Carnaval

0
0
0
s2sdefault

Mais de 2,5 mil profissionais de imprensa estão fazendo a cobertura do Carnaval de Salvador. As imagens e informações sobre a folia baiana estão sendo transmitidas, em tempo real, para o mundo inteiro pela internet e através de emissoras de TV e rádio, além dos veículos de comunicação impressa. Os sites que fazem a cobertura em tempo real são os mais presentes.

Para atender os profissionais, a Prefeitura, como acontece tradicionalmente, montou uma sala de imprensa em pleno Circuito Osmar, com computadores, rede wi-fi e sala para entrevistas coletivas. Este ano, o equipamento homenageia o jornalista baiano José Raimundo, da Rede Bahia/Globo. Os profissionais de imprensa também podem utilizar a rede de wi-fi gratuita (Conecta Salvador) disponibilizada para os foliões e trabalhadores nos circuitos.

Integrante da equipe do portal de notícias UOL, o jornalista paulista Aurélio Nunes foi um dos que utilizaram a estrutura disponibilizada nesta segunda-feira (24). Ele fez a cobertura da passagem da Mudança do Garcia e redigiu a matéria especial na Sala de Imprensa, enviando a informação, minutos depois, para a publicação pelo veículo. "É importante contar com uma estrutura dessa, num local equipado e seguro para fazer a cobertura, principalmente nos dias de hoje em que as notícias exigem uma instantaneidade ainda maior", disse.

Rádios - Já para os profissionais que atuam nas emissoras de rádio contam com praticáveis climatizados e com área para entrevistas com artistas e autoridades. Até ontem (24), 22 emissoras usaram o espaço para transmitir a folia, ao vivo, para mais de 350 municípios baianos. "Ano após ano, esses praticáveis ficam melhor adaptados para o nosso trabalho, facilitando a qualidade da transmissão", declarou o locutor Sandro Almeida, da rádio Recôncavo FM, do município de Santo Antônio de Jesus. Ele já faz a cobertura do Carnaval há 12 anos.

"Ter uma boa estrutura é essencial para a nossa cobertura, ao vivo, que também é feita pelo portal e aplicativo da emissora", afirmou o locutor Tony Santos, da Pombal FM, de Ribeira do Pombal, município situado no semiárido baiano. "A cobertura do Carnaval da capital é a certeza de alta audiência nos municípios onde não há folia", completou. Desde 2002, ele trabalha na transmissão da folia.

Agência - Com balanços e demais informações divulgadas em tempo real, a Secretaria de Comunicação (Secom) da Prefeitura montou uma equipe de 50 profissionais, entre jornalistas, fotógrafos, cinegrafistas, além de profissionais especializados no envio de dados, especialmente para dar suporte às equipes dos diversos veículos que estão atuando na folia. O material da Secom pode ser acessado pelo site agenciadenoticias. salvador. ba. gov. br.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Diretoria Animal de Promoção à Saúde e Proteção Animal (Dipa), órgão vinculado à Secretaria Municipal da Saúde (SMS), segue atendendo as solicitações da população mesmo nos dias oficiais de Carnaval. No último fim de semana (22 e 23), foram seis chamadas de casos de maus tratos, agressividade de animais, recolhimento e bichos em propriedade privada, além de óbito em via pública.

Desse total, duas ocorrências aconteceram nos circuitos Dodô (Barra/Ondina) e Osmar (Centro). As equipes foram solicitadas para fiscalizar espaços onde animais estariam atacando os foliões, que foram atendidos nos módulos assistenciais. As outras atividades foram realizadas nos bairros de Boca do Rio e Pernambués, além da Avenida Luís Viana Filho (Paralela) e Via Regional, nas proximidades do Estádio Manoel Barradas.

As ações têm apoio da Limpurb e Transalvador e evitam chances de graves transtornos à população como acidentes de trânsito e danos ao patrimônio público, bem como à saúde dos próprios bichos. Após a captura, os animais encaminhados para uma área adequada onde recebem alimentação e outros cuidados como vacinas e exames. Se, em 15 dias, um tutor não aparecer, o animal será encaminhado para adoção.

