Esportes

0
0
0
s2sdefault

Celebrado neste domingo (22), o Dia Mundial Sem Carro será lembrado na programação do Festival da Primavera. A Prefeitura, por meio da Empresa Salvador Turismo (Saltur) e do Movimento Salvador Vai de Bike (MSVB), promove dois eventos ciclísticos para marcar a data e a chegada da nova estação. Em parceria com a empresa Turisbike, Saltur e MSVB realizam o Pedal Tour, com partida e chegada na Avenida da França, no Comércio.

Na última quarta-feira (18), 25 pessoas foram sorteadas para participar do movimento através do perfil do @ salvadorvaidebike. O principal objetivo é promover o cicloturismo, oferecendo aos participantes um pedal educativo na capital baiana, onde poderão conhecer a história da cidade, interagir com as pessoas e fotografar as belezas naturais. Apenas os participantes do sorteio que seguiram as regras e foram selecionados podem participar.

A ação conta com uma estrutura personalizada e guias credenciados, atentos ao crescimento exponencial do ciclismo como meio de transporte, esporte, lazer e estilo de vida. Serão separados dois grupos para cada dia. “São guias turísticos credenciados, e eles vão mostrando a cidade, com paradas nos monumentos, nos pontos históricos. Eles fazem toda descrição, como os guias que a gente contrata no Centro Histórico, só que eles vão de bicicleta”, explica a coordenadora do Salvador Vai de Bike, Liana Oliva.

Sorteio - A coordenadora informou que os selecionados estão sendo contactados para verificação da disponibilidade de participação, com possibilidade de um novo sorteio. Para participar, os interessados deviam seguir as páginas do @ salvadorvaidebike e do @ turisbikebahia, e curtir a foto oficial do sorteio, marcando três amigos nos comentários, além de deixar a página aberta no dia do sorteio. Os vencedores têm direito a um acompanhante. O sorteado, para validar a participação, deve realizar a inscrição no link que é enviado no direct, por meio do perfil do @ salvadorvaidebike.

A largada será na Avenida da França, com uma volta na área de lazer do comércio. Depois, os participantes sobem para o Pelourinho pelo Elevador Lacerda, seguem em direção ao Centro Histórico, passando por Taboão e volta para a Avenida da França, onde se encerra o trajeto. As paradas de hidratação acontecem ao longo do percurso.

Minibikes - Também durante o festival, será implantado, neste domingo (22), o Circuito de Minibikes para a criançada, das 9h às 16h. Podem participar crianças com idade entre 2 e 6 anos. As minibikes estarão em um circuito fixo, marcado por cones, na Avenida da França, próximo ao Hub Salvador, no Comércio.

A ideia é apresentar para os pequenos o ambiente do trânsito urbano e suas regras, de forma lúdica e divertida. O responsável deve apresentar um documento com foto. Os pequenos ciclistas participarão do circuito por ordem de chegada. É necessário a presença do responsável, pois os monitores irão apenas coordenar a ação. Na ocasião, o público vai aprender dicas para melhorar a performance no pedal.

Confira a programação completa do Festival da Primavera acessando o site www. festivaldaprimavera. salvador. ba. gov. br.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Se você é um daqueles aficionados por treinamentos de força e condicionamento físico de alto impacto, esteja preparado. A capital baiana recebe a terceira edição da Hero Salvador, um dos tradicionais eventos de CrossFit do estado, que acontecerá dentro da programação esportiva do Festival da Primavera.

Diferente das edições passadas, a Hero Salvador deste ano traz como novidade a realização de atividades em dois locais da cidade. A estimativa da organização é reunir cerca de 250 atletas de toda Bahia e de algumas cidades do Brasil.

No dia 28, a competição acontecerá no estacionamento do Shopping da Bahia, no horário de 8h às 18h. Já no dia 29, das 8h às 16h, o evento acontecerá próximo ao anfiteatro do Jardim dos Namorados, com acesso gratuito para o público. Na ocasião, os expectadores poderão participar de desafios e entender um pouco mais sobre a modalidade.

