Geral

0
0
0
s2sdefault

Às vésperas do Dia de Finados, comemorado neste sábado (2), a Prefeitura anunciou nesta quarta-feira (30) uma série de melhorias nos cemitérios municipais de Brotas, Paripe, Plataforma, Periperi, Pirajá e Itapuã. Em coletiva realizada no Palácio Thomé de Souza, o prefeito ACM Neto detalhou as intervenções que acontecerão nessas unidades, que englobam desde a reforma e construção de áreas administrativas e de acesso ao público até a implantação de gavetas para sepultamentos. Também estiveram presentes no evento o vice-prefeito Bruno Reis e o titular da Secretaria Municipal de Ordem Publica (Semop), Felipe Lucas, além de vereadores e imprensa.

O prefeito salientou que o objetivo da iniciativa é proporcionar mais conforto e comodidade às famílias que têm entes queridos sepultados em uma dessas unidades. “Esse é um assunto que poucas vezes foi tratado com a importância que tem ser dada pelo poder público, em gestões passadas. Houve certa negligência quanto à manutenção desses cemitérios, mas temos olhado para o lado humano das famílias e das pessoas mais pobres, que têm direito de se despedir de seus entes queridos de forma digna e com algum conforto e segurança, em um ambiente que atenue a sua dor”, disse ACM Neto.

Os seis cemitérios beneficiados contarão com novos espaços dedicados à administração e ao atendimento ao público, como copa para funcionários, sanitários públicos e vestiários para funcionários, além de área de material e limpeza, depósito de equipamentos para os profissionais que trabalham nos cemitérios e espaços dedicados aos velórios.

As ações também compreendem a construção de 1.060 gavetas nos cemitérios de Brotas, Plataforma e Paripe. As novas estruturas de sepultamento possuirão nova tecnologia alinhada às demandas ambientais, com tratamento de filtragem do necrochorume, evitando a contaminação do solo.

Os cemitérios também receberão paisagismo, ganhando novos canteiros e tratamento das áreas verdes com a adequação da vegetação existente, criando uma nova ambiência aos visitantes. As intervenções serão coordenadas pela Semop e contarão com investimento de R$ 2,5 milhões.

Legislação - “Houve por muito tempo uma oferta abaixo da necessidade da nossa capital e por isso já começamos a ampliação do numero de gavetas. Tudo isso sem descuidar da preocupação com o impacto ambiental que esses equipamentos podem ter nas suas respectivas localidades”, acrescentou o prefeito. Ele ainda salientou que, com a lei que estabelece o Sistema Único de Assistência Social (SUAS), recentemente aprovada pela Câmara Municipal, a Prefeitura poderá fazer a doação de caixão para as pessoas de baixa renda.

“Vamos começar um trabalho de reestruturação dos cemitérios da cidade, reformando ou construindo ambientes que darão acesso melhor e mais apropriado pra todos os funcionários e visitantes. Todas essas obras terão início agora em novembro e o prazo contratual pra conclusão do trabalho é de três meses”, garantiu o titular da Semop, Felipe Lucas.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault


A Prefeitura preparou uma operação especial de transporte para os estudantes que vão fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste domingo (03). A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) vai reforçar a frota de 79 linhas, que vão operar com 490 veículos, o que representa um acréscimo de 55% em relação aos domingos normais.  As outras linhas mantêm o funcionamento normal na cidade. 

Essas linhas atendem aos principais corredores da Orla, Miolo e Subúrbio. As provas começam às 13h (horário de Brasília) e a operação especial de transporte vai acontecer das 8h às 18h. Além destes ônibus extras, a Semob terá o reforço de nove veículos reguladores nas estações Acesso Norte, Pirajá e Mussurunga. Esses veículos ficarão à disposição da fiscalização para apoio dos candidatos na saída das provas, entre as 16h e 23h. 

Vale ressaltar que, aos domingos, os usuários do transporte público contam com o benefício do Domingo é Meia, válido apenas para integração ônibus-ônibus. O metrô não aderiu ao programa. 

