Esportes

0
0
0
s2sdefault

Para atender as necessidades de limpeza da Maratona Cidade de Salvador, programada para sábado (22), a Limpurb mobilizará um contingente de 229 pessoas para garantir vias limpas antes, durante e após a realização do evento. Serão realizados serviços como varrição, catação, coleta e lavagem de vias nas áreas destinadas à competição. No âmbito dos equipamentos, serão utilizados quatro compactadoras, quatro caminhões pipa, oito caminhões convencionais, oito ônibus, três tratores com reboque e um trator com limpadora. Para maior comodidade da população, a Limpurb vai instalar 18 sanitários químicos, sendo 14 no Farol da Barra.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Salvador já sediou eventos importantes de corrida de rua realizados por grandes empresas. Eventos que, inclusive, já serviram de referência para outros estados do país. O que faltava para selar essa expertise, uma maratona oficial do município, está prestes a se tornar realidade nesse domingo (22). E o mais interessante: a Maratona Cidade de Salvador tem grandes chances de se tornar uma competição internacional em 2018.

“Teremos aqui, no domingo, o consultor da Confederação Brasileira de Atletismo e medidor oficial da Federação Internacional, Rodolfo Ashley, que vai fazer avaliações para que no próximo ano a competição se torne calendarizada e internacional”, explica o presidente da Federação Bahiana de Atletismo, Og Robson de Chagas. Além de representar a Federação Bahiana, ele vai participar como delegado técnico da Confederação Nacional de Atletismo.

Além da experiência com eventos patrocinados pela iniciativa privada, a Bahia conta com grandes atletas. Em 2016, das três maratonistas que representaram o Brasil nas olimpíadas, duas foram baianas: Marily dos Santos, alagoana erradicada na Bahia e Graciete Moreira, natural de Serra Preta, município vizinho à Feira de Santana.

Segundo Chagas, a maratona municipal era um anseio e uma questão de justiça. “A cidade ganha um grande presente da Prefeitura. Temos uma orla magnífica, que se tornou ainda mais bela após as reformas, e vai ser muito prazeroso correr nela”, pontua. 

Participantes – A Maratona Cidade de Salvador teve 3.500 inscritos. Dentre os participantes, cerca de 1.160 são mulheres, 2.310 são homens e 242 são idosos. Ao todo, participantes de 16 estados diferentes e de 80 municípios do interior da Bahia se inscreveram.

“A corrida é o evento mais democrático, pois propicia a participação de todos, independentemente, da faixa etária, condição social ou nível de preparo. Qual é a chance que teríamos de disputar uma partida oficial com Ronaldinho? Nenhuma. Na maratona, temos a oportunidade de correr ao lado de grandes atletas”, finaliza Chagas.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Milhares de atletas de elite e amadores se reunirão neste domingo (22) em um dos cartões postais de Salvador, o Farol da Barra, para a primeira edição da Maratona Cidade de Salvador. A expectativa da Prefeitura é reunir cerca de quatro mil corredores para o evento e, com o amadurecimento da prova nos próximos anos, tornar a corrida de rua o terceiro maior produto de Salvador, ficando atrás apenas do Carnaval e do Réveillon. O evento conta com percursos de 5km a 42km e, para isto, a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) informa que serão feitas modificações no trânsito para otimizar e ordenar a circulação de pedestres e veículos na extensão da Avenida Oceânica.

Entre o Largo do Farol da Barra até a curva da Paciência, o tráfego estará interditado, com os seguintes compartilhamentos, nos trechos entre o Largo do Lamarão e a Rua José Sátiro de Oliveira, Rua Morro do Escravo Miguel e a Avenida Adhemar de Barros, Travessa Bartholomeu de Gusmão, Rua da Paciência, sentido Itapuã, Rua Guedes Cabral, Rua Borges dos Reis, Praça Colombo e Rua Odilon Santos, Rua Marquês de Monte Santo, Praça dos Jangadeiros, Av. Amaralina, Largo de Amaralina, Av. Octávio Mangabeira, até o Restaurante Cubanakan. Os veículos terão como opção de acesso as vias da Rua Eurycles de Matos, Av. Anita Garibaldi, Rua Adhemar de Barros, Rua N, Rua Professor Sabino Silva, Av. Sete de Setembro, Rua Afonso Celso, Rua Marquês de Caravelas, Rua Miguel Bournier, Largo do Chame - Chame, Av. Centenário, Travessa Prudente de Moraes, Rua da Paciência, sentido Ondina.