Quem quiser participar como atleta da terceira edição do Hero Salvador poderá se inscrever no site do Sympla até a próxima segunda (23). As categorias são: RX (individual), Master (individual), Intermediário (duplas), Scaled (duplas) e Time Misto. A premiação envolve distribuição de materiais esportivos e de vouchers para compra de esportivo de roupas e suplementos.

“Fico feliz e satisfeito em participar de mais um ano do Festival da Primavera, tendo em vista que nosso principal objetivo é divulgar a modalidade do CrossFit. Muito se fala desse esporte, mas muita gente não sabe como ele funciona. Um festival como esse ajuda a divulgá-lo de maneira mais ampla. A ideia é que a cada edição levemos o Hero Salvador para um espaço público diferente. Ano passado aconteceu no Farol da Barra, e este ano será no Jardim de Alah”, disse o diretor-geral do Hero Salvador, Fábio Orleans.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

"O evento é um sucesso. Temos gente do Brasil todo. Confesso que estou muito orgulhoso de Salvador sediar uma atividade grandiosa como essa. A disposição é grande. Eu, claro, mais uma vez não poderia ficar de fora. Gosto muito  de correr. Esporte é saúde, é vida", disse o prefeito ACM Neto, na largada da terceira edição da Maratona de Salvador, na manhã deste domingo (15).  

O prefeito foi um dos cinco mil inscritos no evento de rua. Participante da prova dos 10km, ele largou às 6h02 do Farol da Barra ao lado do vice Bruno Reis e de Isaac Edington, presidente da Saltur, que organiza a maratona em parceira com a Federação Bahiana de Atletismo (FBA). Vários outros dirigentes da Prefeitura também participaram da corrida, que faz parte do Festival da Primavera.    

Identificado com a numeração 0001, ACM Neto lembrou que a maratona tem crescido a cada ano, e que se tornou um evento nacional, com a presença de representantes de quase 200 cidades e de 24 estados do Brasil.  "A maratona tem crescido e despertado o interesse de competidores profissionais e amadores. Em 2020, será ainda melhor, movimentando a cidade cada vez mais. Aliás, quem sabe corro os 42km na próxima. Vou treinar mais para isso", disse o prefeito, que finalizou a prova dos 10km em menos de uma hora.  

Economia e marcas - O prefeito destacou que a maratona movimenta a rede hoteleira, assim como toda a economia da cidade. "Neste final de semana de inverno, já que a Primavera começa semana que vem, temos números expressivos de ocupação em nossos hotéis, alem da geração de empregos e movimentação intensa na nossa cidade. Nosso desafio é pensar produtos que movimentem Salvador o ano inteiro. A maratona e o Festival da Primavera são prova disso". 

Na edição desse ano, o evento, que voltará em 2020 em data a ser anunciada em breve, bateu uma outra marca: 800 participantes profissionais que disputaram os 42km (maratona) e os 21 km (meia maratona). Para Isaac Edington, que concluiu o trajeto de 5km em 32 minutos, a Maratona de Salvador está consolidada como o terceiro maior evento de rua da capital baiana. Segundo ele, o crescimento de 54% no número de novos corredores, mostra o quanto a ação tem repercutido nacionalmente.  

"Tem gente do Brasil todo participando. Nossa meta era 3,5 mil, mas tivemos cinco mil inscritos e certamente seria mais se decidíssemos ampliar a quantitativo total da competição. Com certeza ano que vem será melhor. Salvador está mais do que consolidada entre as principais cidades de corrida do Brasil", declarou. Ele disse ainda que a Prefeitura estimula várias outras corridas ao longo do ano, por meio do programa Salvador que Corre.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

“Eu estou muito impressionado com toda a estrutura dessa arena. Parece que estou em outro mundo”. Essa foi a reação do atleta Mateus Brito, 18, que saiu de Macapá (AP) e percorreu cerca de dois mil quilômetros para participar do Torneio Norte/Nordeste de Clubes de Natação – Troféu Walter Figueiredo, uma das mais importantes competições do país, na manhã dessa sexta-feira (13), na Arena Aquática Salvador, localizada na Praça Wilson Lins, na Pituba.

