Geral

0
0
0
s2sdefault

O Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra (Simm) oferece 60 vagas de emprego em Salvador para segunda-feira (1º). Os candidatos deverão acessar o site www.salvadordigital.salvador.ba.gov.br para agendar o atendimento, a partir das 17h30.

Em caso de deficiência visual, os candidatos devem entrar em contato pelo número (71) 3202-2005 para fazer o agendamento. O atendimento está sendo realizado de forma híbrida, ou seja, de forma presencial e remota, via WhatsApp – a escolha é no momento do agendamento.

No caso das vagas que exigem experiência, o tempo de serviço deve ser comprovado em carteira de trabalho.

VAGAS:

Ajudante de carga e descarga

Requisitos: Ensino médio completo, três meses de experiência.

Salário: R$1.477,64 + benefícios

Vagas: 2

Repositor de mercadorias

Requisitos: Ensino médio completo, três meses de experiência.

Salário: R$1.477,64 + benefícios

Vagas: 4

Pedreiro

Requisitos: Ensino fundamental completo, seis meses de experiência.

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 3

Ajudante de pedreiro

Requisitos: Ensino fundamental completo, seis meses de experiência.

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 3

Auxiliar administrativo

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, conhecimento em informática.

Salário: R$1.522,00 + benefícios

Vagas: 1

Operador de máquina de lavar

Requisitos: Ensino médio completo, três meses de experiência, curso de NR-12.

Salário: R$1.600,00 + benefícios

Vagas: 1

Fiscal de prevenção e perdas

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, disponibilidade de horário.

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 10

Passador de roupas

Requisitos: Ensino médio completo, 6 meses de experiência, disponibilidade de horário.

Salário: R$1.412,00 + benefícios

Vagas: 2

Consultor de vendas

Requisitos: Ensino superior completo ou cursando qualquer área, 6 meses de experiência, CNH B e veículo próprio, boa dicção, desejável conhecimento em vendas de seguros, máquinas de agro ou construção.

Salário: R$2.000,00 + benefícios

Vagas: 1

Jornalismo / social media (estágio)

Requisitos: Ensino superior cursando Relações Públicas, Publicidade e Propaganda, Marketing, Comunicação Social, Jornalismo ou áreas correlatas a partir do 5º semestre, sem experiência, habilidade em edição de vídeo simples utilizando ferramentas como Capcut e similares.

Bolsa: A combinar + benefícios

Vagas: 1

Cozinheiro de restaurante

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, imprescindível ter conhecimento em culinária oriental.

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 1

Ajudante de cozinha

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, imprescindível ter conhecimento em culinária oriental.

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 1

Jardineiro

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, curso de paisagismo desejável.

Salário: R$1.484,90 + benefícios

Vagas: 1

Auxiliar de classe (vaga de estágio e exclusiva para o Programa Simm Mulher)

Requisitos: Ensino superior incompleto em Pedagogia (estar cursando a partir do 2º semestre à noite), sem experiência, disponibilidade no turno Matutino.

Bolsa: R$630,75 + benefícios

Vagas: 1

Operador de caixa

Requisitos: Ensino médio completo, três meses de experiência, disponibilidade de horário, conhecimento em informática.

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 5

Repositor de mercadorias

Requisitos: Ensino médio completo, três meses de experiência, disponibilidade de horário, conhecimento em informática.

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 10

Técnico de refrigeração

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, imprescindível conhecimento em equipamento de grande porte e NR-10.

Salário: R$2.461,77 + benefícios

Vagas: 1

Técnico de refrigeração

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, imprescindível conhecimento em equipamento de grande porte, CNH B e disponibilidade para viagem.

Salário: R$2.165,70 + benefícios

Vagas: 1

Jornalista (estágio)

Requisitos: Ensino superior completo em Jornalismo, seis meses de experiência, requisitos imprescindíveis: ter habilidade com redes sociais e conhecimento com aplicativo Canva.