As solicitações podem ser feitas por qualquer cidadão através do Fala Salvador, no telefone 156. O serviço de recolhimento de animais ocorre em regime de plantão 24h.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Conhecida pela bandeira em defesa do meio ambiente, a dupla de irmãos Juan e Ravena, que já inovou com o Trio Solar (com som e iluminação sustentáveis), lança na folia de Momo deste ano outra novidade: o Trio Contêiner. O veículo, criado pelos próprios irmãos, em parceria com a empresa Termoverde, foi feito com contêineres marítimos. A dupla se apresenta hoje (24), a partir das 15h, no Circuito Dodô (Barra/Ondina), com apoio da Prefeitura, por meio da Empresa Salvador Turismo (Saltur) e Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis).

O trio, no estilo “pranchão” (mais baixo e perto do público), foi feito a partir da reutilização de um contêiner marítimo de 12 metros. Parte da energia para alimentar o som e a iluminação é captada através de painéis fotovoltaicos e armazenada em baterias estacionárias, diminuindo a utilização de geradores poluentes. A cabine foi projeta para filtrar os resíduos de fumaça.

Além disso, conta com camarins e banheiros para artistas e convidados, e pode ser também ser transformado em um palco fixo de rápida montagem, já que não está preso, mas apenas acoplado ao veículo utilizado como transporte. O trio tem 810 kg e 20 toneladas. Além de fazer o reaproveitamento da água da chuva, a estrutura contém lixeiras de coleta seletiva e caixas de som de madeiras reflorestadas.

“Ele (o trio) utiliza o mesmo conceito de transporte de contêineres, seguindo uma das diretrizes da Organização das Nações Unidas (ONU) de consumo e produção responsáveis. Dessa forma, vamos fazer mais um Carnaval alegre, festejando com o público nas ruas, e também ambientalmente e socialmente responsável. Temos que aproveitar a maior festa do mundo para mandar um recado para o mundo sobre sustentabilidade”, afirma Juan, que é arquiteto por formação e idealizador do projeto.

“O nosso trabalho vem apresentando novas proposta sobre preservação do meio ambiente de forma prática, e não apenas no discurso, pois há anos estamos contribuindo com nossas músicas, capas de CD, ações nas redes sociais, equilibrando os três pilares do desenvolvimento sustentável no projeto: o Econômico, Social e Ambiental”, lembra Ravena, formada em publicidade e criadora do conceito do trio contêiner.

Repertório - Outra novidade é o repertório, que, além de misturar do reggae ao ragga eletrônico, passando pelo forró, MPB e axé, vai homenagear vendedores ambulantes com a música “Geladinho” e abordar temas como igualdades de gênero e redução das desigualdades com a nova música de trabalho “Borboletas”.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A folia em Salvador está chegando ao fim, mas ainda dá tempo de aproveitar as diversas atrações que se apresentam nesta terça-feira (25), último dia oficial de festa, nas localidades contempladas com o Carnaval nos Bairros. A programação tem início a partir das 17h e, somente ontem (24), reuniu mais de 480 mil pessoas nos espaços, de acordo com a Secretaria de Articulação Comunitária e Prefeituras-Bairro.

Um dos destaques é o grupo Ganhadeiras de Itapuã que, depois do desfile na Sapucaí, no domingo (23), e da apresentação no bairro onde surgiram, ontem (24), voltam a encantar o público no palco da Liberdade. Também se apresentam no local Frutos Tropicais, Gereba, Sandro Coutto, Lu Costa, Buck Jones e Chaveirinho do Arrocha.

Em Periperi, a atração mais esperada é o cantor Igor Kannário, que voltou a puxar “a maior pipoca do mundo” na segunda-feira, no Circuito Osmar (Centro). Também haverá shows de FitDance, Vitinho, Bigg Samba e Resenha, Isaque Gomes, Afrocidade e Thierry.