A competição, primeira da arena e que marca a volta de Salvador como sede de grandes eventos de natação, teve recorde de inscrição, com a presença de 508 atletas da região Norte e Nordeste, exceto Rondônia. O campeonato, que segue até este sábado (14), integra o calendário da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), realizado pela Federação Baiana de Desportos Aquáticos (FBDA), e tem apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel).

Para o atleta Matheus, que está em sua terceira competição, a Arena Aquática Salvador é a melhor e mais completa estrutura vista em toda a sua vida. O jovem ainda destacou a importância de um bom equipamento para o desempenho dos esportistas.

“Se os nadadores de cada estado tivessem um equipamento como esse seria incrível. Ter um espaço de qualidade como essa arena influencia demais na nossa preparação. Nos inspira e nos motiva muito. Eu realmente estou muito impressionado e feliz por ter tido a oportunidade de desfrutar desse espaço incrível”, afirmou.

Repercussão - “A repercussão da nossa estrutura entre os atletas tem sido muito positiva. Todos aprovaram. É muito importante a realização de eventos como esse, Salvador se recolocando nos cenários das competições. É um motivo de muito orgulho ter na nossa cidade um equipamento desse porte que com certeza revelará novos e futuros campeões”, disse gerente de Esportes Aquáticos da Semtel, Edvaldo Valério.

Desde os dois anos de idade praticante da natação, a atleta recifense Beatriz Bezerra, 15, se mostrou muito surpresa com a estrutura encontrada. “Não esperava que fosse um espaço tão completo. Tudo aqui é de qualidade. As piscinas, os blocos, os profissionais, é tudo incrível. Estar em um espaço desse nos deixa ainda mais motivados para seguirmos em frente. Eu estou muito feliz por estar aqui”, declarou.

Conquista - “Essa arena é uma conquista histórica para nossa cidade. É uma maneira de retomar esses grandes eventos e estimular o turismo esportivo, que tem influência em nossa economia. Tenho certeza que, entre os nossos projetos sociais, vamos revelar grandes nomes para o Brasil e para o mundo”, reforçou o vice-prefeito Bruno Reis.

O secretário da Semtel, Alberto Pimentel, contou que dentre os planos da Prefeitura está a realização de outros eventos nacionais e internacionais. “Essa arena é a porta de entrada de muitas outras cosias boas que estão por vir. O que é visto nas melhores academias de natação está presenta na nossa arena de forma gratuita para a população. É um grande benefício social. É um retorno do imposto pago pela sociedade”, afirmou.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A terceira Maratona Cidade de Salvador será realizada neste domingo (15). Nesta edição, serão ao todo cinco mil atletas de Salvador e de mais 197 cidades do interior da Bahia e de outros 24 estados – com exceção apenas de Roraima e Amapá.  

Com quatro modalidades, a competição abrange corredores de diferentes níveis técnicos. Tem os iniciantes, que fazem a modalidade dos 5km e correspondem a 34% dos atletas inscritos. Cerca de 24% escolheram fazer os 10km. A meia-maratona (21km) tem 25% das inscrições e a maratona (42km), 17%. 

Ao todo, 36% dos atletas inscritos são mulheres e 64% homens. Outro dado interessante este ano é que cerca de 54% dos inscritos farão a maratona pela primeira vez. Vale a pena ressaltar que os resultados da prova da prova principal e mais longa são válidos para o Ranking Brasileiro de Maratonas. A competição já faz parte do calendário nacional desde a sua primeira edição. 

Atrações – Alguns momentos especiais foram planejados para os atletas e também para o público que estará vibrando pelos participantes ao longo do percurso, com shows e apresentações musicais.  

Ao longo do percurso que vai do Farol da Barra até a Rua Aristides Milton, no bairro de Itapuã vão tocar a dupla Juan e Ravena, Fred Mendes e projeto Malezinho. No Largo do Farol da Barra, local de largada e chegada dos atletas, o grupo FitDance se apresenta desde às 11h. Logo depois, por volta das 12h30, a banda Jammil faz grande show em homenagem a todos os atletas que participaram da terceira edição da Maratona Cidade de Salvador.

Entrega de kits - Para fazer a entrega do material que acompanha os corredores durante a competição, uma loja personalizada foi montada dentro do Shopping Barra. Localizado no térreo do shopping, a loja funcionará até este sábado (14), no horário de funcionamento do estabelecimento comercial (9h às 22h). 

