Pautas

0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto assinará nesta terça-feira (02), às 9h30, a ordem de serviço para a construção da Unidade de Saúde da Família (USF) KM 17, no bairro de Itapuã, cujas obras terão início imediato. A solenidade será realizada na Rua Edmundo Spínola, s/n - esquina com rua Lafaiette Coutinho (após final de linha do Km 17 - ao lado do Sacolão JL). A unidade irá suprir uma antiga demanda local, proporcionando oferta de serviços para atenção integral à saúde, beneficiando desde recém-nascidos a idosos. A implantação do equipamento custará R$1,036 milhão.

Serão impactadas com a unidade de saúde aproximadamente 14 mil pessoas. O local terá capacidade para atender 650 cidadãos por dia e terá como objetivo a atenção primária através dos programas de hipertensão, diabetes, controle da tuberculose, hanseníase e doença falciforme e saúde bucal. Além destes atendimentos, a população poderá realizar curativos, coleta de material para exames laboratoriais, vacinação, marcação de consulta para outras especialidades e farmácia.

A equipe multidisciplinar responsável pelo posto do KM 17 será composta por cirurgiões-dentistas, auxiliares de saúde bucal, enfermeiras, médicos generalistas, técnicos de enfermagem, agentes comunitários de saúde, assistentes administrativos e profissionais de higienização. No início da atual gestão municipal, a cobertura da atenção primária a saúde no Distrito Sanitário de Itapuã era de 15%. Com os esforços da Prefeitura, hoje o índice corresponde a 44% de cobertura.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O Monumento ao Cristo Nosso Senhor, localizado na Barra, está de cara nova. As requalificações da estátua e da área que envolve o Morro do Cristo serão entregues nesta sexta-feira (28), às 17h30, pelo prefeito ACM Neto, que também vai inaugurar a tirolesa instalada no local. O projeto de requalificação, realizado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), compreende uma área de aproximadamente 500 m², e teve investimento de R$1,2 milhão.

As mudanças no monumento, tombado em março do ano passado através da Lei de Preservação ao Patrimônio Cultural do Município (Lei 8.550/2014), organizada por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM), durante homenagem aos 468 anos de Salvador, inclui alvenaria de contenção, piso e iluminação. Foi feita ainda a substituição do pedestal, que passou de granito preto para vidro, sem alterar as características do patrimônio.  

A mudança do pedestal tem como intuito fazer com que as pessoas tenham a impressão de que o Cristo pareça “flutuar” sobre o mar. Houve também um restauro da imagem do Cristo com recomposição de um dedo e do cajado, ambos em mármore carrara. Para o acesso à estátua, as antigas placas de concreto foram substituídas por granito, por causa de sua durabilidade, formando degraus ao longo da encosta.

O monumento e seu entorno estão inseridos em Área de Borda Marítima de Salvador, para a qual a atual administração municipal está realizando intervenções buscando a requalificação urbano-ambiental dos seus espaços. Trata-se, portanto, da conservação de um patrimônio, religioso e cultural e da preservação de um dos mais bonitos sítios da cidade do Salvador e importante ponto turístico.

Desde junho deste ano, a Guarda Civil Municipal (GCM) monitora 24 horas por dia a área onde encontra-se o Monumento ao Cristo Nosso Senhor, com o objetivo de garantir a preservação do equipamento público e a segurança dos visitantes. Foram instaladas câmeras que permitem que agentes da Guarda Civil possam acompanhar toda e qualquer movimentação nas proximidades do Cristo.

História - Localizada na Barra, a escultura foi fruto de uma encomenda do conselheiro José Botelho Benjamim. Natural de Lençóis, Benjamim foi promotor na Comarca de Lavras Diamantinas e juiz da Comarca de Valença, que se estabeleceu em Salvador em 1898. Ao se converter ao catolicismo, resolveu presentear a cidade com um monumento em louvor a Cristo. A obra de arte ficou a cargo de Pasquale de Chirico, que se tornou um dos mais importantes escultores de obras públicas monumentais de Salvador do século XX. Feita em um único bloco de mármore Carrara, a estátua foi trazida da cidade italiana de Gênova para a capital baiana a bordo do navio Cervino.