Ainda no domingo, está proibido o estacionamento entre 4h e as 13h, na Avenida Oceânica, Rua da Paciência, Largo de Santana, Rua Guedes Cabral, Rua Borges dos Reis, Praça Colombo, Largo da Mariquita, Rua Odilon Santos, Rua do Meio, Praça Brigadeiro Faria Rocha, Rua Marquês de Monte Santo, Av. Amaralina, Av. Octávio Mangabeira. As áreas livres para o estacionamento no dia são a Rua Dias D’Ávila, a direita da Rua Afonso Celso, Rua Dom Marcos Teixeira, Rua Alfredo Magalhães, Rua Professor Lemos Brito, Travessa Marquês de Leão, Av. Almirante Marques de Leão, e à esquerda da Rua Marquês de Caravelas.

Transporte - Para que usuários do transporte público que vão participar da Maratona Salvador tenham o acesso ao evento facilitado, a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) antecipou em uma hora a operação de cinco linhas de ônibus. A operação deverá iniciar às 4h da manhã. Além disso, durante a maratona, as linhas de ônibus que circulam pelo trecho terão seus itinerários modificados de acordo com as interdições da Transalvador. Confira a seguir as linhas de ônibus que terão o roteiro antecipado:

1051

Estação Mussurunga – Barra 1

0136-01

LB1 – Lapa –Chame-Chame

1052

Estação Mussurunga – Barra 2

1340

Estação Pirajá – Barra 1

1341

Estação Pirajá – Barra 2

Saúde - Corredores contarão com um esquema especial para atendimentos de saúde. Serão montados três postos de atendimento médico. Um deles ficará no início do percurso, na Barra, próximo ao farol, onde estará o pórtico de largada e chegada da Maratona. O segundo posto ficará no bairro do Rio Vermelho, próximo ao Teatro Sesi, onde estará marcando os retornos daqueles que correm os 10k e aqueles que correm por equipes. O último posto estará no Jardim de Alah, onde ocorrem os retornos dos corredores da Meia Maratona e da Maratona.

O evento contará ainda com seis ambulâncias com equipes paradas ao longo do percurso. Outra preocupação da organização da Maratona Cidade de Salvador foi com os pontos de hidratação para os corredores da competição. Ao longo do percurso, que vai da Barra ao Jardim de Alah, serão montados sete pontos estratégicos para a hidratação dos corredores: na região do largo do Farol da Barra; próximo ao Centro Espanhol; próximo ao Speed Lanches, em Ondina; em frente ao Teatro Sesi, no Rio Vermelho; na região da Fonte do Boi, também no Rio Vermelho; na região das Baianas de Amaralina; e o último próximo ao Habib’s da Pituba.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Corredores que disputarão as provas da Maratona Cidade de Salvador, que será realizada no próximo domingo (22), contarão com um esquema especial para atendimentos de saúde. Serão montados três postos de atendimento médico. Um deles ficará no início do percurso, na Barra, próximo ao farol, onde estará o pórtico de largada e chegada da Maratona. O segundo posto ficará no bairro do Rio Vermelho, próximo ao Teatro Sesi, onde estará marcando os retornos daqueles que correm os 10k e aqueles que correm por equipes. O último posto estará no Jardim de Alah, onde ocorrem os retornos dos corredores da Meia Maratona e da Maratona.

