Pautas

0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), lança nesta quinta-feira (25), às 11h, na Praça Municipal, o projeto Sempre na Comunidade. A iniciativa visa realizar diariamente 300 cadastros no programa Bolsa Família nas principais comunidades de Salvador. O Sempre na Comunidade, que será lançado pelo prefeito ACM Neto, faz parte do conjunto de projetos, ações e inaugurações em comemoração aos 470 anos da capital baiana.

Um micro-ônibus adaptado com acessibilidade, sanitários e rede logística, além de um veículo tipo van, percorrerão inicialmente os dez maiores bairros soteropolitanos. O foco é cadastrar pessoas que necessitam dos benefícios sociais disponibilizados pela Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), com foco no Bolsa Família.

Os bairros de Paripe, São Cristóvão, Periperi, Plataforma, Fazenda Grande do Retiro e Itapuã serão os primeiros beneficiados, mas a ideia é que o projeto seja expandido e chegue a todos os pontos da cidade. Para o atendimento, é necessário dispor apenas de RG, CPF, e comprovante de residência de todos os componentes da família.

A inciativa tem por objetivo facilitar e agilizar o acesso das famílias aos benefícios sociais, conforme explica o secretário da Sempre, Leo Prates. “Levaremos os serviços da Sempre até as pessoas que mais precisam. A população não precisará dispor de tempo e dinheiro para se deslocar até o Comércio”, destacou.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), lança nesta quarta-feira (24), às 9h, na Praça Municipal, o projeto Sempre na Comunidade. A iniciativa visa realizar diariamente 300 cadastros no programa Bolsa Família nas principais comunidades de Salvador. O Sempre na Comunidade, que será lançado pelo prefeito ACM Neto, faz parte do conjunto de projetos, ações e inaugurações em comemoração aos 470 anos da capital baiana.

Um micro-ônibus adaptado com acessibilidade, sanitários e rede logística, além de um veículo tipo van, percorrerão inicialmente os dez maiores bairros soteropolitanos. O foco é cadastrar pessoas que necessitam dos benefícios sociais disponibilizados pela Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), com foco no Bolsa Família.

Os bairros de Paripe, São Cristóvão, Periperi, Plataforma, Fazenda Grande do Retiro e Itapuã serão os primeiros beneficiados, mas a ideia é que o projeto seja expandido e chegue a todos os pontos da cidade. Para o atendimento, é necessário dispor apenas de RG, CPF, e comprovante de residência de todos os componentes da família.

A inciativa tem por objetivo facilitar e agilizar o acesso das famílias aos benefícios sociais, conforme explica o secretário da Sempre, Leo Prates. “Levaremos os serviços da Sempre até as pessoas que mais precisam. A população não precisará dispor de tempo e dinheiro para se deslocar até o Comércio”, destacou.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Com o objetivo de garantir a segurança de moradores de áreas de risco, a Prefeitura inaugura duas novas geomantas nesta terça-feira (23), às 9h30, no bairro da Liberdade, beneficiando moradores da Rua Rio Prado e da 1ª Travessa Coronel Serra Martins, que ficam uma do lado da outra. A solenidade acontece na Rua Rio Prado (pela Av. Lima e Silva, sentido Lapinha, após Colégio Duque de Caxias, entrar à direita e depois a segunda à esquerda).

A geomanta da Rua Rio Prado ocupa uma área de 1.033,00 m2. Foram investidos pela Prefeitura R$ 154.086,91 beneficiando 265 famílias da localidade. Já a da 1ª Travessa Coronel Serra Martins tem uma área de 770,94 m2. Foram investidos nessa obra R$ 114.996,86, para o benefício de 340 famílias.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Chamar um táxi em Salvador ficará ainda mais simples: basta ter um celular com internet, realizar o download do aplicativo gratuitamente e fazer o cadastro. O Taxi Mobi será lançado pelo prefeito ACM Neto nesta segunda-feira (22), às 10h, no Palácio Thomé de Souza. O secretário de Mobilidade, Fábio Mota, também estará presente.