Abaixo as linhas que serão reforçadas: 

CÓDIGO

LINHA

1540

Conjunto Pirajá I – Estação Pirajá

1342

Est. Pirajá – Bonfim

1511

Conj. Pirajá I – Eng. V. Federação

0303

Boa V. São Caetano – Nazaré

1526

Vista Alegre – Lapa

1533

Fazenda Coutos – Lapa

1604

Base Naval / S. Thomé / Esc. de Menores - Lapa

1606

Paripe – Barroquinha

1608

Paripe – Ribeira

1634

Alto de Coutos – Pituba

1638

Fazenda Coutos – Ribeira

1651

Base Naval – S. Thomé -Lapa

1662

Base Naval – Ribeira

0216

Ribeira – Lapa

0201

Ribeira /Bonfim - Campo Grande

0316

Faz. Grande do Retiro – Lapa

0221

Ribeira-Barbalho/Faz. Garcia

0218

Ribeira – Pituba

0219

Ribeira – Rodoviária

0237

Ribeira - Rio Sena / A. Sta. Terezinha

1607

Paripe – Barra

1614

Mirante de Periperi – Itaigara

1628

Rio Sena – Lapa

1633

Mirante de Periperi – Ondina

1653

Paripe – Aeroporto

0334

São Caetano – Barra

0403

Caixa D’água – Lapa

0301

Alto do Peru – Terminal Acesso Norte

0354

Capelinha – Terminal Acesso Norte

1211

Tancredo Neves – Barra

1327

Est. Pirajá - Bx. dos Sapateiros

1340

Est. Pirajá - Barra 1

1341

Est. Pirajá - Barra 2

1347

Est. Pirajá – Pituba

1413

Boca da Mata - Lapa / Barra

1388

Estação Pirajá – Barra 3

1215

Engomadeira – Lapa

1225

Sussuarana – Lapa ( Vasco)

1141

Cabula VI - Ribeira R1

1137

Pernambués – Barra

1310

Estação Pirajá – CAB

1403

Cajazeira 11 – Ribeira

1207

Tancredo Neves – Pituba

1389

N. Brasília/Jd. N. Esperança - Est. Pirajá

1334

Sete de Abril – Lapa

1130

Cabula VI – Ondina

1146

Terminal Acesso Norte - Arenoso

0139

Lapa – Campo Grande

0140

Lapa – Rio Vermelho (Cardeal)

1025

Estação Mussurunga – Barro Duro

1328

Est. Pirajá / Est. Mussu -Aeroporto

0805

Pituba – Lapa

0914

Vale dos Rios / Stiep R3

1002

Aeroporto – Campo Grande

1052

Est. Mussurunga – Barra 2

0503

Brotas – Lapa

0519

Brotas - Faz. Grande do Retiro

0704

Federação – Nazaré

0708

Nordeste – Lapa

0715

Santa Cruz – Lapa

0728

Nordeste – Ribeira

0915

Vale dos Rios / Stiep R4

0102

Barbalho-Iguatemi

0410

Sieiro – Aeroporto

1051

Est. Mussurunga – Barra 1

1055

Estação Mussurunga- Ribeira/S.Joaquim

1034

Parq. São Cristóvão - Barroquinha

1053

Estação Mussurunga – Barra 3

0342

Rodoviária – Circular A

0344

Rodoviária – Circular B

0417

IAPI – Lapa

0131

Lapa – Patamares R1

0132

Lapa - Patamares R2

0713

Santa Cruz - Calçada / Bonfim

0931

Rio das Pedras – Campo Grande R1

0932

Rio das Pedras – Campo Grande R2

1302

VL. 2 de Julho/Trobogy – Lapa

0136

LB1 – Lapa chame chame

0138

Lapa – Garibaldi/Ondina

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com intuito de capacitar servidores para a implantação do Serviço Família Acolhedora, a Prefeitura realiza, nesta terça e quarta-feira (29 e 30), um curso na Universidade Católica do Salvador (Ucsal), na Avenida Cardeal da Silva, na Federação. Divididas em quatro módulos, as palestras abordarão diversos temas a respeito da iniciativa, que é regulamentada pela Lei Municipal 9.015/16 e instituída como política pública de Salvador.

A implantação do Família Acolhedora ocorre por meio da Fundação Cidade Mãe (FCM), órgão vinculado à Secretaria de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ). Graças ao serviço, famílias baianas vão poder acolher nas próprias casas, por um período máximo de dois anos, crianças, adolescentes ou grupos de irmãos em situação de extrema vulnerabilidade que, por ordem judicial, precisaram ser afastados dos lares biológicos. A experiência já é desenvolvida com sucesso em 500 cidades do Brasil.

