Pautas

0
0
0
s2sdefault

Tão sonhada pelos moradores da Valéria, a requalificação da Rua Petronília Dércia – a intervenção com o maior número de votos (2,2 mil) da segunda edição do programa Ouvindo Nosso Bairro – será entregue pela Prefeitura nesta segunda-feira (26), às 10h, no início da via. A cerimônia contará com as presenças do prefeito ACM Neto e do secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Almir Melo, e vai acontecer .

A Petronília Dércia é o principal acesso da população do bairro à Estrada do Derba e ao Hospital do Subúrbio. Antes, estava totalmente destruída, cheia de buracos, quase sem asfalto e com passeios deteriorados. As obras abrangeram a substituição de 1,5km de malha asfáltica, construção de passeios e inserção de novas baias de ônibus.

A requalificação foi realizada sob a coordenação da Seinfra, por meio da Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop). Com duração de quase cinco meses, a intervenção recebeu investimento de R$ 2,8 milhões oriundos dos cofres municipais.

Balanço – Desde outubro passado, a Prefeitura deu início a uma grande ação de requalificação asfáltica de vias, envolvendo tanto bases de tráfego quanto ruas em situações precárias. A lista também engloba as vias mais votadas pelos cidadãos por meio do Ouvindo Nosso Bairro e o investimento, totalmente municipal, é na ordem de R$42,1 milhões.

A iniciativa faz parte do programa Salvador 360, eixo Investe, e abrange um total de 59 ruas e avenidas, localizadas nas dez regiões administrativas da cidade. Desse montante, 54 vias já passaram por obras de requalificação. As últimas cinco beneficiadas são as ruas Jornalista Luis Eduardo Lobo (Vale dos Lagos), Direta da Gomeia (São Caetano), Estrada Lobato/Campinas (Alto do Cabrito) e avenidas Mário Leal Ferreira (Bonocô) e Adhemar de Barros (Ondina).

Consulta popular - Maior projeto de consulta popular do Brasil, a última edição do Ouvindo Nosso Bairro aconteceu entre agosto e setembro do ano passado. Moradores da capital baiana puderam escolher e sugerir, por meio de votação, efetuada através da internet ou por aplicativo via tablets e smartphones, obras necessárias ao próprio bairro. Foram disponibilizadas para consulta 1.485 intervenções, que geraram cerca de 73 mil votos. As obras mais votadas em cada uma das dez regiões administrativas já foram iniciadas pela Prefeitura.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Em mais uma ação na área habitacional, o prefeito ACM Neto entrega, neste sábado (24), 534 títulos de posse de terra, através do programa Casa Legal, e assinará ordem de serviço para reforma de 200 casas no bairro do Arenoso. A solenidade será realizada às 10h na Igreja Apresentação do Senhor (Rua Gilberto Bastos, s/n - Praça Gilberto Bastos - Arenoso) e contará com a presença do secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, Almir Melo Jr.

Com 33.210 escrituras entregues desde 2013 em 70 bairros de Salvador, o Casa Legal tem a meta de chegar a mais 26 mil títulos até 2020, alcançando a marca de 60 mil regularizações fundiárias na cidade. Já o Morar Melhor vai reformar, ao todo, 40 mil casas. A segunda etapa do programa alcança os bairros de Alto de Coutos, Castelo Branco, Ribeira (Mangueira), Sete de Abril, Boa Vista de São Caetano, Cosme de Farias e Fazenda Coutos III.

Os dois programas foram premiados por boas práticas na área de habitação, a nível nacional, com o Selo de Mérito Especial concedido pela Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos e pelo Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano. O Morar Melhor recebeu o selo na edição do Fórum no ano passado e o Casa Legal na última quinta-feira (22), na 65ª edição do evento que foi sediado aqui em Salvador.

