0
0
0
s2smodern

O baiano Leonardo Chicourel, 32 anos, e o angolano José Guilherme Caldas, 56, concluíram na manhã desta segunda-feira (27) a regata Transat Jacques Vabre. A bordo do barco brasileiro Mussulo 40 Team Angola Cables, a dupla cruzou a linha de chegada no Terminal Náutico, no Comércio, após largar de Le Havre, na França, no último dia 5.

O veleiro competiu na Class40 e alcançou a 11ª colocação na categoria dos monotipos 40 pés. Desde a partida da cidade francesa até a Baía de Todos os Santos foram percorridos 8 mil quilômetros. Chicourel e Caldas navegaram por 21 dias, numa velocidade média de 8,88 nós (16,45 km/h).

O Mussulo 40 passou por dificuldades durante o trajeto em alto-mar e teve uma jornada bem agitada desde a largada. Nos primeiro dias de competição, a embarcação teve problemas e os atletas foram obrigados a fazer um pit-stop de mais de 24 horas em um porto de Camaret, na França. Durante o percurso, a dupla se adaptou às condições. 

Leonardo Chicourel participará de uma entrevista coletiva no Terminal Náutico ainda nesta segunda-feira (27), a partir das 14h. O vencedor da Class40 foi o barco V and B, dos franceses Maxime Sorel e Antoine Carpentier. Eles cruzaram a linha de chegada na última quinta-feira (23).

Competição – Com partida ocorrida no dia 5 de novembro, em Le Havre, na França, a Transat Jacques Vabre envolve 38 embarcações, que cruzam o atlântico com destino à capital baiana. A edição deste ano conta com velejadores oriundos da França, Japão, Reino Unido, Espanha, Suíça, Alemanha, Brasil, Angola, Itália e Omã. As disputas envolvem as categorias Class40, Multi50, Imoca e Ultime. 

A regata revive a antiga "Rota do Café", quando navegadores de diversas partes do planeta deixavam o porto europeu rumo a algum país cafeicultor das Américas.

0
0
0
s2smodern

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...