O kit somente poderá ser retirado pelo atleta inscrito mediante apresentação do protocolo de inscrição ou documento de identificação com foto. Participantes que se inscreverem como vinculados a Federação Baiana de Atletismo deverão apresentar a carteira da Confederação Brasileira de Atletismo original ou declaração expedida pelo órgão local. 

A retirada do kit só poderá ser efetivada por terceiros mediante a apresentação do comprovante de pagamento ou confirmação de inscrição, juntamente com cópia da carteira de identidade do participante. No caso dos atletas vinculados à federação, é preciso apresentação da carteira da confederação original ou declaração expedida pelo órgão local. 

Não serão aceitas reclamações após a retirada do kit, cujo conteúdo deverá ser conferido no ato da sua retirada. A troca do nome da inscrição, bem como a entrega para terceiros do chip para participação na prova, só poderá ser feita com autorização da organização e no momento da entrega do kit. 

O kit é composto pela camisa oficial da competição e o número de peito, com chip para cronometragem confeccionado em material à prova d'água e resistente ao manuseio. Além disso, contém sacola, garrafa de água e viseira. 

Premiação - Para 2019, a Maratona de Salvador continuará com a maior premiação do país. A competição distribuirá ao todo R$ 163 mil aos vencedores. Os maratonistas que ficarem em primeiro lugar na Categoria Geral masculina e feminina levam para casa R$ 22 mil. Os segundos lugares, R$ 11 mil; os terceiros, R$9 mil; os quartos, R$7 mil; e os quintos, R$ 5 mil.  

Para os que competem na meia maratona, os prêmios são de R$ 8.500, 1° lugar; R$ 5.000, 2° lugar; R$ 3.500, 3° lugar; R$ 2.500, 4° lugar; e R$ 1.500, 5° lugar.  Para o 1° lugar feminino dos 10km, o prêmio é de R$ 5.000; segundo lugar, R$450; e terceiro, R$ 300. Para os 5km, a premiação é se R$ 1.000 o primeiro colocado, de R$450 para o segundo e de R$300 para o terceiro. 

Horário de largada - Os corredores precisam estar atentos aos horários de largada de sua modalidade. Para aqueles que disputarão a meia maratona e a maratona, a saída está marcada para 5h30. Já aqueles que disputam os 5km e os 10km largam às 6h. 

Estacionamento - O estacionamento estará disponível no Shopping Barra neste domingo (15) para os corredores, das 4h às 11h. Será gratuito para atletas com apresentação do número de peito. 

Além disso, será possível estacionar na Av. Almirante Marques de Leão e no lado esquerdo da Rua Marquês de Caravelas, bem como nas transversais da Rua Afonso Celso. O estacionamento será proibido em todo o percurso da prova, bem como em toda extensão da Rua do Meio, no Rio Vermelho. 

A Maratona Cidade de Salvador é uma realização da Prefeitura, por intermédio da Empresa Salvador Turismo (Saltur) e da Federação Baiana de Atletismo (FBA). O evento conta com patrocínio do Shopping Barra, água Schin, Gatorade, TPC – Logística Inteligente, Laticínio Dengo, Frugi e UCI Orient.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Milhares de atletas de elite de todo Brasil e corredores amadores se reunirão neste domingo (15) em um dos cartões postais da cidade, o Farol da Barra, para terceira edição da Maratona Salvador. Para melhor atender o público do evento esportivo, organizado pela Saltur, a Prefeitura montará um esquema especial de serviços públicos, envolvendo, inclusive, a presença de ambulâncias e suporte à saúde dos participantes. A corrida acontece entre Farol da Barra e a Rua Aristides Milton, no bairro de Itapuã.

Além dos 42km, serão disputadas as provas de 5km, 10km e 21km (meia maratona). Depois de estrear em 2017 com 800 participantes, a Maratona Salvador tem crescido a cada ano, sendo o terceiro maior evento da capital baiana, estando atrás apenas do Carnaval e Festival da Virada.