Inaugurada de forma solene em 24 de dezembro de 1920 – 11 anos antes da instalação do Cristo Redentor no Rio de Janeiro – a cerimônia contou com discurso do padre Luiz Gonzaga Cabral, orador sacro da época, na gestão do então governador José Joaquim Seabra. O primeiro local que abrigou o Monumento ao Cristo Nosso Senhor foi o Morro do Camarão, a alguns metros de onde a estátua está situada hoje. O pedestal era todo revestido em pedras de cristal de rocha da Chapada Diamantina, em alusão à região do benfeitor.

No entanto, em 1967, a Aeronáutica decidiu transformar o local em área de segurança militar. A obra de arte, então, foi transferida para uma elevação defronte ao Morro Ipiranga e ganhou um novo pedestal, desta vez com base em granito preto. Com o passar dos anos, o local onde foi implantado o monumento passou a ser reconhecido como Morro do Cristo da Barra.

A nova localização deu maior visibilidade à obra de arte, cuja figura do Cristo possui 2,80m e 7m no total, contando com o pedestal. E mais: é uma das mais belas vistas da orla de Salvador, apreciada por moradores e visitantes principalmente para ver o pôr do sol na praia da Barra, até o Farol. Também hoje é ponto de encontro para um bom bate-papo, para o namoro e até mesmo para pequenas confraternizações ao ar livre.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto e o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, anunciam nesta quinta-feira (27) mudanças importantes no acesso à orla de Stella Maris a partir da Avenida Luiz Viana Filho (Paralela). O objetivo é acabar com os engarrafamentos constantes provocados pelo excesso de carros que entram no bairro através da Alameda Dilson Jatahy Fonseca (mais conhecida como Alameda da Praia) pela Avenida Paralela, já nas proximidades do aeroporto. A coletiva que vai detalhar as mudanças, que irão envolver outras vias em Stella Maris, acontece nesta quinta (27), às 9h30, na rotatória da própria Jatahy Fonseca que faz esquina com a Alameda Praia do Camboiú.  

As alterações viárias terão grande impacto positivo na circulação de veículos pela Avenida Paralela, já que o engarrafamento provocado pelo acesso a Stella Maris atinge inclusive quem segue para o aeroporto e para os bairros de São Cristóvão e Itapuã. Além disso, essas mudanças irão melhorar a vida dos motoristas que residem em Stella Maris ou que frequentam a orla do bairro.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Para enfrentar os graves efeitos da crise que ainda atinge o Brasil, Salvador vai ganhar um programa inédito no país que irá potencializar a geração de empregos e oportunidades, promovendo o desenvolvimento social e econômico. Trata-se do Negócio Pop (Programa Popular Produtivo), cujo objetivo é garantir acesso desburocratizado ao crédito com pagamento facilitado e qualificação empreendedora. O programa será lançado nesta quinta-feira (20), às 9h30, no Terminal Marítimo, no Comércio.  

Para garantir o sucesso do Negócio Pop, que vai permitir a liberação de até R$300 milhões em microcrédito durante três anos, um outro programa também será lançado nesta quinta, no mesmo evento: o Agente de Empreendedorismo, criado pelo Parque Social, instituição sem fins lucrativos parceira da Prefeitura que se insere nesse contexto concebendo a tecnologia e como entidade cogestora de todo o processo. 

As duas iniciativas irão funcionar conjuntamente da seguinte forma: os agentes de empreendedorismo serão estagiários de Administração e Economia capacitados pelo Parque Social e que ficarão espalhados em todos os cantos da cidade para, sob a orientação de especialistas nas áreas de finanças e gestão, ajudarem na viabilização do acesso ao crédito previsto no Negócio Pop, além de promover a qualificação dos beneficiados para que esse dinheiro de fato gere dividendos positivos para todos os envolvidos.  

Inúmeras atividades formais e informais poderão ser beneficiadas com a liberação e capacitação para utilizar bem o crédito de até R$15 mil por empreendedor, a exemplo do vendedor ambulante, da doceira, da moça da quentinha, do pipoqueiro, do feirante, da proprietária de salão de beleza, do cidadão que possuí um pequeno bar ou restaurante e até carrinho de lanche. Todos os detalhes, e parceiros da iniciativa, serão anunciados no lançamento do programa, nesta quinta (21).

