Lazer

0
0
0
s2sdefault

Pela segunda vez, a capital baiana recebe o projeto Salvador Hip Hop, no próximo domingo (11), das 9h30 às 17h, no Parque da Cidade. O evento gratuito vai levar ao público diversas manifestações da cultura Hip Hop, como batalhas de MCs, grafite, dança de rua, discotecagem e shows. Realizado pela Prefeitura, através da Empresa Salvador Turismo (Saltur), o evento chega com o objetivo de contemplar, valorizar e celebrar o Dia Mundial do Hip Hop promovendo os talentos locais.

“O Salvador Hip Hop surge de uma realidade viva na cidade. São muitos os jovens que são estimulados pela cultura Hip Hop, assim como são muitos os profissionais que levam para o Brasil a forma soteropolitana de se manifestar. A Prefeitura tem muito orgulho em poder realizar um projeto como esse”, ressalta o presidente da Saltur, Isaac Edington.

Previsto para começar às 9h30, o primeiro movimento do Salvador Hip Hop ocorrerá em parceria com a Ação H2.NA, que atua no Nordeste de Amaralina. Com eles, será feito um painel de grafite no acesso entre a comunidade e o Parque da Cidade. Para a ação, serão convidados alunos das escolas do Nordeste de Amaralina e jovens da comunidade.

Após o grafite, o público poderá conferir uma verdadeira Batalha de MCs no Anfiteatro Dorival Caymmi, na parte interna do Parque. Participam da batalha os MCs selecionados nas oito principais batalhas que acontecem durante o ano em Salvador. Os vencedores ainda levam para casa um prêmio em dinheiro. Será distribuído ao todo, mil reais para os três primeiros colocados, sendo R$ 500 para o primeiro, R$ 300 para o segundo e R$ 200 para o terceiro.

Marcado para às 12h30, também no Anfiteatro, está a apresentação de dança de rua com o grupo Unidade All Star Crew. Os dançarinos prometem agitar o público presente com muito swing e personalidade. Após a apresentação, o DJ Leandro & DJ Nai Sena fazem o som rolar no local com muita qualidade e talento.

Os shows musicais estão programados para o período da tarde. A primeira a subir ao palco, partir das 14h, é a rapper Janaina Noblah, campeã de freestyle nacional feminina em 2016. Em seguida, quem comanda é o rapper e produtor musical Mr. Armeng. O músico Vandal entra em seguida. Por fim, o último show fica por conta da banda Nova Era, referência do Rap em Salvador.

“A cultura hip hop tem sido um espaço de guarda de tradições e inovações em Salvador. A cultura atrai a atenção de jovens e adultos, que se identificam como agentes de preservação e do desenvolvimento dessa cultura. Projetos como o Salvador hip hop permitem que os próprios artistas e adeptos da cultura local desenvolvam ações estratégicas de produção, empreendedorismo, divulgação e manutenção dessa cultura que atrai milhares de pessoas”, argumenta o rapper, produtor e curador do projeto Mr. Armeng.

O Salvador Hip Hop é realizado pela Prefeitura, tem patrocínio da Caixa e produção do coletivo e produtora Freedom Soul Rec.

Programação

09h30 - Pintura do muro com Marcos Costas e crianças do Nordeste de Amaralina
11h30 - Batalha de MC’s
12h30 - Apresentação de dança de rua com Unidade All Star Crew
13h - Discotecagem com DJ Leandro & DJ Nai Sena
14h - Show de Janaina Noblah
14h50 - Show Mr. Armeng
15h30 - Show Vandal
16h30 - Show Grupo Nova Era

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O feriadão será animado no Parque da Cidade, com atividades para todos os gostos. Com muita música, dança e manifestações artísticas, o grupo Força Jovem Universal realizará, nesta sexta-feira (2), o EvangelStyle. O evento será no Anfiteatro do Parque da Cidade, das 9h às 19h. A expectativa é atrair cerca de 1,5 mil pessoas.