O evento contará ainda com seis ambulâncias com equipes paradas ao longo do percurso. Outra preocupação da organização da Maratona Cidade de Salvador foi com os pontos de hidratação para os corredores da competição. Ao longo do percurso, que vai da Barra ao Jardim de Alah, serão montados sete pontos estratégicos para a hidratação dos corredores: na região do largo do Farol da Barra; próximo ao Centro Espanhol; próximo ao Speed Lanches, em Ondina; em frente ao Teatro Sesi, no Rio Vermelho; na região da Fonte do Boi, também no Rio Vermelho; na região das Baianas de Amaralina; e o último próximo ao Habib’s da Pituba.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel), está trabalhando na ampliação da infraestrutura de diversos equipamentos públicos esportivos na capital baiana, como forma de fomentar e apoiar a prática de esportes e a formação de atletas. Uma das estruturas a ser implantada no município é a pista de atletismo em Stella Maris, entre a Alameda Praia do Flamengo e a Alameda Dilson Jatahy Fonseca. O edital de licitação para construção do equipamento está previsto para ser lançado no próximo dia 13.

A pista de atletismo será construída sobre um terreno de 27.615 metros quadrados e terá oito raias com requisitos oficiais e padrões internacionais, com piso em asfalto. O equipamento ainda terá espaços tecnicamente adequados para arremesso de peso, disco e martelo, lançamento de dardos, saltos em distância, triplo, em altura e com vara, além de campo em gramado e arquibancada para 178 pessoas. O investimento é de R$ 9,3 milhões, com recursos do Ministério do Esporte.

A construção também engloba prédio, contendo administração, recepção, salas de controle, de técnicos e professores; salas de primeiros socorros e de avaliação física; além de vestiários masculino e feminino; sanitários públicos, academia e depósito. O prazo da obra é seis meses, a partir da assinatura da ordem de serviço.

Piscina – Salvador também terá um Centro Aquático apto para formar atletas de alto rendimento. Será implantada na cidade uma Piscina Olímpica proveniente do Estádio Aquático dos Jogos Olímpicos 2016, que mede 25x50 e dois metros de profundidade. A piscina ficará localizada na Praça Wilson Lins, antigo Clube Português, na orla da Pituba.

A cessão do equipamento é fruto de um acordo de cooperação técnica entre o município, por meio da Semtel; a Aeronáutica, responsável pela aquisição do equipamento junto ao fabricante; o Ministério dos Esportes, que definiu as cidades que receberiam os equipamentos; e a Myrtha Pools, empresa italiana que fabricou a piscina e será responsável pela montagem dela na capital baiana.

CIE – Dois Centros de Iniciação ao Esporte (CIE) já estão sendo construídos em Itapuã e outro em São Marcos. Serão equipamentos multiusos voltados para a iniciação esportiva e para o estímulo e formação de atletas em áreas de vulnerabilidade social.

As unidades de Itapuã e São Rafael terão a mesma estrutura: ginásio poliesportivo com arquibancada para 195 pessoas e área de apoio com administração, sala de professores e técnicos, vestiários, chuveiros, enfermaria, copa, depósito, academia e sanitário. Serão 1,6 mil crianças e adolescentes beneficiados, sendo 800 em cada CIE.

Poderão ser praticadas modalidades olímpicas, como basquetebol, ginástica rítmica, handebol, judô, taekwondo e vôlei. Também haverá adaptações para práticas de modalidades paraolímpicas, a exemplo do judô e voleibol sentado. Modalidades não-olímpicas, a exemplos de futsal e capoeira, também acontecerão nas duas unidades. A previsão para entrega das obras é março do próximo ano. O investimento para a construção dos dois centros é de R$ 6 milhões, com recursos do Ministério dos Esportes e contrapartida do município.

Projetos – A Escola Senhor do Bonfim, em Plataforma, e o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Nossa Senhora das Graças, nos Dendezeiros, recebem no contraturno o Projeto Ginástica Rítmica na Escola, destinado a 550 alunos matriculados regularmente no Ensino Fundamental I e II. A proposta, com a realização da atividade, é promover qualidade de vida aos estudantes, incentivá-los a melhorar o desempenho escolar e revelar talentos que poderão ser iniciados na modalidade profissional posteriormente.

