Esportes

0
0
0
s2sdefault

Com isso, o município receberá R$ 1,6 milhão para investir na iniciação ao esporte de crianças e adolescentes

Salvador se classificou para o Programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte, através do esforço da Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel). O valor destinado é de R$ 1.629.795,00 para garantir iniciação ao esporte a crianças e adolescentes de 6 a 17 anos.

Em Salvador, serão beneficiados cerca de 1,5 mil jovens com a implantação de 15 núcleos esportivos, oferecendo atividades como Futsal, Vôlei, Basquete e Handebol, em locais como Boca do Rio, Calabar, Cajazeiras, Barris, Cabula e Centros de Iniciação Esportiva (CIE) São Marcos e Itapuã.

A capital baiana se classificou já na segunda etapa do programa. Uma terceira etapa está prevista para aqueles municípios que quiserem recorrer do prazo para apresentação de seus projetos. Depois dessa fase, os municípios classificados celebrarão o convênio para obtenção da verba federal, e a perspectiva é que isso aconteça ainda em 2017.

A iniciativa também envolve contrapartida financeira e técnica municipal. “Uma das prioridades é a melhoria da qualidade de vida daqueles que estão em áreas de vulnerabilidade social e regularmente matriculados na rede pública de ensino”, destacou o secretário Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer, Geraldo Júnior.

Acompanhamento - A secretaria fará o acompanhamento diário das atividades através do coordenador do núcleo. Além disso, serão realizadas reuniões semanais com toda a equipe para monitorar e planejar as atividades. Mensalmente, deverão acontecer reuniões com todos os coordenadores dos núcleos e a entidade de controle social e fiscalização do trabalho desenvolvido. 

O planejamento prevê ainda reuniões com as comunidades do entorno de cada núcleo para apresentar a evolução do processo e escutar sugestões e críticas no sentido de aprimorar cada vez mais o trabalho desenvolvido. Mesmo após o encerramento deste convênio, os trabalhos a serem desenvolvidos serão continuados na sua integralidade.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Acontece neste sábado (5), na Praia da Preguiça, no Comércio, a segunda etapa do Super SUP Brasil 2017. O Bahia Race Pro, como é chamada essa etapa do campeonato brasileiro, reunirá campeões nacionais e internacionais nas águas de Salvador. Com pontuação para o circuito brasileiro e válido também como seletiva para o mundial, o evento recebe o apoio da Prefeitura, através da Empresa Salvador Turismo (Saltur), como estratégia para atrair eventos esportivos importantes, além de qualificar e dinamizar o calendário da cidade. A competição contará com disputas de todas as categorias profissionais e amadoras do SUP Race e também do Paddleboard.

De acordo com a Associação Baiana de Stand Up Paddle (ABASUP) são esperados mais de 200 atletas, entre cinco e 70 anos, representando estados de norte a sul do país, que vão disputar as provas de distância nas categorias: Kids, Junior, Fun Race, Race Amador, Race Profissional, 14” e Paddleboard. “A ideia é tornar Salvador cada vez mais atrativa na realização de eventos de destaque no cenário nacional. Estamos prontos para sediar esses eventos e a Prefeitura seguirá como parceira de projetos como esse, que visa atrair os olhares para a nossa cidade”, destaca o presidente da Saltur, Isaac Edington.

As largadas estão marcadas para começar às 8h, com os atletas Kids. Às 8h30, será a vez da turma Júnior; às 9h30 largam a Fun Race e Race Amador 12.6; e por fim, às 12h30, vão para o mar os atletas das categorias Padlleboard, Race 14′ e Race 12.6 Pro. A premiação está marcada para acontecer às 14h30. A competição será do tipo duas estrelas, com premiação de R$ 10 mil, a ser distribuída aos atletas profissionais. A Bahia é o único estado a sediar etapas do campeonato nacional desde o surgimento do esporte no Brasil. As inscrições encerram na sexta-feira (04) e podem ser feitas no site da Confederação Brasileira de Stand up Paddle (CBSUP): cbsup.com.br.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Em comemoração aos 27 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) da Bonocô realizou um aulão de boxe com o ex-pugilista Reginaldo Holyfield. Cerca de 100 crianças de escolas municipais do bairro de Brotas e adjacências, algumas acompanhadas dos pais, participaram do esporte e de aulas de música e dança. O público também contou com serviços de saúde e empregabilidade.  