Já no sábado (03), o parque recebe a tradicional feira de alimentos orgânicos. Verduras, frutas, legumes e hortaliças cultivadas sem o uso de agrotóxico estarão disponíveis em stands das 7h às 12h, na Praça Pau-Brasil.

Para os amantes de automóveis, uma exposição de carros antigos do Veteran Car Club tomará conta do estacionamento do parque. Fusca, Maverick, Opala e Itamaraty são alguns dos modelos que estarão à mostra, entre os mais de 100 veículos que serão expostos entre 10h e 17h.

Sábado e domingo, expositores, artistas e artesãos irão proporcionar um colorido diferente no stand da Feira de Talentos e Artesãos da Bahia. A iniciativa acontece na Alamedas dos Ipês, das 8h às 17h.

Competição - A adrenalina também vai tomar conta do parque com o 2º Campeonato Baiano de Slackline. A prática esportiva, que acontecerá sábado e domingo, é realizada apenas com uma fita elástica esticada entre dois pontos fixos, o que permite ao praticando andar e fazer manobras. Além disso, a prática do Slackline exige foco, respiração e equilíbrio.

Confira a programação completa:

Sexta (02)

9h às 19h - Evento EvangelStyle (Anfiteatro)

Sábado (03)

07h às 12h - Feira Orgânica (Praça Pau-Brasil)

10h às 17h - Exposição de Carros Antigos (Estacionamento)

9h30 - 2º Campeonato Baiano de Slackline

08h às 17h - Feira de Talentos e Artesãos da Bahia (Alamedas dos Ipês)

Domingo (04)

08h às 17h - Feira de Talentos e Artesãos da Bahia (Alamedas dos Ipês)

9h30 - 2º Campeonato Baiano de Slackline

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com um mês de instalada no Morro do Cristo, a tirolesa de Salvador já conta com mais de 1,5 mil saltos realizados por um público diversificado, de crianças a adultos. O movimento deve se intensificar ainda mais nos próximos meses com a aproximação do verão, estação que atrai turistas de vários locais do mundo para a capital.

O equipamento permanente possui 110 metros de percurso e 15 metros de altura. Disponível todos os dias das 10h às 18h, a atividade esportiva custa R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) para estudantes que apresentem a carteirinha de estudante e RG. Aos fins de semana, qualquer pessoa pode pagar meia, desde que leve óleo vegetal ou biscoito água e sal para doação.

A tirolesa de Salvador alia-se à requalificação do Morro do Cristo, projetada pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), que contemplou tanto o restauro do monumento, como a reforma do entorno. Uma das intervenções consistiu na substituição do pedestal, que antes era de granito preto e passou a ser de vidro, dando a impressão que a peça flutua sobre o mar.

Vista – Originária da região do Tirol, na Áustria, a tirolesa tornou-se atração em diversos pontos turísticos do mundo, por unir adrenalina a uma contemplação especial do local visitado. Na capital baiana, o equipamento foi montado estrategicamente em espaço que permite uma das vistas mais belas da cidade. A descida começa no Morro do Cristo e finaliza em uma plataforma situada abaixo do restaurante Barravento.

O Monumento ao Cristo Nosso Senhor é tombado desde março do ano passado, por meio da Lei de Preservação ao Patrimônio Cultural do Município (Lei 8.550/2014), organizada pela Fundação Gregório de Mattos (FGM).

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O bairro de Cosme de Farias é mais uma vez alvo de melhorias promovidas pela Prefeitura. Desta vez, os esforços foram direcionados para a construção da praça homônima ao bairro, localizada no final de linha, e entregue pelo prefeito ACM Neto na noite da quarta-feira (24). Além do gestor municipal, estiveram presentes na inauguração do espaço o vice-prefeito, Bruno Reis, o titular da Secretaria de Manutenção (Seman), Virgílio Daltro, e o presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano (Desal), Marcílio Bastos, dentre outras autoridades e moradores.