Geomanta - Na sequência, às 11h, o prefeito entrega a geomanta instalada na Rua São Paulo, em Cajazeiras IV. Inovadora no país e adotada pela Prefeitura desde 2016, a técnica de proteção de encosta é formada por um composto de PVC e geotêxtil, com cobertura de argamassa jateada. A geomanta impermeabiliza o talude e erosões superficiais, absorção de águas da chuva e possível risco de deslizamento do terreno. A duração do material é de 5 anos, em média – bem superior ao da lona comum, que é de três meses. A técnica já foi aplicada em 88 encostas da cidade.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Uma das principais avenidas de Salvador – a Afrânio Peixoto – será palco de uma das maiores ações de plantio de mudas de árvores de espécies nativas da Mata Atlântica, realizadas pela Prefeitura, na capital baiana. A Suburbana Verde será iniciada nesta sexta-feira (23), às 9h30, em cerimônia que contará com as presenças do prefeito ACM Neto e do titular da Secretaria Cidade Sustentável e Inovação (Secis), André Fraga, na Rua Luiz Maria, na Baixa do Fiscal – início da avenida. O investimento municipal nesta ação será de R$589 mil.

A iniciativa é parte integrante das comemorações pelo aniversário de 469 anos de fundação da cidade e do programa Salvador Capital da Mata Atlântica, previsto no megaprograma Salvador 360, eixo Cidade Sustentável. Durante oito meses, será realizada a requalificação paisagística ao longo dos 14 km da Avenida Suburbana, com o plantio de mais de 1,4 mil mudas de árvores. Dividido em 12 trechos, o plantio será na Rua Luiz Maria, na região conhecida como Baixa do Fiscal, e seguirá até o fim do canteiro central, em Paripe.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto e o arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, lançam hoje (22), em coletiva marcada para às 18h, no Palácio Thomé de Souza, o espetáculo "Paixão de Cristo", que será encenado em Salvador a partir desta sexta-feira (23), na Praça Municipal, aquecendo o turismo religioso na cidade. O espetáculo conta com mais de 100 artistas no palco e dezenas de profissionais envolvidos nos bastidores. As apresentações acontecem ainda no sábado (24) e no domingo (25), sempre a partir das 18h30. A realização é da Comunidade Católica Shalom.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O Terreiro de Gantois, um dos mais tradicionais de candomblé do país, localizado no bairro da Federação, ganhará um Centro Comunitário dentro de suas instalações até o final de junho. O equipamento será construído pela Prefeitura, por meio da Superintendência de Obras Públicas (Sucop). A ordem de serviço será assinada pelo prefeito ACM Neto nesta terça-feira (20), às 18h30, em solenidade realizada no Alto do Gantois, no terreiro (Rua Mãe Menininha do Gantois, número 23). A construção do espaço comunitário está orçada em R$ 713.261,33.

Projetado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), o Centro Comunitário Mãe Carmem de Gantois, mesmo nome da atual ialorixá do santuário, terá um salão com capacidade para 50 pessoas no primeiro andar, uma sala para cursos e um consultório médico. O salão contará com divisórias, que poderão ser instaladas ou removidas conforme a necessidade de ampliação de espaço para eventos. Também faz parte do projeto uma sala para percussão e leitura.

Serão implantados sistema elétrico, telefônico, de esgoto e águas pluviais, equipamentos de segurança contra incêndio e paisagismo. Com a construção do centro, a Prefeitura espera criar um espaço em condições de abrigar a prática de atividades coletivas em harmonia com os trabalhos já desenvolvidos. Ao todo, 70% das ações do terreiro são voltadas para a comunidade, a exemplo do treino de capoeira, distribuição de 300 cestas básicas por mês e aulas sobre a musicalidade do candomblé.

História – O Terreiro do Gantois é considerado área de proteção cultural e paisagística pela Prefeitura desde 1985, e é tombado pelo Iphan desde 2002. O nome oficial é lé Iyá Omi Àse Ìyamasé, mas é conhecido popularmente como Gantois. A casa sagrada foi fundada em 1849 pela africana Maria Júlia da Conceição Nazareth, constituindo-se num notável santuário que mantém os costumes e os legados milenares dos povos Iorubá (Abeokutá).