O Projeto Karatê na Escola é outra ação que alcança alunos da rede municipal de ensino. A iniciativa ocorre na Escola Municipal Professor Milton Santos, em Valéria, e visa proporcionar a construção da cidadania, a socialização, a prática competitiva, a integração e inclusão social dos alunos.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A primeira edição da Maratona Cidade de Salvador acontece neste domingo (22), com largada no Farol da Barra. A competição atrairá milhares de corredores de todos os níveis em provas de 5km, 10km, 21km, 42km, além de corrida de revezamento com equipes compostas por quatro atletas (40 km com 10km cada atleta). E como esses dias que antecedem o evento são de preparação para os participantes inscritos, é importante estar atento aos cuidados com a saúde para manter o corpo em plenas condições físicas.

Para esta semana, a orientação é que os participantes façam treinos regenerativos de baixa intensidade - a fim de reparar a musculatura -, dispensando atividades mais intensas.“Cada modalidade exige estratégia diferente. A preparação de quem vai correr 5km é totalmente diferente para os que vão até os 42km. Geralmente, aqueles que farão o percurso mais longo já vêm sendo acompanhado por profissionais de educação física e de nutrição, para serem instruídos sobre alimentação, técnicas e movimentos como postura, passada, resistência, força”, explica o educador físico Pedro Alexandria.

Um fator que o profissional aponta e que deve ser levado em consideração é a escolha do tênis para a corrida. Poucas pessoas têm conhecimento da importância de escolher o calçado correto que será utilizado para praticar o esporte. Isso porque o uso de um tênis adequado ameniza os impactos que o corpo sofre durante as passadas. Se o acessório for bem escolhido, levando em conta as características do corredor, como pisada, a probabilidade de sofrer qualquer prejuízo será reduzida.

“Cada um tem pisada diferente: pode ser neutra, supinada ou pronada. É bom a pessoa ter conhecimento, por meio de avaliação médica, de qual é sua pisada, para então escolher o tênis apropriado”, pontua Alexandria, reforçando ser comum encontrar alguém sentir desconforto durante a corrida por causa do tênis. O recomendado é que o calçado usado para os treinos preparatórios seja o mesmo do dia da maratona.

Todas as largadas serão realizadas do Farol da Barra, a partir das 5h30. Antes de iniciar a prova, é importante realizar sessões de aquecimento e alongamento para relaxar a musculatura que foi bastante exercitada nos treinos. O exercício serve para diminuir as dores musculares e aumentar a flexibilidade do corpo. A dica é realizar pequenas corridas de tiro por um período de 10 minutos, antes de iniciar o circuito.

Hidratação - Garantir uma hidratação adequada é fundamental para otimizar o desempenho na corrida e auxiliar na prevenção de lesão muscular e outros agravos à saúde. A quantidade de água a ser ingerida depende do tipo, do ritmo e da intensidade da atividade física. Em casos de corridas de longa distância, geralmente com duração superior a uma hora, a ingestão de água de coco, isotônicos e bebidas esportivas é recomendada para repor água e sais minerais eliminados através do suor.

Segundo a nutricionista Kênya Lima, beber água em quantidade adequada favorece a regulação da temperatura corporal. "A ingestão de 500ml de líquidos no intervalo de uma a duas horas antes do início da prova, e de aproximadamente 200 ml de água a cada 20 minutos, colabora para a manutenção de um estado adequado de hidratação. Vale lembrar, ainda, que a hidratação pós-treino também é importante", explica.

Alimentação - Entre as sugestões de alimentos a serem ingeridos antes da corrida estão aqueles que sejam boas fontes de carboidrato complexo, por fornecerem energia por um tempo mais prolongado. Pode ser aipim, banana da terra, batata doce, inhame, fruta pão, pão integral ou frutas com cereais. Proteínas também são bem-vindas, a exemplos de carne, ovo, tofu, iogurte, queijos, e devem se consumidos aproximadamente duas horas antes da corrida.