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 1

Vendedor interno

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, imprescindível ter conhecimento em vendas de produtos e serviços gráficos, informática intermediária (CorelDraw, Photoshop, Adobe )

Salário: R$1.412,00 + comissão

Vagas: 2

Engenheiro ambiental (estágio)

Requisitos: Ensino superior cursando Engenharia Ambiental a partir do 3º semestre, sem experiência.

Bolsa: R$1.100,00 + transporte

Vagas: 3

Operador de vendas (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

Requisitos: Ensino médio completo, sem experiência.

Salário: A combinar + benefícios

Vagas: 1

Auxiliar Administrativo (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, requisitos imprescindíveis: ter conhecimento do pacote Office e disponibilidade para trabalhar na madrugada

Salário: R$1.412,00 + benefícios

Vagas: 1

Auxiliar administrativo (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

Requisitos: Ensino médio completo, seis meses de experiência, conhecimento em informática.

Salário: R$1.561,37 + benefícios

Vagas: 3

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Os três Restaurantes Populares Vida Nova, situados em São Tomé de Paripe, Pau da Lima e Águas Claras, vão oferecer um cardápio especial gratuito de Semana Santa nesta quinta-feira (28). A ação, promovida pela Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre), acontecerá das 11h às 13h.

Ao todo, 1.550 pratos compostos com caruru, vatapá e duas opções de proteínas – peixe e xinxim de frango, acompanhados de suco, serão servidos aos beneficiários.

 O titular da pasta, Júnior Magalhães, ressalta que garantir comida tradicional em um período de preparação para a Páscoa para pessoas em vulnerabilidade significa acolher. “E nos Restaurantes estamos fazendo isso, pois a segurança alimentar também passa por respeitar a diversidade cultural e as tradições”, frisou.

Endereço dos Restaurantes Populares Vida Nova:

- Águas Claras: Estrada do Matadouro, 258.

- Pau da Lima: Avenida Aliomar Baleeiro, 158 (próximo ao posto P5).

- São Tomé de Paripe: Rua Santa Filomena, s/n.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com o propósito de destacar e celebrar mulheres cujas jornadas têm gerado impactos positivos tanto na vida de outras mulheres quanto na sociedade em geral, foi realizado na terça-feira (26) o evento Mulheres de Impacto. Promovida pelo Parque Social em parceria com a Prefeitura, a segunda edição do evento trouxe para o diálogo, realizado no auditório da instituição, no Parque da Cidade (Itaigara), cinco mulheres notórias com diferentes campos de atuação.

Participaram da roda de conversa a professora de boxe para mulheres cis e público LGBTQIAPN+, Aline Silva; a gestora da Escola Comunitária Criança Esperança em Santo Inácio, Elizabete Mendonça; a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), Mila Paes; a coordenadora e produtora artística do Afoxé Filhas de Gandhi, Silvana Magda; e a presidente da Associação Baiana dos Deficientes Físicos (Abadef), Silvanete Brandão. O evento teve mediação da jornalista Andréa Silva.

Durante a palestra, Silvana Magda reforçou a importância de combater o etarismo e das mulheres se manterem ativas e realizadoras em todas as fases da vida. “Um evento desse proporciona que as mulheres possam se conhecer melhor e buscar por grupos de apoio. É importante que, através desses eventos, elas possam se integrar. A atividade não é só para jovens, mas também para mulheres acima de 50 anos que já têm firmeza na vida, objetivo definido, e aqui vão ter novas ideias para se adaptarem à nova era”, contou.

A titular da Semdec destacou que eventos como esse tem como principal objetivo inspirar outras mulheres a fim de promover mudanças significativas no mundo. ”É sempre importante celebrar as mulheres que se destacam, cada uma no seu universo de atuação. Acho que momentos como esses, que reúnem mulheres tão fortes, com histórias de vida tão diferentes e, ao mesmo tempo, parecidas, são relevantes para mostrar a outras mulheres até onde a gente pode chegar”, afirmou Mila Paes.

