvador que, antes das medidas de isolamento social, realizava as práticas de forma presencial para cerca de 700 alunos no Campo da Pronaica, em Cajazeiras, e no bairro da Ribeira.

As aulas on-line são lançadas semanalmente e ficam disponíveis através da TV Semtel, no YouTube  e nas plataformas da Prefeitura. Além das instruções, as atividades também integram socialmente aqueles que já são atendidos presencialmente pelo programa.

De acordo com o titular da Semtel, Sidelvan Nóbrega, o objetivo principal da ação é incentivar a população a manter a saúde física e psíquica. “O Movimenta Salvador foi elaborado visando ofertar saúde e qualidade de vida por meio de atividades físicas e de orientação nutricional, com as aulas de dança e de zumba. E, não poderia ser diferente nesse momento de pandemia, visto que ficar em casa é crucial para o sucesso no enfrentamento à Covid-19”, sinaliza.

O secretário destaca que este momento tão delicado de pandemia na saúde pública pode ser uma oportunidade para a aquisição de novos hábitos saudáveis. “Sendo assim, a nossa equipe do Movimenta Salvador e da Semtel, em geral, está disponível para orientar e estimular novas boas práticas para atravessarmos esse momento com mais inteligência, saúde e suavidade”, complementa.

Funcionamento – O Movimenta Salvador é um programa da Semtel lançado como piloto no segundo semestre de 2019. Além das aulas de ginástica profissional, dança, zumba e orientação nutricional, também são promovidas consultorias através do WhatsApp com a participação de profissionais qualificados das áreas de nutrição, fisioterapia, educação física e de dança. A faixa etária do público participante é de 16 a 60 anos.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura inicia, a partir desta terça-feira (19), a testagem rápida de 31.470 profissionais em Salvador que estão atuando na linha de frente ao combate à Covid-19. O anúncio foi feito pelo prefeito ACM Neto pela manhã, durante a inauguração da nova sede do Centro de Referência e Assistência Social (Cras) Itapagipe, localizada no bairro de Roma. Serão 25 mil testes apenas para trabalhadores das área da saúde e segurança.

São profissionais que estão atuando nas ruas, no enfrentamento à doença, no reforço das medidas e isolamento e na manutenção da rotina na cidade, a exemplo também dos trabalhadores da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), Defesa Civil de Salvador (Codesal), Transalvador e Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur). 

"Essa medida possui dois objetivos. Primeiro, trazer segurança e conforto ao ambiente de trabalho, dar a capacidade desses trabalhadores continuarem fazendo a sua atividade sem tanto medo e preocupação com a contaminação porque, eventualmente, se alguém tiver com o coronavírus, vai ser afastado do trabalho. O outro objetivo é impedir que essa pessoa seja um vetor de transmissão. Como acaba lidando muito com o cidadão no dia a dia, se ela tá com o vírus e não sabe, pode acabar transmitindo. É também uma proteção a todo o cidadão da nossa cidade", explicou ACM Neto.

Ele aproveitou também para reafirmar que a Prefeitura vai continuar o trabalho de aquisição de mais unidades e aplicação desses testes rápidos em toda a cidade. "Sabe-se que essa é uma medida muito importante no combate à pandemia", pontuou.

Áreas restritas - No caso da testagem feita nas áreas de maior restrição, a gestão municipal deverá mudar o modelo da operação para evitar filas, como a registrada na manhã desta terça-feira na Praça Ana Lúcia Magalhães, na Pituba. "Vamos estudar um novo modelo para não promover aglomerações, minimizando os riscos", finalizou ACM Neto.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

Os cidadãos e famílias que necessitam de orientação e auxílio social, principalmente nesse período de pandemia provocada pela Covid-19, ganham mais um local de apoio municipal com a nova sede do Centro de Referência e Assistência Social (Cras) Itapagipe, localizada na Rua Monsenhor Basílio Pereira, no bairro de Roma. A entrega do espaço, mais amplo, de fácil acesso e com equipe completa de profissionais, ocorreu nesta terça-feira (19) com as presenças do prefeito ACM Neto e da secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), Ana Paula Matos.

Com a nova estrutura, a capacidade de atendimento deverá dobrar de 400 para 800 pessoas por mês, residentes na região de alcance do serviço. Neste período de isolamento social, o funcionamento acontece em esquema especial de plantão, de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h.

O prefeito ressaltou que a nova unidade Itapagipe faz parte do processo de requalificação dos Centros de Referência e Assistência Social existentes em Salvador, previsto no planejamento estratégico da Prefeitura e iniciado antes da pandemia. "Os Cras são a primeira porta na qual as famílias batem para ter algum apoio. E aqui a melhoria não é apenas na estrutura física, mas também nas equipes, que são plenamente consistidas para oferecer o melhor atendimento", afirmou ACM Neto.

“Essa é uma oportunidade de ampliar os nossos serviços. Aqui é a porta de entrada para os benefícios eventuais, como os auxílios natalidade e funeral, Cadastro Único, oficinas como as de educação financeira e mosaico, dentre outros. Também aproveitamos para fazer um referenciamento do assistido, conhecer a família e dar todo o apoio de assistência social para ele”, explicou Ana Paula.

De acordo com a diretora de Proteção Social Básica da Sempre, Emanuele Rodovalho, a pandemia também provocou a demanda de um novo tipo de público aos Cras: o da classe média, formada principalmente por autônomos. “São aquelas pessoas que tinham renda própria, uma vida estruturada e que, devido à situação causada pelo novo coronavírus, estão em situação de dificuldade. A essas pessoas também procuramos dar assistência, com ajuda inclusive de nossa rede de entidades parceiras”, salientou.   