Em Plataforma, a diversidade de ritmos envolve o molejo do Motumbá, o pagodão de Hiago Danadinho, a salsa de Jorge Zárath, o forró de Seu Maxixe, o romantismo do Amor Voraz, o reggae do Adão Negro e o axé de Zé Paulo. Já na Boca do Rio, o Àttooxxá abre a programação, que terá ainda Forró do Tico, Carlos Pitta, CBX Samba Clube, Ghetto é Ghetto, Levi Barbosa e Nenho.

A encantada Itapuã será animada por grandes nomes como Targino Gondim, Márcia Castro e Magary Lord, além de Kimimo do Forró, Nenho, Filomena Elétrica e Vitor Kelsh. Em Pau da Lima, tem FitDance, Samba Comunidade, Gang do Samba, Vitinho, Rebeca Tarque, Balada Mix e ZZ Paparazzi.

m Cajazeiras, Danniel Vieira e Duas Medidas são algumas das atrações da programação, que engloba também Moacir Lobo, Cia do Pagode, Pegadeira, Elaine Brasil e O Karrasco. Confira a programação completa no site curtacarnaval. com. br .

 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Praça Castro Alves, um dos espaços mais representativos do Carnaval de Salvador, recebe, nesta terça-feira (25), mais uma edição do projeto Pôr do Som, com show de Armandinho, Dodô e Osmar. O show acontece a partir das 17h e promete reunir fãs de todas as gerações de Armandinho, Betinho, Aroldo e André, os Irmãos Macêdo, herdeiros de um dos criadores do trio elétrico, Osmar.

No repertório não vão faltar hits consagrados que marcaram toda uma época, como “Chame Gente”, “Chão da Praça” e “Pombo Correio”. Este ano, a apresentação será ainda mais especial, já que o trio elétrico está completando 70 anos.

“A música trieletrizada é a matriz de todos os estilos que tocamos. Isso tudo começou na década de 1970, com Dodô e Osmar, e nós aperfeiçoamos. Para esse show, nós buscamos trieletrizar músicas dos Beatles, Rolling Stones e outros”, explicou Aroldo.

O artista revelou a emoção de tocar na Castro Alves este ano. “A Castro Alves foi palco de grandes momentos no passado e toda vez que voltamos a tocar nesse lugar tão emblemático estamos escrevendo mais um capítulo dessa história de 70 anos do trio”, finalizou.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O Palco do Rock se despede do Carnaval dos Carnavais em grande estilo. O espaço, montado nos Coqueirais de Piatã, chega ao seu último dia recheado de atrações para o público que curte a sonoridade das guitarras distorcidas, assim como das batidas frenéticas da bateria e dos graves dos baixos.

Nesta terça-feira (25), a partir das 17h, subirão ao palco atrações como Bruma, Eletric Poison, Horda, Inner Call, Martyrdom, Midorii Kido, Oversoul, Prof. Doidão e os Aloprados e Todo Meu Ódio.

Em sua 26ª edição, o espaço já se tornou um marco no Carnaval de Salvador, reunindo baianos e turistas que são apaixonados pelo rock and roll. Somente este ano, 38 bandas fazem parte da programação do local.

Este ano, Palco do Rock presta homenagem a André Matos, cantor, compositor, maestro, produtor e pianista brasileiro morto ano passado. André foi vocalista das bandas Viper, Angra e Shaman.

De acordo com Sandra de Cássia, organizadora do evento, o público é composto não só por baianos, mas por pessoas de diversos estados. “Com 26 anos de existência, o Palco do Rock já é um espaço definido e importante para o segmento. Recebemos aqui, por exemplo, pessoas de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte”, revelou.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Em mais uma noite de folia, a Guarda Civil Municipal (GCM) registrou 241 atendimento e nove ocorrências. Houve a apreensão de um simulacro de arma de fogo, quando uma patrulha do Grupamento de Operações Especiais passava na região do Campo Grande, sendo acionada pela vítima, que alegou ter tido seu celular roubado.

Ao alcançar o suspeito, a patrulha encontrou o simulacro de um revólver. O mesmo foi encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia, juntamente com outro homem, que tentou evitar a condução do suspeito.