A assistente social Reginalda Sousa dos Reis, 46 anos, é coordenadora de uma das unidades do projeto Convivendo e Aprendendo do Parque Social, que atende 850 pessoas entre crianças, jovens e idosos com atividades socioeducativas e culturais em cinco bairros populosos de Salvador. Ela esteve no evento para absorver novos conhecimentos e também para acompanhar mulheres assistidas pelo projeto nesse momento de troca de experiências.

Reginalda acredita que é importante mostrar para o público feminino que nunca é tarde para mudar a rota, desenvolver novas habilidades ou sonhos e despertar novos interesses na vida. “É um momento de partilha e trouxe algumas beneficiárias porque é importante conhecer a história das mulheres convidadas e o impacto das suas histórias, além de ser uma forma de motivar outras mulheres, fortalecê-las, falar de questões de gênero e construir novos caminhos”, detalhou.

Reportagem: Joice Pinho/Secom PMS

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Para celebrar o aniversário da primeira capital do Brasil, que completa 475 anos nesta sexta-feira (29), as crianças e adolescentes assistidas nas unidades da Fundação Cidade Mãe (FCM) produziram obras que dão vida à exposição “Um Laço de Amor da FCM por Salvador”, aberta nesta quarta-feira (27). Os trabalhos artísticos podem ser apreciados na galeria da sede do órgão que fica localizada no Engenho Velho de Brotas, das 9h às 16h, de segunda a sexta-feira (exceto feriados).

Os desenhos, colagens, pinturas e esculturas foram confeccionados por educandos integrantes das oficinas lúdico-pedagógicas desenvolvidas nos seis Centros de Convivência Socioassistencial (CCSs), espalhados em bairros periféricos da capital baiana. Todo ano a instituição, que pertence à Secretaria de Política para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), propõe temas para celebrar a comemoração por Salvador, dentro de uma perspectiva pedagógica, no que tange as artes visuais, potencializando o universo cultural trazido pela percepção dos artistas.

Enquanto organizava as obras, o curador da exposição, o educador de Artes Visuais da FCM, Gilson Cardoso, comentava orgulhoso sobre o trabalho desenvolvido pelos alunos. “Me sinto feliz e realizado em saber que a arte e cultura têm transformado as vidas das crianças e adolescentes que atendemos aqui”, diz ele, enquanto aponta para quadros feitos por jovens egressos da FCM, hoje estudantes da Faculdade de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia (Ufba).

O artista explica que o tema da exposição em homenagem à capital baiana foi pensado com objetivo de despertar na garotada e nos jovens o sentimento de pertencimento com relação a cidade onde vivem. “No aniversário de Salvador que presente nós podemos dar a nossa cidade? Eles produziram pinturas, telas com declarações, esculturas e desenhos que falam sobre a cidade e como cuidar dela”, explica.

Função social – Para a gerente de Proteção Social Básica da FCM, Eliane Braz, a arte tem a função social importante de apontar as mazelas, a partir da concepção de mundo do artista, que reproduz seu olhar imprimindo na obra sua sensibilidade e criatividade. “Desenvolvendo essas habilidades, o aluno ganha liberdade e segurança para enfrentar diversas situações da vida”, pontua.

Além da exposição, os jovens também produziram um espetáculo de dança que foi apresentado aos colaboradores da FCM, nesta quarta-feira (27). Assistida pela FCM há três anos, a adolescente Luara Estrela, 15 anos, integra a oficina de dança desenvolvida pela professora, Verônica Oliveira, 60 anos. Enquanto se preparava para apresentar o espetáculo musicado pela canção de Luiz Caldas, “Muito prazer, meu nome é Salvador”, a adolescente falou sobre a sensação de se apresentar ao público.

“Meu Deus é um negócio que não sei explicar, é mágico para mim. Às vezes vem aquela vontade de chorar seguida daquela alegria. Eu amo a dança, e a Fundação me ajudar a viver isso. Criei um amor enorme pelas pessoas daqui, aqui dentro eu me sinto em casa, fico leve. Minha vida mudou desde quando cheguei aqui”, disse, visivelmente emocionada.