Pelo menos 60 pessoas participam da capacitação, incluindo representantes da Defensoria Pública, Ministério Público, 1ª Vara da Infância e Juventude, Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), Fundação Cidade Mãe (FCM) e Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS). Segundo o coordenador do Família Acolhedora, Jonnei Moraes, toda a equipe técnica envolvida será capacitada para melhor atender as crianças.

“Finalizada a preparação dos servidores, partiremos para o curso das famílias que deve ser realizado em dezembro. Já temos 68 famílias cadastradas e vamos capacitar para aguardar a demanda vinda por meio dos órgãos judiciais”, afirmou Moraes.

Garantia de direitos – De acordo com a presidente da FCM, Gabriela Macêdo, os ensinamentos repassados no curso darão subsídios para elaboração de diretrizes que garantam a essas crianças e adolescentes o direito à convivência familiar e comunitária. “Nosso intuito é ofertar um atendimento humanizado e individualizado de proteção a esse público que é vítima de violência e fica em situação tão vulnerável”, frisou.

O defensor público Pedro Fialho frisou os benefícios do programa Família Acolhedora e destacou que Salvador tem se empenhado para fazer a diferença na implantação da iniciativa. “Essa capacitação vem para efetivar a lei municipal que existe desde 2016 e entregar a Salvador um serviço de acolhimento com um viés diferenciado em relação ao acolhimento institucional, trabalhando uma perspectiva mais produtiva para as crianças, em especial aquelas na primeira infância”, explicou.

Segundo ele, por mais que acolhimento institucional seja utilizado em situações de gravidade, o processo dificulta o desenvolvimento das crianças. “Nunca é uma medida desejada. O acolhimento familiar vem como uma alternativa de você emprestar essa garantia de segurança a uma criança, a um adolescente que está numa situação momentânea de risco. Fazer isso de uma maneira menos gravosa”, salientou o defensor.

Programação – A palestra da tarde desta terça-feira abordou o tema “Convivência Familiar: Histórico e sua importância na construção da metodologia de trabalho com famílias”. O encontro segue nesta quarta-feira (30) com os ensinamentos do módulo III, que abordará o tema “Aspectos Metodológicos do Serviço Família Acolhedora”, das 8h às 12h. No turno da tarde, de 13h30 às 16h30, a palestra abordará “Aspectos Jurídicos do Serviço Família Acolhedora”. O encerramento do evento é às 17h

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault


Valorizar e reconhecer o trabalho dos profissionais que servem de inspiração para os demais colaboradores da Prefeitura. Esse é o objetivo do Prêmio Servidor Destaque 2019, que homenageou 36 funcionários de diversos órgãos municipais na manhã desta terça-feira (29). A solenidade contou com a participação do vice-prefeito Bruno Reis e de diversos secretários, no Hotel Wish, no Campo Grande. 

Cumprindo agenda administrativa fora de Salvador, o prefeito ACM Neto enviou um vídeo para parabenizar os servidores. “Preciso dizer que tenho orgulho de ter vocês ao meu lado. Todos os resultados que a gente vem alcançando em nossa cidade, todo esse sucesso, todo o reconhecimento da nossa administração, eu faço questão de dividir com cada um de vocês. Vocês são determinantes e fundamentais para que a nossa cidade esteja melhorando a cada dia”, afirmou.

O vice-prefeito Bruno Reis disse que, com a colaboração dos servidores públicos, a atual gestão vai deixar legados importantes para a capital baiana, como o resgate da autoestima da população, a independência financeira de Salvador e a confiança da população no trabalho da equipe da administração municipal. “Hoje, quando chegamos aos bairros para iniciar ou inaugurar obras, somos respeitados pelas pessoas”, assinalou o também secretário de Infraestrutura (Seinfra). 

Bruno Reis destacou que a capital baiana se tornou uma referência nacional em gestão pública. “Não há uma pasta em que a gente não tenha um case de sucesso que não seja copiado no Brasil - ou que gestores de outros estados e cidades não venham aqui para conhecer. Vamos entrar para a história como a gestão que transformou Salvador. A capital avançou em todas as áreas, na educação, saúde, infraestrutura, defesa civil e no social, onde investimos 76% dos recursos para a população mais pobre”, frisou o vice-prefeito.

