Esportes

0
0
0
s2sdefault

Competição que integra o 4° Festival Náutico Salvador, o Campeonato Baiano de Windsurf promete movimentar Bom Jesus dos Passos – uma das três ilhas pertencentes à capital baiana – nos dias 1º e 2 de dezembro. O lugarejo com três mil habitantes e que fica a 62 km da cidade vai receber atletas de pelo menos cinco estados do Brasil. O evento agrega cinco modalidades esportivas aquáticas diferentes e foi lançado pela Prefeitura em 2015, através da Empresa Salvador Turismo (Saltur), com a parceria do Yacht Club da Bahia, Bahia Marina e Capitania dos Portos.

A abertura do Campeonato está marcada para dia 1º, às 11h. As regatas começam por volta das 13h30. No dia 2, as competições iniciam a partir das 12h e a entrega dos prêmios está prevista para as 15h30. Durante a competição estão programadas cinco regatas. Interessados podem se inscrever por meio do e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. Para confirmar a participação, é necessário enviar para o e-mail a ficha de inscrição preenchida, juntamente com o comprovante de pagamento no valor de R$100.

Para o presidente da Saltur, Isaac Edington, o objetivo é dinamizar o esporte e as competições aquáticas na Baía de Todos-os-Santos, atraindo os praticantes da modalidade e visitantes. “O Campeonato Baiano de Windsurf integra o Festival Náutico e vem demostrar a capacidade técnica que temos de receber eventos no mar”, ressalta.

Vantagens – O tetracampeão baiano da modalidade Alexandre Lessa, também um dos organizadores do evento, ressalta as vantagens de se realizar o windsurf no local. “Temos uma das melhores e mais seguras baías do mundo, com ventos constantes, água morna e tranquila, o que favorece a prática esportiva”, assegura. Até agora, 45 atletas da Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Alagoas, Pernambuco e Sergipe já confirmaram presença na disputa. “Será o baiano mais brasileiro que já tivemos”, brinca Lessa.

O windsurf chegou ao Brasil na década de 70 e tomou força nos anos 80. É praticado com prancha e uma vela acoplada. Com o passar dos anos passou por grandes transformações e o emprego da tecnologia foi fundamental para modernizar o equipamento, tornando-o mais leve, facilitando o aprendizado. Na Bahia, vem se fortalecendo desde 2010, segundo o tetracampeão. “Quando a gente ensina o aluno, tem aquele que quer competir. Por isso, é tão importante fomentar os eventos esportivos”, afirma.

Regras – Os barcos poderão ser inscritos na secretaria do evento, situada na ilha, até o dia 1º, às 10h. A comissão de regatas não computará os pontos referentes à embarcação cujo numeral não conste nas fichas de inscrição recebidas. O acondicionamento das embarcações também é regido pelo regulamento.

Os equipamentos deverão ser guardados nos locais designados pela comissão, com permanência obrigatória até o término do campeonato. Embarcações de outros clubes poderão ser hangaradas na sede do evento, a partir do dia 30 de novembro, e podem permanecer até o término da competição.

Como chegar – Para chegar à Ilha de Bom Jesus dos Passos existem têm três opções. Quem deseja ir com carro particular, deve pegar a estrada pela BR-324. Visitantes que optarem por transporte coletivo, podem usar as linhas disponíveis na Estação da Lapa, Rodoviária, Terminal da França, Pituba e no Salvador Shopping. A terceira possibilidade é através do mar, com o catamarã. Nesta última opção, basta ir para o Terminal Marítimo do Comércio e pegar a embarcação que vai para o município de Madre de Deus, onde é necessário pegar um outro barco com destino à ilha.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

As duas primeiras semanas de dezembro vão ser de festa no mar. O 4° Festival Náutico Salvador chega com cinco competições que serão realizadas nas águas da Baía de Todos-os-Santos. Já tradição no calendário de eventos da cidade, o festival tem o objetivo de contribuir com o desenvolvimento do setor náutico e fomentar o turismo aquático na capital. O Festival Náutico foi lançado pela Prefeitura em 2015, através da Empresa Salvador Turismo (Saltur), e conta com a parceria do Yacht Club da Bahia, Bahia Marina e Capitania dos Portos.

Quem abre a maratona de competições do festival é o Rally Náutico da Bahia, que acontece no dia 1° de dezembro, com largada às 10h da Baía Marina. Competem neste evento lanchas e motos aquáticas, e a chegada será no Yacht Clube da Bahia (YCB), por volta das 15h. No mesmo final de semana, mas no dia 2 de dezembro, o Porto da Barra será palco do Yacht SUP Race - Fila do Circuito Baiano de SUP, com largada prevista para 8h.