O prefeito ACM Neto relembrou que, conversando com a comunidade, percebeu a necessidade de uma intervenção no local, que estava degradado e sem atrativos. "Iniciamos aqui a recuperação do busto do patrono do bairro e determinamos que fosse feito um projeto completo para este espaço. As pessoas não podiam trazer suas famílias para curtir o espaço ou para atividades de lazer" destacou. O investimento na requalificação da praça possibilitou uma mudança que impactou diretamente a vida dos moradores e dos transeuntes, completou o gestor.

Estrutura – A Praça Cosme de Farias foi edificada numa área de 936 metros. O equipamento dispõe de miniquadra esportiva, parque e espaço infantil – recurso utilizado para possibilitar as crianças um espaço não apenas de lazer, mas voltado ao desenvolvimento infantil – e academia de saúde ao ar livre.

O equipamento já está sendo utilizado por moradores e visitantes que tem se beneficiado ativamente do equipamento. Crianças de diversas idades receberam com entusiasmo o equipamento e desfrutam da estrutura voltada para o público. A construção do espaço foi efetuada através da Desal.

A praça foi projetada de forma a ser totalmente acessível para pessoas com dificuldades motoras ou mobilidade reduzida. Foram instalados ainda no local pergolado de eucalipto e bancos modulares antivandalismo. O projeto ainda incluiu paisagismo, comunicação visual e serviços em iluminação pública.

Ações na comunidade – Desde 2013, o bairro de Cosme de Farias já recebeu diversas intervenções da administração municipal. Em 2014, por exemplo, a Unidade de Saúde local passou por requalificação e foi entregue à comunidade recuperada, ampliada e totalmente equipada para atender com mais conforto e qualidade a população. Este ano, o bairro também recebeu o programa Morar Melhor, que contemplou a reforma de 100 unidades residenciais em situação precária, com melhorias no valor de até R$5 mil por imóvel.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Secretaria de Políticas para as Mulheres Infância e Juventude (SPMJ), em parceria com o Movimento Salvador vai de Bike - da Empresa Salvador Turismo (Saltur) - realizará neste domingo (21) o passeio ciclístico em apoio ao Outubro Rosa, intitulado “Dia de Mobilização de Combate ao Câncer de Mama”. Com concentração às 8h, os participantes saem do Dique do Tororó e vão até o Quartel de Amaralina. Em seguida, voltam para o ponto de largada. Além das pedaladas, o evento contará com uma feira de serviços.

Quem não tiver bike, poderá pedalar numa azulzinha. O cadastro na azulzinha pode ser feito na tenda móvel ou através do site, efetuando o pagamento do credenciamento único no valor de R$ 1,00 (cartão de crédito), exceto os cartões de bandeira Hipercard e American Express.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O Pelourinho ganhou um colorido diferente com a implantação de 60 vasos de flores pelas ruas e construções históricas, dentro da segunda etapa do Projeto Primavera Pelô. As buganvílias podem ser encontradas em portas de comércios e residências e encantam milhares de baianos e turistas que visitam o ponto turístico diariamente. Iniciado em janeiro, o projeto terá como próximo alvo o bairro de Santo Antônio Além do Carmo.

O Primavera Pelô é desenvolvido pela Prefeitura, por meio da Diretoria de Gestão do Centro Histórico, pertencente à Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult). Participam também da ação a Secretaria de Cidade Sustentável e Inovação (Secis), que cuida da escolha e plantio das espécies, e a Secretaria Municipal de Manutenção (Seman), pasta encarregada de construir e afixar os vasos onde as mudas serão colocadas.

De acordo com a diretora de gestão do Centro Histórico, Eliana Pedroso, além de embelezar as ruas, a iniciativa foi pensada ainda com intuito de humanizar a região. “Além de um Centro Histórico mais bonito, queremos torná-lo mais acolhedor, mais humano. Vale destacar que há também um significado subliminar de pertencimento, já que faz parte do nosso trabalho o incentivo à responsabilidade da comunidade em cuidar dessas plantas, compartilhando responsabilidades”, explica.