Trânsito - A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) montou uma operação de ordenamento do tráfego. A largada das provas de 42mk e 21km está prevista para 5h30, no Farol da Barra. O trânsito será interditado a partir das 3h para montagem das estruturas e preparação do percurso. Serão realizados desvios, bloqueios e compartilhamentos de tráfego ao longo dos 42 quilômetros para viabilizar a realização do evento com segurança e, ao mesmo tempo, dar fluidez ao trânsito.

O trecho entre o Farol da Barra e o Largo da Mariquita será interditado. O tráfego será desviado para vias alternativas, como as avenidas Centenário, Garibaldi e Adhemar de Barros, interditando totalmente a orla. Entre o Rio Vermelho e a Pituba, o tráfego será compartilhado até a Praça Nossa Senhora da Luz, onde será desviado para a Rua Pernambuco.

Em alguns trechos do percurso, as faixas serão compartilhadas com grades de separação na pista, ou seja, os veículos poderão passar ao lado dos atletas, como forma de facilitar o acesso dos moradores. Isso ocorre em Ondina – no trecho entre a Rua Morro do Escravo Miguel e Avenida Adhemar de Barros, e no Condomínio Aeronáutica, e no Rio Vermelho, entre a Travessa Bartolomeu de Gusmão e a Rua da Paciência.

Os agentes da Transalvador estarão por todo percurso para garantir o ordenamento e a fluidez do trânsito no dia da maratona. Lembrando que é importante que condutores e pedestres fiquem atentos às interdições e à sinalização específica nas vias no dia da corrida.

Estacionamento - Os atletas e o público terão espaço reservado na Barra para estacionarem seus veículos na Av. Almirante Marques de Leão e no lado esquerdo da Rua Marquês de Caravelas, bem como nas transversais da rua Afonso Celso. O shopping Barra também disponibilizará vagas para os competidores. O estacionamento será proibido em todo o percurso da prova, bem como em toda extensão da Rua do Meio, no Rio Vermelho.

Transporte – Para melhor atender os usuários do transporte público que vão participar do evento, a Secretaria de Mobilidade (Semob) irá antecipar em uma hora a operação de quatro linhas de ônibus. Os ônibus começarão a circular às 4h de domingo. As linhas antecipadas serão Estação Pirajá-Barra 1, Estação Mussurunga-Barra 1, Lapa-Barra Avenida/Barra e Paripe-Barra. Além disso, durante o evento, as linhas de ônibus que circulam pelo trecho terão seus itinerários modificados de acordo com as interdições da Transalvador.

Limpeza - A Limpurb também montou uma operação especial para atuar antes, durante e depois do evento. Desde o último dia 2, cerca de 250 por dia agentes estão realizando os serviços de roçagem e pintura de meio-fio em todo o percurso da competição. O trabalho de preparação se estende até este sábado (14). No dia do evento, ao todo 195 profissionais estarão envolvidos nas atividades de limpeza urbana, durante e após a maratona, com o uso de sete caminhões, três compactadores e dois caminhões-pipa, com serviços de coleta e transporte de resíduos, varrição de logradouros e lavagem das vias.

Ordenamento - A Secretaria de Ordem Pública (Semop) disponibilizará várias equipes de fiscais, realizando o ordenamento do espaço público, durante todo o percurso do evento. A Semop irá intensificar a fiscalização do comércio informal, principalmente, no trecho entre a Barra e o Rio Vermelho.

Salva-vidas - Também vinculada Semop, a Coordenadoria de Salvamento Marítimo (Salvamar) vai montar uma operação especial ao longo da orla. Duplas de salva-vidas estarão distribuídas por mirante, no trecho que compreende entre o Jardim de Alá e Ipitanga. Além dos equipamentos para salvamento disponível em cada unidade, a Salvamar contará ainda com u quadricículo, responsável por realizar rondas nas praias e atender as as demandas recebidas.

Saúde – Os corredores contarão com um esquema especial para atendimentos de saúde. Seis ambulâncias irão dar suporte aos atletas. Além disso, ao longo do percurso, serão 16 pontos de hidratação, e quatro postos médicos, com 30 profissionais da área de saúde.