A ação foi promovida pela Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel) em parceria com a Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps). “Estamos sempre atentos e desenvolvemos projetos de inclusão social voltados para a criança e adolescente de Salvador, como forma de levar oportunidades, qualidade de vida e um novo futuro, combatendo também o trabalho infantil”, afirmou o titular da Semtel, Geraldo Júnior.

Para Holyfield, foi um privilégio levar ensinamentos do esporte para crianças e adolescentes como atividade complementar ao ensino formal. “Eu fiz esporte a minha vida toda e nunca tive essa oportunidade de estar em um ambiente escolar para falar sobre o boxe. O esporte faz do homem um grande atleta. Melhora a saúde, reduz a violência, por isso é muito importante trazer para a sala de aula. Eu que já representei o Brasil e a Bahia com a primeira medalha de ouro, me sinto feliz”, disse.

A ação também contou com o apoio do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) e da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE). Adolescentes presentes receberam orientação sobre como se comportar numa entrevista de emprego, como preparar currículo e como ser um bom profissional. Além disso, interessados em uma vaga de estágio ou emprego, puderam consultar ofertas, de acordo com o perfil, e se candidatar.

Profissionais de saúde prestaram orientação sexual, nutricional e de cuidados bucais. Para a coordenadora do Creas, Dorane Bezerra, as ações fortalecem a região, com informações e atividades úteis para o dia a dia. “O mote dessa campanha é Criança Presente, que nos leva a refletir sobre o que estamos fazendo para as crianças agora. Aqui é um circuito. O público passa por diversos serviços, e em cada um deles, o Estatuto da Criança e Adolescente é discutido. A ação é importante, pois também inclui a família”, ressaltou.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Estão abertas a partir desta segunda-feira (31) as inscrições para as atividades gratuitas do Projeto de Iniciação Esportiva de Salvador (IESSA), desenvolvido pela Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel). São oferecidas quatro modalidades: basquete, vôlei, futsal e handebol. Podem participar estudantes das redes pública municipal ou privada, de 8 a 16 anos.

Inicialmente, serão beneficiadas 300 crianças e adolescentes. "O nosso objetivo, no entanto, é implantar mais seis núcleos com recursos próprios. Estamos no aguardo do resultado das demais etapas do Programa Segundo Tempo. Já fomos aprovados na primeira etapa, e implantaremos mais 15 núcleos”, afirmou o secretário da pasta, Geraldo Júnior.

Os interessados devem se dirigir ao Complexo Esportivo e de Lazer dos Barris, localizado na Praça João Mangabeira, levando RG, atestado médico e autorização do responsável, das 8h30 às 11h30, e das 13h30 às 16h30. As inscrições também podem ser feitas nas escolas municipais da região. Confira a lista abaixo:

Escola Municipal P. Alexandre Leal Costa

End: Rua da Mangabeira, 129, Nazaré.

Escola Municipal Amélia Rodrigues

End: Rua Amparo do Tororó, s/n, Tororó.

Escola Municipal Cosme de Farias

End: Rua Galdino Flanklim Bandeira, 59, Nazaré.

Escola Municipal Santa Angela das Mercês

End: Av. Sete de Setembro, s/n, Dois de Julho.

Escola Municipal Soror Joana Angélica

End: Rua Santa Clara, do Desterro, 33, Nazaré.

Escola Municipal Perminio Leite

End: Rua Democrata, 41, Dois de Julho.

Escola Municipal Nossa Senhora da Salete

End: Rua da Salete, 47, Barris.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Já estão abertas as inscrições para a Maratona Cidade de Salvador, mais novo produto promovido pela Prefeitura que chega para fortalecer a plataforma de eventos da cidade como estratégia de desenvolvimento econômico e turístico. O lançamento oficial da iniciativa foi realizado nesta sexta-feira (21), no UCI Orient, no Shopping Barra, e as duas primeiras inscrições foram concedidas ao prefeito ACM Neto e ao vice, Bruno Reis. Também estiveram presentes no evento os secretários Cláudio Tinoco (Cultura e Turismo), Geraldo Júnior (Trabalho, Esporte e Lazer) e João Roma (Gabinete); e o presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington; além do presidente da Federação Baiana de Atletismo (FBA), Og Robson Chagas.