Formação cidadã – A Fundação Cidade Mãe atua na execução das políticas públicas de proteção social básica, com foco na prevenção à violação de direitos de crianças, adolescentes e jovens, na faixa etária entre 7 e 18 anos incompletos, que possuem referência familiar, encontram-se matriculados na rede formal de ensino público, mas vivenciam uma situação de vulnerabilidade social. Há 28 anos, a instituição desenvolve um trabalho que abraça as artes visuais não com o propósito de formar artista, mas cidadãos, visto que a arte é um veículo da cidadania capaz de despertar nos educandos o potencial artístico.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Todos os estudantes da Rede Municipal de Ensino vão receber chocolates nesta quinta-feira (27) em mais um ano do projeto Páscoa na Escola, que é realizado pela Prefeitura de Salvador. O evento simbólico de entrega ocorreu na Escola Municipal Anita Barbuda, no Nordeste de Amaralina, que foi inaugurada em fevereiro deste ano, e contou com a presença do prefeito Bruno Reis e do secretário da Educação (Smed), Thiago Dantas.

Ao longo do dia, serão distribuídos mais de 150 mil ovos de Páscoa e caixas de chocolate. Este é o segundo ano da ação, que foi ampliada e agora vai presentear também professores e outros profissionais da Rede Municipal de Ensino. Todos os segmentos da educação serão contemplados: Infantil, Fundamental Anos Iniciais e Anos Finais e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

O prefeito Bruno Reis destacou que o projeto é simples, mas de enorme significado para as famílias: “É uma ação que tem um simbolismo muito grande, principalmente para as crianças. A expectativa da chegada da Páscoa para elas é muito grande, de poder ganhar um ovo de chocolate. A gente sabe das dificuldades que mães e pais passam de poder, com o seu salário, comprar um presente desses, principalmente aquelas famílias que têm muitos filhos. Então a Prefeitura vem para ajudar com isso. É um ato simples, mas muito importante para as crianças e suas famílias”, disse.

As 415 unidades municipais de ensino serão contempladas com a ação. Na Anita Barbuda, foram beneficiados 325 alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I. No ano passado, o projeto Páscoa na Escola foi lançado no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Luís Eduardo Magalhães, na Avenida Bonocô.

Como lembra Thiago Dantas, a ação é resultado da escuta nas escolas, com o objetivo de garantir que milhares de crianças tenham uma Páscoa feliz e cheia de significados. “É realmente algo que nos toca e que a gente consegue perceber claramente que, através dessa ação, a Prefeitura consegue assegurar que elas tenham uma Páscoa em casa, com a família, com alegria e felicidade”, disse.

“O prefeito Bruno Reis determinou que fosse feita essa ação no ano passado e foi um grande sucesso. Neste ano, realizamos de novo, mas agora ampliada, abrangendo não só os alunos de todos segmentos, mas também educadores. É um momento de confraternização. A Semana Santa e a Páscoa são momentos simbólicos do ano e nada melhor do que reunir todos os alunos das escolas para celebrar em conjunto”, completou Thiago Dantas.

Moradora do Nordeste, Gabriela Lisboa Santos, 38 anos, tem duas filhas matriculadas na Anita Barbuda. A mãe está desempregada e disse que o presente vai ajudar muito. “Achei maravilhosa a iniciativa. As crianças gostam muito. Quando se fala de ovo de Páscoa e de chocolate elas ficam felizes. Vou poder economizar dinheiro com isso, então está ótimo. Não vou precisar comprar mais nada para elas”, afirmou.

Junto aos ovos de Páscoa e dos chocolates, a Prefeitura também entregou os pares de tênis aos alunos da Rede Municipal de Ensino. Neste ano, todas as crianças matriculadas receberão um kit escolar completo, que conta ainda com mochila, estojo, lápis e outros materiais escolares.

“Anunciamos também a antecipação do salário do mês de março a todos os servidores da Prefeitura. Então hoje todo mundo já pode sacar o seu salário para poder ter uma Semana Santa com mais harmonia, mais tranquilidade e honrar os seus compromissos”, disse Bruno Reis.