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto apresenta nesta terça-feira (20), às 15h, no Teatro Gregório de Mattos (Praça Castro Alves, s/n, Centro), a programação do Festival da Cidade e o planejamento de entregas para marcar os 469 anos de Salvador, celebrados no próximo dia 29 de março. Entre as ações previstas estão a inauguração do primeiro Hospital Municipal, construído em Boca da Mata, e a ordem de serviço para início das obras do BRT. O planejamento prevê entregas até o mês de abril.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Salvador sedia nesta sexta-feira (16), às 9h, a X Reunião de Ministros da Educação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). O evento acontece no Hotel Deville Prime, em Itapuã, com as presenças do ministro da Educação, Mendonça Filho, e do prefeito ACM Neto, além de autoridades políticas e representantes de nações lusófonas. A CPLP foi criada em 17 de julho de 1996, em Lisboa, e é constituída por nove estados-membros: Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

A presença e a atuação do grupo têm contribuído para a projeção internacional da língua portuguesa, para o fortalecimento institucional e político de seus membros em situação de crise ou instabilidade e para a afirmação conjunta dos interesses comuns de desses países em outros foros internacionais, além do desenvolvimento de programas de cooperação em diversas áreas.

A agenda do evento teve início com o seminário internacional “Sustentabilidade dos Programas de Alimentação Escolas nos Países da CPLP”, realizado na capital baiana ontem (14) e hoje (15).

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Proposta da atividade é encontrar soluções inovadoras com foco em cidades mais sustentáveis, humanas e conectadas

Nesta quinta-feira (15), será realizado o Encontro Connected Smart Cities Regional Nordeste, com o objetivo de estimular a discussão sobre cidades inteligentes e a busca por soluções inovadoras que promovam o desenvolvimento dos municípios nordestinos. O evento será realizado no Senai Cimatec (Av. Orlando Gomes, 1845 - Piatã), das 9h às 17h. A iniciativa é uma realização da Prefeitura, através da Secretaria da Cidade Sustentável e Inovação (Secis), em parceria com a empresa Sator.

Temas relacionados ao papel da tecnologia da informação, da inovação, das Parcerias Público-Privadas (PPPs) e das organizações de fomento no desenvolvimento de Smart Cities serão abordados durante a programação. Na ocasião, também serão apresentados cases de sucesso no crescimento sustentável de cidades do Nordeste, com destaque para as conquistas das capitais.

Empresários, representantes de governos e de instituições foram convidados para o fórum. O encontro terá palestras com Paula Faria, diretora executiva da Sator; Thomaz Assumpção, Presidente da Urban Systems e Sócio do Connected Smart Cities; Luciana Xavier de Lemos Capanema, do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento) e André Gomyde, presidente da RBCIH (Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas), entre outros.

Capital de referência - Salvador se destacou no Ranking Connected Smart Cities, avaliação feita para mapear as cidades com maior potencial de desenvolvimento no Brasil, feita pela Urban Systems junto com a Sator. O ranking analisa indicadores de 11 áreas, como mobilidade, urbanismo, meio ambiente, tecnologia e inovação. A capital baiana está na primeira posição na categoria Urbanismo e é a terceira colocada em Meio Ambiente na classificação regional. Na pontuação nacional, alcançou a marca de sexta colocada em Empreendedorismo e sétima em Mobilidade e Acessibilidade.

Fórum Nacional - O encontro regional do Nordeste integra a preparação das regiões do país para o evento principal Connected Smart Cities, que reunirá representantes de todo o Brasil. Neste ano, o fórum nacional acontecerá nos dias 4 e 5 de setembro, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura apresenta nesta terça-feira, a partir das 15h, no Palácio Thomé de Souza, a Operação Chuva 2018. Na ocasião, o prefeito ACM Neto e o diretor-geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Sosthenes Macedo, detalham as atividades envolvidas na prevenção e contingência para o período chuvoso, que geralmente ocorre entre março e abril na cidade. Essas ações, muitas das quais que já ocorrem rotineiramente, mas que serão intensificadas, envolvem desde a limpeza de canais a obras de contenção de encosta, passando ainda pela aplicação de geomantas em áreas de risco, sistema de alerta e evacuação, pluviômetros, formação de núcleos comunitários e capacitação de voluntários.

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...