Promovida pela Secretaria Municipal de Gestão (Semge), a premiação marca a passagem do Dia do Servidor Público, celebrado em 28 de outubro. Titular da Semge, Thiago Dantas também dividiu com os colaboradores os resultados positivos alcançados pela atua gestão. “A gente vê a transformação da cidade, com diversas entregas. E isso não poderia acontecer se não fosse pelo trabalho de vocês. São os servidores que fazem a melhor Prefeitura do Brasil. Por isso, eu queria deixar esse agradecimento a cada um de vocês, pelo trabalho árduo do dia a dia”, reconheceu Dantas.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O alinhamento das ações entre o governo federal e a Prefeitura de Salvador na área de tecnologia foi tema de conversa entre o diretor de Modernização e Tecnologia da Gestão, Luis Gaban, e o secretário executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Julio Semeghini. O encontro entre os gestores ocorreu durante a Futurecom, maior e mais importante evento de transformação digital da América Latina que acontece até quinta-feira (31), em São Paulo. 

Dentre as principais ações a serem tratadas em conjunto estão a adoção da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, previsto para entrar em vigor em 2020, além de segurança cibernética e disponibilização de rede de banda larga gratuita para as áreas mais carentes. Esta última ação, inclusive, já está sendo desenvolvida pela capital baiana através do programa Conecta Salvador. 

“Semeghini afirmou que tem acompanhado as ações realizadas em Salvador na área de tecnologia e se mostrou feliz e receptivo a nos receber em Brasília para que haja um alinhamento total das ações entre governo federal e prefeitura na área de tecnologia. A intenção é reunir as melhores práticas que ambas as esferas têm adotado para avançar no setor”, disse Gaban.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto vistoriou quatro obras na cidade na manhã desta segunda-feira (28), em pleno o feriado do Servidor Público. A atividade, que contou com a presença de vários secretários e dirigentes de órgãos municipais, percorreu as intervenções de implantação do Caminho da Fé e da UPA da Cidade Baixa, ambas na Avenida Dendezeiros, além da requalificação do Curuzu e da Avenida Cônego Pereira (Sete Portas). 

O vice-prefeito e secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, Bruno Reis, também esteve presente e percorreu, com ACM Neto, as quatro intervenções, observando o andamento do trabalho e cobrando celeridade das empresas envolvidas. Todas as quatro obras tiveram início neste ano de 2019. 

No Caminho da Fé, que começa no Santuário de Irmã Dulce e segue até a requalificada Colina Sagrada, envolvendo um percurso de 1,1 quilômetro e R$16,1 milhões em investimentos, as obras estão 30% concluídas, contemplando serviços de macrodrenagem, pavimentação, iluminação, paisagismo e sinalização turística. O projeto prioriza o pedestre, com ampliação das calçadas. Ao longo da via, haverá nove faixas para travessia, todas no nível da pista, com rebaixamento de calçada para acessibilidade. 

O prefeito ressaltou que a intervenção, que vai impulsionar ainda mais o turismo religioso em Salvador, está dentro do cronograma previsto. Ele também destacou a importância da UPA, cujas obras estão 35% concluídas e contam cm investimentos de R$10 milhões. “Aproveitamos o Dia do Servidor para vir às ruas. As obras seguem o cronograma esperado. O Caminho da Fé vai integrar o santuário da Santa Dulce ao do Bonfim. E a UPA da Cidade Baixa vai funcionar por 24 horas, atendendo a região com 26 leitos", declarou.
Curuzu e Sete Portas – No Curuzu, as obras orçadas em R$ 6,8 milhões visam promover melhorias urbanísticas e de mobilidade, além de valorizar a história e a cultura do bairro e de seus mais de 20 mil habitantes. A rua de 1,1 km passa por uma valorização cultural que inclui a implantação de piso intertravado. Além disso, estão previstas a implantação de parque infantil, espaços de convivência, paisagismo e mobiliário urbano. 

A última obra a ser vistoriada foi a da Rua Cônego Pereira (Sete Portas), que passa por uma urbanização radical. Dentre as melhorias, que abrangem 1,6km de via, estão a micro e macrodrenagem de 700m de canal, que será coberto no trecho entre o viaduto da Via Expressa e as proximidades do Mercado de Sete Portas. Com investimentos de R$16 milhões, essas medidas vão acabar com os alagamentos no local no período de chuva.

Parte do passeio da rua já foi alargado e receberam rampas de acessibilidade. No local, serão implantadas ciclovias, ciclofaixas, novo canteiro central em granito e nova pavimentação, além de baias para os pontos de ônibus, imobiliário urbano e iluminação em LED.