Reportagem: Thiago Souza e Vitor Villar / Secom PMS

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Devido ao feriadão da Semana Santa em Salvador, as repartições públicas municipais terão o atendimento suspenso a partir desta quinta-feira (28), retornando as atividades normalmente na segunda-feira (1º). No entanto, os serviços essenciais da Prefeitura estarão em funcionamento durante todo o período, em esquema de plantão. Confira:

Trânsito – Os agentes da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) estarão em atividade nas ruas, garantindo o fluxo adequado de veículos e pedestres e prontos para intervir em casos de obstruções e outras ocorrências no trânsito. O Núcleo de Operação Assistida (NOA) estará monitorando o tráfego 24 horas por dia, fornecendo suporte às equipes em campo. As blitze de Lei Seca também serão realizadas durante esse período.

Já os setores de atendimento ao público, responsáveis por serviços como defesa, recursos e credenciais especiais, não estarão operando a partir da quinta-feira (28), retornando ao funcionamento normal na segunda-feira (1°). Quanto aos setores de liberação de veículos custodiados, eles funcionarão normalmente na quinta-feira (das 9h às 17h) e no sábado (das 9h às 12h e das 14h às 16h), não realizando atendimentos na sexta-feira (29). Para contatar a Transalvador, o cidadão pode utilizar o aplicativo NOA Cidadão ou ligar para o Fala Salvador, no número 156.

Transporte – A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) realizará ajustes nos horários de operação dos elevadores e planos inclinados da cidade. O Elevador Lacerda funcionará das 6h às 23h na quinta-feira (28), e nos demais dias da Semana Santa, das 7h às 22h. Os planos inclinados de Gonçalves e Liberdade/Calçada operarão na quinta-feira, respectivamente, das 7h às 18h e das 6h às 18h30, e no sábado (30), ambos das 7h às 13h.

O Elevador do Taboão e o Plano Inclinado Pilar funcionarão apenas na quinta-feira, nos horários de 7h15 às 17h15 e das 7h às 17h30, respectivamente. Por fim, a travessia Ribeira-Plataforma funcionará normalmente das 7h às 19h, com exceção do sábado (30), que funcionará das 6h às 19h.

Saúde – Todas as unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Emergência (PAs) municipais, as Upinhas Barris, Itapuã e Paripe/Periperi e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) funcionarão 24 horas, de forma ininterrupta. Já o Saúde nos Bairros em Mussurunga I e Pirajá não abrirão na sexta (29) e no sábado (30), retornando às atividades na segunda-feira (1º), das 7h às 17h.

Defesa Civil – A Codesal funciona ininterruptamente, em regime de plantão 24 horas, para atender às solicitações da população. Em caso de emergência, como riscos de deslizamentos, alagamentos, desabamentos ou qualquer outra situação de perigo, a população deve entrar em contato, de forma gratuita, pelo telefone 199.

Guarda Civil Municipal – A instituição continuará operando regularmente todos os dias, mantendo suas atividades de patrulhamento preventivo pela cidade, protegendo os equipamentos públicos e prestando apoio aos órgãos públicos conforme necessário.

Limpeza – A Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) segue com os todos os seus serviços de coleta de resíduos durante o feriadão.

Salvamar – A Coordenadoria de Salvamento Marítimo (Salvamar) estará com agentes atuando nos postos situados no trecho entre as praias de Jardim de Alah e Ipitanga (próximo ao kartódromo). Em caso de emergência, além do contato direto com os profissionais nas praias, o serviço pode ser acionado através do número (71) 3202-4970. Já nas demais praias fora do trecho entre Jardim de Alah e Ipitanga, o contato deverá ser feito com o Grupamento Marítimo (Gmar), do Corpo de Bombeiros, pelo número 193.

Atendimento às mulheres – A Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), o Centro de Atendimento à Mulher Soteropolitana Irmã Dulce (Camsid) e a Casa da Mulher Brasileira funcionam normalmente para prestar apoio, acolhimento e orientação às mulheres que vivenciam situações de violência ou que necessitam de assistência em questões relacionadas à saúde, emprego e direitos. Em caso de necessidade, as mulheres podem procurar esses locais para receberem o suporte necessário. As orientações também podem ser obtidas através do Fala Salvador, no número 156.