Também nos dias 1 e 2 de dezembro acontece o Campeonato Baiano de Windsurf, na Ilha de Bom Jesus dos Passos. No dia 1°, está marcada a abertura para 11h, já as regatas começam por volta das 13h30. No dia 2, as competições iniciam a partir das 12h. As inscrições estão abertas pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

O Campeonato Baiano das Classes Laser, 420 e 29er será realizado entre os dias 4 e 7 de dezembro. Com largada do Farol da Barra, às 13h, as Velas tomarão conta do mar. No dia 9, acontece a última competição do Festival, a Travessia da Baía de Todos-os-Santos, uma Maratona Aquática programada para sair às 7h30 da Praia de Gameleira, na Ilha de Itaparica, e com previsão de chegada ao Porto da Barra a partir das 8h30. A expectativa é que cerca de 150 nadadores participem da travessia.

"Planejar um calendário de eventos plural e com destaque tanto para a cultura como para o esporte vem trazendo ótimos frutos para nossa cidade. Por isso, apostar em ações que destacam a Baía de Todos-os-Santos é fundamental em todos os aspectos, visto que um dos nossos principais objetivos com o Festival Náutico é destacar nossa cidade como palco para grandes competições”, ressalta o presidente da Saltur, Isaac Edington.

Programação:

01/12: Rally Náutico da Bahia
Largada: 10h - Bahia Marina
Chegada: A partir das 15h no Yacht Clube da Bahia

01/12 e 02/12: Campeonato de Windsurf
Largada e Chegada: Ilha de Bom Jesus dos Passos
1/12 – 11h abertura do evento/ 13h30 Início das Regatas
02/12: 12h Regatas do Dia / 15h30 Entrega de Prêmios

02/12: Yacht SUP Race - Fila do Circuito Baiano de SUP
Modalidade: Stand Up Paddle - SUP
Local: Porto da Barra
Largada: 8h
Chegada: 13h

04 a 07/12: Campeonato Baiano das Classes Laser, 420 e 29er
Modalidade: Vela
Largada: 13h - Farol da Barra

09/12: Travessia da Baía de Todos os Santos
Modalidade: Maratona Aquática
Largada: 7h30 - Praia de Gameleira - Ilha de Itaparica
Chegada: A partir das 8h30 - Porto da Barra

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Competições que duram, em média, cinco horas, com cerca de 500 atletas, divididos entre competidores de elite e amadores, que precisam nadar, pedalar e correr pela orla de Salvador. É o 1º Challenge Salvador – desafio de triatlo inspirado na versão original da cidade de Roth, na Alemanha, que consiste em cinco provas de curta, média e longa duração e envolvem natação no mar, ciclismo e corrida. O evento acontece entre os próximos dias 18 e 21, com saída da nova Praça de Piatã. A iniciativa tem o apoio da Prefeitura, por meio da Empresa Salvador Turismo (Saltur).

A disputa começa com o desafio de natação. Serão 1.900 metros de braçadas no mar de Piatã, seguidos da transição para as bicicletas, dispostas estrategicamente na praça da concentração. Com saída da Praça de Piatã, o desafio de bike percorrerá 90 quilômetros. Os competidores devem sair da praça, passar pela Sereia de Itapuã e seguir rumo ao Quartel de Amaralina, cumprindo o mesmo trajeto por três vezes – perfazendo 30 km em cada uma delas. Depois, retornam para a praça, de onde partirão para o cumprimento de mais 21 quilômetros de corrida, divididos em três voltas de 7 km cada.

“Pela primeira vez, a capital baiana recebe essa grande competição internacional, e isso é bastante relevante para a capital baiana. O evento reunirá atletas profissionais e amadores da Bahia, Brasil e do exterior, que são unânimes em ressaltar que a beleza natural da cidade foi o principal detalhe na hora de se inscreverem para a prova”, afirma Cleber Castro, diretor de Marketing da Federação Baiana de Triathlon (Febatri), uma das organizadoras do evento.

Programação – O cronograma de atividades tem início na quinta-feira (18), entre 9h e 19h, com uma exposição de lojistas na Feira de Piatã. Além disso, tem início no mesmo dia a entrega de kits para os competidores. Na sexta (19), é mantido o cronograma do dia anterior. Durante a realização da competição, a Transalvador realizará bloqueio parcial da orla entre os bairros de Itapuã e Amaralina. Aos motoristas que necessitem transitar pela região, o órgão recomenda que utilizem as avenidas Paralela, Jorge Amado, Pinto de Aguiar e Orlando Gomes.