Kênya destaca que é bom evitar o consumo excessivo de alimentos ricos em gorduras antes da corrida porque proporcionam digestão mais lenta. Já para uma refeição após a realização da corrida é importante priorizar alimentos que favoreçam a recuperação do tecido muscular (leite, iogurte, queijos, quinoa, amaranto) e que reponham energia, como o que são fontes de carboidrato. "Um mix desses alimentos se vê, por exemplo, em iogurte com frutas, vitaminas de frutas com leite, omelete com vegetais, iogurte com mel", pontua a nutricionista.

Estrutura - Os corredores que disputarão as provas da Maratona Cidade de Salvador contarão com um esquema especial no quesito saúde. Para a competição, serão montados três postos de atendimento médico. Um dos pontos será montado no início do percurso, na Barra, próximo ao Farol da Barra, onde estará o pórtico de largada e chegada da Maratona. O segundo posto ficará no bairro do Rio Vermelho, próximo ao Teatro Sesi, onde estará marcando os retornos daqueles que correm os 10k e aqueles que correm por equipes. O último posto estará no Jardim de Alah, onde ocorrem os retornos dos corredores da Meia Maratona e da Maratona. Além dos postos de atendimento médico, o evento contará com seis ambulâncias com equipes paradas ao longo do percurso para serem utilizadas em qualquer emergência.

Outra preocupação da organização da Maratona Cidade de Salvador foi com os pontos de hidratação para os corredores da competição. Ao longo do percurso, que vai da Barra ao Jardim de Alah, serão montados sete pontos estratégicos para a hidratação dos corredores: na região do largo do Farol da Barra; próximo ao Centro Espanhol; próximo ao Speed Lanches, em Ondina; em frente ao Teatro Sesi, no Rio Vermelho; na região da Fonte do Boi, também no Rio Vermelho; na região das Baianas de Amaralina; e o último próximo ao Habib’s da Pituba.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Iniciativa promoverá ainda doações ao Asilo São Lázaro, que acolhe cerca de 80 idosos

O fim de semana será especial para os corredores da Maratona Cidade de Salvador. Isso porque a Prefeitura, através da Empresa Salvador Turismo (Saltur), preparou um momento de confraternização e solidariedade para o sábado (21), um dia antes da prova, com o Festival Solidário de Massas, que acontece no Restaurante Taverna, no Clube Espanhol, das 18h30 às 22h. Para participar, é preciso estar inscrito na Maratona. O voucher para o evento custará R$ 10, que será doado para o Asilo São Lázaro.

O cardápio do Festival de Massa contará com duas opções de cortes de massa curta e duas opções de massa comprida, além de quatro tipos de molhos: quatro queijos, bolonhesa, triburro e amatriciana. A reserva para o jantar deve ser feita no site sympla.com.br, lembrando que as vagas são limitadas. Na entrada do restaurante, será preciso apresentar o voucher impresso, assim como o comprovante de inscrição da Maratona. O Festival de Massas tem patrocínio da Guebor Toyota e apoio do Clube Espanhol.

Mais doações - Na noite do Festival de Massas, será preciso levar um pacote de leite em pó, que também será doado à instituição social. O asilo presta acolhimento a pessoas acima de 60 anos e em situação de rua ou vulnerabilidade social, e atualmente conta com cerca de 80 idosos.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com oito títulos conquistados em maratonas ao longo de 15 anos de carreira, o atleta de elite Márcio Barreto Silva tem um novo desafio pela frente: a autosuperação na prova de 42km da Maratona Cidade de Salvador, que ocorre no próximo domingo (22), com largada e chegada no Farol da Barra. O evento é promovido pela Prefeitura, através da Empresa Salvador Turismo (Saltur) e das secretarias de Cultura e Turismo (Secult) e Esporte e Lazer (Semtel).

