Cultura

0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura já iniciou ações para a preparação da festa da Lavagem do Bonfim, que será realizada na próxima quinta-feira (11). As atividades têm como objetivo oferecer mais tranquilidade e segurança para quem vai participar do cortejo que sai do Comércio e segue até a Colina Sagrada.

Serviços diversos – A Secretaria Municipal de Manutenção (Seman) iniciou os serviços de desobstrução de caixas de águas pluviais, poços de visita, ações de poda, destocamento de troncos, entre outras ações. Consertos e nivelamento de passeios e assentamento de pedras portuguesas no trajeto da colina também já estão sendo realizados.

Patrimônio público – Cerca de 140 agentes da Guarda Civil Municipal do Salvador (GCMS) vão participar da Lavagem prestando apoio aos diversos órgãos do município, na proteção dos agentes e patrimônio público. Durante a festa, a Guarda vai reforçar a segurança no Elevador Lacerda e no Plano Inclinado do Pilar, além de realizar o patrulhamento preventivo no circuito do evento.

Fiscalização – A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) vai realizar fiscalização para coibir a ocupação de marquises. O órgão também vai orientar proprietários de bares sobre a proibição de comercialização de bebidas em garrafas de vidro, além de fiscalizar a exibição de publicidade e de atividades irregulares.

Transporte – A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) vai reforçar as linhas de transporte coletivo para dar mais conforto aos fieis que vão participar da Lavagem do Bonfim. No dia da festa, todas as linhas do sistema de transporte coletivo de Salvador estarão operando com 100% da frota de ônibus, o que representa cerca de 2,6 mil veículos. Vinte destas linhas que atendem à região do evento vão prolongar o horário final de atendimento até as 0h.

Além disso, a Semob está disponibilizando para os usuários 36 veículos extras da frota reguladora para auxílio no retorno para casa após as comemorações. Os veículos estarão disponíveis das 13h às 22h, no Largo do Papagaio, para atender à demanda.

São elas: Conjunto Pirajá I – Ribeira, Vista Alegre – Ribeira, Base Naval – Ribeira, Fazenda Coutos – Ribeira, Paripe – Ribeira, Estação Pirajá-Bonfim/Ribeira, Ribeira/Bonfim – Campo Grande, Ribeira – Lapa, Fazenda Grande do Retiro – Ribeira, Ribeira – Federação, Ribeira – Barbalho/Fazenda Garcia, Ribeira – Pituba, Ribeira – Sabino Silva, Ribeira – Rio Sena/A. Sta Terezinha, Santa Cruz –Calçada/Bonfim, Vale das Pedrinhas – Vl Rui Barbosa, Estação Mussurunga-Ribeira/São Joaquim, Cabula VI – Ribeira R2, Terminal Acesso Norte/Ribeira, Cajazeira 11 - Ribeira

Ainda por causa das comemorações, o tráfego na região do Bonfim será interditado nesta quinta-feira a partir das 6h, e as linhas que operam no local sofrerão as seguintes mudanças de itinerário.

- Linhas provenientes do Largo do Tanque com destino ao Campo Grande, Comércio e Av. Contorno: Saem do Largo do Tanque e seguem pela Liberdade, Nazaré, Joana Angélica, Politeama, Campo Grande e, a partir deste ponto, retomam o seu itinerário normal;

- Linhas quem saem do Campo Grande e Vale do Canela com destino ao Comércio e Túnel Américo Simas: partem do Campo Grande pelo Politeama, Piedade, Avenida Joana Angélica, Nazaré, Vale do Nazaré, Sete Portas e, a partir daí, seguem o itinerário comum;

- Linhas do Aquidabã com destino ao Campo Grande, Comércio e Avenida Contorno: saem do Aquidabã, Vale de Nazaré, Avenida Joana Angélica, Campo da Pólvora, Piedade, Politeama, Campo Grande e, a partir deste ponto, seguem o roteiro normal;

- Linhas da Avenida Suburbana, Península Itapagipana e Calçada com destino ao Túnel Américo Simas/Aquidabã: vêm pelo Viaduto dos Motoristas, Largo do Tanque, Avenida San Martin, Largo do Retiro, Avenida Barros Reis, Sete Portas, Aquidabã e retomam o itinerário normal;

- Linhas da Avenida Suburbana, Península Itapagipana e Calçada com destino ao Campo Grande e Vale do Canela: acessam o Viaduto dos Motoristas, Largo do Tanque, Liberdade, Barbalho, Nazaré, Piedade, Politeama, Campo Grande e depois seguem percurso;

- Linhas provenientes do Aquidabã para a Avenida Suburbana: Aquidabã, Sete Portas, Barros Reis, Avenida San Martin, Largo do Tanque, Viaduto dos Motoristas e então fazem o roteiro normal;

- Linhas do Largo do Taque com destino à Península Itapagipana seguem, no trajeto de ida, pelo Viaduto dos Motoristas, Rua 26 de Dezembro, Rua Régis Pacheco, Rua Boa Vista, Rua Resende Costa, Avenida Caminho de Areia e depois retomam o seu itinerário normal. No trajeto de volta seguirão pela Avenida Caminho de Areia, Rua Machado Monteiro, Rua Araujo Bulcão, Rua do Uruguai, Rua Régis Pacheco, Travessa 28 de Maio, Viaduto dos Motoristas e então o roteiro habitual;

- Linhas provenientes da Suburbana com destino à Península Itapagipana seguem, no trajeto de ida, pela Rua Régis Pacheco, Rua Boa Vista, Rua Resende Costa, Avenida Caminho de Areia e, a partir deste ponto, retomam o seu itinerário normal.