No sábado (20), começam as competições, de 4h ao meio dia. Três disputas ocorrerão no primeiro dia, no chamado Challenge Family, que consiste nas provas intituladas "Challenge For All", que é subdividida em corridas de 5 km e 10 km, além da "Challenge Jr.", onde são percorridas pequenas distâncias. No domingo (21), é a vez da competição com 1,9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21 km de corrida. Além disso, competidores participam da Sprint Challenge, subdivididas em nado, pedalada e corrida, mas com distâncias de 750 metros, 20 quilômetros e 5 quilômetros.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O treinamento, esforço e dedicação diários trazem como benefícios a prática de atividades físicas, melhoria da própria saúde, disciplina, espírito de equipe e, em alguns casos, até a possibilidade de uma carreira profissional. Esta é a realidade de cerca de 300 crianças e adolescentes com idades entre sete e 17 anos, participantes do projeto de Iniciação Esportiva de Salvador (Iessa).

Desenvolvido pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel), o Iessa facilita o acesso a modalidades como basquete, vôlei, futsal e handebol. Alguns dos alunos, inclusive, se especializaram e já estão no mercado de trabalho como professores. Nas quadras localizadas na Avenida Octávio Mangabeira, na Boca do Rio, por exemplo, oito alunos que fizeram parte do projeto dão aulas em academias e clubes da cidade hoje. 

O educador físico e coordenador do projeto, Júlio César Machado, conta orgulhoso sobre os talentos revelados. “Nesta semana, uma das minhas alunas de tênis, que atualmente dá aula em uma escola particular renomada, virá aqui palestrar. Isso mostra a seriedade do nosso trabalho”, diz. Ele lembra que outros dois jovens que integraram o projeto atuam no Clube dos Médicos e Costa Verde Tênis Clube.

No espaço, 27 alunos praticam tênis, 47 jogam futebol e 16 aprendem noções de futsal. As aulas ocorrem de maneira revezada, de segunda a sexta-feira, em ambos os turnos.  No caso do tênis, Machado revela que a procura do público tem sido cada vez mais significativa. Os ensinamentos começam com as noções de projeção e recepção e atividades lúdicas. Em seguida, o jogo com bola, corpo e com raquete. As turmas estão divididas nas categorias iniciante, intermediário e avançado.

Entre os participantes está o jovem José Antônio Batista, de 15 anos, que mora no Alto do São Francisco, uma comunidade da Boca do Rio. Ele ingressou no projeto na oficina de futebol, mas se encantou com o tênis e trocou de modalidade. “Eu era gordinho e não conseguia jogar futebol bem. Resolvi apostar no tênis e hoje é uma paixão”. Esbelto, ele diz que a atividade ajudou a perder peso e resgatou a autoestima. “Aqui é incrível, os professores são de altíssimo nível”, disse.

Como participar – Além da quadra da Boca do Rio, as aulas são realizadas em outras duas unidades do Iessa, localizadas no Complexo Esportivo e de Lazer dos Barris, na Praça João Mangabeira; e na Avenida Octávio Mangabeira, em Itapuã. As atividades estão disponíveis gratuitamente para estudantes de instituições de ensino públicas ou privadas e que residam em Salvador.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Em mais uma parceria com a Escola Municipal 15 de Outubro, no Calafate, a Guarda Civil Municipal de Salvador, através da Coordenadoria de Ações e Prevenção à Violência, iniciou nesta semana aulas de boxe para crianças e adolescentes. Os alunos realizam as aulas práticas no turno oposto aos das aulas escolares.

As aulas de boxe ocorrem às terças e quintas-feiras. Já as de capoeira - iniciadas anteriormente - acontecem às segundas, quartas e sextas-feiras. “O esporte é uma grande ferramenta para incentivar as crianças e adolescentes a buscarem o crescimento pessoal. Colaborar com este incentivo é gratificante para toda nossa instituição”, afirmou o Inspetor Geral da GCM, Alysson Carvalho.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O treinamento, esforço e dedicação diários trazem como benefícios a prática de atividades físicas, melhoria da própria saúde, disciplina, espírito de equipe e, em alguns casos, até a possibilidade de uma carreira profissional. Esta é a realidade de cerca de 300 crianças e adolescentes com idades entre 7 e 17 anos, participantes do projeto de Iniciação Esportiva de Salvador (Iessa).