De acordo com a Coordenadoria de Transportes Especiais (Cotae), pertencente à Semob, dos mais de 7,5 mil veículos utilizados como táxis na capital baiana, 2 mil já estão cadastrados no aplicativo. Além da comodidade dos usuários, a ferramenta digital irá possibilitar que a Prefeitura realize, em tempo real, a gestão da frota.

Na prática, significa dizer que técnicos da Semob poderão acionar os taxistas e fazer o remanejamento de veículos, de acordo com a demanda de passageiros. Taxistas que estejam parados, ociosos, em um determinado ponto de Salvador, serão acionados e redirecionados para um outro local em que haja usuários precisando do serviço.

A segurança dos passageiros também será maior em função de vários fatores. Todos os detalhes da novidade, inclusive a respeito do valor da tarifa, serão apresentados na coletiva desta segunda-feira (21).

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto entrega mais duas obras de contenção de encosta na comunidade do Marotinho, nesta terça-feira (16): a da Rua do Ocidente e a da Rua Henrique Marques. A solenidade de inauguração dos dois equipamentos, que são fundamentais para evitar acidentes em períodos chuvosos, acontece em um único local: na Rua do Ocidente, com acesso depois do final de linha de Bom Juá, às 9h30.

As intervenções foram coordenadas pela Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra). A contenção da Rua do Ocidente possui 1.280 metros quadrados e contou com investimento de R$ 2.993 milhões, provenientes do Ministério da Integração. Já a obra na Rua Henrique Marques, também em Marotinho, teve investimento de R$ 3,021 milhões, com recursos próprios.

Com essas estabilizações, quem mora na região vai passar a ter mais tranquilidade e segurança, principalmente durante os períodos chuvosos, já que essas áreas possuíam potencial risco de desabamento e deslizamentos de terra.

Balanço - Desde 2013, a Prefeitura já realizou 61 obras de contenção de encosta, com investimentos de mais de R$ 70 milhões, além da aplicação de 152 geomantas, através da Defesa Civil de Salvador (Codesal), com investimentos de R$14 milhões.

Outras 13 obras de contenção estão em andamento. Além disso, a Prefeitura realiza a colocação de lonas e limpeza das encostas, em ações executadas pela Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb).

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto assina neste sábado, às 10h, no deck do Forte Santa Maria, o decreto municipal que cria o Parque Municipal Marinho da Barra, área situada na entrada da Baía de Todos-os-Santos. O parque fica entre dois fortes: o próprio Santa Maria e o Santo Antônio (Farol da Barra), em uma região que passará a contar com ações efetivas para a preservação ambiental. 

O decreto prevê a preservação dos resquícios históricos do local, regras para o controle de pesca, do trânsito de embarcações motorizadas e atividades que causem impactos negativos ao ecossistema marinho. Além das ações de preservação, haverá uma preocupação com o fomento de atividades ligadas ao turismo ecológico, pesquisas científicas e práticas de educação ambiental, em uma iniciativa coordenada pela Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis). 

Pioneiro no país, o Parque Municipal Marinho terá uma área de 701.799,48 m², englobando três naufrágios que ocorreram na região da Barra nos séculos XIX e XX: o Bretagne (1903), Germânia (1876) e o Miraldi (1875). O parque foi idealizado por um grupo de moradores da Barra, admiradores do ambiente marinho, e, desde 2016, a sua criação é apoiada pela Secis. 

Segundo pesquisadores, um dos resultados esperados com a criação do parque, previsto no PDDU e Louos, é o repovoamento da área por espécies de peixes que deixaram de existir no local ou que estão cada vez mais raros. O aumento dessas espécies vai beneficiar, inclusive, regiões próximas. Atividades como mergulho de contemplação, surf, SUP, barcos à vela, natação e outras que não gerem prejuízos continuarão sendo realizadas no local. 