Parques e Hospital Veterinário – A Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Resiliência, Bem-estar e Proteção Animal (Secis) assegura o funcionamento normal do recém-inaugurado Hospital Veterinário, assim como dos parques da cidade, de quinta a domingo. No entanto, exceções são aplicadas ao Viveiro de Restinga e ao Jardim Botânico, com este último abrindo somente no sábado, das 8h às 14h.

A população pode aproveitar o feriadão no Parque dos Ventos (Boca do Rio), das 5h às 20h; no Parque dos Dinossauros (Stiep), na sexta (29) e sábado (30), das 6h às 17h; no Parque da Cidade (Itaigara), na sexta e domingo, das 5h às 19h, e sábado, das 5h às 22h.

Manutenção – Os serviços operacionais de manutenção de áreas verdes, sistema de drenagem e malha viária (Operação Tapa Buracos) realizados pela Secretaria de Manutenção da Cidade (Seman) serão suspensos apenas no feriado (29), retomando a programação normal nos outros dias do período, com equipes em plantão inclusive no sábado e domingo. Já a Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal) estará em regime de plantão de quinta-feira a domingo, para andamento de obras em praças de toda a cidade.

Atendimento Digital – Durante o feriado, a Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (Semit) estará disponível para oferecer suporte técnico aos serviços prestados ao cidadão, tais como a plataforma Salvador Digital (www.salvadordigital.salvador.ba.gov.br), bem como outros sites e sistemas.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O Largo do Cruzeiro do São Francisco, no Pelourinho, receberá nesta quinta-feira (28), a partir das 18h, o Grande Encontro de Motociclistas, como parte da programação gratuita do Festival Viva Salvador, em celebração aos 475 anos da capital baiana, promovido pela Prefeitura de Salvador.

O evento contará com a presença de grupos e clubes de motociclistas de diversos pontos da cidade, incluindo os confirmados CHD Bahia, No End, No Ladies, BA99, Iron Helmet, HOG - Harley Owners Group, Ladies of the Harley, Ladies of the Road, Harleyros da Vitória e Seca Suvaco Support. Além disso, haverá shows das bandas Kingsmen e Herbert & Richard.

A banda Kingsmen promete fazer uma viagem por grandes sucessos do rock das décadas de 50, 60 e 70. Germano Brandino, vocalista do grupo, avisa: "Quem for ao nosso show pode esperar, como sempre, um repertório que passeia pela história do rock and roll, desde os anos 50 até períodos mais recentes, de Elvis a Raul Seixas, de Rita Lee a AC/DC, entre outros reis do estilo musical que mudou o planeta".

Por sua vez, a banda Herbert & Richard passeia pela história das trilhas sonoras do cinema. Com mais de 12 anos de experiência fazendo shows pela cidade, eles se sentem honrados em participar novamente das festividades do aniversário de Salvador. "Poder subir num palco montado no Cruzeiro de São Francisco, no Pelourinho, cartão postal da cidade, local de grande importância histórica e cultural, para fazer um show aberto e gratuito para o público é motivo de muito orgulho para a banda. Como estará acontecendo um encontro de motociclistas, teremos algumas surpresas para agradar esse segmento que nos prestigia o ano inteiro nos nossos shows. Convidamos a todos para esse grande evento, não tenho dúvida de que irão se divertir muito", afirma a banda.

A programação completa do Festival Viva Salvador pode ser conferida no site https://festivaldacidade.salvador.ba.gov.br/programacao-completa/

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Bem próximo de completar um ano de existência, o Distrito Cultural do Centro Histórico e Comércio mudou a realidade de ambulantes e comerciantes que trabalham na região. Baianos, turistas e grupos de estudantes que visitam as ruas do Centro Antigo diariamente também comentam sobre a significativa mudança desde a implantação do Distrito, em abril do ano passado. Criado como uma zona administrativa de cultura, turismo, assistência social, zeladoria e ordenamento público, com uma Prefeitura-Bairro exclusiva, localizada no Terreiro de Jesus, o Distrito tem ações e serviços que atendem desde a Gamboa, passando por Comércio, Barroquinha, Pelourinho e chegando ao Santo Antônio Além do Carmo.