Já no trajeto de volta, seguirão pela Avenida Caminho de Areia, Rua Araujo Bulcão, Rua do Uruguai, Rua Couceiros de Abreu, Rua Régis Pacheco, retorno Largo do Curtume, Rua Luis Maria e, a partir deste ponto, retomam o seu itinerário normal.

- Linhas com destino final para a Av. da França, São Joaquim ou Calçada provenientes do Largo do Tanque, farão o retorno no largo. Já as linhas que acessam o Túnel Américo Simas, farão retorno no Aquidabã.

Ao final das comemorações do Bonfim as barreiras serão removidas e os coletivos passam a fazer o roteiro comum.

Trânsito – A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) inicia nesta quarta-feira (10) a operação para evento. O sentido do fluxo de determinadas vias do Comércio e da Cidade Baixa será alterado, haverá proibição de estacionamento em alguns locais, além de bloqueio de trânsito, viabilizando a segurança dos participantes da Lavagem e de eventos esportivos associados. As intervenções da Transalvador serão totalmente finalizadas no domingo (14).

Carga e descarga – Haverá ainda horários específicos para carga e descarga. Na quinta-feira (11), dia do Cortejo, carga e descarga poderão ocorrer somente até as 6h, sendo permitida a circulação de veículos com capacidade de até 1.000 kg nas vias do percurso do cortejo. Entre os dias 12 e 14, serão permitidas carga e descarga das 8h às 14h.

Alteração de sentido de tráfego – A Av. Engenheiro Oscar Pontes funcionará como mão-dupla entre a Rua Estado de Israel e o acesso ao Ferry Boat, a partir das 5h do dia 11. A partir das 6h, terão sentido único de trânsito a Rua Boa Vista, na direção Rua Resende Costa, e a Rua Luiz Régis Pacheco - a partir da confluência com a Rua 26 de Dezembro, na direção final de linha do Uruguai, e a partir da confluência com a Rua Couceiros de Abreu, na direção Mares.

Também funcionarão em sentido único de tráfego as seguintes vias: Rua Augusto Mendonça e Rua Polidoro Bittencourt (sentido Dendezeiros / Boa Viagem), Rua Visconde de Caravelas (a partir do Largo do Papagaio) e Rua Henrique Dias (em toda extensão), no sentido Ribeira /Largo de Roma, na quinta-feira (11), das 8h às 04h do dia seguinte, na sexta e sábado (12 e 13), das 18h às 04h do dia seguinte, e no domingo (14), das 13h às 04h do dia seguinte.

Barreiras de trânsito – A partir das 19h de quarta-feira (10), serão instaladas 63 barreiras de trânsito fixas, desde as imediações da Igreja da Conceição da Praia, na Av. Contorno, à Colina Sagrada, no Bonfim. No dia da Lavagem (11), a partir das 6h, mais 22 barreiras de trânsito móveis serão instaladas também no percurso, permitindo apenas a passagem de veículos credenciados e de serviços públicos. (Veja lista abaixo)

O tráfego será interditado ainda, a partir das 6h da quinta-feira, na Praça Visconde de Cayru, Rua da Bélgica, Rua Miguel Calmon, Praça Almirante Riachuelo, Avenida Jequitaia, Avenida Frederico Pontes, Largo da Calçada, Rua Padre Antônio de Sá, Largo dos Mares, Avenida Fernandes da Cunha, Largo de Roma, Av. Bonfim (Dendezeiros). A circulação nas citadas vias ocorrerá conforme as condições de segurança no trânsito permitam.

Proibições de circulação e estacionamento – De 1h da madrugada às 22h de quinta (11), circulação e estacionamento de veículos estarão proibidos em ambos os sentidos da Av. Contorno, entre a Rua da Gamboa de Cima e a Praça Visconde de Cayru, e na Rua da Conceição da Praia. Também será proibido o estacionamento na Praça Visconde de Cayru, Rua da Bélgica, Rua Miguel Calmon, Praça Almirante Riachuelo, Av. Frederico Pontes, Largo da Calçada, Rua Padre Antônio de Sá, Largo dos Mares, Av. Fernandes da Cunha, Largo de Roma, Av. Bonfim (Dendezeiros), no lado direito da Rua Luiz Régis Pacheco (a partir da confluência com a Rua Vinte e Seis de Dezembro/direção final de linha do Uruguai e a partir da confluência com a Rua Couceiros de Abreu / direção Mares) e na Rua Boa Vista (lado direito na direção Rua Resende Costa).

Já no bairro do Bonfim e adjacências, a proibição da circulação e do estacionamento de veículos ocorrerá na quinta-feira (11), das 8h às 04h do dia seguinte, na sexta e sábado (12 e 13), das 18h às 04h do dia seguinte, e no domingo (14), das 13h às 04h do dia seguinte. As vias atingidas são: Av. Bonfim (nas imediações da Rua Augusto Mendonça), Rua Imperatriz (próximo da Av. Bonfim), Av. Salvador (próximo da Rua Duarte da Costa), Rua Duarte da Costa (próximo da Av. Salvador), Rua Guilherme Marback (nas imediações da Rua Otávio Barreto), Rua Otávio Barreto (nas imediações da R. Guilherme Marback), Rua Visconde de Pedra Branca/Travasso de Fora (nas imediações da Rua Henrique Dias), Rua Desembargador Ferreira Espinheira (próximo da Rua Otávio Barreto), Ladeira do Bonfim, Praça Senhor do Bonfim, Praça Teodósio Rodrigues de Farias e Rua Plínio de Lima, nos dias e horários abaixo discriminados:

Por um período mais extenso, das 8h da quinta-feira (11) às 4h da madrugada de domingo (14), haverá proibição da circulação e do estacionamento de veículos (inclusive carroças, cavalos e bicicletas), na Praça Senhor do Bonfim, Praça Teodósio Rodrigues de Farias, Praça Euzébio de Matos, Rua Porto da Lenha, Rua Visconde de Cabo Frio, Ladeira dos Romeiros, Ladeira Porto Bonfim, Rua Travasso do Meio.