Desenvolvido pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel), o Iessa facilita o acesso a modalidades como basquete, vôlei, futsal e handebol nas quadras localizadas na Avenida Octávio Mangabeira, na Boca do Rio. Alguns dos alunos, inclusive, se especializaram e já estão no mercado de trabalho como professores. Oito deles dão aulas em academias e clubes da cidade.

O educador físico e coordenador do projeto, Júlio César Machado, conta orgulhoso sobre os talentos revelados. “Nesta semana, uma das minhas alunas de tênis, que atualmente dá aula em uma escola particular renomada, virá aqui palestrar. Isso mostra a seriedade do nosso trabalho”, diz. Ele lembra que outros dois jovens que integraram o projeto atuam no Clube dos Médicos e Costa Verde Tênis Clube.

No espaço, 27 alunos praticam tênis, 47 jogam futebol e 16 aprendem noções de futsal. As aulas ocorrem de maneira revezada, de segunda a sexta-feira, em ambos os turnos. No caso do tênis, Machado revela que a procura do público tem sido cada vez mais significativa. Os ensinamentos começam com as noções de projeção e recepção e atividades lúdicas. Em seguida, o jogo com bola, corpo e com raquete. As turmas estão divididas nas categorias iniciante, intermediário e avançado.

Entre os participantes está o jovem José Antônio Batista, de 15 anos, que mora no Alto do São Francisco, uma comunidade da Boca do Rio. Ele ingressou no projeto na oficina de futebol, mas se encantou com o tênis e trocou de modalidade. “Eu era gordinho e não conseguia jogar futebol bem. Resolvi apostar no tênis e hoje é uma paixão”. Esbelto, ele diz que a atividade ajudou a perder peso e resgatou a autoestima. “Aqui é incrível, os professores são de altíssimo nível”, disse.

Projeto – Além da quadra da Boca do Rio, as aulas são realizadas em outras duas unidades do Iessa, localizadas no Complexo Esportivo e de Lazer dos Barris, na Praça João Mangabeira; e na Avenida Octávio Mangabeira, em Itapuã. As atividades estão disponíveis gratuitamente para estudantes de instituições de ensino públicas ou privadas e que residam em Salvador.

Para participar, o interessado deve comparecer no núcleo escolhido para exercitar a modalidade esportiva acompanhado de um responsável. Os documentos necessários são a carteira de identidade do aluno e do responsável, comprovantes de matrícula e de residência e um parecer médico atestando as boas condições para a atividade física.

Campos e quadras – A Prefeitura tem investido também na reforma e construção de espaços públicos para a prática de esportes, com o intuito de beneficiar o maior número de cidadãos com acesso a esportes e a atividades de lazer. A capital baiana dispõe atualmente de 486 campos e quadras, sendo que 295 deles foram reformados nos últimos cinco anos e 103 novos foram entregues à população pela administração municipal.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Uma das mais tradicionais competições de futebol de Salvador, a Copa Dente de Leite dá o pontapé da edição 2018 neste sábado (29), com seis partidas no primeiro dia e duas no domingo (30), em quatro locais. Com o tema “Bom de Bola, Bom na Escola”, o evento é uma realização da Secretaria Municipal do Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel), em parceria com a Federação Baiana de Futebol (FBF).

O torneio reúne 640 crianças e adolescentes de 12 a 14 anos, devidamente matriculadas nas escolas do estado da Bahia, que vão competir em rodadas de 64 jogos. O campeão será conhecido em 1º de dezembro. A entrada é gratuita.

Partidas – A primeira rodada tem os confrontos no sábado (29) entre Benfica Brasil x Academia Vitória, às 8h, e Independente x Centro de Formação de Atletas, às 9h, no Barradão. No mesmo dia, serão realizadas as partidas entre Arena Rubro Negra x Redentor, às 13h, e Meninos Valente x Catuipense, às 14h, no Curralinho.

Para fechar o dia, tem E.C. Bahia x Bola no Pé, às 14h, e Cajazeiras e Eldorado, às 15h, no Fazendão. Já no domingo, o Wet’n Wild, na Paralela, será palco das partidas entre MAF x Escola de Futebol de Brotas, às 9h30; e Raízes de Davi x Associação Universo, às 11h.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Sete pontos médicos, entre postos fixos e ambulâncias, estarão posicionados no circuito da Maratona Cidade de Salvador, que acontece a partir das 5h30 deste domingo (23), com largada do Farol da Barra. A Prefeitura manterá 32 profissionais de prontidão, durante todo o percurso, para prestar assistência emergencial aos atletas, em caso de alguma eventualidade durante a prova.