De acordo com o prefeito, o evento foi idealizado inicialmente com abrangência nacional e, ao longo do tempo, a meta é torná-lo internacional. “De um lado, vamos incentivar a prática esportiva e de vida saudável, e, de outro, tendo em vista a realização de um evento para uma cidade turística. A gente quer que pessoas do Brasil inteiro possam participar dessa primeira maratona na cidade. A ação será bem organizada, festiva, como Salvador sabe fazer e tendo como palco principal o Farol da Barra, ponto de partida e chegada da maratona. Convidamos todas as pessoas que já praticam ou que pretendem praticar o esporte para, juntos, fazer dessa uma das principais competições do país”, completou ACM Neto.

A expectativa da Prefeitura é introduzir a cidade no circuito nacional de competições de rua. A iniciativa acontece em um momento onde o turismo esportivo se torna uma alternativa importante no país. Dados atuais do Ministério do Turismo apontam que o desenvolvimento do turismo de esportes traz oportunidades, como o estímulo a outros segmentos e produtos, e contribui para a diminuição dos efeitos da sazonalidade.

Para a primeira edição do projeto, a estimativa é reunir cerca de 4 mil corredores. Com o amadurecimento da prova, em alguns anos, o objetivo é que a maratona alcance lugar de destaque no cenário nacional e internacional de corridas de rua e se torne o terceiro maior produto de Salvador, atrás apenas do Carnaval e do Réveillon.

Isso porque reunir esporte e turismo é uma ideia cada vez mais difundida entre os brasileiros, que se espalham pelas corridas de rua em todo o mundo. Os chamados “maraturistas” são conhecidos por se programarem com antecedência, escolher o destino e pegar a estrada, e Salvador pode se tornar a mais nova opção desses grupos.

 “Este é um produto muito desejado por todos os corredores do Brasil. Acreditamos que, a partir de agora, vamos introduzir Salvador no circuito nacional de maratonas para que a gente possa conquistar futuramente o mercado internacional. A maratona está sendo colocada estrategicamente dentro do calendário oficial de eventos na cidade, que foi montado para gerar desenvolvimento econômico, pois movimenta todo o setor de serviços da capital”, pontuou Isaac Edington.

Estímulo – O presidente da FBA salientou a importância da iniciativa para o estímulo ao esporte na cidade. “Estamos muito envaidecidos em ver a Prefeitura eleger o atletismo como fundamental para a qualidade de vida. Com certeza, a corrida é o evento mais democrático, onde todas as pessoas, de todas as classes sociais e níveis técnicos podem participar em um mesmo local e momento. Acho essa iniciativa fantástica e tenho certeza que esse evento vai ser um dos grandes eventos do Brasil e, futuramente, do mundo”, destacou Chagas.

O diretor da Enashopp, Alexandre Manzalli, explicou a motivação do Shopping Barra, uma das empresas parceiras da iniciativa, em apoiar a maratona. “Em 2017, o shopping está completando 30 anos e o projeto de expansão do estabelecimento coincidiu com o processo de revitalização da cidade nos aspectos físico e social. A cidade não pode depender exclusivamente de um turismo voltado somente para o Carnaval, isso tem que ser acontecendo o ano inteiro. Qualquer ação que venha a trazer uma ocupação para a região da Barra e para a cidade de Salvador como um todo, tem tudo a ver com o que deseja o shopping.”

Provas e percursos - A Maratona Cidade de Salvador acontecerá pela primeira vez no dia 22 de outubro (domingo). A competição, que buscará atrair corredores de todos os níveis, terá provas de 5km e 10km, a meia-maratona (21km), a maratona individual (42km) e o revezamento com equipes compostas por quatro atletas (42 km).

Todas as largadas serão realizadas do Farol da Barra, às 5h30. Os retornos acontecerão na praça Eliana Kertész, para os atletas que disputarão os 5 km, e no Teatro Sesi do Rio Vermelho, para as corridas de 10 km. Para os corredores que vão participar da meia-maratona e da maratona individual, o retorno será no Jardim de Alah. Já a maratona de revezamento terá seu retorno no Largo da Mariquita.

O presidente da Saltur salientou que os circuitos foram pensados de forma a abranger o maior número de pessoas e de maneira a envolver toda a cidade. “Oferecemos opções para todos os níveis de participantes, permitindo que competidores, famílias, enfim, todos possam estar presentes. Além disso, vamos contar com atrações que vão tornar a maratona ainda mais animada”, completou Edington.