Cada atleta irá receber, após a prova, o kit lanche composto por frutas, isotônico e barras de cereal. Além do esquema especial de saúde no trajeto da maratona, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Barris, Alfredo Bureau e Hélio Machado, além do Hospital Municipal de Salvador (HMS), estarão de prontidão para atender possíveis situações de emergência.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Foi iniciada na manhã desta quinta-feira (12) a entrega dos kits da terceira edição da Maratona Cidade de Salvador, que acontecerá neste domingo (15). Para a retirada dos materiais o competidor deve se dirigir à loja do evento montada especialmente para a ocasião. O espaço fica localizado no térreo da praça de alimentação do Shopping Barra. A entrega acontece até este sábado (14) das 9h às 22h.

Praticante de corrida desde os 15 anos, o autônomo Ricardo Sousa, hoje com 48, finalmente terá a oportunidade de participar da Maratona Salvador. A ansiedade o levou a ser um dos primeiros inscritos a retirar o seu kit na loja oficial da competição, na manhã de hoje (12).

“Eu não vejo a hora de chegar domingo. Estou muito ansioso e com a adrenalina a mil, tanto que acordei cedo só para retirar o meu kit. Tenho treinado cerca de quatro vezes na semana uma média de 45 minutos. Minha expectativa é de concluir o percurso bem. Ter eventos como esse é de grande importância porque integra a população sem distinção de classes e estimula a prática de esportes”, afirma.

Para a retirada dos kits, é necessário que o atleta inscrito apresente um documento de identificação oficial com foto. Nas situações de retirada do material por terceiros, o atendimento só poderá ser efetivado com a apresentação do comprovante de pagamento ou confirmação de inscrição, juntamente com cópia da carteira de identidade do participante. Para os atletas vinculados à Federação Baiana de Atletismo, deve ser apresentado a carteira da Confederação Brasileira de Atletismo original ou declaração expedida pelo órgão local.

Dentre os itens dos kits estão a camisa oficial da competição e o número de peito, com chip para cronometragem confeccionado em material à prova d'água e resistente ao manuseio. Além de sacola, garrafa de água e viseira.

Enquanto retirava o seu kit, o advogado Aroni Coutinho, 29, que participará pelo segundo ano na modalidade da meia maratona (21km), contou sobre a sua preparação para o grande dia. “Correr é um esporte que requer muita disciplina e preparação. Tenho corrido três vezes na semana para ficar mais condicionado. Independente de chegar em primeiro lugar, a sensação de completar uma corrida é inexplicável”, declara.

Atletas - A Maratona Cidade de Salvador, que terá como percurso do Farol da Barra até a Rua Aristides Milton, no bairro de Itapuã, contará com cinco mil de mais de 190 cidades e de 24 estados. Os corredores de diferentes níveis técnicos se dividirão em quatro modalidades: 5km, 10km, 21km (meia maratona) e 42 km (maratona). Para aqueles que disputarão a meia maratona e a maratona (42km), a saída está marcada para 5h30 de domingo. Já para aqueles que disputam os 5km e os 10km, a largada será às 6h.

Premiação – A competição mantém a maior premiação do país, distribuindo ao todo R$ 163 mil aos vencedores. Os maratonistas que ficarem em primeiro lugar na Categoria Geral masculina e feminina levam para casa R$ 22 mil. Os segundos lugares, R$ 11 mil; os terceiros, R$9 mil; os quartos, R$7 mil; e os quintos, R$ 5 mil.

Para os que competem na meia maratona, os prêmios são de R$ 8.500, 1° lugar; R$ 5.000, 2° lugar; R$ 3.500, 3° lugar; R$ 2.500, 4° lugar; e R$ 1.500, 5° lugar. Para o 1° lugar feminino dos 10km, o prêmio é de R$ 5.000; segundo lugar, R$450; e terceiro, R$ 300. Para os 5km, a premiação é se R$ 1.000 o primeiro colocado, de R$450 para o segundo e de R$300 para o terceiro.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Deficiência nunca impediu que Angelina Nascimento disputasse competições e se tornasse atleta 

A deficiência física nunca foi um empecilho. Sob a cadeira de rodas desde 2000, a guardadora de carros Angelina Nascimento, de 54 anos, que se tornou campeã paraolímpica, não abre mão de participar da Maratona Salvador, que acontece neste domingo (15), na orla da cidade.  

