Pautas

0
0
0
s2sdefault

Na semana em que é comemorado o aniversário de 470 anos de Salvador, dois bairros carentes da cidade terão 100% das ruas iluminadas em LED: Calabar, na região administrativa da Barra/Pituba, e Nova Constituinte, na do Subúrbio/Ilhas. A iniciativa promovida pela Prefeitura, por meio da Diretoria de Iluminação Pública, ligada à Secretaria de Ordem Pública (Semop), será lançada pelo prefeito ACM Neto nesta quarta-feira (27), às 19h, na Rua Maria Pinho, s/n (pela Avenida Centenário, entrando na via entre o Posto Shell e a Delicatessen Doce Pão), no Calabar.  

Também estarão presentes na ocasião o titular da Semop, Felipe Lucas, e o diretor de Iluminação, Júnior Magalhães, dentre outras autoridades. Com investimento total de R$1,95 milhão, a ação é considerada piloto e tem como intuito contribuir para o aumento da segurança e bem-estar dos moradores de bairros populares, com altos índices de violência e pobreza, através de um sistema de iluminação mais moderno e eficiente. 

No Calabar, a iniciativa vai englobar 634 pontos – sendo 430 luminárias LED de 50W, 103 de 70W e 101 de 100W – em 92 ruas. Em Nova Constituinte, que possui o Índice de Desenvolvimento Humano mais baixo de Salvador, serão 136 ruas que receberão lâmpadas em LED.  

Balanço – Entre os anos de 2013 e 2018, a administração municipal implantou 16.938 novos pontos de iluminação e 60.068 outros foram modernizados – destes, 10.206 foram em LED. Dentre os locais beneficiados com o novo sistema estão vias importantes na cidade, gerando redução de 50% na conta de energia.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto autoriza nesta quarta (27), a partir das 9h30, a demolição da Escola Municipal Francisco Mangabeira, no bairro de São Caetano, para a construção imediata de uma unidade mais moderna no mesmo local, situado na Avenida Nestor Duarte, número 833, perto do Largo da Geral. A nova escola vai atender a crianças do grupo 5, Ensino Fundamental I e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Com uma área de 1.170,33 m², a escola terá oito salas de aula, uma sala multiuso, sala de leitura, sala de professores, sala de Atendimento Educacional Especializado, diretoria, secretaria, coordenação, área de recreio, guarita, subestação, depósitos, cozinha, refeitório, elevador, quadra poliesportiva, área para triagem de alimentos, estacionamento e banheiros.

A unidade de ensino é adaptada para pessoas com deficiência, por isso conta com elevador e banheiros apropriados. O investimento foi de aproximadamente R$ 3,5 milhões de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), com contrapartida do município.

Reconstruções – Ao todo, 16 unidades escolares serão demolidas e reconstruídas pela Prefeitura, ação que soma investimentos da ordem de R$ 96 milhões. Até o momento, já estão sendo reconstruídas as escolas de Plataforma, Bom Juá, Fazenda Grande do Retiro, Boa Vista do Lobato, Engenho Velho da Federação, Nova Sussuarana, Pau Miúdo, São Cristóvão, Fazenda Coutos, Calabar, Ribeira, Palestina e Lobato.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Acontece nesta terça-feira (26), no Hotel Deville, em Itapuã, o 3º Encontro de Desenvolvimento de Lideranças de Alta Performance, realizado pela Prefeitura. O evento, que faz parte do Programa de Valorização do Servidor e integra a programação de 470 anos da cidade, terá a participação do apresentador Luciano Huck.    

A programação tem início às 8h30, com 30 minutos de credenciamento. A apresentação de abertura será com o coaching e CEO da Sempre Avante, Daniel Galvão, trata do tema “A Força do Campeão”. 

Na primeira edição, em 2017, o encontro teve as presenças do ex-padre Zeca de Mello e do técnico campeão olímpico de vôlei Bernardinho. Em 2018, foi a vez do  administrador Max Gehringer e do ex-oficial do Batalhão de Operações Policiais Especiais do Rio de Janeiro (Bope) Paulo Storani.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto apresenta nesta terça-feira (19), às 9h30, no Teatro Gregório de Mattos, a programação cultural e de entregas em homenagem aos 470 anos de Salvador. Será realizada, entre os dias 21 e 31 de março, mais uma edição do Festival da Cidade, com uma série de eventos culturais que irão abranger da música à literatura, passando por todos os tipos de manifestações artísticas, inclusive de rua.

Além disso, mais de R$760 milhões em investimentos, entre inaugurações, lançamento de editais e início efetivo de obras, irão acontecer em comemoração ao aniversário da primeira capital do Brasil. Toda a programação será apresentada nesta terça-feira.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura lança nesta segunda-feira (18), às 10h, no Palácio Thomé de Souza, a Operação Chuva 2019. Os detalhes serão apresentados pelo prefeito ACM Neto e pelo diretor-geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Sosthenes Macedo. As ações intensificadas envolvem desde a limpeza de canais a obras de contenção de encosta, passando ainda pela aplicação de geomantas em áreas de risco, sistema de alerta e evacuação, pluviômetros, formação de núcleos comunitários e capacitação de voluntários. 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Mais duas localidades de Salvador são beneficiadas com entregas de 368 casas em situação precária completamente reformadas pelo programa Morar Melhor: 168 delas localizadas na Estrada das Barreiras e outras 200 no bairro de Tancredo Neves. A cerimônia acontece neste sábado (16), às 10h, na Alameda Luís Cabral, em Tancredo Neves, com as presenças do prefeito ACM Neto e do vice, Bruno Reis, também secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), dentre outras autoridades.