Nascido e criado no Centro Histórico, Alexandro Américo dos Santos, 36 anos, vende colares no Terreiro de Jesus há mais de 20 anos. Desde a instalação do Distrito, passou a trabalhar devidamente identificado com colete ofertado pela Secretaria de Ordem Pública (Semop) e recebeu cursos de atendimento e gestão de negócios oferecidos em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento, Emprego e Renda (Semdec)

“Vivo nessas ruas desde menino. Nunca tivemos a atenção que temos agora. Organizaram nosso trabalho, temos um espaço na Prefeitura-Bairro para levar nossos pedidos. E o melhor de tudo: somos respeitados pelos turistas. Tudo feito há um ano mudou nossas vidas, melhorou demais nosso trabalho”, avalia o ambulante.

A estrutura do Distrito conta com equipes das principais secretarias e órgãos, dedicadas a atender especificamente o Centro Histórico, incluindo Ordem Pública, Promoção Social, Transalvador e Guarda Civil Municipal. Desde a criação do Distrito Cultural, a segurança na região melhorou. Houve transferência da diretoria-geral da Guarda Civil Municipal (GCM) para o Centro Histórico e aumento em mais de 148 agentes na região, além de 10 unidades de módulos e viaturas da Guarda, que atuam junto com o Grupamento de Apoio ao Turista (GAT).

O novo cenário, somado à riqueza cultural e histórica do Centro Histórico, atrai grupos de estudantes que fazem visitas diárias à região. Nesta terça-feira (26), aproximadamente 120 crianças e adolescentes, do 4º ao 9º ano, de um colégio particular de São Cristóvão fizeram um tour pelas principais igrejas do Pelourinho. No comando da turma, o professor de História, Lírio Lima, 36 anos, que há cinco anos inclui a visita como aula prática para sua disciplina, comentou sobre a sensação de segurança ao trafegar pelas vias. “Essa já é a terceira turma que trago esse ano. Tudo muito organizado e seguro, como realmente precisa ser. Esse espaço é nosso e cheio de riqueza. Precisa seguir assim bem cuidado”, destaca.

Escuta e transformação - Presente nas ruas do Centro Antigo para atender às demandas dos trabalhadores e visitantes da região, o diretor do Distrito Centro Histórico, Humberto Sturaro, afirma que é perceptível a mudança de sentimento das pessoas em relação à área. “Assumimos a responsabilidade para resolver os problemas desse perímetro, que tem características muito específicas. Chegamos aqui e ocupamos o espaço, que estava esquecido. Há quase um ano trabalhamos dia e noite para melhorar as condições de vida de quem vive do turismo e de quem faz turismo. O resultado já é muito bom. Basta conversar com as pessoas que aqui vivem, que por aqui passam. Temos um outro Centro Histórico”, pontua.

Pela quarta vez em Salvador, a mineira Lucena Lopes, 42 anos, sempre inclui no roteiro de viagem os passeios pelo Pelourinho e Santo Antônio Além do Carmo.  “Estive aqui em 2018. Voltando agora e não tem como comparar. Com certeza, infinitamente melhor. Esse lugar lindo e encantador, com tanta coisa bonita para ser explorada, agora tem outra cara. É muito bom para nós que viemos a passeio sentir essa sensação de acolhimento, de segurança, de espaço bem cuidado”, comenta a turista.