O pontapé do Primavera Pelô foi dado no início deste ano, quando os chamados “gelos baianos” de algumas ruas do Centro Histórico foram substituídos por cacos de flores. A ação deu certo e, neste segundo momento, cada planta tem um responsável para regá-la – seja um membro da própria comunidade, comerciante ou integrante do poder público.

Outras ações – Além do plantio e manutenção das flores, por meio do Primavera Pelô, a Prefeitura trabalha com a renovação paisagística de diversas áreas da cidade e da criação de hortas e pomares urbanos. Na Avenida Barros Reis, trecho entre a praça da avenida e o Largo do Retiro, a Secis realizou o plantio de 155 árvores, todas nativas da Mata Atlântica. Durante o ano de 2018, a Avenida Afrânio Peixoto, mais conhecida como Suburbana, recebeu intervenções do projeto “Suburbana Verde”, com o plantio de 1.500 árvores no canteiro central, numa área de 14 km de extensão.

 A Secis é o órgão responsável por receber os pedidos de introdução das hortas, de realizar avaliação técnicas da área onde os futuros canteiros serão instalados e, ainda, por fazer reuniões com moradores para apresentação do projeto. Também fazem parte da assistência prestada pela Prefeitura a limpeza e roçagem do terreno, suporte para estruturação dos canteiros e doações das primeiras mudas. Os pedidos são feitos através do telefone (71) 3611-3802.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O setor turístico da capital baiana está colhendo os frutos semeados a partir dos investimentos sociais e estruturais realizados pela gestão municipal nos últimos cinco anos. Os dados são da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), que prevê um crescimento de 11% no fluxo turístico da cidade durante a chamada alta estação, entre dezembro deste ano e fevereiro de 2019, se comparado ao mesmo período do ano passado.

No período, a capital baiana deve receber cerca de 2,6 milhões de visitantes, contra 2,3 milhões registrados no ano passado. A estimativa é que também haja um crescimento de 10% no número de visitantes durante o Réveillon. Se, em 2017, 430 mil turistas participaram do Festival Virada Salvador, a previsão para este ano é de 473 mil visitantes curtindo a festa.

O titular da Secult, Cláudio Tinoco, explica que essa retomada de protagonismo repõe Salvador na prateleira principal dos destinos de viagem no Brasil e na América Latina, consolidando cada vez mais a cidade como uma das primeiras escolhas na hora de viajar pelo país. “Isso se deve também ao aumento constante do valor do dólar, que leva o visitante a optar pelo turismo interno em vez de sair do país".

“Também é possível destacar outros motivos para essa melhoria, como o uso de ferramentas mais eficazes de marketing para promover a cidade, capacitação de operadores e a exposição constante na mídia, por conta da telenovela global que retrata a Salvador atual. De nossa parte, cabe a manutenção desse crescimento, recebendo cada vez melhor o turista, lembrando que esse fluxo, há dois anos em alta, nos permite antecipar uma curva ascendente também para os próximos anos”, finaliza o secretário.

Cruzeiros – Além do fluxo convencional de turistas, Salvador tradicionalmente recebe, durante a alta estação, visitantes oriundos de cruzeiros marítimos. A temporada de cruzeiros vai do próximo dia 22 até 21 de abril de 2019, com previsão de chegada de 49 embarcações transportando, no período, 165.039 mil pessoas.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Escola Municipal Dr. Fernando Montanha Ponde, no Rio Vermelho, promoveu mais um dia de brincadeiras e atividades lúdicas para os estudantes nesta quinta-feira (11). A garotada pôde se divertir no parque infantil localizado dentro da unidade de ensino, composto por gangorras, cavalinho e carrossel, além de outros brinquedos infláveis com escorregadeiras e pula-pula colocados especialmente para a ocasião.