Audiência – Em novembro de 2018, a implantação do Parque Municipal Marinho da Barra foi discutida em audiência pública realizada no Instituto de Biologia da UFBA, em Ondina. Participaram especialistas em meio ambiente, representantes do 2º Distrito Naval da Marinha, moradores do bairro e estudantes, além de representantes da Prefeitura. O projeto de implantação da área de conservação foi elaborado com base em estudos desenvolvidos pela Ufba, Unifacs e IFBahiano, além de parceria com o grupo Fundo da Folia.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Um projeto que visa inserir, ainda mais, a moda como elemento de identidade cultural da primeira capital do Brasil. Essa é a proposta do Salvador Fashion Race (SFR), que será lançado nesta segunda-feira (15), às 10h, no Cinema do Shopping Barra, pelo prefeito ACM Neto.
 
Trata-se de um reality show, que vai ao ar no canal oficial da cidade (youtube.com/salvador), cujo objetivo é também revelar novos estilistas locais, exaltando a influência da moda na cidade e vice-versa. A ação é realizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), com patrocínio do Shopping Barra, apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e produção da Casa Salvador.
 
“Além de gerar um conteúdo interessantíssimo para as plataformas digitais da cidade, o Salvador Fashion Race traz uma leitura que alguns baianos não estão acostumados a ver na capital baiana, que é a da indústria da moda. Uma indústria super criativa e que representa bem a Bahia, ressaltando nossa cultura e nossa identidade”, avalia o prefeito ACM Neto.
 
Gestor da Secult, Claudio Tinoco explica que, assim como o Desafio Cozinha Raiz, este projeto tem o objetivo de apresentar a capital baiana para o mundo, desta vez, enaltecendo a indústria da moda. Esta é também uma forma de promover Salvador no âmbito do turismo, já que apresenta a cultura baiana através das peças.
 
“Este projeto é uma grande janela para os talentos locais, que sonham em levar a baianidade para passarelas do mundo todo. Como uma via de mão dupla, Salvador servirá de inspiração para os participantes, do mesmo jeito que os designers de moda serão para quem anseia visitar a cidade”, frisa Tinoco.
 
Reality - O reality tem como mentora a estilista baiana Juliana Herc e contará com cinco duplas formadas por um designer de moda e um influenciador digital, que foram selecionados por uma curadoria.
 
Com 20 episódios, no total, o formato do reality terá: quatro desafios, que irão de montagem de looks para a produção de fashion films em pontos turísticos da cidade, até a participação no desfile final, com a produção de moda de todas as duplas participantes; e, o último episódio, com a divulgação da dupla vencedora.
 
Como premiação para a melhor dupla, o designer ganhará um mês de estágio no atelier da estilista baiana Juliana Herc, em Portugal, e o(a) blogueiro(a) receberá uma viagem de sete dias para Portugal, além de também participar de um projeto com Juliana Herc.
 
Os nomes dos participantes da websérie já foram confirmados. Os estilistas participantes serão Alex Milanny (@abanto.oficial), Tamara Nascimento (@ta19mi), Teodoro (@queenofcajazeiras), Joice Fischer (@joiceefischer) e Kívia Souza (@kaolliada). Já os influenciadores serão Carla Aragão (@gordaroupa), Fernanda Medeiros (@februxa), João Caldas (@joao_ccaldas), Iasmine Fernandes (@vamoscachearomundo) e Carol Gonçalves (@blogmulhermelhore).
 
O Salvador Fashion Race é mais um projeto do eixo Cidade Criativa do programa Salvador 360, e também conta com o apoio da Soul Dila e da Air Europa.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Pensando em reforçar ainda mais o aprendizado nas escolas municipais, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Smed), lança na sexta-feira (12), às 16h, no anfiteatro do Parque na Cidade, o projeto Música na Escola, no âmbito das comemorações do aniversário de Salvador. O prefeito ACM Neto estará presente no evento, ao lado do titular da Smed, Bruno Barral. 

A ideia, produzida em parceria com a Associação Pracatum Ação Social (APAS), integra o programa Nossa Rede, que, entre outras ações, é responsável pela construção dos cadernos pedagógicos, elaborados com a participação dos professores. 

Para o Música na Escola foram criadas composições inéditas ou adaptadas do cancioneiro popular com relação direta com as sequências didáticas dos cadernos pedagógicos de Língua Portuguesa e Matemática, do 1º ao 5º ano.  