Para o secretário de Articulação Comunitária e Prefeituras-Bairro, Luciano Sandes, a criação do Distrito surgiu pela necessidade de ter um olhar mais atencioso para o Centro Antigo. “Temos uma estrutura e uma equipe debruçada sobre os problemas específicos dessa localidade. Sabemos que é desafiador, mas já avançamos muito em quase um ano. Pegamos uma área como essa, icônica, onde a cidade começou. e que tem características próprias para tratar com o cuidado necessário. E assim temos feito. Prova do sucesso é que temos movimento intenso de domingo a domingo”, disse o secretário, ao destacar ações de ordenamento, segurança, organização do trânsito e diálogo permanente com ambulantes e comerciantes da região.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) emitiu na última segunda-feira (25) a previsão do tempo para esta semana na capital baiana, com aumento gradual das chuvas e redução da temperatura. Segundo análise do Centro de Monitoramento de Alerta e Alarme da Defesa Civil de Salvador, as condições devem se manter desta forma até o final de março e na primeira quinzena de abril. Ainda de acordo com a Codesal, as chuvas deverão superar a normal climatológica de 143,7 mm, devido à formação do Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) e outros sistemas meteorológicos.

Até esta quarta-feira (27), a previsão é de céu nublado a parcialmente nublado, com chuvas fracas a moderadas a qualquer hora do dia e há risco para alagamentos pontuais e deslizamentos de terra. Na quinta-feira (28), estão previstas chuvas moderadas, por vezes fortes, a qualquer hora do dia, também com risco para alagamentos e deslizamentos de terra.

Entre sexta-feira (29) e sábado (30), a previsão é de céu nublado a parcialmente nublado, com chuvas fracas a moderadas a qualquer hora do dia. No domingo (31), a previsão é de céu claro a parcialmente nublado, com chuvas fracas e isoladas a qualquer hora do dia. As temperaturas devem variar entre 24 °C (mínima) e 32 °C (máxima).

Com essa frente fria e o feriadão da Semana Santa, a Coordenadoria de Salvamento Marítimo (Salvamar) reforça os cuidados com o banho de mar, especialmente com a maré de março. “Com a chegada de março, as frentes frias acabam alterando de maneira exponencial o comportamento do mar, que se torna mais perigoso. Quando isso acontece junto com a lua cheia ou a lua nova, o mar se torna ainda mais perigoso. As marés ficam maiores, o mar avança mais sobre a faixa de areia, podendo derrubar barracas”, afirma o coordenador, Kailani Dantas.

Ele lembra que, especialmente no litoral, alguns pontos registram incidentes causados pela maré de março. “Nesse período, é bom ficar atento a esses momentos de chuva, de frente fria e, se possível, evitar o banho de mar. Caso contrário, sugiro buscar um posto salva-vidas e tomar banho sempre ali próximo, perto de um local que tenha salvaguarda. Além disso, é importante ficar sempre atento às bandeiras de perigo, evitar se expor ao máximo, não ficar próximo de pedras, rochedos. Desse modo, você consegue ter uma praia segura”, diz.

Semana Santa – Dantas reforça que, no feriado da Semana Santa, muitas pessoas participam do chamado “baba do vinho” na orla da cidade. Como estes festejos costumam acontecer muito cedo, a Salvamar vai contar com um esquema de beach patrol, que são rondas nas praias antes da ativação dos postos.

Estrutura – A Salvamar dispõe de 270 agentes distribuídos em 35 postos ao longo de 28 km de orla, no trecho entre as praias de Jardim de Alah e Ipitanga (próximo ao kartódromo). Outros quatro postos móveis atuam diariamente e servem também a eventos do município.

A estrutura é composta por moto aquática, pranchões, pés-de-pato, máscaras de mergulho, respiradores, capacetes e botes. Os salva-vidas também realizam medidas preventivas, educacionais, de orientação e de salvamento em ambientes aquáticos, evitando afogamentos e preservando a vida de quem estiver em perigo.

Contato – Em caso de emergência, além do contato direto com os profissionais nas praias, o serviço pode ser acionado através do número (71) 3202-4970. Já nas demais praias fora do trecho entre Jardim de Alah e Ipitanga, o contato deverá ser feito com o Grupamento Marítimo (Gmar), do Corpo de Bombeiros, pelo número 193.

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...