Mas a diversão por lá começou mesmo nos últimos três dias: de segunda até aqui, os alunos da escola se esbaldaram com uma programação recheada de brincadeiras, tanto pela manhã quanto à tarde. Já teve até cineminha com exibição de filmes infantis e banho de piscina.

“Hoje vamos brincar em todos os brinquedos. Está tudo muito divertido. Tem sido muito especial para a gente”, disse o pequeno Norram de Jesus, 6 anos, enquanto aguardava sua vez para brincar no pula-pula. Apesar de ainda não ter ganhado presente para o Dia das Crianças, celebrado nesta sexta (12), ele já prometeu cobrar dos pais uma bicicleta, blocos de lego e um boneco.

Localizada ao lado do Núcleo de Atendimento à Criança com Paralisia (NACPC), a Fernando Ponde possui 245 alunos, sendo que 83 deles possuem paralisia cerebral e patologias associadas à deficiência intelectual . Para a diretora da escola, Maria Aparecida Lopes, o mais importante da atividade promovida nesta semana é constatar a socialização entre crianças do ensino regular com as que fazem parte da educação especial. “Quando crescerem, eles vão levar essa integração para a sociedade e saberão conviver com as diferenças”, disse.

Moradora do São Caetano, a dona de casa Marta de Jesus Lima, 57 anos, é mãe de Paulo Vitor Barros, 27 - aluno da instituição de ensino e portador de paralisia cerebral. Ela comemorou a evolução do aprendizado que o filho tem tido e os cuidados recebidos dos educadores. “Ele desenvolveu bastante aqui. Não falava direito, era muito agressivo e hoje já está até aprendendo a escrever o nome dele. É muito interessante ver todos brincando juntos e unidos, livres de discriminações”, relatou.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A comemoração pelo Dia das Crianças, festejado nesta sexta-feira (12), teve início mais cedo neste ano para a comunidade da Baixa do Tubo, no Matatu de Brotas. Sob o comando de uma palhaça e ao som de sucessos infantis, aproximadamente 600 crianças passaram a quinta-feira (11) na Unidade de Saúde da Família (USF) do Vale do Matatu, em um evento colaborativo que mobilizou toda a localidade.

O atendimento de saúde hoje foi dedicado exclusivamente ao público infantil, e a comemoração foi uma iniciativa do espaço, que contou com a colaboração de diversos parceiros da comunidade. Na área externa do posto, foram instaladas tendas, onde os profissionais de saúde ministraram palestras sobre temas como alimentação saudável, saúde bucal e a importância da vacinação. Todas as crianças que compareceram e estavam com pendências de vacinas atualizaram o calendário vacinal.

Para Elane Araújo, de apenas sete anos, o evento foi uma oportunidade de interagir com outras crianças e aproveitar a companhia da mãe. “Estou gostando muito. Me diverti brincando no pupa-pula e na amarelinha”, destacou a pequena enquanto assistia à apresentação de um grupo de capoeira.

Foram distribuídos kits de escovação, livros de colorir, brinquedos e diversos brindes. Fantasiados, os colaboradores da unidade de saúde ainda promoveram jogos e brincadeiras com as crianças, que também puderam aproveitar de um mini festival gastronômico com distribuição de salada de frutas, cachorro-quente, batata frita e algodão doce, o que deixou a criançada eufórica.

De acordo com Carol Florêncio, gerente da unidade, a proposta do evento foi unir a comunidade e promover um dia especial para os pequenos que também impactasse na saúde deles. “É a primeira vez que fazemos esse evento, e estamos muito felizes e satisfeitos porque percebemos a felicidade das crianças. É impagável ver o sorriso no rosto deles. A comunidade é parceira da unidade, eles interagem muito e todos colaboraram de alguma forma para ajudar a fazer essa grande festa”, destacou a gestora.

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...