A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) atuou no ordenamento do comércio informal com uma equipe de fiscalização composta 78 fiscais em cada dia de festa do Réveillon Salvador 2017, no Comércio. No total, foram feitas 5.337 apreensões, sendo a maioria, cerca de 4.4 mil, referentes a venda de latas e garrafas de bebidas fora do padrão autorizado. Dezenas de materiais completam a lista de apreensões, como caixas térmicas, mesas, cadeiras, barracas, caixas de isopor, dentre outros.

Para a fiscalização das atividades comerciais, a Semop contou com parceria com a Secretaria Municipal de Urbanismo (Sucom), que atuou com 64 profissionais nos cinco dias de evento na fiscalização dessas atividades, da montagem das estruturas e condições de segurança do local do evento, além de exibição de publicidade e proteção às marcas patrocinadoras oficiais da festa.

A Sucom realizou mais de 150 apreensões de materiais. Dentre os itens, os fiscais recolheram bebidas em garrafa - assim como os fiscais da Semop – e placas, faixas publicitárias e estandarte irregulares. As equipes do órgão fizeram aproximadamente 200 vistorias de segurança no entorno do circuito, incluindo monitoramento sonoro e das estruturas do palco e camarote. A Sucom ainda autuou dois estabelecimentos na região por armazenar produtos inflamáveis em local proibido e outro por obra sem licença.

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...