As unidades provisórias de saúde serão posicionadas no Farol da Barra; próximo ao monumento "Três Meninas do Brasil", conhecida popularmente como Praça das Gordinhas, na Avenida Adhemar de Barros, em Ondina; em frente ao Teatro Sesi, no Rio Vermelho; no Largo de Amaralina; no Jardim dos Namorados; Boca do Rio; e Piatã.

Além disso, a Empresa Salvador Turismo (Saltur), organizadora do evento, terá 17 pontos de hidratação para atletas durante o percurso da maratona. Nos locais, os participantes da prova receberão água, isotônicos e demais itens necessários para absorção de nutrientes que garanta a continuidade na competição.

Percursos – Cinco mil atletas, da capital e de várias partes do Brasil, participam da competição. Os percursos para ambas as modalidades foram modificados, em relação ao ano anterior. Para a Meia Maratona (21k), após a largada do Farol, os atletas seguirão pela Avenida Centenário, passando pela Avenida Anita Garibaldi, pela Avenida ACM, retornando no Jardim dos Namorados e seguindo pela orla em direção ao Farol da Barra. O percurso da Maratona (42k) seguirá também pelas Avenidas Centenário, Anita Garibaldi e ACM, porém com retorno em Piatã, que seguirá também em direção ao Farol da Barra através da orla.

Já os atletas que competem nas modalidades 5k e 10k mantêm os percursos. Com saída do Farol da Barra, os corredores seguem pela orla com retornos na Praça Eliana Kertész, em Ondina, e no Largo da Mariquita, no Rio Vermelho, respectivamente.

Premiação – Os maratonistas que ficarem em primeiro lugar na categoria geral masculina e feminina levam para casa R$22 mil; a segunda colocação fica com R$11 mil; a terceira, R$9 mil; e a quarta e quinta posições, R$7 mil e R$5 mil, respectivamente. Para os que competem na Meia Maratona, os prêmios são de R$8,5 mil para o 1° lugar; R$5,5 mil para o 2°; R$3,5 mil para o 3°; R$2,5 mil para 4°; e R$1,5 mil para o 5°. Para o 1° lugar feminino e masculino dos 5k e 10k, o prêmio em dinheiro será de R$1 mil.

A Maratona Cidade de Salvador é uma realização da Prefeitura, por intermédio da Saltur, da Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel) e da Federação Baiana de Atletismo (FBA). O evento conta com patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio do Shopping Barra.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A programação do Festival da Primavera 2018, que deu a largada no último dia 15 e segue até dia 30, deu um tom especial às práticas esportivas na edição deste ano. Além da Maratona Cidade de Salvador, no próximo domingo (23), o festival preparou uma surpresa para os amantes do crossfit, modalidade que tem se expandido e ganhado cada vez mais seguidores. No dia 30, acontece pela primeira vez na capital baiana o Hero Salvador, de 8h às 16h. Os exercícios de alto impacto que testam preparo físico e resistência dos atletas terão como palco o Largo do Farol da Barra. Com premiações em dinheiro e uma super estrutura, o Hero pretende chamar atenção de atletas nacionais para o festival na capital baiana.

Para Fábio Orleans, um dos organizadores do evento, empresário do ramo e praticante da modalidade há seis anos, o espaço aberto pela Prefeitura é de suma importância para divulgação e fortalecimento da modalidade. “A escolha do Farol da Barra e o apoio da Prefeitura, nos ajudando a pensar num evento e crossfit para Salvador, tem nos ajudado muito. A ideia é que ele se torne nacional, mas essa é a primeira edição com atletas de Salvador e do interior. Nosso objetivo é fortalecer o esporte, a modalidade que é nova e que vem ganhando espaço na cidade”, diz. Além da competição, serão realizados durante todo o domingo, em tendas também montadas no Farol, “aulões de experimentação” para o público que queira conhecer mais sobre o esporte.

Participam das disputas 200 atletas nas categorias RX (profissional) masculino e feminino, máster masculino (para atletas a partir de 35 anos) e a scaled masculino e feminino, que ocorre em duplas e contempla esportistas iniciantes. “Muito se fala, pouco se sabe. Vamos mostrar ao público da cidade o que é, do que se trata, para que as pessoas percebam o quanto pode ajudar na melhoria da qualidade de vida. E ao contrário do que muitos pensam, é um esporte adaptável e inclusivo, ele é para todos”, explica. O crossfit é uma metodologia de treinamento de movimentos funcionais variados, realizados em alta intensidade e que misturam ginástica olímpica, levantamento de peso, e exercícios aeróbicos (corrida, bicicleta e remo).

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...