Pautas

0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura, através da Fundação Gregório de Mattos (FGM), inaugura nesta terça-feira (09), às 9h30, a estátua em homenagem à Mãe Stella de Oxóssi, na via que também leva o nome da Iyalorixá do Ilê Axé Opó Afonjá, que liga a avenida Luiz Viana Filho (Paralela) à Orla de Stella Maris. A solenidade acontece no início da Avenida Mãe Stella de Oxóssi, no sentido Orla.

A escultura é uma homenagem a memória da “mãe de santo”, mulher culta, grande sacerdotisa e conhecedora profunda dos cultos e tradições dessa religião de matriz africana e um dos principais orixás do Candomblé, ligado à natureza e responsável por prover as refeições de todos. Isso além de ser um forte guerreiro e grande sábio, Oxóssi, que é caçador e carrega consigo o arco e flecha – seu símbolo de guerra.

A obra, de autoria do escultor Tatti Moreno, foi confeccionada em resina de poliéster e fibra de vidro, medindo 8,50 m de altura, onde traz a figura do Orixá Oxóssi, com 6,50 m, e a de Mãe Stella de Oxóssi, com 2 metros.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura inaugura nesta segunda-feira (8), às 9h30, duas salas de aula da Escola Municipal Hospitalar e Domiciliar Irmã Dulce que funcionarão dentro do Hospital Municipal de Salvador, em Boca da Mata, na região de Cajazeiras. O prefeito ACM Neto participa da solenidade ao lado dos secretários municipais de Educação, Bruno Barral, e de Saúde, Luiz Galvão. Na ocasião, será comemorado o primeiro ano de funcionamento do hospital. 

A escola conta com uma rede de professores especializados no atendimento a estudantes com necessidades especiais ou em condições de internação. Esses alunos passam a ter aulas em casa ou em salas de aula montadas nos espaços de atendimento, como hospitais ou casas de apoio.

No Hospital Municipal, a Escola Municipal Hospitalar e Domiciliar Irmã Dulce atenderá alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental 1 e 2, bem como a Educação de Jovens e Adultos (EJA), tanto nas salas de aula quanto nos leitos. 

Atualmente a Escola Municipal Hospitalar e Domiciliar Irmã Dulce atende 166 alunos matriculados, distribuídos em 22 domicílios, 11 hospitais, três clínicas e cinco instituições de apoio.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Como parte das ações da Operação Chuva 2019, a Prefeitura entrega nesta terça-feira (2), às 9h30, mais uma geomanta. A tecnologia foi implantada em uma zona de risco que mede 1790.74 m², na Via Regional, próximo ao Viaduto do Estádio Manoel Barradas, no Novo Marotinho, onde residem 350 famílias. O prefeito ACM Neto estará presente.

O investimento para implantação da cobertura de encosta foi de R$267 mil. Além do prefeito, participam do ato o diretor-geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Sósthenes Macedo, outras autoridades e moradores da localidade.

Desde 2016, quando a tecnologia foi implantada, já foram colocados quase 92 mil m² de geomantas em 152 encostas, com 41.357 pessoas beneficiadas e investimento municipal de R$14 milhões.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault


Neste domingo (31), a partir das 15h, último dia do Festival da Cidade, o trecho entre o Clube Espanhol e o Farol da Barra será palco para os shows de Ivete Sangalo e dos blocos afoxés Filhos de Gandhy, Muzenza, Cortejo Afro e Malê Debalê. Os grupos irão se integrando ao cortejo ao longo do percurso e um cantor de cada um se juntará a Ivete no trio. 
 
Os cantores Jr. Black do Gandhy e Chocolate do Muzenza são presença confirmada. Cento e cinquenta integrantes dos Filhos de Ganhdy levarão sua mensagem de paz e a alegoria da pomba, símbolo do grupo e que também estampa a bandeira da cidade, estará presente no show.
 
Os integrantes do Muzenza estão preparando uma bela apresentação, levando as cores vibrantes e a cultura afro para homenagear o aniversário da cidade. Cinquenta integrantes, entre bailarinos e músicos, farão parte do espetáculo. A chegada ao farol promete uma grande apresentação com todos reunidos. Programação imperdível!

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto detalha o acordo firmado com as empresas de ônibus da capital neste sábado (30), às 10h, na Praça Lord Cochrane, na Avenida Garibaldi. O acordo prevê o início da renovação da frota de veículos do transporte público, já a partir deste ano, com a aquisição, por parte dos empresários, de ônibus novos com ar-condicionado.

Na mesma ocasião, o prefeito dá início ao projeto Literatura na Praça, inaugurando um espaço que vai estimular o hábito da leitura aos moradores que residem nas comunidades do entorno. A iniciativa faz parte das ações comemorativas para o aniversário de 470 de Salvador.

A praça abrigará um contêiner plotado, ambientado com pufes, carpete e nichos, nos moldes de uma sala de leitura tradicional. A instalação terá um acervo de 380 livros de diversos gêneros, como infantil, juvenil, romance, contos, autoajuda.