Veterana na disputa, ela estará entre os cinco mil corredores na terceira edição do evento. Angelina vai encarar a meia maratona (21km), o segundo maior percurso da competição, e aposta que pode ser uma das vencedoras. 

O currículo favorece. É a única maratonista cadeirante da Bahia, já ganhou quatro meias maratonas pelo Brasil e ano passado fez os 42km da prova soteropolitana. A Maratona Salvador é uma realização da Prefeitura, por intermédio da Empresa Salvador Turismo (Saltur) e apoio da Federação Baiana de Atletismo (FBA). 

"Geo" - Na região da Barra, na Rua Miguel Bournier, onde trabalha como guardadora de carros da Zona Azul há 30 anos, é conhecida pelo apelido carinhoso de “Geo”. Mãe de três filhos, com idades acima dos 25 anos e todos com nível superior, fala orgulhosa do ofício que ajudou na educação da família.  

“Sempre trabalhei aqui para que todos estudassem”, diz, orgulhosa. A história de superação, tanto no esporte como na maternidade, lhe renderam boas amizades no local onde ganha o pão. Quem estaciona na região e trabalhadores da redondeza ajudam como podem.  

O cadeira especial com três rodas que utiliza nas corridas, por exemplo, fica guardado no edifício Barra Sol. O porteiro e amigo, que preferiu não se identificar, além de cuidar do equipamento sempre dá uma força na preparação da atleta. Após a rotina de trabalho, ela troca a cadeira de rodas comum pelo equipamento triciclo, que também lhe serve como meio de transporte. 

Paralisia - A atleta descobriu o significado do esporte há 19 anos, quando teve as pernas paralisadas. Infectada por água de esgoto, contraiu um distúrbio neurológico chamado de polineuropatia. Ficou hospitalizada por um ano e, como consequência, teve a perda total do movimento dos membros inferiores.  

Ela conta que foi na corrida que viu a chance de reabilitação. Sem nunca ter praticado nenhuma atividade, encarou a fisioterapia e passou a treinar num triciclo. Emocionada, revela: “A corrida salvou minha vida! Correr para mim é tudo. Sem meu esporte eu estaria em cima de uma cama me lamentando”.

Vencedora - Assim, se tornou uma atleta vencedora, já tendo sido campeã de provas tradicionais como a Maratona do Rio de Janeiro, a Volta Internacional da Pampulha e a São Silvestre. Neste domingo (15), garante que conquistará o pódio e levará para casa um dos prêmios da Maratona Salvador.  

“Participo de provas em todo o país, mas fazer parte da maratona da minha cidade é um orgulho. Darei toda a minha energia para levar”, revela, entusiasmada.  

Os vencedores do percurso de 21km (meia-maratona) serão contemplados com valores de R$ 8,5 mil (1° lugar), R$ 5 mil (2° lugar), R$ 3,5 mil (3° lugar), R$ 2,5 mil (4° lugar) e R$ 1,5 mil (5 lugar)°. O horário de largada de sua modalidade, assim como os que disputarão a maratona completa (42 km), é às 5h30, no Farol da Barra. 

Treino e dedicação - Amante do esporte, Angelina leva a sério a preparação física. Os treinos são diários e têm início logo nas primeiras horas do dia. A média é de 20 km dia, 100 por semana, 400 por mês.  

Ainda na madrugada, às 3h, sai do Dique do Tororó, onde mora com a família, e segue pelas ruas da Sete Portas, Rótula do Abacaxi, Avenida ACM, Jardim de Alah e Farol da Barra. A atleta aproveita o pouco movimento de carros para fazer cumprir sua planilha de treinos, invariavelmente de segunda a sexta, faça chuva ou sol. 

Nos finais de semana, geralmente aos domingos, participa de competições Brasil afora, nas quais, via de regra, ocupa o ponto mais alto do pódio. Após a Maratona Salvador, vai alçar novos voos. Angelina irá disputar no dia 29 deste mês a Maratona Internacional de Foz do Iguaçu. “Metade da prova é no Paraguai e parte no Brasil. Será um outro grande desafio”. 

