0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura de Salvador autorizou nesta terça-feira (4) o início imediato das obras de requalificação da segunda etapa do canal do Vale das Pedrinhas, que vai melhorar a qualidade de vida de toda a região, em especial das famílias que vivem na Segunda Travessa Teodoro Sampaio. O prefeito Bruno Reis assinou a ordem de serviço para a realização da intervenção, que envolverá cobertura de 127 metros de trecho, implantação de drenagem e urbanização de 1,5 mil m² para nova área de lazer.

A obra contempla a segunda etapa do projeto de urbanização do canal – a primeira ocorreu em 2019. “Chegou a hora de resolvermos definitivamente os problemas de alagamentos dos moradores do Vale das Pedrinhas. Embora as obras em esgoto não sejam de responsabilidade da Prefeitura e, sim, da Embasa, começamos o processo de urbanização de canais em diversos locais da cidade. As pessoas querem ver a solução para os seus problemas, e é o que estamos iniciando aqui hoje através deste projeto”, explicou Bruno Reis.

A urbanização prevê a implantação de área verde com talude, parque infantil, academia de ginástica e de saúde, banco em concreto e piso compartilhado com pavimentação em piso intertravado. Ainda serão instalados quiosques e barracas para os camelôs, valorizando o comércio e movimentando a economia local.

Com investimento de R$ 3,7 milhões, os serviços terão prazo de cinco meses para a conclusão e serão executados pela Superintendência de Obras Públicas (Sucop) e pela Companhia de Desenvolvimento Urbano (Desal). Além de intervenções no entorno do canal, a Prefeitura fará a construção de sistema de drenagem na Rua Padre José.

Morador da Segunda Travessa Teodoro Sampaio há cerca de 40 anos, o bancário Miguel Caldas, 59, lembra das dificuldades de como é ter uma casa de frente ao canal aberto. Ele conta que chegou a construir outro pavimento em casa para se ver livre das enchentes. “Quando chove forte é um desespero, pois, alaga tudo. O transtorno é constante e não há a menor condição dos moradores trafegarem por aqui”, contou.

O técnico em refrigeração Luis Carlos Amorim, de 65 anos, é outro exemplo de quem conviveu desde a infância com os problemas gerados pelo canal. “Somente quem vive aqui para saber a gravidade disso. Bastava chover para alagar a parte inferior das casas. A reforma desse canal era uma reivindicação antiga que está sendo atendida agora”, celebrou.

O titular da Seinfra, Luiz Carlos de Souza, ressaltou que a Prefeitura tem em andamento um programa para urbanização de canais na capital baiana. “O do Vale das Pedrinhas já estava mapeado. Iremos fazer a cobertura do canal em cinco meses, deixando toda essa área bonita, trazendo também conforto e dignidade aos moradores”, pontuou. A primeira etapa de urbanização do local, há quatro anos, teve R$ 5 milhões investidos pelo município.

Entregas - Durante o evento da assinatura da ordem de serviço para início da segunda etapa de urbanização do canal do Vale das Pedrinhas, Bruno Reis reforçou outros projetos em elaboração e em andamento na região do Nordeste de Amaralina.

Uma delas é a entrega de mais um trecho do BRT (prevista para janeiro de 2024), que terá estação para atender a população do entorno. O prefeito lembrou ainda as construções do Complexo Esportivo da Praça Três Corações e da Escola Municipal Anita Barbuda – a primeira a ter piscina para natação de estudantes da rede.

Além disso, está sendo concluído o projeto para a comunidade do Pé Preto, uma obra de quase R$ 50 milhões, que abrangerá a implantação de 271 unidades habitacionais.

Reportagem: Thiago Souza e Eduardo Santos
04/07/2023

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...