Em outra ocorrência, uma equipe da Corregedoria da Guarda passava pela região do Passeio Público quando ocorreu uma briga generalizada, ocasião em que um homem puxou uma faca da cintura. Ao perceber a presença dos agentes, ainda tentou esconder a faca antes de ser detido e encaminhado para a polícia.

As equipes da GCM já registraram a apreensão de 2.365 objetos perfurocortantes com potencial de arma branca neste Carnaval. Nas ações preventivas, o órgão já contabilizou a recuperação de 301 documentos, a identificação de 32.755 crianças e a distribuição de 6.522 materiais informativos.

 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Um condutor de trio elétrico foi flagrado por agentes que atuam na blitz da Lei Seca da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) dirigindo sob efeito de álcool na madrugada desta terça-feira (25). Após perceberem que o trio circulava em velocidade incompatível com a via, no Vale dos Barris, os agentes abordaram o motorista. Ao passar pelo teste no etilômetro (bafômetro), foi constatado que ele estava com o nível de álcool no sangue acima do permitido.

Como a dosagem detectada foi de 0,27mg/L, não configurou crime de trânsito. Por isso, ele foi notificado e multado de acordo com o artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Dirigir sob efeito de álcool é uma infração gravíssima, o condutor está sujeito à perda de sete pontos na CNH e multa de R$ 2.934,70. O motorista infrator apresentou um condutor habilitado, que, após passar pelo teste de alcoolemia, foi liberado para levar o trio elétrico.

“Nossos agentes estão atentos a toda e qualquer atitude que possa colocar em risco o cidadão. Neste Carnaval, estão atuando diariamente, abordando condutores sejam de trios elétricos, veículos ou motos, profissionais ou não, com o intuito de reforçar a segurança viária”, afirma Fabrizzio Müller, superintendente da Transalvador.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Os foliões presentes no Parque Poliesportivo da Boca do Rio iniciaram a noite desta segunda-feira (24) com muito axé music, ao som da banda Os Mortalhas. Canções que marcaram o repertório carnavalesco das décadas de 1980 a 2000 e que lançaram o ritmo para todo o mundo, como "Faraó", "Eva", "Baianidade Nagô" e "Protesto do Olodum", fizeram parte da apresentação.

Da plateia, um público animado repetia as letras e arriscavam coreografias em um clima bem familiar. Muitos aproveitaram o ambiente de tranquilidade para levar crianças e idosos. Geovana Gomes, 29 anos, se divertiu à vontade com o filho Cláudio Ruan, 9. “Estou achando massa. Eu sou cantora e acho importante trazer ele para esse ambiente, onde possa curtir com segurança. Ele está adorando, pois ele ama dançar”.

Celidalva Brito, 70, também se balançou bastante toda fantasiada com um laço colorido na cabeça e na cintura. “Isso aqui está ótimo. Eu sou muito festeira e é muito bom poder contar com essas apresentações de bairro”.

Fábio Meireles, vocalista de Os Mortalhas, ficou surpreso com o que viu. “A gente vem de outros carnavais, a exemplo do Centro Histórico, e não imaginávamos contar com uma estrutura e com um clima desse. Além de o som ter tido uma boa qualidade, o que nós vimos hoje foi um Carnaval bem família, com pessoas acompanhadas de crianças e de idosos. Enfim, eu acho que o Carnaval nos Bairros de Salvador está precisando disso, de um lugar para trazer a família para brincar. Eu estou super feliz”.

Um bom público esteve no local no início dos shows, mas a noite ainda promete com as apresentações de Will Carvalho, Fernando Ferraz, Sarajane, Simples Assim e do pagode do grupo Raça Pura.

Programação - O último dia de Carnaval da Boca do Rio, nesta terça-feira (25), vai contar com o agito de Attooxxa, responsável pelo sucesso "Elas Gostam", Forró do Tico, Carlos Pitta, CBX Samba Club, Guettho é Guettho, Levi Barbosa e Nenho.

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...