Estrutura – Para garantir a segurança dos atletas durante as competições, a Maratona Cidade de Salvador contará com a instalação de três pontos de atendimento médico, cinco ambulâncias estacionadas em locais estratégicos, 10 pontos de hidratação – um a cada 2km, 120 mil copos de água e mais de 300 profissionais envolvidos na organização.

Além disso, os corredores também terão à disposição o estacionamento do Shopping Barra para deixar os veículos e participar da competição com segurança. Em parceria com entidades como a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-BA), a Associação Brasileira das Agências de Viagens (Abav-BA) e a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-BA), já estão sendo oferecidos pacotes especiais de hospedagem e alimentação voltados para quem pretende vir a Salvador especialmente para a competição.

Entretenimento – Para deixar todo o circuito animado e convidar a população para interagir com esse megaevento, será montado um palco antes do ponto de largada. Apresentações do grupo FitDance animará o evento no local, sendo que o encerramento estará a cargo do Alavontê, que promete fechar com chave de ouro essa primeira edição da Maratona Cidade de Salvador.

Ao longo do trajeto mais música anima os atletas e o público que prestigia a corrida. Isso porque três cabines de DJ’s serão instalados ao longo das provas.

Homenagem – Os primeiros colocados de cada competição levarão para casa troféus que homenageiam um dos maiores entusiastas e praticante de corridas de rua da Bahia e do Brasil: Ayrton Ferreira dos Santos, falecido em 2012.

Esse grande incentivador das corridas de rua participou e foi decisivo na criação da AVAB (Associação dos Veteranos de Atletismo da Bahia). Foi um dos mentores da tradicional Corrida dos Engenheiros, promovida anualmente pelo Clube de Engenharia da Bahia.

Ayrton Ferreira escreveu quatro livros e, durante anos, foi colunista de sites de corrida no país. As suas obras são: “Porque correr” (1979), “Diário do Corredor”, (1980), “Maratona”, (1984), e “A mulher na corrida” (1990).

Inscrições – As inscrições para a Maratona Cidade de Salvador devem ser feitas através do site www.maratonasalvador.com.br. No site será possível saber todos os detalhes sobre a competição. A entrega dos Kits para a corrida será realizada entre os dias 19 e 21 de outubro, em local a ser definido.

A Maratona Cidade de Salvador é uma realização da Prefeitura, por intermédio da Empresa Salvador Turismo (Saltur), da Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel) e Federação Baiana de Atletismo (FBA). O evento contará também com o apoio da Personal Club, OHH Sports, Shopping Barra e Tia Sônia. Além disso, a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), o Salvador Dastination, a Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), a Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (FeBHa) e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) são importantes parceiros da iniciativa.​

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Crianças e adolescentes de escolinhas de futebol de Salvador estão tendo a oportunidade de conhecer a metodologia alemã de futebol durante o Camp Atletas do Futuro. A oficina já passou pelas localidades do Arraial do Retiro, São Marcos e Bairro da Paz. Nesta sexta-feira (21), a atividade acontece no campo Petromar, em Stella Maris, e reúne três professores da base do time Borussia Dortmund, da Alemanha, que fazem um trabalho educativo. Até o final do projeto, a expectativa é reunir um total de 1.200 participantes.

O projeto Camp Atletas do Futuro é realizado pela Prefeitura, através da Secretaria de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel), junto com o Borrusia Dortmund e a Rede Record, e acontecerá, até a próxima segunda (24), em mais duas localidades. No sábado (22), será a vez do campo Mirante de Periperi, na 3ª Travessa Evandro de Oliveira; e na segunda (24), no Conjunto ACM, na Rua Almiro Mário de Almeida. As oficinas acontecem das 8h até 11h30, e de 13h30 até 17h30.

Por meio do projeto, os instrutores reúnem os participantes para trocar conhecimentos e experiências com foco no aperfeiçoamento de técnicas individuais e coletivas, caracterizadas por fundamentos básicos de treinos europeus. “A ideia é fazer um trabalho educativo para inclusão. A garotada percebe que o esporte ajuda nessa confraternização de povos e culturas diferentes”, explica o coordenador de esportes da Semtel, Edmilson Pombinho.

Um dos treinadores do Camp Atletas do Futuro deste ano, o proprietário do Brazilian Soccer Talent Academy, Jeremias Lopes, pontua o principal intuito da atividade. "O objetivo é trazer os meninos para cá para que eles aprendam e conheçam os treinamentos mais modernos que existem na Europa. Temos um sistema de trabalho que envolve disciplina, metodologia e filosofia do futebol alemão. A ideia não é implantar o futebol alemão aqui, pois os meninos que vemos jogar hoje possuem certa qualidade. Então é só lapidar".