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A comunidade do Conjunto ACM, na Estrada das Barreiras, no Cabula, será contemplada com uma gemoanta entregue pelo prefeito ACM Neto nesta quarta-feira (19), às 10h30. A solenidade vai acontecer na praça do Conjunto ACM. Além do prefeito, participaram do ato o diretor-geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Sósthenes Macedo, outras autoridades e moradores da localidade conhecida como Brejal.

Em dois anos, já são 113 áreas de risco, em um total de 77,4 mil m², que passaram a contar com a técnica inovadora de cobertura de encosta. Já foram investidos aproximadamente R$ 12 milhões pela administração municipal. Adotada em 2016, a técnica inovadora de cobertura de encosta tem trazido resultados positivos em Salvador.

O processo de instalação da geomanta começa com limpeza e remoção de materiais como vegetação, lixo, restos de obra e revestimento solto. Em seguida, é feita a aplicação do material formado por um composto de PVC e geotêxtil, com posterior revestimento com argamassa de concreto que impede a perfuração e pintura antifungos. A fase de acabamento engloba instalação de calhas, cerca de proteção e reconstituição da drenagem.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Moradores da Rua Nova do Bariri, no Engenho Velho de Brotas, podem comemorar. O ACM Neto irá ao bairro neste sábado (15), às 9h30, assinar a ordem de serviço do programa Morar Melhor, que autoriza a reforma de 160 casas da localidade. Por meio do programa, são realizados serviços de pintura e reboco, troca de esquadrias, substituição de vasos sanitários e pias, recuperação ou troca de telhado, dentre outros, dando melhores condições de moradia a famílias que enfrentam dificuldades financeiras para tocar a própria reforma.

Esta é a segunda etapa do programa. Ela teve início em dezembro do ano passado, e estão sendo beneficiadas as localidades de Mussurunga, Alto de Coutos, Castelo Branco, Ribeira, Sete de Abril, Boa Vista de São Caetano, Cosme de Farias, Fazenda Coutos III, Arenoso, Itinga, Daniel Lisboa, Rio Sena, Fazenda Grande do Retiro, Cajazeiras VI e Paripe, Pero Vaz e Caixa D'água.

A escolha dos bairros beneficiados obedece a alguns critérios sociais: são escolhidos, prioritariamente, os que têm maior predominância de domicílios com alvenaria sem revestimento; maior número de pessoas abaixo da linha de pobreza; maior densidade habitacional; maior quantidade de mulheres chefes de famílias, além da precariedade habitacional característica observada pelas equipes em campo. A definição dos serviços é feita em conjunto com o morador, observando também critérios técnicos. Todas as obras são fiscalizadas durante a execução e após a conclusão.

Mais de 3,7 mil casas em 14 bairros da capital já receberam a reforma. Realizado pela Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), o Morar Melhor tem como intenção resgatar a cidadania e a autoestima da população residente nas áreas contempladas. O programa promove assistência técnica nas áreas de Arquitetura e Construção Civil, oferece moradia digna às pessoas e dá oportunidade de trabalho para moradores que já atuam como pedreiro e auxiliar de pedreiro.

Balanço – Desde 2015, o Morar Melhor já reformou casas em mais de 50 bairros de Salvador, e a meta é chegar à marca de 40 mil residências até o fim de 2020. Devido ao grande sucesso no quesito boas práticas em habitação, o programa recebeu o Selo do Mérito Especial no Fórum Nacional de Habitação e Interesse Social, em 2017. A honraria foi concedida pela Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos e pelo Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Divórcio, serviços de proteção ao consumidor, dissolução de união estável e pensão de alimentos estão entre os serviços que serão oferecidos pelo Mutirão Faz a Ponte, em Paripe neste sábado (15). O evento será realizado na Prefeitura-Bairro Subúrbio/Ilhas, localizada na Rua Pará, nº15, das 8h às 12h. Durante o evento, também serão oferecidos serviços de orientação jurídica e conciliação de questões cíveis de pequena complexidade (questões familiares ou de vínculos afetivos) à população.  

Os cidadãos também serão beneficiados com serviços de proteção à mulher vítima de violência, proteção à criança e adolescente, assistência social às famílias em situação de vulnerabilidade social, ajuizamento de processos pela Defensoria Pública, dentre outros. A diretora-geral das Prefeituras-Bairro, Ana Paula Matos, explica que o mutirão “tem o objetivo de facilitar o acesso à Justiça social e a garantia de direitos, além de acionar parceiros globais e locais que estejam ligados ao sistema de justiça e auxiliares”.  