Desenvolvido pela Prefeitura, por meio da Seinfra, o Morar Melhor contempla cada residência com melhorias no valor de até R$5 mil. As intervenções contemplam troca de telhado, instalação de esquadrias, substituição de louças sanitárias, reboco e pintura.

Mais de 80 localidades já foram atendidas em toda a cidade pelo programa, que teve início em 2015. As mais recentes comunidades beneficiadas com a reforma das casas foram a Travessa Bananeira, em Plataforma, e a Rua Litoral (Areal), em São João do Cabrito, ambas no Subúrbio Ferroviário, onde foram contempladas 581 casas.

Até 2020 a Prefeitura pretende reformar 40 mil casas que estiverem em estado de precariedade. Desde o início do programa, já foram requalificadas 23.532 residências. A escolha das regiões beneficiadas leva em consideração critérios como a precariedade dos bairros, baseada em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e da unidade habitacional, com base na observação de campo.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto entrega a Praça da Rotatória de Cajazeiras V nesta sexta-feira (15), às 18h30. O equipamento, que foi totalmente requalificado, tem investimento total de de R$ 208.313,04. Desde janeiro, a Prefeitura já entregou 30 praças construídas do zero ou reformadas para a população, ultrapassando 200 unidades em toda a gestão. 

A praça tem área total de 1.810 metros quadrados. Dispõe de 636 metros quadrados de área verde, parque e espaço infantil, mesas de jogos, bancos antivandalismo, palco para eventos, quiosque de apoio, academia de saúde, paisagismo e comunicação visual. 

A parte de iluminação recebeu instalação de 26 pontos em LED, com potências entre 71 Watts e 142 Watts, com investimento de R$ 92.418,21.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto entrega hoje, às 18h, 189 casas reformadas pelo Morar Melhor na Rua Litoral (Areal), em São João do Cabrito, no Subúrbio Ferroviário. Antes, às 17h30, o prefeito vistoria as obras de reforma de outros 392 imóveis, na Rua Bananeiras (próximo àloja Mariposa e ao bar do Gentil), em Plataforma. O vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas, Bruno Reis, participa dos dois atos.  

Mais de 80 localidades já foram atendidas em toda a cidade pelo Morar Melhor. Com isso, as reformas beneficiaram 23.500 casas desde o início do programa, em 2015, com serviços como pintura e reboco, troca de esquadrias, substituição de vasos sanitários e pias e recuperação ou troca de telhado.  

Para a escolha das regiões beneficiadas, são levados em consideração critérios como a precariedade dos bairros, baseada em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e da unidade habitacional, com base na observação de campo. São considerados a maior predominância de domicílios com alvenaria sem revestimento, de pessoas abaixo da linha da pobreza e de mulheres chefes de família.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura inicia nesta terça-feira (12), às 9h30, as obras de requalificação do Mercado de São Miguel, na Baixa dos Sapateiros. Concebido para manter a diversidade de atividades do equipamento, o projeto, elaborado pela Fundação Mário Leal Ferreira, conserva a tradição do centro de compras sem abrir mão de necessidades arquitetônicas atuais, como elementos de acessibilidade e paisagismo. A ordem de serviço será dada pelo prefeito ACM Neto e pelo vice-prefeito Bruno Reis, que também é secretário de Infraestrutura e Obras Públicas.

Vítima de um incêndio em setembro de 2017, o espaço tem a estrutura deteriorada e estava sem condições de funcionamento. As obras terão duração de 12 meses, sob a responsabilidade da Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop). O investimento total é de R$5,1 milhões.

O novo Mercado São Miguel abrigará, numa área de 4.460 metros quadrados - sendo 1.671 m² de espaço construído -, 28 boxes para comercialização de produtos hortifrutigranjeiros, 31 para itens diversos, 9 espaços para oferta de serviços, 6 bares/restaurantes, sanitários masculino, feminino e para pessoas com deficiência, elementos de acessibilidade, ambiente para roda de capoeira e estacionamento com vagas para até 30 veículos, além de um santuário dedicado ao culto do santo que empresta o nome ao equipamento.

A estrutura tradicional será preservada, bem como a ideia de manter o uso diversificado do equipamento. O mercado seguirá concentrando o comércio de ingredientes para as comidas tradicionais da Bahia, como camarão e azeite de dendê, além de utensílios e ervas indispensáveis à liturgia do candomblé.

O projeto contempla a reforma total do mercado, especialmente da ala esquerda da estrutura, completamente destruída no incêndio, inclusive o telhado. A parte frontal da estrutura contará com um recuo para a criação de uma área verde, que será ladeada pelo setor de serviços do equipamento, abrigando vendedores, chaveiros e outros prestadores tradicionais do espaço.

História - Inaugurado em 1965, o Mercado São Miguel teve seu auge durante as décadas de 1970 e 1980, sendo um dos principais pontos de comercialização de artesanato regional, produtos religiosos e ingredientes para comidas típicas afro-baianas. Atualmente, o mercado, bem como toda a região do Centro Antigo de Salvador, encontra-se tombado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) como Patrimônio da Humanidade.

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...