Entre os títulos acumulados pelo atleta estão o de campeão em 2014 e vice-campeão em 2015, pela Maratona Caixa da Bahia. Para garantir a Maratona Cidade do Salvador, Silva se dirige ao campo de futebol da Universidade Federal da Bahia (UFBa), em Ondina, duas vezes por semana, às terças e quintas, sempre das 5h30 às 7h da manhã. No local, realiza exercícios preparatórios para disputar a competição. Graduado em Educação Física, ele ainda se dedica a treinar mais duas atletas que também vão participar da maratona, de forma amadora.

O profissional explicou que a rotina para a disputa da corrida inclui uma série de itens, que envolve cuidados com a alimentação e hidratação – monitorados de forma constante e preparada por um nutricionista, que leva em consideração as características biológicas do atleta. Fisioterapia preventiva para evitar lesões, assim como acompanhamento de educador físico para adequar a rotina de treino que será executada pelo maratonista, também estão inclusas na preparação.

"Além de tudo, o que entra como aspecto fundamental na preparação de um atleta é o sono. O profissional precisa treinar e descansar, embora o atleta brasileiro não tenha esse privilégio, ainda mais no Nordeste, onde o maratonista treina e precisa buscar no turno oposto uma fonte de renda", justificou Silva, relatando as dificuldades encontradas pelos atletas de elite que não possuem patrocínio.

Para os admiradores do esporte que vão disputar como amador a Maratona Cidade de Salvador no próximo fim de semana, a recomendação é ir com espírito leve e com o intuito de se divertir ao longo do percurso. "Tenha em mente que durante o treinamento o objetivo é manter a saúde e ter bem estar, isso relacionado a construir amigos, oportunidade que o mundo do esporte pode proporcionar. Vejo alguns atletas que ficam tentando se superar e isso não pode ser de forma excessiva. Curta a corrida como aliado da saúde, não como forma de tentar ganhar competições. Correr é ter qualidade de vida e você já ganha com isso", recomendou Márcio Silva.

Competição – Esta é a primeira vez que Salvador promove uma maratona. A iniciativa visa fortalecer o calendário de eventos da cidade, na tentativa de inserir a capital baiana no ciclo nacional deste tipo de competição. Os corredores terão à disposição cinco categorias - 5km, 10km, 21km, 40km e 42km - sendo que a modalidade de 40km será com revezamento. As inscrições para participar das provas esgotaram o limite máximo disponível pela organização do evento no último dia 2. Outras 500 vagas foram abertas a pedido de atletas pelas redes sociais e este novo lote acabou em pouco mais de 2h.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com inscrições esgotadas desde o dia 2 de outubro, a organização da primeira edição da Maratona Cidade de Salvador está em seus preparativos finais. E na semana que antecipa a prova, uma ação precisa da atenção especial dos inscritos: o período de entrega dos kits. Para fazer a entrega do material que acompanha os corredores durante a competição, uma loja personalizada será montada dentro do Shopping Barra, patrocinadora oficial da Maratona. Localizado no piso L2, a loja funcionará entre os dias 19 e 21 de outubro, das 9h às 22h.

Para adquiri o Kit é necessário que o inscrito tenha em mãos uma identificação oficial com foto. Em caso da entrega do material a terceiros, este precisará estar com uma cópia da identificação oficial com foto do corredor e procuração em mãos. Vale lembrar que, em se tratando dos corredores por equipe, é possível que apenas um membro do grupo faça a retirada dos quatro kits. Mas é necessário que este esteja com copias das identidades dos demais corredores.

O kit é composto pela camisa oficial da competição e o número de peito, com chip para cronometragem confeccionado em material à prova d'água e resistente ao manuseio. Além disso, sacola, garrafa de água e brindes especiais integram o material que será distribuído.

Horário de largada - Os corredores precisam estar atentos aos horários de largada de sua modalidade. Para aqueles que disputarão a Meia-Maratona (21k) e a Maratona (42k), a saída está marcada para 5h30. Já aqueles que disputam o 5km, 10km e o 40km por equipe largam às 6h30. Lembrando que a modalidade 40km por equipe é composta por quatro corredores, onde cada um defenderá seus 10km.

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...