A circulação de veículos será proibida também, no domingo (14) a partir das 15h, com liberação progressiva do tráfego de veículos à passagem do cortejo, nas seguintes vias: Largo dos Mares, Av. Fernandes da Cunha, Praça Irmã Dulce, Av. Dendezeiros do Bonfim, Ladeira do Bonfim. Haverá uma barreira de trânsito seletiva no Largo do Bonfim, para permitir o acesso aos participantes do evento, das 05h às 12h, além de proibição da circulação e estacionamento de veículos no Largo do Bonfim, das 12h às 22h.

Barreiras de trânsito

I - Instalação de Barreiras Fixas (BF), a partir das 19h da quarta-feira (10):

Rua da Conceição da Praia / retorno em frente ao monumento Mário Cravo; Ladeira da Montanha / Ladeira da Conceição da Praia; Ladeira do Gabriel / Acesso à Av. Lafayete Coutinho; Ladeira da Preguiça / Rua da Conceição da Praia; Rua Visconde de Mauá / Ladeira da Preguiça; Rua da Bélgica / Av. Estados Unidos; Rua da Bélgica / Av. da França; Rua da Bélgica / Rua Portugal; Rua da Grécia / Av. Estados Unidos; Rua Miguel Calmon / Rua da Grécia; Praça da Inglaterra / Av. Estados Unidos; Rua Miguel Calmon / Rua da Argentina; Rua da Polônia / Av. Estados Unidos; Rua da Polônia / Rua Conselheiro Dantas; Rua Miguel Calmon / Rua da Holanda; Rua da Espanha / Rua Miguel Calmon; Av. Jequitaia / Saída da Av. Estados Unidos; Travessa do Pilar / Acesso Túnel Américo Simas; Travessa do Pilar / Av. Jequitaia; Av. Jequitaia / Rua do Pilar; Av. Jequitaia / Rua Alfredo Henrique de Azevedo; Av. Jequitaia / Travessa Frederico Pontes - Moinho; Av. Jequitaia / 1 Travessa Frederico Pontes - Motel Escala; Av. Jequitaia / Travessa Oscar Pontes – Ilha do Rato – Ferrari Veículos; Ladeira da Água Brusca – Parte Baixa – A. Gomes / antes Mercado do Peixe; Via Expressa Bahia de Todos os Santos / T. da Soledade; Via Expressa Bahia de Todos os Santos / Rua Vale do Queimadinho; Via Expressa Bahia de Todos os Santos / Estrada da Rainha; Rua do Tabuão – Parte Alta; Rua do Tabuão – Parte Baixa; Ladeira do Pilar / Rua Direta do Santo Antônio; Av. Jequitaia / Retorno Dafra; Av. Engenheiro Oscar Pontes / Retorno Cesta do Povo; Av. Jequitaia / Rua Elias Nazaré; Largo da Calçada / Av. Jequitaia, próximo ao Bombeiro; Largo da Calçada / Rua Arthur Catrambi – em frente à Estação Ferroviária; Largo dos Mares / Av. Fernandes da Cunha; Largo dos Mares / Rua do Imperador; Largo dos Mares / Travessa dos Mares; Av. Fernandes da Cunha / Rua Comendador - Maxxi Atacado; Av. Fernandes da Cunha / Rua Agrário Menezes; Av. Fernandes da Cunha / Rua José Pereira da Silva; Av. Fernandes da Cunha / Rua Constantino Vieira; Av. Fernandes da Cunha / Rua Frederico Lisboa – Clínica Sempre; Praça Irmã Dulce / Rua Graciliano Freitas; Praça Irmã Dulce / Rua Monsenhor Basílio Pereira; Rua Henrique Dias / Av. Caminho de Areia – Acesso a Roma; Av. Dendezeiros / Rua Edmundo Bittencourt – Previdência Social; Av. Dendezeiros / Rua Arthur Bernardes; Av. Dendezeiros / Rua Padre Cajueiro de Campos; Praça Dendezeiros / Rua Duarte da Costa / Posto de Saúde; Praça Dendezeiros / AV. Salvador; Rua da Imperatriz / Rua Jorge Simões; Largo da Baixa do Bonfim / Rua Octávio Barreto; Largo da Baixa do Bonfim / Rua Guilherme Marback; Largo da Baixa do Bonfim / Av. Salvador; Rua Travasso de Fora / Rua Emídio Gomes; Rua Travasso de Fora / Rua Henrique Dias; Largo da Baixa do Bonfim / Ladeira dos Romeiros; Rua Travasso do Meio / Largo da Baixa do Bonfim / Ladeira dos Romeiros; Rua Plínio de Lima / Praça Teodósio Farias / Largo do Bonfim; Largo do Bonfim / Rua Visconde Cabo Frio; Ladeira do Porto da Lenha / atrás da Igreja do Bonfim;

II - Instalação de Barreiras Móveis (BM), a partir das 6h de quinta-feira (11)