Federação - Para o presidente da Federação Baiana de Atletismo (FBA), Og Robson de Menezes, a participação de Angelina, assim como a presença de um outro candidato cadeirante, é de suma importância para a modalidade esportiva. 

“Para nós da FBA, trata-se de inclusão social, até por que não é nossa expertise lidar com o paradesportivos. Existe uma entidade internacional e uma nacional com regras próprias voltadas para cada necessidade especial, envolvendo árbitros também com formação específica para tratar com atletas deste seguimento esportivo”, informa o presidente.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Em grande estilo, Salvador volta a sediar grandes eventos de natação. A abertura da Arena Aquática Salvador para competições acontece nesta sexta (13) e sábado (14), quando o novo equipamento, implantado na Praça Wilson Lins, na Pituba, receberá o Torneio Norte/Nordeste de Clubes de Natação – Troféu Walter Figueiredo. O campeonato integra o calendário da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), realizado pela Federação Baiana de Desportos Aquáticos (FBDA), e tem apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel).

A competição acontece na capital baiana após 13 anos. Para marcar o retorno do evento à Bahia e a abertura da arena para grandes eventos, mais de 500 atletas são esperados no torneio, ultrapassando a média de 350 inscritos registrados nos últimos anos, içando Salvador novamente ao patamar de sede das grandes competições da natação brasileira.

O acesso ao público ocorrerá de forma gratuita, pelo portão 2, voltado para avenida Avenida Octávio Mangabeira.

Competidores - Para fazer bonito na competição, a Bahia conta com atletas de ponta para a disputa, a exemplo dos campeões brasileiros Samuel Lopes, Guilherme Caribé e Arícia Pérée, frequentemente convocados para defender as cores da seleção brasileira em piscinas internacionais.

Diego Albuquerque, presidente da FBDA, ressalta a importância do novo espaço para os amantes dos esportes aquáticos na Bahia e em todo o Nordeste brasileiro. “A comunidade aquática só tem a ganhar com a chegada desse equipamento, que é realmente de primeiríssima qualidade. Com uma estrutura muito boa e apto a receber competições nacionais e internacionais, Salvador passa a ser a capital com maior infraestrutura do Norte/Nordeste e uma das maiores do Brasil. Alén disso, temos atletas que correspondem dentro d’água a essa estruturação que estamos passando. Essa piscina já nasceu histórica por ter vindo da Olimpíada 2016, e esperamos que possa ser palco de outros fatos históricos que estão por vir. Trabalhamos para que, cada vez mais, soteropolitanos e baianos possam desfrutar dos benefícios do esporte na nossa terra”, comemora.

O equipamento - A Arena Aquática, sem dúvidas, é uma das estruturas mais modernas do Brasil. A piscina olímpica foi utilizada no Estádio Aquático do Rio de Janeiro para abrigar a natação nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Recebeu grandes nomes da modalidade no mundo, como Michael Phelps, Ryan Lochte, Bruno Fratus e, agora, servirá como referência para Bahia, Nordeste e Brasil.

A concepção e os investimentos no equipamento são da Prefeitura, que aplicou R$ 6,2 milhões no local, que possui ainda uma piscina semiolímpica, academia, sala de fisioterapia, sala de atendimento médico, sala para exames antidoping, vestiários para atletas e paratletas e sala de técnicos.

A Prefeitura também investiu num novíssimo jogo eletrônico para ser estreado no campeonato. São 20 placas eletrônicas e 10 linhas de scoreboards (placar), que vão contribuir para a experiência de árbitros, atletas e do público em geral.

O campeonato - O troféu é uma homenagem a Walter Figueiredo, ex-presidente da Federação Baiana de Desportos Aquáticos (FBDA). Ele é pai do também ex-gestor da entidade, Sérgio Silva. Ambos são expoentes da história da modalidade no estado, responsáveis pela revelação de diversos atletas consagrados a nível mundial, a exemplo do medalhista olímpico Edvaldo Valério.

Para encerrar o final de semana da natação estadual, Salvador também recebe, na manhã do domingo (15), a Copa Norte/Nordeste de Maratonas Aquáticas.

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...