Será possível pegar gratuitamente qualquer exemplar durante todos os dias da semana. A área contará com agentes de leitura das 9h até 17h, para auxiliar os leitores na busca e retirada do livro de interesse. Todos os sábados e domingos, sempre a partir das 16h, será promovida uma ação literária para a criançada, a exemplos de conto cantado, declamação de poesia e brincadeiras.

Cada obra que será retirada só poderá ser lida na praça. O projeto não contempla o empréstimo de livros, caso os moradores desejem levá-los para casa. O Literatura na Praça integra o programa Caminhos da Leitura, coordenado pela Fundação Gregório de Mattos (FGM), e foi criado com objetivo de promover, além da ocupação do espaço público, maior acessibilidade à leitura e ao conhecimento. Até final do ano, mais nove praças municipais requalificadas pela Prefeitura serão contempladas.

Encosta - Também neste sábado (30), o prefeito ACM Neto entrega a contenção de encosta localizada na Rua José Marins Pinto (Beco do Cirilo), na Estrada da Rainha, neste sábado, às 11h. As obras foram executadas com recursos próprios do município. O valor de investimento no local foi avaliado em pouco mais de R$1,331 milhão.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O Centro Comunitário Mãe Carmen, construído pela Prefeitura nas instalações do Ilé Iyá Omi Àse Iyamasé, popularmente conhecido como Terreiro do Gantois, na Federação, será inaugurado nesta sexta-feira (29), às 16h30, dentro da programação de entregas que marcam o aniversário de 470 anos de Salvador.   

A estrutura dará suporte aos projetos sociais que já ocorrem na casa, ampliando o atendimento à população do bairro e localidades adjacentes. O centro comunitário leva o mesmo nome da ialorixá do templo religioso e foi projetado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF). Para as obras, foram investidos R$ 886.308,16. 

A unidade possui um salão com capacidade para 50 pessoas no primeiro andar, uma sala para cursos, uma sala para percussão e leitura e um consultório médico. Conta com divisórias que podem ser instaladas ou removidas conforme a necessidade de ampliação de espaço para eventos. Também foram implantados sistema elétrico, telefônico, de esgoto e águas pluviais, além de equipamentos de segurança contra incêndio e paisagismo. 

História - Os terreiros de candomblé são lugares de transmissão de conhecimentos religiosos, de preservação de memórias ancestrais e das línguas africanas. Um dos mais importantes do país, o Terreiro do Gantois se constituiu ao longo do século como um espaço sagrado de longa expressão religiosa, mantendo os costumes e os legados milenares dos povos Iorubá (Abeokutá). 

O santuário foi fundado em 1849 pela africana Maria Júlia da Conceição Nazareth e preserva o culto aos orixás, seguindo uma tradição matriarcal com base na estrutura familiar de manutenção dos laços parentais - ou seja, é comandado por uma Ialorixá (sacerdotisa), cargo máximo ocupado apenas por mulheres iniciadas e que tenham laços de parentesco com as fundadoras. A escolha da sucessora se dá, após a morte da mãe, por meio de um rito de consulta aos orixás, através do jogo de búzios. 

Já assumiram as ialorixás Maria Júlia da Conceição Nazareth; Pulchéria Maria da Conceição Nazareth, ou Pulchéria de Oxóssi; Maria da Glória Nazareth; Maria Escolástica da Conceição Nazaré, conhecida como Mãe Menininha do Gantois, que presidiu a casa por 60 anos e ganhou reconhecimento e destaque como uma das lideranças religiosas mais importantes do paí;, e Cleusa Millet (filha de Mãe Menininha). A atual sacerdotisa é Carmen Oliveira, a Mãe Carmen do Gantois, que assumiu o trono desde 2002. 

O Terreiro do Gantois ocupa uma área de cerca de 3.600 m², entre a parte cumeada do morro e o vale, e sempre esteve aberta para receber gente de todas as origens e classes sociais. O nome africano da casa (Ilê Axé Iyá Omin Iyamassê) faz alusão a uma divindade feminina, senhora das águas. Já o nome popular refere-se ao antigo proprietário do terreno onde está estabelecido o terreiro, o traficante de escravos belga Édouard Gantois. 

Na parte alta, o templo principal é formado por salão de festas públicas, clausura, cozinha sagrada, sala-refeitório, vestuário e cômodos residenciais. Como anexo ao templo, há o Memorial Mãe Menininha do Gantois, além de santuários de Omolu, Ogum e Exu. Há ainda uma gameleira sagrada associada a Iroko e uma jaqueira sagrada dedicada a Ogum. Na encosta há uma vegetação densa onde há plantas utilizadas nos rituais, um santuário para Oxum, uma fonte e residências de membros da comunidade de culto.  