Rua Forte de São Pedro / Rua Politeama de Baixo; Vale do Canela / Viaduto Menininha do Gantóis; Av. Lafayete Coutinho / Av. Contorno / Solar do Unhão; Av. Lafayete Coutinho / Av. Contorno / Porto Trapiche; Av. Estados Unidos / Praça da Inglaterra; Av. da França – Agulha; Saída Túnel Américo Simas - A / Rua Estado de Israel; Av. Engenheiro Oscar Pontes / Rua Estado de Israel; Av. Engenheiro Oscar Pontes / acesso ao Ferry / Forte da Lagartixa; Rua Vital Rego / Ladeira da Água Brusca / Parte Alta; Largo dos Mares / Rua do Imperador; Rua do Imperador / Praça Teive Argollo; Praça Irmã Dulce / Av. Luiz Tarquínio; Av. Dendezeiros / Rua dos Expedicionários / PM; Av. Dendezeiros / Rua Augusto Mendonça / PM; Av. Caminho de Areia / Rua Machado Monteiro; Av. Caminho de Areia / Rua Duarte da Costa; Via Expressa Bahia de Todos os Santos / desvio para Av. Heitor Dias; Via Expressa Bahia de Todos os Santos / Rua Vale do Queimadinho; Largo do Tanque / Rua Nilo Peçanha; Baixa do Fiscal / Acesso Suburbana / Rua 26 de Dezembro (Rotatória do Uruguai); Av.Caminho de Areia / Panificadora e Lanchonete Deli Roma (Passagem de Ambulâncias e viaturas).

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A estação mais quente do ano vai ficar ainda mais atrativa na capital baiana com a programação especial de verão do Pelourinho Dia e Noite. Coordenadas pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), por meio da Diretoria de Gestão do Centro Histórico, as atividades gratuitas começam nesta terça-feira (9) e reúnem concertos ao ar livre, rodão de samba, Terça da Bênção, Cinema na Praça e até mesmo cortejos com personagens do escritor Jorge Amado. Confira:

Viradão do Samba – Para revitalizar uma das mais significativas ações que já foram promovidas no Pelourinho, o Viradão do Samba traz, na Terça da Benção, os grupos profissionais de samba Jota Zô (Terreiro de Jesus), Catadinho do Samba (Praça da Sé) e Movimento (Largo do Pelourinho), sempre a partir das 19h. Quando a coisa esquenta, os grupos se reúnem no Terreiro de Jesus e terminam a noite tocando juntos num grande “rodão de samba”. Há um revezamento de talentos e mais sambistas baianos podem mostrar que são bambas do samba. As apresentações acontecem nos dias 9, 16, 23 e 30 de janeiro e 6 de fevereiro.

República dos Tambores – O República dos Tambores é um circuito itinerante pelas ladeiras do Centro Histórico, do Largo do Pelourinho ao Terreiro de Jesus, com os grupos de percussão que sempre trouxeram tanta vida e arte ao local: Banda Didá, Kizumba, Tambores e Cores, Meninos da Rocinha e o mais novo integrante – Suingue do Pelô. Os shows acontecem de quarta a sábado, a partir das 17h30, e domingos, ao meio-dia. O República dos Tambores, mais do que uma ação cultural, é uma ação que estrutura, organiza e ampara o trabalho realizado por quem durante todos estes anos investiu na educação musical de crianças e jovens do Pelourinho como forma de educar para a vida.

Circuito Jorge Amado – Nas sextas-feiras (dias 12, 19 e 26 de janeiro e 2 de fevereiro), pontualmente às 19h, sai do Largo do Pelourinho o cortejo fúnebre mais animado que a cidade da Bahia já viu. É o Circuito Jorge Amado, que vai subir e descer as ruas do Pelô com apresentação de seis cenas baseadas nas seguintes obras do escritor baiano: “A Morte e a Morte de Quincas Berro D´Água”, “Gabriela Cravo e Canela”, “Dona Flor e seus Dois Maridos”, "Tenda dos Milagres" e “O Compadre de Ogum”.

Com roteiro e direção de Edvard Passos, músicas originais compostas por Gerônimo Santana e direção musical de Luciano Bahia, o Circuito Jorge Amado tem grande elenco de atores baianos e participação da Cia de Dança Tradições. “A encenação é inspirada na sabedoria festiva de Salvador. É um aprendizado com a nossa cidade, um musical totalmente construído a partir das festas de rua. É um “musical de rua” do Pelourinho. Um teatro-carnaval”, afirma Passos.

Popelô – O Pólo de Orquestras do Pelô (Popelô) traz novos ensaios e missa orquestrada, além da grande novidade da temporada: os Concertos de Verão ao Ar Livre. A iniciativa acontece aos sábados (dias 13, 20 e 27 de janeiro e 4 de fevereiro), às 17h, no Largo do Cruzeiro de São Francisco. Com palco e plateia de cadeiras montados, no dia 13 o maestro Fred Dantas abre a temporada com a Orquestra São Salvador e recebe Juliana Ribeiro. Já no dia 20, a Orquestra de Câmara de Salvador, sob a regência do maestro Ângelo Rafael, recebe a cantora Manoela Rodrigues.

Sob a coordenação do maestro Ângelo Rafael, o Popelô dá apoio ao amadurecimento da pesquisa musical singular feita na capital baiana pelas orquestras. O projeto também pretende sedimentar o gênero próprio de música que é produzido pelas orquestras na cidade, através de ensaios abertos e concertos. Os ensaios abertos acontecem às terças, às 17h, na Igreja da Misericórdia, e aos sábados, às 10h, na Igreja de Nossa Senhora do Carmo.

Cinema na Praça – Nos dias 18 e 25 de janeiro e 10 de fevereiro, o Largo de Santo Antônio do Carmo recebe o Cinema na Praça, que promove sessões gratuitas de cinema, sempre a partir das 19h. Os filmes escolhidos buscam levar para a população as histórias de nossos mestres populares e a riqueza da nossa cultura.

Já foram exibidos os filmes “Batatinha - Poeta do Samba”, de Marcelo Rabelo; “Samba Riachão”, do cineasta baiano Jorge Alfredo; “Cantador de Chula”, dirigido pelo fotógrafo e documentarista Marcelo Rabelo; “Dr. Mestre João Pequeno de Pastinha: a trajetória do negro no Brasil através da Capoeira Angola", do professor Guimes Rodrigues Filho; e o filme infantil “Eu e Meu Guarda-Chuva”, uma das poucas produções brasileiras voltadas ao público infantil, dirigido por Toni Vanzolini.