Um exemplo do trabalho desenvolvido é a música “Rótulo colado”, criada para a sequência didática “Valor nutricional dos alimentos”, que trabalha comparação de medidas do sistema métrico decimal, uso da proporcionalidade, interpretação de informações organizadas em tabelas de valor nutricional. Gravada pela artista Katê, a música será trabalhada com os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental (anos iniciais). 

Para construir as músicas, a Pracatum montou uma equipe multidisciplinar composta por arte-educadores, pedagogos e músicos. O trabalho foi realizado em articulação com o Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (Icep) e acompanhado pela Diretoria Pedagógica (Dipe) da Smed. A criação envolveu pesquisa de ritmos, a associação com os temas tratados, bem como a produção de uma série de sugestões pedagógicas para serem trabalhadas em sala de aula.  

No total, são 60 músicas: 12 para cada ano do Ensino Fundamental I. Participaram das gravações 65 músicos, a exemplo de  Adelmo Casé, Alexandre Leão, Aloísio Menezes, Amanda Santiago, Arnaldo Antunes, Banda De Boca, Betho Wilson, Buk Jones, Bule Bule e Roberto Mendes, Capitão Corisco, Carla Cristina, Carla Lis Banda Didá, Carla Visi, Carlinhos Marques, Claudia Cunha, Claudia Leite, Daniela Mercury, Danny Nascimento, Gerônimo, Gilberto Gil, Márcio Victor e Saulo Fernandes, para citar alguns. 

Outro detalhe do projeto é um material descritivo de ritmos pesquisados e utilizados na construção das músicas. Em “O ás vale 1”, gravada por Ricardo Chaves e que compõe uma das sequências didáticas do 2º ano, foram utilizados os ritmos tucaia com galope e sambaê, ambos originários do samba duro, surgidos nos anos 1990.  

Nossa Rede - O programa Nossa Rede, lançado em 2015, é uma ação da Prefeitura que visa melhorar a qualidade da educação pública municipal e tem por objetivos a elaboração das novas diretrizes curriculares da Educação Infantil e do Ensino Fundamental. O processo de criação contou com o apoio de parceiros como a Avante, Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP) e a Pracatum. 

O modo como o Nossa Rede foi construído é pioneiro na educação pública brasileira. Com foco na participação e criação colaborativa, o novo material pedagógico foi elaborado dentro de uma visão de respeito aos valores das identidades culturais de Salvador e suas peculiaridades.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Será autorizada pela Prefeitura, nesta quinta-feira (11), às 9h30, a construção da segunda etapa do Conjunto Habitacional da Baixa Fria, em São Marcos (entrar na rua em frente ao estacionamento do Estádio Barradão e ao lado da Praça da Juventude). A solenidade de assinatura da ordem de serviço, que habilita o início imediato das obras no local, contará com a presença do prefeito ACM Neto e do vice-prefeito Bruno Reis, que também é secretário de Infraestrutura e Obras Públicas

Esta fase do projeto compreende a edificação de oito prédios, sendo cada unidade com quatro pavimentos – o andar térreo e mais três superiores. O projeto prevê a construção de dois apartamentos com dois dormitórios por andar, totalizando 16 unidades por prédio.

O conjunto habitacional será contemplado ainda com uma escola. Serão dois pavimentos com cinco salas de aula, área de recreio, ambulatório, cantina/cozinha. A instituição de ensino será construída em uma área de 372,64 metros quadrados. O investimento total do projeto é de R$ 7,373 milhões.

Primeira etapa - A primeira etapa do conjunto habitacional na Baixa Fria, com 230 unidades apartamentos, foi entregue pela Prefeitura em 2017. Antes da obra, as famílias viviam em construções subumanas, muitas vezes de madeira e plástico, localizadas ao lado do novo condomínio.

Além das residências, a Prefeitura requalificou todo o entorno do condomínio, construindo nova rede de drenagem, inserindo arborização e calçamento das ruas, rede de abastecimento de água e esgotamento sanitário, estação de tratamento de esgoto, urbanização com criação de passeio, meio-fio, estabilização de taludes e instalação de rede de energia elétrica.

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...