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Nesta terça-feira (18), das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, no campo do Arraial do Retiro, será dado o pontapé das oficinas de futebol do projeto Camp Atletas do Futuro, uma parceria entre a Prefeitura Salvador, através da Secretaria de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel), o clube alemão Borussia Dortmund e a Rede Record. O objetivo é integrar 1,2 mil crianças e adolescentes, de 8 a 16 anos, de seis bairros de Salvador, promovendo a troca de conhecimentos com professores de outro país.

A atividade será levada ainda a espaços esportivos em São Marcos, Bairro da Paz, Stella Maris, Periperi e ACM, até o próximo dia 24. “Estamos proporcionando o contato intensivo de comunidades populares com uma metodologia de ensino internacional. São 200 crianças por bairro, sendo 100 pela manhã e a mesma quantidade no turno da tarde. Desta forma, estamos viabilizando um novo modo de vida, um novo futuro para elas”, declarou o secretário da pasta, Geraldo Júnior.

Os treinadores também vão participar de trocas de conhecimentos e experiências, através de programa intensivo com foco no aperfeiçoamento de técnicas individuais e coletivas caracterizadas por fundamentos básicos e treinos técnicos e táticos. 

Confira abaixo os locais das oficinas:  

18/07/2017

8h às 11h30

13h30 às 17h

Campo do Arraial do Retiro

(Travessa Rio Branco, próximo a Escola Municipal Educador Paulo Freire)

19/07/2017

Campo de São Marcos

(Rua Djalma Sanches, ao lado da UPA de São Marcos – Arena do Jaqueirão)

20/07

Campo do Bairro da Paz

(Rua da Jamaica, próximo a  Igreja Universal)

21/07

Campo Petromar (Stella Maris)

(Rua Orlando Imbassaí, antiga Via C)

 

22/07

Campo do Mirante de Periperi

(3º Travessa Evandro de Oliveira da Rua Ambrosina Arruda)

24/07

Campo Conjunto ACM

(Rua Almiro Mário de Almeida, Estrada das Barreiras)

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Cerca de 330 pessoas são atendidas hoje nos chamados clubes sociais, fruto de convênio firmado entre a Prefeitura de Salvador e associações esportivas em 2016. A iniciativa possibilita às crianças e adolescentes, referenciadas nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras), participarem de atividades como futebol, tênis, natação, ginástica rítmica e artes marciais, entre outras. Em dez meses de parceria, 500 pessoas já passaram pelos 11 clubes conveniados.

Além do acesso às modalidades esportivas, quem participa dos clubes recebe o cartão de passagem, lanche e uniforme, como suporte para permanecer nas atividades. Ao todo, são disponibilizadas 648 vagas, das quais 50% estão preenchidas. O público-alvo é pessoas com idade entre sete e 18 anos (exceto para atividades específicas). Para Geraldo Júnior, titular da Secretaria Municipal de Trabalho, Esportes e Lazer (Semtel) – pasta responsável pela ação –, trata-se de um projeto exitoso em atendimento à demanda social.

 “Através dessa parceria, podemos dar oportunidade a crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade social a ter acesso aos clubes com equipamentos esportivos de ponta e profissionais qualificados”, diz o secretário. A ideia é ampliar o número de vagas, seja para entidades que ainda vão aderir à proposta, ou mesmo, a partir da criação de mais vagas pelos clubes participantes.

Clubes – No Esporte Clube Vitória, 100 crianças e adolescentes, com idade entre 6 e 17 anos, jogam futsal, basquete e vôlei, nas segundas e quartas-feiras, a partir das 15h. Além do contato com uma atividade complementar à educação formal e dos benefícios à saúde, quem ingressa no clube pode ter a chance de entrar para a divisão de base do Vitória, pois, quem se destaca, é encaminhado para realizar o teste.

A coordenadora de esportes olímpicos, Maniele Gleize, ressalta que a iniciativa transforma a vida dos meninos e meninas. “Muitas vezes, eles vivem em um ambiente delicado, com ausência dos pais. Aqui, eles encontram um local para brincar, se distrair, sair das ruas. Além disso, eles têm contato com experiências, pois, frequentemente, organizamos encontros com jogadores para que eles contem um pouco das próprias histórias de vida”, diz.