Revitalização do Centro Histórico – O Pelourinho Dia e Noite teve nova etapa iniciada em outubro de 2017 com um calendário intenso de atividades, que movimentam o Centro Histórico de Salvador de domingo a domingo. São ações calendarizadas que promovem atividades culturais em múltiplas linguagens: música, dança, teatro, gastronomia, artesanato, fotografia, cinema e história da Bahia.

A iniciativa integra o megraprograma de desenvolvimento Salvador 360, eixo Centro Histórico.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O Espaço Carybé de Artes, no Forte de São Diogo (Porto da Barra), será palco de concertos gratuitos nos meses de janeiro e fevereiro, através do projeto Verão com as Cameratas. A iniciativa levará ao equipamento cultural, administrado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), apresentações de quatro grupos da Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba): Opus Lúmen, Quarteto Novo, Bahia Cordas e Quadro Solar. Os concertos ocorrerão nos dias 3 e 10 de janeiro; e em 21 e 28 de fevereiro, sempre às 17h30.

O Verão com as Cameratas tem o intuito levar as apresentações para fora do teatro, aproximando a música clássica e erudita com a diversidade de expressões culturais presentes no Espaço Carybé de Artes. A ideia também é aproveitar a movimentação de baianos e turistas na orla de Salvador para promover a ocupação artística no Forte de São Diogo. Com concertos sempre no fim de tarde, o público poderá apreciar não apenas a música, mas também o pôr do sol no Porto da Barra e a projeção mapeada das obras de Carybé.

O Espaço - O Espaço Carybé de Artes, inaugurado pela Prefeitura em 2016, é um centro tecnológico de referência da vida e obra de Hector Julio Páride Bernabó, o Carybé, que demonstra, através de recursos de mídia digital e realidade virtual, a grandeza do artista e sua importância dentro das mais diversas técnicas e linguagens utilizadas.

Quem chega ao local se depara com totens cenográficos, acervos, aquarelas, pinturas, vídeos e projeções em 3D. O Forte de São Diogo funciona de quarta a segunda-feira, de 11h às 19h. O ingresso para curtir as atrações custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Todas as quartas-feiras, a entrada é gratuita.

Opus Lúmen - O sexteto executa peças eruditas contemplando a música clássica e a popular estilizada. O grupo de câmara promove uma integração entre os músicos e o público-alvo, tornando estreita a relação entre a música clássica e o repertório apresentado. Componentes: Solamy Oliveira (clarinete), Gustavo Seal (oboé), Ilza Cruz (fagote), Adelson Lemos (trompa), Tota Portela (flauta) e Humberto Monteiro (percussão).

Quarteto Novo - Tem uma formação bastante diferente das “Cameratas” e /ou “grupos de câmara”, pois possui dois instrumentos da família das madeiras (flauta e fagote) e dois instrumentos da família das cordas (violoncelo e viola), criando um contraste entre sons graves e agudos. Dvorak, Devienne, Eilenberg e Brahms, entre outros, compõem, o repertório do grupo. Componentes: André Becker (flauta), Margareta Cichilova (viola), Djalma do Nascimento (violoncelo) e Ilza Cruz (fagote).

Quadro Solar - Tocar os Quartetos para flauta e cordas de A. W. Mozart e explorar. Este repertório foi o que motivou a formação da camerata Quadro Solar. Além de A.W.Mozart, faz parte da coletânea do grupo G.Rossini, C.Bach, L. Boccherini e G. Gershwin. Componentes: Mário Gonçalves (violino), Andrea Bandeira (flauta) e Djalma do Nascimento (violoncelo).

Bahia Cordas - Fundada em março de 2007, é formada por três violinos, uma viola, um violoncelo e um contrabaixo. Tem um repertório bastante variado, desde a música barroca (Bach, Vivaldi, Pachelbel, Corelli), à sacra e popular, além de composições dos próprios integrantes da camerata. Componentes: Rogério Fernandes e Raul Bermudez (violinos), Marcos Antonio Maciel (viola), Maurício Kowalski (violoncelo) e Orley Francisco de Souza (contrabaixo).

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Uma programação especial vai marcar as homenagens a um dos poetas mais importantes da história da Literatura Brasileira, além das três décadas de existência da instituição que leva o nome dele: Gregório de Mattos. As atividades promovidas pela Prefeitura, por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM), começam no próximo dia 5 e envolvem inauguração de estátua interativa, exposição e espetáculo que retrata a figura emblemática, irreverente, instigante e crítica do “Boca do Inferno”.

Resultado de uma solicitação antiga dos soteropolitanos, a estátua será inaugurada no dia 5, às 18h30, na área externa do Teatro Gregório de Mattos (TGM). Confeccionada em fibra de vidro pelo artista plástico baiano Tati Moreno, a obra possui o tamanho real do poeta e conta com dispositivo vocal de presença. Ou seja, quem se aproximar da escultura terá a grata surpresa de escutar trechos das poesias de Mattos declamadas na voz do ator Jackson Costa. Além disso, a localização da obra também dialoga simbolicamente com a estátua de Castro Alves, outro grande poeta baiano.

Logo em seguida, na Galeria da Cidade do TGM, acontece a abertura da exposição interativa GREGÓRIOS. Ambientada num circuito dinâmico e criativo, a mostra possui diversas texturas e é composta pela vasta obra creditada a Gregório de Mattos. A intenção é criar uma atmosfera seiscentista da Salvador do poeta, por via da iluminação, dos sons, de imagens e objetos que certamente vão transportar os visitantes àqueles tempos em que a capital da Bahia já se fazia majestosa e a mais importante cidade das Américas.