À frente da organização do projeto está a advogada Juliana Guanaes, que destaca a importância dos serviços oferecidos à população suburbana. “Existem famílias que são vulneráveis e precisam ser encaminhadas para o CRAS, e a Defensoria Pública, como uma grande parceira do projeto, estará lá para realizar esse tipo de atendimento”, diz. Em parceria com os núcleos jurídicos, atores externos também vão trazer todos os serviços para perto da comunidade, como Conselhos Tutelares e a Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon).  

Promovido pela Diretoria Geral das Prefeituras-Bairro em celebração aos cinco anos de atendimento da sede no Subúrbio, o evento contará com serviços dos órgãos: Tribunal de Justiça do Estado da Bahia; Defensoria Pública do Estado da Bahia; Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); Delegacia Especializada de Proteção à Mulher; Centro de Referência à Mulher; Casa de Acolhimento à Mulher; Centro Universitário de Salvador; Faculdade Salvador; Conselhos Tutelares - Roma, Periperi, Valéria; CRAS; Ajuris Móvel; e Codecon.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto participa nesta sexta-feira (14), às 17h, da entrega da restauração e reabertura da Catedral Basílica, símbolo da arte sacra e da arquitetura religiosa no Brasil, situada no coração do Pelourinho, no Terreiro de Jesus. O templo, que é testemunha da história do catolicismo no Brasil, possui acervo com telas de autores seiscentistas, móveis em jacarandá e diversos objetos sacros em ouro e prata. Monumento do século XVII, foi o quarto templo construído pelos jesuítas na capital baiana, entre 1652 e 1672, e é o último remanescente do conjunto arquitetônico do Colégio de Jesus.  

A obra de restauração foi executada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), com o apoio da Arquidiocese de São Salvador da Bahia e da Prefeitura, através do suporte técnico. Foram utilizados recursos de mais de R$17,8 milhões do governo federal, através do PAC Cidades Históricas. Iniciativas de recuperação do patrimônio histórico como essa permitiram, por exemplo, a entrega da Casa do Carnaval, também no Pelourinho, e das obras para instalação da futura sede da Fundação Gregório de Mattos (FGM) e da área técnica do Espaço Cultural da Barroquinha, em frente à Praça Castro Alves. 

Mais religiosidade - Bem perto da Catedral Basílica, a Prefeitura entregará, até o fim do ano, o Centro de Referência da Igreja Católica do Brasil, que funcionará no Palácio Arquiepiscopal de Salvador (Praça da Sé, Pelourinho), garantindo a efetivação da instalação do memorial. Gerido pela Arquidiocese de São Salvador da Bahia, o edifício - que possui três pavimentos e um porão - passará a ser um espaço de cultura e meditação. O espaço abrigará exposições temporárias e viabilizará o compartilhamento de conhecimentos com acervo museográfico e expográfico.   

Além disso, vale frisar que, dentro dos investimentos na requalificação do Centro Antigo de Salvador, a Prefeitura já deu início às obras de requalificação do Terreiro de Jesus. Nos próximos dias, também será dada a ordem de serviço para o início imediato das obras de requalificação da Avenida Sete e da Praça Castro Alves, que serão divididas em quatro etapas. 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Criado em setembro de 2013, o Festival da Primavera, um dos momentos mais esperados dentro do calendário de eventos da cidade, começa neste sábado (15), se estendendo até o próximo dia 30. Cheio de novidades, o festival acontecerá em diferentes pontos da cidade e traz como destaque o esporte, gastronomia, música, lazer e qualidade de vida. Toda a programação será detalhada nesta sexta (14), a partir das 9h30, em Centro Cultural da Câmara Municipal de Salvador.

A sexta edição do Festival da Primavera chega com o mesmo objetivo de sempre: abrir oficialmente as portas da cidade para o período de grande movimentação turística em Salvador. O primeiro evento musical já acontece neste domingo (16), a partir das 10h, quando o grupo Mudei de Nome (antigo Alavontê) se apresenta dando a volta no Dique do Tororó. As outras atrações musicais, inclusive com nomes nacionais, serão anunciadas durante a coletiva.

O festival conta ainda com feiras, atividades esportivas (a exemplo da Maratona Cidade de Salvador), oficinas de bordado e poesia, gastronomia e até evento mar. Ou seja, o começo da Primavera em Salvador promete.

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...