"No Curuzu, após as obras o bairro vai ter uma nova dinâmica, trazendo ainda mais cultura, beleza, força e energia para essa parte famosa da cidade. Em relação à Rua Cônego Pereira, trata-se de uma das principais vias integradoras da cidade, e, por isso, precisava de obras estruturantes que vão melhorar a vida de quem circula pela localidade", avaliou ACM Neto

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Em meio ao Dia do Servidor Público, celebrado nesta segunda-feira (28), quatro importantes obras de construção e requalificação realizadas pela Prefeitura de Salvador foram vistoriados durante toda a manhã pelo prefeito ACM Neto, acompanhado do vice-prefeito Bruno Reis, de secretários e dirigentes de diversas pastas e demais autoridades. As intervenções acompanhadas foram o Caminho da Fé, no Dendezeiros; a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Baixa, no Largo de Roma; a Rua do Curuzu, na região da Liberdade; e a Avenida Cônego Pereira, na área das Sete Portas.

“Aproveitamos o Dia do Servidor para vir às ruas. As obras seguem o cronograma esperado. O Caminho da Fé vai integrar o santuário da Santa Dulce ao do Bonfim, a UPA vai funcionar por 24h, atendendo à população da Cidade Baixa. No Curuzu, a urbanização vai dar uma nova dinâmica ao bairro tão tradicional, trazendo ainda mais cultura, beleza, força e energia. Já a Cônego Pereira é uma das principais vias integradoras de Salvador e recebe obras estruturantes importantes”, resumiu.

A observação teve início no Caminho da Fé, percurso da Avenida Dendezeiros que vai integrar a Basílica do Bonfim ao Santuário de Irmã Dulce. As melhorias ocorrem em um percurso de 1,1 quilômetro. Com cerca de 30% de execução concluída, as obras de reurbanização do local devem ser entregues em janeiro, contemplando serviços de macrodrenagem, pavimentação, iluminação e paisagismo.

O projeto prioriza o pedestre, portanto, os passeios estão sendo ampliados para cerca de cinco e três metros nos lados esquerdo e direito da avenida, respectivamente, sentido Bonfim. Ao longo da via, haverá nove faixas para travessia, todas no nível da pista, com rebaixamento de calçada para acessibilidade. No local, estão sendo instaladas valas subterrâneas para passagem da fiação da rede elétrica e de telecomunicações, suprimindo as fiações aéreas acima do passeio. O percurso receberá nova iluminação, marcos religiosos e plantio de árvores.

UPA Cidade Baixa – O segundo local vistoriado, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Baixa, já conta com 35% de andamento concluído. Com as estruturas já levantadas, o equipamento passa por serviços internos e externos e deve ser entregue à população em maio.

A unidade tornou-se um grande desejo dos moradores, diante do fechamento da UPA de Roma pelo governo estadual. O local terá capacidade para atender a 450 pessoas diariamente com serviços de urgência e emergência prestados por uma equipe multiprofissional e interdisciplinar composta por médicos clínicos; pediatras; ortopedistas; odontologista; enfermeiros; assistentes sociais; nutricionistas; farmacêutico; e profissionais que prestam apoio diagnóstico.

A UPA contará com 26 leitos e seis consultórios médicos, um consultório odontológico, laboratório, central de material esterilizado, sala de classificação de risco, sala de reanimação, observação adulto (masculino e feminino) e pediátrica. Além disso, terá também recepção, salas de espera, áreas administrativas, vestiários, depósito de material de limpeza e almoxarifado. Haverá ainda duas salas de inaloterapia adulto e pediátrico, duas de administração de medicamentos adulto e pediátrico, além de espaços de raio-X, eletrocardiograma, sala de pequenos procedimentos, serviço social, farmácia satélite, laboratório e almoxarifado. O investimento total para a UPA Cidade Baixa, incluindo desapropriação, construção e equipamentos, é de R$10 milhões.

Curuzu – No Curuzu, as obras orçadas em R$ 6,8 milhões visam promover melhorias urbanísticas e de mobilidade, além de valorizar a história e a cultura do bairro e dos mais de 20 mil habitantes. A rua de 1,1 km passa por uma valorização cultural que inclui a implantação de piso intertravado nas cores predominantes do Ilê Aiyê: vermelho e amarelo.