Como parte integrante da exposição, será destinado um espaço retratando a trajetória da FGM, criada em 1986 e que, ao longo de três décadas, foi uma instituição importante para alavancar ações e projetos culturais em Salvador. GREGÓRIOS foi o último trabalho assinado pelo artista plástico e cenógrafo Joãozito – após o falecimento, o projeto vem sendo tocado pela viúva e artista plástica Lanussi Pasquali. Na ocasião, a FGM fará uma homenagem a esse artista completo e pessoa ímpar. A exposição gratuita ficará aberta ao público até maio, com visitação de terça a domingo, das 14h às 18h. Como legado, a Galeria da Cidade ganhará um Memorial com parte do acervo exposto.

Já na Sala Tabaris, também na sexta-feira (5), às 20h, e dias 6 e 7, às 19h, o ator Ricardo Bittencourt e o músico Leonardo Bittencourt sobem ao palco para uma curta temporada do “Boca a Boca: um solo para Gregório”. Em uma narrativa radicalmente contemporânea, o espetáculo traz um recital de poesias do Boca de Brasa em formato de show de rock. Em cena, Ricardo interpreta poesias e fala sobre a vida e a obra de Gregório de Mattos. Os ingressos custam R$20 e R$10 (meia) – exceto no dia 5, quando a entrada é gratuita e o acesso será feito mediante senha.

Além da FGM, a ação conta com apoio da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), que instalou as placas da estátua e o QR Code. Toda a parte de iluminação da estátua e a estrutura de energia para os auto-falantes foram disponibilizadas pela Semop, e a Cogel ficou responsável pelo Wi-Fi da exposição.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Por conta das comemorações de fim de ano, os equipamentos culturais geridos pela Prefeitura terão um funcionamento especial. A Casa do Rio Vermelho, local onde está o memorial dos escritores Jorge Amado e Zélia Gattai, não funcionará no próximo domingo (24), segunda (25) e nos dias 31 dezembro e 1º de janeiro. O mesmo acontecerá com os Espaços Carybé de Artes, no Forte de São Diogo, e o Pierre Verger da Fotografia Baiana, no Forte de Santa Maria, ambos situados na Barra. Todos esses espaços são administrados pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult).

Os fortes estão diariamente abertos, exceto às terças-feiras, das 11h às 19h. O ingresso, com direito à visitação a ambos espaços, custa R$20 (inteira) e R$10 (meia). Já a Casa do Rio Vermelho está aberta de terça a domingo e a entrada custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Todas as quartas-feiras, a entrada é gratuita nos três equipamentos.

Já os equipamentos geridos pela Fundação Gregório de Matos (FGM), o Espaço Cultural da Barroquinha, localizado no Centro Histórico, o Teatro Gregório de Matos (Praça Castro Alves) e a Casa do Benin, Pelourinho, também não funcionarão nos dias 24, 25, 31 e 1º de janeiro. A Casa do Benin, estará aberta entre os dias 26 e 29 de dezembro, das 9h às 17h. O espaço abriga uma rica coleção de objetos e obras de arte da região do Golfo do Benin, de onde veio a maioria dos negros que povoaram o Recôncavo Baiano.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A estação mais quente do ano tem início nesta quinta-feira (21), e Salvador já está aquecida para um calendário repleto de atrações. Os bairros da Barra, Ribeira e Rio Vermelho, por exemplo, são palcos de atividades musicais e esportivas desde o início deste mês, através do projeto Sou Verão. A iniciativa, que tem o apoio da Prefeitura, por meio da Empresa Salvador Turismo (Saltur), tem levado à população uma programação que une esporte e música.

O Farol e o Porto da Barra sediam, no próximo sábado (23) e nos dias 13 e 27 de janeiro de 2018, atividades de stand up paddle, caiaque, patins, longboard e frescobol, todas elas coordenadas por instrutores que atenderão ao público de forma gratuita. As inscrições são feitas no local. Além disso, a ação conta com o Palco Movimento, que terá  FitDance, aulas de ioga, zumba, mahamudra, alongamento e bate-papo com personalidades do mundo do esporte. As mesmas atrações acontecem na orla da Ribeira, na Praça Dodô e Osmar, nos dias 6 e 20 de janeiro, sempre das 8h às 12h.

A parte musical do Sou Verão acontecerá no Rio Vermelho, com shows gratuitos no Largo da Mariquita, sempre a partir das 18h. A programação ficará sob o comando de artistas e bandas como Maglore, neste sábado (23); Pedro Pondé e Afrocidade, em 6 de janeiro; Larissa Luz e Ministereo Público, em 13 de janeiro; e Attooxxa, dia 20 de janeiro.

O projeto Sou Verão integra a grade do Calendário Oficial do Verão de Salvador, composto por 42 dias de eventos, entre atividades gratuitas e privadas, até a terça-feira de Carnaval (13 de fevereiro). Até lá, soteropolitanos e turistas terão muita coisa para curtir: ensaios, réveillon, shows, lavagens do Bonfim e de Itapuã, Festa de Iemanjá, Fuzuê, Furdunço e a própria folia.

Isso sem falar no projeto Pelourinho Dia e Noite, da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), que vem enchendo de vida o Centro Histórico de Salvador com ações culturais. A ação acontece nesta sexta-feira (22), às 19h, com o espetáculo musical e teatral de rua “O Compadre De Ogum Será Consagrado” e com o “Circuito Jorge Amado”. A apresentação é composta por seis cenas baseadas na obra de Jorge Amado, criadas a partir dos livros “A Morte e a Morte de Quincas Berro D´Água”, “Gabriela Cravo e Canela”, “Dona Flor e seus Dois Maridos”, "Tenda dos Milagres" e “O Compadre de Ogum”.