Conceito – Os Cras são unidades públicas que atuam com famílias e indivíduos em seu contexto comunitário, visando a orientação e fortalecimento do convívio sociofamiliar. Atende famílias que, em decorrência da pobreza, estão vulneráveis, privadas de renda e do acesso a serviços públicos, com vínculos afetivos frágeis, discriminadas por questões de gênero, idade, etnia, deficiência entre outras. Entre os serviços oferecidos estão o cadastramento e a atualização do Cadastro Único para programas sociais do governo federal, educação financeira, orientação jurídica, entre outros.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Durante os sete dias de adoção de medidas regionalizadas na Boca do Rio, Plataforma, Pituba e Centro (Avenida Joana Angélica), 4.028 pontos comerciais e de lazer foram vistoriados e 285 estabelecimentos foram interditados pela força-tarefa da Prefeitura. As ações de restrição são parte da estratégia municipal para conter o crescimento do número de casos de pessoas contaminadas pelo coronavírus.

Só no último final de semana, foram feitas 1.175 vistorias em estabelecimentos situados nesses bairros e 27 interdições. Alguns dos estabelecimentos interditados foram bares, salões de beleza, barbearias, barraca de chapa, lanchonetes, lojas de variedades e de material de construção.  A fiscalização é feita por agentes da Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), da Vigilância Sanitária de Salvador (Visa) e da Guarda Civil Municipal (GCM), com o apoio da Polícia Militar.

Para o titular da Sedur, Sérgio Guanabara, as ações regionalizadas atenderam as expectativas. “A fiscalização está nas ruas para cumprir os decretos de restrição contra o coronavírus, que têm a finalidade de salvar vidas. No início, encontramos certa resistência, mas os empresários entenderam a importância do ato. Continuaremos marcando presença nos bairros para garantir o bem-estar da população”, disse.

Salvador – Em toda a cidade já foram feitas 24.003 vistorias desde o dia 18 de março até ontem (17). Do total, são 12.907 bares e restaurantes, 737 academias, 589 instituições de ensino, 3.026 clínicas de estética, salões de beleza e barbearias, 264 templos religiosos, 4.403 lojas em comércio de rua, 181 shoppings e centros comerciais, 644 supermercados, 82 casas de eventos, 68 casas lotéricas, 24 call centers, 59 obras, 112 barracas de chapa, 106 quadras e campos de futebol, três clubes sociais e um parque infantil, entre outros.

Nesse mesmo período, 1.532 estabelecimentos comerciais foram interditados e 91 tiveram o alvará de funcionamento cassado. A população também pode denunciar estabelecimentos que estejam descumprindo os decretos municipais por meio do site do Fala Salvador, no endereço www. fala. salvador. ba. gov. br e por meio do Disque Coronavírus 160.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Nesses tempos de quarentena e distanciamento social, o programa Agente de Empreendedorismo encontrou nos meios virtuais alternativas para dar suporte e atendimento a pequenos e microempreendedores ligados à iniciativa. Por exemplo, nesta terça-feira (19), às 17h, acontece um bate-papo no Instagram com o consultor especialista em Gestão de Negócios, Alenaldo Cerqueira, com transmissão no perfil @suburbioum. O tema discutido será “A Sobrevivência dos Micro Negócios: antes, durante e depois da crise”, é e voltado para empreendedores de todos os segmentos.

“Os micro negócios enfrentam dificuldades desde a sua concepção, principalmente pela má qualidade das informações a que têm acesso. Estes empreendedores precisam receber informações através de linguagem simples, alinhadas a sua realidade e com medidas de fácil implementação e controle. Para melhor entendimento, dividiremos os assuntos em 7C, isto é, sete formas de entender seu negócio antes, durante e após a pandemia: Covid, Custos, Condições, Concorrentes, Clientes, Cuidados e Caminhos”, destaca Cerqueira.

Além das lives no Instagram de parceiros, grupos de WhatsApp e até uso plataforma de videochamadas online, a exemplo do Google Meet, têm sido usados para oferecer dicas e capacitação com temas variados sobre negócios e oportunidades de venda de produtos. Quem quiser saber como participar das atividades online ofertadas pelo Agente de Empreendedorismo pode entrar em contato pelo número (71) 98781-0972.

“De forma remota, nossos agentes têm buscado ter contato com os empreendedores, dando apoio necessário para tirar dúvidas, além de espalhar conhecimento sobre o que fazer nesse período de coronavírus, como se manter, se o delivery é uma saída”, explica a coordenadora do Agente de Empreendedorismo, Maiana Brandão.

Resultados – Desenvolvido pela ONG Parque Social em parceria com a Prefeitura, o Agente de Empreendedorismo tem como propósito fomentar o desenvolvimento socioeconômico, por meio do estímulo ao empreendedorismo, dando suporte aos empreendedores e potenciais empreendedores no acesso ao crédito e na aquisição de conhecimentos específicos para que possam atuar com maior profissionalismo no seu respectivo negócio.

Ano passado, o programa realizou 14 mil atendimentos a cerca de 6 mil empreendedores. Também por meio da iniciativa, já foram promovidas 2.473 ações de estímulo ao empreendedorismo, além de 3 mil palestras e oficinas do Sebrae nas comunidades, resultando em 520 capacitados. Foram encaminhadas 4,5 mil pessoas para acesso a linhas de crédito através de parceria com o Banco do Nordeste (BNB).

 

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...