 

Além disso, estão previstas a implantação de parque infantil, espaços de convivência, paisagismo e mobiliário urbano. Assim como na Avenida Dendezeiros, toda a fiação das empresas de telecomunicação e parte da rede de energia da Coelba será subterrânea.

 

Sete Portas – A última obra a ser visitada foi a da Rua Cônego Pereira (Sete Portas) que passa por uma urbanização radical e chega a 40% de conclusão das intervenções. Dentre as melhorias, que abrangem 1,6km de via, estão a micro e macrodrenagem de 700m de canal, que será coberto no trecho entre o viaduto da Via Expressa e as proximidades do Mercado de Sete Portas. Essas medidas vão acabar com os alagamentos no local no período de chuva.

 

Parte do passeio da rua já foi alargado e recebeu rampas de acessibilidade. No local serão implantadas ciclovias, ciclofaixas, novo canteiro central em granito e nova pavimentação, além de baias para os pontos de ônibus, imobiliário urbano e iluminação em LED. A previsão é de que a obra seja totalmente concluída em março do próximo ano.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

Com previsão de entrega em 12 meses, a Prefeitura deu início neste sábado (26) às obras de requalificação de mais um trecho de orla, desta vez entre os bairros de Amaralina e Pituba. Com investimento de R$38,8 milhões, as intervenções, que foram debatidas com os moradores durante a elaboração do projeto, contemplando desde baianas de acarajé a esportistas, envolvem a implantação de novos equipamentos e universalização do acesso à praia.

"Após a conclusão de mais essa obra, Salvador terá o mais longo trecho de orla requalificado da sua história, contando desde a Barra até o Rio Vermelho, de forma ininterrupta. É uma mudança definitiva no desenho de nossa cidade, que, no passado, era lembrada por ter um litoral abandonado e esquecido", discursou o prefeito ACM Neto, que assinou a ordem de serviço para o início das intervenções no Largo de Amaralina (ou das Baianas).

Coordenado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), o projeto da nova orla Amaralina-Pituba integra o Programa de Requalificação Urbanística (Proquali), financiado pela Corporação Andina de Fomento (CAF), e prevê novo paisagismo e elementos que proporcionarão maior uso e apropriação da população ao espaço público. As obras serão executadas pelo Consórcio Orla Marítima em um trecho de 3,3 quilômetros de extensão. 
As intervenções englobam instalação de acessos à praia em todas as paradas de ônibus, que serão dotados de rampas, escadas e pérgula, atendendo a quesitos de acessibilidade universal e dando a essas estruturas característica mais charmosa e acolhedora. Ao longo de todo o trecho ainda haverá guarda-corpo e muretas, além de semáforos inteligentes e iluminação LED.

"A gente só não começou essa obra antes porque havia um projeto do governo do estado para requalificar a orla entre Amaralina e Pituba. Mas, assim como aconteceu com o Centro de Convenções, isso ficou apenas na promessa. Como eles não fizeram, nós decidimos fazer, pois aqui na nossa gestão não tem só discurso. Não vivemos de propaganda", salientou ACM Neto. 

Colônia de pescadores - Atendendo às demandas da comunidade, a Praça João Amaral terá seu espaço melhor aproveitado e ganhará quadra poliesportiva, parque infantil, quiosques de coco e acarajé, equipamentos de ginástica e paraciclo. A Prefeitura fará também a primeira Colônia de Pescadores de Amaralina, que com 87 metros quadrados, dará suporte a 20 pescadores que atuam na região.

Já a Praça do Budião receberá um tratamento com plataforma única. Ou seja, não haverá desnível entre passeio e meio-fio, e o revestimento do piso será em blocos de concreto intertravado. Esta última é uma das características comuns a todos os trechos da orla que já foram requalificados em Salvador pela atual gestão municipal.

Espaço das baianas – Com a intenção de devolver ao Largo das Baianas a sua importância turística e histórica no contexto na cidade, será instalada uma escultura, assinada pelo artista visual Bel Borba, em homenagem a essas profissionais. O posicionamento do monumento foi definido de modo que o transeunte possa percebê-lo a distância. O piso será trabalhado em pedra portuguesa nas cores vermelha, branca e preta.

A estrutura atual será substituída por um novo quiosque em madeira com acomodação para dez baianas de acarajé e espaço para uma roda de capoeira. Também serão instalados um parque infantil, equipamentos para academia de ginástica e quiosque para a comercialização de coco.