No sábado (23), às 10h, tem o Ensaio De Portas Abertas na Igreja de Nossa Senhora do Carmo, com a Orquestra de Câmara de Salvador (OCSal), sob a regência do maestro Ângelo Rafael. Na terça (26), às 17h, o Largo do Pelourinho recebe uma Missa Campal com o padre Lázaro Muniz, da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos. Já às 19h o Centro Histórico será palco do Viradão do Samba, com shows gratuitos e abertos ao público com o grupo Samba de Verdade, na Praça da Sé; com o Bambeia, no Largo do Pelourinho; e com o Botequim, no Terreiro de Jesus.

Na quarta (27), das 17h às 19h, o publico poderá conferir uma missa com orquestra ao vivo na Igreja de São Domingos, no Terreiro de Jesus. No dia seguinte (28), às 17h30, acontece o circuito itinerante pelas ladeiras do Pelourinho, com os grupos tradicionais de percussão Banda Didá, Kizumba, Tambores e Cores e Meninos da Rocinha do Pelô. Os tambores dos quatros grupos voltam a soar no último dia do Pelourinho Dia e Noite, no dia 29, assim como outra edição do Circuito Jorge Amado. Ambas atrações começam às 19h.

Réveillon - A partir da próxima semana, começa a maior festa gratuita de fim de ano do Brasil: o Festival Virada Salvador 2018, que acontecerá na orla da Boca do Rio entre os dias 28 e 1º de janeiro. A festa terá 70 horas de música e 29 atrações no palco principal da Arena Daniela Mercury - entre o antigo Aeroclube e o Parque dos Ventos. 

Os artistas e grupos que se apresentarão são Pabllo Vittar, Carlinhos Brown, Mariene de Castro, Gusttavo Lima, Jota Quest, Olodum, Gilberto Gil, Ivete Sangalo, Skank, Marília Mendonça, Jorge & Mateus, Matheus e Kauan, Luan Santana, Danniel Vieira, Daniela Mercury, Cláudia Leitte, Margareth Menezes, Harmonia do Samba, Léo Santana, Psirico, Bell Marques, Duas Medidas, Rafa e Pipo, Aviões, Wesley Safadão, Solange Almeida, FitDance, Alok e Saulo.

O palco será equipado com 800 m² de LED e a Arena Daniela Mercury contará ainda com dois camarotes, feira criativa, posto médico, entradas com segurança, roda-gigante e praça de alimentação. A abertura dos portões acontecerá às 16h – exceto nos dias 31/12 e 1º/1, com abertura às 15h. Os grandes shows terão início às 18h30, com duração média de 1h30.

Estação – A capital baiana deverá receber até o mês da folia 2,4 milhões de turistas - um crescimento de 4,3% em relação ao verão passado, que movimentará R$3,9 bilhões na economia. A expectativa de ocupação hoteleira média até o primeiro bimestre de 2018 é de 70%, sendo 100% no Réveillon e na festa de Momo. De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), do total de visitantes esperados para o Verão 2017/2018, 85% corresponde à demanda interna e os 15% restantes serão preenchidos pela chegada de estrangeiros.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Após um período de ausência das ruas, mais seis monumentos foram restaurados e devolvidos à população de Salvador pela Prefeitura, por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM). Através de um trabalho cuidadoso realizado sob a responsabilidade do restaurador Gianmario Finadri, as peças estão de volta para apreciação e já integradas à modernidade com o projeto #Reconectar: informações em QR Code que podem ser acessadas pelo celular ou tablet.

Os monumentos recuperados são os bustos em bronze de Nelson Mandela, na Liberdade; de Catulo da Paixão Cearense, na Fazenda Grande do Retiro; de Heitor Dias, na avenida de mesmo nome; e do Major Cosme de Farias, em Cosme de Farias. Além disso, também foram restaurados o painel de azulejos da chegada do governador Thomé de Souza a Salvador, no Porto da Barra, e o Chafariz de Lord Cochrane, na Avenida Garibaldi.

Desde 2013, já foram restaurados cerca de 50 monumentos históricos na capital baiana, a exemplo do Marco de Fundação da Cidade do Salvador, no Porto da Barra, da imagem dos músicos carnavalescos Dodô e Osmar, na Praça Castro Alves, o painel de Carybé, na Rua Chile e o Cetro da Ancestralidade, no Rio Vermelho. Até agosto deste ano, cerca de R$ 1,3 milhão foram gastos com a recuperação destas estruturas em razão de roubos e vandalismo.

Dentro do projeto #Reconectar, 25 monumentos passaram a contar com informações digitais que contam a história da obra, por meio de uma placa com o código QR Code.  A ação foi lançada em 17 de agosto deste ano, em meio ao Dia do Patrimônio Histórico Nacional.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O músico Edio Marcos e a cantora Maira Lins são as estrelas do Viver Barra desta sexta-feira (15). O evento, gratuito, começa às 18h, no deck próximo ao Forte de Santa Maria, na Barra, e segue até as 21h. O projeto é realizado pela Empresa Salvador Turismo (Saltur), buscando levar arte, cultura e lazer gratuito a um dos bairros mais animados da cidade.

Quem abre a noite é o cantor Edio Marcos, que organizou um repertório voltado aos standards de Bossa Nova e Samba. O artista executa temas como Garota de Ipanema, Amazonas, Samba de verão, Aquarela do Brasil, Samba de um grande amor, Ela é Carioca, Regra Três, Flor de Lis, entre outras do gênero, com uma abordagem limpa e clara, em som acústico.