Outro envolvido na estratégia social é o Clube Bahiano de Tênis, que acolhe 28 crianças nas dependências para praticar tênis, natação, futsal, ginástica rítmica e jiu-jitsu. Os treinos são realizados duas vezes por semana e uma hora por dia. O jiu-jitsu ocorre à noite, e as demais atividades nos turnos matutino e vespertino. 

Conforme Geraldo Júnior, o público atendido pelo convênio tem acompanhamento frequente dos profissionais da Diretoria de Esportes e Lazer: “As equipes vão ao local, observam as condições das instalações e equipamentos esportivos, carga horária, frequência, formação técnica dos educadores, metodologia, uniforme, lanche, entre outros indicadores”.

Conveniados – As entidades conveniadas à Semtel são a Associação Atlética da Bahia, Associação Cultural e Esportiva Braskem, Centro Espanhol, Clube Bahiano de Tênis, Clube dos Empregados da Petrobras, Clube Recreativo Campomar, Costa Verde Tênis Clube, Esporte Clube Vitória, Esporte Clube Ypiranga, Yatch Clube da Bahia e Associação Atlética Banco do Brasil.

Os clubes sociais de caráter desportivo e cultural que incentivam a prática esportiva têm desconto no IPTU. Em contrapartida, as entidades devem disponibilizar vagas para, no mínimo, 400 horas por ano, e permitir acesso às aulas e equipamentos.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A realidade das crianças e jovens que aproveitavam um turno do dia para treinar ou jogar futebol no campo da Praça João Mangabeira, nos Barris, mudou nos últimos três meses. O local, que foi completamente revitalizado pela Prefeitura e entregue no dia do aniversário dos 468 anos de Salvador (29 de março), é agora um ponto proveitoso para professores de escolinhas e de entidades realizarem atividades com atletas infantojuvenis.

Atualmente, a João Mangabeira é palco para atividades da Liga Desportiva e Cultural do Vale dos Barris (LDCVB), associação sem fins lucrativos que existe há 32 anos e atende a mais de 600 garotos entre 5 a 21 anos. “São 23 grupos que jogam aqui no campo, junto com mais quatro escolinhas provenientes de comunidades. Cada grupo treina em horário definido. Além das aulas, realizamos campeonato”, explica o presidente da LDCVB, Edilberto de Souza Freitas, 56 anos, conhecido como Lomanto.

Além do campo que comporta pelo menos oito jogadores de linha, a estrutura da praça possui uma nova quadra poliesportiva para vôlei, basquete, futsal e handebol, onde outros 25 grupos realizam treinos. Mesmo sob forte chuva que atingiu a cidade na segunda-feira (3), o estudante Edmilson Júnior, 17 anos, saiu do bairro do Engenho Velho de Brotas, onde mora, para participar de uma atividade. A intenção era aprimorar a finalização a gol.

Com quase três anos de Liga, ele não esconde a satisfação de poder contar com uma área mais acessível e segura para correr e chutar a bola sem se preocupar com incidentes. “Peguei o antes e o depois desse campo e posso afirmar que a reforma trouxe melhoras significativas. Os alambrados tinham buracos. Sempre quando chutávamos, a bola caía na rua. Além disso, o terreno era muito esburacado por causa das chuvas. Hoje a água cai, mas areia não escorre”, revela.

O professor da LDCV, Altair Veloso, percebeu a melhora do rendimento dos alunos. “Sem dúvidas a requalificação ajudou a treinar a garotada. Nessas épocas de chuva dá para trabalhar sem problemas, o que não acontecia antes. Os jogadores tinham dificuldades para correr, era muita lama, muito escorregadio. Muitos já tiveram lesões por causa de pedras que apareciam no campo quando chovia”, disse.

Balanço – Desde 2013, a Prefeitura já requalificou e/ou construiu um total de 267 campos e quadras pela administração municipal desde 2013, quando a cidade passou a assistir a um dos maiores avanços na requalificação do espaço urbano. O valor investido para as obras, conforme balanço da Secretaria Municipal de Trabalho, Esportes e Lazer (Semtel), é de aproximadamente R$ 30 milhões.  Em breve, a Prefeitura vai entregar o campo da Rua Roberto Veiga Lima, que fica ao lado do Colégio Antônio Carlos Magalhães, no Rio Sena.

 

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...