Ioga, tai chi chuan e meditação – Na entrada da Rua Visconde de Itaboraí, próximo ao posto de saúde, será construída uma academia de saúde. Para o trecho em frente à saída da Rua Pará, a FMLF projetou uma grande pérgula, destinada à prática de atividades ao ar livre, como ioga, tai chi chuan e meditação. No espaço também haverá quiosques para a venda de coco, acarajé, equipamentos de ginástica e paraciclos.

Inaugurada em dezembro de 2018, junto com a entrega da Arena Aquática Salvador e a requalificação da Praça Wilson Lins, a Colônia de Pescadores da Pituba também está inserida nesse projeto. Com uma estrutura de 123 m², abrigará 40 pescadores e possui quatro pontos de comércio (boxes), uma área para guardar motores, sanitários masculino e feminino (com vestiário e espaço para banho), local para tratamento do pescado e 40 armários individualizados para cada pescador.

Demais trechos - Presente na solenidade, o vice-prefeito e secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, Bruno Reis, lembrou que o município executa neste momento as obras de requalificação da orla do Lobato, no Subúrbio, e de Ondina. Nos próximos dias, será entregue o segundo trecho do Farol de Itapuã e iniciadas as intervenções em Stella Mariz, Ipitanga e Praia do Flamengo. 

"Essa gestão trata a orla de Salvador como ela merece, beneficiando toda a cidade, e não apenas áreas nobres. Da mesma forma que fazemos a requalificação no Subúrbio, fazemos na Barra ou em Amaralina. Em breve, estaremos iniciando também as obras na orla da Boa Viagem", anunciou Bruno Reis.

A Prefeitura já requalificou 20 trechos de orla na capital baiana, com investimento total de R$230 milhões. Entre os locais beneficiados estão São Tomé de Paripe, Tubarão, Piatã, Itapuã, Ribeira, Barra, Jardim de Alah, Rio Vermelho,Almeida Brandão, Boca do Rio, Ondina e Ponta do Humaitá

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Depois do Vale das Pedrinhas, outro bairro ganhou uma área de convivência e lazer nesta sexta-feira (25), após requalificação promovida pela Prefeitura. A Praça Nossa Senhora da Assunção, na Pituba, foi entregue pelo prefeito ACM Neto, acompanhado pelas filhas Lívia e Marcela em cerimônia que reuniu também o vice, Bruno Reis; o secretário de Manutenção (Seman), Virgílio Daltro; e o presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), Marcílio Bastos, dentre outras autoridades e população

O prefeito ressaltou que a administração municipal tem realizado obras em áreas nobres e populares da cidade, no sentido de trabalhar para diminuir as diferenças. “Isso é resultado da capacidade de estar nas ruas, perto dos problemas e com a sensibilidade de ouvir as pessoas, por isso fazemos intervenções como essa. Muita gente não para perceber que o espaço público é a casa de todos nós e a gente não poupa esforços no sentido de cuidar, de requalificar os espaços públicos e permitir que as pessoas possam viver de verdade em Salvador”, salientou

"Hoje a Prefeitura consegue realizar os sonhos da população com recursos próprios. A intenção é continuar trabalhando cada vez mais para melhorar as condições de vida da população", completou o vice-prefeito Bruno Reis, que também é secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra)

Melhorias – Com investimento de R$340 mil, a área de quase 10 mil m² - sendo 6 mil m² de área verde - ganhou parque infantil, academia de musculação, mesas e espaços para jogos e Dog Park. Pergolado, nova iluminação, acessibilidade, comunicação visual e pavimentação completam a lista de melhorias.

O pároco da Igreja Nossa Senhora da Assunção, monsenhor Ademar Dantas, agradeceu pela iniciativa que proporciona ainda mais qualidade de vida aos moradores. "Nenhuma bênção é melhor do que essa praça requalificada. Ela reflete o que vivemos na cidade hoje, uma Salvador mais eficiente, elegante e com mais limpeza", salientou.

Moradora do Itaigara há 20 anos e membro da Paróquia de Nossa Senhora da Assunção, Lúcia Sampaio, de 70 anos, afirmou que a área era pouco frequentada, devido ao abandono do local. "Agora as pessoas vão poder aproveitar melhor o espaço, que passa a ter atrativos e até mesmo uma infraestrutura melhor para a realização de eventos, como o Maria na Praça, que realizamos há dois anos", disse.

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...