Logo depois vem a cantora Maira Lins com seu projeto Jamba, originalmente realizado em uma roda improvisada de músicos representantes do samba. Levando consigo um repertório de clássicos do estilo, as apresentações, que percorriam espetáculos teatrais, tinham músicos de cada local em que se apresentou, dando à roda a identidade rítmica de cada região por onde passou.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Oito de dezembro é o dia da festa da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, momento muito esperado por devotos católicos. E como a Bahia é a terra do sincretismo religioso, adeptos de religiões afro-brasileiras aproveitam a data para reverenciar também Oxum, a rainha das águas doces. Os festejos integram o calendário oficial de eventos do verão de Salvador, que contará com 42 dias de atrações entre atividades privadas, ensaios, réveillon, festivais, lavagens e shows.

A festa católica se inicia com uma novena, entre os dias 29 de novembro e 7 de dezembro. As missas desta sexta-feira (8) começam cedinho, às 5h, e continuam a ser realizadas às 6h, 8h, 12h, 14h30, 15h30 e 17h. O ponto alto da festa ocorrerá às 8h, quando será celebrada uma missa solene presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger. Logo em seguida, os fiéis sairão em procissão pelas principais ruas do bairro do Comércio, conduzindo as imagens de Nossa Senhora da Conceição da Praia, Deus Menino, Santa Bárbara, Senhor do Bonfim e São José.

Esse ano, o tema da festa é “Com Nossa Senhora da Conceição da Praia somos Igreja: Comunidade dos que creem, dos que promovem a paz, a vida e a missão”. Para revitalizar a festa, a Basílica preparou algumas ações, uma delas será a exposição da relíquia da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres no altar do Santo Cristo. Irmã Dulce foi sepultada na Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia em 1992, onde os restos mortais foram depositados até 2009, quando foram transferidos para o Santuário da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, localizado no Largo de Roma.

A festa em louvor à Nossa Senhora da Conceição da Praia é a mais antiga festa religiosa do Brasil, comemorada desde 1550. A primeira capela do Comércio foi erguida em taipa a pedido de Tomé de Souza que, segundo relatos, teria ajudado na construção. A igreja atual começou a ser construída em 1739. 

Devido às celebrações dedicadas à Nossa Senhora da Conceição da Praia, nesta sexta, feriado regional, as repartições municipais permanecerão fechadas. No entanto, a Prefeitura manterá os serviços essenciais em funcionamento e montará um esquema especial na região do Comércio.

Trânsito – Para garantir que a procissão e a festa ocorram sem interferências, a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) promoverá alterações no tráfego de algumas vias da região entre as 5h de sexta e 0h de sábado (9). O tráfego e estacionamento de veículos está proibido nas seguintes vias: Avenida Lafayette Coutinho (Contorno), Rua Conceição da Praia, Rua Don Macedo Costa, Rua Dr. Manoel Vitorino, Rua Dionísio Martins, Praça Visconde de Cairu, Rua da Bélgica, Rua Corpo Santo e Rua Santos Dumont.

Os veículos provenientes da Avenida da França, com destino à Cidade Alta, terão como opção de tráfego a Rua da Bélgica, em seguida a Avenida Estados Unidos, a Praça da Inglaterra, a Rua Pinto Martins e a Ladeira da Montanha. Aqueles provenientes da Contorno (Avenida Lafayette Coutinho), com destino à Cidade Alta, terão como opção de tráfego a Ladeira do Gabriel e a Ladeira dos Aflitos.

A procissão de Nossa Senhora da Conceição também ocorre nos bairros de Itapuã e Valéria. Em Itapuã, o trânsito começa a ser interditado de maneira gradativa a partir das 16h na Avenida Octávio Mangabeira. A interdição continuará a ser realizada nas ruas por onde a procissão vai passar: nas proximidades da Cruz de São Thomé e na Rua Aristides Milton até a Praça Dorival Caymmi.

Em Valéria, também ocorre interdição progressiva do tráfego, a partir das 15h, com saída do Colégio Nossa Senhora Aparecida, na Rua do Bronze, seguindo pela Rua José Guimarães, Rua da Matriz, Rua Bico Doce, Rua Direta de Palestina, Rua Tânia Duran, entrada do Derba, Rua da Matriz, Rua Boca da Mata, Rua Petronília Décia, Rua Luzimar, Rua das Andorinhas, Rua das Araras, Rua dos Canários, até a Rua Nova Brasília.

Transporte – Para suprir a necessidade dos usuários de transporte público durante o evento, a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) disponibilizará três veículos extras da frota reguladora, que estarão disponíveis na Estação da Lapa, das 16h às 23h, e terão roteiros distribuídos nas três áreas da cidade (Orla, Centro e Subúrbio), de acordo com a demanda.

Além das linhas que operam diariamente na cidade, a Semob reforçará o atendimento de quatro linhas de ônibus que atendem aos principais corredores da capital. Os veículos que operam na região do evento terão o itinerário modificado, de acordo com as alterações de trânsito realizadas pela Transalvador.

Saúde – A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) disponibilizará duas ambulâncias com médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores socorristas. As unidades ficarão estacionadas ao lado da Igreja Conceição da Praia, das 5h às 17h. Além disso, a Unidade de Pronto Atendimento – UPA Barris vai operar com um esquema de profissionais reforçado para atender a eventuais transferências de pacientes provenientes da festa.

Ordenamento – A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) atuará com efetivo de 80 pessoas, das 7h às 19h, no ordenamento de vendedores ambulantes que foram licenciados pelo órgão até esta terça-feira (5). A iluminação do local foi reforçada com 19 projetores, dois deles com 1.000 Watts. Uma equipe atuará no combate à poluição sonora, nas proximidades da igreja. Além disso, o órgão continuará recebendo denúncias de poluição sonora em sua sede, por meio do Fala Salvador, telefone 156. Agentes da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) também atuarão em esquema de plantão para combater a publicidade irregular.

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...