O terreiro foi reconhecido como Área de Proteção Cultural e Paisagística pela Prefeitura Municipal de Salvador, através da lei nº 3.590 de 16/12/1985, e tombado pelo Iphan como Patrimônio Histórico e Etnográfico do Brasil, via portaria nº 683 de 17/12/2002.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Mais uma obra de contenção de encosta será entregue pelo prefeito ACM Neto, às 15h desta sexta-feira (29), na Rua José Sales, na Fazenda Grande do Retiro (após o fim de linha de Bom Juá). O evento integra as comemorações de 470 anos da fundação de Salvador. A estrutura possui 1.246 metros quadrados e beneficiará famílias que possuem casas próximas ao local, em região que era de alto risco, proporcionando mais tranquilidade e segurança em dias de chuva.  

A encosta ganhou contenção de concreto e solo grampeado, técnica para evitar deslizamentos de terra. A intervenção foi realizada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), com recursos provenientes do Ministério da Integração Nacional. O investimento foi de R$ 1.748.385,47. 

Mais ações - Outras cinco obras serão entregues à população ainda durante as celebrações do aniversário da capital. Neste sábado (30), o prefeito ACM Neto inaugura a contenção da encosta do Beco do Cirilo (Rua José Marinz Pinto), na Estrada da Rainha. A estrutura também conta com solo grampeado e contou com investimento de R$ 1,331 milhão. 

Nos próximos dias, a Prefeitura entregará também as contenções das encostas localizadas nas ruas Henrique Marques e do Ocidente, ambas situadas na comunidade do Marotinho; na Rua Bom Juá, localizada às margens da BR-324; e na Rua Candinho Fernandes, na Fazenda Grande do Retiro.  

Desde 2013, a gestão municipal realizou 59 obras de contenção em diferentes áreas da cidade, totalizando R$ 70.387 milhões em investimentos.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto inicia nesta quinta-feira (28), dentro da programação de ações pelo aniversário de 470 anos de Salvador, as obras de restauração da 3ª ponte, na orla de Jaguaribe. A solenidade acontece no próprio local, a partir das 9h30, e terá ainda a presença do vice-prefeito e secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, Bruno Reis. Na mesma ocasião, a Prefeitura lança um amplo programa de reforma de pontes e viadutos em toda cidade.

A obra da 3ª ponte, que deve durar seis meses, está orçada em R$1 milhão. No total, a Prefeitura pretende recuperar 51 equipamentos, entre pontes e viadutos. Um dos viadutos será o Rômulo Almeida, na Avenida Vasco da Gama. Serão efetuados serviços para recompor as características técnicas iniciais com foco na recuperação das ferragens e do concreto, elementos fundamentais nas estruturas.

Todos esses equipamentos já passaram ou estão passando por um diagnóstico minucioso, para que sejam levantadas as necessidades e prioridades de cada um. De acordo com a Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop), o processo de recuperação das pontes e viadutos ocorrerá em etapas e de forma gradativa, a partir dos diagnósticos levantados.

Dentre outros viadutos que serão restaurados estão Pitangueiras (Brotas), Baixinha de Santo Antonio (Baixinha de Santo Antonio), São Raimundo (Barris), Arco do Aquidabã (Aquidabã), dos Motoristas (Largo do Tanque) e Gabriela (Canela).

Rotina – A Prefeitura executa, através de equipes técnicas da Secretaria de Manutenção (Seman), Defesa Civil (Codesal) e Sucop ,um trabalho permanente e ininterrupto de monitoramento dos equipamentos como manutenção preventiva, para evitar problemas ocasionados pelo desgaste natural dos materiais ou pela ação humana.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Na semana em que é comemorado o aniversário de 470 anos de Salvador, dois bairros carentes da cidade terão 100% das ruas iluminadas em LED: Calabar, na região administrativa da Barra/Pituba, e Nova Constituinte, na do Subúrbio/Ilhas. A iniciativa promovida pela Prefeitura, por meio da Diretoria de Iluminação Pública, ligada à Secretaria de Ordem Pública (Semop), será lançada pelo prefeito ACM Neto nesta quarta-feira (27), às 19h, na Rua Maria Pinho, s/n (pela Avenida Centenário, entrando na via entre o Posto Shell e a Delicatessen Doce Pão), no Calabar.  

Também estarão presentes na ocasião o titular da Semop, Felipe Lucas, e o diretor de Iluminação, Júnior Magalhães, dentre outras autoridades. Com investimento total de R$1,95 milhão, a ação é considerada piloto e tem como intuito contribuir para o aumento da segurança e bem-estar dos moradores de bairros populares, com altos índices de violência e pobreza, através de um sistema de iluminação mais moderno e eficiente. 

No Calabar, a iniciativa vai englobar 634 pontos – sendo 430 luminárias LED de 50W, 103 de 70W e 101 de 100W – em 92 ruas. Em Nova Constituinte, que possui o Índice de Desenvolvimento Humano mais baixo de Salvador, serão 136 ruas que receberão lâmpadas em LED.  

Balanço – Entre os anos de 2013 e 2018, a administração municipal implantou 16.938 novos pontos de iluminação e 60.068 outros foram modernizados – destes, 10.206 foram em LED. Dentre os locais beneficiados com o novo sistema estão vias importantes na cidade, gerando redução de 50% na conta de energia.

 

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...